Você está na página 1de 4
RESPOSTA TÉCNICA

RESPOSTA TÉCNICA

RESPOSTA TÉCNICA

Título

Cabine de pintura automotiva

Resumo

Informações para fabricação de cabines de pintura automotiva.

Palavras-chave

Automóvel; cabine de pintura; fabricação; veículo

Assunto

Fabricação de outras máquinas e equipamentos de uso geral não especificados anteriormente, peças e acessórios

Demanda

Como posso montar câmaras de pintura automotiva? Quais cuidados preciso ter?

Solução apresentada

Vantagens em utilizar cabines de pintura

Um pintor que pinta o carro fora de uma cabine, normalmente aplica uma demão a mais de verniz ou tinta, porque sabe que após a secagem, em sua fase de polimento, deverá lixar a peça a fim de retirar eventuais ciscos de contaminação antes de polir. Isso resulta em consumo elevado de tinta, verniz, material de polimento, aumento no número de horas trabalhadas, contaminação do ambiente e menor giro de veículos na oficina (SHOW DE PINTURA).

Uma boa cabine de pintura deveria ser um item obrigatório em todos os processos de pintura, visto sua eficiência em diminuir a poluição ambiental, além de proporcionar economia de material e rapidez nos processos.

Os benefícios da utilização de uma cabine de pintura na linha de reparação são inúmeros e os proprietários de oficina estão começando a perceber essa realidade. Um proprietário de oficina de pintura automotiva deixa de comprar uma cabine achando que é inteligente esse procedimento. No entanto, acaba gastando muito mais material (tinta, primers, vernizes etc.), sujando a oficina com o over-spray e contaminando o ambiente com partículas em suspensão, que demandam muito tempo em polimento e, por vezes, repinturas.

São muitas as novidades tecnológicas hoje aplicadas, como melhor desempenho do conjunto motor-turbina, no processo de exaustão, melhor distribuição pressurizada do ar via filtrante do teto, sistema down draft, o que resulta em maior eficiência na neutralização de partículas contaminantes em suspensão, e redução de over-spray do material (SHOW DE PINTURA).

Copyright © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.respostatecnica.org.br

1

Cabines de pintura

Os materiais utilizados na produção das cabines e estufas devem ser de boa qualidade. São itens que compõem uma cabine de pintura (FIG. 1):

- paredes - podem ser feitas de placas de aço com revestimento de poliuretano expandido ou

chapa galvanizada. Também se o cliente preferir, pode ser utilizada uma estrutura já existente em alvenaria;

- aquecedores elétrico ou a gás (caso a cabine seja de pintura e secagem) - produzem uma chama firme e constante capaz de elevar em pouco mais de cinco minutos a temperatura ambiente de 30°C para 60°C;

- filtros - sistema de filtragem com alta eficiência de retenção (FIG. 2);

- iluminação - área de trabalho com iluminação adequada.

iluminação - área de trabalho com iluminação adequada. Figura 1 Componentes de uma cabine de pintura

Figura 1 Componentes de uma cabine de pintura Fonte: SISTEMA DE EXAUSTÃO INDUSTRIAL - SEI

- peças mecânicas - dobradiças especiais, fechos, portas e outros;

- grelhas (grades) - para insuflação de ar de simples deflexão, com lâminas individualmente reguláveis que permitem o direcionamento desejado do ar no ambiente;

- difusores - quadrados ou retangulares, com distribuição de ar em 1, 2, 3 ou 4 direções, através de lâminas fixas inclinadas;

- venezianas - para tomada ou descarga de ar, com lâminas fixas inclinadas do tipo pingadeira e com tela fixa à parte posterior. É utilizada onde se requer constante renovação de ar;

Copyright © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.respostatecnica.org.br

2

- damper - possibilita balanceamento do sistema instalado, sendo utilizado para controle de

fluxo de ar em entradas de ar externo; vazão do ar de retorno; vazão do ar em dutos e ramais de insuflação;

- registro de regulagem de ar - é utilizado em grelhas, difusores e tomadas de ar, para

obtenção de um balanceamento adequado na insuflação ou retorno de ar nesses acessórios;

- captores de ar - acessório usado em instalações que requeiram ajuda na alimentação da vazão do ar sendo instalado próximo ao ramal principal de dutos (DIFUS-AR).

instalado próximo ao ramal principal de dutos (DIFUS-AR). Figura 2 – Tipos de filtros para utilização

Figura 2 – Tipos de filtros para utilização em cabines de pintura Fonte: COMPATIQ

Importante: cuidar para que os componentes elétricos fiquem isolados da área de pintura.

Cabines para pintura automotiva com pressão positiva (down draft)

As cabines de pintura automotivas com pressão positiva operam com fluxo de ar vertical descendente. Nas cabines com pressão positiva, a pintura e a secagem são feitas num único ambiente. Na operação de pintura é insuflado ar limpo duplamente filtrado e durante o ciclo de secagem opera com recirculação de ar aquecido até 80°C (FIG. 3).

opera com recirculação de ar aquecido até 80°C (FIG. 3). Figura 3 – Fluxo de ar

Figura 3 – Fluxo de ar nas cabines de pintura com pressão positiva Fonte: ZIRTEC

Cabines para pintura automotiva com pressão negativa

Com fluxo de ar horizontal e pressão negativa, sendo o ar aspirado pela porta frontal provida de filtros para retenção de poeira, passando pela área de trabalho do pintor, e sendo exaurido

Copyright © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.respostatecnica.org.br

3

através dos plenuns verticais traseiros, providos também de elementos filtrantes que irão reter o particulado de tinta (DIFUS-AR).

Conclusões e recomendações

O segredo para se fabricar uma boa cabine é utilizar materiais de qualidade, aplicar uma correta técnica de funcionamento e prestar um bom serviço de pós-venda para os clientes, tendo disponíveis técnicos e peças de reposição.

Para a instalação de uma cabine de pintura faz-se necessário a avaliação de vários itens, dentre eles materiais empregados, segurança, pós-venda e seu custo operacional, pois o equipamento deverá ser um instrumento de trabalho lucrativo para o cliente que o adquirir.

Recomenda-se a leitura de outras Respostas Técnicas disponíveis no banco de dados do SBRT que complementam as informações prestadas. Para visualizá-las, clique em “Banco de Respostas”, insira a palavra-chave cabine e clique no ícone “busca”.

SERVIÇO BRASILEIRO DE RESPOSTAS TÉCNICAS. Cabine de pintura com cortina de água. Curitiba: Tecpar, 2007.

SERVIÇO BRASILEIRO DE RESPOSTAS TÉCNICAS. Projeto de sistemas de exaustão. Belo Horizonte: Cetec, 2007.

SERVIÇO BRASILEIRO DE RESPOSTAS TÉCNICAS. Revestimento interno para cabine de pintura. Porto Alegre: Senai/RS, 2006.

Fontes consultadas

CABINES de pintura. Show de pintura, 06 abr. 2006. Disponível em:

<http://www.paintshow.com.br/showdepinturas/noticia5.asp>. Acesso em: 12 abr. 2008.

COMPATIQ. Produtos e serviços: linha automotiva. Disponível em:

<http://www.compatiq.com.br/conteudo/frm_produtos.html#cab51>. Acesso em: 12 abr. 2008.

DIFUS-AR. Cabine para pintura automotiva. Disponível em:

<http://difusar.com.br/Automotiva.htm>. Acesso em: 12 abr. 2008.

SISTEMAS DE EXAUSTÃO INDUSTRIAL – SEI. Cabine de pintura automotiva. Disponível em: <http://www.sei.ind.br/copyright_versus.htm>. Acesso em: 12 abr. 2008.

ZIRTEC. Cabinas de pintura automotiva. Disponível em: <http://www.zirtec.com.br/html/02- maquinas/02-pintura/yoshida/06-cabina-pintura-automotiva.php>. Acesso em: 12 abr. 2008.

Elaborado por

Elizabeth Martines

Nome da Instituição respondente

Instituto de Tecnologia do Paraná - TECPAR

Data de finalização

07 maio. 2008

Copyright © Serviço Brasileiro de Respostas Técnicas - SBRT - http://www.respostatecnica.org.br

4