Você está na página 1de 24

DIREITO EMPRESARIAL

PEÇA PROFISSIONAL

Walter celebrou, com o banco Beta, contrato que estabelecia que a instituição financeira
disponibilizaria R$ 20.000,00 em sua conta-corrente, por isso cobrando-lhe juros de 7% ao mês.
Adicionalmente, o cliente deixou, com o banco, garantia consubstanciada em nota promissória assinada
em branco, ou seja, sem nela terem sido lançados, na data da emissão, os demais elementos de
formalização do valor do crédito, que permaneceram em aberto.
Walter notou que, após um mês, o banco cobrou-lhe, lançando valor negativo em sua
conta-corrente, o total de R$ 25.000,00, quantia que, por estar acima da soma do principal com a taxa
de juros pactuada, ele se recusou a pagar.
O banco apresentou ao cartório Alfa para protesto por falta de pagamento a nota promissória
preenchida no valor de R$ 27.000,00, juntamente com a cópia do contrato. Constou, ainda, no verso do
título de crédito, memória do cálculo utilizado para se chegar à quantia lançada no anverso, presentes
naquela memória os seguintes itens, assim nomeados: a) valor do principal; b) reajuste monetário;
c) comissão de permanência; d) multa contratual; e e) acréscimos moratórios e convencionais.
Walter, então, decidiu procurar um escritório de advocacia para ingressar com medida judicial
opondo-se ao referido protesto, o qual, caso se concretize, poderá causar vultosos prejuízos em seus
negócios empresariais, particularmente prejudicando sua participação em licitação privada na qual
disputa contrato de R$ 2.000.000,00, a ocorrer em dez dias.

Considerando a situação hipotética apresentada acima, na qualidade de advogado(a) contratado(a) por Walter, redija a medida judicial
mais apropriada, visando obstar o referido protesto, com os fundamentos de fato e de direito exigíveis ao caso.
ót ç o
e!
hip p a
es
a es
um s t e
nh e
ne t il ize
em o u

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –1–
TEXTO DEFINITIVO – PEÇA PROFISSIONAL – 1/5

PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA


NÃO HÁ TEXTO

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –2–
TEXTO DEFINITIVO – PEÇA PROFISSIONAL – 2/5

PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA


NÃO HÁ TEXTO

31

32

33

34

35

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –3–
TEXTO DEFINITIVO – PEÇA PROFISSIONAL – 3/5

PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA


NÃO HÁ TEXTO

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

73

74

75

76

77

78

79

80

81

82

83

84

85

86

87

88

89

90

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –4–
TEXTO DEFINITIVO – PEÇA PROFISSIONAL – 4/5

PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA


NÃO HÁ TEXTO

91

92

93

94

95

96

97

98

99

100

101

102

103

104

105

106

107

108

109

110

111

112

113

114

115

116

117

118

119

120

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –5–
TEXTO DEFINITIVO – PEÇA PROFISSIONAL – 5/5

PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA


NÃO HÁ TEXTO

121

122

123

124

125

126

127

128

129

130

131

132

133

134

135

136

137

138

139

140

141

142

143

144

145

146

147

148

149

150

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –6–
QUESTÃO 1

A COPCREDT, instituição financeira que adota a forma de sociedade


cooperativa de crédito, atua com o objetivo de emprestar dinheiro a seus
associados, cobrando juros menores que os habitualmente vigentes no
mercado.

Considerando as informações acima, responda, de forma justificada, às seguintes perguntas.


< A COPCREDT qualifica-se como sociedade empresária?
< Há possibilidade de se aplicar o Código de Defesa do Consumidor para disciplinar os contratos onerosos de mútuo feitos pela
COPCREDT com seus associados?

TEXTO DEFINITIVO – QUESTÃO 1


PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA
NÃO HÁ TEXTO

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –7–
QUESTÃO 2

Uma sociedade limitada, constituída por prazo indeterminado, possui


quadro societário composto por A., com 10% das cotas, B., com 40% das cotas
e C., com 50% das quotas. No ano passado, C. integralizou parte de suas cotas
transferindo imóvel, o qual foi aceito pela sociedade com o valor avaliado em
R$ 500.000,00. A decisão foi tomada em reunião de sócios da qual A., apesar
de regularmente convidado e comunicado da pauta deliberativa, decidiu não
participar, por motivos de saúde. Posteriormente, A. descobriu que o imóvel,
na verdade, vale, apenas, R$ 100.000,00.

Considerando a situação hipotética apresentada, responda, de forma justificada, às seguintes perguntas.


< Na hipótese de a sociedade tornar-se insolvente, a diferença no valor de estimação do imóvel poderá implicar a responsabilidade
de A. perante terceiros que contrataram com a sociedade, ainda que esse sócio não tenha participado da mencionada deliberação?
< A. poderá exigir sua saída da sociedade, devendo esta pessoa jurídica compulsoriamente ressarci-lo pelo valor de suas cotas?

TEXTO DEFINITIVO – QUESTÃO 2


PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA
NÃO HÁ TEXTO

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –8–
QUESTÃO 3

Mário, administrador de sociedade anônima, descobriu que outro


co-administrador, seu amigo Igor, vem agindo em proveito próprio e causando
prejuízo ao patrimônio da companhia, atuando com flagrante violação do dever
legal de lealdade. Mário, embora não participe do ilícito, não quer se indispor
com o amigo, razão pela qual, até então, mantém-se em silêncio sobre o fato.

Considerando a situação acima descrita e, ainda, a hipótese de serem revelados tais fatos por terceiros, responda, com a devida
fundamentação legal, às perguntas que se seguem.
< Qualquer acionista da referida sociedade poderá imediatamente oferecer ação de responsabilidade contra Igor?
< Mário poderá ser responsabilizado pela conduta de Igor?

TEXTO DEFINITIVO – QUESTÃO 3 PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA


NÃO HÁ TEXTO

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional –9–
QUESTÃO 4

Considere que Fabiana produza roupas e acessórios de vestuário e queira lançar


no mercado roupas com uma nova marca, a “Olimpiarkusz”, ainda não conhecida do
público. Nessa situação, como ela poderá proteger juridicamente tal marca para usá-la com
exclusividade? Essa proteção impedirá qualquer outro empresário de utilizar a marca,
ainda que seja em produtos de natureza diversa dos produzidos por Fabiana? Justifique
ambas as respostas.

TEXTO DEFINITIVO – QUESTÃO 4


PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA
NÃO HÁ TEXTO

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional – 10 –
QUESTÃO 5

A sociedade K e K Insumos Agrícolas Ltda. é credora da sociedade


Fazenda Bonita Ltda., em razão da venda de insumos agrícolas a prazo, crédito
consubstanciado em nota promissória no valor de R$ 50.000,00, quantia que
foi afiançada por Zélia. A Fazenda Bonita Ltda. requereu pedido de recuperação
judicial, cujo plano prevê pagar a K e K Insumos Agrícolas apenas
R$ 40.000,00, o que lhe foi deferido.

Considerando a situação hipotética apresentada, responda, de forma fundamentada, se a sociedade K e K Insumos Agrícolas Ltda.
poderá cobrar, da Fazenda Bonita Ltda. e de Zélia, o valor integral do mencionado crédito.

TEXTO DEFINITIVO – QUESTÃO 5 PARA USO EXCLUSIVO DO CHEFE DE SALA


NÃO HÁ TEXTO

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

UnB/CESPE – OAB Direito Empresarial


Exame de Ordem 2008.1 Prova Prático-Profissional – 11 –

Você também pode gostar