Você está na página 1de 7

FACULDADE PANAMERICANA

O DEUS DESCONHECIDO

Lagoa Santa

2011

ANTÔNIO CARLOS GONÇALVES BENTES

O DEUS DESCONHECIDO

Apresentação de monografia à FACULDADE PANAMERICANA para a conclusão do Curso de Pós Graduação em Ciência da Religião. Apresentada pelo aluno: Antônio Carlos Gonçalves Bentes.

Lagoa Santa

2011

DEDICATÓRIA

A Deus, nosso Criador, que é a razão de termos nos empenhado nos estudos das Sagradas Escrituras, para que de algum modo possamos servi-lo melhor, ajudando com tudo que temos a melhorar a vida das pessoas neste mundo.

À minha esposa, aos meus filhos e as minhas netas Eliza e Ana Clara que têm sido motivo de alegria em todos os dias da minha vida.

Aos alunos dos seminários: SEBEMBGE, UNITHEO, HOSANA, KOINONIA e Escola Bíblica Pentecostal do Brasil onde teologizamos e filosofamos sobre Deus.

Ao amigo Bispo José Moreno, cuja companhia nos incentiva a correr atrás do conhecimento.

AGRADECIMENTOS

A Deus, que na sua soberania e Graça nos permitiu tal realização.

A minha amada e querida esposa, Rute, que tem sido minha companheira na busca do

Deus Invisível. Ao amigo Sharles Cruz que nos incentivou a fazer esta Pós-Graduação.

Antônio Carlos Gonçalves Bentes

EPÍGRAFE

“Só Deus pode falar sobre Deus” (Karl Barth). “Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs na mente do homem a idéia da eternidade, se bem que este não possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até o fim” (Eclesiastes 3.11).

RESUMO

Para um estudo da Divindade entramos em solo sagrado. Usamos a linguagem antropomórfica, pois não é possível falar de Deus na linguagem divina. Para entendermos a Divindade nos humilhamos a fim de receber a revelação que ele próprio nos deu. Revelação esta que é tríplice:

1. A REVELAÇÃO NATURAL: Sl 19.1,2; At 14.17; Rm 1.19,20. Estudando a

natureza encontramos indícios sobre a natureza de Deus.

2. A REVELAÇÃO VERBAL: 2 Rs 17.13; Sl 103.7. “Nós estudamos teologia de

várias maneiras. A primeira é estudando a Bíblia. Historicamente a Bíblia foi recebida pela igreja como um depósito ou armazém normativo de revelação divina”.

3. A REVELAÇÃO PESSOAL: Jo 1.18; Hb 1.1,2. A encarnação do Verbo é a

revelação suprema de Deus. “Ninguém jamais viu a Deus. O Deus unigênito, que está no seio do Pai, esse o deu a conhecer” (Jo 1.18). “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo” (Hb 1.1,2). Falamos um pouco do conceito de Deus nas diversas culturas. Entramos nos conceitos filosóficos e teológicos do Theos e do Logos. Mergulhamos no conceito do Logos e na Triunidade do Theos.

Palavras chaves: Deus, Existência, Ser, hipóstase.