Você está na página 1de 34

Nome Mágico

Muitas pessoas tem me escrito perguntando sobre o Nome Mágico...

"O ato de dar um nome diferente para alguém que passa por uma cerimônia sagrada está presente em
muitas culturas. Isso representa a separação do eu mundano, aquela parte de nós que usamos no dia-
a-dia, do Eu mágico, a parte de nós usada quando praticamos magia.

No ritual de Dedicação ganhamos um novo nome, um Nome Mágico. Esse é o nome pelo qual
seremos reconhecidos na comunidade Pagã e dentro do Coven.

O uso e a escolha de um nome mágico apropriado nos dá a possibilidade de resgatar o poder sobre
nós e sobre nossa identidade.

Esse nome deve descrever quem a pessoa é e o que ela deseja ser ou se tornar. Na realidade o Nome
Mágico reflete a natureza da pessoa.

Sendo assim não deve ser escolhido aleatoriamente.Esse nome deve descrever a força, o interior, a
visão de mundo da pessoas que o está escolhendo.

Existem 3 tipos de nomes distintos;

O Nome da Arte : aquele nome que recebemos quando passamos pelo ritual de Dedicação. É um
nome público.

O Nome de Círculo ou Coven: o nome que pode ser conhecido pelos membros do Coven ao qual
pertencemos e é o nome pelo qual somos chamados quando estamos dentro do Círculo Mágico em
nosso Coven.

Nome Iniciático, Secreto ou Mágico: é o nome que recebemos em nosso Ritual de Iniciação e que
deve ser mantido em sigilo. Só conhecido por nós e pelos Deuses e às vezes pela sacerdotisa e/ou
sacerdote que nos iniciou.

O primeiro passo para a escolha do nome é prestar atenção em sua personalidade.

· Quem você é?
· No que acredita?
· O que deseja atrair para sua vida?
· Com quais cores, animais, flores ou outros elementos da natureza sente alguma relação profunda?
· Possui alguma ligação ou gosto pessoal por alguma Deusa ou Deus?

Baseado nessas indagações, procure por um nome que realmente tenha a ver com você e referências
em inúmeras fontes:

· Natureza
· Cores
· Animais
· Deusas e Deuses
· Mitos
· Ervas, árvores e plantas
· Pedras
· Planetas

Se mesmo com essas dicas, você ainda sente dificuldade em criar ou escolher seu Nome Mágico ou
não deseja um em Português, tente listas, com nomes de diferentes culturas."
Fonte: Adaptado do livro: Coven - criando e organizando seu próprio grupo - Claudiney Prieto
Visite também : * Nome Mágico

[2.11.04]

Lobas Mulheres

Numa noite quente


Onde o Brilho da Lua Cheia ilumina os caminhos
Sou capaz de ouvir um som encantador
É Pan e sua flauta...
Ninfas e Graças dançam ao seu redor...

Um cheiro doce e inebriante me seduz


É Baco, trazendo os frutos das vinhas...
É a celebração da vida!
É Beltane!

Uivos, sussurros e gemidos...


Música, dança, fogueira e vinho.

Mulheres Lobas...
Lobas Mulheres.
Bacantes!

Em noites como esta o limite é o prazer,


Lascívia, Volúpia.
Não existe Pecado, só desejo...

Beltane - Os Amantes se Enlaçam

Beltane ocorre no pico da Primavera. Este é o momento do ano em que a Terra se aquece no gentil
abraço de calor do Sol e o Inverno é oficialmente e, finalmente, deixado para trás.

A Deusa e o Deus agora estão em plena vitalidade e amam-se com toda intensidade. O Deus (o Sol)
tem crescido e caminhado para sua fase adulta e a Deusa está no ápice de sua beleza e feminilidade.
Eles irão consumar o seu amor. A Sua paixão é evidente em toda a vida presente na Terra.

O Sabbat Beltane marca a união da Deusa e do Deus, representando a fertilidade dos animais e as
colheitas do próximo ano.

É o simbolismo da união entre os princípios masculino e feminino da criação, a união dos meios de
todos os poderes que trazem vida a todas as coisas. Em Beltane comemoramos a fertilidade, o amor
que dá forças a tudo e o retorno do Sol com toda a sua intensidade.

Ainda hoje continuamos com a Tradição de elevar um grandioso Mastro para celebrar esse Sabbat. O
Mastro simboliza o falo do Deus e ele sempre é ornado com uma coroa de flores, representaod a
vulva da Deusa e fitas multicoloridas. Cada participante pega uma fita e começam então a entrelaçar
uma na outra até que todo o Mastro esteja revestido por elas. Ao dançarem e entrelaçaraem as fitas
no Mastro, estão representando a união da Deusa e do Deus. Na essência, os participantes estão
realizando uma incrível união sexual no nível divino.

Nesse dia celebramos a vida dançando em volta do Mastro de Beltane (Maypole), dando as boas-
vindas ao Verão que se aproxima, pulando o Caldeirão para atrair fertilidade. Muitos casais pulam
juntos o caldeirão, para conceber uma criança. A fertilidade sexual é invocada e celebrada como o
meio pelo qual todos vêm para a Terra. Beltane é o dia da alegria, da felicidade e do riso. É a festa
mais alegre dentre todas, pois celebra a vida em todas as suas manifestações.

É em Beltane que as sementes plantadas no Equinócio da Primavera começam a germinar e brotar.


Magicamente falando, Beltane é o tempo de fertilizar, nutrir e encorajar aquilo que plantamos em
Ostara, que são nada mais nada menos que os nossos próprios desejos.

(Texto adaptado)

por Aponi* Segunda-feira, Novembro 01, 2004

Bruxos são festeiros por natureza...


Sua forma de reverenciar o aspecto divino é baseado em celebrações (festas).

Hoje para nós Bruxos e Bruxas é um dia especial... não pelo hallowen... não pelo dia das Bruxas.
Mas pq hj é dia de um festival pagão Solar.

Para os Bruxos que celebram no Hemisfério Norte... é Sabá de Samhain (foi este sabá q deu origem
ao hallowen... é o meio do outono... O Deus Sol está morrendo..o inverno se aproxima). É o
momento de lembrar daqueles que já partiram.

Para os Bruxos que celebram no Hemisfério Sul é o Sabá de Beltane (o meio da Primavera... a festa
da Fertilidade)

Hj é um dia especial para aqueles que escolheram a bruxaria como um caminho sagrado. Mas em
nada este dia tem a ver com o apelo comercial e capitalista do que se tornou o Hallowen... Quem
quiser saber mais sobre os Sabás... sobre Samhain ou Beltane ou sobre a Roda do Ano procure no
espaço Aprofundando seus conhecimentos (canto direito deste blog) e clique no link: Os Sabbats e a
Roda do Ano...

Hoje eu olho ao meu redor... e ainda vejo caricaturas daquilo que nos transformaram... tenho vontade
de chorar...

Vejo preconceito, intolerância ...

A inquisição ainda não acabou... ela apenas se escondeu, se disfarçou atrás do preconceito, da
intolerância e do medo .

Quero celebrar Beltane... o auge da Primavera... A Festa da Vida . A união entre macho e fêmea.
Quero dançar em torno de um mastro entrelaçando fitas... quero pular sobre uma fogueira... quero
fazer oferendas ao povo pequeno... quero confeccionar lindas guirlandas de flores para decorar meus
cabelos... Mas neste exato momento faço uma pausa... um instante de silêncio...
É dia de Festejar, mas esse apelo comercial usando nossa imagem para perpetuar um pensamento
caricato de uma cultura dominadora do que é ser bruxa me deixa enjoada... com vontade de chorar...

por Aponi* Domingo, Outubro 31, 2004

____________________

Comments: 10

[24.10.04]

Magia do Mar - uma purificação

"Quando sentir-se amaldiçoado, enfeitiçado, irado ou atormentado por medos e ansiedades, caminhe
ao lado do mar na alvorada. Deixe as ondas baterem em vc, e diga algo semelhante ao que segue:

Eu pratico este gesto de purificação


No local do início de toda vida;
As ondas cobrem o corpo e o espírito;
A poeira cai no mar que limpa;
Estou renovado e fresco,
Fresco como o mar.

Saia então da água e deixe que os ventos sequem seu corpo. Está feito.
Fonte: Magia Natural - Rituais e Encantamentos da Tradição Mágica . Scott Cunningham

por Aponi* Domingo, Outubro 24, 2004

____________________

Comments: 8

[17.10.04]

Os Mistérios do Mundo Feminino e Rituais de Transformação

(...)Nada realmente morre, mas tudo é transformado em uma nova vida. Os biólogos, às vezes, dizem
que, na natureza, não existe desperdício, apenas comida. Nós também, quando morremos, damos
alimento de volta para a terra e suas criaturas - todo alimento que tomamos da terra durante nossas
vidas.

Nascimento e Morte são as maiores experiências transformadoras de nossa vida. Não temos escolha
sobre nenhuma delas - nem mesmo quando nem como irá acontecer. Podemos nascer
prematuramente ou tardiamente; podemos morrer na juventude ou na meia idade ou na velhice.
Entre esses grandiosos momentos, encaramos outras transformações também.

Como mulheres, nós crescemos, nós sangramos, nós temos amantes, filhos, nós cessamos de sangrar.

Todos esses acontecimentos que experimentamos com nossos corpos e nossas almas.

No caminho da Garota Selvagem, você cria celebrações que honram sua feminilidade. Nosso espírito
se expressa através de nossos corpos. Todo período menstrual é uma lembrança do grande mistério
de nossos nascimentos e mortes. Aprender a aceitar e compreender nossa existência física são uma
das mais importantes partes dos mistérios da Deusa Jovem.

Ritos de Passagem

Em todas as sociedades, há celebrações para os momentos de transformação de nossas vidas. Esses


são chamados "ritos de passagem". Mas há muitos outros momentos em nossas vidas que podemos
marcar com cerimônias. Aqui estão algumas sugestões:

* CERIMÔNIA DO PRIMEIRO SANGUE


* CERIMÔNIA DO SANGUE MENSAL
* CERIMÔNIA DE INICIAÇÃO SEXUAL
* CERIMÔNIA DE PRAZER SEXUAL

Atividades para Garotas Selvagens Misteriosas

* Crie um ritual de autobênção


* Converse com suas parentas. Fale com elas sobre a percepção emergente de seu poder feminino.
Há alguém dentre suas parentas que será sua ligação com a história feminina de sua família.
* Leia sobre outras culturas e seus entendimentos do mundo feminino.
* Vá a um museu para observar imagens de Deusas.
* Faça uma colagem de heroínas. Crie uma imagem para sua parede ou altar com fotografias
escolhidas de mulheres que personificam, para você, o poder e a beleza da feminilidade.

Fonte: Quer saber mais? Leia o texto na íntegra.


Texto adaptado do livro: Garotas Selvagens - O caminho da Deusa Jovem - Patrícia Monaghan

por Aponi* Domingo, Outubro 17, 2004

____________________

Comments: 6

[11.10.04]

Atualizações no Blog

Estou aproveitando o fim de semana e o feriado prolongado para dar uma atualizada no blog...

Particularmente, amei os 3 últimos posts...

Aconselho o Ritual da Lua Negra para todos aqueles que estão precisando banir alguma energia de
suas vidas...

Para os Bruxos e Homens de Plantão recomendo a leitura do post "A bruxa que existe em toda
Mulher e a necessidade que os homens têm de compreendê-la... aliais recomendo o livro da Laurie
Cabot & Jean Mills (Bruxos ou não, é uma leitura fantástica... melhor ainda para quem curte
mitologia Celta...
Para aqueles que desejam ver uma foto minha... o post "Um domingo de Sol... Pernas para o Ar..."
tem duas fotos dos meus pezinhos... bem sugestivo...rs - Dá pra ver até minha tatoo nova... (ficou
linda!!! Tatá, Valeu!!! - Tatá pra quem não sabe é o tatuador oficial da família...)

Tem outras novidades tb... mais 3 links na seção "Aprofunde Seus Conhecimentos" ( no cantinho a
direita da página)...Vale a pena conferir:

* Tantra - The sex therapy


* Neo Tantra
*O que é Projeção Astral?

Tem uma seção nova também... )0( Fotos )0( - No canto direito... lá no final...rs

Coloquei umas fotos de altares e alguns cantinhos mágicos... Em breve estarei disponibilizando mais
fotos...

Acho bom poder compartilhar a magia de ser uma Mulher... uma Bruxa...

Beijos e Bênçãos das Deusas Negras - as guardiãs da sabedoria... Aquelas que despertam nosso lado
escuro, obscuro e inconsciente - atributos indispensáveis para trabalhar nossas sombras, nosso
poder ...

Morte e Renascimento... época da faxina... limpar o "velho" para abrir caminho para o "novo"

Uma boa faxina a todos... Beltane (o auge da Primavera) está chegando... ou para aqueles que
celebram pelo Norte... Samhain (não preciso dizer mais nada...rs)

Aponi Nahimana
(Borboleteando por aí...)

por Aponi* Segunda-feira, Outubro 11, 2004

____________________

Comments: 2
Segunda, Lua Negra - os 3 dias que precedem a Lua Nova(13/10)

Bom dia para passar algum tempo em silêncio e isolamento. Ótimo período para fazer um ritual para
a Anciã...

RITUAL PARA A ANCIÃ - por Mirella Faur

"Vista uma roupa escura e prepare seu altar com uma vela preta, um pratinho com sal, um caldeirão
ou vaso de cerâmica, folhas de sálvia ou cipreste, uma folha de papel e uma caneta preta, uma pedra
escura e alguma imagem representando a Deusa Anciã ou seus animais de poder.

Crie um círculo de proteção salpicando sal ao seu redor. Acenda a vela e medite sobre os obstáculos
de sua vida ou aquilo que você quer liberar ou transmutar; atitudes, padrões mentais ou lembranças
negativas.

Veja-se entrando em uma gruta e indo ao encontro da Anciã.

Perceba sua presença, sentada ao lado de um grande caldeirão queimando ervas e resinas.
Fale com ela: Oh, Mãe escura, guardiã do livro da vida, detentora do sagrado caldeirão da
transmutação, eu peço tua orientação para meu conhecimento espiritual.

Preciso que me ajudes a me livrar de sentimentos de ... (enumere-os) ou da dor destas lembranças ...
(descreva-as).

Desejo de coração, que eu possa ser purificada e fortalecida para começar um novo caminho ou
projeto.

Veja a Deusa Anciã queimando em seu caldeirão mágico toda sua negatividade. Agradeça-lhe e
volte para o aqui e agora, abrindo os olhos e respirando profundamene.

Escreva no papel os obstáculos, amarras e dificuldades que quer transmutar.

Queime o papel em seu caldeirão ou em uma cumbuca de barro, liberando as formas mentais
negativas.

Queime depois a sálvia para completar a purificação, entregando as cinzas para o vento dispersar."

Fonte: Mirella Faur - O Anuário da Grande Mãe

por Aponi* Segunda-feira, Outubro 11, 2004

____________________

Comments: 2

[10.10.04]
(Bouguereau - The Dance)

A Bruxa que Existe em Toda Mulher e a Necessidade que os Homens têm


de Compreendê-la
Ao contrário de muitos outros homens, o Bruxo não tem medo do poder das mulheres. Ele sabe
como valoriza-lo, utiliza-lo e respeita-lo.

Ele se esforça para equilibrar o Divino Masculino e o Divino Feminino que existe dentro de si,
porque sem isso fracassaria não apenas na atividade psíquica, mas também em sua vida, pois não se
sentiria completo.

Homens e mulheres percebem o poder de maneira diferente. Enquanto os homens tendem a colocar-
se no topo de uma estrutura de poder, as mulheres gostam de se colocar no centro dela.

As meninas precisam ser ensinadas a aceitar o seu próprio poder. Os meninos precisam ser ensinados
a respeitar o Feminino.

O conceito de um Deus masculino que existe fora, acima e distanciado da mulher não respeita nem
reconhece a existência de metade da raça humana. Se algum dia quisermos resolver as diferenças
entre homens e mulheres, será preciso que Deus e Deusa consigam coexistir.

COMO REFORMULAR O PAPEL MASCULINO

Em épocas passadas, todas as mulheres eram consideradas Sacerdotisas da Deusa, que detinha poder
absoluto.

A idéia de HOMEM SERVINDO MULHER É PERFEITAMENTE COMPREENSÍVEL quando


considerada no contexto celta, porque ao SERVIR à Soberania, os homens tinham tudo a ganhar.

Os homens deveriam abraçar seus atributos femininos e lutar para equilibra-los dentro de si e em
seus relacionamentos.

Os homens que NÃO são estimulados a sentir, identificar e expressar outros sentimentos que não a
raiva ou agressão privam-se de experimentar uma vida satisfatória e verdadeiramente completa.

Longe de excluir ou menosprezar os homens, as Bruxas sabem que é preciso as duas vozes e as
muitas vozes de nossa comunidade global, para orientar e dar seguimento às lições da Deusa.

OS DEUSES CELTAS

Os deuses na mitologia celta tem o papel de GUERREIROS, CONSORTES E VENERADORES


DA DEUSA. A real possibilidade de honrar a Deusa era considerada o caminho mais elevado.

Fonte: Texto adaptado do livro: O despertar da Bruxa em cada Mulher ¿ Laurie cabot & Jeans Mills

por Aponi* Domingo, Outubro 10, 2004

____________________

Comments: 10
Um Domingo de Sol...Pernas para o Ar...

Nada melhor do que ficar com o pé pra cima num domingo... O Sol lá fora chama... é um convite a
um passeio no parque... um dia na praia...

Mas eu preferi ficar de pernas para o Ar...

Uma boa música...

A compania de um bom livro...

Uma taça de vinho...

O Vento brincando com meus cabelos... (ventilador ligado...eheheheh)

Pezinhos para o ar...

Livre... Sem lenço sem documento...


Sem compromisso com nada ou ninguém... só com o meu bem estar !!!

Deusa Soberana, Rainha de mim mesma!!!

por Aponi* Domingo, Outubro 10, 2004


____________________

Comments: 6

[3.10.04]

São Gonçalo, 03 de outubro de 2004 - Um Domingo chuvoso no Rio de


Janeiro

Lá fora a chuva cai como bênçãos...


O frio faz recolher me dentro de casa e dentro de mim mesma...
Por um instante reflito sobre os e-mails que tenho recebido enquanto tomo meu café ...

São tantas as pessoas perdidas dentro de si mesma...


São tantas as que ainda não perceberam que o caminho da Grande Mãe é o caminho do auto-
conhecimento...
São tantas as que não perceberam que o que buscam está dentro delas e não fora... em nenhum outro
lugar... em nenhuma outra pessoa...

Reconheço também que a ansiedade dos primeiros passos no caminho não é fácil...
Reconheço nos outros o mesmo sentimento que tive no início... a busca de alguém que pudesse me
esclarecer tantas dúvidas...

Por tanto tempo procurei respostas em livros... em pessoas... e durante este tempo não percebi que
dentro de mim estavam todas as respostas para todas as minhas perguntas... mas era tão grande o
burburinho que não conseguia ouvir a voz que vinha das batidas do meu coração...

Foi preciso um período Solitária para que pudesse compreender realmente o que as palavras sagradas
da Carga da Deusa queriam dizer... (As cargas da Deusa e do Deus são textos antigos e muitos deles
foram reescritos através dos tempos por inúmeros pagãos e , por isso, vemos hoje inúmeros círculos,
covens e tradições que tem diferentes versões para as cargas. -Claudiney Prieto - Wicca a Religião
da Deusa)

Ouçam as palavras da Grande Deusa que em outras épocas era chamada


de Ártemis, Diana, Astarte, Ishtar, Afrodite, Vênus. Cerriden,
Morrigu, Freya, Dama Branca e de muitos outros nomes.

Sempre que necessitarem de minha ajuda, reúnam-se em um local


secreto, pelo menos uma vez por mês, especialmente na Lua Cheia.
Saibam que minhas leis e meu amor os tornarão livres, pois
nenhum homem pode proibir seu culto a mim em suas mentes e
seus corações.

Prestem atenção a como vocês chegarão a minha presença e lhes


ensinarei mistérios profundos, antigos e poderosos. Não exijo
sacrifícios nem dor em seu corpo, pois sou a Mãe de todas as coisas,
a Criadora que os criou a partir do meu amor e a que dura através
dos tempos.

Sou aquela que é a beleza na Terra, o verde das coisas vivas. Sou a
Lua Branca cuja luz é plena entre as estrelas e suave sobre a Terra.

Que meu alegre culto esteja em seus corações, pois todos os atos de
amor e prazer são meus rituais.

Vocês me vêem no amor de homem e mulher, de pais e filhos, entre


humanos e em todas as minhas criaturas.

Quando vocês criam com suas próprias mãos, lá estarei eu. Eu


sopro o sopro da vida nas sementes cultivadas; e seja uma planta,
uma criança, estarei sempre ao seu lado, sussurrando palavras
ternas de sabedoria e orientação.

Todos os QUE BUSCAM OS MISTÉRIOS DEVEM VIR A MIM,


pois eu sou a verdadeira fonte, a Guardiã do Caldeirão. Todos os
que buscam me conhecer sabem disso.

Toda sua Busca e seus anseios são inúteis, a não ser que conheçam
o mistério: POIS, SE O QUE BUSCAM NÃO CONSEGUEM
ACHAR EM SEU INTERIOR, NÃO O CONSEGUIRÃO NO
EXTERIOR. Portanto, atentos, estou com vocês desde o princípio e
os recolherei ao meu seio ao fim de sua existência terrena.

Se você está pensando em iniciar na jornada ao interior de si mesmo e para isso escolheu o Caminho
da Grande Mãe... Se você ouviu um chamado, mesmo que não saiba direito de onde... ou se você
assim como eu está dando os primeiros passos desta jornada... não se esqueça... não é magia nem
feitiços que nos tornam bruxas e bruxos...

A magia, os feitiços, o mistério podem gerar uma aura muito sedutora... Mas faça todos os dias a
mesma pergunta a si mesmo... Por que escolheu este caminho??? - Está ouvindo o chamado da
Deusa, ou está apenas envolvido em uma bruma sedutora, cheia de encantos, feitiços e magia???

O que acha que vai conseguir mudar com feitiços?! O que realmente quer??? Trilhar um caminho
como faziam nossos ancestrais pagãos (aqueles que vem do campo) ou um falso sentimento de Poder
e Controle sobre os outros e as coisas ?!

Nós bruxos fazemos feitiços e praticamos magia... mas não somos os únicos... existem muitos
caminhos...

Não sou um compêndio de feitiços...


Não estou aqui para compartilhar feitiços que lhe tragam Poder pelo Poder...
Estou aqui apenas para compartilhar a beleza contida em vivenciar o caminho da Grande Mãe no
dia-a-dia... Escrevo este blog para compartilhar meus encontros e desencontros...

Sou guia de mim mesma e de mais ninguém... nem poderia... pois hoje compreendo que as respostas
já estão conosco... se você fizer silêncio tempo suficiente e deixar a ansiedade de lado vai ouvir o
sussurro da Grande Mãe, vai obter as respostas para suas dúvidas, vai reconhecer seus dons, vai
descobrir como trilhar o caminho da bruxaria. E acima de tudo vai conseguir compreender coisas
que não encontraria em nenhum livro, ou em nenhuma outra pessoa...

Seja sacerdote de si mesmo. e descubra suas respostas... Ouça o Chamado da Deusa, deixe os
ancestrais te conduzirem... e acima de tudo confie em si mesmo!

por Aponi* Domingo, Outubro 03, 2004

____________________

Comments: 5

[2.10.04]

RUMO ÀS ÁGUAS DA VIDA


(COMO REDESCOBRIR SUAS FORÇAS CURATIVAS)

Certa vez, sentado em um promontório,


Ouvi uma sereia montada no dorso de um golfinho
Pronunciar sussurros tão doces e harmoniosos
Que o rude mar tornou-se dócil à sua canção,
E algumas estrelas despencaram loucamente de suas esferas
Para ouvir a música da moça do mar.
(Willian Shakespeare - Sonho de uma noite de verão, Ato II)

As mulheres têm um talento natural para a cura. Sempre fomos curadoras. Antes que os machos
tomassem conta da saúde na Idade Média e depois no século XIX, as mulheres sempre foram as
médicas não licenciadas, as anatomistas, as farmacologistas, as herbalistas, as parteiras, as aborteiras
e as cirurgias da raça humana.
Embora a maneira de homens perceberem as mulheres possa ter mudado com o tempo, a natureza da
mulher permanece sólida.

Uma Bruxa não apenas sabe quando se voltar para a medicina moderna, mas também como usar
ervas, a aromaterapia, o diagnóstico psíquico e outros métodos alternativos para curar.

SEREIAS E AS ÁGUAS DA VIDA

No mito celta da criação, o poder da mulher é exaltado.

Para nossos primeiros ancestrais a capacidade de dar à luz era clara. O papel do homem na produção
de uma nova vida era incerto.

Mas para os celtas o mar era a Mãe de toda a vida e, na maioria das histórias, é o único responsável
pelo crescimento e renascimento.

O mar, o oceano, o lago, as águas de um caldeirão, tudo isso representa as águas da vida dentro de
um útero feminino.

As águas conservam tesouros secretos, reinos encantados e criaturas estranhas, cujo conselho
esquecemos ou distorcemos, para nosso próprio risco.

A mitologia celta esta cheia dos MERROW ou pessoas do mar, de sereias, meio peixe meio humana,
que agem como curandeiras, Guardiãs da Água e restauradoras da vida.

A mais importante lição da história da sereia é sobre como escutar as respostas curativas vindas do
mundo em volta de nós. Ervas medicinais, óleos e cristais; o poder da canção; e o elemento Água são
ferramentas de fortalecimento usadas pelos MERROW para curar.

O CONSELHO DA SEREIA

Histórias de sereias existem em todos os países. Até as regiões sem litoral contam histórias da magia
do s Merrow, ou Povo do Mar.
As lendas modernas dizem que as pessoas devem ter medo dos Merrow ou Povo do Mar (Sereias),
Também dizem que você deve temer a raça das Fadas. Mas o sangue das duas raças corre no povo
celta. O sangue delas está misturado com o nosso e, portanto não temos medo das Fadas, nem das
Sereias e nem dos Mermen.

PLUMAS VERMELHAS

Plumas vermelhas e capuz são instrumentos mágicos da Sereia, assim como areia, algas marinhas,
conchas e sal marinho.

Num mar distante, golfinhos brincavam perto de uma grande ilha. Uma mulher estava sentada sobre
um rochedo, enquanto a espuma do oceano banhava seus braços e rosto. A luz do sol que bailava nas
ondas cintilava sobre seu comprido cabelo dourado. O canto da sereia ecoava através das ondas.

Plumas vermelhas
Sobre o leito do mar,
Venham a mim
Das profundezas do mar.

Enquanto cantava com todo o sentimento, o oceano começou a subir e o vento pôs a soprar. Ele
carregou sua voz através das ondas...

(...) Cante de novo algum dia sem demora e sempre nade à luz da Lua.
BANHO DE ÁGUAS CURATIVAS

Três quartos do corpo humano são formados de água. As propriedades curativas e regenerativas da
água não ficaram perdidas em nossos antigos ancestrais.

O Banho da Sereia promete rejuvenescer corpo, mente e espírito e abrir seu coração para a sabedoria
da sereia.

Prepare um banho de água morna, você necessitará de 250 a 500 gramas de sal marinho à água do
banho. Num saquinho de gaze, coloque folhas de algas marinhas. Kombu e Nori são dois tipos
dessas algas que podem ser encontrados em lojas de produtos naturais.

Se você viver perto do mar ou tiver oportunidade de ir à praia e fazer uma busca... Conchas, madeira
flutuante, seixos, estrelas-do-mar, são exemplos de objetos de poder que possuem a magia da cura e
a sabedoria profética. Eles são presentes do mar. Se tiver concha, ponha algumas na água do banho.

Para ouvir sãos do oceano, pode ouvir um cd com sons e músicas do mar.

Entre no banho. Relaxe. Tome a forma do Povo do Mar, visualizando-se com barbatanas e escamas
da cintura para baixo. Afunde os cabelos e a cabeça na água se quiser.

Imagine que está sentada sobre um rochedo ou banhando-se na praia. Visualize outra Merrow
(sereia) brincando na praia ou nas ondas. Diga em voz alta: Peço que Merrow me cure, me proteja e
conserve minha boa saúde. Traga a magia da Sereia para curar todas as águas da terra e do mar.
Guarde as fontes e as águas de toda vida. E assim seja.

Fonte: Texto adaptado do livro - O Despertar da Bruxa em cada Mulher - Laurie Cabot & Jean Mills
- (cap.8)

por Aponi* Sábado, Outubro 02, 2004

____________________
Comments: 6

[22.9.04]

Quer celebrar a Primavera???

Quer fazer um rito???


Invente um... ao seu estilo...
Quer fazer atividades tradicionais do sabá de Ostara?
Cozinhe ovos...
Plante sementes...
Abençoe seu jardim...
Compre ou colha flores...
Celebre a vida brotando...
Celebre a Fertilidade em todos os seus sentidos...
As Cascas das sementes estão partindo... Lembre-se que as suas cascas tb devem romper para um
brotinho novo surgir e crescer...
Faça oferenda as fadas e ao povo pequeno...
Faça um pão...
Ornamente um vaso com flores naturais...
Ou só colha uma florzinha que achar pelo caminho e agradeça a beleza da vida... a promessa de um
tempo mais feliz... Visualize seus desejos sendo semeados... brotando e dando lindas flores e frutos...

Talvez vc não faça nada disso... ou faça até um rito muito bonito e elaborado... mas não importa...
O Que realmente importa é que dentro do seu coração vc possa sentir a energia se renovando... que
vc consiga sentir a terra pulsar... que vc se emocione ao ver a beleza contida numa flor... que vc se
inebrie com o aroma delas... e lembre... que tudo isso faz parte do caminho da Grande Mãe!!!
Beijos e Muita Bênçãos da Senhora que traz as flores para nossas vidas e nossos corações...
Abençoada Seja a Primavera...

Obs: Se por acaso vir uma Borboletinha borboleteando por aí... me manda um alô... ;) rs

por Aponi* Quarta-feira, Setembro 22, 2004

____________________

Comments: 2

FELIZ EQUINÓCIO DE PRIMAVERA - FELIZ SABÁ DE OSTARA

A Primavera é o momento de semear, e também de plantar o que deseja que


cresça. Esta estação traz esperança e alegria; expectativas de realizar
os desejos e inspiração para novas idéias. A vida entra em equilíbrio
como os dias e as noites, nós renascemos com a renovação da terra!

Eu lhe dou as boas-vindas, bela Primavera!


por Aponi* Quarta-feira, Setembro 22, 2004

____________________

Comments: 3

[19.9.04]

(SPRING - BOUGUEREAU)

Primavera 2004 - Sabá de OSTARA

Evento: Equinócio de Primavera / Sabá de OSTARA


Mês : Setembro
Dia : 22
Hora : 13:30 (Horário de Brasília)

por Aponi* Domingo, Setembro 19, 2004

____________________

Comments: 2

Birth_of_Venus_(Cabanel)

(...) " A Lua, que até ali permanecera calada, aproximou-se com passos de bailarina e voz de oceano,
e me disse as seguintes palavras:

Eu sou Senhora do sangue sagrado.


a meretriz dos sucos vaginais.
sou aquela que encarna o pecado
e habita as grotas infernais.
Fui eu que te dei o desejo
que desenhei no teu corpo
todos os riscos do sexo.
Fui eu que te embalei nos braços
e disse a todas que eras mulher.
Sou eu que ainda te guio
nos descaminhos que inventaste.
Sou eu que sustento as violações
de um corpo que mutilaste.
Tu, que és parte de mim mesma,
esqueceste o lugar que te gerou.
Tomaste um rumo avesso e contrário
e renegaste quem te criou.
Mas tu és lua, mulher e loba,
e serás assim até o instante final.
Não serás ferida,
porque és cura.
Não será dor,
porque és prazer.
Não serás culpa,
porque és vida.
Não serás certeza,
porque és abismo!"

(Fragmento de texto retirado do livro: A panela de Afrodite - Márcia Frazão)

por Aponi* Domingo, Setembro 19, 2004

____________________

Comments: 0
(Eostre)

Saudades...

Saudades de postar nesse blog...


Quanto tempo...
Quanta coisa pra contar...

Primeiro... recoloquei meu piercing (o furo tinha fechado... e eu fui lá colocar de novo)
Acabei fazendo uma nova tatoo... um sol tribal com uma lua e uma estrela dentro... no pé...
Revelei um filme só com altares q montei para esbás e sabás... depois vou escanear algumas e
postar...

A primavera está chegando...OSTARA


É a época do ano q curto de montão... minha preferida...
Novas sementes brotando...
Época da fertilidade... fertilidade de idéias... no trabalho... na vida... é a VIDA!!!

Tenho andado ocupada... trabalho... meu caminho solitário... minha vida... meus sentimentos...
mas vou procurar postar...rs
Afinal... do jeito q falo... sempre tenho algo a dizer ... a pensar... a refletir... pra filosofar ... e sempre
pra FALAR... rs

Beijos e Bênçãos da Deusa Eostre... (Que ela chegue e preencha nossos corações de flores,
fertilidade, e VIDA!!!)

por Aponi* Domingo, Setembro 19, 2004

____________________

Comments: 1

[8.9.04]
(http://www.windows.ucar.edu/tour/link=
/mythology/images/venus_hall_jpg_image.html)

Encanto: Por Todos os Motivos Certos

"Muitas Deusas, antes que os mitos gregos a transformassem em belas intrigantes e ciumentas
encrenqueiras, eram mulheres de seios fartos e quadris volumosos - gordas, pelos padrões de hoje.

Esses corpos voluptuosos eram considerados atraentes e poderosos, enaltecidos por sua capacidade
de gerarem e nutrirem a vida.

As atitudes culturais de hoje encorajam as mulheres a se considerarem gordas demais ou magras


demais, a expressarem desprazer com suas próprias curvas e a rejeitarem a própria carne.

(...)Quanto mais as mulheres se envolvem com a tradição da Deusa, mais felizes se sentem com seus
corpos exuberantes.

A Bruxa nos ensina como restaurar a atração e o efeito de nos sentirmos à vontade com nossos
corpos e como nos amar e respeitar como instrumento da Deusa. Quando a Bruxa que existe dentro
de você é saudavel, é forte, usar enfeites como jóias, roupas, maquiagem e perfume é um meio de
auto-sedução e não apenas uma isca para seduzir homens.

Sentir-se e parecer sensual não é necessariamente um convite ao sexo.

Quando uma mulher se enfeita, deveria compreender que está reverenciando a Bruxa dentro de si,
pelo estímulo à Deusa e por orgulhar-se da própria coragem feminina.

A palavra ENCANTO é uma palavra da BRUXA com uma raiz celta que significa estimular
magicamente a beleza já existente.

Ao usar uma rica tradição de habilidades de beleza específicas, magia sexual e rituais, as mulheres
podem alcançar a confiança sexual e a força por seus próprios méritos.

Para trazer para a sua vida auto-estima, amor e beleza e para ver o amor dos outros de diferentes
maneiras, carregue energia num cristal de quartzo rosa e o coloque no seu creme para mãos ou no
hidratante.

Fonte: LAURIE CABOT & JEAN MILLS em seu livro: O DESPERTAR DA BRUXA EM CADA
MULHER - A natureza Mágica da Mulher e seus Poderes Ocultos

por Aponi* Quarta-feira, Setembro 08, 2004

____________________

Comments: 2

(http://www.windows.ucar.edu/tour/link=
/mythology/images/eurydice_orpheus_jpg_image.html)

VESTIDA DE VERMELHO - Poder Sexual Feminino E Bravura

"Que papel o sexo desempennha na vida de uma mulher?

A existência inteira de uma mulher é sexual, cada movimento seu, uma expressão sexual.

Se ela se decide a desfrutar o sexo com um parceiro, deve entender isso como um aprimoramento de
uma sensibilidade inata que ela já possui e aproveita.

Em matéria de sexo, a mulher moderna deve dizer a si mesma: SOU A DIVINA DEUSA E SOU A
SOBERANA.

O sexo deve acontecer de acordo com os seus termos e por sua iniciativa.

Sexualidade é poder, mas a sexualidade feminina é um poder extraordinário.

O amor sexual é parte integrante da natureza da mulher." LAURIE CABOT & JEAN MILLS em
seu livro: O DESPERTAR DA BRUXA EM CADA MULHER - A natureza Mágica da Mulher
e seus Poderes Ocultos

por Aponi* Quarta-feira, Setembro 08, 2004

____________________

Comments: 2

[5.9.04]

AS RESPONSABILIDADES DA WICCA
" Na wicca - existem determinadas responsabilidades. Você tem responsabilidade consigo mesmo,
com a terra na qual vive e com os habitantes companheiros dessa terra, sejam eles humanos ou não.
Na Wicca existe um princípio ou lei, para o guiar: "Se não prejudicar ninguém, faça o que quiser."
isso é conhecido como Dogma da Arte, a lei da Bruxaria.(...) e esse "alguém" inclui naturalmente
você.

(...) Existem inúmeros exemplos de omo vc pode prejudicar os outros de maneira óbvias, mas na
Wicca vc tb precisa manter em mente todos os modos inconscientes através dos quais vc poderá
prejudicar alguém.

Existe outra coisa que deve ser mantida em mente qanto a não prejudicar. Os Bruxos acreditam em
um retorno triplo NESTA VIDA.

(...) Nós acreditamos que somos responsáveis pelos nossos atos AQUI E AGORA. Faça o bem e terá
de volta 3 vezes o bem. Mas faça o mal e ele tb retornará para vc."
Fonte: Wicca - um estilo de vida, Religião e Arte - Raymond Buckand

por Aponi* Domingo, Setembro 05, 2004

____________________

Comments: 2

"Você não exibe um pentáculo, se agita num vestido preto ou em calças e


camisa pretas, pinta as suas unhas com uma cor desagradável, usa
uma maquiagem pesada e se chama de Bruxa...Ser um Bruxo não é
seguir um modismo."
Silver RavenWolf, Teen Witch

por Aponi* Domingo, Setembro 05, 2004

____________________

Comments: 0

ANTIGA RELIGIÃO DIFAMADA

"A Antiga Religião foi englobada com o satanismo (que era em si mesmo uma criação do
Cristianismo, pois as religiões mais antigas não tinham o conceito de uma entidade totalmente
maligna como o demônio Cristão). Foi daí que a palavra Bruxaria começou a adquirir um significado
fortemente negativo, quando foi utilizada por pessoas que não eram elas mesmas Wiccanianas.

Os sábios, por exemplo tinham um conhecimento sobre os venenos, entre outras coisas. Isso era
essencial para que eles pudessem tratar daqueles que acidentalmente se envenenassem ao comer
plantas indevidas. os perseguidores voltaram esse conhecimento contra eles dizendo que o usavam
para envenenar os outros! "
Fonte: Wicca - um estilo de vida, Religião e Arte - Raymond Buckand
por Aponi* Domingo, Setembro 05, 2004

____________________

Comments: 0

A palavra Bruxaria vem do anglo-saxão antigo wicce-craeft, que significa


a "arte dos sábios". Para muitas pessoas encerra uma ampla
variedade de conotações, mas originalmente ela era bem específica.
(Fonte: Wicca - um estilo de vida, Religião e Arte - Raymond Buckand)

por Aponi* Domingo, Setembro 05, 2004

____________________

Comments: 1

[1.9.04]

Todas as manhãs, nos é dada a chance de um novo começo. Olhe-se no


espelho e pense: Quantas você já foi, quantas ainda será? Quem
você será hoje? Brinque. Seja feminina, seja plural.

(Fonte:http://www.femininoplural.com.br/eter/porque/artefato.htm)

por Aponi* Quarta-feira, Setembro 01, 2004

____________________

Comments: 3
APONI NAHIMANA

Aponi
borboleta

Origem: Americano Nativo


Gender: Menina

Descrição
Nahimana: Meaning conhecido "mystic" de Sioux.

Nahimana Nativo-Americano F Mystic Sioux

por Aponi* Quarta-feira, Setembro 01, 2004

____________________

Comments: 6

[29.8.04]

"Sempre e acima de tudo, siga o seu coração,


pois só assim você poderá viver a dádva que é a sua vida."
(SALLY MORNINGSTAR)

por Aponi* Domingo, Agosto 29, 2004

____________________

Comments: 2

O QUE ME SUSTENTA

Versão por Claudiney Prieto

O que me sustenta é o amor da Grande Mãe


O amor da Mãe

Sendo o que eu sou


Fazendo o que eu faço
Pensando o que eu penso

* Pentáculo/cânticos

por Aponi* Domingo, Agosto 29, 2004

____________________

Comments: 1

Lições da Grande Mãe

Essa semana aprendi muitas lições com a Grande Mãe...

A primeira é q a gente aprende pelo amor ou pela dor...

A Segunda é que a "morte" (de alguma situação/hábito/atitude/relacionamento) as vezes é um


processo doloroso mas necessário... Aquilo que não nos serve mais deve "morrer" para servir de
adubo para novas Sementes...

A Terceira é q ao invez de lamentarmo por aquilo q "perdemos" devemos agradecer aquilo q


temos !!! (Levei uma "porrada da Vida" - a "ceifeira passou" e cortou de vez laços antigos... -
Chorei... fiquei triste... lamentei... até o dia seguinte... qnd acordei e fui pra cozinha preparar um bolo
para celebrar e compartilhar com os verdadeiros amigos e os novos que chegam...)

Na Sexta tive a oportunidade de falar mesmo q rapidamente com Thini-á (um índio da tribo Fulni-ô)
Através desse encontro rápido...comecei a refletir sobre os laços que realmente tenho gerado com os
povos desta terra e com a própria Mãe Terra... Que a Senhora dos Caminhos possa nos colocar de
frente mais vezes... * Thini-á

Neste momento acabo de Chegar do chá de BB de uma grande amiga (Bruxinha), onde tb pude
(re)encontrar outra futura Mamãe bruxa... Círculo de Mulheres... Bênçãos pré-natal... início de novas
amizades...

Nossa, é Esbá. Lua Cheia no Céu... tanto pra agradecer...

Por enquanto ainda vou acender o fogo aqui dentro de casa... solitária...
Mas algo me diz q breve... vou ter a oportunidade de sentar em volta de uma fogueira...
Honrar os Deuses antigos, os espíritos ancestrais e fazer a Roda Girar... Mas tudo isso podendo
compartilhar com outras pessoas a Magia da Grande Mãe...

por Aponi* Domingo, Agosto 29, 2004

O PAGANISMO
Uma introdução pela
Federação Pagã
Quem agora conhece a antiga linguagem da Lua? Quem
agora fala com a Deusa ?... Só as pedras agora se recordam
do que a Lua nos disse há muito tempo, e o que nós
aprendemos com as arvores, e as vozes das ervas e dos
cheiros das flores...

(Tony Kelly, "Pagan Musings" 1970)

Em todas as Eras tem havido mulheres e homens cujas almas têm sido
profundamente tocadas pela Natureza, pessoas para as quais as Estrelas
falam do seu gracioso silêncio, para as quais a Lua não é só um corpo
celeste, para as quais as plantas e os densos bosques são como as catedrais
da alma. Pessoas que amam e respeitam a Natureza, tirando partido dela
sem a destruir, pessoas que acreditam que homens e mulheres têm os
mesmos direitos e se respeitam. Estes são os Pagãos.

Paganismo é uma forma de vida e é uma religião que tem as suas raízes na pureza
da infinita variedade da Natureza, venerando a Divindade Feminina e o seu
sagrado Masculino em todos seus aspectos. Um ser humano não se concebe só por
um ser, é preciso o lado feminino e o masculino para a criação, ninguém nasce do
nada, por isso quem nasce com o sentido Pagão nasce amando naturalmente a
Deusa e o Deus seu consorte.

Os Pagãos respeitam todas as pessoas e todas as formas de vida como parte de um


Todo sagrado. Cada mulher e cada homem é para um Pagão, um lindo e único ser.
As crianças são amadas e honradas. Os bosques, as florestas e as clareiras são o lar
dos animais selvagens e das aves, que são tratadas com respeito e carinho.

O Paganismo acentua a experiência religiosa pessoal. Nós procuramos a união


espiritual com a Divindade através da harmonização com as correntes da Natureza
e pela exploração do nosso próprio interior. Os nossos Ritos ajudam-nos a
harmonizar com os ciclos naturais das mudanças das estações e a compreende-los,
por isso ocorrem nos Equinócios, Solstícios e nos Pináculos, e nas fases da Lua e do
Sol.

Podem-se encontrar uma grande variedade de Tradições dentro do nosso largo


espectro e isto reflecte a variedade da nossa experiência espiritual. Todo o Pagão é
Politeísta por natureza; alguns veneram Deuses e Deusas, enquanto que outros
concentram-se numa Força Vital, e outros ainda são devotos de um casal cósmico -
Deusa e Deus.

Nós celebramos nossas Divindades, e acreditamos que cada pessoa deve encontrar
o seu lar espiritual de acordo com os ditames da tranquila voz interior da sua
própria alma. Também por esta razão nós respeitamos todas as religiões sinceras,
e não profetizamos nem procuramos convertidos.

Das outras fés e da sociedade em geral, nós só pedimos tolerância.

Por que nos dizemos bruxos e bruxas?


O termo bruxaria é um termo que sempre desperta reações. Ele está tão associado a coisas "escuras e
maléficas" que algumas pessoas questionam se devíamos mesmo usar este termo para identificar
estas práticas neo pagãs que fazemos uso, como instrumental de nossa ligação com a DEUSA.

Mas voltemos ao passado, vamos voltar ao tempo em que mulheres e homens diferentes, que
incomodavam os poderes estabelecidos, eram cruelmente torturados.

Poucos percebem que a tortura, para confessar bruxaria, era uma tortura similar a que os serviços
secretos ainda usam hoje, para extrair informações sobre as reais práticas dos que eram depois
sacrificados a fogueira, num ritual necromante, para imprimir na anima mundi, na alma do mundo,
um medo à magia, ao conhecimento dos povos naturais.

O saber dos povos naturais foi progressivamente sendo destruído por um conluio de forças que tem
uma de suas principais forças começando a atuar no pacto nefasto de Júlio César e seus asseclas com
Cleópatra e seu clero, quando os conhecimentos passaram a ser sistematicamente perseguidos e um
simulacro de religião foi criada, com nítida função de criar servos, de dominar.

Os exércitos de guerreiros iam se tornando mercenários brutais e os sacerdotes iam se tornando


mercadores de almas.

Júlio César destrói a biblioteca de Alexandria e então mais tarde, o Império Romano assume a
religião cristã, isto é, cria uma versão da religião cristã para si, e com as armas, a vocação das
legiões ainda em sua egrégora, sai a destruir Cátaros, Albigineses e depois cruzadas rumo ao
Oriente, guerras de conquista, a invasão destas terras brasilis e de todo o continente, a escravização
ou massacre de populações nativas tanto aqui como na África.

Fomos doutrinados para crer que o saber dos povos nativos é inferior, selvagem, supersticioso, que
só a gloriosa tradição do positivismo vinda dos conquistadores é válida.

Essa prisão já foi imposta no próprio continente de onde vem os conquistadores, ali já perseguiram e
julgam ter destruído todos os elos do saber dos povos nativos que ali também viveram.

Julgam que o racionalismo venceu e o saber místico e mágico foi erradicado.

Rindo disso, em menires, em lugares sagrados, dentro de capelas e igrejas que os conquistadores
construíram em cima de lugare de poder, herdeiros e herdeiras desse SAber Ancestral continuam
ritualizando e ao ritualizarem reatualizam o mito.

Então a Era Industrial, os paradigmas da Era Industrial tomam os povos, as cidades crescem, as
pessoas vão perdendo o elo com os campos, com a natureza. Poucos se lembram que é o ouro
arrancado de Hy Brasil, sob a vergasta do conquistador, com o sangue dos escravos índios e
africanos, que migra de Portugal para a Inglaterra e faz acontecer a Revolução Industrial.

O mundo muda, os paradigmas mudam, o povo natural é ainda mais desprezado e seu saber relegado
a condição de superstição grosseira.

O orgulhoso materialismo positivista arrogantemente pretende dizer o que é real e o que não é. Onde
devia dizer "não entendo", ou "sequer percebo" dizem "não existe".

Campos, pagus, pagãos, povos dos campos, em sintonia com a vida, com a natureza. Tais valores
passam a ser tido como menores, sinal de atraso.

Urbes, cidades, povos urbanos, isolados da natureza, mas ainda dela dependem. O povo da cidade é
tido por culto, intelectualizado.

O mundo passa a ser dividido em nações "desenvolvidas", "industrializadas" e nações


"subdesenvolvidas", "não industrializadas" .

O preço dessa "revolução industrial " é visível hoje na destruição da camada de ozônio, na extinção
de espécies animais e vegetais, num caos social que gera violência e tensão em várias escalas.

Lhes pergunto: Teria acontecido uma revolução industrial como essa, em povos com a ligação plena
da Terra como os nativos?

A Revolução Industrial aconteceu na forma que ocorreu porque a Vida e a Terra foram coisificados.
pessoas se tornaram "mão de obra" e a Natureza "fonte de matéria prima".

E cá estamos neste caos ecológico e social tremendo, que combinados com as potentes armas que
existem podem exterminar toda a vida sobre a Terra.
É total ilusão acreditar que o modelo da revolução industrial é o único modelo possível de
desenvolvimento tecnológico.

Os bruxos e bruxas foram mortos, seu saber perseguido e quase extinto porque falavam de uma
realidade viva, de uma natureza viva e consciente e assim, os caminhos que propunham eram
caminhos onde a tecnologia viria na forma de uma tecnologia branda, não agressiva ao meio
ambiente, onde os seres humanos continuassem a desenvolver um estilo de vida que não fosse o dos
escravos e senhores, perpetuados em diferentes formas na presente organização social.

A guerra entre conquistadores e povos nativos sempre foi uma guerra pelo controle da realidade.

Os povos nativos em sua quase totalidade optam por abordagens harmônicas e empáticas com a
natureza, enquanto os povos conquistadores estão sempre preocupados com seu poder e subjugação
de outros, pouco percebendo o que acontece a sua volta além de seus interesses, tendo sempre
atitudes desarmônicas.

A partir dos valores dos povos nativos, hoje usando mesmo alguns dos conhecimentos oriundos
desta civilização tecnológica que aí está, podemos criar uma outra realidade, onde o mundo pode
continuar seu fluxo, sem necessitar deste modelo de destruiçao progressiva que hoje domina.

Utopia?

Não, magia!

Outros povos desenvolveram outros estilos tecnológicos, Maias, Anassazi e outros povos que
migraram para outras condições da Realidade quando do ínicio das crises neste mundo,
desenvolveram estilos de tecnologia que hoje fazem parte do chamado "fenômeno ufológico" tema
que um dia abordaremos aqui, "Bruxaria e ufologia".

Nós ficamos presos nesta senzala, que é a pretensa realidade, mas outros povos migraram para outras
condições da realidade, outros mundos e dimensões e ali continuaram seu ciclo evolutivo.

Nos visitam quando os conquistadores de plantão cochilam.

Estamos entrando na Era Pós Industrial.

Touraine, Toffler, Domenico de Masi, são muitos os que abordam este fato, que a ERa Industrial fica
para trás como um parenteses num caminho que liga os paradigmas da nova fase histórica com os da
chamada "primeira onda" de Toffler, valores como busca de uma produção orgânica, valorização do
sentir e da intuição tanto quanto do pensamento sistematizado, enfim valores ecológicos , voltam a
ser respeitados e considerados vitais para a sobrevivência saudável do ser humano, pois basta um
olhar crítico sobre o mundo para perceber que a sociedade que vivemos não é saudável.

E o suporte filosófico e místico não vem de religiões dogmáticas que foram usadas através do tempo
para dominar as pessoas, onde culpa, medo e insegurança são estimulados nos (as) "seguidores".

O neo paganismo, a religião da Terra, o religar-se à Terra enquanto ser vivo e consciente é um
caminho que leva à MAGIA e a VIDA.

Em homenagem sincera a tantas mulheres valorosas, homens corajosos, que entregaram suas vidas
às chamas, que resistiram a tortura mas nada revelaram dos SEGREDOS, em homegem a estes
heróis e heroinas que com seu sacrificio salvaram outros para que a tradição continuasse nos
chamamos bruxos e bruxas.
Porque hoje podemos ,nós seus herdeiros(as) espirituais, dançar em praça pública, dizermo-nos
publicamente pagãos (ãs) e sentir que uma nova fase da História se aproxima nos dizemos bruxos e
bruxas.

E podemos ver além da confusão que os que sabem que vão perder o poder estão criando para que
não percebamos o SOL da primavera retornando, porque temem a verdade, a constatação esta
civilização construida no gelo da ganância e egoísmo, ruirá por si.

Os que fizeram seus impe'rios e suas armas de poder no gelo da realidade vazia e estéril que criaram
temem que redescubramos a magia, pois o calor da magia os ameaça pela sua simples existência.

Por isso nos chamamos Bruxos e Bruxas, por isso temos caldeirões e colheres de pau, pilões,
vassouras e outros instrumentos que usamos para tecer nossas magias, porque nestes simples ato
deixamos nossa condição isolada e nos irmanamos em vasta corrente que além do tempo e espaço
conectada está com a Deusa.

Pois em cada ato mágico, em cada rito que ritualizamos uma onda de energia vence tempo e espaço
e toca nossos antepassados espirituais enquanto ardem na fogueira dos conquistadores, com nossa
magia viva hoje lhes dizemos:

- "Coragem, venceremos!"