Você está na página 1de 21
FACEBOOK- POTENCIALIDADES EM CONTEXTOS VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia2014

FACEBOOK- POTENCIALIDADES EM CONTEXTOS VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM

Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia2014

HIPERESPAÇOS E APRENDIZAGEM

SUMÁRIO

Sumário

NOTA PRÉVIA

1

INTRODUÇÃO

1

LISTAGEM DOS PRINCIPAIS RECURSOS E APLICATIVOS

2

POSSIBLIDADES DE ambientes virtuais de APRENDIZAGENS

2

recursos e aplicativos

2

Breve descrição das suas funções

3

Recursos

3

Mural

3

Gosto/Não Gosto

3

Grupos

3

Vídeos

3

Links

3

Caixas

3

Eventos

3

Fotos

3

Chat

3

Atividades dos amigos

3

Notas - Recurso muito eficaz para colocação de pequenos apontamentos, lembretes

3

Mensagens - Meio de comunicação entre os interlocutores.

3

Perguntas frequentes

3

Comentários

3

Discussão

3

Estatísticas

3

Notificações

3

Criação de anúncios - É um serviço pago, mas que permite uma maior divulgação a nível mundial.

4

Aplicativos

4

Booktag Permite a criação de listas de livros para um determinado grupo, permitindo ainda criar questionários e reflexões (comentários)

4

BooksiRead

4

Docs

4

Poll

4

Fotoflexer

4

MyDelicious

4

Quizzecreator

4

SUMÁRIO

Flickr

4

Youtube

4

Rssfeeds

4

Google docs

4

Favorite pages

4

Formspring.me

4

Files

4

Calendar

4

Studygroups

4

Flashcards

4

To-dolist

4

Hoot-me

4

Slideshare e Slide Q

4

Picnik

4

TIPOS DE ENSINO/APRENDIZAGEM

5

As potencialidades do Facebook no contexto educacional

5

EDUCAÇÃO FORMAL

6

A APRENDIZAGEM INFORMAL

7

APRENDIZAGEM NÃO FORMAL

8

ALGUMAS POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS UTILIZANDO A REDE SOCIAL FACEBOOK

10

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM FORMAL

10

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM NÃO FORMAL

12

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM INFORMAL

14

CONCLUSÃO

16

REFERÊNCIAS

17

INFORMAÇÕES DE CONTATO

18

UNIVERSIDADE ABERTA

18

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

NOTA PRÉVIA

Trata-se de um Trabalho em Equipa sobre o estudo do tema: Redes Sociais (Facebook) e Aprendizagem. Foram explorados todos os recursos do Facebook, pois existem várias possibilidades de serviços e recursos. Como tal, foi adoptada uma listagem de todos os recursos e aplicativos.

INTRODUÇÃO

No âmbito da unidade curricular Hiperespaços de aprendizagem foi-nos proposto a elaboração de um trabalho sobre as redes sociais e a aprendizagem.

Numa primeira fase, antes da elaboração do trabalho procuramos entender e perceber o estado da arte sobre o tema, para facilitar a aquisição de conhecimentos. Neste seguimento achámos importante dar especial atenção aos domínios de aprendizagem, tendo em conta as noções essenciais sobre os conceitos de educação formal e educação informal, e ainda, qual o papel do professor/designer subjacente a cada domínio de aprendizagem.

Este trabalho pretende trazer uma contribuição para o campo educacional através da análise das relações sociais provenientes da criação e proliferação das comunidades virtuais. Com isso busca-se lançar um olhar sobre estas redes virtuais como espaços de construção e produção de discursos, manifestação das múltiplas verdades sociais e suas representações.

Os sites de rede social, tal como o Facebook, têm sido utilizados como espaço de aprendizagem em diferentes contextos de formação, por facilitar a convergência e o compartilhamento de materiais de diferentes mídias. Se no final da leitura deste trabalho, estas questões tiverem sido reveladas, entendemos então termos cumprido o nosso propósito.

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Listagem dos principais recursos e aplicativos

POSSIBLIDADES DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGENS

Mason, Robin &Rennie, Frank (2008), em E-Learning and Social Networking Handbook, deparamo-nos com um conjunto vasto e detalhado sobre as ferramentas da Web 2.0, isto sob uma visão diversificada relativamente às vantagens e desvantagens considerando a utilização e aplicação de cada ferramenta em contexto educacional.

Algumas das ferramentas analisadas foram as seguintes:

Facebook; Blogs; wikis; podcasts; e-portfolios; social networking; social bookmarking; photo sharing; SecondLife; online forums; video messaging; e-books; instant messaging; Skype; games; mashups Como tal, a nossa atenção centra-se nos recursos e aplicativos do Facebook. recursos e aplicativos Na tabela abaixo podemos verificar os principais recursos e aplicativos do Facebook.

RECURSOS

APLICATIVOS

Mural

Book tag

Gosto/não gosto

Books iRead

Grupos

Docs

Vídeos

Poll

Links

Fotoflexer

Caixas

MyDelicious

Eventos

Quizzecreator

Fotos

Flickr

Chat

Youtube

Atividades dos amigos

Rssfeeds

Notas

Google docs

Mensagens

Favoritepages

Perguntas

Formspring.me

Comentários

Calendar

Discussão

Studygroups

Estatísticas

Flashcards

Notificações

To-dolist

Criação de anúncios

Hoot-me

Slideshare e Slide Q

Picnik

files

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

BREVE DESCRIÇÃO DAS SUAS FUNÇÕES

RECURSOS

Mural - O Mural do Facebook é uma página que agrega todas as atividades do utilizador e dos seus amigos, encontrando-se em constante atualização. É útil por exemplo, para receber as novidades de uma página do Facebook de educação, ou ainda explorar e selecionar páginas e/ou atividades que lhe despertarem mais interesse.

Gosto/Não Gosto - Consiste num ícone que nos permite, muito facilmente transmitir aos seus amigos do Facebook os seus gostos e interesses, através de um simples clic.

Grupos - São espaços (páginas) criados com algum objetivo/interesse/ metas em particulares a todos os membros do grupo, este ainda pode ser fechado, isto é restrito ao público em geral, ou não, pode ser um grupo aberto.

Vídeos- Partilhar vídeos na sua cronologia ou na cronologia de outros amigos.

Links-Ligações externas ao Facebook.

Caixas - No fundo trata-se de organizadores de aplicações externas.

Eventos - Criar e dar conhecer eventos especiais, que permite saber quem são os amigos que vão participar.

Fotos - Imagem que podem ser organizadas em álbuns, ou simplesmente compartilhadas na cronologia pessoal ou de um amigo(s).

Chat -Permite a comunicação síncrona entre um ou mais amigos, e atualmente permite também videoconferência.

Atividades dos amigos - Permite partilhar comentários, imagens, wikis, blogs simplesmente jogar online.

entre muitos outros

ou

Notas - Recurso muito eficaz para colocação de pequenos apontamentos, lembretes

Mensagens - Meio de comunicação entre os interlocutores.

Perguntas frequentes - Espaço para retirar dúvidas sobre alguma das funcionalidades.

Comentários-Partilha de opiniões

Discussão- Surge a partir de um tema, permitindo aos intervenientes a partilha/colaboração, de experiências de vida, saberes e conhecimento.

Estatísticas- Permite a monitorização dos acessos e da interação

Notificações -Informações imediatas de atividades exercidas pelos seus amigos

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Criação de anúncios - É um serviço pago, mas que permite uma maior divulgação a nível mundial.

APLICATIVOS

Booktag Permite a criação de listas de livros para um determinado grupo, permitindo ainda criar questionários e reflexões (comentários)

BooksiRead Permite a partilha de livros, adicionar tags e comentários.

Docs Aplicação externa para a criação de documentos, bem como para armazenar e/ou recuperar documentos em vários formatos.

Poll Permite fazer sondagens.

Fotoflexer Editor de imagens para o Facebook, importando imagens do Picassa, Flickr e outros

MyDelicious Serve para armazenar, organizar, catalogar e partilhar os endereços Web favoritos.

Quizzecreator Permite criar Questionários, inquéritos ou testes.

Flickr Repositório de fotos e imagens, permite compartilhar e publicar.

Youtube Partilha e publicação de vídeos

Rssfeeds - RSS é um subconjunto de "dialetos" XML que servem para agregar conteúdo ou "Web syndication", podendo ser acedido através de programas ou sites agregadores. É utilizado principalmente em sites de notícias e blogs.

Google docs Permite o acesso através do Facebook

Favorite pages Permite adicionar páginas de interesse pessoal ao Facebook

Formspring.me Envia e recebe perguntas anónimas.

Files Armazenar e recuperar ficheiros.

Calendar Organização das atividades cotidiana.

Studygroups Trabalhos de grupos com o nome de todos os intervenientes.

Flashcards Cria cartões em Flash.

To-dolist Cria listas e tarefas para o Facebook.

Hoot-me Aplicação gratuita para estudantes, quando estes necessitam de ajuda.

Slideshare e Slide Q Permite a ligação à conta do utilizador no Slideshare, mediante vários tipos de ficheiros, principalmente, PDF e PowerPoint.

Picnik Edição de imagens e disponibilização

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

TIPOS DE ENSINO/APRENDIZAGEM

AS POTENCIALIDADES DO FACEBOOK NO CONTEXTO EDUCACIONAL

As potencialidades do Facebook em contexto educacional são muitas, porém existe muita resistência neste âmbito, as questões surgem e colocam em causa as mesmas.

Por exemplo, como podemos aproveitar as capacidades do Facebook a favor da aprendizagem e do ensino? Apesar de ser uma questão pertinente, que surge devido à grande influência das novas

tecnologias, e em especial da Web 2.0, mais precisamente na categoria de rede social, na atual sociedade

de informação que utiliza e integra o mundo virtual.

A virtualização confere a possibilidade de expandir os pensamentos para um mundo abstrato,

possibilitando a interação entre os intervenientes desta tecnologia, a fim de alcançarem conhecimentos

de forma pessoal e real que nunca foi possível em outros tempos, no passado.

Porém, existem obstáculos a serem ultrapassados, pois torna-se essencial reeducar para estas novas

tecnologias das WEB 2.0, pois os seus perigos inerentes e constantes colocam muitas vezes em causa as

suas potencialidades, assim é necessário estimular e formar os profissionais da educação e a própria

sociedade educadora para a utilização desta ferramenta a fim de combater eficazmente os perigos

inerentes da internet, educando para uma navegação segura e reformular os métodos de aprendizagem,

adequados a cada tipo de aprendizagem, bem como a cada estilo individual de aprendizagem.

O Facebook permite centralizar num único local várias atividades acessíveis aos alunos aumentando o

sentimento de comunidade educativa, onde a partilha, a colaboração e a corresponsabilização no

processo de aprendizagem, se tornam elementos essenciais para o desenvolvimento autônomo dos

alunos.

Além disto, estes ambientes dinâmicos e inovadores, não só melhoram o trabalho entre alunos, como

também ajuda o professor a coordenar e orientar projetos e trabalhos num um ambiente perfeito, onde

os alunos possam criar e desenvolver objetos dos seus próprios interesses, o que aumenta assim, a

comunicação entre agentes educativos e alunos.

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

EDUCAÇÃO FORMAL

Infelizmente quando falamos em educação formal estamos a nós referir às salas-de-aulas convencionais,

porém, atualmente muito autores defendem que as atividades e a busca pelo conhecimento dever-se-ia

estender para lá das mesmas salas, através de plataformas, ou até mesmo páginas de redes sociais como

a do Facebook.

Numa primeira fase, poderia iniciar sobretudo num contexto social, isto principalmente, nas faixas

etárias mais jovens, a fim de educar para as redes sociais. Poder ia-se começar por utilizar as

ferramentas de página, publicar os acontecimentos gerais, as notícias ou os eventos através de feeds, oi

ainda, a inscrição nas escolas oficiais, a fim de ser parte integrante do curriculum que os seus alunos

podem apresentar no facebook.

A criação de um grupo de escola, também é uma ideia bastante alusiva, construindo assim uma rede

escolar através da partilha e do convite a fazer parte dele. Posteriormente poder-se-á integrar esta

plataforma com outras já existentes como o Moodle e a construção de widgets e programas específicos

que possam vir a colmatar as necessidades dos alunos, e posteriormente permitir uma exploração mais

complexa e rica no favorecimento na construção de saberes e da aprendizagem.

Já em contexto utópico, seria muito interessante a publicação de todos os conteúdos referentes às aulas

de forma a disponibilizar os recursos no mundo virtual, podendo ser acedidos em qualquer parte do

mundo, isto poderia erradicar as aulas no contexto de sala real para dar lugar à sala virtual. Na

aprendizagem informal e também não-formal, poderá ser interessante a utilização dos feeds que possam

publicar informação útil aos utilizadores.

Existem vários métodos ou maneiras de favorecer o Facebook numa sala de aula ou integrá-lo na aula.

Em vez de bloquear o acesso dos estudantes às redes sociais na sala de aula, dever-se-ia ensiná-los a discernir quando, onde, e com que finalidades a tecnologia pode ser apropriada ou inadequada mediante alguns critérios:

Nem toda a informação é válida e de teor de cientifico;

Não tomarem os perfis pelo valor aparente;

Consciência de ter um perfil público ou privado e quais as suas consequências;

Oferecer oportunidades para a discussão acerca dos perfis - como construí-los e que significa estar "presente" online.

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

A APRENDIZAGEM INFORMAL

A aprendizagem informal tem um papel fundamental na formação e evolução do indivíduo, o nosso

primeiro meio socializador, o seio familiar é onde começa o nosso processo de aprendizagem ao longo de toda a vida.

Atualmente este tipo de aprendizagem vem sendo reconhecido como uma forma de complementar o sistema formal-escolar, ou como uma alternativa e como papel suplementar, na perspectiva de ampliar as experiências, conhecimentos que se encontram incrementadas através de conversa, explanação, interpretação, instrução, disciplina e exemplo de pessoas mais velhas, de pares e de outros, tudo dentro do contexto de vivência individual e social.

Fazem parte deste rol de aprendizagens e conhecimentos a percepção gestual, moral, comportamentos, provenientes de meios familiares, de amizade, de trabalho, de socialização, midiática, nos espaços públicos em que repertórios são expressos e captados de formas assistemáticas. Tais experiências e vivências acontecem, inclusive, nos espaços institucionalizados, formais e não-formais, e a apreensão se dá de forma individualizada, podendo, posteriormente, ser socializada.

A educação informal é baseada na aquisição de conhecimento através de estudos e experimentações

automotivadas e com a globalização e a internet, é possível expandir os horizontes interagindo com outras pessoas que já resolveram ou tem uma visão ampliada. As Redes sociais configuram-se em um espaço totalmente propício à educação informal e o Facebook é sem dúvida, mundialmente um dos maiores espaços para tal, pois proporciona recursos e serviços virtuais que facilitam a interação, socialização, partilha e construção colaborativa de conhecimentos.

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

APRENDIZAGEM NÃO FORMAL

A educação não formal é aquela que ocorre fora do sistema formal de ensino, sendo complementar a

este. É um processo organizado, mas geralmente os resultados de aprendizagem não são avaliados

formalmente. Educação voluntária, não hierárquica e baseia-se na motivação intrínseca dos formandos

que por si mesmos procuram a aprendizagem. Toma em consideração as necessidades pessoais dos

formandos e adequa-se a essas necessidades para responder às suas aspirações. No caso dos adultos, é

um tipo de aprendizagem ao longo da vida. Baseia-se num sistema sem necessidade de burocracia

hierárquica em termos de progressão, podendo no seu final atribuir ou não, certificados. Exemplos

desta educação são os diversos tutoriais disponíveis online, tal como todo o tipo de formação e-learning

disponibilizada pelas empresas das mais variadas áreas do conhecimento.

Na educação formal espera-se, além da aprendizagem efetiva (que, infelizmente nem sempre ocorre), há a certificação e titulação que capacitam os indivíduos a seguir para graus mais avançados. Na educação informal os resultados não são esperados, eles simplesmente acontecem a partir do desenvolvimento do senso comum nos indivíduos, senso este que orienta suas formas de pensar e agir espontaneamente. A educação não- formal poderá desenvolver, como resultados, uma série de processos tais como:

Consciência e organização de como agir em grupos coletivos;

A construção e reconstrução de concepção (s) de mundo e sobre o mundo;

A contribuição para um sentimento de identidade com uma dada comunidade;

Forma o indivíduo para a vida e suas adversidades (e não apenas capacita-o para entrar no mercado de trabalho);

Quando presente em programas com crianças ou jovens adolescentes a educação não-formal resgata o sentimento de valorização de si próprio (o que a mídia e os manuais de auto-ajuda denominam, simplificadamente, como a auto- estima); ou seja dá condições aos indivíduos para desenvolverem sentimentos de auto valorização, de rejeição dos preconceitos que lhes são dirigidos, o desejo de lutarem para de ser reconhecidos como iguais (enquanto seres humanos), dentro de suas diferenças (raciais, étnicas, religiosas, culturais etc.);

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Os indivíduos adquirem conhecimento de sua própria prática, os indivíduos aprendem a ler e interpretar o mundo que os cerca. (Adaptado de Maria da Glória Gohn) 1

1 http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362006000100003

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

ALGUMAS POSSIBILIDADES PEDAGÓGICAS UTILIZANDO A REDE SOCIAL FACEBOOK

PEDAGÓGICAS UTILIZANDO A REDE SOCIAL FACEBOOK A copa do Mundo no Brasil Apresentamos a seguir, sugestões

A copa do Mundo no Brasil

Apresentamos a seguir, sugestões de atividades utilizando a rede social facebook, estas atividades

poderão ser desenvolvidas com alunos dentro (sala de aula) e fora da escola. Para tal está sendo

sugerido o tema A copa do Mundo no Brasil , um tema atual e que é alvo de interesse de todos.

Utilizando este tema, sugerimos atividades que podem ser desenvolvidas para construção de

conhecimentos de maneira formal, não formal e/ou informal, isto só irá depender do interesse dos

professores e/ou das escolas.

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM FORMAL

e/ou das escolas. ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM FORMAL Tema da Atividade: A copa do Mundo no Brasil

Tema da Atividade: A copa do Mundo no Brasil

Justificativa:

Como estamos a poucos dias da Copa do Mundo de Futebol, o tema já aparece

em todas as salas de aula e estamos em contagem regressiva para copa do mundo, torna-se interessante

adquirir conhecimentos sobre o referido campeonato. O Brasil foi escolhido pela FIFA para sediar o

campeonato. A escolha foi divulgada no dia 31 de maio de 2009 e gerou muita alegria e comemoração

popular no Brasil. Os jogos da Copa de 2014 ocorrerão entre os dias 13 de junho (jogo de abertura) e 13

de julho (partida final).

Objetivo:

Realizar pesquisa sobre o tema e responder as questões que serão disponibilizadas pelos professores na

pagina institucional da escola.

Desenvolvimento:

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Será criado pelos professores um grupo fechado específico para a atividade na página institucional da

escola. Os alunos que participarão deste trabalho são os alunos do 8º e 9º ano de estudos do ensino

fundamental, que deverão ter pelo menos uma postagem por questão postada pelos professores. Esta

atividade será desenvolvida de 01/06/2014 a 15/07/2014. Conforme a atividade for se desenvolvendo,

os professores envolvidos poderão também realizar debates em sala de aula de acordo com as questões

postadas pelos mesmos. Os alunos deverão, curtir a página da escola para iniciar a participar.

Profs. Geografia Quais os Países e posição geográfica?

Onde serão realizados os jogos?

Profs. Portugues Qual os idiomas falados nos países que disputação a copa?

Profs. de Ciências Quais as dietas solicitadas pelas seleções?

Profs. Educ. física Pesquisar sobre as regras dos jogos.

Profs. História Pesquisar sobre as copas anteriores, onde foram realizadas e qual a seleção vencedora.

Profs. de Matemática Construir gráficos, tabela dos jogos e fazer contabilização de gols,

independentemente de qual seleção.

Profs. De Educ Artística Fazer um álbum com imagens dos Mascotes das seleções.

Profs. de Inglês - pesquisar sobre palavras novas que aparecerão durante a copa em inglês e você ainda

não conhecia.

Recursos:

Grupos fechado compartilhar, interagir em projetos de interação, disponível somente para membros

do grupo;

Calendar calendários online;

Mathematical utilização de fórmulas;

Slideshare compartilhar apresentações, documentos, fotos e outros conteúdos;

Bate papo trocar ideias e informações para a atividade;

Word cat fazer pesquisas e partilhar fontes;

Quiz Monster montar questionários;

Notely organizar documentos e notas;

Webinairia capturar vídeos;

Álbuns fotos salvar fotos e imagens interessantes;

Instruções novas instruções para a atividade.

Avaliação:

Os alunos deverão utilizar o Prezi para registrar o que mais acharam importante para fazer uma

apresentação final (que poderá ser apresentada em grupos de até 05 componentes), da atividade e

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

responder as questões que serão postadas pelos professores. Os professores realizarão a avaliação da

participação, das postagens e apresentação final.

OBS:

A linguagem à ser utilizada é a formal;

Respeitar as regras de segurança na rede;

Utilizar as regras de Netiqueta.

Será disponibilizado no e-mail de cada participante os tutoriais para melhor aproveitamento de

possibilidades dos recursos indicados.

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM NÃO FORMAL

recursos indicados. ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM NÃO FORMAL Tema da Atividade: A copa do Mundo no Brasil

Tema da Atividade: A copa do Mundo no Brasil

Justificativa:

A Copa ou Campeonato do Mundo FIFA de 2014 será a vigésima edição

do evento e será realizado no Brasil. É a segunda vez que este torneio é realizado no país, depois da

Copa do Mundo FIFA de 1950. A competição será disputada entre 12 de junho e 13 de julho2 e ocorrerá

pela quinta vez na América do Sul, a primeira após 36 anos já que a Argentina acolheu o evento em

1978.

O Brasil foi a última sede de Copa do Mundo escolhida através da política de rodízio de continentes

implementada pela FIFA, iniciado a partir da escolha da Copa do Mundo FIFA de 2010, na África do Sul.

A tiltulo de enriquecer nossos conhecimentos e por solicitação dos alunos, sentimos a necessidade de

realizar concomitante ao desenvolvimento de nossos conteúdos, atividade relativa ao campeonato.

Objetivo:

Proporcionar aos nossos alunos um espaço de coaprendizagens sobre o campeonato mundial de futebol,

onde todos também poderão postar sua opinião sobre os jogos.

Desenvolvimento:

Esta atividade será realizada no período de 01/06/2014 a 15/07/2014 na página institucional da escola

onde será criado um grupo fechado específico para a atividade. Os participantes deverão ser aprovados

por professores e/ou alunos.

Os professores participarão apresentando sugestões para os debates e pesquisas, como por exemplo:

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Profs. de Geografia Quais os Países e posição geográfica?

Onde serão realizados os jogos?

Profs. de Português Qual os idiomas falados nos países que disputação a copa?

Profs. de Ciências Quais as dietas solicitadas pelas seleções?

Profs. de Educ. física Pesquisar sobre as regras dos jogos.

Profs. de História Pesquisar sobre as copas anteriores, onde foram realizadas e qual a seleção

vencedora.

Profs. de Matemática Construir gráficos, tabela dos jogos e fazer contabilização de gols,

independentemente de qual seleção.

Profs. de Educ. Artística Fazer um álbum com imagens dos Mascotes das seleções.

Profs. de Inglês - pesquisar sobre palavras novas que aparecerão durante a copa em inglês e você ainda

não conhecia. Os alunos e professores poderão contribuir também com mais sugestões de recursos que

possam enriquecer a atividade no decorrer da mesma.

Recursos:

Grupos fechado compartilhar, interagir em projetos de interação, disponível somente para membros

do grupo;

Calendar calendários online;

Mathematical utilização de fórmulas;

Slideshare compartilhar apresentações, documentos, fotos e outros conteúdos;

Bate papo trocar ideias e informações para a atividade;

Word cat fazer pesquisas e partilhar fontes;

Quiz Monster montar questionários;

Notely organizar documentos e notas;

Webinairia capturar vídeos;

Álbuns fotos salvar fotos e imagens interessantes;

Instruções novas instruções para a atividade.

Avaliação:

Os alunos deverão construir um e-portefolio para registrar o que considerarem mais importante postar

no facebook durante a atividade e enviar o link para o e-mail do professor regente a sua turma.

OBS:

A linguagem à ser utilizada é a formal;

Respeitar as regras de segurança na rede;

Utilizar as regras de Netiqueta;

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Será disponibilizado no e-mail de cada participante os tutoriais para melhor aproveitamento de

possibilidades dos recursos apresentados.

ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM INFORMAL

recursos apresentados. ATIVIDADE DE APRENDIZAGEM INFORMAL Tema da Atividade: A copa do Mundo no Brasil Justificativa:

Tema da Atividade: A copa do Mundo no Brasil

Justificativa:

As redes sociais configuram-se num espaço totalmente propício à

educação informal, pois proporcionam recursos e serviços virtuais

que facilitam a interação, socialização, partilha e construção colaborativa de conhecimentos. Sugerimos

a criação de grupo de discussão na página institucional da escola onde será criado um grupo específico

para, contatos, construção de conhecimentos, debates e postagens sobre a Copa do Mundo de Futebol,

pois o tema já aparece em todas as salas de aula e estamos em contagem regressiva para copa do

mundo, torna-se interessante adquirir conhecimentos sobre o referido campeonato.

O Brasil foi escolhido pela FIFA para sediar o campeonato. A escolha foi divulgada no dia 31 de maio de

2009 e gerou muita alegria e comemoração popular no Brasil. Os jogos da Copa de 2014 ocorrerão entre

os dias 13 de junho (jogo de abertura) e 13 de julho (partida final).

Objetivo:

Proporcionar para a nossa comunidade escolar um espaço de coaprendizagens, colaboração e partilha

de conhecimentos sobre a Copa Mundial de Futebol 2014.

Desenvolvimento:

Esta atividade será realizada no período de 01/06/2014 a 15/07/2014 na página institucional da escola

onde será criado um grupo aberto para toda a comunidade escolar, específico para a atividade. Além das

pesquisas na internet, os alunos poderão entrar em contato com parentes, especialistas e demais

pessoas que curtirem a página, para saber mais sobre o campeonato. Os professores poderão participar

com sugestões, desafios e orientações do debate. Todos poderão ainda colaborar com sugestões de

novos recursos e possibilidades de pesquisa e ferramentas.

Sugestão de recursos :

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Grupo de estudos compartilhar, interagir em projetos de interação, disponível somente para membros

do grupo;

Calendar calendários online;

Mathematical utilização de fórmulas;

Slideshare compartilhar apresentações, documentos, fotos e outros conteúdos;

Bate papo trocar ideias e informações para a atividade;

Word cat fazer pesquisas e partilhar fontes;

Quiz Monster montar questionários;

Notely organizar documentos e notas;

Webinairia capturar vídeos;

Álbuns fotos salvar fotos e imagens interessantes;

Instruções novas instruções para a atividade.

Avaliação:

Será realizada através do acompanhamento do desempenho através de participação com postagens,

curtidas, compartilhamentos e comentários.

OBS:

A linguagem à ser utilizada é a formal;

Respeitar as regras de segurança na rede;

Utilizar as regras de Netiqueta.

Será disponibilizado no e-mail de cada participante os tutoriais para melhor aproveitamento de

possibilidades dos recursos sugeridos.

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Conclusão

Com este trabalho podemos constatar que as redes sociais têm uma grande importância no quotidiano das pessoas, principalmente a nível escolar. Atualmente todos os alunos e jovens utilizam as redes sociais como meio de comunicação.

Com as comunidades virtuais há novas aprendizagens que são feitas a partir dos diálogos, de reflexões, debates, trocas de informações ou ideias sobre as próprias experiências. A comunidade virtual aprende por si só através de todos estes meios mas de uma forma involuntária e vai assimilando informações.

O Facebook é uma das redes sociais mais utilizadas e é por isso que o professor tem que saber enquadrar as suas aulas com as redes sociais para poder motivar e apelar ao interesse dos seus alunos.

Através do Facebook, se o professor criar uma página, o aluno vai sentir muito mais motivação pelo trabalho a realizar pois estará familiarizado com o meio e método de trabalho. Os alunos não verão certas atividades como obrigação mas sim com satisfação.

Dessa forma, as redes sociais podem contribuir para a mobilização dos saberes, o reconhecimento das diferentes identidades e a articulação dos pensamentos que compõem a coletividade. Por isso é possível a escola fazer uso dessas redes sociais levando em consideração as intervenções intencionais dos professores, que podem funcionar como agentes capazes de contribuir para o aprofundamento das temáticas discutidas nesses espaços e orientar as discussões, auxiliando no aprofundamento dos temas, na síntese de ideias, no levantamento de aspetos significativos e nos secundários, na análise crítica dos dados.

Dessa forma, as redes sociais podem contribuir para a mobilização dos saberes, o reconhecimento das diferentes identidades e a articulação dos pensamentos que compõem a coletividade. Por isso é possível a escola fazer uso dessas redes sociais levando em consideração as intervenções intencionais dos professores, que podem funcionar como agentes capazes de contribuir para o aprofundamento das temáticas discutidas nesses espaços e orientar as discussões, auxiliando no aprofundamento dos temas, na síntese de ideias, no levantamento de aspetos significativos e nos secundários, na análise crítica dos dados.

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

REFERÊNCIAS

Mason, Robin & Rennie, Frank (2008). E-Learning and Social Networking Handbook. New York: Routledge.

Maria da Glória Gohn Ensaio: aval.pol.públ.Educ. vol.14 no.50 Rio de Janeiro Jan./Mar. 2006 Retirado de:

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362006000100003 em

30/05/2014

http://www.teachthought.com/technology/100-ways-to-use-facebook-in-education-by-

category/

http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000092006000100034&script=sci

_arttext

FACEBOOK - Potencialidades Em Contextos Virtuais De Aprendizagem

Informações de contato

CÂNDIDA RODRIGUES

MESTRANDA EM COMUNICAÇÃO EDUCACIONAL MULTIMÉDIA

ELISE CAETANO

MESTRANDA EM COMUNICAÇÃO EDUCACIONAL MULTIMÉDIA

Mª CRISTINA M. PEREIRA

MESTRANDA EM COMUNICAÇÃO EDUCACIONAL MULTIMÉDIA

PEREIRA MESTRANDA EM COMUNICAÇÃO EDUCACIONAL MULTIMÉDIA candrodrigues@hotmail.com elisecarlota@hotmail.coml

candrodrigues@hotmail.com

EDUCACIONAL MULTIMÉDIA candrodrigues@hotmail.com elisecarlota@hotmail.coml Universidade Aberta Orientadora:

elisecarlota@hotmail.coml

Universidade Aberta

Orientadora: Daniela Melaré

elisecarlota@hotmail.coml Universidade Aberta Orientadora: Daniela Melaré tinaper.pereira@gmail.com Página18

tinaper.pereira@gmail.com