A C O R D O D E C O O P E R A Ç Ã O

CONVÊNIO QUE CELEBRAM ENTRE SI, ASSOCIAÇÃO DE
ENSINO SUPERIOR DE INDAIATUBA e FRANCO MORALES
INFORMATICA ME
Pelo presente instrumento, de um lado o INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE INDAIATUBA, instituição de direito privado,
de fins educacionais, com sede localizada à Av. 09 de Dezembro, 460 !ardim "eonor, #ndaiatuba$%P &'P( 13343-060, com &)P! n*
0+.,9-.66-$000./-, entidade mantenedora da FACULDADE MAX PLANCK, neste ato representada le0almente por seu Diretor, Prof.
Pedro S!"!#e $%&'or, brasileiro, Divorciado, educador, portador do R( &) *+.,-,.*. e CPF &) /01..,,.*0,2.3, doravante denominada
INSTITUIÇÃO DE ENSINO, e de outro lado,
RA4ÃO SOCIAL DA EMPRESA5 Fr!&6o Mor!#e7 I&for89'6! 2 ME
NOME FANTASIA5 OEM I&for8!'6!
CNP$5 0+./-/.0-/:000.20/
ENDEREÇO5 1ua %anta #fi02nia, .,0 3 lo4a .0 BAIRRO5 S!. If';<&'! CIDADE5 S=o P!%#o CEP5 0-.0900-
E2MAIL5 TELEFONE5
REPRESENTANTE LE(AL DA EMPRESA5 Fr!&6o V'e'r! Mor!#e7
ESTADO CIVIL5 So#e'ro PROFISSÃO5 Co8er6'!&e
R(5 -,.03-.10*2* CPF5 0.,.+/3.+3+2/0
doravante denominada EMPRESA CONCEDENTE, nos moldes previsto na "ei --.,55 de ./$09$.005, celebram e acordam entre si, o
presente ACORDO DE COOPERAÇÃO, de acordo com as cl6usulas e condiç7es e8postas a se0uir(
CL>USULA ? @ 9 presente Acordo de &ooperação tem como ob4etivo o desenvolvimento de atividades con4untas entre a
INSTITUIÇÃO DE ENSINO e a EMPRESA CONCEDENTE, acima :ualificadas, para a realização de 'st60io dos estudantes re0ularmente
matriculados em um dos cursos oferecidos pela INSTITUIÇÃO DE ENSINO, independentemente da s;rie, nos termos da "ei --.,55 de
./$09$.005.
CL>USULA - @ 9 'st60io, obri0at<rio ou não, se realizado ao lon0o do curso, representa papel importante na formação
profissional e dever6 propiciar ao estudante a complementação do ensino e ser plane4ado, e8ecutado, acompan=ado e avaliado em
conformidade com os curr>culos, pro0ramas e calend6rios escolares.
CL>USULA . @ A EMPRESA CONCEDENTE oferecer6 va0as para est60ios de alunos matriculados nos cursos da
INSTITUIÇÃO DE ENSINO, em suas depend2ncias ou unidades, uma vez :ue possui condiç7es de proporcionar e8peri2ncia pr6tica na
lin=a de formação do esta0i6rio, assim como, outras formas de colaboração no processo educativo.
CL>USULA 3 @ &aber6 à EMPRESA CONCEDENTE selecionar, dentre os candidatos, o esta0i6rio :ue mel=or atender as suas
necessidades para preenc=imento das va0as oferecidas.
CL>USULA 1 @ As atividades correspondentes às va0as oferecidas pela EMPRESA CONCEDENTE terão :ue,
obri0atoriamente, estar relacionadas às atividades curriculares do curso em :ue o esta0i6rio estiver matriculado.
PAR>(RAFO ANICO 3 &aber6 à INSTITUIÇÃO DE ENSINO efetuar o acompan=amento do est60io, verificando se as
atividades desenvolvidas são compat>veis com o curso no :ual o esta0i6rio est6 matriculado.
CL>USULA + @ A 4ornada de est60io dever6 ser cumprida em =or6rio estabelecido pela EMPRESA CONCEDENTE, sem
pre4u>zo das atividades escolares do esta0i6rio.
CL>USULA * @ A EMPRESA CONCEDENTE se obri0a a assinar todos os documentos necess6rios à efetivação do est60io,
inclusive efetuar as anotaç7es determinadas pela "e0islação, nas p60inas referentes à ?anotaç7es 0erais@ da &arteira de Arabal=o e
Previd2ncia %ocial do esta0i6rio.
CL>USULA , @ A realização do est60io pelo estudante, não acarreta v>nculo empre0at>cio de :ual:uer natureza, portanto, o
esta0i6rio não faz 4us a :uais:uer direitos trabal=istas.
CL>USULA / @ A EMPRESA CONCEDENTE, concorda com a divul0ação do acordo de cooperação atrav;s dos ve>culos de
comunicação utilizados pela #nstituição de 'nsino.
CL>USULA ?0 @ 9bri0ase a EMPRESA CONCEDENTE, exceto nos casos de estágios obrigatórios, ao pa0amento de bolsa
em din=eiro aos esta0i6rios ou outra forma de contraprestação a ser acordada, obri0andose tamb;m a fazer se0uro contra acidentes
pessoais para prote02los contra acidentes sofridos no local de est60io.
PR>(RAFO ANICO @ A importBncia pa0a referente à bolsa, por não possuir natureza salarial, não se en:uadra no re0ime CDA%
nem previdenci6rio, portanto, não sofre :ual:uer desconto, com e8ceção à retenção do imposto de renda na fonte.
CL>USULA ?? @ 9 Aermo de &ompromisso de 'st60io, a ser celebrado entre a EMPRESA CONCEDENTE e o 'sta0i6rio, com
interveni2ncia obri0at<ria da INSTITUIÇÃO DE ENSINO, ter6 duração m>nima de 0- EumF semestre letivo.
CL>USULA ?- @ A INSTITUIÇÃO DE ENSINO ser6 interveniente em todos os acordos entre o esta0i6rio e a EMPRESA
CONCEDENTE, notadamente :uanto a realização do est60io no per>odo de f;rias escolares.
CL>USULA ?. @ 9 presente acordo poder6 ser revisto periodicamente, por iniciativa de :uais:uer partes.
CL>USULA ?3 @ 'ste acordo ter6 vi02ncia por prazo indeterminado, podendo ser denunciado por :ual:uer das partes, mediante
comunicado por escrito, com anteced2ncia m>nima de +0 EtrintaF dias.
CL>USULA ?1 @ Cica eleito o foro da &omarca de #ndaiatuba$%P para dirimir :uest7es oriundas do presente instrumento.
' por estarem as partes de pleno acordo com o inteiro teor deste instrumento particular, assinam na presença de duas
testemun=as abai8o, em 0- Bd%!7C "'!7 de i0ual conteGdo e forma.
#ndaiatuba, de Haio de .0-4.
IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE INDAIATUBA FRANCO MORALES INFORMATICA 2 ME
Prof) Pedro S!"!#e $%&'or FRANCO VIEIRA MORALES
Assinatura e &arimbo

Testemunhas:
ASS5 ASS5
No8e5 No8e5
R(5 R(5

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful