No curso de Linux, concluído em Julho de 2013, foram apresentados conceitos do

sistema operacional Linux, partindo da fase histórica de sua criação, evolução e utilização até
os dias atuais.
O Linux começou a ser desenvolvido na década de 90, por um estudante de
computação da universidade de Helsink, na Finlândia, chamado Linus Torvalds. Linus
utilizou como base o sistema Minix, programa desenvolvido por Andrew Tannenbaum, um
sistema bastante limitado, e que com as modificações efetuadas no Kernel, possibilitaram o
crescimento de desenvolvimento desse sistema.
Após desenvolver o Kernel do sistema, Linus o colocou sob licença GNU, deixando
seu código fonte à disposição de todos na internet. A ideia era que o aperfeiçoamento do
sistema fosse compartilhado por todos que se interessassem e estivessem dispostos a
contribuir com melhorias.
O Linux hoje possui várias distribuições, cada uma com características e público alvo
específico. Mesmo sendo um sistema operacional de código aberto, algumas empresas
desenvolvem versões específicas para certos tipos de usuários, como por exemplo empresas
que optaram por utilizar o Linux devido ao seu custo baixo e estabilidade mesmo em
atividades que exigem muitos recursos computacionais. Essas empresas fornecem uma versão
comercial do sistema, dessa forma os usuários recebem suporte técnico.
Em relação aos usuários das distribuições gratuitas, cabe buscar suporte nos fóruns da
internet dedicados a esclarecer dúvidas de usuários. Devido ao número de mantenedores dessa
comunidade, se torna extremamente eficiente e ágil a resposta e esclarecimento de dúvidas.
O curso apresentou o processo de instalação do Linux, tendo como exemplo a
distribuição Debian, mostrando o passo a passo o processo de configuração do sistema para
uso no computador.
Após a instalação, o módulo apresentou os principais comandos usados no terminal
(janela onde se inserem comandos de texto), através do shell, é possível localizar arquivos,
mudar diretórios, copiar, mover, entre outras inúmeras funções, além de trabalhar com
diferentes tipos de arquivos. Os tipos de particionamentos e diretórios também foram
abordados, mostrando os processos de montagem, configuração e detalhando os caminhos e
organização do sistema.
O aprendizado adquirido nesse curso foi de grande valor, pois mostra a importância de
conhecer e saber utilizar esse sistema operacional que cada vez mais vem ganhando força e
sendo mais utilizado tanto no meio corporativo quanto em ambientes domésticos. Se tratando
de Linux, pode-se afirmar que é um sistema que veio pra ficar, já mostrou seu poder e
eficiência e ganhou espaço entre os grandes sistemas comerciais.
Cabe aos profissionais de TI, essa importante aquisição de conhecimento, pois a
tendência é que cada vez mais o mercado de trabalho busque profissionais preparados que
saibam operar esse sistema.



Sign up to vote on this title
UsefulNot useful