Você está na página 1de 6

Ligas de alumínio - Propriedades 1

Propriedades típicas e algumas aplicações das ligas de alumínio conformadas

Liga / Limite de Limite de Alongamento Resistência Conformação Usinagem Características de soldagem 4 Aplicações e observações
1 3 3
tratamento resistência escoamento em 50mm à corrosão a frio
Brasagem MIG TIG Ponto
2
[MPa] [MPa] [%] (geral)
1100-O 90 34 45 A A E A A A B Alumínio comercialmente puro altamente resistente à
corrosão em e fácil de ser conformado e soldado.
1100-H14 124 117 20 A A D A A A A

1060-O 69 - - - - - - - - - A liga 1060-O é a liga de menor dureza disponível no


mercado. É empregada em cabos elétricos, trocadores de
1060-H18 131 - - - - - - - - -
calor e tubos para isolamento de cabos.
1350-O 83 28 - A A E A A A B A liga 1350 foi desenvolvida especialmente para a fabricação
de condutores elétrico.
1350-H19 186 165 - - - - - - - -
2219-O 172 76 - - - - D D A B A liga 2219 é empregada em criogênia, e apresenta boa
soldabilidade.
2219-T87 476 393 - D D B D A A A
2011-T3 379 296 15 D C A D D D D Parafusos usinados; componentes usinados para automóveis
e eletrônicos.
2011-T8 407 310 12 D D A D D D D
2024-O 186 76 22 - - D D D D D A liga 2024 é largamente empregada em componentes
estruturais de aeronaves. Poder ser soldada por meio de
2024-T351 469 324 19 D C B D C B B
solda-ponto.
2014-o 186 97 18 - - D D D D B Aplicada em componentes estruturais de aeronaves e
caminhões, pistões e componentes de máquinas.
2014-T4 427 290 20 D C B D D B B
2014-T6 483 414 13 D D B D D B B
3003-O 110 41 40 A A E A A A B A liga 3003 apresenta excelente resistência a corrosão,
elevada ductilidade e soldabilidade. É largamente empregada
3003-H12 131 124 20 A A E A A A A
em equipamentos da indústria química, condensadores,
3003-H16 179 172 14 A C D A A A A trocadores de calor e vasos de pressão.
3004-O 179 69 25 A A D B A A B
3004-H38 283 248 6 A C C B A A A
3105-O 117 55 - A A E A A A B Revestimento para residências e edifícios, carroçaria de
caminhões e “trailers”, componentes automotivos,
3105-H14 172 152 - A B D A A A A
equipamentos médicos e componentes sujeitos á corrosão
3105-H18 214 193 - A C D A A A A atmosférica.
1- Alongamento obtido em corpo-de-prova com ∅ 13 mm
2- Classificação qualitativa de resistência à corrosão – A e B podem ser submetidos a atmosferas industriais e marinhas sem proteção e C, D e E devem ser protegidas. As letras representam ordem decrescente de
resistência à corrosão A é a melhor.
3- Classificação qualitativa de conformação mecânica (“trabalhabilidade”) e “usinabilidade” em ordem decrescente, A é a melhor.
4- Classificação qualitativa das características de soldagem: A- normalmente soldável pelos procedimentos e métodos convencionais; B- soldável com técnicas especiais em que aplicações específicas requerem ensaios
preliminares para o desenvolvimento do procedimento de soldagem; C- Soldagem limitada pela ocorrência de trincas, queda na resistência mecânica ou resistência à corrosão; D- não soldável ou não possui métodos de
soldagem desenvolvidos.

Marcelo F. Moreira
Ligas de alumínio - Propriedades 2

5005-O 124 - - - - - - - - - As ligas da série 5xxx foram desenvolvidas para


componentes resistentes á corrosão em meio marinho. São
5005-H34 159 138 - A B D B A A A
conhecidas como ligas para uso naval “marine alloys” ou
5052-O 193 90 30 A A D C A A B como alumínio naval.
5052-H34 262 214 14 A B D B A A A
5056-0 290 152 35 A A D D C A B
5056-H18 434 407 10 A C C D C A A
5083-O 290 145 22 A B D D C A B Componentes submetidos a atmosferas marinhas, diversos
tipos de equipamentos soldados. Tanques e vasos de
5083-H321 317 228 16 A C D D C A A
pressão empregados até 65ºC. diversas aplicações
5086-H32 290 207 - A B D D C A A criogênicas, uso estrutural em torres de TV, equipamentos
5086-H34 324 255 - A B C D C A A para transporte (corpo de vagões ferroviários caminhões) e
5086-H112 269 131 - A B D D C A A componentes de mísseis.

5454-O 248 117 - A A D D C A B Aplicada em todos os tipos de equipamentos soldados,


tanques e vasos de pressão. Uso em equipamentos de
5454-H32 276 207 - A B D D C A A
transporte (caminhões tanques) e na indústria química
5454-H34 303 241 - A B C D C A A (vasos de pressão e tanques para H2O2)
5454-H112 248 124 - A B D D C A A
5456-H321 352 255 16 A C D D C A A Componentes soldados, vasos de pressão e tanques.
Componentes submetidos a atmosferas marinhas. Uso em
temperaturas de até 65ºC.
5657-H25 159 138 - A B D B A A A Componentes submetidos á anodização ou recobrimento.

6061-0 124 55 30 B A D A A A B Apresenta boa conformação, resistência à corrosão e


características de soldagem. Aplicada emcomponentes
6061-T4 241 145 25 B B C A A A A
estruturais e soldados em caminhões, vagões ferroviários,
6061-T6 310 276 17 B C C A A A A utensílios agrícolas, diversos componentes automotivos e
aeronáuticos.
6063-O 90 - - - - - - - - - A liga 6063 é a liga mais empregada em perfis extrudados.
Ela pode ser tratada termicamente, apresenta boa resistência
6063-T5 186 145 - A B C A A A A
a corrosão e apresenta bom acabamento superficial após
6063-T6 241 214 - A C C A A A A extrusão.
6066-O 152 - - - - - - - - -
6066-T6 393 - - - - - - - - -
7050-T735 490 - - - - - - - - - As ligas da série 7xxx são empregadas em componentes
estruturais aeronáuticos de elevada resistência. Sua
7050-T765 552 490 11 C D B D D D B
resistência mecânica no estado fabricado (O) facilita as
7060-T651 552 - - - - - - - - - operações de conformação e fabricação. Após os
7075-O 221 97 - - B D D D C D tratamentos térmicos, a resistência mecânica é superior a
7075-T6 572 503 11 C D B D D D B dos aços baixo-carbono e aços inoxidáveis.

7178-O 228 - - - - - - - - -
7178-T6 607 - - - - - - - - -

Marcelo F. Moreira
Ligas de alumínio - Propriedades 3

Propriedades típicas e algumas aplicações das ligas de alumínio fundidas

Liga Tratamento Limite de Limite de Alongamento Intervalo de Condutividade Condutividade Coefic. De expansão Aplicações / observações
/ (Proc. de resistência escoamento em 50mm solidificação elétrica térmica térmica entre 20ºC e
fundição)5 [MPa] [MPa] [%] [ºC] [%IACS] [cal/cm . s. ºC] 300ºC [ºC x 10-6]-1
Alumínio puro

Al puro 99,996% F 70 40 20 660,2-660,2 64,64 0,57 25,45 Rotores para uso em motores

150.0 F 70 40 20 657 - 643 57 0,53 25,6 elétricos

Ligas Al-Cu (“duralumínios” comerciais

222.0 F (P) 34 0,32 23,6 Pistões automotivos, mancais,


O (S) 186 138 1 520 – 625 41 0,38 - componentes estruturais
T61 (S) 283 276 < 0,5 33 0,31 23,6
224.0 T62 (S) 550 – 645 30 0,28 -
238.0 F (P) 207 165 1,5 510 – 600 25 0,25 22,9 Base para ferro de passar
240.0 F (S) 235 200 1,0 515 – 605 23 0,23 24,3
242.0 O (S) 214 217 0,5 44 0,40 - Pistões para trabalho pesado (diesel);
T77 (S) 207 159 2,0 530 - 635 38 0,36 23,6 pistões refrigerados, carcaças
T571 (P) 276 234 1,0 34 0,32 24,5 aeronáuticas
T61 (P) 324 290 0,5 33 0,32 24,5
Ligas fundidas de alta resistência e tenacidade
201.0 T6 (S) 448 379 8 570 – 650 27 – 32 0,29 24,7 Componentes estruturais; pistões;
T7 (P) 467 414 5,5 32 – 34 0,29 24,7 engrenagens ; bombas
206.0 T4 (S) 345 193 10 570 – 650 30 0,29 24,7 Corpo de válvulas; carcaças e
204.0 T4 (S) 372 255 14 570 – 650 29 0,29 - componentes sujeitos a pressão;
T6 (S) (P) 34 0,29 -
224.0 T62 (S) 570 – 650 30 0,28 -
295.0 T4 (S) 221 110 8,5 550 – 645 35 0,33 24,8
T62 (S) 283 220 2,0 520 – 645 35 0,34 24,8
296.0 T4 (P) 255 131 9,0 33 0,32 23,9
T6 (P) 276 179 5,0 520 – 530 33 0,32 23,9
T62 (S) 33 0,32 -
C355.0 T61 (S) 270 200 5,0 550 – 620 39 0,35 24,7 Pistões de compressores de ar
A356.0 T6 (S) 278 207 6,0 560 – 610 40 0,36 23,4 Carcaças de transmissão; rodas
A357.0 T6 (S) 317 248 3,0 555 – 610 40 0,38 23,6 Aplicações sujeitas à corrosão e
aplicação de pressão
5- S- Fundido em areia; P- Fundido em molde permanente (coquilha ou baixa pressão); D – Fundido em alta pressão

Marcelo F. Moreira
Ligas de alumínio - Propriedades 4

Ligas para uso em pistões e componentes sujeitos à altas temperaturas


332.0 T5 (P) 248 193 1,0 520 – 580 26 0,25 22,3 Pistões automotivos; polias
360.0 F (D) 324 172 3,0 570 – 590 37 0,35 22,9 Fundidos do sistema de freios
A360.0 F (D) 317 165 5,0 570 – 590 37 0,35 22,9 Carcaças; proteções; peças para
364.0 F (D) 296 159 7,5 560 – 600 30 0,29 22,9 irrigação
380.0 F (D) 330 165 3,0 520 – 590 27 0,26 22,5 Carcaças de rádio transmissores;
A380.0 F (D) 324 160 4,0 520 – 590 27 0,26 22,7 fundidos do sistema de freios
384.0 F (D) 325 172 1,0 480 – 580 23 0,23 22,1 Pistões e componentes de
transmissão
390.0 F (D) 279 241 1,0 510 – 650 25 0,32 - Pistões; blocos, coletores
T5 (D) 296 265 1,0 510 – 650 24 0,32 -
Ligas para uso geral
208.0 F (S) 145 97 2,5 520 – 630 31 0,29 23,9
308.0 F (S) 520 – 615 37 0,34 22,9
319.0 F (S) 186 124 2,0 520 - 605 27 0,27 24,1 Suportes; tanques de gasolina e óleo,
F (P) 185 125 2,0 28 0,28 24,1 componentes automotivos
324 F (P) 207 110 4,0 545 – 605 34 0,37 23,2
238 .0 F (P) 207 165 1,5 510 – 600 25 0,25 22,9
240.0 F (S) 235 200 1,0 515 – 605 23 0,23 24,3
242.0 O (S) 214 200 0,5 44 0,40 - Pistões para trabalho pesado (diesel;
T77 (S) 207 159 2,0 530 – 635 38 0,36 23,6 pistões refrigerados ao ar; carcaças
T571 (P 276 234 1,0 34 0,32 24,5 aeronáuticas )
T61 (P) 324 290 0,5 33 0,32 24,5
295.0 T4 (S) 221 110 8,5 520 – 645 35 0,33 24,8 Carcaças de transmissão; suportes e
T62 (S) 283 220 2,0 35 0,34 24,8 elementos de fixação aeronáuticos;
296.0 T4 (P) 255 131 9,0 33 0,32 23,9 bielas de compressor; vagões
T6(P) 276 179 5,0 520 – 630 33 0,32 23,9 ferroviários e suporte de bancos
T62 (S) 33 0,32 -
308.0 F (S) 520 – 615 37 0,34 22,9 Fundidos de uso geral; grades
ornamentais e refletores
319.0 F (S) 186 124 2,0 520 – 605 27 0,27 24,1 Suportes; tanques de gasolina e óleo,
F (P) 185 125 2,0 28 0,28 24,1 componentes automotivos
324.0 F (P) 207 110 4,0 545 – 605 34 0,37 23,2
333.0 F (P) 234 131 2,0 520 – 585 26 0,25 22,7 Medidores de fluxo; reguladores de
T5 (P) 234 172 1,0 29 0,29 22,7 gás; pistões fundidos da indústria
T6 (P) 290 207 1,5 29 0,28 22,7 automotiva
T7 (P) 255 193 2,0 35 0,34 22,7

Marcelo F. Moreira
Ligas de alumínio - Propriedades 5

336.0 T551 (P) 248 193 0,5 540 – 570 29 0,28 20,9
354.0 F (P) 540 – 600 32 0,30 22,9
355.0 T51 (S) 193 159 1,5 43 0,40 24,7 Pistões de compressores de ar ;
T6 (S) 241 172 3,0 36 0,34 24,7 hélices; carcaças de motores
T61 (S) 269 241 1,0 550 – 620 37 0,35 24,7 aeronáuticos; cabeçotes de motor
T7 (S) 264 250 0,5 42 0,39 24,7
T6 (P) 290 185 4,0 39 0,36 24,7
356.0 T51 (S) 172 138 2,0 43 0,40 23,4 Rodas automotivas e aeronáuticas;
T6 (S) 228 164 3,5 560 – 615 39 0,36 23,4 fundidos estruturais aeronáuticos;
T7 (S) 235 207 2,0 40 0,37 23,4 pontes ferroviárias
T6 (P) 262 186 5,0 41 0,37 23,4
A356.0 T6 (S) 278 207 6,0 560 – 610 40 0,36 23,4
357.0 T6 (S) 345 296 2,0 560 – 615 39 0,36 23,4 Aplicações resistentes á corrosão e
A357 T6 (S) 317 248 3,0 555 – 610 40 0,38 23,6 sujeitas a pressão
358.0 T6 (S) 560 – 600 39 0,36 23,4
359.0 T6(S) 565 – 600 35 0,33 22,9 Fundidos aeronáuticos
392.0 F (P) 550 – 670 22 0,22 20,2
443.0 F (S) 131 55 8,0 37 0,35 24,1 Fundidos de uso doméstico;
O (S) 575 – 630 42 0,39 - elementos de fixação e suporte para
F (D) 228 110 9,0 37 0,34 - uso em atmosfera marinha
F (P) 160 62 10,0 41 0,38 23,8
Ligas fundidas sob alta pressão (“die cast alloys”)
360.0 F (D) 324 172 3,0 570 – 590 37 0,35 22,9 Carcaças de rádio transmissores;
A360.0 F (D) 317 165 5,0 570 – 590 37 0,35 22,9 fundidos do sistema de freios
364.0 F (D) 325 172 1,0 560 – 600 30 0,29 22,9 Pistões e aplicações de alta
380.0 F (D) 330 165 3,0 520 – 590 27 0,26 22,5 resistência sob temperatura elevada;
A380.0 F (D) 324 160 4,0 520 – 590 27 0,26 22,7 Componentes da transmissão
384.0 F (D) 325 172 1,0 480 – 580 23 0,23 22,1 automática

390.0 F (D) 279 241 1,0 510 – 650 25 0,32 - Pistões; blocos, coletores
T5 (D) 296 265 1,0 24 0,32 -
413.0 F (D) 296 145 2,5 575 – 585 39 0,37 22,5 Equipamentos utilizados na industria
de alimentos; aplicações sujeitas á
corrosão marinha; uso em arquitetura
e ornamentos
A413.0 F (D) 241 110 3,5 575 – 585 39 0,37 -
443.0 F (S) 131 55 8,0 37 0,35 24,1 Fundidos de uso doméstico;
O (S) 575 – 630 42 0,39 - elementos de fixação e suporte para
F (D) 228 110 9,0 37 0,34 - uso em atmosfera marinha

Marcelo F. Moreira
Ligas de alumínio - Propriedades 6

518.0 F (D) 310 186 8,0 540 – 620 24 0,24 26,1 Fundidos ornamentais
A535.0 F (D) 550 – 620 23 0,24 26,1
Ligas Al-Mg
511.0 F (S) 145 83 3,0 590 – 640 36 034 25,7
512.0 F (S) 138 90 2,0 590 – 630 38 0,35 24,8
513.0 F (P) 186 110 7,0 580 – 640 34 0,32 25,9
514.0 F (S) 172 83 9,0 600 – 640 35 0,33 25,9
518.0 F (D) 310 186 8,0 540 – 620 24 0,24 26,1
520.0 T4 (S) 331 179 16,0 450 – 600 21 0,21 27,0
535.0 F (S) 275 145 13,0 550 – 630 23 0,24 26,5 Instrumentação e aplicações em que
A535.0 F (D) 550 – 620 23 0,24 26,1 a estabilidade dimensional é
B535.0 F (S) 262 130 10,0 550 – 630 24 0,23 26,5 importante
Ligas Al-Zn
705.0 F (S) 205 117 5,0 600 – 640 25 0,25 25,7
707.0 F (S) 227 152 2,0 585 – 630 25 0,25 25,9
710.) F (S) 241 172 5,0 600 – 650 35 0,33 26,3
711.0 F (P)) 248 130 8,0 600 – 645 40 0,38 25,6
712.0 F (S) 240 172 5,0 600 – 640 40 0,38 25,6 Fundidos de uso geral que serão
posteriormente brazados
Ligas anti-fricção (ligas Al-Sn)
713.0 F (S) 240 172 5,0 595 – 630 37 0,37 25,9 Componentes automotivos; bombas
componentes de trailers e
equipamentos de mineração
850.0 T5 (S) 138 76 8,0 225 – 650 47 0,44 - Bronzinas; mancais de rolamento
851.0 T5 (S) 138 76 5,0 230 – 630 43 0,40 - empregados em equipamentos e
852.0 T5 (S) 186 152 2,0 210 – 635 45 0,42 - esteiras de movimentação

Referência : ASM Specialty Handbook - Aluminum and Aluminum Alloys – ASM International 1993

Marcelo F. Moreira