Você está na página 1de 8

Página 1 N.

º 117
Nes t a edi ç ão:
Um Sorriso para Ti 2 e 3
Assembleia Geral 4 e 5
Breves SMBN 6
Um Sorriso para Ti 7 e 8
BOLETIM QUADRIMESTRAL
N.º 117
Janeiro/Abril
2014
Pág.
Assembleia Geral
Cucujães
Ano
de
Eleições
Participa
18 de Maio de 2014
Página 2
Propriedade:
ARM Associação
Regina Mundi
Sede:
Rua da Bempostinha, 30
1150-066 Lisboa
Tel. 218 851 546
Fax: 218 850 258
NIPC n° 503 268 372
NIB da conta da ARM:
003501210000130053098
Presidente da Direcção:
José Domingues dos Santos
Ponciano
Direcção, Redacção e
Administração:
Rua da Bempostinha, 30
1150-066 Lisboa
Telem. 927 651 624
Tel. 218 851 546
Fax: 218 850 258
E-mail: geral@arm.org.pt
Site: www.arm.org.pt
Fotocomposição e impressão:
Escola Tipográfica das Missões
Cucujães
Tiragem desta Edição:
800 exemplares
Colaboradores deste número:
Santos Ponciano
Pe. Martinho Castro e Silva
Pe. Libério
Armindo Henriques
Ribeiro Novo
Um Sorriso para Ti
Relatório 2013
Queremos agradecer à ARM toda
ajuda que nos deu em 2013:
Do projeto um sorriso para ti re-
cebemos em meticais 137.300,00
Caixas de livros e material des-
portivo
Como verão nas contas, em 2013
utilizámos a maior parte do dinheiro
no acabamento da Escolinha S. Mi-
guel Arcanjo que já tem servido há
dois anos para catequese e encon-
tros de líderes da paróquia: conselho
paroquial, formação de catequistas
e jovens, catequese da comunidade
Malema sede.
Em 2014 será utilizada durante
a semana com a Escolinha S. Miguel
Arcanjo que inicia no mês de Março
Os 99.459,00 meticais utilizados
na construção serviram para constru-
ção de casas de banho com sistema
de tratamento de águas para evitar
a poluição do rio Malema, pintura de
todas as salas, abertura e revestimen-
to de poço para obter água e motor
elétrico para a elevar.
Em todos esses trabalhos tivemos
a colaboração da Escola Profissional
de Malema que forma carpinteiros e
pedreiros, alguns deles com ajuda de
Um sorriso para ti.
A instalação de água e eletrici-
dade e o mobiliário está pago pelas
doações de outros amigos, sendo o
mobiliário todo fabricado na Escola.
O pouco dinheiro que distribuí-
mos às crianças e jovens foi sobretu-
do para órfãos. Citamos alguns exem-
plos:
- A maior parte das crianças preci-
sam de ajuda no início do ano: cader-
nos, canetas, estojo de desenho, etc.
Essas coisas compramos em quan-
tidade e distribuímos, mesmo sem
anotar os nomes (desculpem minha
preguiça). Na prática só os da Escola
Secundária são exigidos muitas coi-
sas e as despesas são mais sérias. A
nossa ajuda tem ido mais para órfãos
desse nível.
- Alexandre Alberto é órfão de
pai há muitos anos e de mãe há 3
anos. O Falecido pai era ancião duma
comunidade. A falecida mãe ajudava
muito a paróquia como cozinheira de
encontros. É o irmão mais velho de 4
Página 3 N.º 117
Um Sorriso para Ti
irmãos: Fenício, 17 anos, este ano na 9ª classe; Ofélia, 15
anos e Maria Lucas, 14 anos, ambas na 8ª classe. Alexan-
dre tem morado nos anexos da casa paroquial e dá ajuda
a suas irmãs que moram a 8 kms; Ele come connosco e as
ajudas destinam-se às suas irmãs que, estando ambas na
escola secundária têm muitas despesas. Neste ano ofere-
cemos algum dinheiro para obterem terreno para fazerem
um barraco, perto da escola (moda nova introduzida neste
ano para órfãos). Alexandre terminou em 2013, os cursos
da Escola Profissional de Malema, continua na secundária
à noite e vai trabalhar de dia.
- Rosário é órfão de Iapala. Foi mandado a Malema
pelas irmãs de Iapala. As irmãs saíram de Iapala há 2 anos
e Rosário estudou com nossa ajuda. Terminou em 2013 e
já está a trabalhar em Nacala. Esperamos que não conste
mais desta lista.
- José Júlio Alberto é órfão desde criança. Morou nos
anexos da casa paroquial donde saíu quando perdemos a
confiança no seu irmão mais velho. Tem 19 anos e estuda
a 11ª classe. Estuda de manhã e à tarde trabalha connosco
como ajudante de pedreiro. Tem dois irmãos mais novos
que ficaram à sua conta depois que o mais velho os aban-
donou e casou. O Carlitos, 16 anos e já vem ajudar os pe-
dreiros, também nas horas vagas da escola. A ajuda que
receberam este ano foi para ajudar a comprar terreno para
fazerem o barraco deles. Ele mesmo não voltará a esta lis-
ta. Talvez os irmãos.
- Teodoro Lucas Álvaro é um órfão que ajudámos
em anos anteriores e diplomou carpinteiro em 2012. Foi
para o seminário mas não aguentou. Ajudámos a pagar a
viagem para ir ter com o tio (que faz as vezes de pai) em
Maputo. Esperamos que não conste mais desta lista.
- Abdul, Ismael, Alfredo, Rui e Lucas são seminaris-
tas que estudam em Maputo. Os dois primeiros são órfãos
e o terceiro tem pai e mãe muçulmanos que, mesmo assim,
ajudam um pouco nas despesas. Ajudámos a pagar a matrí-
cula e um pouco mais. As ajudas diferem
conforme a capacidade das famílias e os
trabalhos que fizeram nas férias.
- Claro que continuámos a oferecer
pequenas ofertas como caderno e lápis
a uma multidão de crianças da escola
primária cujos nomes constam ou não
nessa lista.
6. As caixas de livros estão na biblio-
teca da Escola Profissional de Malema.
Boa parte dos livros escolares dessa bi-
blioteca vieram em 1998. Ter livros mais
atualizados é uma riqueza. Muito obri-
gado a quem os doou e carregou até
enviar.
7. A empresa que carregou os livros
descobriu que vinham duas caixas de
camisas e bolas. Não houve problemas
mas ela pede que isso não aconteça
mais porque essas coisas pagam imposto e seria mau se a
alfândega os descobrisse.
Agradecemos de coração e pedimos que, se for pos-
sível, haja alguma continuidade do projeto. Desta vez
destinaremos a maior parte à ajuda a “alunos” pobres da
escolinha.
Malema, 10 de Fevereiro de 2014
P. Jerónimo Nunes
P. Luís Manuel Nunes Figueiredo
RUA ENGENHEIRO CANTO RESENDE, 3 — 1050-104 LISBOA
TELEF. 213 540 609 FAX 213 531 987
Página 4
Assembleia Geral
18 de Maio de 2014 – Cucujães
Assembleia Geral
Convocatória
Nos termos do Artº. 6º dos Esta-
tutos da ARM - Associação dos
Antigos Alunos da Sociedade
Missionária Portuguesa, convo-
co todos os Armistas, no pleno
gozo dos seus direitos, para a
ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁ-
RIA a realizar-se no Seminário
de Cucujães, no próximo dia 18
de Maio, Domingo, pelas 10,00h,
com a seguinte ordem de traba-
lhos:
1. Informações
2. Apreciação, discussão e apro-
vação das contas de 2013 e do
parecer do Conselho Fiscal
3. Eleição novos Orgãos So-
cias da ARM para o triénio
2014/2017
4. Outros assuntos de interesse
para a Associação.
Lisboa, 31 de Março de 2014
O Presidente da Mesa da
Assembleia Geral
José Maria Ribeiro Novo
PROGRAMA
9,30h Chegada ao Seminário
10,00h Início da Assembleia Geral
12,00h Missa - Igreja do Seminário
13,00h Almoço no refeitório
14,30h Continuação dos trabalhos
17,00h Fim do encontro
* *
Preço almoço: 10,00€ por pessoa
* *
Podem fazer as vossas inscrições:
por e-mail para:
geral@arm.org.pt
ou, telefone para:
966924794 – Santos Ponciano
966447955 – Armindo Henriques
Nota:
Quem quiser ir de véspera e pernoitar
no seminário contactar o Senhor Reitor,
Pe. Januário - 256 899 330
Porquê 1 dia?
Ao longos dos últimos anos o En-
contro Nacional da ARM tem tido a
duração de 2 dias, sendo que o pri-
meiro dia era preenchido por eventos
de âmbito cultural - normalmente
era escolhido um tema ou uma per-
sonalidade - e eram convidados al-
guns Armistas para oradores.
Cernache do Bonjardim é parco
em alojamento e mesmo o que há é
dispendioso e tendo o encontro a du-
ração de 2 dias implica, na maioria
dos casos, a deslocação da família.
A Direcção atenta às dificuldades
das famílias, na sociedade portugue-
sa em geral, e na ARM em particular,
decidiu que neste ano de 2014, à
semelhança do ano transacto, a As-
sembleia Geral decorrerá em apenas
1 dia por forma a minimizar os custos
de cada participante.
Esperamos que nos anos futuros
possamos retomar os encontros mais
alargados, pois reconhecemos que
para além da componente cultural
dos mesmos, haverá muito mais tem-
po para o convívio entre nós.
Página 5 N.º 117
RI BEI RO NOVO
ADVOGADO
Rua Marquês de Fronteira, 117, 2.º Esq.
Telefs. 213 879 258 - 213 858 671 1070-292 LISBOA
Demonstração de Resultados a 31.03.2014
CAROS CONSÓCIOS
No cumprimento das disposições
legais e estatutárias, e nos termos
do mandato que nos foi conferido
pela AG, vimos apresentar-vos o
Receita Despesa
Saldos Ano anterior:
Saldo D.O. 3.095,54 € Boletins 2.218,14 €
Fundo Projectos 1.840,00 € Papelaria e fotocópias 204,97 €
Conta Projectos 632,31 € Despesas bancárias 7,89 €
Um Sorriso para Ti 6.660,00 € Assembleia Geral 630,00 €
Encontros 138,00 € Um Sorriso para Ti 8.000,00 €
Venda de Livros 60,00 €
Publicidade 200,00 €
Quotas 915,70 € Saldo D.O. 3.432,40 €
Donativos 1.050,00 € Fundo Projectos 220,00 €
Encontro Valadares 630,00 € Conta Projectos 508,15 €
Totais 15.221,55 € 15.221,55 €

Notas:
1 – Para cumprir os compromissos assumidos perante o Projecto "Um Sorriso para Ti", houve necessidade de recorrer à
transferência de 1.620,00 € da conta Fundo de Projectos.
2 – Assistiu-se a uma forte degradação no pagamento das quotas (cerca de 20%)
3– A contribuição para o Projecto "Um Sorriso para Ti" , à semelhança do ano anterior, reduziu em 30%.
PARECER DO CONSELHO FISCAL
nosso parecer sobre os documen-
tos de prestação de contas da Di-
recção relativos ao ano findo.
Analisados esses documentos,
constatou o Conselho Fiscal que os
mesmos reflectem a actividade de-
senvolvida pela
ARM bem como
a sua situação pa-
trimonial.
O saldo positivo
apresentado nas
contas gerais da
ARM foi aprecia-
do positivamen-
te pelo Conselho
Fiscal. Não temos dúvidas, por isso,
em dar o nosso parecer favorável às
contas apresentadas e propomos
que na AG seja deliberado:
a) Aprovação do relatório da Direc-
ção e das contas apresentadas;
b) Aprovação da proposta da apli-
cação de resultados apresenta-
da pela Direcção;
c) Um voto de pesar por todos os
associados falecidos.
Lisboa, 31 de Março de 2014
O Presidente do Conselho Fiscal
Armindo Alberto Henriques
Página 6
Art.º 24 dos Estatutos da ARM:
São deveres dos associados
e) Assinar a revista Boa Nova aproveitada
como veículo noticioso da ARM
Encontro dos Familiares dos
Membros da SMBN
25 de Abril de 2014
Na nossa caminhada comunitária
sempre mantemos um lugar especial
para todos os familiares dos nossos
membros. Prova disso é a nossa ora-
ção diária pela qual damos graças a
Deus e rogamos as bênçãos para to-
dos os membros da família. Contudo,
este encontro tem um sabor especial,
pois nos encontramos face a face e,
assim, partilhamos um pouco a ale-
gria do dom da vida missionária. É,
pois, entre agradecimento e informa-
ções que queremos festejar convosco
este dia tão especial.
NOTÍCIAS BREVES DA SMBN
FÁBRICA DE FERRAGENS PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL
Telef. 256 374 083 / 84 – Fax 256 374 082 – Apart. 407
4524-907 RIO MEÃO – PORTUGAL
António Gomes da Costa & Ca., Lda.
Página 7 N.º 117
150 Anos
em Missão
******************************
Fotos antigas
No site e no blogue da ARM estão
neste momento disponíveis mais de
1.500 fotografias que abrangem a
vida da associação (desde a nossa
entrada nos seminários) desde 1927
até 2011.
Se derem por lá uma vista de olhos
vão ficar muito surpreendidos. Ha-
verá sempre uma qualquer em que
nós, meninos ou mais crescidinhos,
aparecemos.
É interessante observar nos encon-
tros em que as mesmas são projec-
tadas, a curiosidade, o encanto e as
recordações que tais imagens nos
despertam.
A todos que connosco colaboraram e
nos confiaram as “suas” fotos, o nos-
so bem haja.
A quem tiver, e que ainda não este-
jam publicadas, pedimos o favor de
que as enviem digitalizadas para o
e-mail da ARM ou as mandem por
correio que nós digitalizamo-las e na
volta do correio serão devolvidas.
Site: www.arm.org.pt ou:
http://arm-smbn.blogspot.com/ (Continua na pág. 8)
Um Sorriso para Ti
(carta enviada aos padrinhos do Projecto)
A Associação Regina Mundi, dos
antigos alunos da Sociedade Mis-
sionária ( ARM ) em parceria com a
Sociedade Missionária da Boa Nova
( SMBN ) através das comunidades
apostólicas espalhadas por Moçam-
bique e Angola, continuou durante
o ano de 2013 a implementar o pro-
jeto de apadrinhamento “ SORRISO
PARA TI “ iniciado em 2010, são 5
anos, desenvolvidos em ciclos de
três anos, envolvendo diretamente
280 crianças e uma verba de 64 mil
euros. Números muito inte-
ressantes para este tipo de
associações.
Avaliação do projeto
permite-nos aferir que a
implementação do mesmo
tem superado as expetati-
vas, na medida em que se
observa uma progressão
académica das crianças en-
volvidas, que de outra forma, mui-
to provavelmente ou não estariam
integradas no sistema educativo ou
não teriam condições de progre-
dir muito, por falta de escassez de
meios. Podemos afirmar que este
gesto singelo de solidariedade da
ARM e de partilha de cada padrinho
permite abrir um horizonte novo
para cada criança, elevando a expe-
tativa de um futuro melhor. O apoio
escolar, em termos de matrículas,
material pedagógico e didático e
uniformes escolares e, em muitos
casos, em alimentação, fa-
zem a diferença. É, talvez,
modesto a nossos olhos,
mas é grande aos olhos de
quem recebe. Aliás, assim
deve ser sempre a parti-
lha, pequena aos olhos
de quem dá, grande aos
olhos de quem recebe.
Pura gratuidade!
Gostaríamos de deixar uma pa-
lavra de apreço às comunidades da
SMBN que no terreno acompanham
e fiscalizam o bom andamento do
projeto. Como qualquer outra ati-
vidade, são muitos os obstáculos
que se têm que vencer para que os
objetivos traçados se alcancem. O
sucesso que o projeto tem conse-
guido, deve-se em muito ao apoio
que os missionários da Boa Nova
têm dado. Sem eles, teríamos mais
dificuldade em conhecer os alunos,
o seu desempenho escolar e a boa
aplicação dos fundos reunidos. O
nosso bem-haja!
Página 8
Em 2014 foi entregue ao Senhor Pe. Albino dos Anjos, Superior-Geral da SMBN, o valor
de 8.000,00€, para o projecto de alfabetização e solidariedade "Um Sorriso para Ti".
Terminada que foi a primeira fase de 3 anos, com resultados muito positivos, e tendo
sido decidido na última AG dar continuidade aos apoios, mesmo nesta situação de difi-
culdade que todos nós atravessamos, serão apoiadas:
Pemba – 30 crianças: 3.000€ / Sr Pe. Libério
Malema – 30 crianças: 3.000€ / Sr Pe. Jerónimo
Chibuto – 20 crianças: 2.000€ / Sr Pe. Amaro
Esperamos ter na AG os relatos e fotos do desenvolvimento do Projecto.
Agradecemos a todos os que acreditaram e apoiaram e a todos aqueles que não po-
dendo nos deram coragem para podermos continuar.
BOLETIM N.º 117
Janeiro/Abril de 2014
ARM – Associação Regina
Mundi dos Antigos Alunos
da Sociedade Missionária
Portuguesa
O Boletim Quadrimestral da
ARM tem, incontestavelmente,
grande relevância como meio
de comunicação entre os seus
associados.
É também a grande despesa,
quer pela impressão, quer pela
expedição, a grande despesa na
conta de demonstração de re-
sultados da Associação.
A Direcção desejaria que a publi-
cação fosse auto-suficiente. Para
tal tomou 2 medidas:
1. Formalizou com os CTT pro-
tocolo para o envio em cor-
reio editorial;
2. Aumentou a sua paginação
e distribuição por forma a
ganhar espaço para a publi-
cidade.
Apelamos, pois aos empresários,
ENI's e profissionais liberais para
que colaborem connosco.
Um Sorriso para Ti
(Continuação da pág. 7)
A nossa palavra final dirige-se
aos padrinhos. Se este projeto al-
cançou esta fase já madura, envol-
vendo várias pessoas e bastante
dinheiro, deve-se à vossa genero-
sidade e alegria em partilhar. De
nossa parte existe um profundo
reconhecimento por
acreditardes que é pos-
sível mudar a vida de
alguém com um gesto
de amor. Parabéns.
Cremos que deste
modo a ARM se apro-
xima ainda mais do
cumprimento dos seus
estatutos, rejuvenes-
cendo seu espírito e
fortalecendo seus ob-
jetivos. Também a ARM
em parceria coma SMBN, assume
sua dimensão missionária,
como ADN da sua identi-
dade e missão. Com um
corpo aqui e um coração
no mundo.
Pe. Albino dos Anjos
Superior Geral da SMBN
Santos Ponciano
Presidente da Direcção
da ARM
(fotos das escolinhas de Pemba en-
viadas pelo Sr. Pe. Libério)
(na página anterior, fotos da escoli-
nha do Chibuto enviadas pelo Sr. Pe.
Adauto)

Interesses relacionados