Você está na página 1de 25
ENGENHARIA E AMBIENTE AULA 02 Vitória Ferrari Fernando Paiva Scardua

ENGENHARIA E AMBIENTE

AULA 02

Vitória Ferrari Fernando Paiva Scardua

1. CONCEITOS Vitória Ferrari Fernando Paiva Scardua

1. CONCEITOS

Vitória Ferrari

Fernando Paiva Scardua

ECOLOGIA

ECOLOGIA

ECOLOGIA
ECOLOGIA

ECOLOGIA

ECOLOGIA
LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Caminho Energético: Fluxo de energia, materiais ou

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Caminho Energético: Fluxo de energia, materiais ou
LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Caminho Energético: Fluxo de energia, materiais ou
LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Caminho Energético: Fluxo de energia, materiais ou
LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Caminho Energético: Fluxo de energia, materiais ou

Caminho Energético: Fluxo de energia, materiais ou informação.

Fonte de Energia: Energia existente nos recursos usados pelo ecossistema, como o sol, o vento, a chuva, as marés, as ondas nas praias, as sementes trazidas pelo vento e as aves. Também pode representar um fluxo de energia do sistema físico ou econômico.

Depósito ou estoque: É um acúmulo de um recurso. Por

exemplo: biomassa, solo, água subterrânea, areia, nutrientes, depósitos de energia fóssil, minerais, produtos industriais, etc.

Sumidouro de Calor: Energia dispersa em um processo, a qual não pode mais ser aproveitada, como a água evaporada durante a fotossíntese, o calor do metabolismo animal, o calor da fricção, etc.

Fonte: http://www.unicamp.br/fea/ortega/Brasil/valor.htm

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Interação: Processo que combina diferentes tipos de energias

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Interação: Processo que combina diferentes tipos de energias e
LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Interação: Processo que combina diferentes tipos de energias e
LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Interação: Processo que combina diferentes tipos de energias e

Interação: Processo que combina diferentes tipos de energias e

materiais para produzir um recurso diferente (realizar trabalho).

Produtor: Uma unidade biológica (autótrofo) que transforma

energia solar e materiais básicos em biomassa. Exemplos: as

plantas silvestres e das lavouras, árvores, fazendas, o setor agrícola de um país

Consumidor: Uma unidade biológica (heterótrofo) que

aproveita os recursos gerados pelos produtores. Por exemplo:

insetos, microorganismos, gado, seres humanos e cidades.

Transação: Intercâmbio de energia, materiais, serviços e dinheiro.

Fonte: http://www.unicamp.br/fea/ortega/Brasil/valor.htm

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Interruptor: Dispositivo de controle (movido por várias

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS

LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Interruptor: Dispositivo de controle (movido por várias
LEGENDA DE SÍMBOLOS PARA INTERPRETAÇÃO DOS FLUXOGRAMAS Interruptor: Dispositivo de controle (movido por várias

Interruptor: Dispositivo de controle (movido por várias forças) que dispara um processo que estava inativo, o qual geralmente é de pouca

duração como um incêndio ou a polinização das flores.

Caixa: Demarcação dos limites de um sistema ou de um

subsistema.

Fonte: http://www.unicamp.br/fea/ortega/Brasil/valor.htm

ECOLOGIA • Ciência que estuda as interações entre os seres vivos , destes com o

ECOLOGIA

Ciência que estuda as interações entre

os seres vivos, destes com o ambiente,

as causas e consequências dessas interações.

Etmologia:

Oikos casa Logos ciência.

INTERAÇÕES ? Elemento 1 Elemento 2

INTERAÇÕES

?

Elemento 1 Elemento 2
Elemento
1
Elemento
2
INTERAÇÕES • Ambiente natural; • Ambiente construído. Uma interação : - Pressupõe uma ação mútua;

INTERAÇÕES

Ambiente natural;

Ambiente construído.

Uma interação:

- Pressupõe uma ação mútua;

- É efeito de um agente causal;

- Um agente causal pode ser denominado um FATOR;

- Um fator pode ser um agente físico, químico ou ser vivo.

SERES VIVOS http://festadosaber4serie.blogspot.com

SERES VIVOS

SERES VIVOS http://festadosaber4serie.blogspot.com

http://festadosaber4serie.blogspot.com

http://connect.in.com
http://connect.in.com
http://connect.in.com

AMBIENTE?

AMBIENTE? ante-et-post.weblog.com.pt

ante-et-post.weblog.com.pt

AMBIENTE energia Ambiente natural e água ar ambiente construído solo

AMBIENTE

energia Ambiente natural e água ar ambiente construído solo
energia
Ambiente
natural e
água
ar
ambiente
construído
solo
FATORES ABIÓTICOS (AMBIENTE NATURAL) Fatores físicos, químicos e interações: - gravidade, radiação solar,

FATORES ABIÓTICOS (AMBIENTE NATURAL)

Fatores físicos, químicos e interações:

- gravidade, radiação solar, temperatura,

pressão, vento, salinidade, acidez,

umidade.

FATORES BIÓTICOS (AMBIENTE NATURAL) - Interações biológicas (predação, parasitismo, mimetismo, mutualismo,

FATORES BIÓTICOS (AMBIENTE NATURAL)

- Interações biológicas (predação,

parasitismo, mimetismo, mutualismo,

comensalismo, proto cooperação)

FATORES ABIÓTICOS (AMBIENTE CONSTRUÍDO) Fatores físicos, químicos e interações físico-químicas: luz, temperatura,

FATORES ABIÓTICOS (AMBIENTE CONSTRUÍDO)

Fatores físicos, químicos e interações

físico-químicas: luz, temperatura,

pressão, vento, salinidade, acidez, umidade

FATORES BIÓTICOS (AMBIENTE CONSTRUÍDO) - Interações biológicas (predação, parasitismo, mimetismo, mutualismo,

FATORES BIÓTICOS (AMBIENTE CONSTRUÍDO)

- Interações biológicas (predação,

parasitismo, mimetismo, mutualismo,

comensalismo, proto cooperação);

- Interações biológicas, culturais, sociais, econômicas dos seres humanos.

HISTÓRICO DA AÇÃO HUMANA COMO FATOR BIÓTICO Fonte: http://dowbor.org/wp/wp-content/uploads/2010/01/graficoNewSC.jpg

HISTÓRICO DA AÇÃO HUMANA COMO FATOR BIÓTICO

HISTÓRICO DA AÇÃO HUMANA COMO FATOR BIÓTICO Fonte: http://dowbor.org/wp/wp-content/uploads/2010/01/graficoNewSC.jpg
NÍVEIS HIERÁRQUICOS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA - ORGANISMO molécula células tecidos órgãos Sistemas de órgãos

NÍVEIS HIERÁRQUICOS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA - ORGANISMO

NÍVEIS HIERÁRQUICOS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA - ORGANISMO molécula células tecidos órgãos Sistemas de órgãos

molécula células tecidos órgãos Sistemas de órgãos

NÍVEIS HIERÁRQUICOS DE ORGANIZAÇÃO ECOLÓGICA comunidade populações organismos

NÍVEIS HIERÁRQUICOS DE ORGANIZAÇÃO ECOLÓGICA

comunidade populações organismos
comunidade
populações
organismos
BIOMAS TERRESTRES

BIOMAS TERRESTRES

BIOMAS TERRESTRES
Ecossistemas naturais, domesticados e construídos • Fluxo de energia: Luz e calor - fotossíntese -

Ecossistemas naturais, domesticados e

construídos

Fluxo de energia: Luz e calor

- fotossíntese

- Processos enzimáticos

Ciclos biogeoquímicos degrada substâncias complexas e permite reutilização dos nutrientes e da água;

Homeostasia capacidade de recuperação