Você está na página 1de 2

Física e Química A – Ano 2

Curso Científico - Humanístico de Ciências e Tecnologias


Movimentos na Terra e no Espaço: Da Terra à Lua

ESCOLA SECUNDÁRIA DA QUINTA DAS FLORES


AL1.4. Satélite Geoestacionário

NOME: __________________________________________________________________________________________________ 11.º Ano Turma B N.º ______

Questão Problema: Será que a velocidade de um satélite depende da sua massa?


Objectivos:
 Relacionar a aceleração do movimento circular e uniforme com a velocidade angular e o raio da
trajectória.
 Explicar a razão pela qual um satélite em orbita circular em torno da terra tem uma velocidade
orbital independente da sua massa.

Material:
 Gira discos
 CBL 2
 Acelerómetro
 Calculadora gráfica

Procedimento:

1. Variar a velocidade angular ( ), mantendo constante o raio da trajectória

 Ligar o acelerómetro ao canal 1 do CBL 2 e colocar este numa posição central de modo a que o
prato do gira - discos se desequilibre o mínimo possível, para minimizar a vibração.

 Colocar o acelerómetro numa posição o mais afastada possível do centro e com a seta que indica o
sentido da força, direccionada para o centro.

 Com a calculadora ligada ao CBL 2, começar por fazer: APPS  DATA MATE  SET UP 
MODE  TIME  TIME GRAPH  CHANGE TIME:
Intervalo de tempo: 1 s
Nº de amostras: 45
Total de amostras: 45

ADVANCED  CHANGE  MANUAL  OK  OK  OK  START e desligar a calculadora do CBL 2.

 Simultaneamente premir START no CBL 2 e levantar o braço do gira - discos em 45 rpm, deixando
girar alguns segundos (± 20 s) e sem parar, mudar para 33 rpm no tempo restante.

 Quando se ouvir um sinal sonoro (final do tempo programado) ligar novamente o CBL 2 à
calculadora, ENTER  TOOLS  RETRIEVE DATA.

 Agrupar as listas L1 e L2 e guardar.

 Analisar o gráfico a = f (t) para diferentes valores de  e registar no caderno diário.

2. Variar raio da trajectória (r), mantendo  constante.


 Ligar o gira - discos em 33 rpm e na calculadora proceder como em 1. Iniciar com o acelerómetro
numa posição mais central e depois numa posição a mais afastada possível do centro. Quando se
ouvir o sinal sonoro ligar novamente a calculadora ao CBL, ENTER  TOOLS  RETRIEVE
DATA.

Ano Lectivo 2009/2010 Catarina Santos


Física e Química A – Ano 2
Curso Científico - Humanístico de Ciências e Tecnologias
Movimentos na Terra e no Espaço: Da Terra à Lua

 Agrupar as listas L1 e L2 e guardar: 2nd  MEM  GROUP  CREATE NEW  DAR O NOME
 LIST  SELECCIONAR L1 E L2  DONE
 Analisar o gráfico a = f (t) para diferentes valores de raio da trajectória e registar no caderno
diário.

3. Variar a massa (m), mantendo  e o raio da trajectória constantes

 Colocar o gira discos em 45 rpm e o acelerómetro na posição mais afastada do centro. Iniciar, e
mais ou menos a 20 s, colocar uma massa sobre o CBL 2. Quando se ouvir o sinal sonoro ligar
novamente a calculadora ao CBL, ENTER  TOOLS  RETRIEVE DATA

 Agrupar as listas L1 e L2 e guardar: 2nd  MEM  GROUP  CREATE NEW  DAR O NOME
 LIST  SELECCIONAR L1 E L2  DONE
 Analisar o gráfico a = f(t), para diferentes valores de m e registar no caderno diário.

Questões pós - laboratoriais:

1- Depois de analisar os gráficos obtidos estabelecer a relação entre a aceleração centrípeta e cada uma
das grandezas (, r e m).

2- O movimento de um satélite geostacionário tem características bem definidas: o seu período é de 24


horas e a altitude é de 35880 km. A velocidade orbital dependerá da sua massa? Justifique.

BOM TRABALHO!

Ano Lectivo 2009/2010 Catarina Santos