Você está na página 1de 87

TRANSPORTADORA OFICIAL DA SELEÇÃO BRASILEIRA

NÚMERO 138 • SETEMBRO • 2013

DA SELEÇÃO BRASILEIRA NÚMERO 138 • SETEMBRO • 2013 138 ROCK IN RIO O Skank se
DA SELEÇÃO BRASILEIRA NÚMERO 138 • SETEMBRO • 2013 138 ROCK IN RIO O Skank se

138

ROCK IN RIO

O Skank se prepara para a Copa do Mundo dos festivais

LETÍCIA SPILLER

A atriz celebra 25 anos de

TV com novos projetos

ATLANTA

Hospitalidade, restaurantes

e atrações de primeira

SPILLER A atriz celebra 25 anos de TV com novos projetos ATLANTA Hospitalidade, restaurantes e atrações
Caio Castro, Fernanda Vasconcellos, Laura Neiva e Tammy Di Calafiori doaram parte de seus cachês
Caio Castro, Fernanda Vasconcellos, Laura Neiva e Tammy Di Calafiori doaram parte de seus cachês para a campanha O Câncer de Mama no Alvo da Moda®
marca licenciada do Conselho de Moda da América – Fundação CFDA Inc., EUA. Ao adquirir os produtos contendo o “Alvo Azul”, você estará doando R$ 6,50
ao Instituto Brasileiro de Controle do Câncer –IBCC.”
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico
Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277
Responsável Técnico Dr. Luiz Carlos V. de Andrade – CRM 48277

PLANO DE VOO

SETEMBRO 2013

PLANO DE VOO SETEMBRO 2013 138 90 110 136 É UMA PARTIDA BELEZA SERTANEJO DE COPA

138

90

110

136

É UMA PARTIDA

BELEZA

SERTANEJO

DE COPA DO MUNDO

PURA

GRADUADO

14

CARTAS

14 CARTAS
14 CARTAS
14 CARTAS

16

BASTIDORES DA AVIAÇÃO

20

EM TRÂNSITO

35

EMBARQUE

98

COMPORTAMENTO

106

JANELA

128

DESCOBERTA

142

POSTAIS POR ESCRITO

144

BEM VIVER

147

VOE GOL

170

MEU JEITO DE VOAR

 

Com estilo de jogo bem mineiro,

Impecável aos 40 anos e curtindo

Uma das maiores

a

banda Skank fala sobre o décimo disco, os 22 anos de carreira

uma rotina caseira, Letícia Spiller atua em sua 14ª novela e se aventura

fabricantes de moda country no Brasil, a Tassa aproveita o boom

e

a emoção de tocar no Rock in Rio

como produtora no cinema

do gênero para faturar alto

118 É PRA VIAGEM A cidade americana pulsa com atrações turísticas, restaurantes, cena musical riquíssima
118
É PRA VIAGEM
A cidade americana pulsa com atrações
turísticas, restaurantes, cena musical
riquíssima e a famosa hospitalidade sulista
CAPA CIA DE FOTO / FOTOS CIA DE FOTO, DARYAN DORNELLES, KIKO FERRITE E FELIPE GOMBOSSY

8 REVISTA GOL

sulista CAPA CIA DE FOTO / FOTOS CIA DE FOTO, DARYAN DORNELLES, KIKO FERRITE E FELIPE
sulista CAPA CIA DE FOTO / FOTOS CIA DE FOTO, DARYAN DORNELLES, KIKO FERRITE E FELIPE
sulista CAPA CIA DE FOTO / FOTOS CIA DE FOTO, DARYAN DORNELLES, KIKO FERRITE E FELIPE
sulista CAPA CIA DE FOTO / FOTOS CIA DE FOTO, DARYAN DORNELLES, KIKO FERRITE E FELIPE

ILUSTRAÇÃO JOANA RESEK

EDITORIAL

SETEMBRO 2013

Rock é uma viagem
Rock
é uma
viagem

As centenas de milhares de pessoas na plateia nunca tinham experimentado nada parecido: assistir de perto, aqui no Brasil, às maiores bandas de rock do mundo. E os jovens artistas nacionais não haviam tido oportunidade igual: tocar para uma multidão com equipamento de primeira, em pé de igualdade com a turma de fora. O primeiro Rock in Rio, em 1985, foi um marco na história dos festivais no Brasil. Para quem estava lá na Cidade do Rock, ou para quem viu os shows pela TV, o evento gravou na memória um punhado de cenas emocionantes – como Freddy Mercury regendo um coro de 100 mil pessoas na clássica “Love of my life” ou Cazuza com a bandeira nacional celebrando a volta da democracia no país e cantando “Pro dia nascer feliz”. Depois, o festival teve novas edições no Rio, atravessou o Atlântico para versões em Lisboa e Madri, conquistou gerações mais jovens que

também colecionaram lembranças inesquecíveis. E se aproxima, renovado, dos 30 anos de história com uma nova edição neste mês cheia de novidades e grandes atrações – como você poderá ler nas nossas reportagens sobre o Rock in Rio e sobre a banda mineira Skank. Inovação, profissionalismo, perenidade, a aposta no brasileiro, o desafio de sair do zero para construir

um grande sonho

qualidades que nós aqui da GOL identificamos apenas no Rock in Rio. São princípios compartilhados entre um dos principais festivais de entretenimento do mundo e uma companhia aérea que em apenas 12 anos de existência se tornou, com um misto de orgulho e humildade, a maior companhia aérea de baixo custo e baixa tarifa da América Latina. Por isso, para nós foi uma iniciativa absolutamente natural nos tornarmos a transportadora oficial do evento e

criarmos uma série de ações especiais para acolher as milhares de pessoas que viajarão ao Rio, de várias partes do Brasil e do mundo, para entrar em comunhão por meio da música.

Essas não são

Aqui na GOL acreditamos que uma empresa não é apenas o produto que cria ou o serviço que oferece, mas também aquilo em que acredita e que apoia. Por isso, também é coerente sermos a transportadora aérea oficial

do futebol e do vôlei brasileiros – não só porque nossas seleções nacionais são símbolos de excelência que levam

a marca Brasil para viajar pelo mundo, mas sobretudo porque o esporte é um instrumento poderoso para diminuir

a distância entre as pessoas – como,

aliás, são a música e a aviação. Aproveite seu voo, curta sua leitura e viaje por meio da música. Porque hoje é dia de rock.

PAULO KAKINOFF PRESIDENTE DA GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES

da música. Porque hoje é dia de rock. PAULO KAKINOFF PRESIDENTE DA GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES

FOTOS ARQUIVO PESSOAL

TRIPULAÇÃO

FOTOS ARQUIVO PESSOAL TRIPULAÇÃO KIKO FERRITE A fotografia faz parte da vida do paulistano Kiko Ferrite,

KIKO FERRITE

A fotografia faz parte da vida do paulistano Kiko Ferrite, 41 anos, desde 1995, quando embarcou com uma câmera pelo sudeste asiático. Depois rodou pelas revistas Exame, Trip e Próxima Viagem. Para esta edição, ele foi até o Bom Retiro retratar o empresário Najib Rjeili, criador da marca Tassa. “Foi incrível ver como ele tem cuidado com a produção, do começo ao fim”, diz.

tem cuidado com a produção, do começo ao fim”, diz. FELIPE GOMBOSSY Autor das fotos da

FELIPE GOMBOSSY

Autor das fotos da reportagem sobre Atlanta, Felipe Gombossy, 35 anos, lembra-se de ter clicado pela primeira vez uma viagem aos 12 anos. Ele transformou essa experiência da infância em profissão, atuando em publicações customizadas e semanais. “Achei a cidade demais, cheia de pessoas receptivas e uma ótima culinária sulista.”

de pessoas receptivas e uma ótima culinária sulista.” VERA BARRERO Há 36 anos morando em São

VERA BARRERO

Há 36 anos morando em São Paulo, a jornalista Vera Barrero, nascida em Assis (SP), trabalhou por 25 anos na editora Abril e dirigiu a revista Arquitetura e Construção. Para ela, escrever a reportagem sobre o Complexo Brasiliana, dentro do campus da USP, foi um prazer. “É um prédio fantástico, de arquitetura belíssima, que reúne muitas preciosidades.”

arquitetura belíssima, que reúne muitas preciosidades.” RICARDO ALEXANDRE Jornalista com passagem pelas redações

RICARDO ALEXANDRE

Jornalista com passagem pelas redações da Bizz e da Trip , Ricardo Alexandre, 38 anos, é de Jundiaí (SP). Ele assina o perfil da banda mineira Skank. “Cresci em paralelo a eles no meio musical e fiquei feliz em ver a maturidade que o grupo apresenta hoje”, diz o autor do livro Cheguei bem a tempo de ver o palco desabar.

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES

Presidente PAULO SÉRGIO KAKINOFF Vice-presidentes ADALBERTO BOGSAN e EDMAR LOPES

REVISTA GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES Editor PAULO LIMA Diretor Superintendente CAR- LOS SARLI Diretor Editorial FERNANDO LUNA Diretor Financeiro AGENOR S. SANTOS Diretora de Publicidade e Circulação ISABEL BORBA Diretora de Eventos e Projetos Especiais Proprietários ANA PAULA WEHBA Diretora de Criação CIÇA PINHEIRO Conselho Editorial CONSTANTINO DE OLIVEI- RA JR., JOAQUIM CONSTANTINO NETO, PAULO SÉRGIO KAKINOFF, FLORENCE SCAPPINI, MAR- CUS DE BARROS PINTO, THALITA MARTORELLI, PRISCILA TATIANE ALMEIDA e CARLA DATE

Diretor de Núcleo RICARDO CALIL Diretor de Redação THIAGO LOTUFO Redator-chefe FELIPE GIL Editor MARCO TOMAZZONI Repórter DANIEL MARQUES Diretora de Arte FERNANDA FICHER Editor de Arte FREDERICO RAMOS Estagiária de Arte SUZANNE ROLLEMBERG Coordenadora de Produção CARLA ARAKAKI Produtora DEBORAH DI CIANNI Projeto Gráfico PEDRO INOUE

Coordenador de Pesquisas de Imagens ALDRIN FERRAZ Bibliotecário DANIEL ANDRADE Esta- giárias NATALY RODRIGUES e GABRIELA LIE Produção Gráfica WALMIR GRACIANO Produtor Gráfico CLEBER TRIDA Tratamento de Imagens ROBERTO LONGATTO e ROBERTO OLIVEIRA Coordenadora de Revisão ECILA CIANNI Revisoras ADRIANA RINALDI, JANAÍNA MELLO e MARCOS VISNADI DEPARTAMENTO COMERCIAL PUBLICIDADE Gerente de Publicidade GOL e GOL On Board PA- TRICIA BARROS patricia@trip.com.br (11) 3898-8206 Supervisora de Projetos Especiais e Pla- nejamento Comercial ANA CAROLINA COSTA OLIVEIRA Supervisor de Mídia On Board CESAR VIOLIN cesar.violin@trip.com.br Assistente Comercial da Diretoria GABRIELA TRENTIN gabi.t@ trip.com.br (11) 2244-8727 Assistente de Mkt Publicitário FABIANA CORDEIRO Executivas de Contas GOL e GOL On Board LILIAN RIBEIRO lilian@trip.com.br, ELIANA GERVÁSIO eliana- gervasio@trip.com.br, ALESSANDRA HIDALGO alessandra.hidalgo@trip.com.br e KARINA DU- TRA karinadruta@trip.com.br Gerente de Contas On-line MARCO GUIDI marco.guidi@trip.com.

br (11) 3898-8342 Executiva de Contas On-line FERNANDA SIQUEIRA fernandasiqueira@trip. com.br Assistente Comercial On-line BIANCA PISANESCHI bianca@trip.com.br (11) 3898-8340 Tráfego Comercial ALINE TRIDA aline.trida@trip.com.br Assistente de Opec CRISTIANE MORA- ES Para anunciar publicidade@trip.com.br (11) 3898-8227 Representantes: International Sales MULTIMEDIA, INC. (USA) +1-407-903-5000 info@multimediausa.com ARGENTINA ROBERTO RAJMILEVICH rra@ar.inter.net (54 011) 4961-5210 BA ROMÁRIO JÚNIOR romario@upmidia.info (71) 9105-5155; DF ALAOR MACHADO alaormachado@a2representacao.com.br MG RODRIGO FREITAS rodrigobox@me.com (31) 9421-6777 PE WLADMIR ANDRADE wladmir.recife@ome- gamidia.com.br (81) 3465-4479 PR RAPHAEL MULLER raphaelmuller@consultoriaresultado. com.br (41) 7813-7395 RJ JULIANA ROCHA juliana.rocha@gsbmidia.com.br (21) 3022-0110 RS/ SC ADO HENRICHS ado@trip.com.br (51) 3028-6511 SE PEDRO AMARANTE pedroamarante@ gabinetedemidia.com.br (79) 3246-4139 SP INTERIOR DANIEL PALADINO dpaladino@ld2comu- nicacao.com.br (11) 8384-0008 MKT Coordenadora de Mkt NANCY MINERVINI Assistente de Arte NATÁLIA COELHO PROJETOS ESPECIAIS PROPRIETÁRIOS Coordenação REGINA TRAMA regina@trip.com.br Edi- tora de Arte ANA LUIZA PEREIRA Assistente MARIANA BEULKE COMERCIAL TRADE E CIRCULAÇÃO Diretora DANIELA BASILE danielab@trip.com.br Analis-

ta de Trade RENATA VILAR rvilar@trip.com.br Gerente de Logística e Circulação Bancas/Varejo

ADRIANO BIRELLO adriano@trip.com.br Analista de Circulação VANESSA MARCHETTI vanessa. marchetti@trip.com.br PROJETOS DIGITAIS Diretor de Mídias Eletrônicas de Custom Publishing BETO MACEDO beto- macedo@trip.com.br Editores de Arte DÉBORA ANDREUCCI debora.andreucci@trip.com.br e DIEGO MALDONADO diego@trip.com.br NEGÓCIOS Gerente de Negócios IZABELLA ZUANA- ZZI izabella@trip.com.br RELAÇÕES PÚBLICAS TAÍS NERI tais@trip.com.br Assistentes de RP RAFAEL SILVA rafael@trip. com.br e MONALISA DE OLIVEIRA monalisa@trip.com.br Estagiária de RP VERONICA CENTENO

COLABORAM NESTA EDIÇÃO Texto ALAN DE FARIA, ALANA DELLA NINA, ARTHUR VERÍSSIMO, CLAUDIO LEAL, DAFNE SAMPAIO, DANIEL LEB SASAKI, DANILO CASALETTI, FABIO RIGOBE- LO, FÁBIO SUZUKI, JUNIOR MILÉRIO, KATIA ABREU, LUIZA TERPINS, MÁRCIA DE LUCA, MA- RIANE MORISAWA, NATÁLIA LEÃO, NATÁLIA AZEVEDO, PEDRO HENRIQUE ARAÚJO, PEDRO HENRIQUE FRANÇA, RICARDO ALEXANDRE, RICARDO FREIRE, VERA BARRERO Fotos ALEXIA SANTI, ANA ROVATI, CLAUS LEHMANN, CIA DE FOTO, FELIPE GOMBOSSY, FLÁVIO SCORSA- TO, HENK NIEMAN, KIKO FERRITE Ilustração DANIEL ALMEIDA, JOANA RESEK Beleza CAROL BICUDO Stylist FELIPE DORNELLES. A Revista GOL Linhas Aéreas Inteligentes é uma publicação mensal da Trip Editora e Propaganda S/A, sob licença da GOL Transportes Aéreos. Redação

e Publicidade: caixa postal 11485-5, CEP 05422-970. Tels.: (11) 2244-8747, 2244-8797. Esta re- vista não pode ser comercializada. Envie seus comentários para a redação pelo e-mail: gol@ trip.com.br. Tiragem 150.000 exemplares. Impressão LOG&PRINT GRÁFICA E LOGÍSTICA S.A. PARA ANUNCIAR (11) 3898-8241. www.tripeditora.com.br

S.A. PARA ANUNCIAR (11) 3898-8241 . www.tripeditora.com.br A Trip Editora, consciente das questões ambientais e

A Trip Editora, consciente

das questões ambientais e sociais, utiliza papéis com certificado FSC (Forest Stewardship Council) para impressão deste material. A Certificação FSC garante que uma matéria-prima florestal provenha de um manejo

considerado social, ambiental

e

economicamente adequado

e

outras fontes controladas.

AUDITADO POR

social, ambiental e economicamente adequado e outras fontes controladas. AUDITADO POR 12 REVISTA GOL
social, ambiental e economicamente adequado e outras fontes controladas. AUDITADO POR 12 REVISTA GOL
social, ambiental e economicamente adequado e outras fontes controladas. AUDITADO POR 12 REVISTA GOL

FOTOS RENATO PARADA, DARYAN DORNELLES E MARCELO CORREA

Anitta, a nova geração do funk carioca
Anitta, a nova
geração do
funk carioca

CAIXA DE ENTRADA

Anitta, a nova geração do funk carioca CAIXA DE ENTRADA Quer enviar sugestões para nossa revista?

Quer enviar sugestões para nossa revista? Mande seus comentários para GOL@TRIP.COM.BR ou deixe sua mensagem no Twitter, no blog, no Facebook e no Google+ da GOL*

O ator Daniel de Oliveira, capa da edição de agosto
O ator Daniel de
Oliveira, capa da
edição de agosto

Poderosa

Manda bem

“Daniel de Oliveira é um grande ator!”

IRIS RODRIGUES, VIA FACEBOOK

Leitura de bordo

“Parabéns pela revista! ”

MILTON B. MENDES, VIA E-MAIL

“Parabéns à equipe mais uma vez.

A edição 137 está perfeita.”

WALLACE ABREU, VIA FACEBOOK

Você na revista da GOL

“Essa coluna [Em trânsito]

é muito divertida, parabéns!”

ROGERIO HENRIQUE, VIA E-MAIL

*

divertida, parabéns!” ROGERIO HENRIQUE , VIA E-MAIL * twitter.com/voegoloficial BLOG blog.voegol.com.br “Adorei

twitter.com/voegoloficial

BLOG

blog.voegol.com.br

“Adorei me ver na revista da GOL! Amei as fotos de infância e com a minha mãe. Tudo ficou tão legal que pedi para levar uma edição para casa.”

ANITTA, CANTORA

Viver bem

“Tive a oportunidade de ler um artigo da Márcia de Luca na revista da GOL e adorei. Inclusive mostrei para minha esposa e meus filhos, que também gostaram muito.”

JOÃO CARLOS DAY, VIA E-MAIL

O vinil voltou!

“Baita matéria sobre a volta do vinil na revista da GOL!”

RAFAEL ROCHA, VIA INSTAGRAM

“Quero os dois [vinis da cantora Tulipa Ruiz] e quero voar GOL agora!”

PEDRO MARQUES, VIA FACEBOOK

KL Jay, DJ dos Racionais MC’s e fã de vinil
KL Jay, DJ dos
Racionais MC’s
e fã de vinil

facebook.com/voegol

plus.google.com/+voegol

Jay, DJ dos Racionais MC’s e fã de vinil facebook.com/voegol plus.google.com/+voegol @voegoloficial 14 REVISTA GOL

@voegoloficial

Jay, DJ dos Racionais MC’s e fã de vinil facebook.com/voegol plus.google.com/+voegol @voegoloficial 14 REVISTA GOL
Jay, DJ dos Racionais MC’s e fã de vinil facebook.com/voegol plus.google.com/+voegol @voegoloficial 14 REVISTA GOL
Jay, DJ dos Racionais MC’s e fã de vinil facebook.com/voegol plus.google.com/+voegol @voegoloficial 14 REVISTA GOL
Jay, DJ dos Racionais MC’s e fã de vinil facebook.com/voegol plus.google.com/+voegol @voegoloficial 14 REVISTA GOL
Jay, DJ dos Racionais MC’s e fã de vinil facebook.com/voegol plus.google.com/+voegol @voegoloficial 14 REVISTA GOL

FOTOS ALEXIA SANTI E FABIO ANDRADE

BASTIDORES DA AVIAÇÃO

PODE COMPLETAR

A GOL possui um setor dedicado à gestão de combustíveis, garantindo que a companhia seja cada vez mais eficiente e polua menos

que a companhia seja cada vez mais eficiente e polua menos ALGUMA CURIOSIDADE SOBRE AVIAÇÃO? Mande
ALGUMA CURIOSIDADE SOBRE AVIAÇÃO? Mande a sua pergunta para nós gol@trip.com.br
ALGUMA
CURIOSIDADE
SOBRE AVIAÇÃO?
Mande a sua
pergunta para nós
gol@trip.com.br

Ao embarcar em uma aeronave, você já se perguntou quantos litros de combustível ela carrega e com que frequência é reabastecida? Sabe dizer onde ele fica armazenado? E qual é o combustível? A GOL, uma das companhias aéreas mais eficientes do Brasil, conta com um departamento dedicado especificamente ao setor. Além de representar grande parte dos custos de qualquer empresa aérea (cerca de 43% do total), o consumo de combustível é responsá- vel pela maior parte das emissões de gases do efeito estufa da aviação. “A GOL preocupa-se com o meio ambiente, por isso desenvolveu uma série de projetos e medidas para tornar as viagens mais eficientes, o que se reflete não só em um melhor serviço aos clientes, mas também na menor emissão de gases na atmosfera”, destaca o comandante Pedro Scorza, responsável pela área de Despacho de Voos e Combustíveis. Composto de 330 colaboradores, o setor é encarregado de garantir que a quantidade de combustível a bordo das aeronaves cumpra os requisitos da regulação brasileira e os padrões de segurança internos. Cuida também dos planos de voo e do balanceamento e da distribuição do peso a bordo. Na sede do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, a equipe utiliza um avançado software para calcular a navegação voo a voo, que determina, por exemplo, a quantidade de combustível que será necessária por rota. Ali, também trabalha uma técnica ambiental, responsável pela gestão das questões ligadas ao efeito estufa. A orientação para a sustentabilidade permeia toda a operação da empresa. A GOL tem uma parceria com a Fuel Efficiency Services, da GE Aviation, para o desenvolvimento de projetos visando a redução do consumo de combustíveis fósseis e a consequente diminuição na emissão de gases. As iniciativas incluem a otimização dos processos de aproximação para pouso, a reavalia- ção do procedimento de seleção dos alternados (voos desviados devido à impossibilidade de pouso em seus destinos), e o uso de geradores de energia externos quando em solo, entre outros. Conheça mais na próxima página sobre os bastidores do uso de combustível na GOL.

1616

REVISTAREVISTA GOLGOL

VOANDO VERDE

GOL integra grupo internacional de pesquisa de combustíveis alternativos

Os comandantes Adalberto Bogsan, vice-presidente técnico da GOL, e Pedro Scorza no voo de 2012
Os comandantes Adalberto
Bogsan, vice-presidente
técnico da GOL, e Pedro Scorza
no voo de 2012

A GOL acredita que o desenvolvimento de

biocombustíveis representa um importan-

te passo para a redução de impactos no

meio ambiente. Por conta dessa visão, a

companhia foi a primeira empresa aérea brasileira a compor o Sustainable Aviation Fuel Users Group (Safug), grupo interna- cional de pesquisa de biocombustíveis para

a aviação. A GOL é também fundadora da

plataforma brasileira de bioquerosene, que

busca estabelecer a indústria do produto no país. Em 2012, a companhia realizou o primeiro voo entre São Paulo e Rio de Janeiro com o biocombustível Hefa SPK, produzido a partir de etanol de milho e óleos e gorduras residuais, durante a Conferência Rio +20. Com o projeto Voando Verde Copa do Mundo 2014, a GOL pretende efetuar mais de 200 voos com biocombustível entre as cidades-sede.

mais de 200 voos com biocombustível entre as cidades-sede. USO INTELIGENTE Ao contrário do que se

USO INTELIGENTE

Ao contrário do que se pode imaginar, os aviões não precisam decolar com os tanques totalmente cheios. Na GOL,

o planejamento é realizado a cada

etapa e segue as regulamentações brasileiras e internacionais. Levar

combustível a mais diminui a capacidade de operação da aeronave em aeroportos com pistas mais curtas ou em condições meteorológicas adversas e aumenta as emissões de carbono equivalente. “Levar combustível em excesso reduz

a eficiência dos voos e aumenta a fonte

de gases que provocam o efeito estufa. Realizamos voos seguros, sustentáveis e inteligentes”, afirma Scorza.

O que você precisa saber

O que, quando e como: tire suas dúvidas sobre o combustível das aeronaves

COMBUSTÍVEL: as aeronaves

a jato utilizam querosene de

aviação, conhecido interna-

cionalmente como Jet A-1. Ele

é aditivado, incolor e desen-

volvido para suportar muito calor e muito frio – lembre-se de que os aviões voam a uma altitude onde a temperatura pode chegar a -56 °C.

TANQUES: os Boeing 737-700

e 800 Next Generation que

compõem a frota da GOL têm três tanques de combustível:

um em cada asa e outro cen- tral. Abastecem-se primeiro os das asas. Todos eles são inter- ligados e é possível transferir querosene de um tanque para

o outro.

CONSUMO: um Boeing 737-700 (144 passageiros) consome, em média, 3.100 li- tros por hora. O 737-800 (183 passageiros), 3.250 litros por hora. Anualmente, a GOL utili- za cerca de 1,5 bilhão de litros de querosene para aviação.

ABASTECIMENTO: quan- do o aeroporto não possui suprimento de combustível, a companhia calcula a quanti- dade necessária para o avião

fazer os trechos de ida e volta. Tudo é planejado a cada voo

e varia conforme as condições

meteorológicas, a altitude, o

peso da aeronave carregada, entre outros fatores.

REVISTA GOL

17

Lançamento Lançamento amapagardenshopping.com.br Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 * Descubra o Brasil você também.
Lançamento Lançamento amapagardenshopping.com.br Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 * Descubra o Brasil você também.
Lançamento Lançamento amapagardenshopping.com.br Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 * Descubra o Brasil você também.
Lançamento Lançamento amapagardenshopping.com.br Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 * Descubra o Brasil você também.
Lançamento Lançamento amapagardenshopping.com.br Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 * Descubra o Brasil você também.

Lançamento

Lançamento

amapagardenshopping.com.br Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 *
amapagardenshopping.com.br
Macapá (AP)
Inaugurado em 30/7 *
Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 * Descubra o Brasil você também. Lançamos 5 shoppings pra
Macapá (AP) Inaugurado em 30/7 * Descubra o Brasil você também. Lançamos 5 shoppings pra

Descubra o Brasil você também. Lançamos 5 shoppings pra você abrir sua loja.

também. Lançamos 5 shoppings pra você abrir sua loja. garanhunsgardenshopping.com.br Garanhuns (PE)

garanhunsgardenshopping.com.br Garanhuns (PE)

sua loja. garanhunsgardenshopping.com.br Garanhuns (PE) juagardenshopping.com.br Juazeiro (BA)

juagardenshopping.com.br Juazeiro (BA)

roraimagardenshopping.com.br Boa Vista (RR) caririgardenshopping.com.br Juazeiro do Norte (CE)
roraimagardenshopping.com.br
Boa Vista (RR)
caririgardenshopping.com.br
Juazeiro do Norte (CE)
viacafegardenshopping.com.br
Varginha (MG)
patioarapiracagardenshop.com.br
Arapiraca (AL)
Inauguração em 25/9 *
viavalegardenshopping.com.br
Taubaté (SP)
metropolitanshoppingbetim.com.br
Betim (MG)
Inaugurado em 10/7 *
bragancagardenshopping.com.br
Bragança Paulista (SP)
plazaanchieta.com.br
Belo Horizonte (MG)
itaquagardenshopping.com.br
Itaquaquecetuba (SP)
cidadeadmshopping.com.br
Belo Horizonte (MG)
Novos mercados. Grandes shoppings.
31 3286 8343 | www.grupotenco.com.br

lagesgardenshopping.com.br Lages (SC)

A Tenco, há 25 anos, tem expertise em identificar os novos mercados que surgem no Brasil. Mapeamos o potencial de cada região, desenvolvemos e administramos grandes shoppings para lojistas de todo o País. Venha fazer parte de um dos 15 shoppings da Tenco que surgem para empreendedores de visão e futuro.

guarapuavagardenshopping.com.br Guarapuava (PR)

Lançamento

Lançamento

empreendedores de visão e futuro. guarapuavagardenshopping.com.br Guarapuava (PR) Lançamento Lançamento Lançamento
empreendedores de visão e futuro. guarapuavagardenshopping.com.br Guarapuava (PR) Lançamento Lançamento Lançamento
empreendedores de visão e futuro. guarapuavagardenshopping.com.br Guarapuava (PR) Lançamento Lançamento Lançamento
empreendedores de visão e futuro. guarapuavagardenshopping.com.br Guarapuava (PR) Lançamento Lançamento Lançamento
empreendedores de visão e futuro. guarapuavagardenshopping.com.br Guarapuava (PR) Lançamento Lançamento Lançamento

Lançamento

EM

QUEM CHRISTIANE TRICERRI E ANDRÉ GAROLLI O QUE FAZEM Atores DE ONDE/PARA ONDE Rio de
QUEM
CHRISTIANE
TRICERRI
E ANDRÉ
GAROLLI
O QUE FAZEM
Atores
DE ONDE/PARA ONDE
Rio de Janeiro /
São Paulo
POR QUÊ
Voltar para casa
depois de gravar a
novela Amor à vida
QUEM MARA, LUIZA, ROBERTO E ALEXANDRE AFETIAN O QUE FAZEM Arquiteta, fotógrafo e estudantes DE
QUEM
MARA, LUIZA,
ROBERTO E
ALEXANDRE
AFETIAN
O QUE FAZEM
Arquiteta, fotógrafo e
estudantes
DE ONDE/PARA ONDE
São Paulo/Rio de Janeiro
POR QUÊ
Curtir as férias
FOTOS ALEXIA SANTI E MARINA PIEDADE / PRODUÇÃO DEBORAH DI CIANNI

20

REVISTA GOL

QUEM MARCO PIGOSSI O QUE FAZ Ator DE ONDE/PARA ONDE Rio de Janeiro/ São Paulo
QUEM
MARCO
PIGOSSI
O QUE FAZ
Ator
DE ONDE/PARA ONDE
Rio de Janeiro/
São Paulo
POR QUÊ
QUEM
Voltar para casa
depois de gravar a
novela Sangue bom
LUIZA POSSI
O QUE FAZ
Cantora
DE ONDE/PARA ONDE
Rio de Janeiro/Belo
Horizonte
POR QUÊ
QUEM
Fazer um show
SUZANA E
SILVANIA
GOMES
O QUE FAZEM
Estudante e dentista
DE ONDE/PARA ONDE
Rio de Janeiro/
Brasília
POR QUÊ
Voltar para casa
depois de participar
da Jornada Mundial
da Juventude
COMO FOI
“Foi fantástico
conhecer o Museu
de Arte Moderna, em
Niterói, e almoçar no
restaurante que tem
lá”, diz Silvania
conhecer o Museu de Arte Moderna, em Niterói, e almoçar no restaurante que tem lá”, diz

REVISTA GOL

21

FOTOS ALEXIA SANTI E MARINA PIEDADE / PRODUÇÃO DEBORAH DI CIANNI

EM

SANTI E MARINA PIEDADE / PRODUÇÃO DEBORAH DI CIANNI EM QUEM RANY SUMIDA O QUE FAZ
QUEM RANY SUMIDA O QUE FAZ Auxiliar administrativa DE ONDE/PARA ONDE São Paulo/ Navegantes POR
QUEM
RANY
SUMIDA
O QUE FAZ
Auxiliar
administrativa
DE ONDE/PARA ONDE
São Paulo/
Navegantes
POR QUÊ
Visitar a família
COMO FOI
“Adorei andar de
teleférico em Balneário
Camboriú e visitar a
Praia de Laranjeiras”

QUEM

GUSTAVO

MAGALHÃES

Publicitário e dentista

DE ONDE/PARA ONDE

Fazer uma reunião e passear na cidade

DE ONDE/PARA ONDE Fazer uma reunião e passear na cidade LOTUFO E TAINARA O QUE FAZEM
LOTUFO E TAINARA O QUE FAZEM São Paulo/ Rio de Janeiro POR QUÊ
LOTUFO E
TAINARA
O QUE FAZEM
São Paulo/
Rio de Janeiro
POR QUÊ

QUEM

FABÍOLA

RAVAGNANI

O QUE FAZ

Analista de marketing

DE ONDE/PARA ONDE

Rio de Janeiro/São Paulo

POR QUÊ

Trabalhar

EM QUEM REGIANE PEREIRA O QUE FAZ Chefe de cabine DE ONDE/PARA ONDE São Paulo/Rio

EM

EM QUEM REGIANE PEREIRA O QUE FAZ Chefe de cabine DE ONDE/PARA ONDE São Paulo/Rio de
QUEM REGIANE PEREIRA O QUE FAZ Chefe de cabine DE ONDE/PARA ONDE São Paulo/Rio de
QUEM
REGIANE
PEREIRA
O QUE FAZ
Chefe de cabine
DE ONDE/PARA ONDE
São Paulo/Rio de
Janeiro
QUEM
POR QUÊ
ROBERTO
Atender os passageiros
da GOL
STEIN
O QUE FAZ
Estudante
DE ONDE/PARA ONDE
São Paulo/
Florianópolis
POR QUÊ
Visitar a avó
COMO FOI
“Gostei de surfar com
meus irmãos na Praia
dos Ingleses”
QUEM
JOSÉ
PATRÍCIO
MOREIRA
O QUE FAZ
Engenheiro
DE ONDE/PARA ONDE
Rio de Janeiro/
São Paulo
POR QUÊ
Voltar para casa depois
de uma reunião
FOTOS ALEXIA SANTI E MARINA PIEDADE / PRODUÇÃO DEBORAH DI CIANNI
 
 

EM TRÂNSITO

EM TRÂNSITO

VOCÊ NA REVISTA DA GOL

Envie sua imagem com nome, o trecho e o motivo da viagem para gol@trip.com.br . Sua foto pode ser publicada!

QUEM JULIANA MORAIS E GABRIEL GONÇALVES O QUE FAZEM Estudantes DE ONDE/PARA ONDE Fortaleza/São Paulo
QUEM
JULIANA
MORAIS E
GABRIEL
GONÇALVES
O QUE FAZEM
Estudantes
DE ONDE/PARA ONDE
Fortaleza/São Paulo
QUEM
POR QUÊ
SILVANA
Voltar para casa depois
de aproveitar as férias
SARMENTO
E DAVID
QUEM
NEMER
JOANNA E ANA
LUIZA CASTRO,
MATEUS E
JULIA LIMA
O QUE FAZEM
Guias turísticos
DE ONDE/PARA ONDE
Vitória/Orlando (EUA)
POR QUÊ
Conduzir um grupo
na Disney
FOTOS ARQUIVO PESSOAL
QUÊ Conduzir um grupo na Disney FOTOS ARQUIVO PESSOAL O QUE FAZEM Estudantes DE ONDE/PARA ONDE

O QUE FAZEM

Estudantes

DE ONDE/PARA ONDE

Fortaleza/Belo Horizonte

POR QUÊ

Ver o Atlético Mineiro ser campeão da Libertadores

FOTOS ARQUIVO PESSOAL

EM TRÂNSITO

SUA VIAGEM NA REVISTA DA GOL

Mande sua história e fotos para nós: gol@trip.com.br

2
2
GOL Mande sua história e fotos para nós: gol@trip.com.br 2 1 3 4 5 QUEM DIEGO
1
1
3 4 5
3
4
5
QUEM DIEGO GOURTHIERES O QUE FAZ Administrador de empresas DE ONDE/PARA ONDE Maceió/Buenos Aires
QUEM
DIEGO
GOURTHIERES
O QUE FAZ
Administrador
de empresas
DE ONDE/PARA ONDE
Maceió/Buenos Aires

“Eu e minha namorada, Nayane, passamos cinco dias em Buenos Aires, nossa primeira viagem internacional. O primeiro passeio que fizemos foi para o centro da cidade. Nos encantamos com a Casa Rosada (2), a sede do governo. Nesse dia tinha neblina e estava muito frio, pegamos 4 graus! Para nós, do Nordeste, foi uma novidade. Em uma manhã também gelada, fomos conhecer Puerto Madero (1). Lá visitamos uma fragata que virou museu (5), bem interessante! Como não podiam faltar as compras, no penúltimo dia da viagem demos uma volta pela Calle Florida e visitamos as Galerías Pacífico (3). Aproveitamos para levar presentes para toda a família. Um dos pontos altos da viagem foi a visita ao Zoológico de Lujan, que fica a 75 quilômetros da capital. A diferença é que lá se tem contato direto com os animais: pegamos um filhote de leão no colo (4), foi muito legal. A viagem foi ótima e, como não conseguimos ver tudo, já planejamos voltar a Buenos Aires no ano que vem!”

foi ótima e, como não conseguimos ver tudo, já planejamos voltar a Buenos Aires no ano

FOTOS ARQUIVO PESSOAL

EM TRÂNSITO

DO INSTAGRAM PARA A REVISTA DA GOL

Para ver a sua foto publicada aqui, siga o @voegoloficial e marque as imagens de sua autoria com a hashtag #voegol. Lembre-se de indicar o seu nome e o lugar onde elas foram tiradas

Itapema, SC

“Eu e minha noiva resolvemos passar as férias em Itapema

e aproveitamos para passear

pelas praias da região. Na Praia Grossa, me chamou a atenção

a cena dela sentada ao lado da

árvore e decidi fazer o clique. Adoro tirar fotos da natureza.”

LUÍS GUSTAVO ROSA (@GUTO1313), 32 ANOS, ADVOGADO, DE JARAGUÁ DO SUL (SC).

Goiânia, GO

“Estava no 22º andar do prédio onde trabalho. No final da tarde e do expediente, fui fechar a janela, na hora em que o sol estava se pondo, e resolvi fotografar. É uma vista linda da avenida T-63, fez o maior sucesso na internet.”

JOÃO NETO (@JOAOGATONETO), 20 ANOS, PUBLICITÁRIO, DE GOIÂNIA (GO).

Rio de Janeiro, RJ

“Tirei esta foto na minha primeira viagem ao Rio. Fui com a turma da faculdade

participar de um congresso e aproveitamos para passear. Fiquei encantada com o bondinho e o Pão de Açúcar!”

Fiquei encantada com o bondinho e o Pão de Açúcar!” ROSALI DUARTE DE OLIVEIRA (@PERAIROSALI), 24
Fiquei encantada com o bondinho e o Pão de Açúcar!” ROSALI DUARTE DE OLIVEIRA (@PERAIROSALI), 24

ROSALI DUARTE DE OLIVEIRA (@PERAIROSALI), 24 ANOS, ESTUDANTE, DE FORTALEZA (CE).

(@PERAIROSALI), 24 ANOS, ESTUDANTE, DE FORTALEZA (CE). Salvador, BA “Adoro visitar o Pelourinho, principalmente

Salvador, BA

“Adoro visitar o Pelourinho, principalmente para comer acarajé. Passeando por lá, percebi estas fachadas coloridas, lado a lado. A mistura de cores vibrantes representa perfeitamente o povo baiano, multicolorido.”

ENIO RICARDO GOMES JÚNIOR (@ENIORICARDO), 32 ANOS, ARQUITETO, DE MACEIÓ (AL).

multicolorido.” ENIO RICARDO GOMES JÚNIOR (@ENIORICARDO), 32 ANOS, ARQUITETO, DE MACEIÓ (AL). 30 REVISTA GOL
multicolorido.” ENIO RICARDO GOMES JÚNIOR (@ENIORICARDO), 32 ANOS, ARQUITETO, DE MACEIÓ (AL). 30 REVISTA GOL
multicolorido.” ENIO RICARDO GOMES JÚNIOR (@ENIORICARDO), 32 ANOS, ARQUITETO, DE MACEIÓ (AL). 30 REVISTA GOL
multicolorido.” ENIO RICARDO GOMES JÚNIOR (@ENIORICARDO), 32 ANOS, ARQUITETO, DE MACEIÓ (AL). 30 REVISTA GOL
Veja o case completo. O QUE A SENIOR PENSOU PARA A SUGGAR ELETRODOMÉSTICOS INTEGRAR SEUS

Veja o case completo.

O QUE A SENIOR PENSOU PARA A SUGGAR ELETRODOMÉSTICOS INTEGRAR SEUS PROCESSOS GERENCIAIS. Otimizar operações
O QUE A SENIOR PENSOU
PARA A SUGGAR
ELETRODOMÉSTICOS
INTEGRAR SEUS PROCESSOS
GERENCIAIS.
Otimizar operações da empresa, do chão da fábrica
à distribuição, para tornar os processos mais ágeis e
aumentar a produtividade, permitindo que uma das
maiores indústrias de eletrodomésticos do Brasil
gerencie desde a chegada da matéria-prima até o
acabamento de seus produtos com a qualidade que
seus consumidores merecem.
O QUE A SUGGAR
ELETRODOMÉSTICOS
PENSA DA SENIOR.
“Com o ERP da Senior, temos uma operação
segura, com a velocidade que uma indústria do
nosso tamanho exige. Além dos processos bem
definidos que nos fazem ganhar tempo, temos um
atendimento próximo e eficaz.”
Geraldo Pereira da Rocha
Gerente de TI da Suggar
Gestão
Gestão de
Gestão de
Performance
Empresarial
Pessoas
Acesso e
Corporativa
ERP
Segurança
SISTEMAS
PARA EMPRESAS
DE TODOS OS TAMANHOS.
0800 648 3300
Acesse senior.com.br
DE TODOS OS TAMANHOS. 0800 648 3300 Acesse senior.com.br EMBARQUE SETEMBRO 2013 RESTAURANTES SEM PLACA LENDAS
DE TODOS OS TAMANHOS. 0800 648 3300 Acesse senior.com.br EMBARQUE SETEMBRO 2013 RESTAURANTES SEM PLACA LENDAS
DE TODOS OS TAMANHOS. 0800 648 3300 Acesse senior.com.br EMBARQUE SETEMBRO 2013 RESTAURANTES SEM PLACA LENDAS
DE TODOS OS TAMANHOS. 0800 648 3300 Acesse senior.com.br EMBARQUE SETEMBRO 2013 RESTAURANTES SEM PLACA LENDAS
DE TODOS OS TAMANHOS. 0800 648 3300 Acesse senior.com.br EMBARQUE SETEMBRO 2013 RESTAURANTES SEM PLACA LENDAS

EMBARQUE

SETEMBRO 2013

RESTAURANTES SEM PLACA

LENDAS DA FÓRMULA 1 NO CINEMA

A VOLTA DE DÉBORA FALABELLA

BIOGRAFIA DO CANTOR LEONARDO

O MAPA DA CIDADE DO ROCK

PÁG. 48 Escalada da fotografia A ILHA DO TESOURO Festival Paraty em Foco leva à
PÁG. 48
Escalada da fotografia
A
ILHA DO
TESOURO
Festival Paraty em Foco leva à cidade histórica exposições,
palestras e workshops com fotógrafos consagrados
Complexo Brasiliana,
POR LUIZA TERPINS
em São Paulo, reúne obras
raras de José Mindlin
e
preciosidades da USP.
PÁG. 68
O
MANGUE
NÃO PARA
Mundo Livre S/A
e
Nação Zumbi
Expandir o mundo da fotografia. Essa é a ideia da nona edição do Paraty
em Foco, festival internacional de fotografia que acontece na cidade
histórica fluminense de 18 a 22 de setembro. O evento, que este ano tem
como tema central os extremos, conta com exposições, palestras e
workshops de profissionais consagrados, como a americana Nan Goldin, o
brasileiro Claudio Edinger e a espanhola Cristina de Middel, famosa pela
série The afronauts (foto), inspirada em um fracassado projeto espacial
desenvolvido pela Zâmbia nos anos 60. A novidade fica por conta da Tenda
Multimídia, que promoverá debates sobre a fotografia na era digital.
“Queremos discutir sobre a sensação de hoje ver mais fotos nas telas do
que ao vivo”, conta o coordenador de programação, Iatã Cannabrava.
regravam músicas
uma da outra
em disco tributo.
PARATY EM FOCO – FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA DE 18 A 22/9.
CASA DE CULTURA DE PARATY. R. DONA GERALDA, 177, CENTRO HISTÓRICO,
PARATY, RJ. TEL.: (24) 3371-2325. R$ 15 (EXPOSIÇÕES E PROJEÇÕES SÃO GRATUITAS).
WWW.PARATYEMFOCO.COM.
FOTO CRISTINA DE MIDDEL/DIVULGAÇÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO

EMBARQUE ANTENA Pre-pa-ra Boas opções para aproveitar o que setembro tem a oferecer DOIS EM
EMBARQUE ANTENA
Pre-pa-ra
Boas opções para aproveitar
o que setembro tem a oferecer
DOIS EM UM
As galerias White Cube de São
Paulo e Hong Kong exibem, simul-
taneamente, exposições do artista e
ativista americano Theaster Gates,
que incluem esculturas, objetos
bidimensionais e instalações, como
12 Ballads for Huguenot House (foto),
feita durante a ocupação de uma
casa na Alemanha.
FESTA DA
LITERATURA
Em seu primeiro ano,
a Pauliceia Literária –
DE 3/9 A 2/11. WWW.WHITECUBE.COM.
Festival Internacional de
Literatura de São Paulo tem
confirmadas as presenças
do português Valter Hugo
Mãe, do mexicano Juan
Pablo Villalobos, do ame-
ricano Scott Turow, entre
FAÇA VOCÊ MESMO O site Le Box une delivery com o espírito faça você mesmo,
FAÇA VOCÊ MESMO
O site Le Box une delivery com o espírito faça você
mesmo, ao oferecer um kit com o passo a passo e
todos os ingredientes para preparar um prato. No
menu, opções como o medalhão de filé-mignon com
arroz à provençal com shitake, castanhas e aspargos
(foto, R$ 89,90). Disponível em São Paulo.
NÃO VÁ SE
PERDER POR AÍ
outros. Patrícia Melo (foto)
A Lonely Planet Brasil
é a autora homenageada.
lança as novas edições
dos guias de Nova York
DE 19 A 22/9. WWW.PAULI-
e Argentina, ambos com
CEIALITERARIA.COM.BR.
WWW.LEBOX.COM.BR
GIRA-GIRA
mapas destacáveis. O
primeiro ganha novida-
des como a gastronomia
do Harlem e a badalação
A extensa programação de teatro e dança
do projeto Sesc Palco Giratório desem-
barca neste mês em cidades como Flo-
rianópolis, Vitória e Recife, onde brilham
de Williamsburg, en-
quanto o segundo, além
do território argentino,
inclui também Uruguai e
os espetáculos O filho eterno, adaptação
Patagônia chilena.
do best-seller de Cristovão Tezza, e a
coreografia Objeto gritante (foto).
R$ 49,90 E R$ 69,90.
WWW.LONELYPLANET-
WWW.SESC.COM.BR/PALCOGIRATORIO
BRASIL.COM.BR.
COMIDA E CINEMA
Em sua quarta edição, o Slow Filme – Festival
Internacional de Cinema e Alimentação leva a
Pirenópolis, em Goiás, filmes inéditos no país
– como o israelense Jaffa (foto) – e palestras de
convidados. Destaque para o chef português An-
dré Magalhães, especialista em azeite de oliva.
THE BOSS
DE 12 A 15/9. WWW.SLOWFILME.COM.
Autor de biografias de Paul
McCartney e dos Beach
Boys, Peter Ames Carlin de-
dicou mais de 500 páginas
a Bruce Springsteen, que
se apresenta em São Paulo
(18/9) e no Rock in Rio
(21/9). Obra mais recente
sobre o roqueiro, Chame-o
de Bruce vai da sua infância
pobre à maturidade com a E
Street Band.
GÊNIO DA ESCULTURA
Longa de estreia de Frederico Medina, o documentário
Xico Stockinger reúne os últimos depoimentos do artista
austríaco naturalizado brasileiro, morto em 2009, que tem
esculturas nas ruas de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto
Alegre, além de outras espalhadas por museus de todo o país.
ESTREIA PREVISTA PARA 13/9.
ED. NOSSA CULTURA. R$ 59.
36 REVISTA GOL
de outras espalhadas por museus de todo o país. ESTREIA PREVISTA PARA 13/9. ED. NOSSA CULTURA.

FOTOS ELZA LIMA/CARLOS SODRÉ/ASCOM/DIVULGAÇÃO

 
 
 
 

EMBARQUE

ROTEIRO

BELÉM

 

BELÉM

1
1
2
2

REFRESCANTE

 

AQUI TEM CARIMBÓ

“A cidade tem fama de ser muito quente, e é a mais pura verdade. Naquele calor, tomar um sorvete da Cairu é um alívio. Adoro o sabor mestiço, uma mistura de açaí com tapioca que é a cara do Pará.”

 

SORVETERIA CAIRU AV. GOVERNADOR JOSÉ MALCHER, 1.895, NAZARÉ. TEL.: (91) 3246-9129.

 

A atriz Dira Paes conta quais são seus lugares favoritos na capital paraense

NOVOS TALENTOS

POR NATÁLIA LEÃO

 
4
4

IMPERDÍVEL

“A cena artística paraense é muito ativa. O Teatro Waldemar Henrique e o Theatro da Paz [foto] costumam revelar novos artistas da região, além de receber espetáculos conceituados.”

 

THEATRO DA PAZ R. DA PAZ, S/N, CENTRO. TEL.: (91) 4009-8750. WWW.THEATRODAPAZ.COM.BR. TEATRO EXPERIMENTAL WALDEMAR HENRIQUE AV. PRESIDENTE VARGAS, 645, CAMPINA. TEL.: (91) 3222-4762.

 
3
3

PARA VER E COMER

 

“Os pontos fortes do Pará são a exuberância da natureza e os sabores da culinária. Se eu fosse para lá hoje, iria correndo ao Mangal das Garças, um complexo turístico com zoológico e coisas lindas de ver. No restaurante dali, peça um filhote, peixe típico da região.”

 

“Ir a Belém e não fazer um passeio pela Cidade Velha, o centro histórico, é um desperdício. A região toda foi

revitalizada e está imperdível. Não deixe de visitar a Catedral da Sé, a Casa das Onze Janelas [foto], o Forte do Castelo e o Mercado Ver-o-Peso.”

MANGAL DAS GARÇAS PASSAGEM CARNEIRO DA ROCHA, S/N, CIDADE VELHA. TEL.: (91) 3242-5052. WWW.MANGALPA.COM.BR.

 

CIDADE VELHA

(91) 3242-5052. WWW.MANGALPA.COM.BR.   CIDADE VELHA Quando não encanta o país com personagens como a

Quando não encanta o país com personagens como a batalhadora Lucimar, da novela Salve Jorge, Dira Paes, 44 anos, costuma visitar a família em Belém, onde cresceu. Em breve ela volta às telas da Rede Globo na pele da ricaça Celeste, na série Amores roubados.

38 REVISTA GOL

Em breve ela volta às telas da Rede Globo na pele da ricaça Celeste, na série
Em breve ela volta às telas da Rede Globo na pele da ricaça Celeste, na série
Em breve ela volta às telas da Rede Globo na pele da ricaça Celeste, na série
Em breve ela volta às telas da Rede Globo na pele da ricaça Celeste, na série
Em breve ela volta às telas da Rede Globo na pele da ricaça Celeste, na série

EMBARQUE

HOTELARIA

solution
solution

MINAS GERAIS, BAHIA E ARGENTINA

HISTÓRIA SEM FIM

Conheça hotéis que, reformados, ganharam conforto e mantiveram as marcas do passado

POR DANIEL MARQUES

e mantiveram as marcas do passado POR DANIEL MARQUES Presidente por um dia O número 1.557

Presidente por um dia

O número 1.557 da calle Posadas faz parte da história de dois dos personagens mais admirados da Argentina. Entre 1944 e 1945, Evita e o ex-presidente Juan Perón moraram juntos no prédio onde hoje funciona o Meliá Recoleta Plaza. Nas áreas sociais, os hóspedes têm contato com ambientes preservados à maneira da primeira-dama, com destaque para um grande mural no hall do hotel, um re- galo dado ao casal logo após a inauguração da residência. São seis categorias de quartos, do mais simples ao mais charmoso, como a Suíte Luxury King – ideal para quem deseja reviver os dias apaixonados de Evita e Perón.

MELIÁ RECOLETA PLAZA CALLE POSADAS, 1.557, RECOLETA, BUENOS AIRES, ARGENTINA. TEL.: 0800-892-1356. WWW.PT.MELIA.COM. DIÁRIAS A PARTIR DE R$ 377 PARA CASAL, COM CAFÉ DA MANHÃ.

TESOURO MINEIRO

Um casarão de estilo colonial, sede da primeira escola de farmácia do Brasil e lar de influentes famílias mineiras desde 1747, abriga hoje a Pousada do Mondego, que está ao lado das principais atrações turísticas de Ouro Preto – a igreja de São Francisco de Assis, a praça Tiradentes, sede dos museus da Inconfidência e do Oratório, e o Teatro Munici- pal, um dos mais antigos da América Latina. Com 24 quartos e suítes, restaurante próprio e uma adega, o hotel tem peças autênticas do mobiliário mineiro do século 18 e réplicas em jacarandá, além de expor obras de artistas como Aleijadinho e Guignard.

POUSADA DO MONDEGO LAR- GO DE COIMBRA, 38, CENTRO HISTÓRICO, OURO PRETO, MG. TEL.:

(31) 3551-2040. WWW.MONDEGO. COM.BR. DIÁRIAS A PARTIR DE R$ 390 PARA CA- SAL, COM CAFÉ DA MANHÃ.

A PARTIR DE R$ 390 PARA CA- SAL, COM CAFÉ DA MANHÃ. Quer viajar com mais

Quer viajar com mais conforto e economia?

Mudança de hábito

Construído no final do século 16 para servir de residência a frades carmelitas em Salvador, o Convento do Carmo, no Pelourinho, ganhou uma repaginada e tanto da rede Pestana. Após cuidadoso trabalho de restauro, o local conta com 60 quartos e 19 suítes, embora ainda conserve a estrutura original, com paredes grossas, janelas verticais e telhados de madeira de época. Na área externa, ladeada pelos corredores do claustro, a piscina faz lembrar uma fonte e ainda há espaço para saunas e salas de massagem. O res- taurante Conventual segue a tradição da culinária portuguesa, em um salão decorado com azulejos vindos do além-mar.

PESTANA CONVENTO DO CARMO R. DO CARMO, 1, SANTO ANTÔNIO ALÉM DO CARMO, SALVADOR, BA. TEL.: (71) 3327-8400. WWW.PESTANA.COM. DIÁRIAS A PARTIR DE R$ 545 PARA CASAL, COM CAFÉ DA MANHÃ.

Compre suas passagens no site da Gol e aproveite para reservar um carro da Localiza
Compre suas passagens no site da Gol e aproveite para
reservar um carro da Localiza com vantagens exclusivas.
de desconto em
qualquer locação*
carro com direção
e ar-condicionado**
E mais: diárias em
10x sem juros ***
e 1 ponto extra
no Programa
Fidelidade Localiza.
Acesse www.voegol.com.br
FOTOS DIVULGAÇÃO

40 REVISTA GOL

*Desconto e promoção não cumulativos e válidos somente para tarifa diária km livre. **Upgrade da categoria A (carro básico, 1.0, 2 portas) para categoria C (1.0, 4 portas, com ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos). ***Pagamento à vista ou em até 10x sem juros nos cartões de crédito American Express, Visa, Mastercard, Diners Club International e Elo emitidos no Brasil, exceto cartões Corporate. O preço do quilômetro excedente é o mesmo da tarifa de quilômetro controlado.

no Brasil, exceto cartões Corporate. O preço do quilômetro excedente é o mesmo da tarifa de
no Brasil, exceto cartões Corporate. O preço do quilômetro excedente é o mesmo da tarifa de

FOTOS HENRIQUE PERON/DIVULGAÇÃO

EMBARQUE

GASTRONOMIA

FOTOS HENRIQUE PERON/DIVULGAÇÃO EMBARQUE GASTRONOMIA SÃO PAULO, PERNAMBUCO E ARGENTINA ATRÁS DA PORTA Descubra as

SÃO PAULO, PERNAMBUCO E ARGENTINA

EMBARQUE GASTRONOMIA SÃO PAULO, PERNAMBUCO E ARGENTINA ATRÁS DA PORTA Descubra as maravilhas preparadas na cozinha

ATRÁS DA PORTA

Descubra as maravilhas preparadas na cozinha de restaurantes sem placa nem badalação

POR JÚNIOR MILÉRIO

Discreto como um ninja

No Japão, nem todo restaurante tem placa, conta Telma Shiraishi, que divide a cozinha do Aizomê, em São Paulo, com o chef Shin Koike. Com apenas 40 lugares, a casa fica camu- flada entre prédios residenciais, e o ar de descoberta se tornou a marca registrada do lugar. Atenção: não adianta pedir temaki ou os populares combinados. “A proposta é uma cozi- nha autoral, com menu degustação e ingredientes praticamente exclusi- vos”, explica Telma. Entre os desta- ques, namorado e lagostim grelhado ao dashi com açafrão (R$ 45, foto) e sashimi moriawase (em média, R$ 50), com a seleção de peixes mais frescos do dia. Como chegar? Fique atento ao número 39 na fachada.

do dia. Como chegar? Fique atento ao número 39 na fachada. AIZOMÊ AL. FERNÃO CARDIM, 39,

AIZOMÊ AL. FERNÃO CARDIM, 39, JARDIM PAULISTA, SÃO PAULO, SP. TEL.: (11) 3251-5157. WWW.AIZOME.COM.BR.

Escondidinho é mais gostoso

Na frente, nenhuma identificação. Sem porcelana ou toalha na mesa, os copos são aqueles de boteco. Nada disso importa quando se tem à frente a receita preferi- da dos clientes do Cozinhando Escondi- dinho: pirão de queijo de coalho na cum- buca virada (R$ 17). O primeiro endereço no Recife atendia 35 pessoas, mas em um ano a casa mudou, para receber agora até 80 pessoas. “Comida para mim é cultura, e eu preparo e sirvo a cultura pernam- bucana. Cada prato tem uma história”, garante o cozinheiro Rivandro França.

tem uma história”, garante o cozinheiro Rivandro França. COZINHANDO ESCONDIDINHO R. CONSELHEIRO PERETTI, 106, CASA

COZINHANDO ESCONDIDINHO R. CONSELHEIRO PERETTI, 106, CASA AMARELA, RECIFE, PE. TEL.: (81) 3451-0599.

História portenha

Erguido em 1908 pelo ex-presidente argentino Julio A. Roca para servir de lar para suas cinco filhas, o prédio imponente na Calle San Martín, coração financeiro de Buenos Aires, ainda mantém a mesma fachada. Turista algum imagina que hoje funcione ali o restaurante Casa Roca. Herdeiro da família, Eduardo Gibson administra a cozinha e manteve a decoração vistosa do passado. Nos fundos, um jardim serve de cenário para pratos como ragu de cordeiro, köttbullar (espécie de almôndegas suecas) e profiteroles. No almoço (em média 165 pesos), o cardápio muda diariamente; à noite, é preciso reservar.

CASA ROCA CALLE SAN MARTÍN, 579, BUENOS AIRES, ARGENTINA. TEL.: +54 (11) 4393-5777. WWW.CASA-ROCA.AR.

42 REVISTA GOL

Por você, vamos além: aqui, o seu dia começa com café da manhã cortesia.
Por você, vamos além:
aqui, o seu dia começa
com café da manhã cortesia.
Completo e versátil. Do check-in ao check-out.
Completo e versátil.
Do check-in ao check-out.

Faça sua reserva pelo QR Code e garanta 10% de desconto . 10% de desconto.

São Paulo: Quality Berrini, Quality Faria Lima, Quality Moema, Quality Suites Long Stay Bela Cintra, Quality Suites Imperial Hall (Região Oscar Freire), Quality Suites Long Stay Vila Olímpia - SP

• Quality Suites Alphaville - Barueri - SP • Quality Hotel Manaus - AM • Quality Hotel Fortaleza - CE

• Quality Suites Vila Velha - ES • Quality Hotel Aeroporto Vitória - ES • Quality Hotel Afonso Pena - Belo Horizonte - MG • Quality Suites Natal - RN

/atlanticabrasilPena - Belo Horizonte - MG • Quality Suites Natal - RN Café da manhã e

Café da manhã e internet cortesia. Reserve: São Paulo 11 3365 4775. Demais localidades: 0800 55 5855 ou acesse atlanticahotels.com.br.

Fernando Rodrigues Agente de serviços júnior Quality Suites Imperial Hall

HOTELS INTERNATIONAL
HOTELS
INTERNATIONAL

DESIGN

PRADO

 
 
 
 

EMBARQUE

GASTRONOMIA

SÃO PAULO, BELO HORIZONTE E BRASÍLIA

GASTRONOMIA SÃO PAULO, BELO HORIZONTE E BRASÍLIA UÍSQUE A GO GO Sabor inconfundível O sabor do

UÍSQUE A GO GO

Sabor inconfundível

O sabor do uísque está presente nos pratos mais pedidos do Three Burgers, em Brasília. No Jack Flamming Burger (R$ 34,90), que leva bacon e cebola, o hambúrguer, depois de grelhado, é flambado com uma dose generosa da be- bida. “Isso faz com que ele mantenha o aroma do uísque, fica ótimo”, conta Suely Soares, chef e uma das sócias da casa. Também está no cardápio a Jack Daniel’s Ribs (R$ 29,90), costelinha de porco ao molho barbecue feita com meia dose do destilado e assada sem pressa – são no mínimo 3 horas no forno.

THREE BURGERS SCLN 413, BLOCO E, ASA NORTE, BRASÍLIA, DF. TEL.: (61) 3033-3136.

A bebida dá um toque especial a delícias de restaurantes pelo país

POR LUIZA TERPINS

VERÃO COM UV.LINE FAZ BEM.

E COMBINA COM SEU ESTILO DE VIDA.

COM UV.LINE FAZ BEM. E COMBINA COM SEU ESTILO DE VIDA. HOT DOG ALEMÃO No Der

HOT DOG ALEMÃO

No Der Famous, em Belo Horizonte, o cachorro-quente ganhou sotaque alemão. Aberta há nove meses, a casa é especiali- zada em lanches com linguiça e salsicha. Um dos mais populares é o Ludwig Van Beethoven (R$ 16,80). Feito em um pão francês com formato de baguete e rechea- do com salsicha tipo frankfurter, tem como diferencial a cebola caramelizada no uísque. “Queria fazer algo diferente e fui experi- mentando até chegar no ponto”, afirma Ronaldo Rates, chef e proprietário da casa. “Virou um sucesso.”

DER FAMOUS AV. DO CONTORNO, 6.399, SÃO PEDRO, BELO HORIZONTE, MG. TEL.: (31) 8417-9537.

Milk-shake retrô Em meio às casas noturnas da rua Augusta, em São Paulo, o Rock‘n’Roll
Milk-shake
retrô
Em meio às casas noturnas da
rua Augusta, em São Paulo, o
Rock‘n’Roll Burger procura
dar um toque roqueiro aos
pratos e bebidas. É o caso do
Velvet Underground (R$ 19,90),
milk-shake à base de sorvete de
banana caramelizada, nozes e,
no lugar de leite, uma dose de
uísque, como no século 19, quan-
do foi inventado nos Estados
Unidos – ele só deixou de ser al-
coólico nos primórdios do século
20. “Para não esconder o sabor
doce, preferimos usar um uísque
oito anos, que não é muito forte”,
explica Gabriel Gaiarsa, um dos
proprietários da casa.
Roupas
e
acessórios
ROCK’N’ROLL BURGER R. AUGUSTA,
538, CONSOLAÇÃO, SÃO PAULO, SP.
TEL.: (11) 3255-0351. WWW.
ROCKNROLLBURGER.COM.BR.
com
filtro
solar.
FOTOS DIVULGAÇÃO
com filtro solar. FOTOS DIVULGAÇÃO 44 REVISTA GOL Nova coleção Verão 2014 Compre nas

44 REVISTA GOL

Nova coleção Verão 2014 Compre nas lojas, compre no site.

O FPU (Fator de Proteção Ultravioleta) dos tecidos varia de 5 a 50. A linha UV.LINE, recebe o índice 50+, que equivale ao bloqueio de 98% dos raios UVA e UVB, preservando a pele de queimaduras do sol e do envelhecimento precoce da pele.

UVA 98% 2% UVB
UVA
98% 2%
UVB

VEJA MAIS EM www.uvline.com.br

a pele de queimaduras do sol e do envelhecimento precoce da pele. UVA 98% 2% UVB
 
 
 
 

EMBARQUE

GASTRONOMIA

RIO DE JANEIRO

BRASILEIRINHO Filho do badalado chef francês Claude Troisgros, Thomas Troisgros, 31 anos, se aventura em
BRASILEIRINHO
Filho do badalado chef francês Claude Troisgros, Thomas Troisgros, 31 anos, se aventura em sua
primeira experiência solo. O carioca Reserva T.T. Burger aposta num hambúrguer
100% brasileiro, em que até o ketchup surpreende: é de goiaba. “Quero que seja o melhor
hambúrguer de todos”, diz Thomas. A seguir, um raio X do T.T. Burger (R$ 25)
POR PEDRO HENRIQUE FRANÇA
Molho T.T. Burger
Thomas diz que tem
base de maionese. E só.
“É segredo de família!”
Picles
Picles
de cebola
de chuchu
roxa
Segundo
Thomas,
“não deixa
aquele gosto
de cebola
crua e é mais
saudável que
a branca”.
Normalmente
feito de pepino,
o picles ganhou
versão de
um legume
tipicamente
nacional.
“Fica mais
crocante.”
Alface-
Queijo
romana
É a variedade que
melhor resiste
ao calor. “Bem
verdinha, deixa
o hambúrguer
mais bonito e tem
a parte do meio
mais crocante.”
Meia cura,
tradicional de
Minas Gerais, só
encontrado no
Brasil. “Foi
o único que
derreteu do jeito
que eu queria.”
Tomate salada
Carne
“É um tomate
carnudo e
grande, além de
brasileiríssimo”,
garante o chef.
Pão
Uma mistura
de três cortes do
gado brasileiro –
contrafilé, acém e
fraldinha.
Feito de batata-doce, com gergelim
por cima. “Pesquisamos muito
a melhor opção de pão até encontrar
esta, fabricada no Complexo
do Alemão”, conta Thomas.
RESERVA T.T. BURGER R. FRANCISCO OTAVIANO, 67, ARPOADOR, RIO DE JANEIRO, RJ. TEL.: (21) 2227-1192.
DE DOMINGO A QUARTA, DAS 12H À MEIA-NOITE; DE QUINTA A SÁBADO, DAS 12H ÀS 5H. FACEBOOK.COM/RESERVATTBURGER.
FOTOS TOMÁS RANGEL / DIVULGAÇÃO
DE QUINTA A SÁBADO, DAS 12H ÀS 5H. FACEBOOK.COM/RESERVATTBURGER. FOTOS TOMÁS RANGEL / DIVULGAÇÃO 46 REVISTA

ILUSTRAÇÃO DIVULGAÇÃO

EMBARQUE ARTES

POR VERA BARRERO FOTOS NELSON KON A ILHA DO TESOURO
POR VERA BARRERO
FOTOS NELSON KON
A ILHA DO TESOURO

Com um projeto arquitetônico impactante, o Complexo Brasiliana disponibiliza as obras raras de José Mindlin e reúne outras preciosidades do acervo da USP

O

campus da Universidade de São Paulo

mais frágeis podem exigir o uso de luvas

O projeto arquitetônico de Rodrigo

erguido num plano mais alto em

(USP), na zona oeste da capital paulista,

ganhou em março um ponto de parada essencial para quem vem à cidade. É

– e autorização prévia, mas o processo contínuo de digitalização quer demo- cratizar o acesso. Salas equipadas com

Mindlin Loeb, neto do bibliófilo, e Eduardo de Almeida já vale a visita:

o

Complexo Brasiliana, que tem como

computadores (e, no futuro, tablets)

relação à rua, o conjunto sugere um

tesouro a Biblioteca Guita e José Mindlin, com um acervo de 60 mil livros e manus- critos raros, reunido ao longo de 80 anos

tornam possível conhecer exempla- res célebres, como a primeira edição brasileira de Marília de Dirceu, de 1810,

gigante de concreto e vidro repousando sobre espelhos-d’água, cercado pela paisagem do campus. Amplos

e

doado à USP pelo bibliófilo paulistano

escrita por Tomás Antônio Gonzaga.

corredores, com bancos à disposição,

e

sua mulher, pioneira nos estudos sobre

Além da Biblioteca Mindlin, o Com-

interligam os blocos, formando uma

encadernação e restauro de livros no país. O destaque é justamente a coleção

plexo Brasiliana reúne auditório para palestras e apresentações, livraria, café,

espécie de praça da cultura. “Fora as obras e os eventos, a visita

Brasiliana, a quarta maior do mundo, que reúne livros sobre o Brasil, do século 16 até 1900, e de autores nacionais pu- blicados no exterior até 1808. Manusear determinadas obras pede cuidados – as

salas de exposições e as sedes do Siste- ma Integrado de Bibliotecas da USP e do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) – há um prédio só para o riquíssimo acervo do instituto, com cerca de 200 mil itens.

é um belo programa”, afirma a curado- ra da biblioteca, Cristina Antunes. “A construção é magnífica e a visão dos livros a partir do vão central da biblio- teca, impactante.”

BIBLIOTECA BRASILIANA GUITA E JOSÉ MINDLIN R. DA BIBLIOTECA, S/N, CIDADE UNIVERSITÁRIA, SÃO PAULO, SP. TEL.: (11) 3091-1154. WWW.BRASILIANA.USP.BR. DE SEGUNDA A SEXTA, DAS 9H30 ÀS 18H30; SÁBADOS, DAS 9H ÀS 13H.

48

REVISTA GOL

SÃO PAULO
SÃO PAULO
SÃO PAULO
SÃO PAULO

SÃO PAULO

1
1
2
2

O QUE O BRASILIANA TEM

Conheça os principais pontos do complexo erguido na Universidade de São Paulo

4 6 3 5
4
6
3
5

Biblioteca Guita e José Mindlin Livraria João Alexandre Barbosa Administrada pela Edusp, tem cerca de 20 mil exempla- res. No mezanino, serão abertos um café e uma sala de exposições do BNDES.

Auditório István Jancsó Leva o nome do historiador morto em 2010, um dos

mentores da Biblioteca Brasiliana. Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais da USP Guarda títulos preciosos das diversas bibliotecas da universidade, como Ordenações de D. Manuel, de 1539. Instituto de

Estudos Brasileiros (IEB) Criado em 1962 por Sérgio Buarque de Holanda, é um

centro de pesquisa e documentação sobre a história e as culturas do Brasil. Sedia exposições periódicas e ativida- des de extensão. 6 Biblioteca e acervo do IEB Abriga raridades – como Crô- nica de Nuremberg, de 1493 – e as coleções formadas em vida por Mário de Andrade, Guimarães Rosa, Graciliano

em vida por Mário de Andrade, Guimarães Rosa, Graciliano Ramos, entre outros grandes nomes. Possui ainda

Ramos, entre outros grandes nomes. Possui ainda a Vozoteca, com gravações das vozes de personalidades (Ruy Barbosa, Lampião e Sigmund Freud são exemplos), e um acervo de artes visuais, com destaque para o Modernismo.

4
4

Diversos

espaços e

ângulos da

Biblioteca

Mindlin

5
5
4 Diversos espaços e ângulos da Biblioteca Mindlin 5 Bem-vindo Atravessa-se uma rampa sobre o espelho-
4 Diversos espaços e ângulos da Biblioteca Mindlin 5 Bem-vindo Atravessa-se uma rampa sobre o espelho-
4 Diversos espaços e ângulos da Biblioteca Mindlin 5 Bem-vindo Atravessa-se uma rampa sobre o espelho-

Bem-vindo

Atravessa-se uma rampa sobre o espelho- d’água do complexo para chegar à recepção. Após registrar-se, o visitante pode transitar pelas salas de leitura, consulta e exposições abertas ao público. Uma cobertura de vidro ilumina o vão central dos três andares, real- çando as estantes de livros raros do acervo.

Só alegria

No térreo, está a exposição Não faço nada sem alegria, que retrata em painéis, fotos e vídeos a vida do casal Guita e José Mindlin. Outra mostra, na mesma sala, é dedicada a editores artesanais brasileiros. No subsolo, reservado para exposições temporárias, podem ser vistas raridades modernistas.

Joias da coroa

Entre as pérolas do acervo estão as primei- ras edições de A moreninha (1844), de Joa- quim Manoel de Macedo, e O guarani (1857), de José de Alencar. A obra mais antiga da coleção é de 1557, escrita pelo alemão Hans Staden. Uma gramática de José de Anchie- ta, de 1595, vem na sequência.

REVISTA GOL

49

FOTOS DIVULGAÇÃO

EMBARQUE ARTES

FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE ARTES A artista Beatriz Milhazes em seu ateliê no Rio CHICLETE COM BANANA

A artista

Beatriz

Milhazes em

seu ateliê

no Rio

CHICLETE COM BANANA

Uma das artistas mais valorizadas do mercado, Beatriz Milhazes ganha exposição retrospectiva no Rio de Janeiro

POR DANIEL MARQUES

Beatriz Milhazes é o nome mais quente das artes plásticas no Brasil. Depois de ter a tela Meu limão vendida por US$ 2,1 milhões em Nova York no ano passado, um recorde para artistas nacionais, a carioca de 53 anos está en- tre as dez mulheres mais valiosas do mundo artís-

tico – no total, suas obras foram arrematadas por US$ 19 milhões. Há mais de uma década sem ganhar uma exposição individual no país, a artista é tema de Meu bem, retrospectiva em cartaz até outubro no Paço Imperial, no Rio de Janeiro (Curitiba é o desti- no em novembro).

A mostra reúne tra- balhos produzidos por Milhazes no início da car- reira, no fim dos anos 80, passando por seu período de maior projeção inter- nacional, após a Bienal de Veneza de 2003. Desta- que para os gigantescos painéis As quatro estações e um móbile inédito no país, com cinco pendurica- lhos de miçangas, flores e tecidos. Em comum entre eles, padrões geométricos de grandes dimensões, multicoloridos, que lem- bram flores e mandalas. “Sempre me considerei uma artista abstrata, mas fui muito influenciada por Tarsila do Amaral, pelas igrejas barrocas, pela natureza, pelo Carnaval”, explica Beatriz. Apesar do sucesso no exterior, Milhazes não abre mão de passar a maior parte do ano no Rio, ora em seus ateliês no Jardim Botânico, ora em sua casa no Leblon. Sua técnica principal consiste em passar tinta em folhas plásticas e depois aplicá- las sobre a tela, como na monotipia. Há quem veja sua obra como meramen- te decorativa, mas ela de- fende sua originalidade e brasilidade. “Desenvolvi uma linguagem própria e levei isso para a pintura, chamando a atenção da crítica”, diz.

BEATRIZ MILHAZES – MEU BEM PAÇO IMPERIAL. PÇA. XV DE NOVEMBRO, 48, CENTRO, RIO DE JANEIRO, RJ. TEL.: (21) 2215-2622. ATÉ 27/10. GRÁTIS.

Feio ou

bonito?

Crítico britânico lança livro que mapeia história da arte contemporânea

POR DANIEL MARQUES
POR DANIEL MARQUES

Editor de artes do grupo BBC, Will Gompertz é autor de Isso é arte?, envolvente livro sobre a história da arte moderna, do Impressionis- mo à época atual. Diretor de comunicação da Tate Gallery, em Londres, por sete anos, o britânico adquiriu uma visão particular de como o merca- do dita as regras sobre o que

é bonito ou feio. “Há uma ten- dência em complicar demais

a arte contemporânea, mas

acredito que as pessoas es- tão cada vez mais interessa- das em compreendê-la”, diz. Sobre a recente valorização de artistas brasileiros, como Beatriz Milhazes e Adriana

Varejão, Gompertz sugere que as galerias internacionais estão saturadas de traba- lhos americanos e europeus. “Todos os países do mundo produzem arte interessante,

o que era ignorado. Agora

a fonte do dinheiro está nos

países emergentes”, conclui.

ISSO É ARTE? WILL GOMPERTZ. ED. ZAHAR. R$ 59,90.

do dinheiro está nos países emergentes”, conclui. ISSO É ARTE? WILL GOMPERTZ. ED. ZAHAR. R$ 59,90.
do dinheiro está nos países emergentes”, conclui. ISSO É ARTE? WILL GOMPERTZ. ED. ZAHAR. R$ 59,90.
  EMBARQUE ARTES RIO GRANDE DO SUL, PARANÁ, SÃO PAULO Domínio público Levar a arte
 
 
 
 

EMBARQUE ARTES

RIO GRANDE DO SUL, PARANÁ, SÃO PAULO

EMBARQUE ARTES RIO GRANDE DO SUL, PARANÁ, SÃO PAULO Domínio público Levar a arte para a

Domínio público

Levar a arte para a rua. Essa é a ideia por trás da Bienal Internacional de Curitiba, que completa 20 anos de história, desta vez sem as amarras de um tema formal. “Escolhemos obras que chamam a atenção por seu caráter inédito, incomum. Vai ser impossível o público não reparar nelas”, diz o curador Teixeira Coelho. No site oficial, é possível elaborar roteiros que passam por mais de cem es- paços expositivos da cidade e planejar uma visita de bicicleta, van ou a pé. Entre as obras mais curiosas, estão as instalações do chinês Ai Wei Wei, o painel Deus e o diabo na terra do sol (foto), do uruguaio Juan Burgos, e a arte da brasileira Regina Silveira, que “vestiu” ônibus biarticulados com bordados.

BIENAL INTERNACIONAL DE CURITIBA ATÉ 1º/12. WWW.BIENALDECURITIBA.COM.BR. GRÁTIS.

CURITIBA ATÉ 1º/12. WWW.BIENALDECURITIBA.COM.BR. GRÁTIS. TRI LEGAL POR DANIEL MARQUES Curitiba, Porto Alegre e São

TRI LEGAL

POR DANIEL MARQUES

Curitiba, Porto Alegre e São Paulo sediam três bienais com foco em artes plásticas e arquitetura

TEMPO BOM

Como faz há 18 anos, a Bienal do Mercosul se espalha pelos principais centros culturais de Porto Alegre, com destaque para exposições na Usina do Gasômetro, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs) e no Santander Cultural. Se o clima for favorável, tema desta nona edição, pretende condu- zir um diálogo sobre o papel

das novas tecnologias na arte contemporânea. “Dedicamos bastante atenção a artistas que fazem pesquisas com novos meios”, diz Patricia Fossati Dru- ck, presidente da Fundação Bie- nal. Ainda assim, há lugar para fotografia, vídeos e esculturas, como Solar (foto), do mexicano Edgar Orlaineta, feita com pe- ças de alumínio recicladas.

BIENAL DO MERCOSUL PORTO ALEGRE, RS. DE 13/9 A 10/11. WWW.BIENALMERCOSUL.ART.BR. GRÁTIS.

A cidade só cresce

A Bienal de Arquitetura celebra sua décima edição renovada. Dedica-

da à relação entre as cidades e seus habitantes, a mostra será reparti- da em nove espaços, todos acessíveis por transporte público, sendo o Centro Cultural São Paulo o principal deles. Para o curador Guilher- me Wisnik, as manifestações dos últimos meses deixaram claro que

“a população está disposta a discutir questões como mobilidade urba-

na, apropriação de áreas públicas e especulação imobiliária”.

BIENAL DE ARQUITETURA SÃO PAULO, SP. DE 12/10 A 1º/12. FACEBOOK.COM/XBIENALDEARQUITETURA. GRÁTIS.

52

SÃO PAULO, SP. DE 12/10 A 1º/12. FACEBOOK.COM/XBIENALDEARQUITETURA. GRÁTIS. 52 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO

REVISTA GOL

FOTOS DIVULGAÇÃO
FOTOS DIVULGAÇÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO

EMBARQUE

CINEMA

FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE CINEMA MUY POR MARCO TOMAZZONI AMIGOS A briga de James Hunt e Niki
FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE CINEMA MUY POR MARCO TOMAZZONI AMIGOS A briga de James Hunt e Niki

MUY

POR MARCO

TOMAZZONI

AMIGOS

A briga de James Hunt e Niki Lauda na temporada de 1976 da Fórmula 1 acelera o filme Rush

A rivalidade entre Alain Prost e Ayrton Senna parece coisa de criança perto da célebre disputa entre o inglês James Hunt, da McLaren, e o aus- tríaco Niki Lauda, da Ferrari, retratada no filme Rush. Ad- versários desde as categorias de acesso à Fórmula 1, Hunt (Chris Hemsworth) e Lauda (Daniel Brühl) eram cara e coroa – o primeiro, sedutor e

mordaz, e o outro, mirrado e

frio. A dupla disputou ponto

a ponto a temporada de 1976,

uma das mais dramáticas da história. Era uma época, de certa forma, romântica, em que os pilotos eram taxados

de rebeldes e lunáticos por se arriscar em carros e circuitos que não ofereciam segurança

– até ali ocorriam, em média, duas mortes por ano nas

Chris Hemsworth como o sedutor James Hunt; ao fundo, Daniel Brühl no papel de Lauda

pistas. “Lauda e Hunt eram as- tros, dois profissionais no topo da carreira, num tempo em que sexo era seguro, dirigir era perigoso e tudo era liberado”, já disse o diretor Ron Howard. Foi nesse campeonato que Lauda sofreu um acidente

e teve boa parte do corpo

queimada, mas voltou a correr 42 dias depois. Nas mãos de Howard e do roteirista Peter Morgan, essa história se

torna eletrizante – misturando imagens de arquivo e efeitos, as corridas são acompanhadas em primeiríssimo plano –

e universal. O próprio diretor

não gostava de F-1 até assistir

a um GP a convite de George

Lucas. “Comecei a entender que há uma mistura única de tecnologia, esporte e coragem para competir naquela velo- cidade”, afirmou. “Achei que

poderia colocar o público no assento do carro e também na mente desses caras.”

RUSH ESTREIA PREVISTA PARA 13/9.

Ashton Kutcher, o protagonista de Jobs
Ashton Kutcher,
o protagonista
de Jobs

O evangelho segundo Jobs

Cinebiografia do fundador da Apple retrata visionário com tendência a liderar multidões

“Os rebeldes, aqueles loucos o bastante para achar que podem mudar o mundo, são os que realmente mudam.” A ode de Steve Jobs à inconformidade dá o tom da cinebiografia do empresário, com Ashton Kutcher no papel principal. Houve quem torceu o nariz para a escalação do galã como o fundador da Apple, mas logo fica evidente sua semelhança com ele. Jobs retrata o protagonista como mais do que um pioneiro da computação: um artista excêntrico e intempestivo, um visionário com tendência a liderar multidões. “Para sermos grandiosos, precisamos arriscar” e “acredite no impossível” são algumas passagens do evangelho de Jobs. “O que Jobs fez, vindo de uma família simples, começando um negócio numa garagem, serve de inspiração para todos alcançarem o que desejam”, disse o diretor Joshua Michael Stern. Se não é o filme definitivo sobre a lenda, deve instigar um bocado de gente.

JOBS ESTREIA PREVISTA PARA 6/9.

ESTAMOS TRABALHANDO PARA OFERECER A TODOS OS BRASILEIROS AEROPORTOS CADA VEZ MELHORES.

Manaus

Galeão

Confins

Florianópolis

Goiânia

Porto Alegre

Vitória

Fortaleza

Curitiba

Confins

Manaus

Salvador

Cuiabá

Florianópolis

Fortaleza

Galeão

OBRAS ENTREGUES:

Novos terminais:

Porto Alegre, Vitória, Goiânia, Cuiabá, Campinas, Guarulhos (2), Brasília (2) e Imperatriz.

Outras obras:

Curitiba e Londrina - pista de pousos e decolagens Recife - conector do terminal de passageiros Guarulhos - pista de taxiamento

OBRAS EM CURSO:

Ampliação de terminais de passageiros:

Manaus, Confins, Galeão, Fortaleza, Teresina,

Campo Grande, Vitória, Foz do Iguaçu, Macapá, Santarém e Marabá.

Melhorias em pistas e estacionamentos de aviões:

Galeão, Salvador, Florianópolis, Porto Alegre, Curitiba, Cuiabá, Recife, Vitória, Pampulha, São Gonçalo do Amarante, Altamira, Macapá e Uberlândia.

Obras em terminais de carga:

Curitiba e Salvador.

Obras em torres de controle:

Salvador, Vitória, Pampulha e Ilhéus.

Saiba mais em infraero.gov.br

Obras em torres de controle: Salvador, Vitória, Pampulha e Ilhéus. Saiba mais em infraero.gov.br 54 REVISTA

EMBARQUE

CINEMA

EMBARQUE CINEMA Dusty (no meio), o teco-teco pulverizador que dá a volta por cima PARA O
Dusty (no meio), o teco-teco pulverizador que dá a volta por cima PARA O ALTO
Dusty (no meio),
o teco-teco
pulverizador que dá
a volta por cima
PARA O ALTO E AVANTE!
Depois de automóveis falantes na franquia Carros, é a vez das aeronaves na animação Aviões
POR MARIANE MORISAWA, DE LOS ANGELES

Você já viu automóveis que falam e até se apaixonam nas duas aventuras animadas de Carros, dos estúdios Pixar. Agora che- gou a vez das aeronaves em Aviões, novo desenho da Disney que, previsto inicial- mente para ser lançado direto em DVD, surpreendeu os produtores e aterrissa nos cinemas em setembro. No centro da his- tória está Dusty, um daqueles aviõezinhos que pulverizam plantações. Nunca voou muito alto, mas seus sonhos estão lá em cima: quer ser veloz e participar de uma corrida mundial. “Dusty precisa ir bem

fundo dentro de si mesmo para encontrar a coragem de se tornar mais do que aquilo que se espera dele”, contou o diretor Klay Hall em entrevista à revista da GOL. A competição é a oportunidade perfeita para criar uma espécie de Copa do Mundo da aviação, com personagens de todas as partes. Auxiliado por sua fiel escudeira, a mecânica Dottie (voz original de Teri Ha- tcher, veja abaixo), e pelo mentor Skipper, Dusty logo se encanta com a indiana Isha- ni e fica amigo de El Chupacabra, um astro mexicano de novelas e luchador cheio

de personalidade. O latino, por sua vez, vai se encantar com a brasileira Carolina Santos Duavião (voz de Ivete Sangalo) na versão latino-americana do desenho – no original, a personagem é a franco-cana- dense Rochelle. “Foi orgânico. Queríamos pegar Dusty, que cresceu numa pequena cidade americana, e jogá-lo nesse palco mundial”, explicou o diretor. Claro que há os inimigos também, como Ripslinger, que vai infernizar a vida de Dusty.

AVIÕES ESTREIA PREVISTA PARA 13/9.

Ela é um avião Teri Hatcher, das séries Lois & Clark e Desperate Housewives, fala
Ela é um avião
Teri Hatcher, das séries Lois & Clark
e Desperate Housewives, fala do filme
MERGULHO
NO HANGAR
O
que acha de Dottie, a personagem que você dubla no filme?
Ela é mecânica e poderia ser um cara. Mas gosto que ela seja
uma garota. Posso enxergar as menininhas saindo do filme e
brincando com suas chaves de fenda de brinquedo e querendo
construir motores! É uma boa mensagem.
O
que mais atraiu você no projeto?
Quando a Disney e John Lasseter chamam, você diz sim! Mas
claro que pensei que um dia talvez possa ver esse filme com
meus netos. É uma história que fala de ir atrás dos seus sonhos,
e isso é algo que nós sempre vamos buscar.
Quando se trata da Disney e do diretor
criativo John Lasseter, a ordem sempre é dar
às animações a maior autenticidade possível.
No caso de Aviões , ajudou um bocado que o
diretor Klay Hall desenhe aeronaves desde
pequeno – seu avô e seu pai foram pilotos.
Nem por isso ele escapou da pesquisa, que
incluiu consultas a um especialista em
fobias (Dusty tem medo de altura). Em
geral, os personagens são híbridos
de aviões reais, à exceção de
Skipper, um Navy Corsair.
56
REVISTA GOL
FOTOS DIVULGAÇÃO
são híbridos de aviões reais, à exceção de Skipper, um Navy Corsair. 56 REVISTA GOL FOTOS

FOTOS DIVULGAÇÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE TELEVISÃO PARA GRINGO VER Série no Canal Bis mostra bastidores da primeira turnê
FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE TELEVISÃO PARA GRINGO VER Série no Canal Bis mostra bastidores da primeira turnê
FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE TELEVISÃO PARA GRINGO VER Série no Canal Bis mostra bastidores da primeira turnê

EMBARQUE

TELEVISÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE TELEVISÃO PARA GRINGO VER Série no Canal Bis mostra bastidores da primeira turnê

PARA

GRINGO

VER

Série no Canal Bis mostra bastidores da primeira turnê internacional de Gaby Amarantos e traz duetos com convidados

POR DANILO CASALETTI

Assim como Elba Ramalho ficou conhecida como Tina Turner do sertão nos anos 70, Gaby Amarantos também tem sua parcela de compara- ções: nos últimos três anos, a cantora já foi chamada, entre outras coisas, de Beyoncé do Pará e Adele da periferia. Pois agora estrangeiros puderam conferir ao vivo se os apelidos fazem sentido, já que Gaby fez em julho sua primeira turnê internacional. O resultado está na série Gaby gringa, no canal pago Bis, que mostra, ao longo de dez episódios, as paradas da cantora em Nova York, Lon- dres e Bristol. “Mesmo não falando quase nada em inglês, consegui me comunicar com o público de uma maneira incrível. Eles piraram com a energia da minha música”, diz Gaby, que apresentou, além de seu repertório tecnobrega, samba e funk para gringo ver.

Diretora da série ao lado de Guto Barra, Tatiana Issa afirma que a espontaneidade de Gaby marca o tom do pro-

grama, que registra bastidores

e passeios da cantora pelas

cidades, acompanhada por convidados (veja abaixo). “Pre- cisava ver a alegria dela quan-

do a deixamos dentro de uma

loja de perucas no Harlem! Parecia criança em parque de diversões”, lembra.

O público ainda verá uma

Gaby diferente. Fã da cantora

de jazz Billie Holiday, ela can- ta, com direito a flor no cabelo (marca registrada de Billie),

a clássica “The Very Thought

of You”. Em outro momento, faz uma homenagem a Elis Regina ao interpretar “Como

nossos pais”. “Cantei a capela. Fui às lágrimas”, conta.

O flerte de Gaby com outros

estilos adianta um desejo para seu segundo disco, ainda sem data, que sucede o sucesso de Treme. “Não quero ficar rotu- lada como tecnobrega. Quero cantar de tudo”, afirma.

GABY GRINGA CANAL BIS. ESTREIA 19/9. QUINTAS, ÀS 19H. CANALBIS. GLOBO.COM.

Gaby Amarantos com Maria Gadú; acima, em Nova York
Gaby Amarantos
com Maria Gadú;
acima, em Nova York

A galera treme

Os grandes trunfos de Gaby gringa são os encontros musicais da cantora com convidados como Maria Gadú, Seu Jorge, Tulipa Ruiz, Pretinho da Serrinha e Emicida. “Gadú é uma irmãzinha. Ela foi até Nova York só pra me encontrar. Rolou um papo calcinha, aquele clima de colegas de quarto, sabe?”, conta Gaby, que deu perucas e lingeries à amiga. Para um dueto, as duas escolheram “Papai me empresta o carro”, de Rita Lee, e “Evidências”, sucesso da dupla Chitãozinho e Xororó. Já Seu Jorge surpreendeu ao chegar com um carimbó na ponta da língua. Os dois ainda cantaram “Fogo e paixão”, hit de Wando.

ao chegar com um carimbó na ponta da língua. Os dois ainda cantaram “Fogo e paixão”,
ao chegar com um carimbó na ponta da língua. Os dois ainda cantaram “Fogo e paixão”,

58 REVISTA GOL

ao chegar com um carimbó na ponta da língua. Os dois ainda cantaram “Fogo e paixão”,
 
 
 
 

EMBARQUE

TEATRO

SÃO PAULO

Débora Falabella, vestida de homem, em O amor e outros estranhos rumores MELHOR DE TRÊS
Débora Falabella, vestida
de homem, em O amor
e outros estranhos rumores
MELHOR DE TRÊS
Fundado por Débora Falabella, Grupo 3 de Teatro
apresenta em São Paulo sua primeira mostra teatral
POR ALAN DE FARIA

Destaque nas coxias do teatro brasileiro, com companhias como Galpão, Gira- mundo e Luna Lunera, Minas Gerais tem mais um nome para engrossar a lista. Fundado por Débora Falabella em parceria com a diretora Yara de Novaes e o produtor Gabriel Paiva, o Grupo 3 de Teatro realiza em São Paulo sua pri- meira mostra de repertório, para marcar seus oito anos em atividade. Entre 2 de setembro e 6 de outubro, a companhia de Belo Horizonte apresenta no teatro Sérgio Cardoso, a preços popu- lares, os espetáculos A serpente (2005),

de Nelson Rodrigues, O continente negro (2007), escrito pelo chileno Marco An- tonio de la Parra, e O amor e outros estra- nhos rumores (2010), baseado em contos de Murilo Rubião. “Rever o que fizemos

bora Falabella comemora a chance de imergir no teatro. “Ficarei em cartaz de terça a domingo, com três peças e dez personagens distintos. É uma ousadia”, conta a atriz. “Será um mês difícil, de

e

refazer o que já foi visto gera reflexões

muita concentração, mas sem dúvida

e

sugere um futuro”, diz Yara. Na sequên-

um prazer enorme.”

cia, o Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo será o palco para a estreia de um trabalho inédito, Contrações. Retornando à cena após longas férias, iniciadas ao final da novela Avenida

Brasil (“foi um fenômeno, nunca tinha visto algo assim na TV”, lembra), Dé-

GRUPO 3 DE TEATRO DE 2/9 A 6/10. A SER- PENTE: TERÇAS E QUARTAS, ÀS 21H. O CON- TINENTE NEGRO: QUINTAS E SEXTAS, ÀS 21H. O AMOR E OUTROS ESTRANHOS RUMORES:

SÁBADOS, ÀS 21H, E DOMINGOS, ÀS 18H. TEA- TRO SÉRGIO CARDOSO. R. RUI BARBOSA, 153, BELA VISTA, SÃO PAULO, SP. TEL.: (11) 3288- 0136. INGRESSOS DE R$ 10 A R$ 20.

Musical à brasileira Par é a mais nova experiência nos palcos do grupo mineiro Ponto
Musical à brasileira
Par é a mais nova experiência nos palcos do grupo mineiro Ponto de Partida
Há 33 anos, o grupo mineiro Ponto de Partida
estabeleceu-se em Barbacena, sua cidade
natal, e deu origem a um prestigiado centro de
formação em teatro e música. Seu repertório
tem mais de 30 espetáculos, referência por
desvendar e expandir o universo de autores e
compositores como Guimarães Rosa, Carlos
Drummond de Andrade, Chico Buarque e
Milton Nascimento. A mais nova experiência
é Par – Um musical apaixonante, que o grupo
apresenta no Sesc Belenzinho, em São Paulo.
Músicas de Tom Jobim (“Luiza”), Dorival
Caymmi (“A vizinha do lado”), Pixinguinha
(“Carinhoso”), entre outros, servem de roteiro
para, segundo a diretora Regina Bertola,
“narrar histórias de reconciliação, paixão,
ruptura e amor”, enquanto o elenco, embalado
por uma banda ao vivo, baila pelo palco.
PAR – UM MUSICAL APAIXONANTE DE 13 A 22/9. SEXTAS E SÁBADOS, ÀS 21H, DOMINGOS, ÀS 18H. SESC BELENZINHO.
R. PADRE ADELINO, 1.000, BELENZINHO, SÃO PAULO, SP. TEL.: (11) 2076-9700. INGRESSOS DE R$ 5 A R$ 25.
60
REVISTA GOL
FOTO DIVULGAÇÃO
DE R$ 5 A R$ 25. 60 REVISTA GOL FOTO DIVULGAÇÃO The Maple Bear Generation Educação
DE R$ 5 A R$ 25. 60 REVISTA GOL FOTO DIVULGAÇÃO The Maple Bear Generation Educação
DE R$ 5 A R$ 25. 60 REVISTA GOL FOTO DIVULGAÇÃO The Maple Bear Generation Educação
DE R$ 5 A R$ 25. 60 REVISTA GOL FOTO DIVULGAÇÃO The Maple Bear Generation Educação
DE R$ 5 A R$ 25. 60 REVISTA GOL FOTO DIVULGAÇÃO The Maple Bear Generation Educação

The Maple Bear Generation

Educação Infantil Ensino Fundamental

Maple Bear Generation Educação Infantil Ensino Fundamental A excelência da educação bilíngue canadense com o

A excelência da educação bilíngue canadense com o currículo brasileiro em uma escola perto de você.

Encontre uma escola:

www.maplebear.com.br

com o currículo brasileiro em uma escola perto de você. Encontre uma escola: www.maplebear.com.br O melhor
com o currículo brasileiro em uma escola perto de você. Encontre uma escola: www.maplebear.com.br O melhor

O melhor da educação

com o currículo brasileiro em uma escola perto de você. Encontre uma escola: www.maplebear.com.br O melhor
com o currículo brasileiro em uma escola perto de você. Encontre uma escola: www.maplebear.com.br O melhor
com o currículo brasileiro em uma escola perto de você. Encontre uma escola: www.maplebear.com.br O melhor

FOTOS DIVULGAÇÃO

EMBARQUE LIVROS

FOTOS DIVULGAÇÃO EMBARQUE LIVROS ENTRE DORES E SUCESSOS O cantor sertanejo Leonardo chega aos 50 e
ENTRE DORES E SUCESSOS O cantor sertanejo Leonardo chega aos 50 e passa a vida
ENTRE
DORES
E SUCESSOS
O cantor sertanejo Leonardo
chega aos 50 e passa a vida a limpo
em biografia bem-comportada
POR NATÁLIA RANGEL

Você conta tudo mesmo no livro? Tenho uma vida muito reservada, então muito do que conto nesse livro será uma novidade para os fãs.

O que você aborda no livro? Minhas dores e onde encontrei forças para seguir em frente. Na vida tive algumas derrotas e conto isso sem restrições.

Como surgiu o nome da dupla? Eu trabalhava em uma farmácia, onde um companheiro de trabalho faltou porque sua esposa havia dado à luz gêmeos: Leandro e Leonardo. Quando ouvi os nomes, pensei logo que eram perfeitos para a dupla com meu irmão.

Há um filme a caminho? Sim, estamos trabalhando arduamente para isso. Em breve terei novidades.

Leonardo é um campeão. Em tempos de

mídias digitais, ainda vende muito – em

30 anos de estrada, foram 37 milhões de

discos, contabilizada a época de parceria com o irmão, Leandro. Para marcar seus

50 anos de idade (completados em

julho), o cantor, batizado Emival Eterno da Costa, lança Não aprendi dizer adeus, biografia com generoso álbum de fotos. No livro ele narra dramas que viveu, como a morte de Leandro e o grave aci- dente do filho Pedro, há dois anos. Em tom de autoajuda, o cantor fala de como enfrentou suas maiores dores, aconselha e dá exemplos de superação. Relembra

também a lida nas colheitas de tomate em Goianópolis e a movimentada vida amorosa – tem hoje seis filhos, todos de mães diferentes. Entre as histórias está a primeira via- gem de avião da dupla, logo que “Entre tapas e beijos” estourou nas rádios, em 1989. O diretor da gravadora de São Paulo ligou pedindo que eles se apresen- tassem em um programa de TV. Sem dinheiro e famintos, os dois viajaram sem aceitar a refeição de bordo por receio de não ter como pagá-la (na época, es- tavam inclusas no preço da passagem). “Coisa de caipira”, brinca Leonardo.

NÃO APRENDI DIZER ADEUS LEONARDO. ED. CASA BRASILEIRA. R$ 29,90.

Quanto vale o show? Em 15 anos de carreira solo, Leonardo vendeu 12 milhões de
Quanto
vale
o show?
Em 15 anos de carreira solo,
Leonardo vendeu 12 milhões
de cópias, somando CDs e
DVDs. Lançou 15 álbuns. E
chegou a fazer 300 shows
por ano em todo
o Brasil.
E chegou a fazer 300 shows por ano em todo o Brasil. O homem de preto

O homem de preto

Chega ao Brasil a autobiografia de Johnny Cash, ídolo americano da música country morto em 2003

Em um histórico casarão na Jamaica, com vista para o mar do Caribe, o músico americano Johnny Cash escreveu o seu se- gundo e último livro de memórias que agora, dez anos após sua mor-

te, chega ao Brasil. A obra traz um relato confessional e repleto de referências religiosas do cantor

e compositor que se transformou

em uma lenda da música country

americana. Cash comoveu toda uma geração ao expor sua luta

contra a dependência química e

o apoio incondicional de sua mu-

lher, a também cantora June Car-

ter, sua companheira por 30 anos (história retratada no cinema em Johnny & June). Ao longo de 244 páginas, o criador de clássicos como “I walk the line” e “Folson prison blues” relembra, em tom de conversa entre amigos, os seus nobres ancestrais escoceses, as parcerias musicais (com Elvis

Presley, Roy Orbison e Bob Dylan) e a apaixonada união com June, além, é claro, de incontáveis des- varios provocados pelo consumo compulsivo de álcool e drogas. A

edição brasileira traz ainda uma completa discografia do artista.

CASH – A AUTOBIOGRAFIA DE JOHNNY CASH JOHNNY CASH E PATRICK CARR. ED. LEYA. R$ 39,90.

JOHNNY CASH JOHNNY CASH E PATRICK CARR. ED. LEYA. R$ 39,90. 62 REVISTA GOL Ator: Eriberto

62 REVISTA GOL

Ator: Eriberto Leão | www.ogochi.com.br | 49 3325.1700 | OGOCHI Menswear
Ator: Eriberto Leão | www.ogochi.com.br | 49 3325.1700 | OGOCHI Menswear

FOTOS DIVULGAÇÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO LIVROS RAÍZES DO POR DANIEL MARQUES Laurentino Gomes no Museu Casa de Benjamin Constant,
LIVROS RAÍZES DO POR DANIEL MARQUES Laurentino Gomes no Museu Casa de Benjamin Constant, no
LIVROS
RAÍZES
DO
POR DANIEL MARQUES
Laurentino Gomes
no Museu Casa de
Benjamin Constant,
no Rio de Janeiro

BRASIL

Museu Casa de Benjamin Constant, no Rio de Janeiro BRASIL Laurentino Gomes lança 1889 , livro

Laurentino Gomes lança 1889 , livro que narra a história por trás da Proclamação da República e fecha a trilogia sobre a formação do país

Sucesso no mercado editorial brasileiro, Laurentino Gomes, 57 anos, vendeu mais de 1 milhão de exemplares com seus dois primeiros livros: 1808, sobre a fuga da corte portuguesa para o Rio de Janeiro; e 1822, que explora a Independência do Brasil. Como bom fenômeno pop, é com uma trilogia que o jornalista vira a página da formação do país. 1889 investiga a Proclamação da República e seus três protagonistas – o imperador dom Pedro II, o marechal Deodoro da Fonseca e o militar e professor Benjamin Constant (leia ao lado). “Há histórias curiosas e pouco conhecidas, como a crise de ciúme envolvendo o marechal, o senador liberal Gaspar da Silveira Martins e a baronesa de

Triunfo, uma bela e sedutora gaúcha com papel decisivo na queda da monarquia”, revela. Segundo o autor, estudar o passado ajuda a compreender nossa situação atual. “Tento demonstrar com meus livros que a história do Brasil pode ser fascinante e divertida, sem ser banal”, explica Gomes, que atribui suas altas vendagens à linguagem e ao estilo romanceado com que relembra nossas desventuras e conquistas. “Minha fórmula combina jornalismo e literatura. Procuro usar elementos pitorescos para atrair a atenção do leitor. Ser um escritor best-seller é mera consequência da reportagem bem-feita, bem pesquisada e bem apurada.”

da reportagem bem-feita, bem pesquisada e bem apurada.” 1889 LAURENTINO GOMES. ED. GLOBO LIVROS. R$ 44,90.

1889

LAURENTINO

GOMES. ED.

GLOBO LIVROS.

R$ 44,90.

EMBARQUE

Trio da pesada

O autor fala sobre os personagens mais importantes de 1889

O autor fala sobre os personagens mais importantes de 1889 Dom Pedro II, o “imperador cansado”

Dom Pedro II,

o “imperador cansado”

“Foi amigo do escritor Victor Hugo e de Alexander Graham Bell [inventor do telefone]. Apesar disso, governava um país dominado pela escravidão e pelo latifúndio, com mais de 80% da população analfabeta. Um símbolo das contradições do império.”

analfabeta. Um símbolo das contradições do império.” Deodoro da Fonseca, o “marechal vaidoso” “Era vaidoso,

Deodoro da Fonseca, o “marechal vaidoso”

“Era vaidoso, intempestivo, rancoroso e de gênio difícil. Até as vésperas da Proclamação era um monarquista convicto. Mas tudo indica que era também um homem honesto, íntegro, incapaz de aceitar vantagens pessoais.”

honesto, íntegro, incapaz de aceitar vantagens pessoais.” Benjamin Constant, o “professor injustiçado” “Foi o

Benjamin Constant,

o “professor injustiçado”

“Foi o mentor da Proclamação da República. Era, porém, um homem deprimido, com fama de medroso e injustiçado na carreira do magistério. Dizem que morreu louco.”

deprimido, com fama de medroso e injustiçado na carreira do magistério. Dizem que morreu louco.” 64

FOTO NELSON MELLO

EMBARQUE FORMULÁRIO

DIVINO POR DANIEL MARQUES MARAVILHOSO Serguei fala sobre sua volta aos palcos, a vida em
DIVINO
POR DANIEL MARQUES
MARAVILHOSO
Serguei fala sobre sua volta aos palcos, a vida
em Saquarema e, claro, a musa Janis Joplin
Serguei está beirando os 80 anos de uma
vida rock’n’roll. No Carnaval, foi destaque da
Mocidade Independente, no samba-enredo
em homenagem ao Rock in Rio, e saiu
desidratado. O quadro evoluiu para uma
anemia e internação em abril, mas hoje a
figura mais icônica do rock nacional segue
fazendo shows e à frente do Templo do Rock,
museu particular em sua casa em Saquare-
ma (RJ). “A música sempre foi a minha praia,
desde garotão, no começo dos anos 60”,
lembra Serguei – seu primeiro compacto, As
alucinações de Serguei, saiu em 66. Nessa
época, ele conheceu Jimi Hendrix, Jim
Morrison e virou lenda após ter um caso com
Janis Joplin, durante a visita da cantora ao
Rio de Janeiro, em 70. Atualmente uma
espécie de convidado de honra do programa
Agora é tarde, na Band, o roqueiro diz estar
se alimentando melhor, mas continua sem
saber cuidar de coisas materiais. Também,
pudera: há todo o cosmos com que se ocupar.

Nome: Sérgio Augusto Bustamante.

Momento inesquecível nos palcos:

Bebida favorita: Um bom

Idade: 79 anos.

O

Rock in Rio de 1991, quando cantei a

vinho português. Não, peraí:

Natural de: Rio de Janeiro. O segredo da longevidade é:

música “Summertime”, um tributo a Janis Joplin.

uísque Jack Daniels. Tem animais de estimação?

Ser muito vaidoso. Nunca dei muita bola para essa coisa de comer bem, de

Tatuagem favorita: A minha mais recente, uma rosa

Tenho quatro cachorros. As pessoas dizem que

me alimentar

no

lado direito do rosto, que

são vira-latas, mas eu respondo

Seus cabelos são naturais?

eu

preciso irrigar sempre com

que vira-latas somos nós,

Sim, mas às vezes uso uma peruca de franja. Playlist básica: “Cry me a river”, na voz de Joe Cocker, e “Yesterday”, dos Beatles.

muitos beijos. Você se acha mais parecido com Mick Jagger ou com Steven Tyler? Com Steven Tyler, por causa dos lábios mais carnudos.

todos os brasileiros! Acredita em vida extraterrestre? Sim, com 100% de certeza. Já vi um disco voador em Saquarema. Uma divindade do rock: Eu.

66 REVISTA GOL

www.romanzza.com.br

ROMANZZA 2013/14

PARA VIVER NOVOS MOMENTOS

Curta facebook.com/romanzzaplanejados e compartilhe seus #novosmomentos no Instagram.

D Q E DESIGN QUALIDADE ENTREGA
D
Q
E
DESIGN
QUALIDADE
ENTREGA
no Instagram. D Q E DESIGN QUALIDADE ENTREGA Você totalmente satisfeito COZINHAS • DORMITÓRIOS •

Você totalmente satisfeito

COZINHAS • DORMITÓRIOS • CLOSETS • HOME THEATERS • HOME OFFICES • BANHEIROS • ÁREAS DE SERVIÇO • ESTOFADOS • ARQUITETURA COMERCIAL

BAHIA • DISTRITO FEDERAL • ESpíRITO SANTO • MARANHãO • MATO gROSSO • MINAS gERAIS • pARÁ • pARANÁ • RIO gRANDE DO NORTE • RIO gRANDE DO SUL RIO DE JANEIRO • SANTA CATARINA • SãO pAULO

FOTOS DIVULGAÇÃO

EMBARQUE MÚSICA

O MANGUE NÃO PARA POR DAFNE SAMPAIO Mundo Livre S/A e Nação Zumbi regravam músicas
O MANGUE
NÃO PARA
POR DAFNE
SAMPAIO
Mundo Livre S/A e Nação Zumbi regravam
músicas uma da outra em disco tributo

Pouco se falou, mas no ano passado o manifesto Caranguejos com cérebro, de Fred Zero Quatro, visto como marco inicial do manguebeat, completou 20 anos. A tal antena parabólica enfiada na lama, símbolo do movimento, segue, no entanto, firme e forte. Tanto que as duas principais bandas da cena continuam na ativa e acabam de se

reunir em um disco tributo. Dividido em duas partes, cada uma com sete faixas, Mundo Livre S.A. vs Nação Zumbi tem na primeira delas o grupo liderado por Zero Quatro regravando clás- sicos como “A cidade” e “A praieira”. Na segunda, é a vez de a Nação Zumbi devolver a cortesia com versões de “Bolo de ameixa”, “Musa da Ilha Grande”, entre outras. Todas

continuam fundamentais, mas a surpresa é que também parecem novas em folha. “O manguebeat é um mo- vimento conhecido pela di- versidade, não existe um som padrão”, afirma Zero Quatro. “A Nação Zumbi tem uma so- noridade própria, forte. Eles podem tocar qualquer coisa que vai parecer Nação. É algo complicado de simular, então tentamos fazer com que as músicas deles soassem como se fossem nossas [risos].” Não é a primeira vez que as duas bandas colaboram dire- tamente. Projeto dos tempos de Chico Science, a Orques- tra Manguefônica estreou nos palcos nos anos 2000, com uma série de shows especiais. A big band reunia os integrantes de ambos os grupos e misturava repertó- rios, numa espécie de ensaio para o álbum concretizado agora. À época, porém, eles não se preocupavam tanto com a identidade. “Tomamos muito cuidado para não tirar a essência das canções do Mundo Livre, somos fãs”, explica Jorge Du Peixe, vocalista da Nação Zumbi. “Ao mesmo tempo, queríamos mostrar que são músicas elásticas e podem trazer novidades. Superou nossas expectativas.”

MUNDO LIVRE S.A. VS NAÇÃO ZUMBI DECKDISC. R$ 28,90. WWW.DECKDISC.COM.BR.

VS NAÇÃO ZUMBI DECKDISC. R$ 28,90. WWW.DECKDISC.COM.BR. Filhotes de caranguejo Líderes das duas bandas indicam os

Filhotes de caranguejo

Líderes das duas bandas indicam os herdeiros do manguebeat

Líderes das duas bandas indicam os herdeiros do manguebeat Jorge Du Peixe “Tem muita referência boa,

Jorge Du Peixe

“Tem muita referência boa, gente nova cheia de ideias. Precisa colocar essa meninada para se coçar, como tenho feito com meu filho [Ramon Lira] e minha nora [Louise Taynã, filha de Chico Science] no Afrobombas . Tudo influencia tudo, basta abrir os ouvidos.”

. Tudo influencia tudo, basta abrir os ouvidos.” Fred Zero Quatro “Não tenho mais aquela energia

Fred Zero Quatro

“Não tenho mais aquela energia pra acompanhar tudo, tem muita coisa acontecendo, mas sou muito fã do Eddie , que é da segunda geração do manguebeat. Entre os mais recentes destacaria a Academia da Berlinda, a Catarina Dee Jah e a Orquestra Contemporânea de Olinda.”

recentes destacaria a Academia da Berlinda, a Catarina Dee Jah e a Orquestra Contemporânea de Olinda.”
recentes destacaria a Academia da Berlinda, a Catarina Dee Jah e a Orquestra Contemporânea de Olinda.”
recentes destacaria a Academia da Berlinda, a Catarina Dee Jah e a Orquestra Contemporânea de Olinda.”

EMBARQUE MÚSICA

TRANSPORTADORA OFICIAL

TRANSPORTADORA OFICIAL

TRANSPORTADORA OFICIAL
TRANSPORTADORA OFICIAL
TRANSPORTADORA OFICIAL RIO DE JANEIRO
RIO DE JANEIRO

RIO DE JANEIRO

MONTANHA-RUSSA

SÓ FALTA VOCÊ

Veja o mapa completo da Cidade do Rock para aproveitar tudo o que o Rock in Rio tem a oferecer

POR LUIZA TERPINS

ILUSTRAÇÃO DANIEL ALMEIDA

ROCK IN RIO. DE 13 A 15/9 E DE 19 A 22/9. WWW. ROCKINRIO.COM.BR. OS PORTÕES DE ACESSO ABREM ÀS 14H E FECHAM ÀS 3H.

3
3

ELETRÔNICA

DE ACESSO ABREM ÀS 14H E FECHAM ÀS 3H. 3 ELETRÔNICA TURBO DROP ESTANDE 1 4

TURBO

DROP

ESTANDE

1 4
1
4

PALCO

7
7
 

MUNDO

 
MUNDO  
 
6
6

PALCO

  6 PALCO
  6 PALCO

STREET

PALCO SUNSET

2
2
 
  DANCE
  DANCE
  DANCE

DANCE

ÁREA

VIP

STREET PALCO SUNSET 2   DANCE ÁREA VIP TIROLESA 4 Tirolesa Um dos maiores sucessos do

TIROLESA

4 Tirolesa
4
Tirolesa

Um dos maiores sucessos do festival em 2011, permite voar sobre o público que se aglomera de uma ponta à outra do palco Mundo e até conferir os shows de um ângulo diferente. A espera de horas na fila compensa.

5
5

Rock Street

Lojas, bares e restaurantes terão decoração influenciada por Inglaterra e Irlanda. O palco terá bandas tocando rock britânico,

música celta, mágicos, malabaris- tas punk, entre outras atrações.

Palco Street Dance

CHAFARIZ

RODA-GIGANTE

1
1

Palco Mundo

Principal palco do festival, receberá quatro shows por dia. Beyoncé, David Guetta, Justin Timberlake, Bon Jovi e Metallica são alguns dos que tocarão lá.

Palco SunsetBon Jovi e Metallica são alguns dos que tocarão lá. Reservado para encontros inesperados entre grandes

Reservado para encontros inesperados entre grandes nomes da música e novos artistas nacionais e internacionais. Ao todo, são 59 atrações, como Ben Harper, Lenine, Offspring, Maria Rita, Gogol Bordello e Sepultura.

3 Eletrônica As performances dos DJs, todos os dias a partir das 22h30, prometem agitar
3
Eletrônica
As performances dos DJs, todos
os dias a partir das 22h30,
prometem agitar o público até
a madrugada. Paul Oakenfold,
Marky, Mau Mau e Vitalic são
os mais esperados.
6
Marky, Mau Mau e Vitalic são os mais esperados. 6 5 ROCK STREET 7 Estande GOL
5
5

ROCK

STREET

7
7

Estande GOL

Com cenário inspirado nas ruas de Nova York, a novidade contará com um grupo de dançarinos residentes e ainda terá batalhas individuais e concurso nacional e internacional de dança de rua.

Um espaço para descansar da maratona de shows, onde você pode tirar fotos em um avião cenográfico e pegar um brinde para se proteger do sol. Fique atento ao carrinho de serviço de bordo que circulará pela Cidade do Rock: é a chance de ganhar uma passagem da GOL!

COMO CHEGAR: A organização recomenda ir de ônibus, já que as avenidas de acesso à Cidade do Rock, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, estarão bloqueadas e não haverá estacionamento. Uma linha especial sai do terminal Alvorada e deixa na porta do festival. Mais confortáveis, ônibus fretados vão partir de 15 pontos do Rio e irão, sem paradas, ao evento. Ida e volta, por dia, custam R$ 50. Informações em eventos.riocard.com/rockinrio.

70

REVISTA GOL

REVISTA GOL

71

FOTOS ARIEL MARTINI / DIVULGAÇÃO

 
 
 

EMBARQUE MÚSICA

SÃO PAULO

Os paulistanos do Garotas Suecas: abrindo novas portas
Os paulistanos
do Garotas
Suecas: abrindo
novas portas

TUDO JUNTO E MISTURADO

Celebrada no exterior, banda Garotas Suecas continua embaralhando referências em seu segundo disco, Feras míticas

POR

KATIA ABREU

Um convite para um mundo onde, a partir de elementos conhecidos, nasce a novi- dade. “A capa feita por Deco Farkas é um pouco isso: uma asa de pomba, uma tromba de elefante que formam um animal novo. É o jeito como trabalhamos nossas

referências”, conta Tomaz Paoliello, guitarrista, voca- lista e principal compositor do Garotas Suecas. Em seu segundo disco, Feras míticas, o sexteto paulistano, que faz dia 15 o show de lançamen- to em São Paulo, continua perseguindo a mistura entre

rock, soul, funk e música brasileira que tanto agradou em Escaldante banda (2010). Com carreira em ascensão no Brasil e no exterior, o Garotas Suecas quer universalizar sua música – e seu público. De figurinhas carimbadas do rock independente, eles

buscam se inserir na cena da nova MPB. “A gente quer abrir novas portas sem fechar outras”, comenta Paoliello. O título do álbum homenageia monstros sagrados para o grupo – Rita Lee, Tim Maia, Sly and the Family Stone, Curtis Mayfield, entre outros – e lembra os convidados especiais. Lurdez da Luz rima em “Nuvem”, Kid Congo Po- wers, do The Cramps, conta uma história em “LA Disco”, e Paulo Miklos dá o ar da graça em “Charles Chacal”, canção inédita dos Titãs, censurada em seu primeiro álbum.

inédita dos Titãs, censurada em seu primeiro álbum. GAROTAS SUECAS APRESENTA FERAS MÍTICAS AUDITÓRIO

GAROTAS SUECAS APRESENTA FERAS MÍTICAS AUDITÓRIO IBIRAPUERA. AV. PEDRO ÁLVARES CABRAL, S/N, PORTÃO 2, PARQUE IBIRAPUERA, SÃO PAULO, SP. 15/9, ÀS 19H. R$ 20 (INTEIRA) E R$ 10 (MEIA). WWW. GAROTASSUECAS.COM.

72 REVISTA GOL
72 REVISTA GOL

Os últimos românticos

Vanguart troca melancolia por luz em Muito mais que o amor

O Vanguart está feliz. Se o segundo disco de estúdio dos cuiabanos, Boa parte de mim vai embora, de 2011, era “um mergulho na melancolia”, como define o vo- calista e compositor Helio Flanders, o novo álbum, Muito mais que o amor, é um trabalho em direção à luz, “bem mais solar e esperançoso”. A verve romântica de Flanders transborda em “Demorou pra ser”, “Pelo amor do amor” e “Sempre que eu estou lá”, uma amostra do sentimento que a banda garimpou pesquisando cartas de amor escritas ao longo dos tempos. A seleção está no site www.mui- tomaisqueoamor.com.br. Ainda que as influências de Bob Dylan e Johnny Cash continuem presentes, o novo álbum tem, em 11 canções, ar otimista e clima de estrada, perfeito para uma viagem de carro num dia de sol. (Fabio Rigobelo)

MUITO MAIS QUE O AMOR DECKDISC. WWW.VANGUART.COM.BR.

perfeito para uma viagem de carro num dia de sol. ( Fabio Rigobelo ) MUITO MAIS
perfeito para uma viagem de carro num dia de sol. ( Fabio Rigobelo ) MUITO MAIS
perfeito para uma viagem de carro num dia de sol. ( Fabio Rigobelo ) MUITO MAIS
perfeito para uma viagem de carro num dia de sol. ( Fabio Rigobelo ) MUITO MAIS
perfeito para uma viagem de carro num dia de sol. ( Fabio Rigobelo ) MUITO MAIS

EMBARQUE

DECOLAGEM

EMBARQUE DECOLAGEM À PROCURA DA BATIDA PERFEITA Aos 22 anos, o baterista brasileiro Tomás Slemenson constrói

À PROCURA DA BATIDA PERFEITA

Aos 22 anos, o baterista brasileiro Tomás Slemenson constrói uma carreira sólida na cena rock de Los Angeles

POR FABIO RIGOBELO

FOTO FLAVIO SCORSATO

Foi quase sem querer que Tomás Slemenson, 22 anos, se apaixonou pela bateria. Seu irmão mais novo fazia um curso de guitarra e ele precisava esperá-lo após as aulas, para que voltassem juntos. “Um dia a recepcio- nista insistiu muito para que eu escolhesse um instrumento, provavel- mente na expectativa de que me matriculasse na escola”, conta. Deu certo: aos 12 anos, Slemenson começou

a estudar bateria e hoje, radicado em

Los Angeles, tem presença forte na cena roqueira californiana. Decidido a tocar em uma apresentação no colégio, o músico paulistano montou o primeiro grupo aos 15 anos. “Durou o suficiente para me dar a certeza de que eu queria seguir essa carreira”, lembra. Foi nessa época que ele iniciou a relação com os Estados Unidos, ao fazer um intercâmbio em Sacramento, na Califórnia. Mesmo em outro país, não quis se afastar do rock. “A primeira coisa que fiz ao chegar foi arranjar uma banda.

A experiência foi ótima, conseguimos

vários shows na cidade.” De volta ao Brasil, Slemenson decidiu que era hora de virar profissio- nal e, até os 19 anos, tocou com as bandas Projeto Santa Fé – com quem gravou seu primeiro videoclipe, da

faixa “Miragem” – e Rancore. Mas a experiência nos EUA calou fundo e se revelou definitiva para o músico. “Queria conhecer mais de perto a realidade de quem trabalha com música por aqui”, afirma. Em 2010, Slemenson foi morar em Los Angeles e se matriculou no prestigiado Musicians Institute, onde se formou baterista. Em pouco tempo, tornou-se bastante requisitado:

atualmente acompanha a brasileira

Camila Teixeira, a banda Firehs, caiu na estrada com a cantora Davina Leone

– promessa da música pop americana

– e em outubro começa a gravar o segundo disco do grupo Life Down

Here, produzido por Brian Howes, que

já trabalhou com nomes como

Nickelback e Simple Plan.

Quem são seus ídolos na música?

A primeira banda pela qual me

apaixonei foi Blink 182. Curto muito Deftones, Paramore, Mutemath e

Thrice. Saindo um pouco do rock, gosto bastante de Miles Davis, John Coltrane e Tom Jobim. Minhas influências na bateria são várias:

admiro, por exemplo, John Bonham [Led Zeppelin], Steve Jordan [Eric Clapton] e Kiko Freitas [João Bosco].

Qual é a diferença mais marcante para um músico brasileiro nos EUA? Todo mundo da área é tratado com respeito. No Brasil, infelizmente, tem músicos de bandas grandes que ainda não podem ter os instrumentos que querem porque tudo é muito caro. Uma bateria da marca DW Collectors, por exemplo, custa R$ 20 mil e aqui, quatro vezes menos.

Onde você mais gostou de tocar? O estado de Utah foi o lugar mais bonito que conheci aqui, quando toquei no Festival de Cinema de Sundance. O South by Southwest, em Austin, no Texas, é um festival legal por agregar bandas de todos os gêneros e tama- nhos. O Vans Warped Tour, em Pomona, na Califórnia, foi muito divertido, um evento com perfil mais jovem que revelou várias bandas que gosto. Já Miami é linda, cheia de gente seguindo o american dream.

O que curte fazer nas horas de folga? Tento correr e ir na academia o máximo que posso – a alimentação aqui é difícil, muita comida pesada. Sou caseiro e, como saio bastante para tocar, quando tenho chance prefiro ver um filme ou tomar uma cerveja com amigos, não sou muito de balada.

Do que você sente falta do Brasil? Sinto saudades da família, dos amigos e da comida. Por enquanto pretendo ficar por aqui, sem previsão de voltar. Mas nunca se sabe.

74 REVISTA GOL

QUEM É NOME: Tomás de Paula Slemenson IDADE: 22 anos DE ONDE: São Paulo, SP
QUEM É
NOME: Tomás de Paula
Slemenson
IDADE: 22 anos
DE ONDE: São Paulo, SP
PROFISSÃO: Baterista
INSPIRAÇÃO: “John
Bonham [Led Zeppelin],
Ilan Rubim [Nine Inch
Nails] e minha família”
HOBBIES: “Correr,
malhar, ver filmes”
UM ORGULHO:
“Ser esforçado”
SONHO: “Ganhar dinheiro
e viajar o mundo tocando”

Tomás Slemenson no Runyon Canyon, com Los Angeles ao fundo

REVISTA GOL

75

osmozejeansoficial TRANSPORTADORA OFICIAL osmozejeans osmozeoficial EMBARQUE ESPORTE A ex-jogadora Isabel bem que
osmozejeansoficial
TRANSPORTADORA OFICIAL
osmozejeans
osmozeoficial
EMBARQUE
ESPORTE
A
ex-jogadora Isabel bem que tentou mostrar aos
FAMÍLIA Ê,
FAMÍLIA AH!
POR DANIEL MARQUES
FOTO ANA ROVATI
filhos o mundo fora do esporte, mas não teve jeito.
Dos quatro, três seguiram seus passos e se tornaram
profissionais do vôlei de praia. Maria Clara, 30 anos,
Carol, 26, formam uma dupla bem-sucedida e estão
no melhor momento da carreira – ocupam atualmen-
e
te
o terceiro lugar do ranking do Circuito Mundial e
até agora subiram ao pódio quatro vezes na tempora-
da. Já Pedro Solberg, 27, juntou-se a Bruno Schmidt e
Maria Clara e Carol carregam
a herança da mãe, a ex-jogadora
Isabel, nas principais competições
de vôlei de praia
conquistou o último título do Circuito Banco do
Brasil Vôlei de Praia, que tem a GOL Linhas Aéreas
Inteligentes como transportadora oficial e realiza a
segunda etapa da temporada 2013/2014 em Vitória,
de 19 a 22 de setembro. “Como o vôlei sempre esteve
muito ao alcance deles, me cabia apresentar outras
coisas, abrir o leque”, explica Isabel, 53.
Maria Clara entrou para a equipe infantojuvenil
do Flamengo quando tinha 12 anos e botou na
cabeça que se tornaria profissional. “Escolhi a
praia por causa da minha estatura [1,76 metro].”
Ela tinha 17 quando disputou as primeiras etapas
de um torneio nacional. Com Carol a história foi
quase idêntica: passagem pela escolinha rubro-
negra, na Gávea, próxima à casa da família, e
depois a escolha pelas areias de Ipanema, onde as
duas treinam juntas até hoje. Sua primeira partida
foi ao lado de Isabel, aos 15. “Foi um momento
muito especial”, lembra a mãe de José, 1 ano. Na
hora do jogo, Maria Clara assume o papel de irmã
mais velha, chama a atenção e cobra (muito) a
caçula. Entre brigas e abraços, já somam uma
década de parceria, e este ano promete.
BAITA
CAMPEONATO
A
temporada 2013/2014
da Superliga, que tem
a
GOL Linhas Aéreas
Inteligentes como
transportadora aérea oficial,
dá a largada em setembro com
algumas mudanças. Além do RJX, atual campeão,
o
campeonato masculino terá outros 11 times,
Carol e Maria Clara
durante treinamento na
Praia de Ipanema
entre eles os novatos Agel/Montecristo, de
Goiânia, e Moda/Maringá, do Paraná. O torneio
feminino contará com 14 equipes, sendo Uniara/
AFAV, de Barueri (SP), Brasília Vôlei e Maranhão
Vôlei, de São Luís, as estreantes. Unilever/Rio
de Janeiro, vencedora do último caneco, e sua
arquirrival Molico/Nestlé, de Osasco (SP), entram
novamente como as favoritas.
SUMMER 2014
FOTO DIVULGAÇÃO

76

REVISTA GOL

RODRIGO SANTORO

ALINE WEBER

ANA BEATRIZ BARROS

osmoze.com.br

EMBARQUE

ACHADOS DO ARTHUR

PARAÍBA

EMBARQUE ACHADOS DO ARTHUR PARAÍBA
EMBARQUE ACHADOS DO ARTHUR PARAÍBA ESTA É QUENTE POR ARTHUR VERÍSSIMO A Festa das Neves, em
EMBARQUE ACHADOS DO ARTHUR PARAÍBA ESTA É QUENTE POR ARTHUR VERÍSSIMO A Festa das Neves, em

ESTA É QUENTE

POR ARTHUR VERÍSSIMO

A Festa das Neves, em João Pessoa, celebra a padroeira e o aniversário da cidade com atrações musicais e figuras divertidíssimas

Por todos os lados, a algazarra da molecada é contagiante. No enorme palco montado no Ponto de Cem Réis, a dupla Patati Patatá hipnotiza crianças, pais, tias e avós – todos entram no embalo. Faço parte da massa que comemora os 428 anos da fundação de João Pessoa, em 5 de agosto. Conhecida como Festa das Neves, a celebração, em homenagem à pa- droeira da Paraíba, Nossa Senhora das Neves, acontece ao longo de cinco dias, no centro da capital. Tem de tudo: parque de diversões, bar- racas de comida, repentistas, teatro, violeiros, missas, circo e muitas atrações musicais. No fluxo da multidão, chego à praça Rio Branco, onde está a Exposição Histórica e Fotográfica da Festa das Neves, um verdadeiro painel da cultura popular regional. Cruzo a praça e en- contro a Tenda do Cordel, na avenida Visconde de Pelotas. Narli Dias e José Costa se apre- sentam, intercalados por um trio turbinadís-

simo de forró pé de serra. Em êxtase, respiro profundamente e mergulho como um peixe no cardume de pessoas que se dirige ao Circo das Neves, na praça Dom Adauto. Cercado pela multidão, que tira fotos como se não houvesse amanhã, um personagem todo prateado chama

a minha atenção. Magnético, o Cangaceiro

Prateado trabalha como estátua há mais de 20 anos. Circula em feiras e festas por todo o

Nordeste: Festa do Padre Cícero, Canindé,

Crato, Caruaru e Campina Grande. Nascido em Natal, João Batista diz faturar em média R$ 100 em dias de grande movimento. Apro- veito e registro nosso encontro. A fome aperta

e dou uma parada para degustar uma canjica

suculenta. Reanimado, volto para o palco principal, onde o tremendão Erasmo Carlos inicia uma apresentação apoteótica. O eterno parceiro do rei Roberto Carlos canta uma série de sucessos da dupla e cai nas graças do público.

Panorama das atrações da Festa das Neves; no centro, nosso repórter com o Cangaceiro Prateado

A

origem

das

Neves

Saiba mais sobre a festa na capital paraibana

A Festa das Neves é o maior e mais importante evento sacro e profano da Paraíba. Ela existe desde a fundação da cidade, em 1585. Só 300 anos depois, por volta de 1890, é que a festa profana, com dança, música e diversão, se consolidou de verdade.

Até o início do século 20, a festa durava 12 dias e era o evento mais importante do calendário da capital. Mulheres esperavam o ano inteiro para exibir seus vestidos feitos especialmente para a ocasião e o dia a dia era registrado com pormenores pela imprensa – autores como José Lins do Rego e Augusto dos Anjos chegaram a escrever sobre ela.

Neste ano, diversas atrações musicais circularam pelos palcos do evento, de 1º a 5 de agosto. Geraldo Azevedo, Sidney Magal, Cidade Negra e Teatro Mágico foram alguns dos destaques, entre dezenas de grupos locais de capoeira, coco de roda e cirandeiros.

*Arthur Veríssimo é repórter há 20 anos e se notabilizou por buscar pautas e assuntos exóticos e pitorescos pelo Brasil e pelo mundo. Se você tiver algum achado, mande para: gol@trip.com.br

Se você tiver algum achado, mande para: gol@trip.com.br FOTOS ACERVO PESSOAL / RAFAEL PASSOS / DIVULGAÇÃO
Se você tiver algum achado, mande para: gol@trip.com.br FOTOS ACERVO PESSOAL / RAFAEL PASSOS / DIVULGAÇÃO
FOTOS ACERVO PESSOAL / RAFAEL PASSOS / DIVULGAÇÃO
FOTOS ACERVO PESSOAL / RAFAEL PASSOS / DIVULGAÇÃO

FOTOS SHUTTERSTOCK / DIVULGAÇÃO

EMBARQUE CRIANÇA

FOTOS SHUTTERSTOCK / DIVULGAÇÃO EMBARQUE CRIANÇA COMER, COMER! Livro reúne receitas de pratos saudáveis e atraentes

COMER,

COMER!

Livro reúne

receitas

de pratos

saudáveis e

atraentes para

as crianças

POR LUIZA TERPINS

Pode perguntar: um dos maiores desafios dos pais é fazer com que as crianças se alimentem de forma saudável e, o mais difícil, com prazer. Pensando nisso, as primas Patrícia Abbondanza e Mayra Abbondan- za Abucham, chefs da consultoria alimentar Dedo de Moça, fizeram o livro O que fazer para meu filho comer bem?, que promete responder essa questão sem traumas para os pequenos. “Não dá pra ser radical na alimentação deles”, conta Mayra. “Tem de haver um equilíbrio entre alimentos orgânicos, integrais e uma besteirinha de vez em quando. Dá, sim, para tornar prazerosa a hora da refeição.” As autoras escolheram receitas que vão desde papinhas mais elaboradas, como a de batata-doce com alho-poró, a pratos para os mais crescidinhos, como o risoto de cevada com legumes e o estrogonofe de frango com cenoura. E as besteirinhas que os pequenos tanto gostam não foram esquecidas. A receita de nuggets saudáveis (veja ao lado), por exemplo, é uma das prediletas das chefs, pois combina um prato conhecido com novos ingredien- tes. Sobra espaço até para a batata frita – adaptada, claro, para o forno, com menos gordura. “São símbolos da junk food aplicados à comida caseira e saudável”, afirma Mayra, que defende a variedade como chave do sucesso. “Fazer um cardápio semanal é o segredo.”

do sucesso. “Fazer um cardápio semanal é o segredo.” O QUE FAZER PARA MEU FILHO COMER

O QUE FAZER PARA MEU FILHO COMER BEM? PATRÍCIA ABBONDANZA E MAYRA ABBONDANZA ABUCHAM. ED. DBA. R$ 65.

ABBONDANZA E MAYRA ABBONDANZA ABUCHAM. ED. DBA. R$ 65. Fast-food do bem Aprenda a fazer nuggets

Fast-food do bem

Aprenda a fazer nuggets leves e sem fritura

Ingredientes

1 peito de frango grande moído

(cerca de 200 g)

1 gema

1 colher (sopa) de cebola em cubos

bem pequenos (ou moída)

1 colher (sopa) de suco de limão

8 bolachas cream cracker

1 colher (chá) de alecrim picado

1 colher (sopa) de azeite de oliva

Sal

Modo de fazer

Misture o frango moído, a cebola,

a gema e o suco de limão e tempere

com sal a gosto. Reserve. Triture a bolacha cream cracker com as mãos ou rapidamente no processador, deixando alguns pedaços maiores

e irregulares. Modele porções da

massa de frango, imitando o formato dos nuggets. Passe a mistura na bolacha triturada e coloque numa assadeira com o azeite. Leve ao forno preaquecido a 200 graus por 10 minutos. Vire os nuggets um a um

e deixe por mais 10 minutos, ou até

que estejam crocantes dos dois lados. Rende, em média, dez nuggets.

80 REVISTA GOL

e deixe por mais 10 minutos, ou até que estejam crocantes dos dois lados. Rende, em
e deixe por mais 10 minutos, ou até que estejam crocantes dos dois lados. Rende, em
e deixe por mais 10 minutos, ou até que estejam crocantes dos dois lados. Rende, em
e deixe por mais 10 minutos, ou até que estejam crocantes dos dois lados. Rende, em
e deixe por mais 10 minutos, ou até que estejam crocantes dos dois lados. Rende, em
EMBARQUE BAGAGEM Cadernetas tas R$ 29,90 (CADA UMA) CÍCERO PAPELARIA ELARIA WWW.CICEROPAPE- PAPE- LARIA.COM.BR
EMBARQUE
BAGAGEM
Cadernetas
tas
R$ 29,90
(CADA UMA)
CÍCERO PAPELARIA ELARIA
WWW.CICEROPAPE-
PAPE-
LARIA.COM.BR
ROCK
NA VEIA
Colar de
palhetas
duplo
R$ 70
Dicas para curtir o Rock in Rio
antes, durante e depois do festival
SILVIA BLUMBERG
TEL.: (21) 2513-4181
WWW.ARTECOLETI-
VA.COM.BR
PRODUÇÃO CARLA ARAKAKI
Guitarra
Stratocas-
ter Dolphin
Rocket
R$ 599,90
FENDER
TEL.: (11) 3797-0100
WWW.SUBMARINO.
COM.BR
Camiseta
Headphone
Bermuda
R$ 34
TACO
estampada
TEL.: (21) 3325-6038
WWW.TACO.COM.BR
R$ 179
BLUE MAN
TEL.: (21) 3252-6057
WWW.BLUEMAN.
82
REVISTA GOL
COM.BR
FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.TACO.COM.BR R$ 179 BLUE MAN TEL.: (21) 3252-6057 WWW.BLUEMAN. 82 REVISTA GOL COM.BR FOTOS DIVULGAÇÃO
EMBARQUE EMBARQUE BAGAGGGEM BAGAGEM Porta- petit-four Condessa R$ 79 TÂNIA BULHÕES TEL.: (11) 3087-0099
EMBARQUE
EMBARQUE
BAGAGGGEM
BAGAGEM
Porta-
petit-four
Condessa
R$ 79
TÂNIA BULHÕES
TEL.: (11) 3087-0099
WWW.TANIABUL-
HOES.COM.BR
Perfume
Jardin des
Roses
R$ 119
MAHOGANY
WWW.MAHOGANY.
COM.BR
Na estação mais colorida do ano, as flores estão por todo lado
O DESPERTAR
DA PRIMAVERA
Chinelo
o
Slim
Tropical
R$ 31,90
HAVAIANAS
TEL.: 0800-7070566
WWW.HAVAIANAS.
COM.BR
Mix
amarelo
Vestido
com
rosas,
Corset
astromérias
R$ 179
TOPSHOP
e orquídeas
TEL.: (11) 3152-6002
WWW.TOPSHOP.COM
R$ 315
PINK LILY
TEL.: (11) 3758-048
WWW.PINKLILY.COM.
BR
84
REVISTA GOL
FOTOS DIVULGAÇÃO
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -

Av. Othon Gama D’Eça - Centro

LILY TEL.: (11) 3758-048 WWW.PINKLILY.COM. BR 84 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO Av. Othon Gama D’Eça -
EMBARQUE BAGAGEM Óculos Liberdade, com par extra de lentes R$ 479 Delineador e ABSURDA TEL.:
EMBARQUE
BAGAGEM
Óculos
Liberdade,
com par extra
de lentes
R$ 479
Delineador
e
ABSURDA
TEL.: 0800-6481016
The Curve
WWW.ABSURDA.COM
R$ 99
NYX
TEL.: (11) 5052-9855
WWW.NYXCOSMETI-
COS.COM.BR
Kit com lápis
para olhos e
máscara
para cílios
Máscara de
R$ 47,80
,
dormir
MAYBELLINE
MAYBELLINE
WWW.LOOSHO.COM WWW.LOOSHO.COM
Loading
Dreams
R$ 30
NHAMY
TEL.: (21) 3132-3586
WWW.NHAMY.COM.
BR
OLHO
NO LANCE
Produtos e acessórios para
ver o mundo com estilo
Telescópio
Spacestation
Conjunto
R$ 860
de sombras
TASCO
Hypnôse
Palette
TEL.: (11) 3062-1510
WWW.LEPAQUET.
COM.BR
R$ 239
LANCÔME
TEL.: 0800-7017323
WWW.LANCOME.
COM.BR
86
REVISTA GOL
FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.LEPAQUET. COM.BR R$ 239 LANCÔME TEL.: 0800-7017323 WWW.LANCOME. COM.BR 86 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.LEPAQUET. COM.BR R$ 239 LANCÔME TEL.: 0800-7017323 WWW.LANCOME. COM.BR 86 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.LEPAQUET. COM.BR R$ 239 LANCÔME TEL.: 0800-7017323 WWW.LANCOME. COM.BR 86 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.LEPAQUET. COM.BR R$ 239 LANCÔME TEL.: 0800-7017323 WWW.LANCOME. COM.BR 86 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.LEPAQUET. COM.BR R$ 239 LANCÔME TEL.: 0800-7017323 WWW.LANCOME. COM.BR 86 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO
WWW.LEPAQUET. COM.BR R$ 239 LANCÔME TEL.: 0800-7017323 WWW.LANCOME. COM.BR 86 REVISTA GOL FOTOS DIVULGAÇÃO
“Eu me lembro, nós, profissionais de saúde, deprimidos, prescrevendo medicações e olhando para a situação

“Eu me lembro, nós, profissionais de saúde, deprimidos, prescrevendo medicações e olhando para a situação de vida do paciente, muitos sem condições de comprar os remédios Tudo que tinha sido feito no hospital não teria continuidade. Para o ato médico ser eficiente, direitos humanos, saúde pública e medicina têm que andar juntos”

VERA CORDEIRO É MÉDICA E FUNDOU A SAÚDE CRIANÇA, MODELO DE ATUAÇÃO QUE TEM SIDO COPIADO MUNDO AFORA. ELA FOI UMA DAS HOMENAGEADAS EM 2012.

DESDE 2007 O PRÊMIO TRIP TRANSFORMADORES REVELA, HOMENAGEIA E PROJETA HISTÓRIAS DE PESSOAS QUE SE DEDICAM A TORNAR O MUNDO MELHOR PARA TODOS. CONHEÇA E INSPIRE-SE: WWW.TRIP.COM.BR/TRANSFORMADORES

PATROCÍNIO

MASTER

O MUNDO MELHOR PARA TODOS. CONHEÇA E INSPIRE-SE: WWW.TRIP.COM.BR/TRANSFORMADORES PATROCÍNIO MASTER PATROCÍNIO APOIO
O MUNDO MELHOR PARA TODOS. CONHEÇA E INSPIRE-SE: WWW.TRIP.COM.BR/TRANSFORMADORES PATROCÍNIO MASTER PATROCÍNIO APOIO

PATROCÍNIO

O MUNDO MELHOR PARA TODOS. CONHEÇA E INSPIRE-SE: WWW.TRIP.COM.BR/TRANSFORMADORES PATROCÍNIO MASTER PATROCÍNIO APOIO

APOIO

O MUNDO MELHOR PARA TODOS. CONHEÇA E INSPIRE-SE: WWW.TRIP.COM.BR/TRANSFORMADORES PATROCÍNIO MASTER PATROCÍNIO APOIO

O grupo reunido no estúdio Máquina, em Belo Horizonte, onde prepara material para o novo disco e ensaia para o festival

CAPA

Com 22 anos de carreira e em meio à gravação de seu décimo disco de estúdio, o Skank se prepara para o show no Rock in Rio como se fosse para um mundial de futebol: “Todas as atenções estarão voltadas para aqueles minutos no palco. É um tiro que a gente precisa acertar”

É UMA PARTIDA DE

90

REVISTA GOL

POR RICARDO ALEXANDRE

RETRATOS CIA DE FOTO

COPA DO MUNDO

REVISTA GOL

91

FOTOS CLÉO VELLEDA / FOLHAPRESS, DIVULGAÇÃO, PAULA FORTUNA, IVO GONZALEZ / AGÊNCIA O GLOBO

CAPA
CAPA

Em sentido horário, a partir da foto acima: Frejat, Samuel Rosa e Andreas Kisser durante uma apresentação especial das bandas brasileiras que participam do Rock in Rio 2013; Samuel com o guitarrista Carlos Santana; o grupo no palco em 1991, em São Paulo, durante show no Aeroanta, o primeiro da carreira; o Skank no Rock in Rio 2011; e a banda no MTV RockGol de 1999

Samuel Rosa entra apressado pela sala de estar do estúdio Máquina, em Belo Horizonte, equilibrando as saudações com a mochila aberta dependurada no ombro, laptop já fora do case em dire- ção ao Estúdio A, eufórico: “Vem cá, quero mostrar um negócio procês”. Lá dentro, a euforia se justifica: é um ví- deo ultraparticular da versão de “Sai- deira” gravada por ninguém menos que Carlos Santana em maio último, com

a participação de Samuel nos vocais,

prevista para puxar o próximo disco do guitar hero mexicano. O entusiasmo

e o carinho com que os outros inte-

grantes da banda e da equipe tratam

a aventura internacional do colega é um negócio bonito de ver. Já correm 22 anos desde que subiram ao palco pela primeira vez, vieram hits, festivais, picos e vales e ainda dá pra sentir amor entre esses caras. “Acho que soubemos cuidar bem do Skank, não deixá-lo desgastar pelo uso”, avalia Samuel, 47 anos, guitarrista e vocalista da banda. “Conduzimos uma carreira de modo que os gritos de ‘mais um’ que ouvimos da coxia continuem tão relevantes quanto na época em que éramos uma banda iniciante. Não fica- mos anestesiados pela alegria de ouvir uma música nova no rádio ou saber que

92

REVISTA GOL

ouvir uma música nova no rádio ou saber que 92 REVISTA GOL “CONDUZIMOS UMA CARREIRA DE

“CONDUZIMOS UMA CARREIRA DE MODO QUE OS GRITOS DE ‘MAIS UM’ CONTINUEM TÃO RELEVANTES QUANTO NA ÉPOCA EM QUE ÉRAMOS INICIANTES”

SAMUEL ROSA, VOCALISTA

a lotação em Curitiba foi esgotada de novo. Ainda enxergamos magia nessas coisas e talvez seja isso que ainda nos faz subir em um palco, viajar, tocar junto, gravar.” No dia 21 de setembro, o quarteto encara uma multidão mais uma vez:

toca no palco Mundo do Rock in Rio, no penúltimo dia do evento, um sábado, antes da revelação americana Phillip Phillip, do bluesboy John Mayer e do lendário Bruce Springsteen. “É um pú- blico de interseções. Tem fã do Skank, mas tem gente que está ali só pra assis- tir ao Bruce”, pondera Samuel. “Para mobilizar uma multidão dessas, vamos

lançar mão de nossos hits. Mas vamos variar, porque temos essa possibilida- de, tentar montar um repertório o mais diferente possível do show de 2011.” Samuel prossegue, usando suas metáforas futebolísticas: “O Rock in Rio é uma Copa do Mundo, cara. A gente sai do campeonato que está jogando e vai para a Copa. Não tem espaço para gracinha, é um tiro que a gente precisa acertar. É o Carnaval do rock, todas as atenções do país estarão voltadas para aqueles minutos naquele palco”. Henri- que Portugal, 48, o tecladista, e Haroldo Ferretti, 44, o baixista, estiveram, como público, na primeira edição do festival,

REVISTA GOL

93