Você está na página 1de 23
PUC PUC - Rio 2012 - Rio 2 o DIA MANHÃ VESTIBULAR 2012 GRUPO 2
PUC
PUC - Rio 2012
-
Rio
2 o DIA
MANHÃ
VESTIBULAR
2012
GRUPO 2
Novembro / 2011

PROVAS OBJETIVAS DE FÍSICA,

DE MATEMÁTICA E DE QUÍMICA

PROVAS DISCURSIVAS DE GEOGRAFIA E DE HISTÓRIA

INSTRUÇÕES ABAIXO.

LEIA ATENTAMENTE AS

01 Você recebeu do fiscal o seguinte material:

-

a) este Caderno, com o enunciado das 10 questões objetivas de FÍSICA, das 10 questões objetivas de

QUÍMICA e das 3 questões discursivas de GEOGRAFIA

MATEMÁTICA, das 10 questões objetivas de

e

das 3 questões discursivas de HISTÓRIA, sem repetição ou falha;

b) um CARTÃO-RESPOSTA, com seu nome e número de inscrição, destinado às respostas das questões objetivas formuladas nas provas de FÍSICA, de MATEMÁTICA e de QUÍMICA grampeado a um Caderno de Respostas, contendo espaço para desenvolvimento das respostas às questões discursivas de GEOGRAFIA

e de HISTÓRIA.

02 Verifique se este material está em ordem e se o

-

seu nome e número de inscrição conferem com os que

aparecem no CARTÃO-RESPOSTA. Caso contrário, notifique IMEDIATAMENTE ao fiscal.

03 Após a conferência, o candidato deverá assinar, esferográfica transparente de tinta na cor preta.

-

no espaço próprio do CARTÃO-RESPOSTA, a caneta

04 - No CARTÃO-RESPOSTA, a marcação das letras correspondentes às respostas certas deve ser feita cobrindo a letra e preenchendo todo o espaço compreendido pelos círculos, a lápis preto n o 2 ou caneta esferográfica transparente de tinta na cor preta, de forma contínua e densa. A LEITORA ÓTICA utilizada na leitura do CARTÃO-RESPOSTA é sensível a marcas escuras, portanto, preencha os campos de marcação completamente, sem deixar claros.

Exemplo:

05 - Tenha muito cuidado com o CARTÃO-RESPOSTA, para não o DOBRAR, AMASSAR ou MANCHAR. O CARTÃO-RESPOSTA somente poderá ser substituído se, no ato da entrega ao candidato, já estiver dani- ficado em suas margens superior e/ou inferior - BARRA DE RECONHECIMENTO PARA LEITURA ÓTICA.

06 Para cada uma das questões objetivas são

-

apresentadas 5 alternativas classificadas com as

letras (A), (B), (C), (D) e (E); só uma responde adequadamente ao quesito proposto. Você só deve assinalar UMA RESPOSTA: a marcação em mais de uma alternativa anula a questão, MESMO QUE UMA DAS RESPOSTAS ESTEJA CORRETA.

07 As questões são identificadas pelo número que se

-

a) se utilizar, durante a realização das provas, de gravadores, headphones, telefones celulares ou

situa acima de seu enunciado.

08 SERÁ ELIMINADO do Concurso Vestibular o candidato que:

-

máquinas e/ou relógios de calcular, bem como de rádios

fontes de consulta de qualquer espécie;

b) se ausentar da sala em que se realizam as provas levando consigo este Caderno de Questões e/ou o Caderno de Respostas e/ou o CARTÃO-RESPOSTA;

c) não assinar a Lista de Presença e/ou o CARTÃO-RESPOSTA.

das provas após 30 (trinta) minutos contados a partir do

Obs. O candidato só poderá se ausentar do recinto efetivo início das mesmas.

09 Reserve os 30 (trinta) minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA.

-

10 Quando terminar, entregue ao fiscal o CARTÃO-RESPOSTA grampeado ao CADERNO DE RESPOSTAS e este

-

CADERNO DE QUESTÕES e ASSINE a LISTA DE

PRESENÇA.

11 O TEMPO DISPONÍVEL PARA ESTAS PROVAS DE QUESTÕES OBJETIVAS E DISCURSIVAS É DE 4 (QUATRO) HORAS.

-

NOTA: Em conformidade com a legislação em vigor, que determina a obrigatoriedade do uso das novas regras de ortografia apenas a partir de 31 de dezembro de 2012, o candidato poderá optar por utilizar uma das duas normas atualmente vigentes.

BOAS PROVAS!

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

é ± 1, exceto quando

Massa atômica relativa. A incerteza

dígito parênteses.

no último entre

indicado

PUC - Rio 2012

1 CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS 18 FRÂNCIO CÉSIO RUBÍDIO POTÁSSIO SÓDIO LÍTIO HIDROGÊNIO
1
CLASSIFICAÇÃO PERIÓDICA DOS ELEMENTOS
18
FRÂNCIO
CÉSIO
RUBÍDIO
POTÁSSIO
SÓDIO
LÍTIO
HIDROGÊNIO
ELEMENTODONOME
IA
Com massas atômicas referidas ao isótopo 12 do carbono
VIIIA
1
2
13
16 171514
1
H
2
He
RÁDIO
BERÍLIO
BÁRIO
ESTRÔNCIO
CÁLCIO
MAGNÉSIO
1,0079
IIA
IIIA
IVA
VA
VIA
VIIA
4,0026
3
4
5
6
7
8
9
10
2
BeLi
B
C
N
O
F
Ne
ÍTRIO
ESCÂNDIO
6,941(2)
9,0122
10,811(5)
12,011
14,007
15,999
18,998
20,180
11
12
1613
1814
15
17
Na
127653
4
108
9
11
3
Mg
Al
Si
P
S
Cl
Ar
ACTÍNIO
LANTÂNIO
RUTHERFÓRDIO
HÁFNIO
ZIRCÔNIO
TITÂNIO
22,990
24,305
IIIB
IVB
VB
VIB
VIIB
VIII
VIIIVIII
IIBIB
26,982
28,086
30,974
32,066(6)
35,453
39,948
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
K
Ca
Sc
Ti
V
Cr
Mn
Fe
Co
Ni
GaCu
Zn
Ge
As
Se
Br
Kr
4
TÓRIO
CÉRIO
DÚBNIO
TÂNTALO
NIÓBIO
VANÁDIO
39,098
40,078(4)
44,956
47,867
50,942
51,996
58,69354,938
55,845(2)
58,933
63,546(3)
65,39(2)
69,723
72,61(2)
74,922
78,96(3)
79,904
83,80
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
5049
51
52
53
54
5
Rb
Sr
Y
Zr
Nb
Mo
Tc
Ru
Rh
Pd
Ag
Cd
In
Sn
Sb
Te
I
Xe
85,468
87,62
88,906
91,224(2)
92,906
95,94
98,906
101,07(2)
102,91
106,42
107,87
112,41
114,82
118,71
121,76
127,60(3)
126,90
131,29(2)
PROTACTÍNIO
PRASEODÍMIO
SEABÓRGIO
TUNGSTÊNIO
MOLIBDÊNIO
CRÔMIO
55
56
72
86827973
74
8575
76
8077
8478
81
83
57 a 71
6
Cs
Ba
Hf
Ta
W
Re
Os
Ir
Pt
Au
Hg
Tl
Pb
Bi
Po
At
Rn
La-Lu
132,91
208,98137,33
178,49(2)
180,95
183,84
186,21
190,23(3)
192,22
195,08(3)
196,97
200,59(2)
204,38
207,2
222,02209,99209,98
URÂNIO
NEODÍMIO
BÓHRIO
RÊNIO
TECNÉCIO
MANGANÊS
87
11088
104
105
107106
112111109108
89 a 103
7
Fr
Ra
Rf
Db
Sg
Bh
Hs
UuuMt
UubUun
Ac-Lr
223,02
226,03
261
262
NETÚNIO
PROMÉCIO
HASSIO
ÓSMIO
RUTÊNIO
FERRO
Série dos Lantanídios
PLUTÔNIO
SAMÁRIO
MEITNÉRIO
IRÍDIO
RÓDIO
COBALTO
57
6958
6859
6760
61
62
63
64
65
66
70
71
Número Atômico
6
PmLa
GdEuNdCe
SmPr
Dy HoTb
Er
LuYbTm
138,91
140,12
151,96140,91
157,25(3)144,24(3)
146,92
150,36(3)
168,93158,93
162,50(3)
164,93
167,26(3)
174,97173,04(3)
AMERÍCIO
EURÓPIO
UNUNILIO
PLATINA
PALÁDIO
NÍQUEL
Símbolo
Série dos Actinídios
89
9690
91
92
93
94
95
97
98
99
100
101
102
103
CÚRIO
GADOLÍNIO
UNUNÚNIO
OURO
PRATA
COBRE
Massa Atômica
7
NpThAc
Pa
FmU
Pu
CfAm
Cm
MdBk
NoEs
Lr
232,04227,03
231,04
244,06238,03
252,08237,05
239,05
241,06
249,08
252,08
259,10257,10
258,10
262,11
BERQUÉLIO
TÉRBIO
UNÚNBIO
MERCÚRIO
CÁDMIO
ZINCO
CALIFÓRNIO
DISPRÓSIO
TÁLIO
ÍNDIO
GÁLIO
ALUMÍNIO
BORO
EINSTÊINIO
HÓLMIO
CHUMBO
ESTANHO
GERMÂNIO
SILÍCIO
CARBONO
FÉRMIO
ÉRBIO
BISMUTO
ANTIMÔNIO
ARSÊNIO
FÓSFORO
NITROGÊNIO
MENDELÉVIO
TÚLIO
POLÔNIO
TELÚRIO
SELÊNIO
ENXOFRE
OXIGÊNIO
NOBÉLIO
ASTATO
IODO
BROMO
CLORO
FLÚOR
ITÉRBIO
LAURÊNCIO
LUTÉCIO
RADÔNIO
XENÔNIO
CRIPTÔNIO
ARGÔNIO
NEÔNIO
HÉLIO
3
3

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

 

FÍSICA

1

Uma pessoa caminha sobre uma estrada horizontal e retilínea até chegar ao seu destino. A distância percorrida pela pessoa é de 2,5 km, e o tempo total foi de 25 min. Qual o módulo da velocidade da pessoa?

(A)

10 m/s

(B)

6,0 km/h

(C)

10 km/h

(D)

6,0 m/s

(E)

10 km/min

2

A força de interação entre dois objetos pode ser descrita pela relação F = α/r 2 onde F é a força de interação, r a distância entre os dois objetos e α uma constante. No sistema internacional de unidades S.I., a constante α tem dimensão de:

(A)

g × cm 3 /s 2

(B)

kg × cm

(C)

kg/s 2

(D)

g m 3 /s 2

(E)

kg m 3 /s 2

3

Um barco flutua de modo que metade do volume de seu casco está acima da linha da água. Quando um furo é feito no casco, entram no barco 500 kg de água até o barco afundar.

Calcule a massa do barco.

 

Dados: d água = 1000 kg/m 3 e g = 10 m/s 2

(A)

1500 kg

(B)

250 kg

(C)

1000 kg

(D)

500 kg

(E)

750 kg

4

Um ciclista tentando bater um recorde de velocidade em uma bicicleta desce, a partir do repouso, a distância de 1440 m em uma montanha cuja inclinação é de 30°. Calcule a velocidade atingida pelo ciclista ao chegar à base da montanha.

 

Dados: Não há atrito e g = 10 m/s 2

(A)

84 m/s

(B)

120 m/s

(C)

144 m/s

(D)

157 m/s

(E)

169 m/s

5

Um copo com 300 ml de água é colocado ao sol. Após algumas horas, verifica-se que a temperatura da água subiu de 10 °C para 40 °C. Considerando-se que a água não evapora, calcule em ca- lorias a quantidade de calor absorvida pela água.

Dados: d água = 1 g/cm 3 e c água = 1 cal/g o C

(A)

1,5 × 10 5

(B)

2,0 × 10 5

(C)

3,0 × 10 3

(D)

9,0 × 10 3

(E)

1,2 × 10 2

6

Um bloco de massa M = 1,0 kg está preso a uma polia de raio R = 0,2 m através de um fio inextensível e sem massa como mostra a figura. Sabendo que o bloco desce com uma aceleração de 3,0 m/s 2 , calcule o torque em N × m realizado pelo fio na extremidade da polia.

Dado: g = 10,0 m/s 2 .

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

0,6

1,4

2,0

3,5

6,0

g = 10,0 m/s 2 . (A) (B) (C) (D) (E) 0,6 1,4 2,0 3,5 6,0

7

Seja um corpo de massa M = 100 kg deslizando sobre um plano horizontal com velocidade inicial V = 20,0 m/s. Cal- cule o módulo do trabalho W da força de atrito necessário para levar o objeto ao repouso.

(A)

W = 20 kJ

(B)

W = 2000 kJ

(C)

W = 10 kJ

(D)

W = 200 kJ

(E)

W = 100 kJ

4
4

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

RASCUNHO

8 Calcule a corrente em ampères medida no amperímetro (A) do circuito apresentado na figura.
8
Calcule a corrente em ampères medida no amperímetro
(A)
do circuito apresentado na figura.
(A)
1,6
(B)
3,3
(C)
5,0
(D)
8,3
(E)
20,0
9
Três resistores (R 1 = 3,0 kΩ, R 2 = 5,0 kΩ, R 3 = 7,0 kΩ)
estão conectados formando um triângulo, como na figura.
Entre os pontos A e B, conectamos uma bateria que
fornece V B = 12 V de tensão. Calcule a corrente I tot que a
bateria fornece.
(A)
I tot = 5,0 mA
(B)
I tot = 4,0 mA
(C)
I tot = 3,0 mA
(D)
I tot = 2,0 mA
(E)
I tot = 1,0 mA
10
Um feixe luminoso se propagando no ar incide em uma
superfície de vidro. Calcule o ângulo que o feixe refratado
faz com a normal à superfície sabendo que o ângulo de
incidência θ i é de 60º e que os índices de refração do ar e
do vidro, η ar e η vidro , são respectivamente 1,0 e
.
(A)
30°
(B)
45°
(C)
60°
(D)
73°
(E)
90°
, são respectivamente 1,0 e . (A) 30° (B) 45° (C) 60° (D) 73° (E) 90°
5
5

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

MATEMÁTICA

11

Uma máquina demora 27 segundos para produzir uma

peça. O tempo necessário para produzir 150 peças é:

(A)

1 hora, 7 minutos e 3 segundos.

(B)

1 hora, 7 minutos e 30 segundos.

(C)

1 hora, 57 minutos e 30 segundos.

(D)

1 hora, 30 minutos e 7 segundos.

(E)

1 hora, 34 minutos e 3 segundos.

12

O perímetro do triângulo que tem lados sobre as retas

y = 2, x = 2 e x + y = 2 é:

(A)

2
2

(B)

(C)

2

 

(D)

2 +

(E)

4 + 2

4 + 2

13

O valor da expressão 5100 x 10 5 + 3 x 10 4 é igual a:

(A)

0,0513

(B)

5,13

(C)

0,5103

(D)

3,51

(E)

540000

14

Jogamos dois dados comuns e somamos os pontos. Qual

a probabilidade de que o total seja igual a 12?

(A)

(B) Qual a probabilidade de que o total seja igual a 12? (A) (C) (D) (E) 15

(C)

a probabilidade de que o total seja igual a 12? (A) (B) (C) (D) (E) 15

(D)

de que o total seja igual a 12? (A) (B) (C) (D) (E) 15 Em março

(E)

de que o total seja igual a 12? (A) (B) (C) (D) (E) 15 Em março

15

Em março de 2011, a garrafa de 500 ml de suco de

bujurandu custava R$ 5,00. Em abril, o valor subiu 10%

e, em maio, caiu 10%. Qual o preço da garrafa em junho?

(A)

R$ 4,50

(B)

R$ 4,95

(C)

R$ 5,00

(D)

R$ 5,50

(E)

R$ 6,00

16

Sejam f(x) = 2x + 1 e g(x) = 3x + 1. Então f(g(3)) g(f(3))

é

igual a:

 

(A)

– 1

(B) 0

(C) 1

(D)

2

(E) 3

 

17

A

equação

A equação tem duas soluções reais. A soma

tem duas soluções reais. A soma

das duas soluções é:

 

(A)

– 5

(B)

0

(C)

2

(D)

14

(E)

1024

18

Um retângulo tem lados a e b com a + b = 14. Sabemos que sua diagonal mede 10. Qual a sua área?

(A)

10

(B) 14

(C) 24

(D) 28

(E) 48

19

Seja ABC um triângulo retângulo em B. Seja

Seja ABC um triângulo retângulo em B . Seja a

a

bissetriz de

bissetriz de . Sabemos que mede 1 e que

. Sabemos que

bissetriz de . Sabemos que mede 1 e que

mede 1

e

que

mede . Quanto mede o cateto ?

mede

mede . Quanto mede o cateto ?

. Quanto mede o cateto

mede . Quanto mede o cateto ?

?

 
 
 
 
 
 
 

(A)

1

(B) 2

(C)

(C)

(D)

(E)

(E)

(A) 1 (B) 2 (C) (D) (E)

20

Seja A o conjunto dos números inteiros positivos com três algarismos. Seja B o subconjunto de A dos números ímpares com três algarismos distintos. Quantos elementos tem o conjunto B?

(A)

125

(B)

168

(C)

320

(D)

360

(E)

900

6
6

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

QUÍMICA

21

A partir dos valores de potencial padrão de redução apresentados abaixo, o potencial padrão do sistema formado por um anodo de Zn/Zn 2+ e um catodo de Ag/AgCl seria:

Zn 2+ (aq) + 2e AgCl(s) + e

catodo de Ag/AgCl seria: Zn 2 + (aq) + 2e AgCl(s) + e Zn(s) Ag(s) +
catodo de Ag/AgCl seria: Zn 2 + (aq) + 2e AgCl(s) + e Zn(s) Ag(s) +

Zn(s) Ag(s) + Cl (aq)

(A)

1,32 V

(B)

1,16 V

(C)

0,36 V

(D)

+0,56 V

(E)

+0,96 V

22

Al 3+ possui raio atômico maior do que Mg 2+ .

E o = 0,76 V versus eletrodo padrão de hidrogênio E o = +0,20 V versus eletrodo padrão de hidrogênio

Potássio, alumínio, sódio e magnésio, combinados ao cloro, formam sais que dissolvidos em água liberam os íons K + , Al 3+ , Na + e Mg 2+ , respectivamente. Sobre esses íons é CORRETO afirmar que:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

Na + tem configuração eletrônica semelhante à do gás nobre Argônio.

Al 3+ , Na + e Mg 2+ são espécies químicas isoeletrônicas, isto é, possuem o mesmo número de elétrons.

K + possui 18 prótons no núcleo e 19 elétrons na eletrosfera.

K + e Mg 2+ são isótonos, isto é, os seus átomos possuem

mesmo número de nêutrons.

23

A indometacina (ver figura) é uma substância que possui inflamações das articulações. De acordo com a estrutura da seguintes funções orgânicas:

atividade anti-inflamatória, muito utilizada no tratamento de indometacina, é CORRETO afirmar que estão presentes as

de indometacina, é CORRETO afirmar que estão presentes as (A) éter, nitrila e ácido carboxílico. (B)

(A)

éter, nitrila e ácido carboxílico.

(B)

éter, ácido carboxílico e haleto.

(C)

fenol, éter e haleto.

(D)

cetona, álcool e anidrido.

(E)

éster, nitrila e cetona.

24

Em algumas misturas, podem-se identificar visualmente seus da mistura sólida formada por areia (representada pelo SiO 2 )

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

componentes enquanto que em outras não. Os componentes

sal de cozinha (NaCl) podem ser facilmente separados por:

destilação simples.

aquecimento brando para sublimar um componente.

solubilização de um componente com água e posterior filtração.

separação magnética com imã.

separação manual com pinça.

7
7

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

25

O

balanceada.

ferro II pode ser oxidado a ferro III na presença do íon permanganato em meio ácido de acordo com a equação não

KMnO 4(aq)

+

FeCl 2(aq)

+

HCl (aq)

+

FeCl 3(aq)

+

KCl (aq)

+

H 2 O (l)

MnCl 2(aq)

Dentre as afirmações abaixo sobre essa reação de oxirredução, a única INCORRETA é:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

K + e Cl são íons espectadores.

no balanço de massa, 5 mol de KMnO 4 reagem com 1 mol de FeCl 2 .

massa, 5 mol de KMnO 4 reagem com 1 mol de FeCl 2 . no KMnO

no KMnO 4 , em meio ácido, é o agente oxidante.

2 . no KMnO 4 , em meio ácido, é o agente oxidante. Fe 2 +

Fe 2+ no FeCl 2 é o agente redutor.

Fe 2+ cede, espontaneamente, elétrons ao

em meio ácido.

26

O

por X na equação).

2-bromo-butano pode ser obtido através da reação do ácido bromídrico (HBr) com um composto orgânico (indicado

ácido bromídrico (HBr) com um composto orgânico (indicado Sobre o composto X e o tipo de

Sobre o composto X e o tipo de reação, é CORRETO afirmar

(A)

é um alcano, e a reação é de adição.

(B)

é um alcino, e a reação é de eliminação.

(C)

é um alceno, e a reação é de adição.

(D)

é um álcool, e a reação é de substituição.

(E)

é uma cetona, e a reação é de eliminação.

27

que:

O

massa de 13 g de zinco foi aquecida com 32 g de enxofre. A que pode ser formada na reação é:

sulfeto de zinco pode ser preparado, em laboratório, pelo aquecimento de uma mistura de zinco (Zn) e enxofre (S). Uma

(A)

0,10

(B)

0,20

(C)

0,40

(D)

0,50

(E)

1,0

28

Complete a equação da reação nuclear abaixo:

alternativa que indica a quantidade máxima de ZnS, em mol,

alternativa que indica a quantidade máxima de ZnS, em mol, A opção que corresponde ao elemento

A opção que corresponde ao elemento químico obtido nessa

(A)

sódio.

(B)

cromo.

(C)

manganês.

(D)

argônio.

(E)

cálcio.

reação é:

8
8

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

RASCUNHO

29

A mistura de 0,1 mol de um ácido orgânico fraco (fórmula simplificada RCOOH) e água, suficiente para formar 100 mL de solução, tem pH 4 a 25 °C. Se a ionização do ácido em água é dada pela equação abaixo, a alternativa que tem o valor mais próximo do valor da constante de ionização desse ácido, a 25 °C, é:

(A)

(B)

(C)

(D)

(E)

10

10

10

10

10

2

4

6

8

10

RCOOH (aq)

10 − 2 − 4 − 6 − 8 − 1 0 RCOOH ( a q

RCOO (aq) + H +

(aq)

30

Diariamente diversos gases são lançados na atmosfera, contribuindo para o aumento da poluição atmosférica. Considere que as amostras de gases poluentes indicados na tabela possuem comportamento ideal e encontram-se, cada um, em recipientes fechados de 1 L na mesma tem- peratura.

Amostra

Massa molar

10

g de CO

CO = 28 g/mol

10

g de CO 2

CO 2 = 44 g/mol

60

g de NO

NO = 30 g/mol

50

g de NO 2

NO 2 = 46 g/mol

80

g de SO 3

SO 3 = 80 g/mol

A amostra que exerce maior pressão é a de:

(A)

monóxido de carbono.

(B)

dióxido de carbono.

(C)

monóxido de nitrogênio.

(D)

dióxido de nitrogênio.

(E)

trióxido de enxofre.

9
9

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

PROVA DISCURSIVA GEOGRAFIA Questão n o 1 (valor: 3,0 pontos) PARA ONDE VAI O “LIXO”
PROVA DISCURSIVA
GEOGRAFIA
Questão n o 1 (valor: 3,0 pontos)
PARA ONDE VAI O “LIXO” NO BRASIL?
Destino final dado aos resíduos sólidos
brasileiros, entre 1989 e 2007 (em %)
Fonte: In Fábio Fonseca Figueiredo. http://www.ub.edu/geocrit/b3w-928.htm
A gestão dos resíduos sólidos no Brasil é um desafio muito
público.
importante a ser enfrentado pelas atuais esferas do poder
Com base nas porcentagens, por anos, de destinação dos resíduos sólidos pelos sistemas oficiais de coleta apresentados
no gráfico, responda ao que se pede.
a) Identifique uma mudança na destinação dos resíduos sólidos no país, entre 1989 e 2007, e cite uma consequência
decorrente dela.
b) Defina reciclagem e compostagem e indique uma causa
no século XXI.
do pouco crescimento desses tipos de destinação, no Brasil,
RASCUNHO
RASCUNHO
10
10

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

RASCUNHO

RASCUNHO

Questão n o 2 (valor: 3,0 pontos)

AS MULHERES, A IMIGRAÇÃO E O TRABALHO. QUASE NADA MUDOU

Uma das tragédias que marcam o mundo do trabalho feminino em tempos modernos foi o incêndio ocorrido, em Nova York, no dia 25 de março de 1911, na grande fábrica de blusas femininas Triangle Shirtwaist Factory. 80% dos trabalhadores da fábrica eram jovens mulheres e meninas de 15 a 18 anos, subcontratadas por empreiteiros terceirizados, ganhando centavos por peça produzida. A maior parte delas morreu.

empresas de vestuário de Los Angeles e 63% de Nova York

Cem anos após a tragédia, estudos revelam que 67% das

não pagam o salário mínimo, nem respeitam o horário de trabalho de suas costureiras, em sua maioria, asiáticas e latino- americanas. Em São Paulo, há inúmeras confecções clandestinas, com imigrantes da Bolívia, Paraguai e Ásia trabalhando 14, 16 horas por dia, ganhando miséria por peça. Muitos dormem no lugar de trabalho, sem qualquer proteção da lei.

(Adaptado de Mauro Santayana, Coluna Documento, Jornal do Brasil, 14 de março de 2010, p. A14).

a) Explique uma característica dos grandes centros metropolitanos atuais que contribui para a atração de investimentos industriais do setor têxtil.

b) Identifique uma condição do gênero feminino que é levada em consideração pela atual legislação brasileira que rege o trabalho.

11
11

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

Questão n o 3 (valor: 4,0 pontos)

RASCUNHO RASCUNHO
RASCUNHO
RASCUNHO

REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE PROTESTO: ARMA DE MUDANÇA?

Muita gente vem incensando as mídias sociais como elementos revolucionários fundamentais nas rebeliões que vêm

ocorrendo no norte da África e Oriente Médio. O consenso

atual é o de que as redes criadas por elas são capazes de

facilitar a mudança de um regime político, dando início a uma nova onda de democratização ao redor do mundo. Essas mídias sozinhas, no entanto, não instigam revoluções e, como qualquer ferramenta, têm pontos fracos e pontos fortes.

(Adaptado de http://campanhaseideias.blogspot.com/2011/02/redes-sociais-como-ferramenta-de.html. Acesso em agosto de 2011).

a) Explique como a compressão espaço-tempo, na atualidade, amplia o sucesso das mídias sociais nos eventos em destaque.

b) Selecione um ponto forte e outro fraco das redes geradas

pelas mídias sociais nos eventos regionais em curso.

12
12

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

RASCUNHO

RASCUNHO

PROVA DISCURSIVA

HISTÓRIA

Questão n o 1 (valor: 3,0 pontos)

Surpreendidas pela invasão napoleônica em 1807, as duas Coroas ibéricas tiveram desdobramentos políticos diferenciados. No caso espanhol, a captura do Rei Fernando VII por Napoleão acelerou a luta pela autonomia nas cidades e províncias de todo o Império. No caso português, a transmigração da família real para a colônia permitiu desdobramentos mais lentos ao Império luso.

Tendo em vista a conjuntura descrita acima,

a) cite duas medidas tomadas pelo Príncipe Regente D. João, a partir de 1808, que tenham favorecido a manutenção do controle português sobre as províncias brasílicas e seus territórios;

b) identifique uma característica das independências na América hispânica também encontrada nos movimentos pela independência ocorridos na América portuguesa.

13
13

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

RASCUNHO

RASCUNHO

Questão n o 2 (valor: 3,0 pontos)

“No campo da política mundial, eu dedicarei esta nação à respeito mútuo e, devido a isso, respeite o direito dos outros

política da boa vizinhança - uma vizinhança que resulte do - uma vizinhança que respeite suas obrigações e respeite a

Fonte: http://educaterra.terra.com.br/voltaire/mundo/eua_vizinhanca.htm

santidade dos seus acordos para com todos os seus vizinhos do mundo inteiro”.

Discurso de posse de Franklin D. Roosevelt, em 1933.

a) Apresente dois objetivos da política de Roosevelt, relacionando-os ao contexto mundial do Entre-guerras.

b) Identifique dois efeitos da política inaugurada por esse contexto da Segunda Guerra Mundial.

discurso para as relações entre os países americanos no

14
14

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

PUC - Rio 2012

RASCUNHO

RASCUNHO

Questão n o 3 (valor: 4,0 pontos)

“O movimento operário brasileiro viveu anos de fortalecimento entre 1917 e 1920, quando as principais cidades brasileiras foram sacudidas por greves. Vários grupos operários no Brasil e no mundo acreditavam que havia chegado o momento de

Movimento Operário In: www.cpdoc.fgv.br

colocar um fim à exploração capitalista e construir uma nova

sociedade.”

a) Identifique um acontecimento mundial, à época, que se relacione diretamente com o fortalecimento do movimento operário no Brasil.

b) Caracterize duas propostas do movimento operário brasileiro, durante a Primeira República.

15
15

2 o DIA - GRUPO 2 - MANHÃ

V ESTIBULAR 2012 G ABARITOS E C OMENTÁRIOS G RUPO 2 (2 º DIA –

VESTIBULAR 2012

GABARITOS E COMENTÁRIOS

GRUPO 2 (2º DIA – 06/11/2011)

- FÍSICA, MATEMÁTICA E QUÍMICA (OBJETIVAS)

- GEOGRAFIA E HISTÓRIA (DISCURSIVAS)

VESTIBULAR PUC-Rio 2012 – GABARITO – FÍSICA – OBJETIVA

1) Resposta: (B) 6,0 km/h

A velocidade é 2,5 km / (25/60 h )= 60/10 = 6,0 km/h.

2) Resposta: (E) kg m 3 /s 2 Podemos dizer que α = F × r 2 que tem unidades de (kg × m/s 2 ) × m 2 = kg × m 3 /s 2 .

3) Resposta: (D) 500 kg Como o barco flutua com metade de seu volume abaixo da água, o peso do fluido deslocado é o mesmo do barco. A quantidade de água que entra no barco até este afundar corresponde à outra metade do volume, ou seja, o volume do barco corresponde ao volume de 2 × 500 = 1000 kg de água. Portanto a massa do barco corresponde à metade desse valor: 500 kg.

4) Resposta: (B) 120 m/s De acordo com a conservação da energia mecânica, a velocidade atingida pelo ciclista é de (2×g×h) 1/2 = (20 x 1440 x 0,5) 1/2 = 120 m/s.

5) Resposta: (D) 9,0 × 10 3

A

quantidade de calor absorvida pela água é dada por Q = m × c × T. Logo, Q = 300×1×30 = 9 ×

10

3 cal.

6) Resposta: (B) 1,4

A tração atuando no fio é dada por T = m × (g – a) = 7,0 N. O torque é dado, então, pelo produto R × F = 1,4 N × m.

7) Resposta: (A) W = 20 kJ

O trabalho do atrito deve cancelar a energia cinética do objeto: E c = ½ M V 2 = ½ 100 × 20 2 = 20000

J = 20 kJ.

8) Resposta: (C) 5,0

A resistência equivalente para o circuito é 2. Logo, de acordo com a Lei de Ohm, a corrente

medida no amperímetro é dada por I = V/R eq , Logo, I=10V/2Ω = 5 Α.

9) Resposta: (A) I tot = 5,0 mA Os resistores formam um sistema em paralelo onde pelo resistor R 1 passam I 1 = V B /R 1 = 4,0 mA. A resistência do outro ramo é R 23 = R 2 + R 3 = 12 k. A corrente é I 23 = V B / R 23 = 1,0 mA. A corrente total é I tot = I 1 + I 23 = 5,0 mA.

10) Resposta: (A) 30 o

Pela Lei de Snell, temos que η 1 × sen θ 1 = η 2 × sen θ 2 . Então,

sen θ 2 = (η 1 × sen θ 1 )/ η 2 = ½ e θ 2 = 30 o .

VESTIBULAR PUC-Rio 2012 – GABARITO – MATEMÁTICA – OBJETIVA

11) Resposta: (B) 1 hora, 7 minutos e 30 segundos. 27 X 150 = 4050 segundos Temos 4050 ÷ 60 = 67,5 minutos = 1 hora, 7 minutos e 30 segundos

12) Resposta: (E) 4 +

Temos um triângulo retângulo de catetos medindo 2 e hipotenusa

um triângulo retângulo de catetos medindo 2 e hipotenusa 13) Resposta: (A) 0,0513 0,05100 + 0,0003

13) Resposta: (A) 0,0513 0,05100 + 0,0003 = 0,0513.

14) Resposta: (D)

1

36

Casos possíveis 6 x 6 = 36.

Números de casos pedidos 1 [somente (6,6)]

Logo P =

1

36

Números de casos pedidos 1 [somente (6,6)] Logo P = 1 36 , logo o perímetro

, logo o perímetro vale 4 +

1 [somente (6,6)] Logo P = 1 36 , logo o perímetro vale 4 + 15)

15) Resposta: (B) R$ 4,95 5,00 + 10% x 5,00 = 5,50 – 10% x 5,50 = 5,50 – 0,55 = 4,95.

16) Resposta: (A) – 1

Temos f (3) = 7 e g (3) = 10. Então f (10) g(7) = 21 22 = −1 .

17) Resposta: (B) 0

2

x

2

14

=

2

10

2

x

14

= −

10

2

x

=

4

x

= ±

2. Logo

x

1

+

x

2

=

0

18) Resposta: (E) 48

b

+

a

Logo : (

=

14 e

a

b

+

2

a

)

2

+

=

b

2

196

4

19) Resposta: (D) 3

=

100

a

2

+

2

ab

+

b

2

=

196, logo temos : 2

ab

=

196

⇔ a 2 + 2 ab + b 2 = 196, logo temos : 2 ab

Considere o ângulo BAD

Logo

tg

2

α =

 

ˆ

= α =

DAC ˆ

 
 

1

1

BC

BC

2

+

2

4

 

=

=

=

AB

1

1

1

×

1

3

 

2

2

. Temos que

20) Resposta: (C) 320

Temos 8 x 8 x 5 = 320

tgα =

1

BD

AB

=

2 1

=

1

2

.

.

100

2

ab

=

96

ab

=

48.

VESTIBULAR PUC-Rio 2012 – GABARITO – QUÍMICA – OBJETIVA

21) Resposta: (E) +0,96 V O eletrodo de Ag/AgCl por ter potencial padrão de redução maior será o catodo, enquanto o Zn/Zn 2+ é o anodo. O balanço da equação para 2AgCl(s) + Zn(s) 2Ag(s) + 2Cl - (aq) + Zn 2+ (aq) não altera o valor dos potenciais. Assim,:

E = E catodo – E anodo = +0,20 – (-0,76) = +0,96 V

22) Resposta: (C) Al 3+, Na + e Mg 2+ são espécies químicas isoeletrônicas, isto é, possuem o mesmo número de elétrons.

a) INCORRETO Al 3+ (com carga nuclear 13) possui raio atômico MENOR do que Mg 2+ (com carga nuclear

12)

b)

INCORRETO Na + (com 10 elétrons) tem configuração eletrônica semelhante à do gás nobre NEÔNIO

(com 10 elétrons).

c) CORRETO Al 3+ (10 elétrons) Na + (10 elétrons) e Mg 2+ (10 elétrons) são íons isoeletrônicos; isto é,

possuem o mesmo número de elétrons

d)

e)

INCORRETO K + possui 19 prótons no núcleo (NA 19) e 18 elétrons na eletrosfera

INCORRETO K + e Mg 2+ NÃO são isótonos, possuem DIFERENTES números de nêutrons.

23) Resposta: (B) éter, ácido carboxílico e haleto.

a) INCORRETO, porque não há presença de nitrila.

b) CORRETO, estão presentes as funções éter, ácido carboxílico e haleto

c) INCORRETO, porque não há fenol

d) INCORRETO, porque não há presença de nenhuma das três funções

e) INCORRETO, porque não há presença de nenhuma das três funções

24) Resposta: (C) solubilização de um componente com água e posterior filtração.

a) INCORRETO, pois as duas substâncias tem ponto de ebulição muito elevado.

b) INCORRETO, pois nenhum dos componentes sublima.

c) CORRETO, pois o NaCl é muito solúvel em água, enquanto o SiO 2 não é

d) INCORRETO, pois nenhum dos componentes é ferromagnético

e) INCORRETO, pois os grãos de areia e os cristais de NaCl são muito pequenos para uma separação manual

viável.

25) Resposta: (B) no balanço de massa, 5 mol de KMnO 4 reagem com 1 mol de FeCl 2 .

a)

b)

c) CORRETO MnO 4

d)

e) CORRETO Fe 2+ Fe 3+

CORRETO K + e Cl - são íons espectadores, pois entram e saem sem se alterar.

INCORRETO pois 5 mol de FeCl 2 reage com 1 mol de KMnO 4

- em meio ácido, é o agente oxidante, pois oxida o Fe 2+ a Fe 3+ .

CORRETO Fe 2+ no FeCl 2 é o agente redutor, pois reduz o Mn no MnO 4 - a Mn 2+

+

1e -

MnO 4 -

+

5e -

+

8H +

Mn 2+

+

4H 2 O

26) Resposta: (C) é um alceno e a reação é de adição.

a) INCORRETO, X é um alceno e reação é de adição, não há como fazer adição em alcano.

b) INCORRETO, se fosse alcino, existiriam dois bromos no produto, e a reação é de adição e não

eliminação.

c) CORRETO, X é 1-buteno, e, quando ocorre de adição de HBr, forma-se o 2-bromo-butano pela regra de

regra de Markovnikov. + HBr Br
regra de Markovnikov.
+
HBr
Br

d) INCORRETO, X não é um álcool, e a reação é de adição.

e) INCORRETO, X não é uma cetona, e a reação não é de eliminação.

27) Resposta: (B) 0,20 13 g de Zn equivalem a 0,20 mol (13 g / 65 g mol -1 ) e é colocado para reagir com 1,0 mol de S (32 g / 32 g mol -1 ). Como a reação 1 Zn para 1 S, forma-se 0,20 mol de ZnS.

28) Resposta: (A) sódio.

27

13

Al

+

1

0

n

24

11

Na

ELEMENTO SÓDIO

+

α

29) Resposta: (D) 10 -8

pH = 4 corresponde a [H + ] = 10 -4

M = 0,1mol/100mL ou 0,1 mol/ 0,1 L = 1 mol/L

[H + ] = α M

K a

10 -4 = α . 1

= (10 -4 ) 2 = 10 -8

α = 10 -4

= α 2 M

K a

30) Resposta: (C) monóxido de nitrogênio. Considerando PV = nRT, onde V, R e T são constantes, a única variável que influenciará na pressão é a quantidade do gás, em mol. Assim, a amostra que tiver maior quantidade em mol exercerá maior pressão.

Ou

A amostra que possui maior número de moléculas (ou maior número de mols) exercerá pressão maior

nCO = 10/28 = 0,36 mol (valor aproximado) nCO 2 = 10/44 = 0,23 mol (valor aproximado) nNO = 60/30 = 2,00 mol (valor exato)

nNO 2 = 50/46 = 1,10 mol (valor aproximado) nSO 3 = 60/80 = 0,75 mol (valor exato)

A mostra III (monóxido de nitrogênio) possui maior número de mol, logo tem maior pressão.

VESTIBULAR PUC-Rio 2012 – GABARITO – GEOGRAFIA – DISCURSIVA

QUESTÃO 1 a) As mudanças observadas são: 1) a redução da destinação dos resíduos sólidos para os lixões; 2) o aumento da destinação para os aterros sanitários e controlados; e 3) o aumento da destinação para reciclagem e compostagem. Essas mudanças na destinação geram uma melhor condição ambiental nos lugares de deposição, já que, segundo o site super.abril.com.br (acesso 07 de outubro de 2011): O lixão é um grande espaço destinado apenas a receber lixo. Isso significa que nada é planejado para “abrigar” os resíduos de forma menos agressiva ao meio ambiente. Não há tratamento para o chorume, líquido liberado pelo lixo, que contamina o solo e a água. Por lá, não é difícil encontrar ratos e insetos circulando livremente. Os resíduos ficam, literalmente, a céu aberto. Já no aterro sanitário, o lixo é depositado em local impermeabilizado por uma base de argila e lona plástica, o que impede o vazamento de chorume para o subsolo. Diariamente, o material é aterrado com equipamentos específicos para este fim. Existem, também, tubulações que captam o metano, gás liberado pela decomposição de matéria orgânica e que pode ser usado para gerar energia. Os aterros controlados são intermediários entre lixão e aterro sanitário. Neles, há cobertura diária do lixo com terra, importante para evitar mal cheiro e proliferação de insetos e animais, mas a capacidade de impedir a contaminação do solo e águas subterrâneas não é completa. Mesmo assim, ambientalmente falando, o aterro controlado ainda é melhor do que os lixões. Em relação ao aumento da reciclagem e compostagem há um menor acúmulo de resíduos sólidos nos ambientes de deposição, o que reduz o impacto dos resíduos na natureza.

b) Reciclagem é transformar objetos materiais usados em novos produtos para o consumo. Esta necessidade foi despertada pelos seres humanos, a partir do momento em que foram compreendidos os benefícios que este procedimento trás para o planeta Terra, que é a redução da produção de resíduos. No processo de reciclagem, há a reutilização de materiais através de diversos processos. Os materiais mais reciclados são o vidro, o alumínio, o papel e o plástico. A reciclagem contribui para a diminuição significativa da poluição do solo, da água e do ar. Muitas indústrias estão reciclando materiais como uma forma de reduzir os custos de produção. (Fonte: http://www.suapesquisa.com/reciclagem/). Compostagem é o processo de reciclagem da matéria orgânica que propicia um destino útil para os resíduos orgânicos, evitando sua acumulação em aterros e melhorando a estrutura dos solos. Esse processo permite dar um destino ambientalmente favorável aos resíduos orgânicos domésticos, como restos de comidas e resíduos do jardim. A compostagem é largamente utilizada em jardins e hortas, como adubo orgânico devolvendo à terra os nutrientes de que necessita, aumentando sua capacidade de retenção de água, permitindo o controle de erosão e evitando o uso de fertilizantes sintéticos. Os materiais mais utilizados na compostagem são cinzas, penas, lixo doméstico, aparas de grama, rocha moída e conchas, feno ou palha, podas de arbustos e cerca viva, resíduos de cervejaria, folhas, resíduos de couro, jornais, turfa, acículas de pinheiro, serragem, algas marinhas e ervas daninhas. (Fonte:

http://www.anbio.org.br/bio/biodiver_inf211.htm).

Tais destinações são ainda pouco implementadas no Brasil por dois motivos principais: a) falta de políticas públicas mais eficazes que facilitem as destinações apresentadas (reduzido investimento público para tais fins) e b) os ainda reduzidos projetos de educação ambiental que popularizam tais atividades, não sendo estimulada uma cultura social, desde o ambiente escolar, capaz de tornar a população consciente sobre as vantagens de tais destinações para a qualidade de vida no planeta Terra.

QUESTÃO 2:

a) Com a desindustrialização, os grandes centros metropolitanos passaram a ter uma mão de obra excedente que busca emprego em serviços diversos, o que viabiliza a formação, em galpões e indústrias desativadas, de diversas fabriquetas e confecções, muitas vezes ilegais, onde trabalhadores de muitas origens trabalham precariamente, produzindo peças para redes de lojas e grandes magazines. Outra característica é que tais confecções produzem nas proximidades do seu mercado consumidor mais expressivo, que são as populações dos grandes centros metropolitanos, reduzindo-se os custos de transporte e distribuição.

b) A legislação trabalhista brasileira tem, na sua base legal, duas condições na diferenciação de gênero: a licença maternidade e a aposentadoria anterior à do homem, por tempo de serviço. Tal legislação não reconhece ainda a dupla jornada de trabalho feminino, sendo que as ainda precárias conquistas sociais no país (creches obrigatórias para os filhos de mães trabalhadoras, apoio do poder público nos serviços

não dão o apoio necessário para que se combata a desigualdade de acesso à

domésticos e da casa

renda para a mulher na estrutura formal do trabalho brasileiro, sendo das mulheres a maior parte dos empregos informais e formais de menor remuneração, no Brasil de hoje.

)

QUESTÃO 3 a) Na sociedade da informação da atualidade, os mecanismos de comunicação on line se popularizaram em escala mundial, tornando os “espaços cada vez mais próximos”. As tecnologias de comunicação vêm aproximando os lugares desde meados do século XX, e as mídias sociais, popularizadas em escala global nos dias de hoje, permitem o acompanhamento, em tempo real, de atividades e movimentos sociais, políticos, econômicos, além das forças da natureza (como eventos catastróficos) que ocorrem nos mais diversos rincões do planeta. O efeito dominó dos movimentos populares nos países árabes e islâmicos em prol da democratização e liberdade de expressão foi expressivamente ampliado por toda a região norte da África como no Oriente Médio, devido às informações instantâneas enviadas de pais a país por aparelhos de tecnologia de comunicação que acessam, a partir de provedores de internet, mídias sociais mundializadas, possibilitando a manifestantes localizados em países distintos mas irmanados por questões identitárias, em rede, proporcionarem as mudanças institucionais que o mundo, assombrado, vem acompanhando desde dezembro de 2010.

b) Dos pontos fortes das mídias sociais devem ser destacados: a) a facilidade e/ou rapidez de acesso e

associação às redes sociais conectadas por elas; b) a pluralidade de ideias, pessoas, povos

se

acercam das redes sociais, ampliando a margem de discussão de problemas diversos e c) a segurança às populações em iminência de risco físico pela possibilidade do anonimato, o que possibilita denúncias e

protestos gerados por grupos e pessoas. Dos pontos fracos, devem ser destacados: a) as informações falsas e sem controle possibilitadas pela descentralização dos instrumentos dessas mídias; b) o anonimato que permite a difusão de ideias falsas, equivocadas e geradoras de ações violentas (racismo, xenofobia,

em muitos níveis e c) o domínio das redes de tecnologia por grandes corporações e Estados

autoritários que podem bloquear e impedir o acesso das informações através de recursos técnicos diversos.

ódio racial

que

)

VESTIBULAR PUC-Rio 2012 – GABARITO – HISTÓRIA – DISCURSIVA (GABARITO AMPLIADO)

QUESTÃO 1

a) Qualquer ideia de unidade territorial e política-administrativa prévia entre as distintas províncias brasílicas, sem vínculos entre si, dependia necessariamente da submissão e obediência direta a Lisboa. Tal situação viu-se transformada quando, com a vinda da Corte para o Brasil, a unidade do ponto de vista político-administrativo foi transferida de Lisboa para a nova sede da colônia, no Rio de Janeiro. Assim, o candidato poderá citar quaisquer medidas que tenham contribuído, direta ou indiretamente, para fortalecer essa tentativa de manter as províncias e seus territórios unidos sob o domínio português no Brasil. Por exemplo:

- a transferência para a nova capital das Secretarias de Estado (Conselho do Estado, Mesas do

Desembargo do paço e da Consciência e Ordens, Conselho Supremo Militar e Conselho da Fazenda);

- a abertura dos portos às nações amigas;

- a revogação do Alvará de 1785 que proibia a instalação de manufaturas no Brasil;

- a criação do banco do Brasil e a instalação da Junta de Comércio;

- a elevação do Brasil em 1815 à condição de Reino Unido a Portugal e Algarve;

- a criação da imprensa régia;

- a transformação da cidade do Rio de Janeiro em sede da Corte;

- as práticas de concessão de terras e títulos de nobreza; e,

- Tratados de 1810 com a Inglaterra.

Mais diretamente ligados à ideia da expansão territorial, o candidato poderá citar:

- a invasão de Caiena (Guiana Francesa), em 1809, mantendo-a sob domínio português até 1815;

- a invasão da região do Rio da Prata, em 1811 pela primeira vez e depois em 1816, quando foi anexada a Banda Oriental (atual Uruguai), com o nome de Província Cisplatina.

b) Quanto às características comuns entre as independências da América ibérica, pode-se mencionar:

- o fato de tanto a América espanhola como a portuguesa partilharem da mesma conjuntura política

europeia como ponto de partida – isto é, o Bloqueio napoleônico e a guerra e invasão das respectivas

metrópoles;

- a intensa luta pela autonomia das províncias, observadas nos dois casos: com esfacelamento dos vice- reinos hispânicos (iniciado grosso modo em 1810 e estendendo-se até 1825) e com o a independência proclamada por D. Pedro no Rio de Janeiro, em 1822;

- o importante papel exercido pelos britânicos no auxílio às guerras para a criação dos novos estados-nação independentes e, logo, na manutenção e expansão do comércio com as demais nações europeias; e,

- influência das ideias iluministas, do liberalismo e do constitucionalismo.

QUESTÃO 2

a) Foram objetivos do governo Roosevelt no contexto do Entre-guerras:

- o estímulo do panamericanismo;

- cooperação diplomática baseada no princípio da “Boa Vizinhança”;

- ampliação das trocas comerciais entre os países americanos;

- maior interferência do Estado na economia.

A relação com o contexto do Entre-guerras esteve associada à maior integração entre os países americanos com vistas à cooperação e garantia de matérias primas para a entrada dos Estados Unidos na Guerra. Tendo em vista a crise econômica de 1929, a ampliação do comércio interamericano, em bases de cooperação e amizade, ajudaria igualmente a recuperação dessas economias.

b) A partir do início da Segunda Guerra Mundial:

- foram realizadas Conferências Interamericanas (Panamá/1939, Havana/1940 e Rio de Janeiro/1942) que

reafirmaram o panamericanismo e a cooperação mútua;

- formou-se uma solidariedade continental ao repúdio norteamericano ao ataque japonês às bases de Pearl Harbour;

- realizou-se a Conferência de janeiro de 1942, tendo em vista o rompimento das relações diplomáticas com os países do Eixo;

- ocorreu o aumento do intercâmbio cultural, incentivado pela criação do Escritório para a Coordenação de Assuntos Interamericanos, dirigido por Nelson Rockfeller; e,

- intensificou-se o comércio de bens materiais e culturais, assim como as ações na área de saúde pública.

QUESTÃO 3 a) O candidato deve identificar a Revolução Socialista na Rússia, em 1917 ou a criação da Internacional Comunista, que estimularam as organizações anticapitalistas pelo mundo afora. No Brasil, além de, em um primeiro momento, fomentar as ações dos grupos anarquistas, estimulou a criação de organizações comunistas.

b) Foram propostas do movimento operário durante a Primeira República:

- um conjunto de direitos para a proteção do trabalho perante o capital. Entre eles, os candidatos podem

identificar: o estabelecimento de uma jornada máxima de trabalho de 8 horas diárias, férias remuneradas após um ano de trabalho; regulamentação do trabalho feminino e infantil de forma a limitar os abusos em relação às mulheres e menores de idade; salários que permitissem a sobrevivência da família trabalhadora; direitos previdenciários que contemplassem aposentadoria, pensões e assistência médica;

- a organização de associações políticas, como, por exemplo, o Partido Comunista e o Bloco Operário e Camponês;

- a realização de ações como a “greve geral”, a criação da imprensa operária, entre outras; e,

- a realização de manifestações anarco-sindicalistas.