Você está na página 1de 8

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos
que a Literatura Desafios. Acções a
Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
identifica implementar

-Duas das 3 - falta de formação em - Fazer mais formação -Falta de -Formação contínua.
Competências do professor - deve conhecer os professoras TIC, `a velocidade a em TIC entendimento sobre
bibliotecário diferentes tipos de bibliotecárias tem que evoluem. a natureza e - Tornar mais visível
utilizador da sua formação dimensão do papel como
BE. especializada em - resistências dos do professor se torna hoje
Ciências utilizadores sobre a -bibliotecário imprescindível uma BE
- Ter formação Documentais necessidade de ajuda -pouco para termos uma escola
pedagógica. do professor investimento com sucesso educativo
bibliotecário nas financeiro - a BE e uma sociedade mais
-capacidade de técnicas de pesquisa. ser vista como um desenvolvida.
desenvolver ideias desperdício de
para programas de fundos; -reforçar as parcerias
literacia. -falta de apoio `a com entidades
função do externas.
-Competências de professor
investigação e de --bibliotecário -maior articulação com
inovação. - incapacidade de outras bibliotecas do
perceber o papel agrupamento;
- competências nas fundamental que a
TIC o mais BE tem no sucesso - continuação do
actualizadas educativo, por trabalho no grupo de
possíveis para parte dos que tem trabalho concelhio.
acompanhar os poder de decisão,
utilizadores ou ser o pelos professores,
seu mentor. pelos alunos e
Conhecimento na área Biblioteca escolar

pelos Encarregados
-capacidade para
de Educação.
auto-avaliação
constante, estar
atento e ter uma
- não ter tempo
cultura de
para se actualizar
investigação e
nas novas
aprendizagem
tecnologias.
contínua.

- Duas das 3
-Completar a
- Gerir o orçamento professoras
catalogação, indexação
de forma a manter a bibliotecárias tem
- Catalogação pelo e classificação do
qualidade do formação
Porbase muito fundo documental
serviço. especializada em
incompleta.
Organização e Gestão da BE Ciências
-Actualização da Documentais
-a requisição
formação do pessoal
domiciliária não ser
ao serviço na BE. - Assistente
ainda informatizada;
operacional
com experiência
na BE.
- Apetrechar a BE - Progressiva -reduzido orçamento -verbas do PNL e da -definir orçamento
Gestão da Colecção estando atento `as sensibilidade da RBE seguindo uma politica
necessidades do gestão da escola para orçamental definida a
currículo e `as o aumento da médio prazo.
solicitações do atribuição anual de
utilizador. verbas.

- o prof./bib deve -Criação da RBE


procurar novas e do PNL.
experiências de
aprendizagem,
Conhecimento na área Biblioteca escolar

ferramentas e
materiais para as
necessidades dos
seus utilizadores,
antecipando as suas
solicitações e até
sugerindo novas
experiências.

A BE como espaço de - Ensinar os -Grande afluência de - espaço com 30 anos, -a escola concorreu na - maior articulação
conhecimento e aprendizagem. caminhos para alunos revela que este a necessitar de obras, RBE a atribuição de com os departamentos
Trabalho colaborativo e transformar sector é atractivo, com área reduzida para verba para essas obras. curriculares e
articulado com Departamentos informação em pelas valências que o desenvolvimento das Aguarda decisão da respectivos professores
e docentes. conhecimento, oferece e que vão ao actividades nos RBE.
num ambiente encontro do gosto dos diferentes espaços
construtivo e de alunos. funcionais da BE;
investigação.

- “Fornecer a -pouco sistemática -maior divulgação do


oportunidade de dar articulação entre os catálogo .
a melhor informação departamentos
para as pessoas curriculares e a
tornarem as suas biblioteca;
vidas mais
construtivas e
independentes” -Imprescindível uma -solicitar aos
(Todd) colaboração mais professores reuniões
estreita do corpo para divulgar o
-a aprendizagem docente na divulgação catálogo e listas
centrada na acção das actividades de bibliográficas que
para a construção e animação da poucos conhecem.
compreensão do Biblioteca, bem como
Conhecimento na área Biblioteca escolar

um melhor
conhecimento dos
recursos pedagógicos
disponíveis até para
uma orientação mais
conhecimento
adequada dos trabalhos
humano.
de investigação e
pesquisa solicitados
aos alunos;
-as práticas da BE
serem capazes de
- resistência dos
fazer uma diferença
professores sobre a
real nas
necessidade de
aprendizagens e
colaboração do
sucesso dos alunos.
professor
--bibliotecário na
planificação das
actividades lectivas e
na construção do
currículo.
Formação para a leitura e para - Desenvolver -Elevado nº de a -Formação de - sessões de formação - vias mais eficazes de
as literacias diferentes requisições utilizadores pouco na pesquisa difusão do fundo
actividades para a domiciliarias e sistematizada; bibliográfica.. documental ao corpo
promoção da leitura empréstimos para as docente e alunos;
domiciliária, na sala aulas. –
de aula e na BE . - Actividades - implementar um
regulares com os maior número de
-desenvolver utilizadores actividades ligadas ao
competências de -concursos; encontros Plano Nacional de
leitura e escrita. com escritores Leitura ;
;exposições
documentais,
temáticas e das -promover maior
Conhecimento na área Biblioteca escolar

numero de actividades
de formação de
utilizadores;
-implementar um
novidades; promoção
maior número de
do livro.
actividades ligadas ao
-leitura na sala de
Plano Nacional de
aula dos livros do
Leitura ;
PNL.
-programa de
itinerância nos
Jardins de Infância e
1º ciclo.

BE e os novos ambientes - A escola recebeu o - Não existência de -criar um blogue ou


digitais. -Profundo Plano Tecnológico, uma página Web da página Web da BE;
desenvolvimento da ficando a biblioteca biblioteca.
informação com 4 computadores - Fornecer aos alunos
disponível nas TIC. e mais 28 - embora se ferramentas para
(grande desafio). computadores na sala considerem ,muitas pesquisa critica na
anexa, que também vezes, especialistas na WEB(guiões)
funciona como sala matéria,, os alunos ao
- desenvolver o de aula. acederem `a Internet,
conhecimento nas não sabem filtrar a
novas tecnologias da informação e não a
informação e o seu seleccionam
uso como facilitador analiticamente
de aprendizagens. tendendo para o plagio
, não construindo um
- promover a conhecimento mais
aquisição de profundo “num
Conhecimento na área Biblioteca escolar

ferramentas na
leitura crítica da
informação da processo pessoal
WEB. activo” que expandisse
o seu conhecimento ,
alargando-o a novas
expectativas.
(Kuhlthan/Todd)

.
-implementar
- actividade - trabalho estatístico -quando a catalogação
inquéritos aos
sistemática de feito com - todas as requisições no Porbase estiver
Gestão de evidências/ utilizadores.
recolha de regularidade. – são feitas concluída as
avaliação. -aferir da qualidade do
evidências sobre os registos das manualmente requisições serão
serviço prestado pela
serviços da BE. requisições e informatizadas.
BE.
inquéritos .
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

A biblioteca do Século XXI , - A BE exerce um grande poder atractivo -Trabalho pouco sistemático com os -Reunir com os diferentes Departamentos.
segundo Todd, vive num para os alunos, principalmente na utilização Departamentos Curriculares.
contexto informativo muito das novas tecnologias. - Angariação de verbas junto `a comunidade
diferente do passado –e´ - A presença no C. Pedagógico proporciona -Falta de verbas para adquirir documentos. escolar e local.
complexo ,diverso, fluído ao professor bibliotecário a possibilidade de
,interactivo, não está confinado mudar as perspectivas da escola em relação - Falta de recursos humanos com formação -Formação no Porbase, na Biblioteca
`as colecções físicas, ao local, ao papel da BE no desenvolvimento do especifica – nomeadamente no Porbase. Municipal.
ao tempo nem a fronteiras sucesso dos seus alunos.
nacionais. E´ um desafio -Divulgação do trabalho da BE.
complexo e de potencial
confronto, mas também uma
oportunidade de procurar o
caminho do futuro.

A BE constrói-se como um
espaço do conhecimento (não o
lugar da informação) e e´
importante que nela cresça uma
filosofia de aprendizagem.

-ensinar aos alunos “como


utilizar e interagir com a rica
informação mundial para
compreenderem melhor o
mundo `a sua volta, pensarem
sobre os assuntos e tomarem as
suas decisões para sustentarem
e enriquecerem as suas próprias
vidas.”(Todd)
Conhecimento na área Biblioteca escolar