Você está na página 1de 22

Leitura em Família

Família
19 de Novembro de 2009
Agrupamento Vertical de Escolas Dr. João Lúcio
Não se nasce leitor
um leitor constrói-se em família
Saber ler
Em casa Na escola No trabalho Em toda a parte
Ler para quê?
• Viver em sociedade
Ler para quê?
• Atingir objectivos pessoais
Ler para quê?

• Desenvolver e potenciar os
conhecimentos próprios
Ler?

• L-I-V-R-O DESCODIFICAR GRAFEMAS /


RECONHECER O VOCÁBULO
• LI-VRO
ATRIBUIR-LHE O SOM
• LIVRO
ASSOCIAR GRAFEMAS
EM SÍLABAS

ARTICULAR SEQUÊNCIAS

INTERPRETAR O SIGNIFICADO
Ler é uma tarefa complexa

leitura

Saber prévio
pensamento memória
do leitor
A leitura requer treino

• Um leitor autónomo necessita de


2000 horas efectivas de leitura

Será que a família e a escola garantem


este treino?
A leitura começa com a
sedução
A leitura começa com a
sedução
Desenvolver a consciência
fonológica
Desenvolver a percepção visual
A curiosidade é uma
qualidade a ser explorada
Ler: a partir de quando?
• O livro deverá surgir ao mesmo tempo
que o biberão.
Ler para crianças
pequenas. Porquê?
• Porque:

• O jogo de objectos ausentes permite à criança estruturar o


seu pensamento
• Desenvolve a imaginação. A imaginação ajuda a conhecer e a
compreender a realidade.
Ler para crianças
pequenas. Porquê?
• O livro infantil é uma forma de aprender a
língua.

• A competência linguística conduz a um


alargamento das capacidades cognitivas.
Ler para crianças
pequenas. Porquê?
• Vivemos numa civilização
de imagens.

• É preciso saber ver, olhar,


contemplar e isso aprende-
se. O livro infantil é uma
galeria de arte.

• Ler imagens é uma etapa


fundamental para o
desenvolvimento do poder
de recriar.
Ler faz bem à saúde
• por Carolina G. em Terça, 13 Nov 2007 17:55

• Médicos vão promover hábitos de leitura nos mais novos


Médicos e enfermeiros dos Centros de Saúde e dos Hospitais Pediátricos vão actuar
como promotores de leitura junto de famílias com crianças entre os seis meses e os
seis anos.

O Plano Nacional de Leitura apresentou esta nova medida no Portocolo, em que os


Médicos e enfermeiros dos Centros de Saúde e dos Hospitais Pediátricos vão actuar
como promotores de leitura junto de famílias com crianças entre os seis meses e os
seis anos.
A assinatura do protocolo entre a Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral
(APMCG) e a comissão do Plano Nacional de Leitura tem lugar hoje. Tem como
objectivo promover a leitura bem como o convívio entre adultos e crianças a partir pelo
menos dos seis meses, como factor determinante da aprendizagem e desenvolvimento
da literacia.
Esta iniciativa é pioneira em Portugal, assenta em estudos realizados em outros países,
como os Estados Unidos e Canadá.
• ://sic.sapo.pt/online/noticias/vida/Medicos+receitam+livros.htm
Criar condições para a
leitura
• Apagar a televisão !!!
• Cada português
consome, em média, 3
horas e 35 minutos
por dia.
• A presença da criança
em frente ao televisor
reduz o
desenvolvimento da
linguagem.
Criar condições para a
leitura
• Ler e mostrar livros
aos filhos em
- casa, nas livrarias e
em bibliotecas

• Adquirir livros como


presente

• Conversar sobre o
conteúdo dos livros

Chardin
A nossa Biblioteca
à vossa disposição

Livros a custo 0

Das 9 h. às 17 h.
Dar o exemplo de leitor
• Mark Arian
Boas leituras!

Você também pode gostar