Você está na página 1de 3

O que é transfert e quais os tipos?

Transporte de conhecimento, aprendizagem, etc. de uma pessoa para a


outra, de um objeto para o outro, podendo ser:

Transfert pró-activo: A aprendizagem anterior modifica a aprendizagem


presente.

-Pró activo c/ efeito positivo: facilitação pró-activa;

-Pró act. c/ efeito negativo: inibição pró activa.

Transfert retroactivo: aprendizagem atual modifica os hábitos anteriores

-c/ efeito positivo: facilitação retroactiva;

-c/ efeito negativo: inibição retroactiva;

4) Quais são as classificações dos esportes?

De maneira geral os esportes podem ser classificados como individuais e


coletivos, ao se utilizar o critérios: relação com os companheiros, esportes que haja
interação , esportes onde não há interação direta com o adversário, e relação com o
oponente.Tem –se então a seguinte classificação:
Esportes individuais em que não há interação com o oponente, estes são
atividades motoras em que a atuação do sujeito não é condicionada diretamente pela
necessidade de participação do colega nem pela ação direta do oponente. Ex.:
Atletismo, Ginástica olímpica, Natação.
Esportes individuais em que há interação com o oponente – são aqueles em que
os sujeitos se enfrentam diretamente, tentando em cada ato alcançar os objetivos do jogo
evitando que o adversário o faça, porém sem a colaboração de um companheiro. Ex.:
Badminton, Judô, Peteca, Tênis.
Esportes coletivos em que não há interação com o adversário são atividades que
requerem a colaboração de dois ou mais atletas, mas que não implicam a interferência
do adversário na atuação motora. Ex.: Ginástica Rítmica (grupo), Nado sincronizado,
Remo.
Esportes coletivos onde há interação com o oponente são atividades nas quais
os sujeitos, colaborando com seus companheiros de equipe de forma combinada, se
enfrentam diretamente com a equipe adversária, tentando em cada ato atingir os
objetivos do jogo, evitando ao mesmo tempo que os adversários o façam.Ex.:
Basquetebol, Futebol, Futsal, Voleibol.

A metodologia funcional integrativa, significa de forma simplificada a


integração de todos os alunos em uma atividade que esta sendo
desempenhada. E para isso é preciso uma serie de passos como a serie
metodológica e a serie paralela. A serie metodológica esta relacionada com
passos subseqüentes para poder chegar num mini-jogo com regras
simplificadas. A paralela visa a ludicidade como aprendizagem com o intuito
também de chegar em um mini-jogo de regras simplificadas.

Alem disso é preciso que as aulas sejam estruturadas de forma a gerarem


novas ideias dos alunos a respeito da atividade em desenvolvimento.
Juntando-se a isso tem a conduta do professor que deve ser baseada,
nessas estruturas adquiridas em aulas anteriores, buscando um clima
agradável para o aluno, com uma liberdade responsável. (O professor deve
manter sempre uma flexibilidade em sua relação com seus alunos.)

E os objetivos desse método é incentivar a participação dos alunos, a


criarem idéias de jogos, e explorar a utilização de problemas com o objetivo
de levá-los a reflexões e discussões.

Esporte na contemporaneidade: uma experiência de fronteira

No mundo contemporâneo jogo e esporte parecem viver em luta. Luta entre


um esforço objetivador e algo que escapa a uma total objetivação. O lúdico
aparece como alternativa à tradição objetivadora. Aquele que joga sabe
muito bem o que é jogo e que o que está fazendo é apenas um jogo, mas
não sabe o que ele sabe nisso. Sendo que nos esportes modernos, são sobre
tudo resultados e recordes, ou seja, o movimento humano pode ser visto
sob o aspecto da produção de algo. Pode-se dizer também que a ginástica
moderna e a educação física entram também neste contexto de esporte. E é
com esta definição que diferencia o esporte do antigo conceito de jogo.

Em relação aos esportes modernos, as performances esportivas exigem do


atleta características e desempenhos que o retiram do quadro de
normalidade. O atleta corporalmente e psiquicamente, é um monstro, às
vezes um animal que manifesta disposições instintivas, não racionais e
previsíveis, situando-se na fronteira do humano. A maioria dos seres
humanos não ingressará nesta fronteira e com isso projetará seu desejo
naqueles que a atravessaram, heróis, ídolos, atletas e até terroristas.

Na sociedade contemporânea poderíamos afirmar que o objetivo da vida é o


sucesso, o que os ídolos esportivos parecem ter atingido, tornando-se
exemplos a serem seguidos.

6) ABC Escola da Bola


O ABC para iniciantes nos jogos, apóia-se em 3 pilares básicos:
A) jogos orientados para a situação;
B) orientação para as capacidades coordenativas;
C) orientação para as habilidades.
A -> o jogar na escola da Bola
A base e o objetivo da escola da bola é permitir que as crianças possam experimentar e
provar de forma rica e variada, diferentes alternativas de movimento. As crianças devem
primeiramente aprender ‘’ somente’’ a jogar com liberdade, reconhecer e perceber
situações de forma correta e compreendê-las desde o ponto de vista tático. Junto a isso
deve incorporar, no seu conhecimento, as formas de compreensão das regras dos jogos.
O tipo e a qualidade da realização dos seus movimentos (técnica) não são o tema central
do processo de aprendizagem, valem: ‘’jogar se aprende jogando’’.
B-> Exercitação das capacidades coordenativas com a bola
O exercitar-se é uma parte importante da escola da bola para o aspecto da
universalidade esportiva, e pode servir de base para um posterior treinamento das
habilidades esportivas especificas (técnicas).

C-> a exercitação das habilidades


Capacidades coordenativas não são independentes do talento e da herança, porém são
altamente treináveis. Melhoria das atividades básicas de domínio da bola. Exercitar as
técnicas básicas necessárias aos elementos que permitirão desenvolver-se com mais
possibilidades técnicas.

A filosofia que sustenta esta idéia é facilmente reconhecível: as crianças devem


(novamente) aprender a jogar, assim como desenvolver habilidades e capacidades
gerais antes de começar com a especialização geral nas modalidades.

5carac.. a natureza do esporte colevito?

a bola, o terreno, os parceiros, as regras, os adversarios e as balizas!

O método global, parcial e misto são os métodos mais comuns utilizados para o ensino de uma
destreza motora em Educação Física O Método Global consiste em ensinar uma destreza
motora,apresentando todo o seu conjunto Método Parcial.O Método Parcial consiste em
ensinar uma destreza motora por partes,para depois juntá-las entre si. Método Misto (global-
parcial-misto)O Método Misto consiste em ensinar uma destreza motora pelo método global e
retornar alguma parte da destreza que o educando tenha dificuldade de realizar utilizando
método parcial e depois voltar novamente ao método global.O desporto de crianças e
adolescentes apóia-se num triangulo, de que eles constituem um vértice e que têm em cada
um dos outros os pais e os treinadores. Mas, há ainda muito a fazer para reforçar esse apoio. È
necessário desenvolver formas de colaboração entre eles que ajudem a superar dificuldades e
a ultrapassar os obstáculos. E os obstáculos maiores são em nossa opinião e por esta ordem,
as insuficientes formações dos pais e dos treinadores. É por isso importante dar-lhes formação
pedagógica.

Você também pode gostar