Você está na página 1de 2

Avaliação do desempenho profissional do pessoal docente

Grelha a utilizar pelo Coordenador de Departamento (ou substituto) para avaliar o desempenho de educadores de infância com funções docentes

Docente avaliado: ____________________________________________________________________ Avaliador ____________________________________________________________________

Momentos Data Período/s de observação Situações de observação


1.º
2.º
3.º
4.º
5.º
6.º

Classificar cada aspecto (que constitui a especificação dos parâmetros) de 1 a 4, consoante esteja menos ou mais de acordo com o estabelecido
Parâmetros Especificação dos parâmetros Momentos de avaliação
1.º 2.º 3.º 4.º 5.º 6.º TOTAIS
a) Preparação e organização das a.1) Correcção científico pedagógica e didáctica da planificação das actividades lectivas
actividades lectivas
As diversas planificações denotam: (1) interligação com os documentos curriculares que as precedem; (2)
As diversas planificações produzidas correcção na definição das suas componentes (objectivos/competências, conteúdos, metodologias e
(a longo, médio e curto prazo) pelo avaliação); (3) coerência e sequencialidade entre si.
docente: a.2) Adequação do processo educativo à necessidades de cada criança e do grupo, tendo
em conta o seu nível etário e de desenvolvimento
- estão de acordo com as
orientações curriculares do Ministério As diversas planificações denotam: (1) diagnóstico prévio e regular do desenvolvimento da linguagem oral e
da Educação (OC) e do da abordagem à escita e à matemática do grupo e de cada criança; (2) ajustamento do processo educativo
Agrupamento (PEA, PAA e PCA); face aos dados do diagnóstico, de modo a potenciar o desenvolvimento das crianças.
- atendem à especificidade do grupo a.3) Criação de condições para a participação das crianças no planeamento das actividades educativas
de crianças e de cada uma, no
sentido do desenvolvimento da As diversas planificações denotam: (1) criação de condições para que o grupo e cada criança participe no
linguagem oral, da abordagem à planeamento das actividades educativas; (2) intregação concreta das propostas das crianças nesse
escrita e à matemática, da expressão planeamento.
motora, plástica e musical, do bem a.4) Diversidade, adequação e correcção das metodologias e recursos didáctico-pedagógico utilizados
estar afectivo, emocional e social para o desenvolvimento de um currículo integrado
- contemplam as diferentes áreas de
conteúdos. As diversas planificações denotam: 1) escolha de metodologias e recursos didáctico-pedagógico de acordo
com as opções explicitadas nos documentos curriculares que a precedem; (2) ajustadamento dessas
metodologias e recursos à concretização da integração curricular
b) Realização das actividades b.1) Cumprimento dos objectivos e das actividades educativas nas diferentes áreas de conteúdo, tendo
lectivas em conta as orientações curriculares

No momento da avalição do As actividades lectivas desenvolvidas: (1) estão de acordo com as orientações curriculares do Ministério e
desempenho do docente, as do Agrupamento e com a planificação prévia do docente; (2) convergem para a concretização dos
actividades lectivas observadas objectivos que guiam as áreas de conteúdo em causa.
directamente b.2) Utilização de metodologias e recursos didáctico-pedagógico adequados ao desenvolvimento da
linguagem oral, da abordagem à escrita e à matemática
- estão de acordo com as
orientações curriculares do Ministério As metodologias e recursos didáctico-pedagógicos: (1) estão de acordo com as orientações curriculares do
da Educação (OC) e do Ministério e do Agrupamento e com a planificação prévia do docente; (2) convergem para a aquisição de
Agrupamento (PEA, PAA e PCA); competências linguísticas, e de competências propedêuticas para a escrita a matemática.
- estão de acordo com a planificação b.3) Criação de situações e experiências de aprendizagem no domínio da expressão motora, plástica e
previa do docente; musical
- integram os acontecimentos
imprevistos desencadeados pelas As situações e experiências de aprendizagem proporcionadas no domínio das expressões (1) estão de
crianças, por outros sujeitos ou por acordo com as orientações curriculares do Ministério e do Agrupamento e com a planificação prévia do
factores de outra ordem. docente; (2) convergem para o desenvolvimento de competências motoras, plásticas e musicais.
b.4) Capacidade de comunicação e animação no desenvolvimento de actividades educativas

(NÃO CONSIGO PERCEBER O QUE SIGNIFICA ESTE ASPECTO. OU MELHOR, O QUE PENSO QUE
SIGNIFICA SOBREPÕE-SE AOS OUTROS ASPECTOS)
c) Relação pedagógica com os c.1) Promoção de um clima favorável ao bem estar e ao desenvolvimento afectivo, emocional e social
alunos das crianças

A relação pedagógica estabelecida Recurso a estratégias relacionais susceptíveis de potenciar o bem-estar e o desenvolvimento afectivo,
pelo docente emocional e social do grupo e de cada criança
c.2) Criação de um ambiente educativo favorável ao desenvolvimento das aprendizagens e ao interesse
- está de acordo com as orientações das crianças pelas actividades educativas
curriculares do Ministério da
Educação (OC) e do Agrupamento Recurso a estratégias relacionais susceptíveis de potenciar a establidade e segurança necessárias ao
(PEA, PAA e PCA) e com a investimento nas tarefas de aprendizagem.
planificação prévia do docente; c.3) Concessão de iguais oportunidades de participação, promoção da integração das crianças e da
- desencadeia um clima adequado adopção de regras de convivência, colaboração e respeito
para a concretização dos
propósitovos educativos. Recurso a regras de convivências estáveis que permitam: (1) a participação igualitária de todas crianças;
(2) da sua colaboração por iniciativa própria (3) de respeito pelos educadores e colegas
c.4) Equilíbrio no exercício da autoridade e adequação das acções desenvolvidas para a manutenção da
disciplina na sala

Recurso a regras de convivências estáveis que permitam: (1) recordar às crianças a sua existência e
pertinência; (2) levá-las a conduzirem-se por elas
d) Processo de avaliação das d.1) Diversidade e adequação das técnicas e instrumentos de observação e registo de avaliação
aprendizagens dos alunos diagnóstica e formativa das aprendizagens de cada criança e do grupo

As modalidades (diagnóstica e Recurso a técnicas e instrumentos que, em momentos adequados, permitam (1) realizar avaliação
formativa) as técnicas, instrumentos diagnóstica para obtenção de dados que permitam regular o ambiente de aprendizagem; (2) realizar
de avaliação usadas pelo docente: avaliação formativa para obtenção de dados relativos ao desenvolvimento das crianças
d.2) Regularidade da avaliação e da informação aos pais e encarregados de educação sobre as
- estão de acordo com as capacidades e a competências das crianças e sobre o respectivo desenvolvimento
orientações curriculares do Ministério
da Educação (OC) e do Proporciona-se: (1) às crianças momentos diversificados e regulares de avaliação diagnóstica e formativa;
Agrupamento (PEA, PAA e PCA) e (2) aos pais e encarregados de educação, com adequação, dados relativos às capacidades e
com a planificação prévia do competências das crianças
docente; d.3) Utilização da avaliação formativa das crianças na preparação, organização e na realização das
- permitem recolher dados relevantes actividades educativas
sobre a evolução do grupo de
crianças e de cada uma. aos níveis Recurso a modalidades, estratégias, instrumentos e momentos que permitem: (1) ao grupo e a cada
da linguagem oral, da abordagem à criança participar na avaliação das actividades educativas realizadas; (2) sugerir propostas que serão
escrita e à matemática, da expressão oporrtunamente integradas na planificação
motora, plástica e musical, do bem d.4) Participação das crianças na avaliação das actividades educativas realizadas
estar afectivo, emocional e social
- reportam-se às diferentes áreas de Recurso, estratégias, instrumentos e momentos que permitem: (1) ao grupo e a cada criança participar na
conteúdos. avaliação das actividades educativas realizadas; (2) sugerir propostas que serão oporrtunamente
integradas na planificação

OBSERVAÇÕES: