Você está na página 1de 6

A FÓRMULA DA COMPAIXÃO

A PRIMEIRA CHAVE MULTIDIMENSIONAL DA


COMPAIXÃO
Por Jelaila Starr

A Fórmula da Compaixão consiste numa ferramenta que possibilita


uma evolução gradual, que se processa do Nível Um até o Nível Nove
de Recodificação, Reconexão e Activação do DNA (Processo de RRA).
Pode também ser usado para manter a multidimensionalidade, após
tê-la já alcançado.
A Fórmula traça um caminho, através de um número suficiente de
lições, passível de ser enquadrado em Projectos de Vida, visando a
conquista da frequência necessária para a vivência da Consciência
Plena.
A fórmula actua aliviando a frequência corporal usada para lidar com
situações de conflito, integrando, desta forma, o medo envolvido na
lição por detrás do conflito.
Note-se que lições apresentam-se na forma de conflitos. O uso da
fórmula da compaixão visa capacitá-los na remoção de emoções
negativas dos corpos físico e emocional decorrentes de situações
conflituosas, movendo-as para o coração e transmutando-as, aí, em
compaixão.
Outro benefício da Fórmula é a activação das glândulas psíquicas
adormecidas. Cada vez que a Fórmula é usada, exercitam-se essas
glândulas. No final do processo de activação do DNA, estas glândulas
estarão prontas para uso em tempo integral.
Sugestões metodológicas para a aplicação Fórmula da
Compaixão:
• Consciencialização dos sentimentos decorrentes da situação
pela expressão verbal e física dos mesmos.
Sentir e expressar fisicamente os sentimentos faz com que as
emoções se ancorem na parte Superior do Chacra Cardíaco, onde
elas serão transmutadas e libertadas. Estas emoções de frequência
densa e inferior são estímulos poderosos, pois, uma vez transmutados
na frequência mais elevada da compaixão através da parte Superior
do Coração (age como um incinerador), fluem através do seu corpo
como uma liberação excitante, mudando o seu DNA ao mesmo
tempo.
Devem usar-se as Chaves da Fórmula da Compaixão nas situações
conflituosas, no que diz respeito a velhos problemas, assim como no
que concerne novas lições, até conseguir um nível de clarificação
suficiente para completar o processo de religação das 12 fibras do
seu DNA.
Após esta fase, a purificação emocional continuará a fim de completar
a ascensão, agora com o apoio de novas vias neurais, com novos
padrões associados de comportamento saudável.
Este processo de ascensão está a ser planeado para estar completo
em 2012.
As nove etapas da Fórmula são como se seguem:
Etapa Um: Lição
Qual é a lição que eu queria aprender em relação a esta pessoa e o
conflito que estamos experienciando?
Peçam ao seu Eu Superior/Alma, anjos ou guias espirituais para ajudá-
los. Ela estará em seu projecto de vida. O seu projecto de vida é como
um roteiro para a sua existência presente. Ele contém todas as lições,
contratos e eventos maiores para a sua existência presente, junto
com as pessoas envolvidas.
Etapa Dois: Contrato
Qual é o contrato que eu fiz com esta pessoa?
Peçam que vos seja mostrado o contrato que fizeram para aprender
esta lição. Se usarem a Fórmula para libertar um indivíduo, peçam
pelo contrato que vos pertence e a esta pessoa. Há frequentemente
contratos que envolvem muitas pessoas para aprenderem a mesma
lição. A proporção de contratos para as lições varia, dependendo de
quanto tempo e quantas existências estiveram a tentar aprender esta
lição em particular. Quanto mais existências, mais contratos da
existência presente para esta lição.
Lembrem-se de que ninguém concorda em fazer um contrato
convosco a menos que eles também, precisem aprender a mesma
lição. Em alguns casos, a outra pessoa em seu contrato está lá para
aprender o outro lado da lição.
Etapa Três: Papel
Qual é o papel que esta pessoa está a desempenhar para expressar a
sua parte do contrato?
Peçam para ver e compreender o vosso papel e o papel que a outra
pessoa está a desempenhar no contrato. Peçam auxílio para
compreender como os papéis se afiguram enquanto eles estão ainda
a ser desempenhados. Eu visualizo-me num palco como uma actriz e
a outra pessoa como uma actriz/actor. O que me ajuda a ver os
papéis mais claramente, porque eu sou capaz de visualizar o seu
comportamento como uma representação.
Etapa Quatro: Aspecto
Qual é a minha característica que esta pessoa está a reflectir?
Novamente peçam auxílio para ver e compreender qual o traço de
carácter ou característica que a outra pessoa está a reflectir para
vós. Elas são o seu espelho que reflecte um aspecto de vós através
do comportamento. Eu sempre achei esta etapa como a mais difícil
de tratar. Ela exige uma honestidade própria brutal, mas vale a pena
o esforço.
Algumas vezes, ao invés de reflectirem um aspecto comportamental,
a situação reflecte algo que julgam, algo que condenam. Um exemplo
seria alguém que os roubam. Podem não ser ladrões, mas podem
estar a julgar o furto ou as pessoas que roubam.
Etapa Cinco: Presente
Qual é o presente que esta pessoa está a dar-me ao desempenhar o
seu papel?
Peçam, mais uma vez, ajuda, e poderão ver e compreender o
presente que a outra pessoa vos dá ao desempenhar o seu papel. O
valor que eu mencionei anteriormente é o valor do presente, e o
presente é a lição aprendida.
Verificação do Processo
Uma vez completadas as primeiras cinco etapas, sentirão um
aumento de compaixão e de gratidão pela outra pessoa envolvida no
conflito/contrato. Caso contrário voltem atrás e recomecem.
Algumas vezes isto requer algumas tentativas antes que finalmente
compreendamos a lição na qual estivemos a trabalhar. Eu percebo
que frequentemente sei que a compreendi quando tenho um
sentimento terno em meu coração. Ele pode estar ligado a um
sentimento forte de saber como um “ Ha!”
As quatro etapas finais são usadas para terminar de clarificar e
libertar a negatividade emocional do corpo físico, fora da parte
superior do chacra cardíaco.
Quando penso na parte superior do chacra cardíaco, eu visualizo um
dispositivo invisível em forma de cone incluído em meu campo áurico.
Ele liga-se ao meu corpo físico logo acima do meu coração e abaixo
da minha clavícula. Quando eu uso a Fórmula ele abre-se, assim a
energia/compaixão transmutada pode mover-se através dele e para
fora.
Compreendo que a parte superior do chacra cardíaco realiza a mesma
função que o cólon/ânus e a bexiga/uretra no corpo físico. Ambos
realizam funções de eliminação da matéria estragada/tóxica. A única
diferença é que o sistema físico elimina a matéria física densa e a
parte superior do chacra cardíaco elimina matéria etérea.
Etapa seis: Aceitação
Eu posso aceitar o papel que esta pessoa tem desempenhado, junto
com as suas acções, para me ajudar a aprender esta lição?
A aceitação é um dos quatro elementos do amor incondicional. A
aceitação é parte da compaixão e é o amor incondicional em acção.
Isto também inclui a aceitação de quem é a pessoa, sem julgamento.
Eu percebo que quando estou tendo um momento difícil com esta
etapa, eu posso clarificá-la quando me lembro que eles são almas em
um corpo como eu, e nós estamos nos ajudando com uma lição.
Etapa sete: Permissão
Eu posso libertar a minha raiva em relação a esta pessoa que
desempenhou o papel para me ajudar a aprender a lição?
A permissão é também um dos quatro elementos do amor
incondicional. A permissão é parte da compaixão e é o amor
incondicional em acção. O que inclui permitir às pessoas serem quem
elas são e seguirem o seu próprio caminho da forma como
escolheram, independente de como se sentem sobre isto.
Frequentemente, até eu alcançar esta etapa, eu acho muito fácil
libertar a minha raiva em relação à pessoa porque sinto a gratidão e
a compaixão que surge ao ver a dor que eles sofreram ao
desempenharem o seu papel por mim.
Um outro lembrete: A permissão é mais fácil de fazer quando
deixamos ir a necessidade de controlar o comportamento ou as
escolhas de alguém para seu próprio bem. Nós tendemos a controlar
as pessoas com medo de que as suas acções os façam sofrer/ e ou a
nós. Se compreendermos que tudo tem um valor, então poderemos
começar a libertar a nossa necessidade de controlar porque
compreenderemos que haverá um valor em todo e em cada
resultado.
Etapa oito: Liberação
Eu posso libertar esta pessoa da culpa?
Esta é fácil quando compreenderem que não são vítimas. Ao
contrário, são participantes activos num contrato e lição que
ajudaram a instituir.
Assumir a responsabilidade pela vossa parte no contrato capacita-os
na libertação da outra pessoa da culpa pelo papel que
desempenharam para ajudá-los a aprender a lição que queriam.
Compreendem que assim como não são vítimas, eles também não
são os vilões. Devin, o meu guia da 9ª dimensão, disse-me muitas
vezes que é muito mais difícil desempenhar o papel de um vilão do
que desempenhar o papel de um herói.
Liberar alguém da culpa é diferente do que perdoá-los. Perdoar
alguém é o que fazemos quando sentimos que eles pecaram contra
nós, quando somos sacrificados. A Libertação é o elemento chave na
Fórmula. A liberação é criada através de sua compaixão pela outra
pessoa.
Etapa nove: Benevolência
Agora que eu libertei esta pessoa, eu posso ser gentil com ele/ela, e
se o for, como posso fazê-lo?
Neste ponto vocês deveriam estar sentindo a intensidade da
liberação através da parte superior do coração. Eu acho que o grau
do sentimento difere de acordo com a intensidade emocional do
problema. Quanto mais sobrecarregado emocionalmente for o
problema, mais intensa será a liberação.
Eu achei que esta etapa é a mais emocional. Eu estou plena de
gratidão e compaixão quando alcanço esta etapa e meu único
pensamento é como aperfeiçoar e lhes agradecer.
Agora que estão sentindo a gratidão e a compaixão, tendo liberado a
outra pessoa da culpa e da raiva, e percebido que podem ser gentis
com eles agora, vocês estarão prestes a terminar a Fórmula. As duas
partes finais da Etapa Nove são:
a) Como vocês mostrarão a sua benevolência, e
b) Como vocês o farão?
Estas duas últimas partes são muito importantes e eu os encorajo a
completá-las tão rapidamente quanto possível desde que o processo
não estará completo até que vocês o façam. Uma carta ou um
telefonema para a pessoa dizendo que vocês lhes agradecem pela
lição que eles participaram. Eu acho que compartilhando a lição que
aprendi deles percorremos um longo caminho na cura da dor que
ambos sentimos.
Advertência: Não os levem a realizar a Fórmula. Eles não os
compreenderão e frequentemente ficarão zangados e defensivos, a
menos que conheçam a Fórmula também.
Mudando a Energia
Uma vez que completaram a Fórmula, então é o momento de fazer
algo com o contrato. O contrato é energia como tudo o mais, assim
vocês poderão mudar a sua forma em algo mais, como se estivesse
trabalhando com o Lego.
Eu freqüentemente visualizo o contrato se dissolvendo em milhares
de pedaços de energia de luz, e então eu envio esta energia para
alguém que esteja doente para auxiliar em sua cura. Em outras
ocasiões, eu o deposito em uma conta de energia que criei para
manifestar um dos meus desejos como uma nova casa ou alguma
coisa. Vocês também podem depositá-lo na conta de alguém mais
para auxiliá-los a manifestar um dos seus desejos.
De qualquer maneira, isto é onde eu posso me divertir um pouco com
o contrato e ser criativa. Um final positivo para uma lição dolorosa,
não acham?
Eu espero que este resumo e as etapas da Fórmula da Compaixão os
ajudem a fazer as escolhas apropriadas para vocês. Mais informação
poderá ser encontrada em “Nós somos Nibiruanos”, o primeiro
livro/manual do Conselho, assim como nos livretos “Chaves
Multidimensionais da Compaixão”. Estes livretos contêm todas as
informações dadas na Fórmula da Compaixão, a ferramenta ou chave
fundamental, assim como as seis ferramentas adicionais que foram
dadas desde a escrita do primeiro livro/manual.
Se tiverem perguntas sobre o uso da fórmula, por favor, sintam-se à
vontade de me telefonar no número (816)444-4364 ou podem me
enviar um e-mail para jelaila@nibiruancouncil.com.
Jelaila Starr
Conselho Nibiruano

Interesses relacionados