Você está na página 1de 17

HEPATITES

Prof. Fernando Ananias

HEPATITE = DISTÚRBIO INFLAMATÓRIO DO FÍGADO

HEPATITE = DISTÚRBIO INFLAMATÓRIO DO FÍGADO
Hepatites virais: agentes etiológicos

Hepatites virais: agentes etiológicos

TT G E D C B A Vírus hepatotrópicos
TT
G
E
D
C
B
A
Vírus
hepatotrópicos
Herpes vírus

Herpes vírus

EBV

CMV

Enterovírus Adenovírus Febre amarela

Herpes vírus EBV CMV Enterovírus Adenovírus Febre amarela
 

HEPATITES VIRAIS

 
 

TIPOS

 
 

A

B

C

D

E

Fonte

Fezes

Sangue e

Sangue e

Sangue e

Fezes

derivados

derivados

derivados

Via de

Feco-

Percutânea

Percutânea

Percutânea

Feco-

transmissã

Oral

Permucosa

Permucosa

Permucosa

Oral

o

Infecção

não

sim

sim

sim

não

crônica

Prevenção

Imunização pré & pós exposição

Imunização pré & pós exposição

Triagem doação

Imunização pré & pós exposição

Garantia da

primária

de sangue

ingestão de

água

     

tratada e

Lavagem

de mãos

Modificação comportame ntos de risco

alimentos

Modificação comportamento s de risco

Modificação comportamento s de risco

correta//

processado

   

s

Hepatite A

Hepatite A

Diagnóstico de hepatite A:

Diagnóstico de hepatite A: IgM – VHA: infecção aguda IgG – VHA: contacto com o vírus

IgM – VHA: infecção aguda IgG – VHA: contacto com o vírus PCR- VHA: infecção aguda Hepatite A prolongada- associação com HLADRB1*1301

FainboimFainboim etet al.,al.,

HepatologyHepatology 2001;33:15122001;33:1512

HepatitesHepatites ViraisVirais

Vírus A

VVíírusrus RNA.RNA. FamFamíílialia picornaviruspicornavirus TransmissãoTransmissão fecalfecal--oral.oral. PresenPresenççaa dodo vvíírusrus nasnas fezes.fezes. PerPerííodoodo dede incubaincubaççãoão 1515 aa 4545 dias.dias. NãoNão cronificacronifica PodePode serser maismais complicadacomplicada emem adultos.adultos.

EVENTOS DA INFECÇÃO PELO HAV FONTE: Pereira & Gonçalves (2003)

EVENTOS DA INFECÇÃO PELO HAV

EVENTOS DA INFECÇÃO PELO HAV FONTE: Pereira & Gonçalves (2003)

FONTE: Pereira & Gonçalves (2003)

EVOLUÇÃO DA HEPATITE A

EVOLUÇÃO DA HEPATITE A FONTE: Pereira & Gonçalves (2003)

FONTE: Pereira & Gonçalves (2003)

PREVENÇÃO

PREVENÇÃO • A prevenção inclui a utilização de água fervida ou clorada, e consumo de alimentos
PREVENÇÃO • A prevenção inclui a utilização de água fervida ou clorada, e consumo de alimentos

• A prevenção inclui a utilização de água fervida ou clorada, e consumo de alimentos cozidos

de água fervida ou clorada, e consumo de alimentos cozidos • Deve-se lavar as mãos com

• Deve-se lavar as mãos com água e sabão antes das refeições

• Vacinação (pré-exposição)

DIAGNÓSTICO DA HEPATITE A

A confirmação é feita através de exames sorológicos Detecção da presença de anticorpos IgM, que já podem ser detectados a partir do 7º dia do início dos sintomas IgG + 1-3 semanas depois:

sugere infecção prévia ou vacinação

a partir do 7º dia do início dos sintomas IgG + 1-3 semanas depois: sugere infecção

HepatitesHepatites ViraisVirais

Vírus B

Hepatites Hepatites Virais Virais Vírus B ∑ ∑ ∑ ∑ V V í í r u

VVíírusrus DNA.DNA. FamFamíílialia HepadnaviridaeHepadnaviridae

∑∑∑∑Envelope:Envelope: HBsAgHBsAg

Core:Core: HBcAgHBcAg,, HBeAgHBeAg

Diagnóstico Sorológico:

AnticorposAnticorpos antianti--HAVHAV

antianti--HAVHAV IgMIgM :: positivapositiva--sese nono ininííciocio dodo quadroquadro clclíínico,nico, permanecepermanece positivopositivo porpor umauma mméédiadia dede 33--66 mesesmeses (30(30--420420 dias).dias).

antianti--HAVHAV IgGIgG:: indicaindica infecinfecççãoão pregressapregressa ouou respostaresposta vacinal.vacinal. SoroprevalênciaSoroprevalência aumentaaumenta comcom aa idade.idade.

PerPerííodoodo dede incubaincubaçção:ão: 6060 aa 180180 dias.dias.

TransmissãoTransmissão parenteral,parenteral, sexualsexual ee vertical.vertical.

CronificaCronificaççãoão dede acordoacordo comcom idadeidade ee modomodo dede transmissão:transmissão: 90%90% emem neonatosneonatos ee 10%10% casoscasos emem adultosadultos

Diagnóstico Sorológico HBsAg e e anti-HBS HBcAg e e anti-HBc (IgG /total) HBeAg e e

Diagnóstico Sorológico HBsAg ee anti-HBS HBcAg ee anti-HBc (IgG /total) HBeAg ee anti-HBe

Infecção aguda: HBsAg e anti-HBc IgM

HBsAgHBsAg:: jjáá estestáá positivopositivo nono perperííodoodo dede incubaincubaçção.ão. DeveDeve sese negativarnegativar antesantes dodo 66ºº mêsmês

antianti--HBcHBc IgMIgM :: positivapositiva--sese nono ininííciocio dodo quadroquadro clclííniconico ee permanecepermanece porpor ±± 66 mesesmeses

Seguimento da infecção aguda

HBsAg, HBeAg e anti-HBe apapóóss 6060 ouou 9090 dias.dias.

PersistênciaPersistência dodo HBsAg e HBeAg tendênciatendência

aa

cronicidadecronicidade

ManutenManutenççãoão dessedesse perfilperfil apapóóss 66 mesesmeses indica:indica:

portadorportador crônicocrônico

Nos pacientes que se curam:

HBsAg ficafica negativonegativo

anti-HBc IgG (total) éé positivopositivo

anti-HBs éé positivopositivo -- ImunidadeImunidade

Candidatos à vacina: melhor triagem anti-HBc total

Negativo == suscetsuscetíívelvel

Positivo == testartestar HBsAgHBsAg -- antianti--HBsHBs

vacinarvacinar

HepatiteHepatite BB AgudaAguda

Hepatite Hepatite B B Aguda Aguda

HepatiteHepatite BB CrônicaCrônica

Hepatite Hepatite B B Crônica Crônica

Marcador/condiMarcador/condiççãoão

HBsAgHBsAg

HBeAgHBeAg

aHBcIgMaHBcIgM

antianti--HBeHBe

antianti--HBcHBc

antianti--HBsHBs

clclíínicanica

IgGIgG (total(total))

FaseFase agudaaguda comcom viremiaviremia

++

+

+

+

+

--

++

--

FaseFase agudaaguda c/c/ provprováávelvel evoluevoluççãoão p/curap/cura

++

--

+

+

+

+

+

+

--

FaseFase dede infecinfecççãoão crônicacrônica

+

+

+/--

+/

+/+/-- a a

+/-- +/ b b

+

+

--

IndivIndivííduosduos vacinadosvacinados

--

--

--

--

--

++

InfecInfecççãoão pregressapregressa

--

--

--

+/+/--

+

+

+

+

+positivo,+positivo, --negativo,negativo, +/+/-- podepode serser detectadodetectado aa-- podepode serser positivopositivo emem 1010--15%15% dosdos pacientespacientes comcom reativareativaççãoão dada infecinfecçção,ão, bb-- pacientespacientes crônicoscrônicos usualmenteusualmente possuempossuem HBeAgHBeAg ouou antianti--HBeHBe detectdetectáável.vel.

RESUMO MARCADORES HEPATITE B

Marcadores de infecção aguda:

HBsAg

Anti-HBc IgM

Marcadores para acompanhar a evolução (avaliar a infectividade e prognóstico):

HBsAg HBeAg Anti-HBe

Marcadores para controle de cura:

HBsAg

Anti-HBs

Marcadores em estudos epidemiológicos:

HBsAg

AntiHBc IgG

Anti-HBs

Marcador nas imunizações:

Anti HBs

HepatitesHepatites ViraisVirais

Vírus C

VVíírusrus RNA,RNA, envelopadoenvelopado FamFamíílialia flaviviridaeflaviviridae

TransmissãoTransmissão parenteral,, sexual,sexual, perinatalperinatal

PerPerííodoodo dede incubaincubaççãoão 4040 -- 9090 dias.dias.

MaioriaMaioria dosdos casoscasos (50(50--70%)70%) evoluemevoluem parapara formasformas crônicas.crônicas.

Maioria dos dos casos casos (50 (50 - - 70%) 70%) evoluem evoluem para para formas
DIAGNÓSTICO DA HEPATITE C • ELISA- teste sorológico, que é usualmente + em 2-5 meses

DIAGNÓSTICO DA HEPATITE C

• ELISA- teste sorológico, que é usualmente + em 2-5 meses após a infecção

• Hoje: Testes com 99% especificidade e sensibilidade

• Testes confirmatórios:

– PCR (+1-2 semanas PI) quanti- e qualitativo

– RIBA (recombinant immunoblot assay)- busca 2 ou + anticorpos aos antígenos do HCV viral antigens

• Antes do tratamento fazer a genotipagem

Anti-HCV Elisa 3a. geração

Falsos-negativos

Hepatite C aguda

Imunodepressão

(transplante,

AIDS )

Falsos-positivos

Alcoólatras

Doenças

autoimunes

Falsos-negativos Hepatite C aguda Imunodepressão (transplante, AIDS ) Falsos-positivos Alcoólatras Doenças autoimunes

HepatitesHepatites ViraisVirais

Vírus D

VVíírusrus RNARNA defectivo.defectivo. ReplicaReplicaççãoão dependedepende dada presenpresenççaa dodo HBVHBV ((HBsAgHBsAg).).

TransmissãoTransmissão semelhantesemelhante aoao HBV.HBV.

NoNo Brasil,Brasil, apenasapenas nono Amazonas.Amazonas.

Diagnóstico Sorológico: antianti--HDVHDV (total)(total)

IndicaIndicaçção:ão:

HBsAgHBsAg positivopositivo -- sinaissinais ouou sintomassintomas dede hepatitehepatite aguda/crônicaaguda/crônica -- regiõesregiões altoalto riscorisco parapara hepatitehepatite D.D.

CoCo--infecinfecçção:ão:

DoenDoenççaa agudaaguda gravegrave -- BaixoBaixo riscorisco dede cronificacronificaççãoão -- antianti--HBcHBc IgMIgM positivo.positivo.

SuperinfecSuperinfecççãoão::

OcorreOcorre cronificacronificaççãoão dodo HDVHDV -- AntiAnti--HBcHBc IgMIgM negativonegativo

HepatitesHepatites ViraisVirais

Vírus E

VVíírusrus RNA.RNA. TransmissãoTransmissão fecalfecal--oral.oral.

PerPerííodoodo dede incubaincubaççãoão 1515 aa 6565 dias.dias.

NãoNão cronificacronifica

Diagnóstico Sorológico:

AnticorposAnticorpos antianti--HEVHEV antianti--HEVHEV IgM : fasefase agudaaguda dada doendoenççaa antianti--HEVHEV IgG: indicaindica infecinfecççãoão pregressa.pregressa.

****** DoenDoenççaa apresentaapresenta resoluresoluççãoão apapóóss 22 aa 66 semanas.semanas.