Você está na página 1de 25

Circuitos eléctricos

CIRCUITOS ELÉCTRICOS

Um circuito eléctrico é um conjunto de elementos ou componentes (fontes de energia, receptores, fios de ligação, interruptores e aparelhos de medida) ligados numa dada sequência.

Cada elemento de um circuito tem uma determinada função a desempenhar:

Fontes de energia Fornecem a energia necessária para que a corrente circule no circuito (algumas fontes produzem energia eléctrica a partir de outra forma de energia ex: as pilhas transformam energia química em energia eléctrica).

Receptores Transformam a energia eléctrica que lhes é transferida noutra forma de energia – ex: as lâmpadas, os computadores, … .

Fios de ligação Estabelecem a ligação entre os diferentes elementos do circuito.

Interruptores Interrompem a passagem da corrente eléctrica num circuito ou num dado troço do mesmo. Quando o interruptor está ligado (fechado) temos um circuito fechado (a corrente percorre todo o circuito e os receptores recebem energia). Se o interruptor está aberto, não há passagem de corrente eléctrica (circuito aberto).

Aparelhos de medida Medem as grandezas em estudo no circuito.

Elementos de um circuito

Os elementos de um

circuito

representam-

se por

símbolos,

usados

internacional mente, que

permitem a

visualização

simples e rápida da constituição

do circuito.

por símbolos, usados internacional mente, que permitem a visualização simples e rápida da constituição do circuito.

Corrente eléctrica

Para haver passagem de corrente eléctrica é

necessário assegurar a existência simultânea de uma fonte de energia e de um circuito fechado (interruptor fechado).

São as cargas negativas (electrões) que transportam a energia eléctrica através dos fios condutores de um circuito da fonte de energia

para os receptores.

Se o circuito estiver interrompido (aberto), elas não conseguem circular; não há movimento

orientado de cargas eléctricas.

CIRCUITO EM SÉRIE E CIRCUITO EM PARALELO

Num circuito eléctrico podem instalar-se em simultâneo vários receptores.

Há duas maneiras de instalar os receptores nos circuitos eléctricos:

Circuito em paralelo Há mais do que um trajecto para a corrente eléctrica; os componentes do circuito estão

ligados formando derivações (ramos)

do circuito principal.

Quando uma lâmpada funde numa

das derivações, só acendem as

lâmpadas da outra derivação.

derivações, só acendem as lâmpadas da outra derivação. − Circuito em série – A corrente eléctrica

Circuito em série A corrente eléctrica

percorre um único “caminho”, os

componentes do circuito encontram-se todos ligados uns a seguir aos outros.

Se uma lâmpada fundir, a outra não acende.

Abrindo o interruptor, as lâmpadas

apagam-se.

acende. • Abrindo o interruptor, as lâmpadas apagam-se. Em nossas casas, todos os receptores estão ligados

Em nossas casas, todos os receptores estão ligados em paralelo; quando uma lâmpada funde, as outras continuam acesas.

Circuitos em série

Desvantagens de um circuito em série:

1 Se uma lâmpada funde o circuito é

interrompido e as outras não acendem (só há

um caminho possível para a corrente passar);

2 Aumentando o número de lâmpadas no

circuito, o brilho de cada uma diminui.

3 O interruptor não consegue desligar apenas

uma das lâmpadas.

Circuito em paralelo

Vantagens de um circuito em paralelo:

1 Se uma lâmpada funde, a outra funciona na mesma (a corrente tem um caminho alternativo

para o caso de uma das lâmpadas fundir);

2 Quando se aumenta o número de lâmpadas, a luminosidade de cada uma mantém-se;

3 O interruptor instalado no circuito principal

comanda todas as lâmpadas, mas, instalado numa das ramificações, comanda apenas uma lâmpada.

CIRCUITOS ELÉCTRICOS

O que é a corrente eléctrica?

A corrente eléctrica é um movimento orientado de corpúsculos com carga eléctrica.

um movimento orientado de corpúsculos com carga eléctrica. Electrões , nos metais e na grafite Iões

Electrões, nos metais e na grafite

com carga eléctrica. Electrões , nos metais e na grafite Iões positivos e negativos, nas soluções

Iões positivos e negativos, nas soluções

condutoras

O que é a electricidade?

A electricidade é um movimento orientado de cargas

através de um circuito fechado.

Um circuito eléctrico é um caminho ou itinerário para a corrente eléctrica.

A corrente eléctrica, nos condutores metálicos, é devida a

um fluxo de electrões que transportam energia eléctrica que recebem de uma fonte de energia (pilha, bateria, …).

A electricidade não é uma forma de energia primária; tem de ser produzida através da transformação de fontes de energia primária (energia solar, …). Esta transformação processa-se em diferentes tipos de centrais eléctricas, conforme a energia primária utilizada (centrais

hidroeléctricas, eólicas, solares, térmicas, nucleares, …).

O SENTIDO DA CORRENTE ELÉCTRICA

Todos os elementos de um circuito eléctrico possuem dois

terminais.

Nas fontes de energia designam-se por:

Pólo negativo (−) : Terminal da fonte com excesso de electrões

(cargas negativas).

Pólo positivo (+) : Terminal da fonte com deficiência de electrões (cargas negativas).

A corrente eléctrica, num sólido, é um movimento ordenado de electrões.

de electrões (cargas negativas). • A corrente eléctrica, num sólido, é um movimento ordenado de electrões.

O SENTIDO DA CORRENTE ELÉCTRICA

Para indicar o sentido da corrente, utilizam-se dois

critérios opostos:

Sentido real O sentido do fluxo de electrões é sempre do pólo negativo para o pólo positivo da fonte (os

electrões “saem” do pólo negativo, onde estão em

excesso, e “entram” no pólo positivo, que tem “falta” de electrões).

Sentido convencional Convencionou-se que o sentido

da corrente é do pólo positivo da fonte para o pólo

negativo.

convencional – Convencionou-se que o sentido da corrente é do pólo positivo da fonte para o

Tipos de CORRENTE ELÉCTRICA

A corrente eléctrica pode ser fornecida ao

circuito de duas formas:

Corrente contínua Corrente que é fornecida sempre no mesmo sentido. É contínua, por exemplo, a que é fornecida por pilhas, baterias, …

Corrente alternada Corrente que muda

constantemente de sentido. É alternada, por exemplo, a energia fornecida pela rede nacional

de distribuição.

Diferença de potencial

A grandeza física que está relacionada com a energia fornecida às cargas elétricas é a

diferença de potencial

Grandeza

física

Unidade

SI

Aparelho

de medida

Nome

diferença de potencial

Unidade SI Aparelho de medida Nome diferença de potencial Símbolo A d.d.p. mede a energia transferida
Unidade SI Aparelho de medida Nome diferença de potencial Símbolo A d.d.p. mede a energia transferida

Símbolo

SI Aparelho de medida Nome diferença de potencial Símbolo A d.d.p. mede a energia transferida para
SI Aparelho de medida Nome diferença de potencial Símbolo A d.d.p. mede a energia transferida para
SI Aparelho de medida Nome diferença de potencial Símbolo A d.d.p. mede a energia transferida para

A d.d.p. mede a energia transferida para o circuito por unidade de carga. Quanto maior for a d.d.p. entre os pólos do gerador, maior será a quantidade de energia eléctrica fornecida ao circuito.

Como medir a diferença de potencial?

Para medir a diferença de potencial entre dois

pontos do circuito elétrico (no caso de correntes contínuas) o voltímetro tem que ser instalado em paralelo.

 

+

V
V

_

     
  + V _             +   _      
 
   
   
 
  +   _
 

+

 

_

 
     
 

Diferença de potencial

A diferença de potencial nos terminais de uma associação de

lâmpadas em:

Série

de potencial • A diferença de potencial nos terminais de uma associação de lâmpadas em: –

Paralelo

de potencial • A diferença de potencial nos terminais de uma associação de lâmpadas em: –

Intensidade da corrente

A grandeza física que está relacionada com o número de cargas elétricas que passam num circuito é a

Intensidade da corrente

 

Grandeza

Unidade

Aparelho de

física

SI

medida

Nome

Intensidade da corrente

Nome Intensidade da corrente
Nome Intensidade da corrente

Símbolo

Símbolo
Símbolo
Símbolo

Como medir a intensidade da

corrente?

Para medir a intensidade da corrente o

amperímetro tem que ser instalado em série.

da corrente? • Para medir a intensidade da corrente o amperímetro tem que ser instalado em

+

+

da corrente? • Para medir a intensidade da corrente o amperímetro tem que ser instalado em
A
A

_

_

_
_
_
_
_

Intensidade da corrente

A intensidade da corrente em circuitos com lâmpadas associadas em:

série

da corrente em circuitos com lâmpadas associadas em: série tem o mesmo valor em qualquer ponto

tem

o

mesmo

valor

em

qualquer ponto

paralelo

em: série tem o mesmo valor em qualquer ponto paralelo a intensidade da corrente no circuito

a intensidade da corrente no circuito principal é idêntica à

soma da intensidade da

corrente nos vários ramais.

Intensidade da corrente elétrica em

circuitos com lâmpadas em série

Nos circuitos em série, a intensidade da

corrente tem o mesmo valor em qualquer ponto, isto é, a intensidade da corrente é igual

em todos os recetores:

I 1 = I 2 =

o mesmo valor em qualquer ponto, isto é, a intensidade da corrente é igual em todos

Intensidade da corrente elétrica em

circuitos com lâmpadas em paralelo

Nos circuitos em paralelo, a intensidade da corrente no ramo principal é igual à soma das intensidades da corrente que percorrem várias ramificações:

I ramo principal = I 1 +I 2 +.

das intensidades da corrente que percorrem várias ramificações: I ramo principal = I 1 + I

CIRCUITOS ELÉCTRICOS

A grandeza física que está relacionada com a dificuldade das cargas elétricas passarem através de um condutor é

Resistência elétrica

Grandeza

física

Unidade

SI

Aparelho de medida

Nome

Resistência

elétrica

é … Resistência elétrica Grandeza física Unidade SI Aparelho de medida Nome Resistência elétrica Símbolo
é … Resistência elétrica Grandeza física Unidade SI Aparelho de medida Nome Resistência elétrica Símbolo

Símbolo

é … Resistência elétrica Grandeza física Unidade SI Aparelho de medida Nome Resistência elétrica Símbolo
é … Resistência elétrica Grandeza física Unidade SI Aparelho de medida Nome Resistência elétrica Símbolo
é … Resistência elétrica Grandeza física Unidade SI Aparelho de medida Nome Resistência elétrica Símbolo
é … Resistência elétrica Grandeza física Unidade SI Aparelho de medida Nome Resistência elétrica Símbolo
é … Resistência elétrica Grandeza física Unidade SI Aparelho de medida Nome Resistência elétrica Símbolo

CIRCUITOS ELÉCTRICOS

Lei de Ohm

As

duas

proporcionais

grandezas

são

directamente

U(V)

I(A)

U/I

2

0,02

100

4

0,04

100

6

0,06

100

12

0,12

100

porque o quociente entre pares de

valores correspondentes é constante

entre pares de valores correspondentes é constante U(V) 12 6 4 2 I (A) porque a

U(V)

12

entre pares de valores correspondentes é constante U(V) 12 6 4 2 I (A) porque a

6

4

2

pares de valores correspondentes é constante U(V) 12 6 4 2 I (A) porque a uma
I (A) porque a uma representação gráfica é recta que passa pela origem.
I (A)
porque
a
uma
representação gráfica é
recta que passa pela
origem.
é constante U(V) 12 6 4 2 I (A) porque a uma representação gráfica é recta

CIRCUITOS ELÉCTRICOS

Lei de Ohm

A diferença de potencial nos terminais de qualquer condutor metálico filiforme, a temperatura constante, é directamente proporcional à intensidade da corrente que o percorre.

proporcional à intensidade da corrente que o percorre. • A expressão matemática que traduz a lei

A expressão matemática que traduz a lei de Ohm:

CIRCUITOS ELÉCTRICOS d.d.p.

A diferença de potencial nos terminais de uma associação

de lâmpadas em

é

série

de uma associação de lâmpadas em … é s é r i e idêntica à soma

idêntica

à

soma

da

ddp

nos

terminais de cada lâmpada.

paralelo

à soma da ddp nos terminais de cada lâmpada. paralelo tem o mesmo valor em qualquer

tem o mesmo valor em qualquer dos terminais das lâmpadas