Você está na página 1de 55

MICROBIOLOGIA – PRII

Profº Cláudio Gladston


DATA NOTA

ALUNO: _______________________________________________________________

1. Sobre a hemólise em estreptococos, é correto afirmar:


a) o tipo beta é uma hemólise total.
b) tipo alfa é uma hemólise total.
c) tipo gama é uma hemólise.
d) não há produção de hemolisina nesta bactéria.
e) NDR.

2. A uma amostra de coco Gram positivo adicionou-se uma gota de peróxido de


hidrogênio (H2O2). Observou-se a formação de bolhas. Submeteu-se a amostra ao teste
de coagulase e o resultado foi positivo. Pela descrição e resultados dos testes acima,
podemos afirmar que o microrganismo em questão é um:
a) Streptococcus pneumoniae
b) Enterococcus faecalis
c) Staphylococcus aureus
d) Staphylococcus epidermidis
e) Streptococcus pyogenes

3. As bactérias são classificadas em Gram positivas ou Gram negativas de acordo com a


quantidade de certas substâncias presentes na sua parede. As Gram negativas possuem
como característica peculiar:
a) alta quantidade de mureína
b) baixa quantidade de lipídios
c) alta quantidade de ribossomos
d) baixa quantidade de mureína e alta taxa de lipídios (LPS)
e) parede celular

4. A não produção de viscosidade no teste de Gram sem coloração indica que:


a) a bactéria é catalase positiva
b) a bactéria é Gram positiva
c) a bactéria é catalase negativa
d) a bactéria é Gram negativa
e) NDR

5. As bactérias produzem endotoxinas e exotoxinas. Um exemplo de cada uma


delas é:
a) Ácido hialurônico e hialuronidase
b) Lipopolissacarídeos (LPS) e enterotoxinas
c) Toxina alfa e toxina beta
d) Estreptoquinase e estafiloquinase
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
e) Catalase e coagulase

6. Sobre a estrutura antigênica em estreptococos, é correto afirmar:


a) na cápsula ocorre o antígeno S.
b) na cápsula ocorre a presença de hialuronidase.
c) na parede celular ocorre o ácido hidroteicóico.
d) não há antígenos capsulares nesta bactéria.
e) NDR.

7. A enterotoxina do Staphylococcus aureus


a) afeta os reflexos do sistema nervoso
b) produz diarréia
c) produz ataques repetidos de vômitos
d) todas as respostas acima
e) N.D.R.

8. São consideradas doenças estafilocócicas decorrentes da atividade de


toxinas:
a) Síndrome do Choque Tóxico e artrite séptica
b) Síndrome da Pele Escaldada e empiema
c) Osteomielite e artrite séptica
d) Síndrome do Choque Tóxico e Síndrome da Pele Escaldada
e) N.D.R.

9. O gênero Staphylococcus e o gênero Streptococcus são considerados


respectivamente:
a) cocos Gram positivos dispostos aos pares
b) bacilos Gram negativos dispostos em cachos
c) cocos Gram positivos anaeróbios facultativos
d) cocos Gram negativos catalase negativa
e) N.D.R.

10. Assinale V para as assertivas verdadeiras e F para as falsas:


a) (F ) a estreptoquinase ajuda os estafilococos a quebrarem os coágulos
sanguíneos.
b) (V) alguns estreptococos e estafilococos são capazes de destruir as células
brancas do sangue secretando leucocidina.
c) (F ) A coagulase é uma enzima que destrói o colágeno nos tendões e nas
cartilagens.
d) (V) As complicações após algumas infecções por estreptococos incluem a
febre reumática e a glomerulonefrite crônica.
e) (F ) A hialuronidase é capaz de quebrar as fibrinas.

11. Com relação as dermatofitoses marque V ou F:


a) (V ) Dermatofitoses se referem a certas infecções fúngicas da pele e seus
anexos.
b) (V) Dermatófitos são grupo de fungos filamentosos com afinidade particular para as
camadas superficiais queratinisadas do tegumento do homem e dos animais.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
c) (V) O conhecimento do habitat dos fungos patogênicos para o homem, é de
grande importância para a compreensão da epidemiologia e a prevenção da
doença.
d) (V) Os dermatófitos encontram-se: no solo (geofílicos), nos animais
(zoofílicos), e no próprio homem (antropofílicos).
e) (V) No que se refere às doenças infecciosas, a epidemiologia procura
esclarecer os fatores que concomitantemente com o agente etiológico,
contribuem para que a doença surja.
12. Com relação a Tinea Versicolor marque V ou F:
a) ( V ) A pitiríase versicolor, é uma dermatomicose superficial, muito difundida
em todas as partes do mundo, caracterizada pelo aparecimento de pequenas
manchas bem delimitadas, de coloração variável.
b) ( F ) O aumento da sudorese não é considerado um fator predisponente
para essa micose.
c) ( V ) As condições químicas e físico–químicas da pele favorecem a
implantação e proliferação do fungo Malassezia furfur, agente das lesões.
d) ( V ) As manchas da pitiríase versicolor são de coloração geralmente
amarelada ou parda.
e) ( V ) O método de Porto (1953), consiste em colocar sobre as lesões um
fragmento de fita durex; destacando-se a referida fita, a mesma é presa a uma
lâmina, corada e examinada ao microscópio.

13. Com relação a Paracoccidioidomicose marque V ou F.


a) ( V ) O agente etiológico desta micose é um fungo dimórfico denominado
Paracoccidioides brasiliensis.
b) ( V) O habitat natural do P. brasiliensis é o reino vegetal e o
solo.
c) (V) Na maioria dos casos P. brasiliensis penetra no organismo pelo trato
respiratório.
d) ( V) No tratamento da P. brasiliensis utiliza-se a anfotericina B.
e) (V) A duração do tratamento em casos de
Paracoccidioidomicose, depende não somente do antifúngico
utilizado, mas também do grau de disseminação das lesões e da
capacidade imunitária do doente.

14. Quanto as zoonoses escolha a alternativa incorreta:


a) são doenças de animais transmissíveis ao homem
b) são doenças causadas por patógenos que possuem reservatórios não
humanos
c) são transmitidas ao homem por meio de vetores
d) arenovírus são zoonoses transmitidas pelas fezes de roedores
e) doenças causadas por protozoários não são consideradas zoonoses

15. Analise as assertivas abaixo e marque a opção correta, diante de sua


análise:
I) Os arbovírus, transportados por artrópodes, são transmitidos por mosquitos,
carrapatos ou moscas.
II) A dengue é uma doença não infecciosa, febril, aguda, causada por vírus do
tipo RNA e apresenta quatro sorotipos.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
III) O vírus da dengue só se transmite através da picada dos mosquitos do
gênero Aedes.
IV) Na primoinfecção da dengue por qualquer dos sorotipos, habitualmente o
paciente apresenta uma forma benigna da doença chamada dengue clássica.

a) I, II e III estão corretas


b) III e IV estão corretas
c) II e IV estão corretas
d) Todas estão corretas
e) NDR

16. Infecção do sistema reprodutor apresentando lesão: pápula à vesículosa


à úlcera à formação de crosta.
a) Papiloma venéreo
b) Clamidiose genital
c) Herpes genital
d) Sífilis
e) NDR

17. Assinale a alternativa incorreta com relação à Aids:


a) A transmissão da AIDS se dá pelo sangue e hemoprodutos, sêmen,
transferência transplacentária e diálise.
b) A replicação do vírus HIV ocorre durante todos os estágios da doença.
c) No processo da infecção pelo HIV são consideradas as fases clínicas:
infecção aguda, fase assintomática e fase crônica.
d) A síndrome da imunodeficiência adquirida tem como agentes etiológicos o
HIV 1 e HIV 2 amplamente disseminados no mundo.
e) NDR

18. Não é considerada conseqüência das doenças sexualmente transmissíveis:


a) doença inflamatória pélvica
b) câncer anogenital
c) infecção urinária
d) herpes recorrente
e) NDR

19. DST causada por espiroqueta, caracteriza-se por estágios, podendo ser
transmitida para o feto e diagnóstico inicial pelo VDRL, trata-se de:
a) sífilis
b) gonorréia
c) cancróide
d) AIDS
e) NDR

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
20. Na hepatite aguda o paciente normalmente apresenta icterícia, colúria e
acolia e os principais agentes envolvidos são:
a) Vírus da hepatite B, C e D
b) Vírus da hepatite A, B e D
c) Vírus da hepatite A, C e D
d) Vírus da hepatite A, B e C
e) N.D.R.

21. Qual é o agente viral que NÃO evolui para hepatite crônica:
a) Vírus da hepatite A
b) Vírus da hepatite B
c) Vírus da hepatite C
d) Vírus da hepatite Delta
e) N.D.R.
22. Paciente apresenta quadro de cefaléia, vômitos e rigidez de nuca, com
nível de consciência normal. Seu exame liquórico apresenta 25 células/ml,
com predomínio linfocitário; glicorraquia de 65mg% (glicose sérica de 90mg
%); proteínas de 120mg%; bacterioscopia e cultura normais. Das opções
abaixo, qual a que mais se enquadra com o diagnóstico?

a) Meningite bacteriana;
b) Meningite química;
c) Meningite viral;
d) Encefalite viral;
e) Meningoencefalite viral.

23. Em relação à questão anterior, qual o agente etiológico mais


provavelmente envolvido?
a) Bactéria gram positiva.
b) Bactéria gram negativa.
c) Fungo.
d) Arbovírus.
e) Enterovírus.

24. Podemos citar como principais infecções hospitalares, exceto:


a) Pneumonia
b) Infecções do trato urinário
c) Infecção de sítio cirúrgico
d) Diarréia aguda
e) Infecções respiratórias

25. São considerados critérios diagnósticos das infecções hospitalares,


exceto:
a) Piora de infecção comunitária em paciente hospitalizado e por outro
agente.
b) Infecção associada a procedimentos invasivos (sondas, cateteres).
c) Infecção diagnosticada antes de 72h da admissão e não relacionada a
procedimentos hospitalares.
d) Infecção em recém-nascido de mãe cuja bolsa rompeu há menos de
24h.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
26. Assinale (V) verdadeiro ou (F) falso:
a) ( V ) O isolamento viral em cultura de células é considerado
“padrão-ouro” para o diagnóstico das infecções virais.
b) ( V ) A pesquisa de anticorpos sérica é o método mais utilizado no
diagnóstico das infecções virais e a pesquisa de anticorpos da classe IgM
indica fase aguda da doença.
c) ( F ) Dentre as técnicas sorológicas mais utilizadas em virologia
destacam-se a PCR (reação em cadeia da polimerase).
d) (V ) O HTLV é um retrovírus que está associado ao desenvolvimento
da leucemia de
células T.
e) ( F ) Os vírus podem ou não apresentar capsídio.

27. Enterotoxinas LT(termolábil) e ST(termoestável) são produzidas durante


o processo infeccioso do trato gastrintestinal pela:
a. Escherichia coli enterotoxigênica
b. Escherichia coli enteroinvasora
c. Yersinia enterocolitica
d. Salmonella spp.
e. N.D.R.

28. A “disenteria bacilar” caracterizada por diarréia com muco, pus e


sangue, e que ocorre devido à invasão e destruição da camada epitelial da
mucosa intestinal, é causada por:
a) Shigella spp.
b) Salmonella spp.
c) Escherichia coli enteroinvasora
d) Yersinia enterocolitica
e) N.D.R.

29. Qual o principal componente da parede celular das micobactérias?


a) Proteínas
b) Carboidratos
c) Ácidos graxos
d) Mureína
e) Nenhuma das acima

30. Marque (V) verdadeiro ou (F) falso:


a) ( F ) As bactérias são os principais agentes causadores das infecções
respiratórias localizadas na faringe e amigdalas.
b) ( V ) Nas amigdalites bacterianas é comum o achado de placas
purulentas sobre os pilares amigdalianos.
c) ( V ) Em relação à etiologia bacteriana, o Streptococcus pyogenes é o
mais comum agente encontrado.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
d) ( V ) O Gram da secreção faringo-amigdaliana é de pouco valor no
diagnóstico destas infecções.

31. Em relação à Microbiologia das Infecções do Trato Urinário (ITU) podemos


afirmar, EXCETO:
a) Para o diagnóstico de ITU são obrigatórios os exames de Sumário de urina e
Urinocultura com antibiograma.
b) A principal via de disseminação de patógenos nas ITU é a via ascendente.
c) Bactérias Gram positivas são os microorganismos mais freqüentes nas ITU.
d) A presença de 100.000 UFC/ml de um determinado microorganismo na urina
de um paciente sintomático define o diagnóstico de ITU.
e) E. coli está presente em mais de 80% das ITU não-complicadas em adultos.

32. Em relação à Clínica das ITU podemos afirmar:


a) Disúria (dor à micção) e polaciúria (várias micções de pequeno volume) são
sintomas típicos de ITU baixa (ex. Cistite).
b) Disúria e polaciúria associada à febre e calafrio são sintomas típicos de ITU
alta (ex. Pielonefrite aguda).
c) ITU é toda e qualquer patologia infecciosa do ap. urinário masculino e
feminino excluindo as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST).
d) Bacteriúria assintomática significa urinocultura positiva na ausência de sinais
ou sintomas urinários, na ausência de sinais ou sintomas sistêmicos.
e) Todas estão corretas.

33. Uma mulher de 21 anos de idade procurou o serviço de saúde para


estudantes universitários com história de freqüência urinária crescente de dois
dias de duração, juntamente com urgência e disúria. A urina adquiriu uma
coloração rosada ou sanguinolenta em cerca de 12 horas. A paciente não tem
nenhuma história pregressa de infecção das vias urinárias. Recentemente,
tornou-se sexualmente ativa e estava utilizando diafragma e espermicida. Nas
infecções do trato urinário é correto afirmar:

a) As infecções bacterianas raramente são adquiridas por via ascendente, da


uretra para a bexiga.
b) Fatores estruturais ou mecânicos do hospedeiro ou a cateterização
predispõem à infecção.
c) As infecções hospitalares do trato urinário são freqüentemente causadas por
bactérias Gram-positivas multi resistentes e o antibiograma não é considerado.
d) As infecções secundárias complicadas do trato urinário devem ser tratadas
com antibacterianos orais em dose única ou durante três dias.
e) Infecção do trato inferior tem uma apresentação mais grave do que a
infecção do trato urinário superior.

34. O TSI ágar é um meio utilizado para a identificação de:


a) Enterobactérias
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
b) Bactérias Gram positivas
c) Bacilos álcool-ácido resistente
d) Bacilos não fermentadores
e) N.D.R.

35. Meio de cultura seletivo para diagnóstico de diarréias bacterianas:


a) MacConkey
b) Sabouraud
c) Cled
d) SS
e) N.D.R.

36. Na coloração de Ziehl-Neelsen podemos afirmar, exceto:


a) os BAAR são corados pela carbolfucsina.
b) O azul de metileno é utilizado como corante de contraste.
c) é usado o álcool absoluto para fixar o esfregaço.
d) o álcool-ácido é usado como descorante.
e) N.D.R.

37. Quanto aos meios de cultivo utilizados no diagnóstico das diarréias é


correto afirmar:
a) o ágar MacConkey é um meio altamente seletivo.
b) o ágar eosina-azul de metileno (EMB) inibe o crescimento da maioria dos
microrganismos coliformes.
c) o ágar SS permite o isolamento de espécies de Streptococcus e
Staphylococcus.
d) o ágar entérico Hektoen (HE) não permite o isolamento de espécies de
Salmonella.
e) o ágar MacConkey e o ágar EMB permite o isolamento de
Enterobacteriaceae.

38. São tipos de infecções do SNC, exceto:


a) Colite.
b) encefalite.
c) meningite.
d) reticulite.
e) NDR.

39. As infecções da bexiga são referidas como sendo:


a) pielonefrite
b) glomerulonefrite
c) cistite
d) infecção da parede da bexiga (IPB)
e) NDR

40. Qual dos agentes abaixo ocasiona diarréia principalmente em aidéticos e


pessoas imunossuprimidas :
a) Cryptosporidium
b) Shigella
c) Salmonella
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
d) Agente Norwalk
e) NDR

A- SOBRE INFECÇÕES URINÁRIAS É CORRETO AFIRMAR:


01-Gram negativos são infreqüentes
02- É comum em mulheres e diabéticos
04- Pielonefrite pode ser ascendente ou hematogênica
08-Candida sp. e vírus jamais comprometem o trato urinário
16- a infecção por Mycobacterium sp. pode ser observada no rim
32- contagem bacteriana inferior a 120.000/ml de urina é infecção
64- Staphylococcus aureus não determina infecção urinária.
(22)

B-SOBRE INFECÇÃO DO TRATO DIGESTIVO É CORRETO AFIRMAR:


1- Denomina-se disenteria
2- Febre tifóide é determinada por Salmonella typhi
04- protozoários também podem determina-la
08- rotavírus é comum em crianças
16- MacConkey é meio de escolha para isolamento bacteriano
32- Gram negativos são os únicos agentes
64- Tenesmo é sintoma clínico importante.
(95)

C- SOBRE INFECÇÃO DO TRATO RESPIRATÓRIO É CORRETO AFIRMAR:


1- Vírus são frequentes em crianças
2- Pneumonia é sempre bacteriana
04- escarro catarral é indicativo de pneumonite bacteriana
08- Micoplasmas e clamídias determinam pneumonite intersticial
16- ausência de leucócitos no escarro é indicativo de infecção
32- lavado brônquico nunca é utilizado na avaliação da pneumonia
64- O Gram e o Ziehl não se prestam para bacterioscopia do escarro.
(13)

D- SOBRE VIROSES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL É CORRETO


AFIRMAR:
1- só existe em humanos
2- o corpúsculo de Negri é observado na raiva
04- o sarampo nunca complica com encefalite
08- o hespes vírus tem afinidade pelo lobo occipital
16- o exsudato observado na encefalite é neutrofílico
32- a encefalite viral é comum em imunossuprimidos
64- a hidrofobia tem baixa mortalidade.
(34)

E- DEFINA INFECÇÃO HOSPITALAR CITE TRÊS MEDIDAS PROFILÁTICAS


PARA INFECÇÕES DO TRATO URINÁRIO E DA CORRENTE SANGÜÍNEA:

1- Quais são as possíveis formas de contaminação das DSTs?


2- Explique o que é microbiota residente:
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
3- Explique a progressão, a sintomatologia e qual agente causal da peste:
4- Cite os sintomas da Dengue:

1- Características morfológicas (estruturais) de organismos patogênicos os tornam


capazes de se prender aos tecidos em certas áreas do hospedeiro, ou invadi-los, e
aí se multiplicar, causando assim uma infecção. Cite, descreva e exemplifique
uma característica estrutural, uma enzima associada a invasibilidade e uma
enzima associada a toxigenicidade:
2- Conceitue o gênero Streptococcus e cite três manifestações clínicas causadas por
esta bactéria:
3- Descreva o procedimento do diagnóstico microbiológico para os estafilococos:
Material-
Exame direto-
Cultura I-
Cultura II-

4- Cite as principais doenças causadas pelas micobactérias, seus agentes etiológicos


e principais características morfológicas:
5- Referente a hepatites virais é correto afirmar:
A- são doenças infecciosas de evolução aguda ou crônica.
B- Apresentam similitudes clínicas diferindo na etiologia, epidemiologia e
imunopatogênese.
C- O vírus da hepatite B somente se multiplica em uma célula infectada
com HDV.
D- Os vírus das hepatite A e E são transmitidos pela água e alimentos
contaminados.
E- Todas as alternativas estão corretas.
F- Apenas as alternativas A,B e D estão corretas.

6- Explique a patogênese da AIDS:

1. A- Classifique este microrganismo segundo Gram


______________________________________________________________
B- Identifique a forma do microrganismo
______________________________________________________________

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
2. A- Cite que teste foi utilizado para identificação deste microrganismo
_______________________________________________________________
B- Que característica este microrganismo apresenta
_______________________________________________________________

3. Realize o teste de catalase e cite que característica este microrganismo


apresenta:
_______________________________________________________________

4. Indique a técnica utilizada e as características que este microrganismo apresenta:


_______________________________________________________________
_______________________________________________________________

1. Diferencie: bactérias, fungos e vírus:

2. Descreva os métodos de identificação das bactérias:

3. Cite e descreva os fatores que influenciam o crescimento microbiano:

4. Classifique os grupos de bactérias com base na tolerância à temperatura:

5. Descreva quatro maneiras pelas quais a constituição genética de uma


bactéria pode ser alterada:

6. Descreva como ocorre a reprodução das bactérias, dos fungos e os


ciclos reprodutivos dos vírus.

7. Como podem ser classificados os vírus? Exemplifique:

8. Cite e explique três fatores que influenciam o aparecimento de micoses:

9. Indivíduo apresentando máculas hipopigmentadas nas costas e nos


braços procura o posto de saúde a fim de fazer tratamento. No posto, o
médico encaminha-o para realizar o exame micológico. Ao receber o
resultado o diagnóstico foi positivo para Pitiríase versicolor. Responda:

a- Que fatores poderiam ter influenciado o aparecimento desta micose?


b- Qual a técnica laboratorial rotineiramente utilizada nesses casos?
Explique:
c- No exame direto observou-se o dimorfismo fúngico. Em que fase
encontra-se o agente etiológico?
d- Que procedimentos o médico deve tomar quanto ao tratamento?

10. Como as infecções hospitalares podem ser eliminadas ou reduzidas?


Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
11. Que conseqüências podem causar a infecção hospitalar?

12. Qual a importância da engenharia genética aplicada à medicina?

13. Um paciente apresentando insuficiência coronária foi internado na UTI,


durante três semanas. Após tratamento intensivo o paciente apresentou
uma infecção urinária.
a- Que fatores levaram o paciente a adquirir esta infecção?
b- Quais as medidas que deverão ser tomadas quanto ao tratamento da
infecção?

14. O agricultor José Severino da Silva, 55 anos, manipulando solo com


cultura de macaxeira numa área virgem no interior do Ceará apresentou
dificuldade respiratória, acompanhada de lesões na mucosa nasal. O
quadro acima descreve manifestações clínicas de uma micose sistêmica
cujo fungo apresenta dimorfismo. Esta micose apresenta uma epidemiologia
em grande escala nas regiões rurais da América Latina.

a- O relato acima é sugestivo para que micose? Classifique:


b- Qual o seu agente etiológico?
c- Descreva sua patogenia e manifestações clínicas:

15. A - Descreva as importâncias maléficas e benéficas dos fungos.


B- Cite as diferenciações hifais quanto:
Ao desenvolvimento –
A resistência –
A nutrição e fixação –

1. Descreva como ocorre a reprodução dos fungos.


2. Cite e explique três fatores que influenciam o aparecimento de micoses:
3. Indivíduo apresentando máculas hipopigmentadas nas costas e nos braços
procura o posto de saúde a fim de fazer tratamento. No posto, o médico
encaminha-o para realizar o exame micológico. Ao receber o resultado o
diagnóstico foi positivo para Pitiríase versicolor. Responda:
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
A- Que fatores poderiam ter influenciado o aparecimento desta micose?
B- Qual a técnica laboratorial rotineiramente utilizada nesses casos?
Explique:
C- No exame direto observou-se o dimorfismo fúngico. Em que fase
encontra-se o agente etiológico?
D- Que procedimentos o médico deve tomar quanto ao tratamento?

5. O agricultor José Severino da Silva, 55 anos, manipulando solo com cultura


de macaxeira numa área virgem no interior do Ceará apresentou dificuldade
respiratória, acompanhada de lesões na mucosa nasal. O quadro acima
descreve manifestações clínicas de uma micose sistêmica cujo fungo
apresenta dimorfismo. Esta micose apresenta uma epidemiologia em grande
escala nas regiões rurais da América Latina.

d- O relato acima é sugestivo para que micose? Classifique:


e- Qual o seu agente etiológico?
f- Descreva sua patogenia e manifestações clínicas:

6. Descreva as importâncias maléficas e benéficas dos fungos.

7. Cite as diferenciações hifais quanto:


Ao desenvolvimento –
A resistência –
A nutrição e fixação –

1. Cite e descreva os fatores que influenciam o crescimento microbiano:

2. Descreva e desenhe a curva de crescimento populacional, incluindo


todas as suas fases:

3. Defina:
a) Vírus
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
b) Fungos
c) Esporo
d) Hifa
e) Micélio cenocítico
f) Micélio septado

4. Descreva a importância dos fungos em relação as suas ações maléficas


e benéficas:

5. Cite e descreva as diferenciações da hifa:

6. Descreva a reprodução sexuada dos fungos e seus modos de


reprodução:

7. Descreva os ciclos reprodutivos dos vírus:

1. Explique quais as diferenças entre a constituição externa nas bactérias


Gram + e – e as vantagens e desvantagens para elas dessas
diferenças.

2. Explique o que são microrganismos quimiorganotróficos e fotolitotrófico.

3. Explique o que é a ação bactericida e bacteristática de um determinado


antibiótico.

4. Cite e explique de maneira geral quais os pontos onde os antibióticos


atuam contra os microrganismos.

5. Dentre os vários fatores que influenciam o aparecimento de micoses cite


e explique três fatores:

6. A disseminação das infecções hospitalares se dá pelo ar, por contato e


por veículos comuns. Descreva sobre as fontes e vias de disseminação:

7. Que conseqüências podem causar a infecção hospitalar?

8. Qual a finalidade da tipagem sorológica de microrganismos e que


características uma boa técnica deve apresentar?

9. Descreva sobre uma das interações dos antibacterianos com a célula


bacteriana:
1. Descreva a composição celular das bactérias:
2. Diferencie a parede celular das bactérias e dos fungos:
3. Descreva três maneiras pelas quais a constituição genética de uma bactéria
pode ser alterada:
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
4. Descreva as principais linhas de pesquisa da engenharia genética:
5. Que conseqüências podem causar a infecção hospitalar?
6. Descreva os métodos de identificação das bactérias:
7. Conceitue:
a- vírus
b- vírions
c- príons

8. Os microrganismos recebem uma classificação quanto à tolerância à


temperatura. Complete o quadro abaixo de acordo com esta classificação:

GRUPO TAXA DE TEMPERATURA (ºC)


MÍNIMA ÓTIMA MÁXIMA
-20 a 5 19 a 35
20 a 40 35 a 47
40 a 45

9. Dos fatores que influenciam o crescimento microbiano, relacione a pressão


osmótica e a pressão barométrica:
10. A- Defina micoses:
B- Cite e explique quatro fatores que influenciam o aparecimento de
micoses:
C- Qual o agente etiológico da Tinha versicolor?
D- Como é realizado o diagnóstico laboratorial da Pitiríase versicolor?
E- Quais as manifestações clínicas apresentadas pela
Paracoccidioidomicose?
F- Qual o seu agente etiológico?
G- Descreva as importâncias maléficas e benéficas dos fungos:
H- Descreva a reprodução dos fungos e os ciclos reprodutivos dos
fungos:
1- Correlacionar as duas colunas e assinalar a opção correta (seqüência
correta):

1) Treponema pallidum ( )Monilíase


2) Neisseria gonorrhoeae ( )Cancro duro
3) Clamydia trachomatis ( )Cancro mole
4) Calymatobacterium granulomatis ( )Linfogranuloma
5) Haemophylus ducreyi ( ) Condiloma acuminado
6) Papovírus ( ) Gonorréia
7) Candida albicans ( ) Donovanose

a- 7,1,3,6,2,5,4 b- 7,1,5,3,6,2,4
c- 4,1,5,3,6,2,7 d- 3,7,5,4,6,1,2

2- Infecção bacteriana aguda da garganta com febre e dor, inflamação da


faringe e amídalas, placas brancas de pus no epitélio faringiano. Estas
características referem-se a _________________, infecção causada por
_______________________________.

a- Difteria, Corynebacterium diphtheriae.


Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
b- Faringite estreptocócica, Streptococcus pyogenes.
c- Laringotraqueobronquite, vírus parainfluenza.
d- Crupe, influenza A.

3- História clínica: Uma mulher de 21 anos de idade procurou o serviço de


saúde para estudantes universitários com história de freqüência urinária
crescente de dois dias de duração, juntamente com urgência e disúria. A
urina adquiriu uma coloração rosada ou sanguinolenta em cerca de 12
horas. A paciente não tem nenhuma história pregressa de infecção das
vias urinárias. Recentemente, tornou-se sexualmente ativa e estava
utilizando diafragma e espermicida. Nas infecções do trato urinário é
correto afirmar:
( ) As infecções bacterianas raramente são adquiridas por via ascendente,
da uretra para a bexiga.
( ) Fatores estruturais ou mecânicos do hospedeiro ou a cateterização
predispõem à infecção.
( ) As infecções hospitalares do trato urinário são freqüentemente causadas
por bactérias Gram-negativas multi resistentes e o tratamento deve levar
em consideração os resultados do antibiograma.
( ) As infecções primárias não complicadas do trato urinário devem ser
tratadas com antibacterianos orais em dose única ou durante três dias.
( ) Infecção do trato inferior tem uma apresentação mais grave do que a
infecção do trato urinário superior.
Justifique a(s) resposta (s) incorreta (s):

4- Referente às infecções causadas por micobactérias é correto afirmar


que:
A- Mycobacterium leprae é o agente causal da hanseníase e parece estar
confinado a humanos.
B- Lesões eritemato –maculosas com áreas anestésicas na face, tronco e
extremidades caracterizam a hanseníase tuberculótica.
C- Os sinais clínicos da hanseníase dependem da imunidade mediada por
células do hospedeiro.
D- A tuberculose é adquirida através da inalação de aerossóis infecciosos,
que se propagam até as vias aéreas terminais.
E- Mycobacterium tuberculosis não pode crescer em culturas acelulares.
F- Pessoa com hanseníase pode eliminar bacilos pelo leite materno,
esperma, saliva, suor, lágrimas.

5- Em relação à hepatite é correto afirmar que:


( ) O vírus da hepatite C é responsável pela maioria dos casos de hepatite
“não-A e não-B”.
( ) A hepatite A pode ser considerada como não infectante após duas a três
semanas, enquanto a hepatite B é potencialmente infectante através de
contatos íntimos durante todo o seu curso.
( ) O genoma do DNA do VHB contém quatro genes que codificam as
proteínas virais. O VHB é o único dentre os vírus com DNA, nos quais
um RNA intermediário envolve-se na replicação.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
( ) O vírus da hepatite D, um vírus de RNA incompleto, causa hepatite
simultaneamente com o vírus B ou em indivíduos já infectados
cronicamente pelo vírus B.
( ) Para o diagnóstico da hepatite o melhor método consiste na detecção
sorológica de componentes virais nas hepatites B e C e anticorpos contra
componentes das hepatites A,B,C e D.

6. Explique os fatores que propiciam o crescimento da microbiota residente:

7. Explique qual a sintomatologia e os agentes causais da Febre Q e do


Antraz:

8. Explique o que são arbovírus:

9. As bactérias produzem endotoxinas e exotoxinas. Um exemplo de cada


uma delas é:
A- Ácido hialurônico e hialuronidase
B- Lipopolissacarídeos (LPS) e enterotoxinas
C- Toxina alfa e toxina beta
D- Estreptoquinase e estafiloquinase
E- Catalase e coagulase
10. Sobre viroses do sistema nervoso central é correto afirmar:
A- só existe em humanos
B- o sarampo nunca complica com encefalite
C- a encefalite viral é comum em imunossuprimidos
D- o corpúsculo de Negri é observado na raiva
E- o herpes vírus tem afinidade pelo lobo occipital

11. A uma amostra de coco Gram positivo adicionou-se uma gota de peróxido de
hidrogênio (H2O2). Observou-se a formação de bolhas. Submeteu-se a amostra ao
teste de coagulase e o resultado foi positivo.Pela descrição e resultados dos testes
acima, podemos afirmar que o microrganismo em questão é um:
A- Streptococcus pneumoniae
B- Enterococcus faecalis
C- Staphylococcus aureus
D- Staphylococcus epidermidis
E- Streptococcus pyogenes

12. O aumento de viscosidade no teste de Gram sem coloração indica que:


A- a bactéria é catalase positiva
B- a bactéria é Gram positiva
C- a bactéria é catalase negativa
D- a bactéria é Gram negativa
E- NDR

13. Cite, descreva e exemplifique uma característica estrutural, uma enzima


associada a invasibilidade e uma enzima associada a toxigenicidade
presente nos microrganismos:

14. Explique a patogênese da AIDS:


Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
15. Quais reações podemos observar no meio de TSI ágar?

16. Quais compostos serão degradados pela:


A- produção de amilases-
B- produção de protases-
C- produção se celulases-

17. As bactérias são classificadas em Gram positivas ou Gram negativas de


acordo com a quantidade de certas substâncias presentes na sua parede.
As Gram negativas possuem como característica peculiar:
A- alta quantidade de mureína
B- baixa quantidade de lipídios
C- alta quantidade de ribossomos
D- baixa quantidade de mureína e alta taxa de lipídios (LPS)
E- parede celular

1. Analise as assertivas abaixo e marque a opção correta, diante de sua


análise:

I) Os arbovírus, transportados por artrópodes, são transmitidos por mosquitos,


carrapatos ou moscas.
II) A dengue é um a doença não infecciosa, febril, aguda, causada por um vírus
do tipo RNA e apresenta quatro sorotipos.
III) O vírus da dengue só se transmite através da picada dos mosquitos do
gênero Aedes.
IV) Na primoinfecção da dengue por qualquer dos sorotipos, habitualmente o
paciente apresenta uma forma benigna da doença chamada dengue clássica.

a- I, II e III estão corretas c- II, III e IV estão corretas


b- I, III e IV estão corretas d- Todas estão corretas

2- O “Condiloma Acuminado”, lesão benigna de origem virótica, pertencente ao


grupo Papovírus, muito freqüente em lesões venéreas Colo-proctológicas,
apresenta vários tipos de tratamento. Assinale o incorreto:

a. Eletrocoagulação sob anestesia ou criocirurgia.


b- Solução de podofilina a 25% (em álcool ou óleo)
c- Soroterapia terapêutica anti-papovírus
a- Laserterapia.

3- Analise a história clínica abaixo e conclua sua opção diagnóstica:

Paciente de 30 anos, sexo masculino, apresentando nódulos sub-cutâneos


múltiplos e alguns isolados que ulceram através da pele, produzindo lesões
indolores, que sangram com facilidade, que estão aumentando gradativamente.
Ao toque retal encontramos uma zona de fibrose intensa com estenose retal de
aspecto tubular.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
a-Donovanose
b-Sífilis
c-Herpes simples anorretal
d-Linfogranuloma venéreo

4- Correlacionar as duas colunas e assinalar a opção correta (seqüência


correta):

1)Haemophylus ducreyi ( )Monilíase


2) Neisseria gonorrhoeae ( )Cancro duro
3) Calymatobacterium granulomatis ( )Cancro mole
4) Treponema pallidum ( )Linfogranuloma
5)Candida albicans ( ) Condiloma acuminado
6) Papovírus ( ) Gonorréia
7) Clamydia trachomatis ( ) Donovanose

a- 5,7,2,1,6,3,4 b- 7,1,5,3,6,2,4
c- 4,1,5,3,6,2,7 d- 5,4,1,7,6,2,3

5- Paciente de 19 anos, sexo feminino, é atendida no hospital apresentando


acessos de tosse incontroláveis na tentativa de expelir um grosso muco que se
forma na traquéia e nos brônquios. Podemos afirmar que:

a-O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada


pelo Blastomyces pertussis.
b-O quadro clínico é para pertussis, infecção causada pela
Legionella.
c-O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada pelo
Bordetella pertussis.
d- O quadro clínico é para bronquite, infecção causada por
vários patógenos.

6- Analise as assertivas abaixo e marque a opção correta diante de sua


análise:

a. Estatisticamente as DST são mais encontradas no sexo


masculino.
b. Os homossexuais masculinos apresentam maior incidência do
que os heterossexuais.
c. Nos E.U.A., as taxas mais altas de DST, são encontradas na
população negra.
d. A incidência de DST é menor entre indivíduos casados.

a-I, II e III estão corretas.


b-I, III e IV estão corretas.
c-II, III e IV estão corretas.
d-Todas estão corretas.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
7- História clínica: Uma mulher de 28 anos de idade procurou a clínica
devido à ocorrência de corrimento vaginal cinza esbranquiçado com odor
desagradável, percebido pela primeira vez há seis dias. A paciente é
sexualmente ativa com único parceiro que conheceu no mês anterior. Com
relação as vaginites e vaginoses é correto afirmar que:

( ) As candidíases variam desde infecções brandas, localizadas e


superficiais até uma infecção disseminada e fatal no hospedeiro
imunocomprometido.
( ) A Gardnerella vaginalis é consistentemente encontrada em
associação com vaginose e também observada em 20-40% das
mulheres sadias.
( ) Vaginite com descarga abundante de secreção, com odor pútrido
característico é causada pela bactéria Trichomonas vaginales.
( ) A Candida provoca vaginite intensamente irritante com descarga
vaginal caseosa, podendo apresentar uretrite, disúria e infecção do trato
urinário.
( ) O tratamento com metronidazol é indicado para as infecções
sintomáticas por T. vaginalis.
Justifique a (s) resposta (s) incorreta (s):

8- História clínica: Uma mulher de 21 anos de idade procurou o serviço de


saúde para estudantes universitários com história de freqüência urinária
crescente de dois dias de duração, juntamente com urgência e disúria. A
urina adquiriu uma coloração rosada ou sanguinolenta em cerca de 12
horas. A paciente não tem nenhuma história pregressa de infecção das vias
urinárias. Recentemente, tornou-se sexualmente ativa e estava utilizando
diafragma e espermicida. Nas infecções do trato urinário é correto afirmar:
( ) As infecções bacterianas raramente são adquiridas por via ascendente,
da uretra para a bexiga.
( ) Fatores estruturais ou mecânicos do hospedeiro ou a cateterização
predispõem à infecção.
( ) As infecções hospitalares do trato urinário são freqüentemente causadas
por bactérias Gram-negativas multi resistentes e o tratamento deve levar
em consideração os resultados do antibiograma.
( ) As infecções primárias não complicadas do trato urinário devem ser
tratadas com antibacterianos orais em dose única ou durante três dias.
( ) Infecção do trato inferior tem uma apresentação mais grave do que a
infecção do trato urinário superior.
Justifique a(s) resposta (s) incorreta (s):

9- Referente as infecções causadas por micobactérias é correto afirmar


que:
( ) Mycobacterium leprae é o agente causal da hanseníase e parece estar
confinado a humanos.
( ) Lesões eritemato –maculosas com áreas anestésicas na face, tronco e
extremidades caracterizam a hanseníase tuberculótica.
( ) Os sinais clínicos da hanseníase dependem da imunidade mediada por
células do hospedeiro.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
( ) A tuberculose é adquirida através da inalação de aerossóis infecciosos,
que se propagam até as vias aéreas terminais.
( ) Mycobacterium tuberculosis não pode crescer em culturas acelulares.
( ) Pessoa com hanseníase pode eliminar bacilos pelo leite materno,
esperma, saliva, suor, lágrimas.
Justifique a (s) resposta (s) incorreta (s):

10- Em relação à hepatite é correto afirmar que:


( ) O vírus da hepatite C é responsável pela maioria dos casos de hepatite
“não-A e não-B”.
( ) A hepatite A pode ser considerada como não infectante após duas a três
semanas, enquanto a hepatite B é potencialmente infectante através de
contatos íntimos durante todo o seu curso.
( ) O genoma do DNA do VHB contém quatro genes que codificam as
proteínas virais. O VHB é o único dentre os vírus com DNA, nos quais
um RNA intermediário envolve-se na replicação.
( ) O vírus da hepatite D, um vírus de RNA incompleto, causa hepatite
simultaneamente com o vírus B ou em indivíduos já infectados
cronicamente pelo vírus B.
( ) Para o diagnóstico da hepatite o melhor método consiste na detecção
sorológica de componentes virais nas hepatites B e C e anticorpos contra
componentes das hepatites A,B,C e D.
Justifique a (s) afirmativa (s) incorreta (s):

11- Quais as toxinas implicadas nas doenças estafilocócicas? Quais as


enzimas estafilocócicas sugeridas como fatores de virulência e quais as
toxinas que protegem a bactéria da fagocitose?
12- Qual a característica singular da parede celular das micobactérias e que
efeitos biológicos podem ser atribuídos à estrutura da parede celular?
13- Descreva a microbiota residente enfocando suas funções:
14- Cite os fatores que podem ser importantes na eliminação de
microrganismos não residentes:
15- Em relação a Febre Q responda as questões abaixo:
a- Qual o agente etiológico?
b- Cite as vias detransmissão e manifestações clínicas:
b- Descreva o tratamento adequado para Febre Q:

6- Analise as assertivas abaixo e marque a opção correta diante de sua


análise:

I) Estatisticamente as DST são mais encontradas no sexo


masculino.
II) Os homossexuais masculinos apresentam maior incidência do
que os heterossexuais.
III) Nos E.U.A., as taxas mais altas de DST, são encontradas na
população negra.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
IV) A incidência de DST é menor entre indivíduos casados.

a- I, II e III estão corretas.


b- I, III e IV estão corretas.
c- II, III e IV estão corretas.
d- Todas estão corretas.

7- Analise a história clínica abaixo e conclua sua opção diagnóstica:

Paciente de 30 anos, sexo masculino, apresentando nódulos sub-


cutâneos múltiplos e alguns isolados que ulceram através da pele,
produzindo lesões indolores, que sangram com facilidade, que estão
aumentando gradativamente. Ao toque retal encontramos uma zona de
fibrose intensa com estenose retal de aspecto tubular.

a- Linfogranuloma venéreo
b- Sífilis
c- Donovanose
d- Herpes simples anorretal

8- O “Condiloma Acuminado”, lesão benigna de origem virótica,


pertencente ao grupo Papovírus, muito freqüente em lesões venéreas
Colo-proctológicas, apresenta vários tipos de tratamento. Assinale o
incorreto:

a- Soroterapia terapêutica anti-papovírus.


b- Solução de podofilina a 25% (em álcool ou óleo)
c- Eletrocoagulação sob anestesia ou criocirurgia.
d- Laserterapia.
9- Correlacionar as duas colunas e assinalar a opção correta (seqüência
correta):

1) Treponema pallidum ( )Monilíase


2) Neisseria gonorrhoeae ( )Cancro duro
3) Clamydia trachomatis ( )Cancro mole
4) Calymatobacterium granulomatis ( )Linfogranuloma
5) Haemophylus ducreyi ( ) Condiloma acuminado
6) Papovírus ( ) Gonorréia
7) Candida albicans ( ) Donovanose

b- 7,1,3,6,2,5,4 b- 7,1,5,3,6,2,4
c- 4,1,5,3,6,2,7 d- 3,7,5,4,6,1,2

10-Paciente de 19 anos, sexo feminino, é atendida no hospital


apresentando acessos de tosse incontroláveis na tentativa de expelir um
grosso muco que se forma na traquéia e nos brônquios. Podemos
afirmar que:

a- O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada


pelo Blastomyces pertussis.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
b- O quadro clínico é para pertussis, infecção causada pela
Legionella.
c- O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada
pelo Bordetella pertussis.
d- O quadro clínico é para bronquite, infecção causada por
vários patógenos.

11-Infecção bacteriana aguda da garganta com febre e dor, inflamação da


faringe e amídalas, placas brancas de pus no epitélio faringiano. Estas
características referem-se a _________________, infecção causada por
_______________________________.

a- Difteria, Corynebacterium diphtheriae.


b- Faringite estreptocócica, Streptococcus pyogenes.
c- Laringotraqueobronquite, vírus parainfluenza.
d- Crupe, influenza A.

12-História clínica: Uma mulher de 28 anos de idade procurou a clínica


devido à ocorrência de corrimento vaginal cinza esbranquiçado com
odor desagradável, percebido pela primeira vez há seis dias. A paciente
é sexualmente ativa com único parceiro que conheceu no mês anterior.
Com relação às vaginites e vaginoses é correto afirmar que:

( ) As candidíases variam desde infecções brandas, localizadas e


superficiais até uma infecção disseminada e fatal no hospedeiro
imunocomprometido.
( ) A Gardnerella vaginalis é consistentemente encontrada em
associação com vaginose e também observada em 20-40% das
mulheres sadias.
( ) Vaginite com descarga abundante de secreção, com odor pútrido
característico é causada pela bactéria Trichomonas vaginales.
( ) A Candida provoca vaginite intensamente irritante com descarga
vaginal caseosa, podendo apresentar uretrite, disúria e infecção do trato
urinário.
( ) O tratamento com metronidazol é indicado para as infecções
sintomáticas por T. vaginalis.
Justifique a (s) resposta (s) incorreta (s):

13-História clínica: Uma mulher de 21 anos de idade procurou o serviço de


saúde para estudantes universitários com história de freqüência urinária
crescente de dois dias de duração, juntamente com urgência e disúria. A
urina adquiriu uma coloração rosada ou sanguinolenta em cerca de 12
horas. A paciente não tem nenhuma história pregressa de infecção das
vias urinárias. Recentemente, tornou-se sexualmente ativa e estava
utilizando diafragma e espermicida. Nas infecções do trato urinário é
correto afirmar:
( ) As infecções bacterianas raramente são adquiridas por via ascendente,
da uretra para a bexiga.
( ) Fatores estruturais ou mecânicos do hospedeiro ou a cateterização
predispõem à infecção.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
( ) As infecções hospitalares do trato urinário são freqüentemente causadas
por bactérias Gram-negativas multi resistentes e o tratamento deve levar
em consideração os resultados do antibiograma.
( ) As infecções primárias não complicadas do trato urinário devem ser
tratadas com antibacterianos orais em dose única ou durante três dias.
( ) Infecção do trato inferior tem uma apresentação mais grave do que a
infecção do trato urinário superior.
Justifique a(s) resposta (s) incorreta (s):

14-Referente às infecções causadas por micobactérias é correto afirmar


que:
( ) Mycobacterium leprae é o agente causal da hanseníase e parece estar
confinado a humanos.
( ) Lesões eritemato –maculosas com áreas anestésicas na face, tronco e
extremidades caracterizam a hanseníase tuberculótica.
( ) Os sinais clínicos da hanseníase dependem da imunidade mediada por
células do hospedeiro.
( ) A tuberculose é adquirida através da inalação de aerossóis infecciosos,
que se propagam até as vias aéreas terminais.
( ) Mycobacterium tuberculosis não pode crescer em culturas acelulares.
( ) Pessoa com hanseníase pode eliminar bacilos pelo leite materno,
esperma, saliva, suor, lágrimas.
Justifique a (s) resposta (s) incorreta (s):

15-Em relação à hepatite é correto afirmar que:


( ) O vírus da hepatite C é responsável pela maioria dos casos de hepatite
“não-A e não-B”.
( ) A hepatite A pode ser considerada como não infectante após duas a três
semanas, enquanto a hepatite B é potencialmente infectante através de
contatos íntimos durante todo o seu curso.
( ) O genoma do DNA do VHB contém quatro genes que codificam as
proteínas virais. O VHB é o único dentre os vírus com DNA, nos quais
um RNA intermediário envolve-se na replicação.
( ) O vírus da hepatite D, um vírus de RNA incompleto, causa hepatite
simultaneamente com o vírus B ou em indivíduos já infectados
cronicamente pelo vírus B.
( ) Para o diagnóstico da hepatite o melhor método consiste na detecção
sorológica de componentes virais nas hepatites B e C e anticorpos contra
componentes das hepatites A,B,C e D.
Justifique a (s) afirmativa (s) incorreta (s):

16-Quais as toxinas implicadas nas doenças estafilocócicas? Quais as


enzimas estafilocócicas sugeridas como fatores de virulência e quais as
toxinas que protegem a bactéria da fagocitose?
17-Qual a característica singular da parede celular das micobactérias e que
efeitos biológicos podem ser atribuídos à estrutura da parede celular?
18- Descreva a microbiota residente enfocando suas funções:

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
19- Cite os fatores que podem ser importantes na eliminação de
microrganismos não residentes:
20-Em relação a Febre Q, responda as questões abaixo:
a- Qual o agente etiológico?
b- Cite as vias de transmissão e as manifestações clínicas:
c- Descreva o tratamento adequado para a Febre Q:

1. Analise as assertivas abaixo e marque a opção correta, diante de sua


análise:

I) Os arbovírus, transportados por artrópodes, são transmitidos por mosquitos,


carrapatos ou moscas.
II) A dengue é um a doença não infecciosa, febril, aguda, causada por um vírus
do tipo RNA e apresenta quatro sorotipos.
III) O vírus da dengue só se transmite através da picada dos mosquitos do
gênero Aedes.
IV) Na primoinfecção da dengue por qualquer dos sorotipos, habitualmente o
paciente apresenta uma forma benigna da doença chamada dengue clássica.

c- I, II e III estão corretas c- II, III e IV estão corretas


d- I, III e IV estão corretas d- Todas estão corretas

2- O “Condiloma Acuminado”, lesão benigna de origem virótica, pertencente ao


grupo Papovírus, muito freqüente em lesões venéreas Colo-proctológicas,
apresenta vários tipos de tratamento. Assinale o incorreto:

a. Eletrocoagulação sob anestesia ou criocirurgia.


b- Solução de podofilina a 25% (em álcool ou óleo)
c- Soroterapia terapêutica anti-papovírus
d- Laserterapia.

3- Analise a história clínica abaixo e conclua sua opção diagnóstica:

Paciente de 30 anos, sexo masculino, apresentando nódulos sub-cutâneos


múltiplos e alguns isolados que ulceram através da pele, produzindo lesões
indolores, que sangram com facilidade, que estão aumentando gradativamente.
Ao toque retal encontramos uma zona de fibrose intensa com estenose retal de
aspecto tubular.

a-Donovanose
b-Sífilis
c-Herpes simples anorretal
d-Linfogranuloma venéreo

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
4- Correlacionar as duas colunas e assinalar a opção correta (seqüência
correta):

1)Haemophylus ducreyi ( )Monilíase


2) Neisseria gonorrhoeae ( ) Cancro duro
3) Calymatobacterium granulomatis ( )Cancro mole
4) Treponema pallidum ( )Linfogranuloma
5)Candida albicans ( ) Condiloma acuminado
6) Papovírus ( ) Gonorréia
7) Clamydia trachomatis ( ) Donovanose

b- 5,7,2,1,6,3,4 b- 7,1,5,3,6,2,4
c- 4,1,5,3,6,2,7 d- 5,4,1,7,6,2,3

5- Paciente de 19 anos, sexo feminino, é atendida no hospital apresentando


acessos de tosse incontroláveis na tentativa de expelir um grosso muco que se
forma na traquéia e nos brônquios. Podemos afirmar que:

a- O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada


pelo Blastomyces pertussis.
b-O quadro clínico é para pertussis, infecção causada pela
Legionella.
c-O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada pelo
Bordetella pertussis.
d-O quadro clínico é para bronquite, infecção causada por
vários patógenos.

6- Analise as assertivas abaixo e marque a opção correta diante de sua


análise:

a. Estatisticamente as DST são mais encontradas no sexo


masculino.
b. Os homossexuais masculinos apresentam maior incidência do
que os heterossexuais.
c. Nos E.U.A., as taxas mais altas de DST, são encontradas na
população negra.
d. A incidência de DST é menor entre indivíduos casados.

a-I, II e III estão corretas.


b-I, III e IV estão corretas.
c-II, III e IV estão corretas.
d-Todas estão corretas.

7- História clínica: Uma mulher de 28 anos de idade procurou a clínica


devido à ocorrência de corrimento vaginal cinza esbranquiçado com odor
desagradável, percebido pela primeira vez há seis dias. A paciente é
sexualmente ativa com único parceiro que conheceu no mês anterior. Com
relação as vaginites e vaginoses é correto afirmar que:

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
( ) As candidíases variam desde infecções brandas, localizadas e
superficiais até uma infecção disseminada e fatal no hospedeiro
imunocomprometido.
( ) A Gardnerella vaginalis é consistentemente encontrada em
associação com vaginose e também observada em 20-40% das
mulheres sadias.
( ) Vaginite com descarga abundante de secreção, com odor pútrido
característico é causada pela bactéria Trichomonas vaginales.
() A Candida provoca vaginite intensamente irritante com descarga
vaginal caseosa, podendo apresentar uretrite, disúria e infecção do trato
urinário.
( ) O tratamento com metronidazol é indicado para as infecções
sintomáticas por T. vaginalis.
Justifique a (s) resposta (s) incorreta (s):

8- História clínica: Uma mulher de 21 anos de idade procurou o serviço de


saúde para estudantes universitários com história de freqüência urinária
crescente de dois dias de duração, juntamente com urgência e disúria. A
urina adquiriu uma coloração rosada ou sanguinolenta em cerca de 12
horas. A paciente não tem nenhuma história pregressa de infecção das vias
urinárias. Recentemente, tornou-se sexualmente ativa e estava utilizando
diafragma e espermicida. Nas infecções do trato urinário é correto afirmar:
( ) As infecções bacterianas raramente são adquiridas por via ascendente,
da uretra para a bexiga.
( ) Fatores estruturais ou mecânicos do hospedeiro ou a cateterização
predispõem à infecção.
( ) As infecções hospitalares do trato urinário são freqüentemente causadas
por bactérias Gram-negativas multi resistentes e o tratamento devem levar
em consideração os resultados do antibiograma.
( ) As infecções primárias não complicadas do trato urinário devem ser
tratadas com antibacterianos orais em dose única ou durante três dias.
( ) Infecção do trato inferior tem uma apresentação mais grave do que a
infecção do trato urinário superior.
Justifique a(s) resposta (s) incorreta (s):

9- Referente as infecções causadas por micobactérias é correto afirmar


que:
( ) Mycobacterium leprae é o agente causal da hanseníase e parece estar
confinado a humanos.
( ) Lesões eritemato –maculosas com áreas anestésicas na face, tronco e
extremidades caracterizam a hanseníase tuberculótica.
( ) Os sinais clínicos da hanseníase dependem da imunidade mediada por
células do hospedeiro.
( ) A tuberculose é adquirida através da inalação de aerossóis infecciosos,
que se propagam até as vias aéreas terminais.
( ) Mycobacterium tuberculosis não pode crescer em culturas acelulares.
( ) Pessoa com hanseníase pode eliminar bacilos pelo leite materno,
esperma, saliva, suor, lágrimas.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
Justifique a (s) resposta (s) incorreta (s):

10- Em relação a hepatite é correto afirmar que:


( ) O vírus da hepatite C é responsável pela maioria dos casos de hepatite
“não-A e não-B”.
( ) A hepatite A pode ser considerada como não infectante após duas a três
semanas, enquanto a hepatite B é potencialmente infectante através de
contatos íntimos durante todo o seu curso.
( ) O genoma do DNA do VHB contém quatro genes que codificam as
proteínas virais. O VHB é o único dentre os vírus com DNA, nos quais
um RNA intermediário envolve-se na replicação.
( ) O vírus da hepatite D, um vírus de RNA incompleto, causa hepatite
simultaneamente com o vírus B ou em indivíduos já infectados
cronicamente pelo vírus B.
( ) Para o diagnóstico da hepatite o melhor método consiste na detecção
sorológica de componentes virais nas hepatites B e C e anticorpos contra
componentes das hepatites A,B,C e D.
Justifique a (s) afirmativa (s) incorreta (s):

11- Quais as toxinas implicadas nas doenças estafilocócicas? Quais as


enzimas estafilocócicas sugeridas como fatores de virulência e quais as
toxinas que protegem a bactéria da fagocitose?
12- Qual a característica singular da parede celular das micobactérias e que
efeitos biológicos podem ser atribuídos à estrutura da parede celular?
13- Descreva a microbiota residente enfocando suas funções:
14- Cite os fatores que podem ser importantes na eliminação de
microrganismos não residentes:
15- Em relação a Febre Q responda as questões abaixo:
c- Qual o agente etiológico?
b- Cite as vias detransmissão e manifestações clínicas:
d- Descreva o tratamento adequado para Febre Q:

1. Cite os fatores que influenciam o crescimento microbiano:


2. Cite as características culturais das bactérias em ação:

a) A consistência
b) A superfície
c) Ao crescimento
d) Ao brilho
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
3. Assinale V ou F:

(v) A curva de crescimento populacional p/ qualquer espécie de bactéria pode


ser denominada pelo crescimento do organismo em cultura.
(V) O primeiro estágio da curva de crescimento e a fase inicial durante o qual a
bactéria absorve nutriente, sintetiza enzimas e se prepara para a reprodução.
(V) Considerando-se o consumo dos nutrientes e do oxigênio no tubo de
cultura, e a produção de substâncias residuais a partir do metabolismo da
bactéria, a mudança de pH do meio, a velocidade de divisão diminui, de modo
que o número de bactérias que estão se dividindo torna-se igual ao número de
mortes.
(V) Quando células bacterianas são observadas em culturas velhas, na fase de
morte, algumas delas aparecem com aspecto diferente dos organismos
saudáveis observados na fase de crescimento.

4. Esquematize um ciclo reprodutivo de um fungo demonstrando as fases


sexuada e assexuada:

5. Maria da Paz, trabalhadora rural do estado de São Paulo, internou-se no


Hospital das Clínicas apresentando lesões de aspecto granuloso na
mucosa oral. Foi realizado exame laboratorial da lesão revelando células
leveduriforme com múltiplos brotos.

A) Qual o nome do agente etiológico?


B) Qual o tratamento adequado para esse tipo de micose?
C) Classifique a micose em questão.

1 - Quanto à esterilização:
a) Esterilização implica na inativação total de todos os
microrganismos quanto à capacidade reprodutiva, destruindo
enzimas, produtos metabólitos e toxinas.
b) A esterilização pode ser obtida através da aplicação do calor
úmido ou seco, da erradicação, de compostos químicos em
solução ou em vapor e da filtração.
c) O processo de desinfecção elimina todos os microrganismos
viáveis.
d) A flambagem consiste em manter o ambiente estéril.

2 – Quanto à preparação, acondicionamento e controle de qualidade dos meios


de cultura:

a) Ao meios de cultura não precisam ser esterilizados.


b) Os meios de cultura enriquecidos inibem o crescimento
de microrganismos não existentes.
c) O ágar é a substância utilizada para dar consistência
sólida aos meios.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
d) As condições de pH, pressão osmótica e grau de
umidade são dispensáveis ao desenvolvimento dos
microrganismos.

3 – As bactérias são classificadas em Gram-positivas ou Gram-negativas de


acordo com a quantidade de certas substâncias presentes na sua parede. A
Gram-negativas possuem como características peculiares:

a) Alta quantidade de mureína


b) Baixa quantidade de lipídios
c) Alta quantidade de ribossomos
d) Baixa quantidade de mureína e alta taxa de lipídios (LPS)

4 – As afirmações quanto a Pitiríase versicolor estão corretas, exceto:

a) O organismo é encontrado universalmente, como um


comensal, em pele lisa normal dos seres humanos.
b) A Malassezia furfur é o agente etiológico da Pitiríase
versicolor, também conhecida como tinea versicolor.
c) Utiliza-se a coloração de Gram para a observação das
estruturas fúngicas no microscópio do agente etiológico.
d) Malassezia furfur é um fungo dimórfico por apresentar
duas fases: leveduriforme e filamentosa.

Questões de virologia.

1 – Todas as afirmações abaixo se refere a características virais, exceto:

a) Todos os vírus possuem pelo menos um tipo de ácido nucléico;


b) Os retrovírus possuem em seu capsídio a enzima transcriptase reversa,
responsável pela síntese de uma molécula de DNA a partir do RNA viral;
c) Todos os vírus apresentam além do capsídio, um envelope de
composição semelhante, mas não idêntica ao da membrana celular que
lhe deu origem;
d) O capsídio viral pode ter as formas isocaédrica ou helicoidal;
e) São características taxonômicas virais: composição química (DNA ou
RNA) e forma.

2 – Os vírus de RNA apresentam características adaptativas ao parasitismo no


homem e em animais que os tornam extremamente adaptáveis e hábeis. Com
relação a estes vírus é correto afirmar que:

a) Os vírus de RNA são menos susceptíveis a sofrer mutações que os


vírus de DNA;
b) Os retrovírus são vírus de RNA, mas ao penetrar a célula, uma fita de
DNA é transcrita a partir do RNA viral, pela ação de enzima polimerase
da célula hospedeira;
c) Os vírus de RNA podem levar no interior de seu capsídio enzimas que
auxiliam sua ação e replicação no interior da célula hospedeira;

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
d) Os vírus de RNA não podem participar do ciclo lisogênico da célula pois,
não se fixam ao DNA da célula hospedeira;
e) Os vírus de RNA agem de forma mais lenta que os vírus de DNA, pois
apresentam um período de “latência” no interior da célula.

1 – As afirmativas abaixo referem-se à conseqüência da infecção hospitalar,


exceto:

( ) Permanência prolongada no hospital, onerosa e que resulta em perda de


produtividade e sofrimento para o paciente e sua família.
( ) Paciente infectada torna-se uma fonte a partir da qual outros pacientes
podem se infectar, no hospital e na comunidade.
(x) A resistência do hospedeiro pode ser potencializada pelo reforço da
imunidade e pela redução dos fatores de risco.
( ) Necessidade de antibioticoterapia adicional expondo o paciente a um risco
maior de toxicidade:

2 – Descreva sobre as fontes e vias de disseminação da Infecção Hospitalar:

3 – A prevenção das infecções hospitalares deve ser considerada como alta


prioridade. Explique uma das principais estratégias.

1 - EXPLIQUE O QUE SÃO OS FLAGELOS BACTERIANOS, SUA FUNÇÃO E


COMO PODEMOS CLASSIFICAR AS BACTÉRIAS COM ESSE
CRITÉRIO.

2 – ESTABELEÇA A CORRELAÇÃO ENTRE OS PLASMÍDIOS E A TÉCNICA


DE CLONAGEM GENÉTICA.

3 – CITE E EXPLIQUE OS 3 PRINCIPAIS MECANISMOS DE RESISTÊNCIA


BACTERIANA A ANTIMICROBIANOS.

4 – EXPLIQUE AS FASES DO CRESCIMENTOBACTERINO NUMA CURVA


DE CRESCIMENTO, CORRELACIONANDO COM NATALIDADE
(DUPLICAÇÃO BACTERIANA) E MORTALIDADE (MORTE BACTERIANA).

1. Escolha a alternativa que melhor define os arbovírus:


a) grupo heterogênio de vírus que são transmitidos por vetores
b) grupo heterogênio de vírus transmitidos ao homem por insetos
hematófagos
c) grupo homogênio de vírus, com características semelhantes e
transmitidos entre espécies
d) grupo homogênio de vírus que se reproduzem nas glândulas salivares de
insetos hematófagos e são transmitidos ao homem
e) nenhuma das alternativas anteriores

2. São quadros clínicos característicos de arbovirores, exceto:


a) Doença Febril
b) Doença Febril com Exantema
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
c) Diarréia
d) Encefalite
e) Febre Hemorrágica

3. Quanto as zoonoses escolha a alternativa incorreta


a) são doenças de animais transmissíveis ao homem
b) são doenças causadas por patógenos que possuem reservatórios não
humanos
c) são transmitidas ao homem por meio de vetores
d) arenovírus são zoonoses transmitidas pelas fezes de roedores
e) doenças causadas por protozoários não são consideradas zoonoses

1- Assinale a alternativa incorreta com relação à Aids;


( ) A transmissão da AIDS se dá pelo sangue e hemoprodutos, sêmen,
transferência transplacentária e diálise.
( ) A síndrome da imunodeficiência adquirida tem como agentes etiológicos
o HIV 1 e HIV 2 amplamente disseminados no mundo.
( ) A replicação do vírus HIV ocorre durante todos os estágios da doença.
( ) No processo da infecção pelo HIV são consideradas as fases clínicas:
infecção aguda, fase assintomática e fase crônica.

2- A cápsula, os flagelos e as fímbrias (pili) são estruturas morfológicas dos


patógenos que os tornam capazes de causar infecção. Descreva sobre a
função dessas estruturas citando um exemplo:

3- Defina:

a. Estreptococcias

b. Estafilococcias

4 – Como a Hepatite B pode ser transmitida ?

5- Descreva sobre a parede celular das micobactérias e que efeitos biológicos


podem ser atribuídos à estrutura da parede celular ?
6- Cite um agente causador de infecção gastrointestinal e descreva sobre sua
patogenicidade, transmissão, diagnóstico laboratorial e prevenção.

7- Descreva sobre a microbiota normal do hospedeiro citando exemplos.

8- Cite e descreva duas infecções respiratórias, abordando os seguintes temas:

a) características
b) patógenos
c) reservatório
d) transmissão
e) tratamento

9- Infecção do sistema reprodutor apresentando lesão: pápula à vesículosa à


úlcera à formação de crosta.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
a) Papiloma venéreo
b) Clamidiose genital
c) Herpes genital
d) Sífilis

10- Cite as principais infecções do trato urinário, abordando os seus


respectivos patógenos.

1. O problema da identificação das bactérias requer a investigação de um


grande número de caracteres e não pode ser resolvido, como na sistemática
das plantas e animais superiores, pela simples observação de caracteres
morfológicos. Com base nas afirmativas acima marque a alternativa falsa:
a) Estudo de propriedades bioquímicas, tais como a fermentação de açúcares,
a decomposição de aminoácidos e a caracterização de atividades enzimáticas
são de grande importância para a identificação de espécies ou de certos
grupos bacterianos.
b) Na fermentação de açúcares podemos estudar a produção de ácido e de
gás (H2/ CO2) e de certos produtos intermediários (ex. Acetoína).
c) A morfologia das colônias em meios sólidos orienta um grande número de
casos, a identificação das espécies bacterianas.
d) A verificação da patogenicidade bacteriana confirma o diagnóstico
bacteriano só ao nível de interesse médico.
e) NDR.

2. Todas as bactérias patogênicas podem ser cultivadas de alguma maneira,


sendo que algumas somente o são quando inoculadas em animais, ovos
embrionados ou cultura de tecidos. Em relação ao cultivo das bactérias marque
a alternativa falsa:
a) As culturas serão feitas pela semeadura de amostras clínicas em meios
sólidos, distribuídos em placas de Petri ou em meios líquidos em tubos de
ensaio ou em outros tipos de frascos.
b) Os meios sólidos são de fundamental importância porque permitem a
obtenção de colônias isoladas necessárias para a identificação da bactéria
podendo fornecer ainda uma idéia aproximada de quantidade de bactérias no
foco da infecção, dependendo do método de semeadura.
c) Os meios semeados devem ser incubados em temperatura e atmosfera
adequada para o crescimento da bactéria responsável pela infecção. Um meio
enriquecido é um caldo ou meio sólido que contem apenas glicose.
d) Basicamente há dois tipos de meio de cultura para bactérias, o meio
sintético quimicamente definido e o meio complexo.
e) NDR.

3. Tradicionalmente a microbiologia clínica tem sido relacionada aos


organismos responsáveis pela s principais doenças infecciosas. Assim, a
microbiologia significa o estudo da vida microscópica. Ela está relacionada com
todos os aspectos do microrganismo. Em relação às afirmativas acima,
assinale a alternativa falsa:
a) Estrutura
b) Nutrição
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
c) Reprodução e genética
d) Atividades da natureza, relação com outros organismos.
e) Habilidade de não causar alterações físicas e químicas.

4. Para os trabalhos de identificação de rotina são consideradas as seguintes


características das bactérias: morfologia das células, aspectos culturais das colônias,
bioquímica e fisiologia. Com base nestas afirmativas marque a alternativa correta:
a) Quanto ao crescimento é avaliado a função do tempo necessário para que uma
colônia desenvolva a partir de uma célula.
b) Quanto a elevação a colônia pode ser: convexa, elevada, achatada e lobada.
c) Em relação a consistência da colônia bacteriana podemos identificá-la como mucosa,
flúida, micelial e rugosa.
d) A curva de crescimento populacional para qualquer espécie de bactéria pode ser
determinada pelo crescimento do organismo em cultura mista e numa temperatura
única.
e) NDR.

5. Assinale a alternativa incorreta:


a) As dermatofitoses se referem a certas infecções fúngicas da pele e seus
anexos (unhas e pêlos) causadas por membros de um grupo bem definidos de
fungos, os dermatófitos.
b) Os dermatófitos são um grupo de fungos filamentosos com Afinidade
particular para as camadas superficiais queratinizadas do tegumento do
homem e dos animais.
c) Os dermatófitos são classificados em três gêneros: Trichophyton,
Microsporum e Epidermophyton.
d) O conhecimento do habitat dos fungos patogênicos ou potencialmente
patogênicos para o homem não reflete importância para compreensão da
epidemiologia e prevenção da doença.
e)NDR.

6. Foram os romanos em 79 a.d., os primeiros a ilustrar fungos em Pompéia,


durante o soterramento provocado pela erupção do Vesúvio, escavações
revelaram fungos ilustrados por algumas pinturas, supostos ser Lactarius
deliciosos. Com relação aos fungos marque a alternativa falsa:
a) Fungos são seres aclorofilados, comospolitas e heterotróficos que se
reproduzem sexuada e assexuadamente.
b) Os fungos possuem ações benéficas e ações maléficas.
c) Fungos micorrizógenos podem viver em simbiose com raízes de plantas
causando doenças nas folhas e favorecendo trocas de nutrientes (nitrogênio,
fosfato e fósforo) pela planta hospedeira que em troca fornece carboidratos.
d) Vários fungos podem participar da deterioração de alimentos se
exteriorizando por modificações no aspecto, cor e sabor.
e) NDR.

7. A reprodução sexuada nos fungos é caracterizada pela união de núcleos


compatíveis. Muitos fungos só se reproduzem sexuadamente uma vez por ano.
Marque a alternativa incorreta com relação aos modos de reprodução sexuada
dos fungos.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
a) Copulação planogamética ocorre na maioria dos fungos aquáticos que são
flagelados. Dá-se pela fusão de dois gametas dos quais pelo menos um é
móvel.
b) Contato gametangial ocorre quando todo o conteúdo do gametângio
masculino passa para o feminino por um processo de dissolução da parede.
c) Somatogamia há formação de gametângios, a própria hifa funciona como
gameta, ocorrendo plasmogamia, cariogamia e meiose.
d) Na espermatização alguns fungos produzem numerosas estruturas
masculinas pequenas, uninucleadas com aparência de esporos chamados
espermácios que são transportados pelo vento, por insetos, etc.
e) NDR.

8. Toda micose se inicia pela implantação no organismo de um fungo apto ao


parasitismos. O fungo quer mecanicamente, quer por meio de suas toxinas ou
de outros metabólitos, determinam processos inflamatórios que variam em
extensão e em tiopo anátomo-patológico conforme o agente responsável pelos
mesmos. Com base nas afirmativas acima marque a alternativa incorreta:
a) Micoses são infecções produzidas por microfungos parasitas.
b) O fator profissão exerce papel relevante no aparecimento de micoses. A s
micoses ocorre com freqüência em trabalhadores rurais, que por suas
condições de vida e trabalho costumam andar sem calçados.
c) A Pitiríase versicolor é uma micose superficial que apresenta lesões com
aspecto liso ou pulverulento cujo agente etiológico é a Malassezia furfur.
d) A Paracoccidioidomicose é uma micose profunda cujo agente etiológico o
Paracoccidioides brasiliensis está presente apenas a detritos vegetais. Ao
microscópio óptico apresenta filamento miceliano fino septado com esporos
terminais ou intercalados.
e) NDR.

9. Sobre a parede celular das bactérias Gram negativas é correto afirmar que:
a) Não existe.
b) Não possui peptidoglicano e ácidos teicóico e lipoteicóico.
c) Possui esses componentes, além de N – acetilglicosamina.
d) Não possui N – acetilglicosamina.
e) Localiza-se externamente à membrana externa.

10. Uma bactéria anfilofotríquia é:


a) Uma bactéria com apenas um flagelo.
b) Uma bactéria com apenas um tufo de flagelos.
c) Uma bactéria totalmente cercada de flagelos.
d) Uma bactéria com tufos de flagelos em ambos os pólos da célula.
e) Uma bactéria sem flagelos.

11. Sobre as bactérias, é incorreto afirmar que:


a) Seus genes são iguais ao dos eucariotos.
b) Sua estrutura gênica é composta de éxons.
c) Seu material genético é de forma circular.
d) Algumas têm a capacidade de produzir estruturas de resistência.
e) Podem sofrer recombinação genética

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
12. Sobre os vírus é incorreto afirmar:
a) Podem possuir fragmentos de membrana plasmática.
b) Podem apresentar material genético na forma de RNA dupla fita.
c) Podem ou não apresentar capsídio.
d) Podem carregar, algumas vezes, além do material genético proteínas ou
RNAs.
e) São parasitas.

13. Sobre o material genético viral:


a) Pode ser formada por DNA dupla fita.
b) Pode ser formada por DNA fita simples.
c) Pode ser formada por RNA dupla fita.
d) Pode ser formada por RNA fita simples.
e) Todas as alternativas são verdadeiras.

14. Sobre o capsídio viral, é correto dizer que:


a) Sua constituição é puramente protéica.
b) Sua constituição é lipoprotéica.
c) Sua constituição envolve a presença de purinas.
d) Sua constituição apresenta glicoproteínas.
e) Sua constituição pode ser formada de proteínas ou lipídios.

15. Sobre a resistência aos antibióticos, é incorreto afirmar que:


a) Ela é gerada pelos antibióticos.
b) Ela pode ser difundida pelos sistemas de recombinação bacteriana.
c) Ela é decorrente de eventos de mutação.
d) Apenas algumas bactérias podem desenvolver essa resistência.
e) O principal responsável por sua disseminação é o próprio homem.

16. Sobre os sítios-alvo dos antibióticos é incorreto afirmar que:


a) Eles devem fazer parte de algum sistema vital para sobrevivência da
célula.
b) Eles devem se localizar no interior da célula.
c) Eles devem ser específicos para as bactérias.
d) A resistência aos antibióticos surge devido a proteção desses sítios.
e) Cada antibiótico ataca um sítio – alvo e interfere na fisiologia normal da
célula bacteriana.

17. São mecanismos de resistência aos antibacterianos, exceto:


a) Produção de beta lactamases.
b) Bombas de efluxo multidrogas (MDRs).
c) Mutações do sítio – alvo.
d) Alteração da constituição da membrana.
e) Incapacidade de internalização do antibiótico.

1. DEFINA:
A- MICROBIOTA NORMAL
B- MICROBIOTA RESIDENTE
C- MICROBIOTA HOSPEDEIRA
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
2. DEFINA ESTAFILOCOCCIAS; CITE AS PRINCIPAIS ESPÉCIES E
PATOLOGIAS:

3. DESCREVA SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DOS ESTREPTOCOCOS:

4. DESCREVA SOBRE AS CONSEQUÊNCIAS E O CONTROLE DAS


INFECÇÕES HOSPITALARES:

5. NAS INFECÇÕES RESPIRATÓRIAS DESCREVA SOBRE DUAS


DOENÇAS CITANDO SEUS RESPECTIVOS AGENTES
ETIOLÓGICOS, MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS E DIAGNÓSTICO
LABORATORIAL:

6. NAS INFECÇÕES GASTROINTESTINAIS DESCREVA SOBRE DUAS


DOENÇAS CITANDO SEUS RESPECTIVOS AGENTES
ETIOLÓGICOS, MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS E DIAGNÓSTICO
LABORATORIAL:

7. NAS INFECÇÕES URINÁRIAS DESCREVA SOBRE DUAS DOENÇAS


CITANDO SEUS RESPECTIVOS AGENTES ETIOLÓGICOS,
MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS E DIAGNÓSTICO LABORATORIAL:

8. NAS INFECÇÕES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL DESCREVA


SOBRE DUAS DOENÇAS CITANDO SEUS RESPECTIVOS AGENTES
ETIOLÓGICOS, MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS E DIAGNÓSTICO
LABORATORIAL:

9. CITE TRÊS AGENTES ETIOLÓGICOS ZOONÓTICOS CAUSADORES


DE FEBRE HEMORRÁGICA:

10. NAS DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS DESCREVA


SOBRE DUAS DOENÇAS CITANDO SEUS RESPECTIVOS AGENTES
ETIOLÓGICOS, MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS E DIAGNÓSTICO
LABORATORIAL:

1. Explique o que são os flagelos bacterianos, sua função e como podemos classificar as
bactérias com esse critério.

2. Estabeleça a correlação entre os plasmídios e a técnica de clonagem


genética.

3. Cite e explique os 3 principais mecanismos de resistência bacteriana a


antimicrobianos.

4. Descreva as principais linhas de pesquisa da engenharia genética:

5. Conceitue:
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
1. Vírus
2. Vírions
3. príons

1. Como é realizada a técnica de Porto e qual sua finalidade (doença e agente


etiológico)?

2. Explique as fases do crescimento bacteriano numa curva de crescimento,


correlacionando com natalidade (duplicação bacteriana) e mortalidade
(morte bacteriana).

3.Descreva e desenhe a curva de crescimento populacional, incluindo todas as


suas fases:

4. Defina antibiograma e explique sua finalidade dando exemplos.

5. Sobre a resistência aos antibióticos, é incorreto afirmar que:


a- Ela é gerada pelos antibióticos.
b- Ela pode ser difundida pelos sistemas de recombinação
bacteriana.
c- Ela é decorrente de eventos de mutação.
d- Apenas algumas bactérias podem desenvolver essa resistência.
e- O principal responsável por sua disseminação é o próprio homem.

6. Sobre os sítios-alvo dos antibióticos é incorreto afirmar que:


a- Eles devem fazer parte de algum sistema vital para sobrevivência da
célula.
b- Eles devem se localizar no interior da célula.
c- Eles devem ser específicos para as bactérias.
d- A resistência aos antibióticos surge devido a proteção desses sítios.
e- Cada antibiótico ataca um sítio – alvo e interfere na fisiologia normal
da célula bacteriana.

7. São mecanismos de resistência aos antibacterianos, exceto:


a- Produção de beta lactamases.
b- Bombas de efluxo multidrogas (MDRs).
c- Mutações do sítio – alvo.
d- Alteração da constituição da membrana.
e- Incapacidade de internalização do antibiótico.

1- Marque a alternativa FALSA.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
a) O diagnóstico fúngico compreende: exame direto á freco e
clarificado com KOH a 10%.
b) Na cultura fúngica o meio de cultura utilizado é o Agar Sabouraud
+ antibiótico.
c) Para a incubação da cultura fúngica a temperatura ambiente varia
em torno de 37ºC.
d) A identificação taxonômica apenas determina o gênero do
microrganismo.
e) NDR

2- Em relação aos fungos marque a alternativa CORRETA


a) São eucariontes, heterotróficos, aeróbicos, cosmopolitas, reproduzem-
se sexuadamente e assexuadamente, apresentam uma parede celular
normalmente celulósica e raramente quitonosa.
b) Apresentam as seguintes estruturas somáticas: esporo, hifas, micélio,
pseudomicélio, células brotantes e quitina.
c) A divisão Eumycota compreende 5 subdivisões.
d) As classes Teliomycetes e Himenomycetes pertencem à subdivisão
Basidiomycotina.
f) NDR.

3- Em relação às estruturas somáticas dos fungos marque a


alternativa FALSA.

a) A parte somática dos fungos apresenta funções de absorção,


assimilação, fixação e às vezes de reprodução.
b) Uma hifa geralmente tem origem da germinação de um esporo, que ao
germinar emite tubos germinativos, que crescem originando - a.
c) Nos fungos cujo micélio é septado, os núcleos e
outros orgânulos presentes no protoplasma, passam de uma célula para
outra através de microvilosidades, permitindo uma contínua conexão
entre as células adjacentes.
d) Nos fungos unicelulares pode ocorrer a formação
de células brotantes que permanecem unidas umas as outras por algum
tempo, tornando-se depois dissociáveis.
e) NDR.

4- De acordo com as funções que desempenham, o micélio


pode sofrer transformações formando estruturas
especializadas. Em relação a essas estruturas marque a
alternativa FALSA.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
a) Artosporos – são elementos vegetativos de propagação formados pela
fragmentação do micélio. Cada fragmento se comporta como um esporo.
b) Esclerócios – são estruturas de resistência geralmente arredondadas
formadas pelo entrelaçamento de hifas de parede delgada, formando um
parênquima.
c) Estolões – são hifas que se elevam por cima do
substrato e em seguida entram novamente em contato com o substrato.
d) Clamidósporos – a parede da hifa se espessa tornando a hifa
arredondada comporta-se como um esporo de resistência.
e) Rizomorfa – hifas somáticas se reúnem paralelamente, podendo se
entrelaçar umas ás outras frouxamente, ou se ligam intimamente.

5- Em relação aos esporos dos fungos marque a alternativa


FALSA.

a) Artrósporos e blastosporos são esporos de origem


assexuada.
b) A parede dos esporos pode ser espessa ou delgada, hialina ou colorida,
com cílios ou apêndices filiformes simples ou ramificados.
c) Em relação à ornamentação dos esporos eles podem ser:
equinulados, verrucosos, reticulados, estriados, etc.
d) Os ascósporos são esporos de origem sexuada, originados a partir de
hifas ascógenas que formam o asco que é uma estrutura em forma de saco,
onde ocorre a plamogamia.
e) NDR

6- Com relação à Micologia Médica marque V ou F

a) Dermatofitoses se referem a certas infecções fúngicas da pele e seus


anexos ( v )
b) Dermatófitos são grupo de fungos filamentosos com afinidade particular
para as camadas superficiais queratinisadas do tegumento do homem
e dos animais ( v )
c) O conhecimento do habitat dos fungos patogênicos para o homem, é
de grande importância para a compreensão da epidemiologia e a
prevenção da doença (v )
d) Os dermatófitos encontram-se: no solo (geofílicos), nos animais
(zoofílicos), e no próprio homem (antropofílicos) ( v ).
e) No que se refere às doenças infecciosas, a epidemiologia procura
esclarecer os fatores que concomitantemente com o agente etiológico,
contribuem para que a doença surja ( v ).

7- Em relação a Tinea Versicolor marque a V ou F

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
a) A pitiríase versicolor, é uma dermatomicose superficial, muito difundida
em todas as partes do mundo, caracterizada pelo aparecimento de
pequenas manchas bem delimitadas, de coloração variável ( v ).
b) A transpiração abundante favorece o aparecimento de tais
manchas ( v )
c) As condições químicas e físico – químicas da pele favorecem a
implantação e proliferação do fungo agente das lesões Malassezia
furfur ( v ).
d) As manchas da pitiríase versicolor são de coloração geralmente
amarelada ou parda (v ).
e) O método de Porto (1953), consiste em colocar sobre as lesões um
fragmento de fita durex; destacando-se a referida fita, é a mesma presa a
uma lâmina é examinada ao microscópio ( v ).

8- Em relação a Paracoccidioidomicose marque V ou F.

a) O agente etiológico da Paracoccidioidomicose é um fungo dimórfico


denominado Paracoccidioides brasilienses ( v ).
b) O habitat natural do P. brasiliensis é o reino vegetal e o
solo ( v ).
c) Na maioria dos casos P. brasiliensis penetra no organismo pelo trato
respiratório ( v ).
d) No tratamento da P. brasiliensis utiliza-se a anfotericina B
( v ).
e) A duração do tratamento em casos de Paracoccidioidomicose,
depende não somente do antifúngico utilizado, mas também do grau
de disseminação das lesões e da capacidade imunitária do doente
(v).

9- Em relação ao crescimento microbiano marque a alternativa


FALSA.

a) O crescimento dos microrganismos na natureza, assim como no


laboratório e grandemente influenciado pela temperatura, pH, oxigênio, teor de
umidade e disponibilidade de nutrientes.
b) A curva de crescimento populacional para qualquer espécie de
bactéria pode ser determinada pelo crescimento do organismo em cultura pura.
c) O primeiro estágio inicial da curva de crescimento microbiano, a
bactéria absorve nutriente, sintetiza enzimas e se prepara para a reprodução.
d) Na fase logarítmica do crescimento exponencial, a bactéria se
multiplica tão rapidamente que o número da população dobra a cada tempo de
geração.
e) Durante a fase estacionária a cultura bacteriana mantém sua
menor densidade populacional.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
10- Em relação à reprodução Sexuada dos fungos marque V ou
F.

a) Plasmogamia – fusão de células com união dos


protoplasmas ( v ).
b) Cariogamia – fusão dos núcleos haplóides compatíveis, originando um
núcleo diplóide ( v ).
c) Copulação planogamética – ocorre na maioria dos fungos aquáticos
que são flagelados. Se dá pela fusão de dois gametas, dos quais pelo
menos um é móvel ( v ).
d) Contato Gametangial – ocorre quando todo o conteúdo do gametângio
masculino passa para o feminino, por um processo de dissolução da
parede ( v ).
e) Somatogamia – não há formação de gametângios, a própria hifa
funciona como gameta, ocorrendo plasmogamia, cariogamia e meiose
( v ).

QUESTÕES PARA PROVA DE MICROBIOLOGIA

PROFESSORA: ASTRIDE ARMINDA DE FREITAS

1. Marque (V) verdadeiro ou (F) falso


a. ( F ) Crianças recém-nascidas adquirem os seus primeiros
organismos da microbiota residente um mês após o parto.
b. ( F ) Mutualismo é um tipo de relação simbiótica relação
simbiótica em que um dos seres é beneficiado, mas o outro não é
beneficiado nem prejudicado (ex. Microbiota humana).
c. ( F ) A maior concentração microbiana do organismo encontra-
se no intestino delgado.
d. ( V ) Uma das funções da microbiota normal é a participação na
síntese de vitaminas pelas bactérias na luz intestinal.

2. São bactérias normalmente encontradas na nasofaringe, exceto:


a. Estreptococos
b. Estafilococos
c. Enterobactérias
d. Difteróides

3. Assinale a alternativa verdadeira:


a. No esôfago esperamos encontrar um grande número de bactérias
que são provenientes principalmente dos alimentos e secreções
da boca e orofaringe.
b. Em pacientes imunossuprimidos os fungos raramente são causa
de doença.
c. O meio ácido do estômago não impede o crescimento da
microbiota endógena.
d. No intestino grosso esperamos encontrar uma relação de
bactérias anaeróbias/aeróbias de 10/1.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
4. São funções da microbiota normal, exceto:
a. Produção de anticorpos.
b. Proteção contra infecções por organismos altamente virulentos.
c. Metabolismos de produtos alimentares.
d. Todas as respostas acima

Respostas:

1. F-F-F-V
2. c
3. d
4. d

Enzima secretada pelos estafilococos que possibilita sua disseminação através


do tecido conectivo, quebrando o ácido hialurônico:
a) leucocidina
b) colagenase
c) hialuronidase
d) estafiloquinase
e) NDR

2. Enzima capaz de lisar as células vermelhas do sangue quando os


estreptococos alfa e beta hemolítico crescem no agar-sangue:
a) fibrinolisina
b) hemolisina
c) coagulase
d) estreptoquinase
e) NDR

3. Virulência indica:
a) a capacidade de resistir a doença
b) a produção de toxinas
c) a capacidade de produzir doença
d) alta velocidade de reprodução
e) NDR

4. O Staphylococcus aureus é responsável pelas:


a) infecções das vias urinárias
b) doenças cutâneas como impetigo e foliculite
c) faringite estreptocócica
d) infecções oportunistas
e) NDR

5. Doença não-supurativa que pode ocorrer após doença localizada por


estreptococos do Grupo A:
a) fasciite necrotizante
b) piodermite
c) glomerulonefrite aguda
d) bacteremia
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
e) NDR

6. Fator de virulência de Streptococcus do grupo A que provoca a lise dos


leucócitos, plaquetas e eritrócitos, estimula a liberação de enzimas
lisossômicas e é imunogênica:
a) estreptolisina O
b) estreptoquinase
c) proteína F
d) Estreptolisina S
e) NDR

9. São considerados fatores que controlam a carga microbiana da pele, exceto


f) pH ácido da pele normal
g) Salinidade do suor
h) Químicos excretados como ácidos graxos e uréia
i) Grau limitado de umidade
j) Ausência de muco nas membranas que revestem as superfícies
internas do corpo

7. Todas as alternativas abaixo estão corretas, exceto:


a) O diagnóstico das infecções com Staphylococcus aureus é
freqüentemente clínico e o tratamento inclue drenagem e
antibióticos.
b) A síndrome da pele escaldada estafilocócica é causada por S.
aureus produtores de toxinas.
c) A celulite é uma infecção aguda disseminada da pele que envolve
apenas tecido cutâneo.
d) As infecções estreptocócicas da pele geralmente são diagnosticadas
clinicamente e tratadas com penicilina.
e) NDR

8. Com relação ao vírus da hepatite é correto afirmar que:


a) apenas o HAV e HBV são capazes de infectar e lesar o fígado.
b) O vírus da hepatite B e hepatite C causam hepatite infecciosa.
c) O fígado é o órgão alvo dos vírus que causam hepatite.
d) Existem pelo menos seis tipos de vírus causadores de hepatite,
todos pertencentes a família picornaviridae
e) NDR

10. Qual das bactérias mencionadas abaixo provoca diarréia por ingestão de
toxina pré-formada?

a) Estafilococos
b) Cólera
c) E. coli toxigênica
d) E. coli citotóxica
f) Clostridium difficile

11. Qual o agente etiológico mais freqüente das diarréias em crianças :

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
a) E. coli
b) Salmonella
c) Rotavirus
d) Shigella
e) Campylobacter jejuni

12. É correto afirmar que:

a) A E. coli enteropatogênica produz enterotoxinas ST e LT.


b) A cólera é ocasionada por mecanismo de invasão da mucosa.
c) A toxina termolábil estimula a guanilciclase.
d) A Shigella é causadora da disenteria bacilar.
e) NDR

13. Qual dos agentes abaixo ocasiona diarréia principalmente em aidéticos e


pessoas imunossuprimidas :

a) Cryptosporidium
b) Shigella
c) Salmonella
d) Agente Norwalk
e) NDR

14. A respeito dos mecanismos de secreção via AMPC, podemos afirmar :

a) O AMPciclico atua nas criptas ativando a bomba de K+ e com isto


aumenta a secreção
b) O AMPciclico bloqueia a bomba de Na+, levando a inibição da
absorção
c) O AMPciclico bloqueia a bomba de CL- o que promove efeito secretor
e diarréia
d) As toxinas ativam a guanilciclase para produção de AMPciclico e
promover secreção
e) NDR

15. Qual dos agentes abaixo causa inflamação e formação de


pseudomembranas no colon, chamando-se colite pseudomembranosa:

a) Shigella
b) Salmonella
c) E. Coli invasora
d) Clostridium difficile
e) Yersinia enterocolitica

16. Uma mulher de 21 anos de idade procurou o serviço de saúde para


estudantes universitários com história de freqüência urinária crescente de dois
dias de duração, juntamente com urgência e disúria. A urina adquiriu uma
coloração rosada ou sanguinolenta em cerca de 12 horas. A paciente não tem
nenhuma história pregressa de infecção das vias urinárias. Recentemente,

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
tornou-se sexualmente ativa e estava utilizando diafragma e espermicida. Nas
infecções do trato urinário é correto afirmar:

a) As infecções bacterianas raramente são adquiridas por via ascendente, da


uretra para a bexiga.
b) Fatores estruturais ou mecânicos do hospedeiro ou a cateterização
predispõem à infecção.
c) As infecções hospitalares do trato urinário são freqüentemente causadas por
bactérias Gram-positivas multi resistentes e o antibiograma não é considerado.
d) As infecções secundárias complicadas do trato urinário devem ser tratadas
com antibacterianos orais em dose única ou durante três dias.
e) Infecção do trato inferior tem uma apresentação mais grave do que a
infecção do trato urinário superior.

17. Assinale a alternativa incorreta com relação à Aids:

a) A transmissão da AIDS se dá pelo sangue e hemoprodutos, sêmen,


transferência transplacentária e diálise.
b) A replicação do vírus HIV ocorre durante todos os estágios da doença.
c) No processo da infecção pelo HIV são consideradas as fases clínicas:
infecção aguda, fase assintomática e fase crônica.
d) A síndrome da imunodeficiência adquirida tem como agentes etiológicos o
HIV 1 e HIV 2 amplamente disseminados no mundo.
e) NDR

18. Escolha a alternativa que melhor define os arbovírus:


a) grupo heterogênio de vírus que são transmitidos por vetores
b) grupo heterogênio de vírus transmitidos ao homem por insetos hematófagos
c) grupo homogênio de vírus, com características semelhantes e transmitidos
entre espécies
d) grupo homogênio de vírus que se reproduzem nas glândulas salivares de
insetos hematófagos e são transmitidos ao homem
e) nenhuma das alternativas anteriores

19. São quadros clínicos característicos de arbovirores, exceto:


a) Doença Febril
b) Doença Febril com Exantema
c) Diarréia
d) Encefalite
e) Febre Hemorrágica

20. Quanto as zoonoses escolha a alternativa incorreta:


a) são doenças de animais transmissíveis ao homem
b) são doenças causadas por patógenos que possuem reservatórios não
humanos
c) são transmitidas ao homem por meio de vetores
d) arenovírus são zoonoses transmitidas pelas fezes de roedores
e) doenças causadas por protozoários não são consideradas zoonoses

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
21. A presença da bactéria Escherichia coli como parte da microbiota residente
do intestino é um exemplo de:
a) Mutualismo
b)Comensalismo
c)Parasitismo
d) Oportunismo
e) NDR

22. Analise as assertivas abaixo e marque a opção correta, diante de sua


análise:

I) Os arbovírus, transportados por artrópodes, são transmitidos por mosquitos,


carrapatos ou moscas.
II) A dengue é um a doença não infecciosa, febril, aguda, causada por um vírus
do tipo RNA e apresenta quatro sorotipos.
III) O vírus da dengue só se transmite através da picada dos mosquitos do
gênero Aedes.
IV) Na primoinfecção da dengue por qualquer dos sorotipos, habitualmente o
paciente apresenta uma forma benigna da doença chamada dengue clássica.

a) I, II e III estão corretas


b) III e IV estão corretas
c) II e IV estão corretas
d) Todas estão corretas
e) NDR

23. A população microbiana da pele é representada principalmente por:


a) Klebsiella spp.
b) Proteus spp.
c) Pseudomonas spp.
d) Staphylococcus spp.
e) NDR.

24. Marque (V) verdadeiro ou (F) falso:


a- ( ) Crianças recém-nascidas adquirem os seus primeiros organismos da
microbiota residente durante o parto.
b- ( ) Comensalismo é um tipo de relação simbiótica em que um dos seres é
beneficiado, mas o outro não é beneficiado nem prejudicado.
c- ( ) A maior concentração microbiana do organismo encontra-se no intestino
delgado.
d- ( ) Uma das funções da microbiota normal é a participação na síntese de
vitaminas pelas bactérias na luz intestinal.

25. Caracterize a infecção como (H) hospitalar ou (C) comunitária


a ( ) Paciente politraumatizado admitido em serviço de emergência,
apresenta pneumonia no primeiro dia de internação
b( )Recém-nascido pré-termo no segundo dia de vida apresenta hipotermia
e bradicardia, sendo introduzido antibiótico. Mãe internada com bolsa rota há
48h.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
c ( ) Paciente transferido de outro hospital com diagnóstico de infecção
estafilocócica da ferida cirúrgica. Medicado com vancomicina (especifico para
esta infecção), não melhora. Após uma semana de internação isolado em
hemocultura Pseudomonas aeruginosa.
d ( ) Criança internada em enfermaria pediátrica em que é diagnosticada
Hepatite A no sétimo dia de internação (período de incubação: 3 a 5 semanas).

26. Entre as medidas principais para prevenção e controle das infecções


hospitalares, podemos citar, exceto:
a) Uso de antimicrobianos de largo espectro.
b) Adequada higienização das mãos pelos profissionais de saúde.
c) Uso de equipamentos individuais para cada paciente.
d) Lavagem e preparo adequados dos alimentos.
e) NDR

27. São considerados critérios diagnósticos das infecções hospitalares, exceto:


a) Piora de infecção comunitária em paciente hospitalizado e por outro agente.
b) Infecção associada a procedimentos invasivos (sondas, cateteres).
c) Infecção diagnosticada antes de 72h da admissão e não relacionada a
procedimentos hospitalares.
d) Infecção em recém-nascido de mãe com bolsa rota há menos de 24h.
e) NDR

28. Infecção do sistema reprodutor apresentando lesão: pápula à vesículosa


à úlcera à formação de crosta.
e) Papiloma venéreo
f) Clamidiose genital
g) Herpes genital
h) Sífilis
i) NDR

29. A obtenção de energia que empregam compostos inorgânicos, que não o


O2 como receptores finais de elétrons liberados na oxidação de compostos
químicos é um processo empregado pelas bactérias:
a) anaeróbicas
b) aeróbicas
c) fermentadoras
d) fotossintetizantes
e) NDR

30. Raimunda, 45 anos, ficou grávida 15 vezes e teve 2 abortos , viúva e sem
companheiro, com história de corrimento de odor fétido com intensa coceira há
vários anos, que trata e não melhora, observou ainda a presença de algumas
verrugas na vulva, relata que no 5° filho teve uma DST chamada de
Linfogranuloma Venéreo, ao exame físico da vulva percebe-se a presença de
várias lesões condilomatosas em grandes lábios e intróito vaginal e algumas
úlceras genitais disseminadas por toda a extensão dos pequenos lábios. Ao
final da consulta ela conta que o marido morreu de doença Pulmonar há 3
anos.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
Levante as hipóteses diagnósticas possíveis para este caso e os agentes
etiológicos, respectivamente.
a)______________________b)______________________c)
______________________

d) ______________________e) ______________________

31. Em um paciente infectado pelo vírus da hepatite B exame de sangue


realizado um mês após início da icterícia revela um único marcador sorológico
positivo, um nível expressivo de anti-HBc. Tanto a dosagem de HbsAg como
anti-HBs resultam negativos. Esta fase evolutiva da doença permite o
diagnóstico de :
a) hepatite crônica persistente
b) portador viral crônico
c) hepatite crônica ativa
d) convalescença
e) cura

32. Não é considerada conseqüência das doenças sexualmente transmissíveis:


a) doença inflamatória pélvica
b) câncer anogenital
c) infecção urinária
d) herpes recorrente
e) NDR

33. DST causada por espiroqueta, caracteriza-se por estágios, podendo ser
transmitida para o feto e diagnóstico inicial pelo VDRL, trata-se de:
f) sífilis
g) gonorréia
h) cancróide
i) AIDS
j) NDR

34. Sobre infecção do trato respiratório é correto afirmar:


a) Vírus são freqüentes em crianças
b) Pneumonia é sempre bacteriana
c) ausência de leucócitos no escarro é indicativo de infecção
d) lavado brônquico nunca é utilizado na avaliação da pneumonia
e) O Gram e o Ziehl não se prestam para bacterioscopia do escarro.

35. Sobre viroses do sistema nervoso central é correto afirmar:


a) só existe em humanos
b) o exsudato observado na encefalite é neutrofílico
c) a encefalite viral é comum em imunossuprimidos
d) a hidrofobia tem baixa mortalidade.
e) NDR

36. Infecção bacteriana aguda da garganta com febre e dor, inflamação da


faringe e amídalas, placas brancas de pus no epitélio faringiano. Estas
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
características referem-se a _________________, infecção causada por
_______________________________.
a) Difteria, Corynebacterium diphtheriae.
b) Faringite estreptocócica, Streptococcus pyogenes.
c) Laringotraqueobronquite, vírus parainfluenza.
d) Crupe, influenza A.
e) NDR.
37. Paciente de 19 anos, sexo feminino, é atendida no hospital apresentando
acessos de tosse incontroláveis na tentativa de expelir um grosso muco que se
forma na traquéia e nos brônquios. Podemos afirmar que:

a) O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada pelo Blastomyces


pertussis.
b) O quadro clínico é para pertussis, infecção causada pela Legionella.
c) O quadro clínico é para coqueluche, infecção causada pelo Bordetella
pertussis.
d) O quadro clínico é para bronquite, infecção causada por vários patógenos.
e) NDR

38. Rinite se refere a:


a) infecções das glândulas salivares parótidas
b) amígdalas inflamadas e infectadas
c) membranas mucosas inflamadas do nariz
d) membranas da garganta inflamadas e infectadas
e) NDR

39. Marque (V) para as afirmativas verdadeiras e (F) para as afirmativas falsas:
a) ( ) o agente causador da forma mais comum de pneumonia bacteriana é
o Streptococcus pneumoniae.
b) ( ) a maioria das infecções do trato respiratório é não é viral, mas sim
bacteriana.
c) ( ) a vacina contra o resfriado é possível devido a semelhança
imunológica do grupo de vírus que causa o resfriado.
d) ( ) o controle da difteria se baseia inteiramente na imunização em
massa das crianças.
e) ( ) um teste tuberculínico positivo é interpretado como indicador de uma
infecção ativa.

40. As infecções da bexiga são referidas como sendo:


f) pielonefrite
g) glomerulonefrite
h) cistite
i) infecção da parede da bexiga (IPB)
j) NDR

GABARITO
1 A B C D E
2
3
4
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40

QUESTÕES PARA PROVA DE MICROBIOLOGIA

PROFESSORA: ASTRIDE ARMINDA DE FREITAS

1. Assinale a alternativa FALSA:


a. A acidez gástrica é um fator que promove diminuição do
crescimento bacteriano no estômago.

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
b. Na porção superior do intestino delgado encontra-se pequeno
número de bactérias, porque a bile inibe seu crescimento.
c. No intestino grosso encontra-se a maior população bacteriana do
organismo, sendo a grande maioria representada por bactérias
aeróbicas.
d. A obstrução das vias biliares pode levar a um quadro chamado
colangite que favorece o crescimento de algumas bactérias como,
por exemplo, Salmonella spp.

2. A relação na qual um dos seres é beneficiado, mas o outro não é nem


beneficiado nem prejudicado, chama-se:
a. Parasitismo
b. Mutualismo
c. Comensalismo
d. Oportunismo

3. Marque (V) verdadeiro ou (F) falso


a. ( ) Crianças recém-nascidas adquirem os seus primeiros
organismos da microbiota residente após a segunda semana de
vida.
b. ( ) A Escherichia coli é um habitante comum do trato urinário.
c. ( ) A maior população microbiana da pele é representada por
Streptococcus spp.
d. ( ) Uma das funções da microbiota normal é a participação na
síntese de vitaminas pelas bactérias na luz intestinal.

4. Caracterize a infecção como (H) hospitalar ou (C) comunitária


a. ( ) Paciente internado para cirurgia eletiva é sondado e
apresenta febre e disúria no 2o dia pós-operatório.
b. ( ) Paciente submetido a cirurgia de prótese articular há 9
meses comparece ao ambulatório apresentando febre e saída de
secreção purulenta pela ferida operatória.
c. ( ) Paciente com AIDS e monilíase (candidíase) oral
desenvolve monilíase esofágica no oitavo dia de internação.
d. ( ) Recém-nascido no segundo dia de vida apresenta-se com
hipotermia e bradicardia. Inicia-se antibioticoterapia. Sua mãe fora
hospitalizada com bolsa rota há 48 horas.

5. Qual das alternativas melhor define a infecção nosocomial:


a. Infecção que o paciente apresenta no ato de admissão hospitalar.
b. Infecção adquirida por via transplacentária.
c. Piora de infecção comunitária em paciente hospitalizado, quando
é isolado o mesmo agente.
d. Infecção que o paciente desenvolve durante a hospitalização, ou
após a alta desde que relacionada à internação prévia.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
6. Constituem fatores de risco para as infecções hospitalares, exceto:
a. Uso de equipamentos e suprimentos descartáveis para cada
paciente.
b. Sondagem vesical, cateterismo venoso, intubação orotraqueal.
c. Uso de antibióticos de largo espectro.
d. Gravidade da doença de base.

GABARITO:

1. C
2. C
3. F-F-F-V
4. H-H-C-C
5. D
6. A

Referente a hepatites virais é correto afirmar:

A- são doenças infecciosas de evolução aguda ou crônica.


B- Apresentam similitudes clínicas diferindo na etiologia,
epidemiologia e imunopatogênese.
C- O vírus da hepatite B somente se multiplica em uma célula
infectada com HDV.
D- Os vírus das hepatite A e E são transmitidos pela água e
alimentos contaminados.
E- Todas as alternativas estão corretas.
F- Apenas as alternativas A,B e D estão corretas.

Correlacionar as duas colunas e assinalar a opção correta (seqüência correta):

1) Treponema pallidum ( )Monilíase


2) Neisseria gonorrhoeae ( )Cancro duro
3) Clamydia trachomatis ( )Cancro mole
4) Calymatobacterium granulomatis ( )Linfogranuloma
5) Haemophylus ducreyi ( ) Condiloma acuminado
6) Papovírus ( ) Gonorréia
7) Candida albicans ( ) Donovanose

c- 7,1,3,6,2,5,4 b- 7,1,5,3,6,2,4
c- 4,1,5,3,6,2,7 d- 3,7,5,4,6,1,2

As bactérias produzem endotoxinas e exotoxinas. Um exemplo de cada uma


delas é:

F- Ácido hialurônico e hialuronidase


G- Lipopolissacarídeos (LPS) e enterotoxinas
H- Toxina alfa e toxina beta
I- Estreptoquinase e estafiloquinase
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
J- Catalase e coagulase

A uma amostra de coco Gram positivo adicionou-se uma gota de peróxido de


hidrogênio (H2O2). Observou-se a formação de bolhas. Submeteu-se a amostra ao teste
de coagulase e o resultado foi positivo.Pela descrição e resultados dos testes acima,
podemos afirmar que o microrganismo em questão é um:

F- Streptococcus pneumoniae
G- Enterococcus faecalis
H- Staphylococcus aureus
I- Staphylococcus epidermidis
J- Streptococcus pyogenes

O aumento de viscosidade no teste de Gram sem coloração indica que:


F- a bactéria é catalase positiva
G- a bactéria é Gram positiva
H- a bactéria é catalase negativa
I- a bactéria é Gram negativa
J- NDR

As bactérias são classificadas em Gram positivas ou Gram negativas de


acordo com a quantidade de certas substâncias presentes na sua parede. As
Gram negativas possuem como característica peculiar:
F- alta quantidade de mureína
G- baixa quantidade de lipídios
H- alta quantidade de ribossomos
I- baixa quantidade de mureína e alta taxa de lipídios (LPS)
J- parede celular

Quanto à preparação, acondicionamento e controle de qualidade dos meios de


cultura:

a) Aos meios de cultura não precisam ser esterilizados.


b) Os meios de cultura enriquecidos inibem o crescimento de microrganismos
não existentes.
c) O ágar é a substância utilizada para dar consistência sólida aos meios.
d) As condições de pH, pressão osmótica e grau de umidade são dispensáveis
ao desenvolvimento dos microrganismos.
e) NDR.

As afirmações quanto a Pitiríase versicolor estão corretas, exceto:

a) O organismo é encontrado universalmente, como um comensal, em pele lisa


normal dos seres humanos.
b) A Malassezia furfur é o agente etiológico da Pitiríase versicolor, também
conhecida como tinea versicolor.
c) Utiliza-se a coloração de Gram para a observação das estruturas fúngicas no
microscópio do agente etiológico.
d) Malassezia furfur é um fungo dimórfico por apresentar duas fases:
leveduriforme e filamentosa.
Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ
Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br
e) NDR

Constituem fatores de risco para as infecções hospitalares, exceto:


e. Uso de equipamentos e suprimentos descartáveis para cada
paciente.
f. Uso de sondas vesicais e cateteres.
g. Extremos de idade.
h. Gravidade da doença de base.
i. NDR

Podemos citar como principais infecções hospitalares, exceto:


a) Pneumonia
b) Infecções do trato urinário
c) Infecção de sítio cirúrgico
d) Diarréia aguda
e) NDR

Qual das alternativas melhor define a infecção nosocomial:


a) Infecção que o paciente desenvolve durante a hospitalização, ou após a alta
desde que relacionada à internação prévia.
b) Infecção que o paciente apresenta no ato de admissão hospitalar.
c) Infecção adquirida por via transplacentária.
d) Todas as alternativas acima.
e) NDR
Dermatomicose se refere a:
a) uma doença ocular causada por vírus.
b) Uma infecção da pele causada por bactérias.
c) Uma infecção da pele causada por fungos.
d) Um protozoário
e) NDR
Liste cinco diferenças entre células de animais eucarióticos e células
bacterianas procarióticas.

Cite infecções genitais que podem causar infecções congênitas e neonatais.


Como se pode evitar as infecções sexualmente transmissíveis?

Como você determinaria qual agente antimicrobiano deve ser mais eficaz
contra um certo patógeno?

Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte - FMJ


Av. Leão Sampaio S/N Km 03
Juazeiro do Norte – CE
63.011.970
PABX - 088.571.1026 FAX – 088.571.4337 homepage:www.fmj-ce.edu.br

Você também pode gostar