Entidades que abrigam

animais pedem socorro
para manter atendimento
Neidmar Roger encontra
o CMC para falar sobre
Fundo de Cultura
Suplemento
SANTA CRUZ DO SUL I ANO 70 I Nº 106 I R$ 2,50 I SEXTA-FEIRA, 30 DE MAIO DE 2014
www.gazetadosul.com.br
Como aproveitar
ao máximo imóveis
com medidas bem
mais enxutas
Suplemento
MP questiona valor
da tarifa de ônibus
SANTA CRUZ DO SUL
■■
Prefeitura precisa se manifestar hoje sobre apontamento quanto a
cálculos que embasaram o último reajuste na passagem de transporte urbano. Página 10
Novas frentes
aceleram trabalho
de recapeamento
Santa Cruz quer
mobilizar 10 mil
para a votação
CONSULTA POPULAR
Demandas prioritárias podem ser
escolhidas pela internet. Página 8
■■Uma equipe atua perto do trevo do Gaúcho Diesel na retirada do asfalto e na recolocação do novo material. Página 14
RODOVIA RSC–287
Confira nest a edi ção as ofertas
deste final de semana
Super Miller • Página 4
Gellada • Página 4
Comercial Zaffari • Página 5
Imec • Página 7
Super Alegria/Santana • Página 8
Terra Nostra • Página 8
Super Fraga • Página 9
Rede Vivo • Página 9
Redefort • Página 10
Super Sehn • Página 10
Super Breunig • Página 12
Fruteira do Gringo • Página 12
Cinco equipes
buscam o título
da 26ª Gincana
VERA CRUZ
Abertura será às 19 horas, em frente
à Praça José Bonifácio. Página 15
Joaquim Barbosa
anuncia saída do
STF em junho
PAÍS
Ministro disse ontem que vai anteci-
par a aposentadoria. Página 17
Página 9
SANTA CRUZ
R
o
d
r
i
g
o

A
s
s
m
a
n
n
2 e 3
Gazeta do Sul
panorama@gazetadosul.com.br
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Pedro Garcia pedro.garcia@gazetadosul.com.br Marília Gehrke mariliagehrke@gazetadosul.com.br
LOCAÇÃO DE
AUTOMÓVEI S
Rua 28 de Set embr o, 1.119
Sant a Cr uz do Sul
Tel efones:
51 3056.4042 | 51 8475.9895
Re s t aur ant e e Pi z z ar i a
Rua Julio de Castilhos, 500 | (51) 2109-1895 | Centro
Santa Cruz do Sul | Aberto de segunda à sábado
Pizzaria e Restaurante Premier
- Buffet de saladas - Batata frita - Polenta frita
- Lombo suíno - Peixe à milanesa - Bife com queijo
Buffet de sorvetes livre!! Faça sua reserva!
Está incluso no rodízio: o:
Todas as quintas noite da
luluzinha com preço
especial para mulheres
RESTAURANTE E PIZZARIA
Demolição em andamento
■ ■A antiga praça de pedágio de Rio Pardo, desativada em junho
do ano passado e relacionada para receber outras finalidades, co-
meçou a ser demolida ontem pela empresa Conterra. Segundo o
engenheiro do Departamento Nacional de Infraestrutura de Trans-
portes (Dnit), Carlos Alberto Vieira, o trabalho deve ficar pronto
em três dias. A primeira parte da demolição consiste na retirada
da cobertura e segue pelo espaço destinado aos carros para então
atingir a totalidade da estrutura. Os materiais compostos de me-
tal serão doados para a Prefeitura de Rio Pardo. O antigo pedá-
gio está localizado sobre a BR-471.
Bruno Pedry
Novo semáforo
■ ■A Secretaria de Transportes e Serviços Públicos instalou
ontem um novo semáforo na Avenida Euclydes Kliemann, na
altura do cruzamento com a Barão do Arroio Grande. Com
isso, há duas sinaleiras para quem trafega no sentido bairro/
Centro: o novo equipamento, que substitui a placa de siga li-
vre, serve de referência para quem pretende seguir em frente
na avenida. A outra sinaleira (que já estava instalada) orien-
ta os condutores que pretendem fazer conversão à esquerda.
Segundo o secretário Alex Knak, o objetivo da medida é for-
necer mais fluidez e organizar o trânsito no local. Ontem à
tardinha, a Gazeta do Sul flagrou diversos motoristas des-
respeitando o novo semáforo. Para orientar os motoristas so-
bre a mudança, fiscais de trânsito da Prefeitura vão monito-
rar hoje o tráfego no local.
Bruno Pedry
Mais em ano eleitoral
■ ■Levantamento do Conselho Federal de Medicina (CFM)
com base em dados do Ministério da Saúde dos últimos 13 anos
revelou uma realidade no mínimo questionável. O trabalho
comprova a existência de picos de investimento em saúde em
coincidência com meses que antecedem os períodos eleitorais,
o que significa que em ano de pleitos (municipais, estaduais ou
federais) os cofres públicos tendem a ser mais ágeis e eficazes
em repasses e pagamentos.
■ ■De janeiro a abril de 2014, as aplicações em
saúde atingiram quase R$ 1,4 bilhão, impulsionadas
significativamente pela postergação de pagamentos de
despesas de 2013 (os chamados restos a pagar). No primeiro
quadrimestre de 2013, o volume investido foi de R$ 1
bilhão. No entanto, o valor do ano passado foi inferior ao
aplicado em 2012, quando aconteceram as últimas eleições
municipais em todo o País. Nos primeiros meses daquele
ano, o Ministério da Saúde desembolsou R$ 1,3 bilhão, ou
seja, 65% a mais que em 2011 (R$ 834 milhões).
■ ■ A possibilidade de Kelly
Moraes (PTB) concorrer como
suplente de Olívio Dutra (PT)
na disputa por uma vaga no
Senado é pequena, mas caso se
confirmasse permitiria a Santa
Cruz pleitear ter não um, mas
dois representantes no Senado.
Isso na hipótese de Olívio se
eleger (e eventualmente abrir
espaço para Kelly ocupar a
cadeira no Congresso) e Ana
Amélia Lemos (PP) vencer a
disputa para governadora – já
que o suplente da progressista
é o ex-prefeito José Alberto
Wenzel (PSDB).
Já pensou?
■ ■ Há muita expectativa pelas
próximas pesquisas de intenção
de voto no Rio Grande do
Sul. A dúvida da maioria é se
Olívio vai, de fato, ameaçar
a liderança folgada de Lasier
Martins (PDT).
Aliás...
■ ■ O governo estadual teve
que se explicar por conta de
uma publicação em um perfil
institucional no Twitter. A
mensagem trazia um link que
levava a um vídeo de uma
paródia envolvendo a disputa
entre Olívio e Lasier. Tratava-
se da notória gravação do
pedetista sendo eletrocutado
durante um boletim ao vivo
na Festa da Uva, em Caxias
do Sul, porém com o rosto
do ex-governador sobreposto
à imagem como se fosse o
causador do choque. “E não
é que teve gente que levou
um cagaço com o anúncio da
candidatura do companheiro
Olívio?”, dizia a mensagem.
■ ■ Criticada por internautas,
a publicação foi removida
minutos depois. O
administrador do perfil diz
ter se tratado de um “erro no
login”.
Por engano?
Gazeta do Sul
É muito chato
perceber, por
exemplo, que, em
decorrência de alguma
“rateada”, perdemos algum
desconto, pagamos juros
A saúde financeira envolve uma
série de cuidados que devem ser to-
mados, desde ter o controle efetivo
de gastos e de receitas, como, tam-
bém, alguma forma de agendamento
das contas a pagar e a correta guar-
da desses documentos. É muito cha-
to perceber, por exemplo, que, em de-
corrência de alguma “rateada”, perde-
mos algum desconto, pagamos juros
e multas por atrasos, tivemos trans-
tornos com o bloqueio de acesso ou
do desligamento de serviços (luz,
água, telefone, internet, TV a cabo,
etc) e tantas outras situações que,
por algum descuido, podem impor-
nos prejuízos financeiros, quando não
de ordem moral, social ou negocial
(restrições de crédito, por exemplo).
A desorganização
pode obrigar-nos
a gastar dinheiro
sem necessidade,
a nos frustrar e
fazer com que co-
bradores nos li-
guem, nos amea-
cem ou nos procu-
rem pessoalmen-
te. Tudo porque
a data dos paga-
mentos não estava agendada, a pa-
pelada não estava em ordem ou os
boletos sumiram.
O mais difícil, sempre, é começar.
Ao receber a conta, a fatura ou o bo-
leto, além de anotar seus dados na
planilha, na agenda ou num caderno
de controle, guardar esse documen-
to em alguma forma de “espera” que
pode até ser na porta da geladeira,
o que muitas pessoas fazem, embo-
ra seja uma maneira de autoflagela-
ção pois, toda vez que a pessoa olha
para a geladeira, lembra-se, muitas
vezes com uma certa raiva, que te-
ma aquela conta para pagar.
Com as facilidades tecnológicas,
cada vez mais pessoas optam pelo
débito automático de suas contas,
sempre que permitido, nos bancos.
Claro, é preciso manter a necessá-
ria provisão de fundos na conta ban-
cária, sob pena de ter que pagar ju-
ros pela utilização do limite do che-
que especial ou, até, de não ter sua
conta quitada. Ou, então, utilizar um
dos diversos aplicativos existentes
no mercado, muitos deles gratuitos,
que ajudam a controlar os gastos e
os pagamentos. Basta estar com o ce-
lular no bolso para que a pessoa, de
qualquer lugar, a qualquer hora, fa-
ça lançamentos, pagamentos e in-
vestimentos.
Quanto às contas em si – coi-
tadas, não são culpadas de nos-
sos eventuais palavrões – é muito
comum as pes-
soas se assusta-
rem, reclamarem
e até pragueja-
rem da quanti-
dade de contas a
pagar. “Contas e
mais contas, on-
de eu vou parar”,
algumas dizem.
A apresentação
de alguma conta
a ser paga é consequência de algum
benefício já usufruído, como a ener-
gia elétrica, por exemplo. Até uma
multa de trânsito por ultrapassagem
em local proibido pode lembrar-nos
que colocamos em risco nossa vida
e a de outros.
A escritora americana e espe-
cialista em finanças pessoais, Liz
Pulliam Weston, recomenda que,
ao adotar um sistema de guarda e
agendamento de contas, é preciso:
1º) compreender o sistema: perder
boletos, esquecer o pagamento de
contas, etc, indica que é preciso re-
ver o sistema, se é que existem al-
gum; 2º) não complicar: um sistema
muito elaborado requer maiores cui-
dados; 3º) ser coerente: observar o
esquema adotado.
Organizar a vida financeira
Tempo &
Dinheiro
Francisco Teloeken
Consultor
francisco.roque@viavale.com.br
Só falta uma
■ ■ Conforme noticiou a Gazeta do Sul na página 13 dessa
quinta-feira, foram reabertas mais duas das três agências lo-
téricas que ainda estavam fechadas em Santa Cruz do Sul. No
entanto, elas voltaram a funcionar efetivamente apenas às 15
horas de ontem. A Justiça Federal emitiu ainda na quinta uma
liminar em favor da Aquarius Loterias e da Trevo da Sorte 2,
mas somente após entrega da notificação judicial a Caixa Eco-
nômica Federal restabeleceu o sinal, que recolocou em ope-
ração o maquinário dos estabelecimentos. Agora, das oito ca-
sas credenciadas em Santa Cruz do Sul, sete estão operando
normalmente. Os processos que haviam suspendido as opera-
ções há dois meses correm em segredo de Justiça, por isso nem
Caixa, nem os proprietários dos estabelecimentos podem falar
claramente qual foi o motivo da punição que havia deixado o
município com apenas 50% dos locais operando. A população
aguarda que o embate nos tribunais chegue logo ao fim para
que o serviço volte a ser prestado normalmente.
Bruno Pedry
■ ■ Após o encontro regional
marcado para a manhã deste
sábado, o PSB de Santa Cruz
irá realizar eleição interna
para renovar o diretório e a
executiva. O processo estava
previsto apenas para o ano
que vem, mas teve que ser
adiantado por força de uma
resolução emitida há poucos
dias pelo presidente nacional
da sigla, Eduardo Campos,
que determinou a realização de
eleições em todos os diretórios
municipais entre os dias 31 de
maio e 1º de junho.
■ ■ A votação deve ser aberta
ao meio-dia, nos salões do
Esporte Clube Avenida,
e a tendência é que conte
com chapa única – são 30
integrantes no diretório,
além de 10 suplentes. Após
a conclusão da eleição, será
definida a composição da
executiva. Fabiano Dupont,
que está à frente da sigla
desde o início do ano,
pretende colocar seu nome à
disposição para permanecer
no cargo.
Eleição socialista
■ ■ Ainda não está definido quem vai representar a coligação
que comanda a Prefeitura de Santa Cruz do Sul na eleição
para deputado estadual este ano. O grupo liderado pelo PP
pretendia, inicialmente, apoiar Edson Brum (PMDB), mas as
negociações não avançaram. Depois, cogitou-se lançar o atual
líder de governo na Câmara, Gerson Trevisan (PSDB), mas a
candidatura não está confirmada. As tratativas estão a cargo do
prefeito Telmo Kirst (PP). O candidato a deputado federal será
Edmar Hermany (PP).
Indefinido
■ ■ O período de convenções partidárias para formalização
de coligações e lançamento de candidaturas inicia no
próximo dia 10 e termina no dia 30 de junho. Embora esteja
próximo, pessoas ligadas ao meio encaram com naturalidade
as indefinições que ainda restam. “Em política, 30 dias é
uma eternidade. Até lá tem muita água para correr”, diz uma
liderança local.
Eternidade
■ ■ A Prefeitura de Santa Cruz
do Sul estuda possíveis áreas
para erguer o futuro Centro
Administrativo Municipal.
Segundo o secretário de
Planejamento, Jeferson
Gerhardt, o terreno da Rua
Sete de Setembro, onde até
recentemente ficava o IBGE
e a Junta Militar (os prédios
acabaram demolidos), não
foi descartado, mas outras
possibilidades estão em
avaliação.
■ ■Assim que houver a
definição, o governo pretende
acionar a empresa STE
Engenharia, que irá elaborar
o projeto arquitetônico do
prédio.
Centro
4
Gazeta do Sul
GERAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Gaspar Silveira Martins, 1231
Fone: 3715.6565
CONFIRA NOSSAS OFERTAS PARA ESTE FINAL DE SEMANA!
O
fe
r
t
a
s
v
á
lid
a
s
e
n
q
u
a
n
t
o
d
u
r
a
r
e
m
o
s
e
s
t
o
q
u
e
s
2
,09
Cerveja
Brahma
latão
473ml
C
4
9
,79
Arroz branco
Namorado 5Kg
Coxinha
da asa de
frango kg
6
,98
Molho de tomate
Tarantella
Pouch 340g
1
,45
BEBA COMMODERAÇÃO:
É proibidaavendaeaentregade
bebidas alcoólicas paramenores
- de18anos. (art. 81, II doestatuto
dacriançaedoadolescente)
Amaciante
Dia 2L
Sensações,
Classic e
Erva-doce
3
,25
Coxa de frango
sem osso kg
7
,55
Filé Suíno
Languiru Kg
9
,98
Fil S
1
,75
Leite Lactibom
(Integral e
Desnatado)
Sachê 1L
Café
Bom Jesus
a vácuo 500g
tradicional e
extra forte
5
,99*
*máx. 5 un.
por cliente
Vinho
Almaden
Cabernet
Sauvignon
750ml
10
,90
Carne de frango
Peito com osso
cong. kg
5
,93
OHLAND
Padaria
Oferta da
SEMANA!
Vários
Sabores
R$ 5,40
Terça a Sábado
Cel.Oscar Jost,2408
(51) 3711-3720
(Esquina São José) un.
do
Rocambole 400g
A manhã dessa quinta-fei-
ra foi um dia D para a inclusão
social e profissional. As agên-
cias do FGTAS/Sine de todo
o Rio Grande do Sul destina-
ram um turno ao atendimento
de pessoas com deficiência e
aos beneficiários reabilitados.
Este foi o primeiro ano em que
o Estado aderiu a esta mobiliza-
ção nacional de integração so-
cial e o resultado, segundo a co-
ordenadora da unidade de San-
ta Cruz, Fernanda Goularte, foi
muito positivo. “A ideia ago-
ra é continuar realizando esta
ação anualmente no dia 29 de
maio”, afirma.
O objetivo da atividade foi
incluir este grupo específico
no mercado de
trabalho, com
vagas de em-
prego e cursos
de qual i fi ca-
ção. Para isso,
o Sine dedicou
a manhã intei-
ra para esses
atendimentos.
“Cerca de 80 pessoas compare-
ceram, prestigiaram palestras e
foram encaminhadas para con-
versar com representantes de
nove empresas da cidade”, afir-
ma a coordenadora.
A manhã começou com uma
palestra sobre a inclusão das
pessoas com deficiência no
me r c a do de
trabalho. Fala-
ram represen-
tantes da Apae,
do Pronatec, do
Senai e do Se-
nac, entre ou-
tros. Após, em-
presas da cida-
de, como a Mor
e a JTI, receberam os possíveis
novos funcionários em uma sala
reservada. “Lá foi feito um re-
crutamento dessas pessoas. É
uma oportunidade para elas
se aproximarem deste mundo,
mostrarem que são capazes”,
afirma Fernanda.
A coordenadora agora espe-
ra que a ação tenha continuida-
de nos próximos anos, trazen-
do mais oportunidades para esse
público. O Dia D é destinado ao
beneficiário reabilitado, que são
as pessoas incapacitadas parcial
ou totalmente para o exercício
de sua atividade, e ao benefício
da prestação continuada. Esse é
o caso das pessoas que recebem
um salário mínimo mensal por
não ter meios de prover a sua
própria subsistência ou de tê-la
provida por sua família. ■
Hoje é o último dia para a re-
tirada gratuita de vacinas contra
a febre aftosa junto à Inspetoria
Veterinária de Santa Cruz do Sul.
Até o momento, cerca de 80%
do rebanho cadastrado em San-
ta Cruz, Herveiras e Sinimbu re-
cebeu a imunização. Número se-
melhante é registrado pela Inspe-
toria Veterinária de Vera Cruz,
que também atende Vale do Sol.
A meta é atingir 95% do índice
vacinal.
A campanha contra a febre af-
tosa se estende até o dia 31 des-
te mês. Produtores rurais que não
recebem as doses gratuitas têm
até cinco dias úteis após esse pe-
ríodo para entregar as notas fis-
cais que comprovam a vacinação.
Quem não comprovar a imuni-
zação do rebanho está sujeito à
multa de pelo menos R$ 824,40
e um UPF (R$ 13,74) para cada
animal não vacinado. A Inspe-
toria Veterinária de Santa Cruz,
onde ocorre a retirada das doses,
está localizada na Avenida João
Pessoa, 199. O horário de aten-
dimento ocorre entre 8 e 12 horas
e 13h30 e 17h30. O telefone para
contato é (51) 3711 2176. A fe-
bre aftosa é uma doença grave e
contagiosa causada por um vírus,
cuja propagação causa prejuízos
econômicos e sociais. ■
INCLUSÃO
■■
Ação reuniu cerca de 80 pessoas com deficiência e empresas em busca de novos funcionários
Dia D do Sine tem resultado positivo
Rodrigo Kämpf
rodrigokampf@gazetadosul.com.br
Agências do Sine de todo
o Estado destinaram um
turno ao atendimento de
pessoas com deficiência e
beneficiários reabilitados
AFTOSA
Último dia para retirar vacina gratuita
5
Gazeta do Sul
XXXXXXXX
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
z
c
o
m
u
n
i
c
.
c
o
m
Livros e gols
E
m 1990, quando se iniciou a
série histórica das estatísticas
relativas ao desempenho do
setor editorial brasileiro e, na Copa
do Mundo da Itália, a Alemanha
Ocidental foi a campeã, nosso
País produziu 239,3 milhões de
livros e 22,4 mil títulos. Em 1994,
ano em que a Seleção Canarinho
conquistou o tetra nos gramados dos
Estados Unidos, foram 246 milhões
de exemplares e 38,2 mil títulos.
Neste 2014 em que o Brasil
sedia o maior evento esportivo
internacional, já ultrapassamos os
450 milhões de exemplares e nos
aproximamos de 60 mil títulos anuais.
A evolução dos números aferidos
pela Fipe, na Pesquisa de Produção e
Vendas do Mercado Editorial, mostra
a crescente profissionalização do
setor e o avanço na luta para que o
País tenha cada vez mais leitores.
Algo importante nesse processo
– e daí a analogia que fiz com a
Copa do Mundo – é o quanto o
mercado editorial deve aproveitar
as oportunidades para conquistar
mais público. De janeiro a maio de
2014, o volume de títulos relativos
à competição e ao futebol cresceu
400% em relação a igual período do
ano anterior. Gol de placa, bradariam
os locutores esportivos!
Tais estatísticas também
suscitam uma ponderação: é preciso
diagnosticar, cada vez mais, os
temas de ficção e não ficção que
sensibilizam e atraem a atenção
do público, inclusive do ponto de
vista da segmentação. Nem todos os
assuntos são tão óbvios como a Copa
do Mundo, mas sempre é possível
entender o mercado, perceber
suas nuanças, tendências, gostos e
possibilidades.
Nesse sentido, pesquisas
como Retratos da Leitura no Brasil,
realizada pelo Instituto Pró-Livro,
têm fornecido subsídios ao mercado e
até mesmo à formulação de políticas
públicas. Em sua última edição, o
estudo demonstrou que metade da
população brasileira com 5 anos
ou mais (cerca de 175 milhões de
pessoas) é constituída por leitores,
tecnicamente definidos como aqueles
que leram pelo menos um livro nos
últimos três meses.
O dado é positivo por um lado,
pois mostra uma sensível evolução,
mas também deixa claro haver um
imenso espaço de crescimento:
ainda precisamos conquistar 50%
do mercado em potencial. E é aí que
entram oportunidades como a Copa
do Mundo, um tema atraente e lúdico
para parcela expressiva da população,
incluindo as crianças. O sucesso dos
álbuns de figurinhas das seleções,
verdadeira febre a cada quatro anos,
sinaliza uma tendência que não pode
ser ignorada. Em 2014, a editora
que detém os direitos da Fifa para
produzi-los distribuiu 8,5 milhões de
exemplares em todo o mundo.
Eventos de tamanha proporção
e atratividade, mesmo quando
permeados de polêmica, como está
ocorrendo com a Copa do Mundo do
Brasil, representam oportunidades
para a formação de leitores. Numa
obra sobre futebol, as pessoas
podem descobrir os encantos de um
livro, as infinitas possibilidades de
aprender, emocionar-se e conhecer
lugares como se estivessem
viajando. É paixão à primeira vista,
que invariavelmente se torna um
relacionamento duradouro.
Por isso, mais importantes do que
os cinco títulos mundiais da Seleção
Brasileira (tomara que ganhemos
o sexto em 2014!) são os cerca
de 60 mil títulos de livros a que
estamos chegando e quantos mais
pudermos produzir nos próximos
anos. Para isso, não podemos perder
oportunidades de conquistar leitores
como as que se apresentam nesta
Copa do Mundo. Quando campeões
em leitura, seremos quase imbatíveis
no campeonato do desenvolvimento.
Karine Pansa
Empresária do setor editorial, presidente da
Câmara Brasileira do Livro (CBL)
Getúlio, o filme
Eventos de tamanha
proporção e atratividade,
mesmo quando permeados de
polêmica, como está ocorrendo
com a Copa do Brasil,
representam oportunidades
para formação de leitores
À
s 9 horas da manhã do dia 24 de agosto
de 1954, o Repórter Esso, então o mais
prestigiado noticiário radiofônico bra-
sileiro, em “edição extraordinária”, transmitia
uma urgentíssima notícia que iria abalar o País.
O presidente Getúlio Vargas acabara de se suici-
dar com um tiro no coração. Com voz embarga-
da, o locutor, ao final do texto, lia a Carta-Testa-
mento ao dizer que: “Nada receio. Serenamente
dou o primeiro passo no caminho da eternidade
e saio da vida para entrar na História”.
Era o final de uma época em que, depois de su-
portar as hostilidades, jogos de interesses, traições
e “as aves de rapina”, como disse em sua “Car-
ta-Testamento”, revelou seu estado de ânimo. A
situação degenerou numa enfurecida e emocio-
nada reação do povo nas ruas, acabando em que-
bra-quebra, incêndios e tumultos, resultando no
suicídio do “pai dos pobres”, como também era
conhecido. Foram momentos de dor, incerteza e
expectativas.
Ao redor do fato, giravam os nomes e fatos que
envolviam aquele
episódio, como o
atentado a Carlos
Lacerda e a prisão
de seus autores, a
feroz campanha an-
tigetulista, a discre-
ta posse no Cate-
te de Café Filho, a
divisão da impren-
sa a favor ou contra
o presidente, entre
outros fatores, re-
cordados ainda hoje.
Mesmo passados 60
anos.
Pois agora, sob a
direção de João Jar-
dim e fotografia de Walter Carvalho, o cinema
reconstitui os últimos dias daqueles tormentosos
momentos, com o título Getúlio, ainda em car-
taz, com a merecida aprovação da crítica e públi-
co. Trata-se, realmente, de uma abordagem reu-
nindo um elenco e roteiro apreciáveis, ressal-
tando a atuação de Tony Ramos na figura cen-
tral, como Getúlio. A adequada música inciden-
tal que acompanha as muitas ações da reconsti-
tuição política da época transmite ao espectador
a tensão e jogos do poder ao longo da narrativa,
de forma impecável
Fugindo daquelas produções baratas, princi-
palmente num filme histórico, facilmente detur-
pado ou amador, Getúlio torna-se uma amostra
do que o bom cinema nacional pode e deve mos-
trar. A prova está na boa receptividade do públi-
co em assisti-lo nas muitas salas cinematográfi-
cas deste País.
“Tenho a impressão de que me encontro so-
bre um mar de lama” – dizia o presidente Getú-
lio Vargas sobre o atentado da Rua Toneleros, no
Rio de Janeiro, em agosto de 1954.

Sérgio Dillenburg
Jornalista
Gazeta do Sul
Fugindo daquelas
produções baratas,
Getúlio torna-se
uma amostra do
que o bom cinema
nacional pode e
deve mostrar
OPINIÃO
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Propriedade da
GAZETA DO SUL S.A.
Fundada em 26/01/1945
CNPJ 95.424.834/0001-30
Rua Ramiro Barcelos, 1.206
Caixa Postal 118 | CEP 96.810-900
direcao@gazetadosul.com.br redacao@gazetadosul.com.br publicidade@gazetadosul.com.br assinaturas@gazetadosul.com.br
Porto Alegre: Grupo de Diários, Rua Garibaldi 659, sala
102, Bairro Floresta CEP 90035050 - Fone/Fax: 3272 9595
e-mail: comercial@grupodediarios.com.br
Site: www.grupodediarios.com.br
Gazeta do Sul não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados e não devolve originais, publicados ou não.
Artigos e cartas para este espaço devem conter nome completo, profissão e endereço do autor, além de telefone para contato (se possível). O envio pode ser feito por fax (3715 7944) ou pela internet (angela@gazetadosul.com.br). O simples envio não garante a publicação
ANDRÉ LUÍS JUNGBLUT
Diretor Presidente
ROMEU INACIO NEUMANN
Diretor de Conteúdo
PAULO ROBERTO TREIB
Diretor Industrial
RAUL JOSÉ DREYER
Diretor Comercial
JONES ALEI DA SILVA
Diretor Administrativo
MARIA ROSILANE ZOCH ROMERO
Editora-chefe
Vera Cruz: Rua Martim Francisco, 72 - Fone 3718-1312
Venâncio Aires: Júlio de Castilhos, 785 - Fone 3741-2263
Rio Pardo: Rua Andrade Neves, n° 918. Fone 51.3731.1518.
E-mail casadofogo@casadofogolivraria.com.br.
Fone: 3715-7800 | Fax: 3715-7863
Fax/Redação: 3715 7944
www.gazetadosul.com.br
Empresa filiada à
6
7
Gazeta do Sul
POLÍCIA
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Fone: (51) 3713.2584
www.superimec.com.br
O
f
e
r
t
a
s

v
á
lid
a
s

d
e

3
0
/
0
5

a

0
1
/
0
6
/
2
0
1
4

o
u

e
n
q
u
a
n
t
o

d
u
r
a
r
e
m

o
s

e
s
t
o
q
u
e
s
,

p
a
r
a

a

lo
ja

d
e

S
a
n
t
a

C
r
u
z

d
o

S
u
l.

I
m
a
g
e
n
s

m
e
r
a
m
e
n
t
e

ilu
s
t
r
a
t
iv
a
s
.
S U P E R M E R C A D O S
Agente sabe oque você gosta.
A
p
r
e
c
ie

c
o
m

m
o
d
e
r
a
ç
ã
o
.

S
ã
o

p
r
o
ib
id
a
s

a

v
e
n
d
a

e

a

e
n
t
r
e
g
a

d
e

b
e
b
id
a
s

a
lc
o
ó
lic
a
s

a

m
e
n
o
r
e
s

d
e

1
8

(
d
e
z
o
it
o
)

a
n
o
s

(
A
r
t
.

8
1
,

I
I

d
o

E
s
t
a
t
u
t
o

d
a

C
r
ia
n
ç
a

e

d
o

A
d
o
le
s
c
e
n
t
e
)
.
Costela Bovina Minga
kg (Resfriada)
8,
49
Costela Bovina Ripa
kg (Resfriada)
11,
49
Paleta Suína C/Pele
kg (Resfriada)
6,
79
Pernil Suíno C/Pele
kg (Resfriado)
7,
79
Carré Suíno C/Pele
kg (Resfriado)
8,
79
Pizza Seara
440g/460g
6,
99
Coxa e Sobrecoxa de Frango
kg (Resfriada)
4,
95
Farinha de Trigo Especial
Nordeste 5kg
Máx. 5 Un. P/Cliente
8,
97
Chocolate em Barra
Lacta 110g/160g/170g
3,
99
Cerveja Sub Zero
Antarctica Lata 473ml
1,
97
Lava Roupas em Pó
Omo Multiação 2kg
12,
90
End.: Tenente Cel. Brito 213 - Fone 3713-3414 - Santa Cruz do Sul
WW
P
R
O
M
O
Ç
Ã
O
E
S
P
E
C
IA
L
Mod.: Family Mais
Mod.: Nina Soft Mod.: Moderatto
Mod.: Poptank
Aceitamos os cartões: BANRICOMPRAS, MASTERCARD, VISA, HIPERCARD, VERDECARD, SICREDI
Promoção: R$ 348,00 em 1+5x = R$ 58,00

V
a
l
i
d
a
d
e
:

7
/
6
/
2
0
1
4

o
u

e
n
q
u
a
n
t
o

d
u
r
a
r

o

e
s
t
o
q
u
e
.

Q
u
a
n
t
i
d
a
d
e
:

1
0

p
e
ç
a
s

d
e

c
a
d
a

p
r
o
d
u
t
o
.
ELETRODOMÉSTICOS MUELLER
- Lavadora para até 10 kg de roupa
- Timer com6 programas
- Filtro de fiapos
Promoção: R$ 318,00 em 1+5x = R$ 53,00
- Centrífuga de roupas para até 10 kg
- Roupas quase secas em5 minutos
- Alça para transporte
Promoção: R$ 328,80 em 1+5x = R$ 54,80
- Fogão de piso 4 bocas
- Forno autolimpante
- Botões removíveis
Promoção: R$ 298,80 em 1+5x = R$ 49,80
- Lavadora de tanquinho para até 2 kg
- Duplo filtro para fiapos
- Timer manual com3 programas
Uma investigação da Polícia
Civil de Rio Pardo resultou na
prisão de um traficante que man-
tinha seu ponto de comércio de
drogas em frente a uma escola.
O homem, de 32 anos, foi preso
na quarta-feira por tráfico de en-
torpecentes e corrupção de meno-
res. Segundo o delegado Ander-
son Faturi, responsável pela apu-
ração do caso, o criminoso vendia
para alunos da instituição e outros
adolescentes da região.
O suspeito preso morava pró-
ximo da Escola Biagio Soares
Tarantino, no Bairro Jardim Boa
Vista. Conforme o delegado, a
polícia acompanhava a rotina
dele há cerca de dois meses. A in-
vestigação apontou que jovens se
reuniam na residência para con-
sumir entorpecentes e bebidas al-
coólicas. No momento da prisão,
dois adolescentes estavam usan-
do drogas no local. Os dois tam-
bém foram encaminhados à Dele-
gacia de Polícia e, logo após, en-
tregues aos pais.
Durante a operação, os poli-
ciais apreenderam com o suspeito
107 papelotes de maconha (equi-
valente a 128 gramas), um pape-
lote de maconha (4,8 gramas), um
cigarro de maconha e outros ma-
teriais utilizados para o consumo
e tráfico. O traficante foi levado
à delegacia, onde prestou depoi-
mento e foi lavrado o flagrante
por tráfico e corrupção de meno-
res. Logo após, foi encaminha-
do ao Presídio Estadual de Rio
Pardo. ■
Um homem ficou ferido após
uma colisão entre um carro e um
caminhão na manhã de ontem na
BR-290, no quilômetro 241, di-
visa entre Rio Pardo e Pantano
Grande. De acordo com a Polí-
cia Rodoviária Federal (PRF),
um Monza, com placas de Lin-
dolfo Collor, seguia no sentido
Capital-Interior quando colidiu
frontalmente com um caminhão
de Cachoeira do Sul.
O acidente aconteceu na cabe-
ceira da ponte sobre o Rio Iruí.
Com o impacto, o Monza foi ar-
remessado barranco abaixo numa
altura de 5 metros. Apesar do
susto, o condutor do automóvel
sofreu apenas escoriações e foi
encaminhado pelo Serviço de
Atendimento Móvel de Urgên-
cia (Samu) ao Hospital de Cari-
dade e Beneficência de Cachoei-
ra do Sul, onde foi mantido em
observação. O caminhoneiro não
se feriu. O caminhão ficou atra-
vessado na rodovia, o que aca-
bou deixando o trânsito em meia
pista. (Com informações do Por-
tal Gaz.) ■
Um menino de 12 anos de-
sapareceu na tarde de ontem no
Centro de Santa Cruz do Sul. A
mãe, Isolde Friedrich, contou
que por volta das 14 horas esta-
va em uma loja, na esquina das
ruas Tenente Coronel Brito e Jú-
lio de Castilhos, quando o garo-
to desapareceu. Leonardo André
de Lima teria dito à mãe que iria
esperar do lado de fora enquan-
to ela fazia compras, mas não foi
mais encontrado.
A mãe confirmou que o me-
nino já desapareceu em outras
oportunidades. Segundo ela, o
garoto não saberia retornar para
casa sozinho, já que os pais vi-
vem em Capão da Cruz. Leonar-
do tem cabelos loiros e vestia
uma jaquela vermelha, uma cal-
ça de moletom verde e tênis bran-
cos. Qualquer informação sobre
o paradeiro da criança pode ser
repassada para os familiares pelo
telefone (51) 9637 1195 ou à Bri-
gada Militar pelo 190. ■
TRÂNSITO RIO PARDO
Carro cai em barranco após
colisão em ponte na BR-290
■■Condutor do Monza foi socorrido e encaminhado para hospital
Polícia prende
traficante em
frente a escola
BUSCA
Garoto desaparece
na área central de
Santa Cruz do Sul
R
i
c
a
r
d
o

F
i
g
u
e
i
r
ó
/
R
á
d
i
o

R
i
o

P
a
r
d
o
8
Gazeta do Sul
GERAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Promoções para este final de semana nestas lojas
Rua 7 de Setembro 36 - 3719-6310
COMERCIAL
SANTANA
Rua Santana 872 - Arroio Grande
3715-2212
ALEGRIA
SUPER
B
E
B
A

C
O
M

M
O
D
E
R
A
Ç
Ã
O
:

É

p
r
o
ib
id
a

a

v
e
n
d
a

e

a

e
n
t
r
e
g
a

d
e

b
e
b
id
a
s

a
lc
o
ó
lic
a
s

p
a
r
a

m
e
n
o
r
e
s

-

d
e

1
8

a
n
o
s
.

(
a
r
t
.

8
1
,

I
I

d
o

e
s
t
a
t
u
t
o

d
a

c
r
ia
n
ç
a

e

d
o

a
d
o
le
s
c
e
n
t
e
)
ArrozReiArthur5Kg
9,09
O
fe
r
ta
s
v
á
lid
a
s
p
a
r
a
o
s
d
ia
s
3
0
e
3
1
d
e
m
a
io
e
1
º
d
e
ju
n
h
o
d
e
2
0
1
4
o
u
e
n
q
u
a
n
to
d
u
r
a
r
e
m
o
s
e
s
to
q
u
e
s
. F
O
T
O
S
M
E
R
A
M
E
N
T
E
IL
U
S
T
R
A
T
IV
A
S
Cerveja
BrahmaZero
Lata350ml
1,98
Salsichão
Excelsiorkg
7,98
CostelaBovina
PrimeiraResfriadakg
11,98
CoxaeSobrecoxadeFrango
TradicionalCongeladaKg
3,98
CostelaBovina
MingaResfriadakg
9,90
Refrigerante
Pepsi2L
2,97
CervejaPolarExport
Latão473ml
1,95
RefrescoPóPop
Fruta30g
0,45
ToalhadePapel
Sorellac/2unidades
2,48
Abacaxi
Pérolaunidade
1,68
ChocolateNestlé
Barra140/160/170g
3,88
CremedeLeite
TerraViva200g
1,09
MaioneseD’ajuda
Sachê200g
0,69
MassaCaseira
BellBoccato500g
2,28
ÓleodeSoja
Cocamar900ml
2,67
WaferBauducco
130/140g
1,47
Amaciante
RedeSuper2L
2,97
Desinfetante
RedeSuper2L
2,97
PapelHigiênicoFofinhoAbsolute
FD30mc/4unidades
3,69
LimpadorAjaxFreshou
FestadasFlores500ml
2,97
BiscoitoCorrieri400g
2,59
Banana Prata kg
R$ 2,
99
Cebola
Criola kg
R$ 1
,89
b
Aceitamos cartões: Visa, Visa Vale, Banricompras, Redecard, Hipercard Refeisul entre outros.
O
f
e
r
t
a
s
v
á
lid
a
s
p
a
r
a
e
s
t
a
s
e
x
t
a
-
f
e
ir
a
o
u
e
n
q
u
a
n
t
o
d
u
r
a
r
e
m
o
s
e
s
t
o
q
u
e
s
. F
O
T
O
S
M
E
R
A
M
E
N
T
E
I
L
U
S
T
R
A
T
I
V
A
S
.
Coxa e sobrecoxa
tradicional kg
R$ 4
,99
Chuleta
Bovina Kg
R$ 14
,99
Abacaxi
pérola un
R$ 1,
69
i Ab A
Tomate longa
vida Kg
R$ 2,
99
Batata branca kg
R$ 1
,99
B t t b t k
B
E
B
A
C
O
M
M
O
D
E
R
A
Ç
Ã
O
: É
p
ro
ib
id
a
a
v
e
n
d
a
e
a
e
n
tre
g
a
d
e
b
e
b
id
a
s
a
lc
o
ó
lic
a
s
p
a
ra
m
e
n
o
re
s
- d
e
1
8
a
n
o
s
. (a
rt. 8
1
, II d
o
e
s
ta
tu
to
d
a
c
ria
n
ç
a
e
d
o
a
d
o
le
s
c
e
n
te
)
Arroz 5Kg
Rei Arthur
R$ 9
,09
Minga
bovina kg
R$ 9
,99
Mi Coxinhas
da asa Kg
R$ 7
,49
Nuca suína Kg
9
,99
Filé suíno kg
R$ 10
,49
Fruki guaraná e
sabores 2l
R$ 2
,98
Omo
Multiação 1kg
R$ 6
,98
un.
Caqui preto kg
R$ 1
,49
Kaiser latão
473ml un
R$ 1,
79
,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
Leite Languiru un
R$ 2,
29
Nata Piá 300g
R$ 2,
29
Falta menos de uma semana
para a votação do Sistema de Par-
ticipação Popular e Cidadã e San-
ta Cruz do Sul já faz os prepara-
tivos para encarar os três dias de
prioridades de demandas. Entre
2 e 4 de junho, os eleitores terão
direito a votar em quatro dos 19
projetos selecionados com ver-
ba já definida e em mais dois dos
classificados como estruturantes.
As áreas selecionadas em assem-
bleias anteriores são Desenvolvi-
mento Rural, Segurança Pública
e Defesa Civil; Saúde; Esporte,
Lazer e Turismo; Irrigação; Edu-
cação Básica, Profissional e Téc-
nica; Cidadania, Justiça e Direi-
tos Humanos; Educação Supe-
rior; Meio Ambiente e Recur-
sos Hídricos e Desenvolvimen-
to Econômico.
Conforme o presidente do
Conselho Municipal de Desen-
volvimento (Comude), Fábio
Borba, é de extrema importân-
cia que os santa-cruzenses dedi-
quem alguns minutos para con-
tribuir com o futuro do municí-
pio. “Precisamos alcançar 10%
do eleitorado, ou seja, 10 mil vo-
tantes. Caso contrário não tere-
mos direito a receber os recur-
sos da Consulta Popular. É pre-
ciso avançar e não queremos re-
petir os números do ano passa-
do” acrescenta Borba. Na últi-
ma votação foram registrados
menos votos do que aquilo que
era preciso. No entanto, a baixa
adesão não impediu o envio do
orçamento, já que o número se
aproximou dos 9 mil votantes
necessários para a época.
O pleito ocorre pela internet
(www.participa.rs.gov.br) e em
90 urnas que estarão dispostas
em locais de livre circulação do
município para votação presen-
cial na quarta-feira, último dia. É
necessário ter em mãos o núme-
ro do título de eleitor ou a car-
ORÇAMENTO
■■
Se quiser receber recursos, município precisa da participação de
pelo menos 10 mil eleitores. Preparativos da votação já estão em andamento
Santa Cruz se mobiliza para
votar na Consulta Popular
Natany Borges
natany.borges@gaz.com.br
■■Urnas receberão votos em 4 de junho, último dia da Consulta
Segundo o Comude, é
importante que os cidadãos
dediquem alguns minutos
para participar do processo
Os 23 municípios que inte-
gram a área do Conselho Re-
gional de Desenvolvimento
do Vale do Rio Pardo (Core-
de/VRP) contarão em 2015
com R$ 8,6 milhões para a
execução das prioridades de-
finidas pela população. Des-
se valor, o Centro-Serra terá
direito a R$ 2,7 milhões e o
Baixo Vale do Rio Pardo fica-
rá com R$ 5,84 milhões para
atender às demandas. Além
disso, a região terá um acrés-
cimo de R$ 1,4 milhão no
valor disponível para aplica-
ção exclusivamente no setor
da saúde, dividido em R$ 1,1
milhão para o Baixo Vale do
Rio Pardo e R$ 300 mil para
o Centro-Serra. Os municí-
pios da área serrana ainda te-
rão direito a premiação de
R$ 27 mil. Caso as priorida-
des sejam aprovadas, os pro-
jetos escolhidos seguirão para
a Secretaria de Planejamento
do Estado, que envia a verba
a partir de janeiro do ano que
vem ao município. ■
R$ 8,6 milhões
teira de identidade para que o
sistema possa buscar o cadastro
do eleitor. A apuração, confor-
me Borba, ocorre imediatamente
após a eleição e o resultado será
divulgado cerca de três dias de-
pois no espaço Bierhaus, locali-
zado no Parque da Oktoberfest.
R
o
d
r
i
g
o

A
s
s
m
a
n
n
/
B
a
n
c
o

d
e

I
m
a
g
e
n
s
/
G
S
PRAÇA DA CIDADANIA ■■Em razão da previsão de chuva para este fi-
nal de semana, a Secretaria Municipal de Segurança, Cidadania, Rela-
ções Comunitárias e Esporte decidiu cancelar a edição do projeto Pra-
ça da Cidadania que ocorreria no domingo, no Bairro Santo Inácio. Con-
forme o secretário Henrique Hermany, o evento envolveria muitas es-
colas na Milha de Rua das Olimpíadas Escolares, e elas necessitam de
uma definição com antecedência para possibilitar a organização das su-
as equipes. A nova data ainda será divulgada. ■
9
Gazeta do Sul
GERAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Segundas eterças-feiras: DIADOPÃO
Quartas equintas-feiras: DIADAFEIRAeCARNES
Horário: desegundas asábados das 8às 12hedas 14às 19h30
Rua Curitiba, 270 - Próx. Hospital Ana Nery (Arroio Grande) - Fone: (51) 3715-8657
Trabalhamos com: Ticket Alimentação e Prefeitura.
É
p
r
o
ib
id
a
a
v
e
n
d
a
e
a
e
n
tr
e
g
a
d
e
b
e
b
id
a
s
a
lc
o
ó
lic
a
s
p
a
r
a
m
e
n
o
r
e
s

d
e
1
8
a
n
o
s
. (
a
r
t. 8
1
, II d
o
e
s
ta
tu
to
d
a
c
r
ia
n
ç
a
e
d
o
a
d
o
le
s
c
e
n
te
)
R$8
,19
Porcoc/pelepernil
epaletaKg
Oferta válida para os dias 30 e 31/5/14 ou enquanto durar o estoque.
Beba commoderação
R$2
,99
Pepsi 2l
ArrozCyntiaT15kg
R$7
,99
BrahmaZero
350ml
R$1
,99
Chuletade
Gadokg
R$13
,99
Nescau
ActigenE
400g
R$5
,19
Cereal
Nescau
cx.270g
R$6
,75
LeiteBom
Gosto1L
R$2
,29
Empanado
FrangoPerdigão
100gun
R$0
,99
Vinho
Seleção
Gillioli 1,5L
R$7
,95
CervejaPolar
latão473ml
R$1
,99
O atendimento nas agências
do Instituto Nacional de Segu-
ro Social (INSS) estará suspen-
so nesta sexta-feira para que seja
realizada a manutenção do sis-
tema informatizado do institu-
to. Segundo o gerente da agên-
cia do INSS de Santa Cruz do
Sul, Elpídio Otto Henn, apenas
serviços internos serão feitos ao
longo do dia.
“Como a manutenção já estava
programada, nenhum atendimen-
to foi agendado para esta data e,
por isso, não será preciso fazer
reagendamentos. Os segurados
não serão prejudicados”, explica.
De acordo com Henn, os servido-
res do INSS estarão nas agências
das 7 às 17 horas, horário nor-
mal de atendimento. Entretanto,
como o sistema operacional esta-
rá indisponível, nem informações
poderão ser consultadas.■
Essas primeiras semanas de
frio intenso em Santa Cruz do Sul
trouxeram uma necessidade ur-
gente para os abrigos de animais
da cidade. Com falta de roupas,
cobertores e ração, as entidades
que ajudam cães e gatos se mo-
bilizam com campanhas de arre-
cadação para salvar a vida dos bi-
chos abandona-
dos. Duas ONGs
estão em situa-
ção complicada e
pedem ajuda dos
santa-cruzenses.
O Abrigo São
Francisco de As-
sis realiza nes-
te fim de sema-
na uma feira de adoção na Praça
Getúlio Vargas. A ação será nes-
te sábado e no domingo, das 13
às 18 horas. No local, a entidade
também estará recolhendo aga-
salhos, jornais, toalhas, coberto-
res, roupas e tudo mais que pos-
sa esquentar o inverno dos cães
e gatos que vivem na casa de Li-
nha João Alves. A ONG tam-
bém está promovendo uma fei-
ra de livros usados. A arrecada-
ção será destinada aos cuidados
com os animais resgatados pelo
abrigo. Interessados em ajudar
também podem entrar em conta-
to pelo fone 9512 1544, com Fá-
tima Garcia.
Já a ONG Amigos do Peito
necessita urgente de qualquer
tipo de ração A situação, segun-
do a responsá-
vel por cuidar
dos animais,
Carmen Thei-
sen, está ca-
ótica. O abri-
go cuida de 40
cães e 22 ga-
tos, que estão
comendo so-
mente pão com farinha de milho
cozida, por falta de recursos para
adquirir outros alimentos. Inte-
ressados em doar podem entrar
em contato pelo fone 9827 2401.
A casa também pede por roupi-
nhas usadas, toalhas, cobertores,
panos e lençóis. Doações para as
ONGs podem ser feitas na Na-
tiva, Rua Borges de Medeiros,
705, e na Agro Sandri, Rua Er-
nesto Alves, 688.■
CORREIOS ■■Os Correios do Rio
Grande do Sul definiram o horário
de funcionamento das agências
durante os jogos da Copa. Nos dias
de jogos da Seleção Brasileira, as
agências em todo o Estado abrirão
das 9 horas até uma hora antes do
horário do jogo. Nos dias de jogos
em Porto Alegre, as agências sedia-
das em Porto Alegre funcionarão
das 9 horas às 12 horas. Nos demais
municípios do Estado, as agências
dos Correios funcionarão em horá-
rio normal. Nos demais dias de par-
tidas, todas as agências funciona-
rão em horário normal. ■
Cães e gatos estão
comendo apenas pão com
farinha de milho cozida,
por falta de recursos para
a aquisição de rações
ABANDONADOS MANUTENÇÃO
Abrigos de animais pedem
ajuda aos santa-cruzenses
Serviços do INSS estão suspensos hoje
10
Gazeta do Sul
GERAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Pedro Garcia
pedro.garcia@gazetadosul.com.br
Rua Dr. Pedro £ggIer, 386 - Ione: (51) 3704.1097 - Monte AIverne - SCS
Atendimento: segunda a sábado 7h30 às 19h30 sem fechar meio-dia, domingos e feriados 8h30 às 11h30.
Aceita Ticket One Card, Cartões Refeisul Alimentação, Banricompras, Sicredi, Mastercard, Redecard, Visa, Green Card, One Card e Hipercard. rd.
O
f
e
r
t
a
s

v
á
l
i
d
a
s

3
0
/
5


a

5
/
6
/
1
4
,
o
u

e
n
q
u
a
n
t
o

d
u
r
a
r
e
m

o
s

e
s
t
o
q
u
e
s
.
VENHA CONFERIR AS MAIS NOVAS OPÇÕES EM CONFECÇÕES DE INVERNO ADULTO E INFANTIL.
R$ 2,19
Maionese Soya
Pote 500g
R$ 5,99
PapeI higiênico
IinopeI pcte c/ 12
R$ 2,29
Leite condensado
Piá 395g
R$ 6,29
Café Pelé
Iata 200g
R
M Refrigerante
Pepsi 2I
R$ 9,50
Desodorante Rexona
AerosoI Marc./Iem.
R$ 2,49
I
f l f
R$ 4,89
Nescau 2.0
400g
R$ 1,69
CaIdo GaIinha
knorr 114g
R$ 8,99
kit Shampoo e
cond. NieIy
R$ 7,99
£rva Amizade
Nativa, moída
grossa e trad.
R$ 2,09
Leite
Languiru
R$ 2,99
Massa pasteI
Di NapoIi 500g
R$ 2,59
Limpador perf.
Pratice 500mI R$ 5,99
Sabáo em po
Omo 1kg MuItiaçáo
R$ 3,99
Creme dentaI
CoIgate Luminous
White 90g
R$ 3,99
£nxaguante
bucaI CoIgate L.W.
250 mI
R
Creme dentaI
M t I
A Prefeitura de Santa Cruz do
Sul precisa se manifestar ainda
nessa sexta-feira sobre um apon-
tamento feito pelo Ministério Pú-
blico em relação ao novo preço
da passagem de transporte urba-
no no município, que passou a
valer no dia 20 de abril. Um pa-
recer da Divisão de Assessora-
mento Técnico (DAT) do órgão
concluiu que o valor deveria ser
7 centavos a menos e o governo
deve agora decidir se irá ou não
mexer novamente na tarifa.
A Promotoria de Defesa Co-
munitária solicitou a análise dias
após entrar em vigor a passagem
de R$ 2,60. Antes, a Secretaria
Municipal de Transportes che-
gou a propor que o reajuste che-
gasse a R$ 2,63, mas o valor foi
arredondado para baixo no decre-
to do prefeito Telmo Kirst (PP).
Os cálculos para fixação da tarifa
são feitos à luz do custo de uma
série de itens que compõem o ser-
viço, como combustível, remune-
ração de funcionários, carroceria,
chassi, pneus e
outros.
O a s s u n -
to já foi pau-
ta de pelo me-
nos duas audi-
ências entre o
MP e a Prefei-
tura nas últimas
semanas. Os cálculos foram fei-
tos com base na planilha Gei-
pot, do Ministério dos Trans-
portes. Porém, de acordo com o
procurador do município, Rogé-
rio Moura Pinheiro Machado, a
divergência entre os números do
DAT e da secretaria envolve a
interpretação sobre qual a base
correta para o cálculo da idade
Em 2009, a Prefeitura e o MP assinaram um termo de ajusta-
mento de conduta que regra a fixação de tarifas para o transpor-
te urbano. Após o reajuste aplicado em 2012, pela então prefeita
Kelly Moraes (PTB), o órgão ajuizou ação para anular o ato, sob
argumento de que o TAC havia sido descumprido. Com isso, a
passagem que estava em R$ 2,55 voltou a custar R$ 2,25 no ano
passado.
Desde 2013, as concessionárias Stadtbus e TC Catedral vinham
acusando defasagem no valor da passagem. As empresas, inclusi-
ve, já ingressaram na Justiça cobrando direito a serem indeniza-
das por supostas perdas tarifárias acumuladas durante os anos de
concessão antes da realização da nova licitação. O valor estima-
do chegaria a mais de R$ 100 milhões.
da frota de ônibus. O DAT de-
fende que seja março de 2014,
mas a secretaria utilizou dezem-
bro de 2013, o que interfere na
avaliação da depreciação opera-
cional dos veículos e dos custos
de manutenção, tornando a tari-
fa final mais cara.
Para a Promotoria, trata-se
de uma incoe-
rência na meto-
dologia utiliza-
da pelo municí-
pio, já que todos
os demais insu-
mos foram cal-
culados tendo
como referên-
cia o ano de 2014. Além disso, o
órgão argumenta que 7 centavos
representam um valor considerá-
vel se levado em conta o padrão
salarial dos trabalhadores, sobre-
tudo os que dependem de um ou
mais deslocamentos diários.
Ao longo do dia de hoje, o go-
verno deve definir se acolhe ou
não o apontamento. Se acolher,
SANTA CRUZ
■■
Técnicos do órgão divergem em relação a cálculo que embasou o reajuste aplicado em abril
MP questiona nova tarifa de ônibus
a tarifa terá que ser alterada com
um novo decreto. Se não acolher,
tentará um acordo com o MP e a
questão correrá o risco de inva-
dir a esfera judicial. Outra alter-
nativa seria a Prefeitura determi-
nar uma nova revisão de todos os
custos. “Nesse caso, porém, ha-
veria o risco de a tarifa ficar mais
cara do que a atual, já que junho
é a data-base para o dissídio dos
funcionários das concessionárias
e, com isso, o aumento salarial
acabaria por incidir sobre a pas-
sagem”, ponderou Machado. Um
dos argumentos do governo fren-
te à Promotoria deve ser de que a
licitação para renovar a conces-
são do transporte deve ter início
já nos próximos meses. ■
A divergência envolve o
cálculo da idade da frota
dos ônibus, que interfere
na avaliação dos custos de
manutenção do serviço
Relembre
■■Prefeitura decidirá ao longo do dia se acolhe o apontamento do MP; discussão pode parar na Justiça
R
o
d
r
i
g
o
/
B
a
n
c
o

d
e

I
m
a
g
e
n
s
/
G
S
11
Gazeta do Sul
GERAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
A nova sede da Defensoria Pú-
blica de Santa Cruz será inaugu-
rada hoje, às 11 horas. A Comar-
ca responde pelos municípios de
Santa Cruz, Sinimbu, Gramado
Xavier, Herveiras e Passo do So-
brado, com grande procura pela
população. A nova sede fica na
Rua Fernando Abott, 664, no
Centro. Os atendimentos ocor-
rem de segunda a sexta-feira, das
9 horas às 18 horas.
Segundo a defensora pública
e assessora da Subdefensoria Pú-
blica para Assuntos Administra-
tivos, Fabiane Lontra – responsá-
vel pela coordenação das obras –,
o local tem 500 metros quadra-
dos, com gabinetes individuais
para os defensores, acessibilida-
de e sala de espera para os assis-
tidos. A sede também fica próxi-
ma do Fórum, para facilitar o des-
Orientar o comerciante, es-
pecialmente a micro e a peque-
na empresa, na concessão e ad-
ministração correta do crédito,
como forma de ter maior controle
sobre os recebíveis. Essa é a fina-
lidade do curso Cadastro, Crédi-
to e Cobrança. Pela primeira vez
realizado na Associação Comer-
cial e Industrial (ACI) de Santa
Cruz, o treinamento será minis-
trado pelo instrutor Vitor Hugo
Lorenzoni, de 3 a 6 de junho, das
18h30 às 22h30, na entidade.
O conteúdo programático ofe-
rece parâmetros para a implanta-
ção nas empresas de um cadastro
consistente de clientes, o estabe-
lecimento de critérios para a con-
cessão de crédito e um sistema
organizado de cobrança. Tudo
isso com a finalidade de aumen-
tar o faturamento, estreitar o rela-
cionamento com os clientes e não
somente manter, mas melhorar a
saúde financeira da empresa.
Com formação acadêmica em
universidades do País e especia-
lizações no exterior, Lorenzoni é
administrador, professor e con-
sultor, com mais de mais de 600
projetos implantados em empre-
sas nas áreas de administração,
marketing e finanças.
O curso é dirigido a lojistas,
empresários, compradores, co-
bradores, vendedores e acadêmi-
cos de Administração de Empre-
sas e de Direito.
Informações e inscrições pelo
telefone (51) 3713 1400 ou e-
mail cursos@aci-scs.org.br. ■
SANTA CRUZ
AMBIENTE
EMPRESAS
Defensoria Pública ganha nova sede hoje
locamento de processos.
Antes, o trabalho dos defenso-
res Fernando Scheffel, Marisân-
gela Minuzzi, Mateus Sanfelice
e Diego Mazzarino era realizado
em salas do Fórum. “Santa Cruz é
uma cidade de grande porte e pre-
cisávamos de uma estrutura que
garantisse um bom atendimento
para a população”, lembra o di-
retor da Regional de Santa Cruz,
Fernando Scheffel. ■
■■Estrutura que será entregue tem área de 500 metros quadrados
Cadastro, crédito e cobrança
são temas de curso na ACI
D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
As 33 escolas que integram o
projeto Transformando Lixo em
Solidariedade, da Secretaria Mu-
nicipal de Meio Ambiente, Sane-
amento e Sustentabilidade, re-
ceberam novos coletores de re-
síduos que auxiliarão no estí-
mulo à prática da coleta seleti-
va dentro do ambiente escolar.
Foram instalados 50 conjuntos
de cinco cole-
tores (azul para
papel, verme-
lho para plás-
tico, amarelo
para metal, ver-
de para vidro e
cinza para rejei-
to), adquiridos
por meio dos
fundos Municipal e Nacional do
Meio Ambiente.
Na Escola Municipal de En-
sino Fundamental Professor José
Ferrugem, os equipamentos re-
forçarão um trabalho que já vem
sendo realizado dentro da sala de
aula. Conforme a vice-diretora da
instituição, Dulce Teresinha Wei-
gel Henn, questões ambientais se-
guidamente pautam trabalhos pro-
duzidos por alunos de diversos
anos em diferentes disciplinas. A
partir da próxima semana, quan-
do é celebrado o Dia Mundial do
Meio Ambiente, a temática ga-
nhará destaque com uma progra-
mação que contará com palestras
e outras atividades. “Já tínhamos
coletores insta-
lados no pátio
e esses perma-
necem na esco-
la, mas os novos
modelos foram
muito bem-vin-
dos e certamen-
te serão uma
ferramenta im-
portante para a educação ambien-
tal”, afirma.
Além das 50 lixeiras já distri-
buídas nas redes municipal, esta-
dual e privada de ensino, a Prefei-
tura adquiriu outros 220 coletores
que serão instalados conforme
cronograma organizado pela Se-
cretaria de Meio Ambiente. Se-
Rede municipal
Emef Bom Jesus, Emef
Dr.Guilherme Alfredo Oscar
Hildebrand, Emef Duque de
Caxias, Emef Frederico Assmann,
Emef Guido Herberts, Emef
Harmonia, Emef José Leopoldo
Rauber, Emef Leonel de Moura
Brizola, Emef Luiz Schroeder,
Emef Menino Deus, Emef
Normélio Egídio Boettcher, Emef
Professor José Ferrugem, Emef
Santuário, Emef São Canísio.
Rede estadual
Eeef Bruno Agnes, Eeef Felippe
Jacobs, Eeef Gaspar Bartholomay,
Eeef Nossa Senhora da Esperança,
Eeef Nossa Senhora de Fátima,
Eeef Petituba, Eeef Prof José
Wilke, CE Prof Luiz Dourado, Eeeb
Estado de Goiás, Eeem Alfredo J
Kliemann, Eeem Ernesto Alves de
Oliveira, Eeem José Mânica, Eeem
Nossa Senhora do Rosário, Eeem
Santa Cruz, Eeem Willy Carlos
Frohlich.
Rede privada
Colégio Marista São Luís, Colégio
Mauá, Colégio Dom Alberto e
Escola Educar-se. ■
gundo a bióloga da pasta, Danie-
la Silveira, o quartel, o Corpo de
Bombeiros, o Parque da Cruz, 11
paradas de ônibus e 21 pontos em
calçadas centrais serão os próxi-
mos locais a receberem os con-
juntos. Posteriormente, serão be-
neficiadas quatro praças, rodovi-
ária, 15 emeis e órgãos públicos.
O secretário João Miguel Wen-
zel ressalta que os coletores anti-
gos (não seletivos) que ainda es-
tiverem em bom estado de con-
servação serão pintados e refor-
mados, sendo essa também uma
ação sustentável. A previsão é
de que o serviço seja concluído
até julho.
Rede escolar recebe coletores de resíduos
Lixeiras foram instaladas
nas 33 instituições
que integram o projeto
Transformando Lixo
em Solidariedade
■■Na José Ferrugem, equipamentos reforçarão a coleta seletiva
QUEM PARTICIPA
D
E
C
O
M
/
P
M
S
C
S
/
D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
12
Gazeta do Sul
GERAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
RuaArgentina108Fone:3715.1977|3717-2900|AoladodoColégioAlfredoKliemann
ATENÇÃO!! NOVOSHORÁRIOS:Segundaasábado:8às12horasedas14hàs19h30.
Entrega de ranchos, grátis. Ofertas válidas para 30 e 31/5/2014 ou enquanto durar o estoque.
ACEITAMOS OS CARTÕES:
B
e
b
a

c
o
m

m
o
d
e
r
a
ç
ã
o
.

É

p
r
o
ib
id
a

a

v
e
n
d
a

e

a

e
n
t
r
e
g
a

d
e

b
e
b
id
a
s

a
lc
o
ó
lic
a
s

p
a
r
a

m
e
n
o
r
e
s

d
e

1
8

a
n
o
s
.

(
a
r
t
.

8
1
,

I
I

d
o

E
s
t
a
t
u
t
o

d
a

C
r
ia
n
ç
a

e

d
o
A
d
o
le
s
c
e
n
t
e
)
F
o
t
o
s

m
e
r
a
m
e
n
t
e

ilu
s
t
r
a
t
iv
a
s
.

O
f
e
r
t
a
s

v
a
lid
a
s

p
a
r
a

1
6
/
5
/
2
0
1
4

o
u

e
n
q
u
a
n
t
o

d
u
r
a
r

o

e
s
t
o
q
u
e
.
Coca-cola 2l
R$3,
79
Paleta de porco c/ pele
resfr. kg
R$6,
49
Arroz Santa Fé
Tp15Kg
R$7,
98
Galinha caipira resfriada kg
R$3,
88
Chuleta de Porco
c/pele resfriada kg
R$8,
98
Macarrão Maggi
Bacon80g
R$0,
50
Cerveja Kaiser
latão 473ml
R$1,
79
9
Arroz Rei Arthur
Tp15Kg
R$9,
09
A
Tp
R
Lava roupas
Brilhante 1kg
R$4,
99
Dorso de frango kg
R$1,
99
Feijão Arbaza
preto Kg
R$4,
19
Pizza Dalita 280g
R$3,
98
Massa Pastel
Dalita 500g
R$2,
98
Bandeja polpa Paulista 540g
R$2,
29
BandejapolpaPaulista540g
AçucarAlto
Alegre ref.
R$1,
69
Blusa Ribana
diversos
modelos un
R$34,
90
Costela de porco c/pele resf kg
R$9,
98
Monte Alverne - Rua Dr. Pedro Eggler, snº
8C8 - R8 - Fone: {51} 3704 - 1346
ACEITAMOS: VALE TICKET ALIMENTAÇÃO e ATENDIMENTO: das 8 ás 20 horas sem fechar ao meio-dia - Ofertas váIidas de 29 a 04 de junho ou enquanto durar o estoque.
FRUTE¡RA E MERCADO
Aqui vocè é sempre bem-vindol
DO GR¡NGO
3,49 un
R$
REFR¡GERANTE
PEP8¡ 2L
PALETA, AGULHA E GRAN¡TO
8,99 kg
R$
º
DETERGENTE L¡MPOL 500ml
1,09 un
R$
LE¡TE DAL¡A 1L
1,89 un
R$
LAVA ROUPA8 PO
BR¡LHANTE 8ACHE 1kg
4,25 un
R$

BR
RRRRRRRRRR$$ RRRRRRRRRRRRRRRRRR$ RRRRRR$ RRRRRR
2,99 un
R$
FE¡JAO FLOR DO 8UL
PRETO E CAR¡OCA 1Kg
2,85 un
DOCE DE LE¡TE
MUMU 400g
DO
M
2,95 un
R$
7,75 un
ERVA MATE AM¡ZADE 1kg ERV RR
CAFE NE8CAFE
V¡DRO 200g
R$
7,99 un
n
CAFE
V¡D
R$ R
7,
NATA P¡A 300g
1,89 un
R$
FAR¡NHA
8AO ROOUE 5kg
8,39 un
R$
nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn
+
R$
COXA E 8OBRECOXA
3,99 kg
CHULETA BOV¡NA
12,90 kg
R$
LEVE 3 E PAGUE 2
KA¡8ER 473ml
CERVEJA
1,65 un
O atual prefeito de Tapejara,
Seger Menegaz, foi eleito on-
tem o novo presidente da Fede-
ração das Associações de Muni-
cípios do Rio Grande do Sul (Fa-
murs). Em eleição simbólica, a
chapa única encabeçada por Me-
negaz recebeu 189 votos de pre-
feitos que confirmaram a escolha
da nova diretoria. Ele substituirá
o prefeito de Santo Ângelo, Val-
dir Andres, no comando da fede-
ração. A posse da nova diretoria
acontece no final de junho, em
data ainda indefinida.
Essa foi a segunda vez que os
prefeitos puderam votar pela in-
ternet. A chapa encabeçada por
Menegaz recebeu 189 votos a fa-
vor. Também foram registrados
dois votos em branco. A nova
diretoria é composta, ainda, pe-
los prefeitos de Candiota, Luiz
Carlos Folador (PT); de Giruá,
Fabiam Duarte
(PDT); de Río
dos Índios, Sal-
mo Dias de Oli-
veira (PP); de
Taquara, Tito
Lívio (PTB); de
São Leopoldo,
Moacir da Silva (PSDB); de
Cristal, Fábia Richter (PSB) e
de Pejuçara, Eduardo Buzzat-
ti (DEM).
Atual vice-presidente da Fa-
murs, Menegaz reafirmou o com-
promisso de construir uma admi-
nistração com pauta política forte
em defesa do municipalismo. “A
Famurs retomou o protagonismo
que sempre a caracterizou e va-
mos dar sequência e até ampliar
essa postura incisiva em defesa
dos municípios”, afirma.
Menegaz foi escolhido pelo
PMDB para concorrer à presi-
dência da Famurs. Sua indica-
ção foi definida em consenso
pela legenda,
não havendo
a necessidade
de eleição in-
terna. A indi-
cação obede-
ce a um acor-
do firmado en-
tre os partidos com mais prefei-
tos no Estado. Estabelecido em
2005, o acerto determinou o rodí-
zio de legendas na presidência da
Famurs. Partido com o segundo
maior número de prefeitos elei-
tos em 2012, o PMDB ganhou o
direito de indicar o sucessor de
Andres (PP). Em 2015, será a
vez do PT. O PDT fecha a lista
em 2016. ■
Profissionais graduados há, no
máximo, três anos já podem se
candidatar para atender peque-
nas empresas gaúchas por meio
do programa Agentes Locais de
Inovação (ALI). As inscrições
vão até o dia 15 de junho, no site
do Instituto de Organização Ra-
cional do Trabalho (Idort). Po-
dem participar do processo sele-
tivo bacharéis e tecnólogos das
áreas de Gestão, Economia, En-
genharias, Marketing, Publicida-
de e Propaganda, Relações Públi-
cas, Design, Turismo e Alimen-
tos, dentre outros.
O ALI é uma iniciativa do Se-
brae/RS em parceria com o Con-
selho Nacional de Desenvolvi-
mento Científico e Tecnológico
(CNPq) que visa auxiliar peque-
nas empresas na identificação de
oportunidades de inovação. A se-
leção pretende complementar 60
vagas distribuídas em oito regi-
ões do Rio Grande do Sul, in-
cluindo os vales do Taquari e do
Rio Pardo. As bolsas são de R$
1,1 mil no primeiro mês e de R$
3,6 mil durante os 24 meses de
trabalho de campo. Informações
no site http://www.idort.com/
portal.php/sebrae/sebrae-rs. ■
MUNICÍPIOS PEQUENAS EMPRESAS
Prefeito de Tapejara
encabeçou a chapa única
que recebeu 189 votos
de prefeitos gaúchos
Seger Menegaz é escolhido
para presidência da Famurs
■■Menegaz foi eleito ontem
Sebrae seleciona agentes locais de inovação
D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
13
Gazeta do Sul
GERAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
D
E
S
T
A
Q
U
E
2
0
1
3
S
a
n
t
a
c
r
u
z
d
o
s
u
l
R
otary C
lub

S
anta C
ruz do S
ul
O
este
2013
Uma homenagem
ao talento Pelo
trabalho e dedicação,
a homenagem
de nossa gente a
quem, em 2013, foi
fundamental
para a vida da
comunidade, numa
noite de especial
reconhecimento
O Baile dos Destaques de Santa Cruz do Sul deste ano chega a sua 26ª edição.
No salão dos espelhos do Clube União na sexta-feira, dia 6 de junho e
terá como atração musical após o jantar, a banda Voga de Santa Cruz do Sul
Destaque Construção
Vêneto
Destaque Jovem Empresário
Dênis da Rocha Hoff e Rodrigo Baroni Melo
(Autech)
Destaque
Cidadão
Emérito
Roberto Gross
Os primeiros sinais de que o
inverno está se aproximando já
podem ser percebidos. Além da
chuva e dos termômetros que re-
velam temperaturas abaixo de 5
graus, os postos de saúde de San-
ta Cruz do Sul já registram um
leve aumento na procura por ser-
viços. Isso, principalmente, por-
que o clima é propício para res-
friados – sobretudo em crianças.
Com a recente queda nas tem-
peraturas, além de tirar os casa-
cos mais pesados e as mantas do
guarda-roupa, já tem gente indo
parar no plantão médico. O nú-
mero, no entanto, ainda deve au-
mentar mais.
Além disso, até agora, não
houve nenhuma identificação
dos vírus que desencadeiam do-
enças mais graves como o H1N1
(gripe A), H3N2 (subtipo da gri-
pe A que atinge crianças e ido-
sos) ou o vírus B. A campanha
de vacinação contra a gripe acon-
teceu de 22 de abril a 9 de maio
no Rio Grande do Sul. Este ano,
um novo grupo
prioritário foi
incluído: crian-
ças de dois a
cinco anos in-
completos (qua-
tro anos, 11 me-
ses e 29 dias)
também foram
vacinadas. Até
o ano passado,
no caso das crianças, a vaci-
na era aplicada apenas naque-
les que tinham entre seis meses
e dois anos.
De acordo com a enfermei-
ra assessora da vigilância epi-
demiológica do município, Elia-
ne Krumnenauer, o mês de maio
apresentou um aumento nos ca-
sos de síndrome respiratória agu-
da grave – quando febre, dor de
garganta, dispnéia e tosse são os
sintomas que aparecem em con-
junto. “É um quadro agravado
de gripe, quando a pessoa pre-
cisa ficar internada no hospital”,
explica. “Mas é apenas o início,
nada muito expressivo.” Eliane
diz que os exa-
mes de casos
mais graves são
encaminhados
para o Labora-
tório Central,
em Porto Ale-
gre. “Por en-
quanto, nenhu-
ma suspeita de
H1N1, H3N2
ou vírus B. Apenas vírus consi-
derados naturais.”
A enfermeira diz que, até en-
tão, está tudo dentro da normali-
dade. “A incidência de gripe tem
muito a ver com o comportamen-
to do clima. Quanto mais frio fi-
car, mais chuvas ocorrer, maior
será o número de casos.” No en-
tanto, conforme Eliane, a maior
preocupação está concentrada na
segunda quinzena do mês de ju-
nho, quando o frio aumenta e o
aparecimento de doenças mais
graves também.
De acordo com a assesso-
ria do Hospital Santa Cruz, dos
5.027 atendimentos realizados
entre os dias 12 e 25 de maio,
123 (2,45%) eram relacionados
à gripe, 136 (2,71%) à dor de
garganta, 112 (2,23%) à febre e
81 (1,61%) à tosse. Os números
são semelhantes aos registrados
no período de 28 de abril a 11 de
maio, quando dos 5.370 atendi-
mentos, 103 (1,92%) foram gripe
e 128 (2,38%), dor de garganta.
No Centro Materno Infantil (Ce-
mai), durante o mês de maio, até
agora, foram 3.575 atendimen-
tos no plantão pediátrico. Entre
as principais queixas estão tos-
se (516), infecção das vias aére-
as (257), asma (228), amigdali-
te (161), bronquite (48), laringi-
te (13) e faringite (9). ■
UFSM ■■Iniciam na próxima segunda-feira as inscrições para as 200
vagas dos cursos oferecidos pela Universidade Federal de Santa Maria
(UFSM) no campus de Cachoeira do Sul. Os interessados têm até o dia
4 de junho para realizar a inscrição, exclusivamente pela internet, por
meio do endereço eletrônico http://sisu.mec.gov.br. No entanto, somen-
te poderá se inscrever na segunda edição de 2014 do processo seletivo
do SiSU o estudante que tenha participado do Exame Nacional do En-
sino Médio (Enem) em 2013 e que tenha obtido nota acima de zero na
prova de redação. O diferencial é que o estudante poderá se inscrever
no processo seletivo do SiSU em até duas opções de vaga, duplicando
sua chance de ingresso no ensino superior. Não haverá cobrança de ta-
xa de inscrição dos estudantes às vagas ofertadas pelo SiSU. Mais infor-
mações podem ser obtidas através do (55) 3220 8170 ou do falecom@
coperves.ufsm.br. ■
Instituições de ensino da região
dos Vales do Rio Pardo e Jacuí ga-
nharão uma delegacia regional do
Sindicato do Ensino Privado do
Rio Grande do Sul (Sinepe/RS).
A região, até então, era um núcleo
do sindicato. A instalação da sede
irá ocorrer no dia 2 de junho, no
Colégio Mauá, em Santa Cruz do
Sul. Na oportunidade, dirigentes
de ensino da região estarão reuni-
dos para discutir assuntos relevan-
tes para o ensino privado.
Para o delegado do Sinepe/RS
na região e diretor do Colégio
Mauá, Nestor Raschen, o sindi-
cato está valorizando os Vales do
Rio Pardo e Jacuí ao criar a regio-
nal. “Será importante para as es-
colas desta região poder atuar de
forma mais integrada nas ques-
tões educacionais que preocu-
pam os filiados do Sinepe/RS. É
um honra poder colaborar como
coordenador desta nova regional,
em prol de uma educação cada
vez melhor para as nossas comu-
nidades.”
A pauta inclui discussões sobre
a data de corte do ensino funda-
mental, questões como a inclusão
e a filantropia, informações sobre
o andamento do projeto de lei do
Insaes e o planejamento do calen-
dário letivo de 2015. O presiden-
te do Sinepe/RS, Bruno Eizerik,
afirma que é fundamental o sin-
dicato estar perto das escolas do
interior e da Região Metropolita-
na e a reunião vai além dos assun-
tos propostos na pauta. “É muito
importante levarmos uma pauta
às regionais, mas temos que es-
tar prontos para ouvir as necessi-
dades locais, o olhar de cada re-
gião do Estado sobre as questões
que vamos discutir e como isso
afeta as instituições, da educação
básica ao ensino superior.” So-
bre a criação da regional, Bruno
coloca que é uma questão simbó-
lica: “O reconhecimento já exis-
te”, pontua.
Fazem parte da regional do
Sinepe/RS as instituições priva-
das de ensino das seguintes cida-
des: Arroio Do Tigre, Cachoeira
Do Sul, Candelária, Rio Pardo,
Santa Cruz do Sul, Sobradinho e
Vera Cruz. ■
CAIXAS DE LEITE ■■O Centro de Referência e Assistência Social (CRAS)
Bom Jesus realiza no próximo mês de junho, em parceria com o Senac,
uma oficina de artesanato aberta à comunidade. Para isso são necessá-
rias de duas a três mil caixas de leite tipo Tetra Pak. Quem quiser cola-
borar com doações, pode entregar o material na Secretaria Municipal de
Inclusão, Desenvolvimento Social e Habitação, à Rua Coronel Jost, 1.576
– Ginásio Poliesportivo, no horário das 7h45 às 11h45 e das 13h30 às
17h30. No caso de grande quantidade, a Prefeitura realiza a busca no lo-
cal. Mais informações pelo 3713 4288 (CRAS Bom Jesus). ■
SANTA CRUZ
■■
Maior preocupação da vigilância sanitária está concentrada na
segunda quinzena de junho, quando o frio e o aparecimento de doenças aumentam
Incidência de gripe está
dentro da normalidade
Luísa Ziemann
luisa@gazetadosul.com
Por enquanto, nenhum
caso das gripes H1N1,
H3N2 ou vírus B foi
constatado em Santa Cruz
do Sul. Monitoramento é
feito pela vigilância
■■Eliane: mais casos de síndrome respiratória aguda em maio
EDUCAÇÃO
Vales do Rio Pardo e do Jacuí
terão Delegacia do Sinepe
J
a
n
a
i
n
a

Z
i
l
i
o
/
B
a
n
c
o

d
e

I
m
a
g
e
n
s
14
Gazeta do Sul
REGIONAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Juliana Spilimbergo
juliana.spilimbergo@gazetadosul.com.br
Duas semanas após a che-
gada das primeiras máquinas à
RSC–287, pelo menos três fren-
tes de trabalho atuam no recape-
amento do trecho de 149 quilô-
metros entre Tabaí e Vila Para-
íso, administrado pela Empresa
Gaúcha de Rodovias (EGR). As
obras, que tiveram início do qui-
lômetro 53 ao 57, entre Taqua-
ri e Venâncio Aires, se estende-
ram à terceira faixa do quilôme-
tro 101, na subida da Serra pró-
xima ao Pinus Park Hotel, e ao
percurso que compreende do 106
ao 110, nas proximidades do tre-
vo do Gaúcho Diesel, ambos em
Santa Cruz do Sul.
Uma nova equipe inicia os tra-
balhos na semana que vem mas,
conforme a EGR, ainda não há
uma decisão sobre a localização
exata de atuação. O que se sabe
é que será entre Santa Cruz e Ta-
baí. No primeiro trecho benefi-
ciado, as intervenções estão em
fase de conclusão em Mariante,
próximo à ponte, com a finaliza-
ção do pavimento e sinalização.
Nos outros dois pontos, as obras
de retirada do asfalto pelas má-
quinas de fresagem e a recolo-
cação e compactação do mate-
rial estão em andamento desde o
início da semana.
A Secretaria Municipal de In-
fraestrutura e Serviços Públicos
(Sisp) de Venâncio Aires ini-
ciou, na quarta-feira, a recupe-
ração do trecho de acesso de 1,7
quilômetros até Linha Grão-Pará.
As obras acontecem no entronca-
mento com a Avenida João Ar-
tus. O asfalto no local foi danifi-
cado devido ao excesso de peso
dos caminhões que trafegam no
percurso. O trabalho atende so-
licitação de moradores da re-
gião e motoristas que utilizam
o trajeto.
Nesta etapa inicial das obras,
o trecho foi escavado e preenchi-
do com cascalho, visando drenar
a água acumulada e solidificar a
base. Conforme o secretário da
pasta, Ronald Artus, a nova ca-
mada asfáltica será aplicada den-
tro de alguns dias. A pavimenta-
ção será refeita somente depois
de constatada a compactação do
material aplicado pela equipe da
Conpasul, empresa responsável
pelas reformas.
Para evitar novos danos do gê-
nero, a Sisp, através do Depar-
tamento Municipal de Trânsito,
limitou em seis toneladas o peso
máximo para os veículos que tra-
fegam no acesso a Grão-Pará. O
local está sinalizado com placas
e a fiscalização contra o exces-
so de peso será reforçada pelos
agentes de trânsito locais.■
O ginásio de Linha Duvidosa,
interior de Venâncio Aires, sedia
neste sábado o Baile Municipal
do Colono. No evento será esco-
lhida a Garota Teuto-Brasileira,
em que quatro candidatas con-
correm ao título de rainha e prin-
cesas. A festa se inicia às 22 ho-
ras, com o desfile marcado para
as 23 horas. O prefeito Airton Ar-
tus foi convidado pelos organiza-
dores a participar das festivida-
des esta semana. O ingresso para
a festa custa R$ 8,00.
Os eventos antecedem a Festa
Municipal do Colono, que acon-
tece na mesma localidade nos
dias 26 e 27 de julho. A organi-
zação é da Associação Esporti-
va Duvidosa, com apoio da As-
sociação Esportiva e Recreativa
Terezinha (Vila Terezinha), As-
sociação de Leitura Canto e Jo-
vialidade (Linha Andreas), So-
ciedade Santo Antônio (Linha
Santana) e Sociedade Bom Hu-
mor (Linha Cecília). ■
A Prefeitura de Sinimbu está
fechando os projetos e a docu-
mentação financeira para a bus-
ca de financiamento na ordem de
R$ 1,5 milhão, com 5% de con-
trapartida do município, para
obras de pavimentação com blo-
quetes em ruas da zona urbana.
O prazo para o encaminhamen-
to da documentação junto à Cai-
xa Econômica Federal se encer-
ra hoje, sendo que o projeto que
autoriza o município foi aprova-
do pela Câmara de Vereadores
na terça-feira.
Segundo o prefeito Clairton
Wegmann, a busca pelos recu-
ros é importante, pois os trâmi-
tes para que o município fosse
incluído na lista de contempla-
dos com o Programa de Acele-
ração do Crescimento (PAC 2)
já vem ocorrendo há mais de um
ano. “Estamos buscando estes re-
cursos que vão nos dar a possi-
bilidade de fazermos melhorias”,
destacou.
A lista com as ruas contem-
pladas ainda está recebendo ajus-
tes pelo setor técnico da Prefei-
tura de Sinimbu e serão conheci-
dos somente na semana que vem.
Wegmann explica que o projeto
inicial previa recursos para pa-
vimentação, mas que foi pos-
sível fazer ajustes para que se
pudesse atender uma demanda
maior da população. Se for con-
firmado, o financiamento, que
pode ser quitado num prazo de
20 anos, será um dos maiores in-
vestimentos em infraestrutura re-
alizados pelo município em toda
a sua história. ■
JANTAR ■■O Grupo de Mulheres Coração de Maria, de Linha São Cris-
tóvão, e a Associação das Mulheres Rurais de Rio Pardo, com apoio da
Secretaria Municipal da Agricultura e da Emater/RS-Ascar, promovem no
sábado o 10º Jantar Delas. O evento, que será realizado às 19 horas, no
Salão da Aldeia de São Nicolau, tem o intuito de promover e integrar as
mulheres rurais do município, além de oportunizar momentos de lazer e
confraternização. Na ocasião, será feito concurso do grupo mais anima-
do. Os convites podem ser adquiridos com as presidentes. ■
RODOVIAS
■■
Equipes de trabalho se concentram em trechos como a subida da
Serra e nas proximidades do trevo do Gaúcho Diesel, em Santa Cruz do Sul
Serviços de recapeamento
mostram avanços na 287
A fase inicial das obras de recapeamento da RSC–287 compre-
ende ainda a recuperação dos seguintes trechos: do quilômetro 43
ao 46, do 66 ao 70, do 73 ao 79, do 87 ao 92, do 92 ao 100, do 146
ao 147 e do 155 ao 157. Todos já têm ordem de serviço determi-
nadas. Nos demais trechos, vão ser verificadas as necessidades de
tapa-buracos ou outras intervenções. A obra custará R$ 37,2 mi-
lhões, quantia que será paga com o dinheiro arrecadado nos pedá-
gios de Venâncio Aires e de Candelária. As melhorias serão exe-
cutadas por um consórcio formado pelas empresas Conpasul, Co-
esul, Ebrax e Conterra. O prazo do contrato é de dois anos. ■
Fase inicial
A movimentação das equipes
deu novo ânimo aos integrantes
do Conselho Comunitário das
Regiões das Rodovias Pedagia-
das (Corepe) do Trecho 8, que
compreende as praças de pedá-
gio de Venâncio e Candelária.
Depois das batalhas judiciais que
atrasaram por mais de dois me-
ses o início do recapeamento e
foram motivo de cobrança por
parte dos conselheiros, o presi-
dente do grupo, Luciano Naue,
se mostra satisfeito com a evo-
lução das melhorias. “Com três
equipes, o quadro já está bem
melhor do que semana passada,
quando tínhamos apenas umas.”
Usuário assíduo da rodovia por
causa de seu trabalho, ele apro-
veita para vistoriar o andamento
dos trabalhos.
Em reunião do Corepe, na Câ-
mara de Vereadores de Venân-
cio Aires, na semana passada, o
presidente da EGR, Luiz Carlos
Bertotto, prometeu que o traba-
lho aconteceria em quatro frentes
para recuperar o tempo perdido
com a licitação. Após a conclu-
são da pavimentação nos trechos
iniciais, a equipe do Gaúcho Die-
sel migrará para a terceira faixa
entre os quilômetros 96 e 98, si-
tuados abaixo do posto do Grupo
Rodoviário da Brigada Militar, e
a segunda, do 101, para o traje-
to dos quilômetros 145 a 147, no
trevo de acesso à ERS–410, em
Candelária. Para a terceira equi-
pe, ainda não há previsão.
Uma nova equipe inicia
os trabalhos na semana
que vem, mas ainda não
há uma decisão sobre a
localização de atuação
Linha Duvidosa sedia o Baile do Colono
■■Máquinas realizam a retirada do asfalto e a colocação de nova camada nos locais mais críticos
VENÂNCIO AIRES
■■Obras acontecem no entroncamento com a Avenida João Artus
Asfalto é recuperado no
acesso a Linha Grão-Pará
SINIMBU
Prefeitura busca recursos
para pavimentação de ruas
R
o
d
r
i
g
o

A
s
s
m
a
n
n
D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
15
Gazeta do Sul
REGIONAL
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
DROGAS
pr ec i sa de aj uda?
w w w.c t r ec omec ar -r s.c om.br
LABARCA SHOW CLUB
■■Hoje Super Sexta Sertaneja. Início
22 horas. Repertório Love Songs. A partir
da meia-noite, o sertanejo toma conta
até as 4 horas da manhã com a Banda
da Casa. Ingresso R$ 15. Domingo, 1º/6,
Banda Alto Astral.

GIGANTHE SÁBADO 31/5
■■É amanhã, sábado, 31/5, a festa
no Giganthe com Rainha Musical mais
Banda Scala. Participe!

BANDAS MAGIA E SCALA NO
GOERCK
■■Som Master Sonorizações, maior,
melhor domingueira é no seu Salão
Goerck, dia 1º de junho, domingo. Elas
até 21 horas grátis, após R$ 15. Eles até
21 horas R$ 1, após R$ 20. Venha dançar
e se divertir no Goerck com Banda Magia,
Scala e Som Master. Elas até 21 horas
grátis.

FORTALEZA SHOW CLUBE
■■Sábado, 31/5/14, 2ª Festa Open
Bar com 2 bandas. Banda Flor da Serra
mais Banda Doce Desejo. Ingressos
antecipados no Fortaleza, elas R$ 15 e
eles R$ 25.

BANDA SCALA E DJ CARLOS
RENATO NA SEXTA DA BAILANTA
■■Imperdível! Nesta sexta-feira, dia
30/5, no Espaço Bailanta, mais uma
superpromoção para a mulherada, 1
hora de cerveja liberada (se beber, não
dirija) das 22 às 23 horas. Elas R$ 10 e
eles R$ 15 com 1 Kaiser (se beber, não
dirija) no ingresso até 23 horas. Início 22
horas. No palco, a super banda Scala e o
melhor DJ do Bailão. Elas R$ 10 com 1
hora de cerveja liberada (se beber, não
dirija). É só na Sexta da Bailanta. Venha
você também. Informações: 9925-2789
e 9669-3599.

SALÃO DA NOILI BAILES SHOWS
■■Baile com Embalo Legal, sábado,
31/5/2014, início 22h30. Elas R$ 8 e
eles R$ 10 até 23 horas, após R$ 12
para todos. Próximo sábado, 7/6/2014,
jantar-dançante. Reservas 3719-4685.

SALÃO WEHNER- SÃO MARTINHO
■■Baile dos Namorados, sábado,
dia 7/6/14, com Banda Alma Nova,
Adiscoathi Sohnnss, Nelsinho DJ e Bar
Country Millenium. No ingresso, eles R$
15 e ela R$ 10. Todos ganham cupom
com 3 números para concorrer, na noite,
ao sorteio da moto Honda Fan 2009, IPX
4386. O ganhador deverá estar presente
na festa. Topic lotada R$ 60,00. Ônibus
grátis, das 21h30 às 22h30, de Santa
Cruz, Estação Férrea, às 21h30 de Lª João
Alves, Boqueirão do Leão, Sinimbu, Arroio
do Tigre, Rio Pardinho e Vale do Sol,
rodoviária via Pinhal, Faxinal e RSC 287.

ALIANÇA SANTA CRUZ CONVIDA
PARA A FESTA ANOS 80
■■Sábado, 7/6/2014, às 22h30, na
sede social. Telões com clipes da época.
Djs Cristiano, Paulinho e Giva, Ppen Bar
de cerveja durante 1 hora (se beber,
não dirija). Ingressos antecipados na
secretaria para não-sócios e sócios
somente na hora.
Bailes e diversões
A competição que dá a Vera
Cruz o título de Capital da Gin-
cana movimenta as cinco equipes
– Kabonghi, Largados, Los Re-
fugos, Selvagens e Xiruz – parti-
cipantes da 26ª edição do evento
a partir de hoje. A concentração,
que exige a presença de 60% do
total de integrantes inscritos de
cada grupo, acontece às 19 ho-
ras na Rua Cláudio Manoel, em
frente à Praça José Bonifácio. O
pontapé inicial
da disputa, que
segue até do-
mingo, ainda é
mantido em si-
gilo. O coorde-
nador da inicia-
tiva, Eduardo
Nagel, adianta
apenas que as tarefas irão deman-
dar fôlego dos integrantes.
Na ocasião, uma reunião no
QG da Comissão Organizadora
será realizada entre as comissões
elaboradora e organizadora, líder,
vice-líder e representante de cada
equipe inscrita, para a divulgação
de tarefas e informações sobre a
execução. Em caso de mau tem-
po, as equipes serão comunica-
das com uma hora de antecedên-
cia no site da gincana. Cada time
deve ter até 40 participantes ins-
critos, sendo 25 do sexo mascu-
lino e 15 do sexo feminino. A au-
sência da quantidade mínima de
integrantes no evento de abertu-
ra implica na perda de cinco pon-
tos por integrante, deduzidos do
total final obtido.
A atividade alusiva ao aniver-
sário do muni-
cípio, que este
ano compl e-
ta 55 anos de
emancipação,
envolve tam-
bém a comuni-
dade regional,
que a exemplo
de anos anteriores prestigia o
ponto alto da programação: o
desfile temático. A apresentação
ocorre no domingo, às 14h30, e é
precedida de outros dois impor-
tantes momentos: tarefas espor-
tivas e artísticas, que ocorrem no
sábado. A expectativa é de que
1,5 mil pessoas se envolvam di-
retamente na competição.
■ A equipe vencedora da 26ª edição da gincana será conhecida na
noite do dia 7 de junho, durante o baile do município no Clube Vera
Cruz, às 20 horas. A todos os grupos será destinada uma ajuda de
custo de R$ 5 mil, montante incluso nos valores das premiações.
CONSUMIDOR ■ ■ O Balcão do
Consumidor Itinerante da Unisc
(BCI) vai prestar atendimento em
cinco municípios no mês de junho.
Na segunda-feira, atende na Praça
Alberto Blanchardt, de Candelária,
das 13h30 às 17h30. Na quarta, es-
tará defronte da Prefeitura de Va-
le do Sol, das 13h30 às 17h30. Na
sexta, em Arroio do Tigre, na Praça
Deputado Ivo Mainardi, das 13h30
às 17h30. No dia 10, o atendimen-
to é na Praça José Bonifácio de Vera
Cruz, das 13h30 às 17h30. No dia
14 em Linha Hansel, Venâncio Ai-
res, na Escola Municipal Dom Pedro
II, das 9 horas ao meio-dia. As visi-
tas com a unidade móvel podem ser
agendadas pelo telefone (51) 3717
7644 ou pelo e-mail balcaodocon-
sumidor@unisc.br. ■
■■Ponto alto ocorre no domingo, com o desfile temático pela rua principal a partir das 14h30
VERA CRUZ
■■
Concentração ocorre na Rua Carlos
Manoel, em frente à Praça José Bonifácio, às 19 horas
Gincana mobiliza
cinco equipes a
partir de hoje
A atividade é alusiva ao
aniversário do município
de Vera Cruz, que este
ano completa 55 anos de
emancipação
As tarefas da Gincana Mu-
nicipal de Vera Cruz são dis-
ponibilizadas pela comissão
organizadora em tempo real
através do site www.gincana-
veracruz.com.br. O coordena-
dor da competição, Eduardo
Nagel, ressalta que o objetivo
do evento é resgatar a história,
a cultura, a arte e o esporte do
município, além da importân-
cia do trabalho em grupo.
Tarefas on-line
PREMIAÇÃO
1ª colocada R$ 7,5 mil
2ª colocada R$ 6,5 mil
3ª colocada R$ 6 mil
4ª colocada 5,8 mil
5ª colocada 5,6 mil ■
L
u
l
a

H
e
l
f
e
r
/
B
a
n
c
o

d
e

I
m
a
g
e
n
s
/
G
S
16
RELIGIÃO
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Gazeta do Sul
Caminhos da Igreja
Igreja Evangélica
Igreja Luterana
A Bíblia Diz
Searas da Paz
A semana que liga a ascensão de Jesus ao céu e o do-
mingo de pentecostes, além de ser semana de novena do
Espírito Santo, é também a semana onde somos convidados
a rezarmos pela unidade dos cristãos. O princípio norteador
é a consciência de que as divisões fragilizam o anúncio do
Evangelho. Quando os cristãos se debatem por questões
menores, o anúncio de Jesus Cristo vai perdendo força. É o
que já foi mostrado por antigos impérios, que dominavam os
vizinhos à base de intrigas e desavenças semeadas entre o
povo. O próprio Jesus Cristo afirmou a importância de acolher
os diferentes, dizendo que “todo o reino dividido acaba por
perecer” (Mt 12,25).
Em 2014, o tema que motiva a Semana de Oração pela
Unidade dos Cristãos vem do texto de 1 Cor 1,1-17, onde
Paulo pede aos cristãos que se mantenham “de acordo
uns com os outros, para que não haja divisões”. Diante das
discussões surgidas entre os cristãos, onde uns afirmavam
serem discípulos de Apolo, outros de Pedro e outros de Cristo,
Paulo questiona: “Será que Cristo está dividido? Será que
Paulo foi crucificado em favor de vocês? Ou será que vocês
foram batizados em nome de Paulo?”
A divisão é um dos maiores contra testemunhos das
Igrejas. É por isso que o ecumenismo e o diálogo entre as
religiões ganha sempre mais importância no mundo atual. O
exemplo nos vem dos últimos papas da Igreja Católica, que
não mediram esforços para unir as lideranças das variadas
igrejas em preces conjuntas.
Não queremos a uniformidade e nem a unicidade. O que
queremos, sim, é a unidade na diversidade. Que as riquezas
específicas de cada uma das igrejas cristãs contribuam
para tornar o anúncio de Jesus Cristo mais atraente para os
homens e as mulheres do mundo atual e que as variadas
formas de celebrar a mesma fé cristã ajudem as pessoas a
se aproximarem de Jesus Cristo.
Para podermos crescer na unidade, apesar das nossas
diferenças, é importante conhecermos o que é específico da
nossa Igreja. Muitas vezes ouvimos pessoas dizerem que “é
tudo a mesma coisa”, ou, que “tanto faz ser de uma ou de
outra Igreja”. Não é assim que nós entendemos o ecumenismo.
Para a Igreja Católica, o ecumenismo se constrói a partir da
clareza que temos sobre as diferenças que existem entre nós.
É a partir do respeito às diferenças que dialogamos, rezamos
e buscamos ações conjuntas. Aliás, é da essência do diálogo
o confronto com as diferenças. Onde há pleno acordo sobre
todos os assuntos, o diálogo se torna inútil.
Convido, pois, o povo das comunidades católicas a inten-
sificar a oração pela unidade dos cristãos na semana que
antecede ao domingo de Pentecostes. Onde houver possi-
bilidade, vamos nos unir aos cristãos de outras Igrejas para
juntos rezarmos e aprofundarmos a Palavra de Deus. Unindo
as vozes e os corações das várias Igrejas numa única e grande
prece, estaremos negando a divisão de Cristo e afirmando a
unidade das Igrejas Cristãs.
Que o Espírito Santo nos motive ao entendimento e reforce
nossos laços de unidade.
Dom Canísio Klaus
Bispo Diocesano
Uma bola de basquete em minhas mãos vale uns R$
35,00. Uma bola de basquete nas mãos do Oscar vale uns
R$ 70,00. Depende das mãos que a seguram. Uma bola de
vôlei nas minhas mãos vale uns R$ 25,00. Uma bola de
vôlei nas mãos do Tande vale uns R$ 50,00. Depende das
mãos que a seguram.
Uma raquete de tênis em minhas mãos não tem uso algum.
Uma raquete de tênis nas mãos do Guga o tornou número 1
do mundo. Depende das mãos que a seguram.
Uma vara em minhas mãos vai manter animais afastados
de mim. Uma vara nas mãos de Moisés abriu o mar Vermelho.
Depende das mãos que a seguram.
Um estilingue nas minhas mãos é um brinquedo. Um
estilingue nas mãos de Davi se tornou uma arma poderosa.
Depende das mãos que o seguram.
Dois peixes e cinco pães em minhas mãos se tornarão
alguns sanduíches. Dois peixes e cinco pães nas mãos de
Deus podem alimentar multidões. Depende das mãos que
os seguram.
Pregos em minhas mãos podem significar a construção de
uma casa. Pregos nas mãos de Jesus significam a salvação
do mundo inteiro. Depende das mãos...
Você pode concluir agora que tudo depende das mãos...
Então, coloque suas preocupações, interesses, temores, an-
seios, sonhos, sua família, e seus relacionamentos nas mãos
de Deus. (Autor/a desconhecido/a)
Pastor Márcio Arthur Trentini
Programação:
30/05 – 19h30: Culto de Ascensão na Bom Pastor
31/05 – 13h30: Encontro de Presbíteros Paróquia e
Comunidades - Paróquia Santa Cruz
14h: Seminário de Liturgia na Bom Pastor
01/06 – 9h: Culto Ação de Graças com Santa Ceia em
Rio Pardo e almoço
9h15: Culto na Gustavo Adolfo (Especial de orações)
9h30: Culto no Centro
19h: Culto no Centro – Semana de Oração Pela Unidade
dos Cristãos
“Depende das mãos...”
de Confissão Luterana
no Brasil (IECLB)
Acaso Cristo está dividido?
Talvez você já ouviu ou leu muito sobre
Romanos 12.1-2. “Rogo-vos... que apresenteis
o vosso corpo por sacrifício vivo e agradável a
Deus... E não vos conformeis com este mundo...
século... mas transformai-vos pela renovação
da vossa mente...”. No Velho Testamento
quando se fazia um sacrifício de um animal
de acordo com a Lei de Deus, o sacerdote
matava o animal e o cortava em pedaços
que seriam colocados sobre o altar. Sim, o
sacrifício era importante, mas Deus já havia
deixado claro que a obediência de coração
era muito mais importante (I Sm 15.22 ; Sl
40.8; Am 5.21-23). A partir deste ponto da
carta, Paulo está preocupado em aplicar o que
ele ensinou sobre a nossa redenção, o perdão
dos pecados.
Ele começa o v.2 dizendo o que não de-
vemos fazer. Não devemos nos conformar,
não tomar a forma, não seguir o padrão ou
estilo de vida do mundo, não imitar a sua
conduta de vida. Depois ele diz o que devemos
fazer! Transformar, mudar de forma, molde,
modelo. Ele enfatiza a necessidade da mu-
dança de mente. Ele usa o termo renovar com
a ideia de que deve ser tirado algo que não é
bom para nossa vida para ser colocado algo
que é bom. É uma restauração completa e
para melhor. Todo cristão tem esse chamado:
“Não se conformar a este século”. Não temos
que estar de acordo com a conduta e costumes
deste mundo, que de um modo geral é corrup-
to, podre, imoral e injusto. A nossa negação
a fazer parte do mundo deve ir mais além
do que o nível de conduta e costumes. Deve
estar firmemente enraizado em minha mente:
“não se conformar a este mundo por meio
da renovação da minha mente”. Isto significa
que é possível evitar muitos dos costumes e
hábitos mundanos.
A renovação da minha mente acontece
a partir de onde? Como posso fazer isto? A
renovação da minha mente só vai acontecer
à medida que eu leio, ouço a Palavra de Deus.
É a Palavra de Deus que vai moldar a minha
mente, os meus pensamentos, a minha condu-
ta. Por exemplo: O mundo diz que você deve
ser um homem bem-sucedido em sua vida
profissional, em sua carreira, ganhar muito
dinheiro. A Bíblia diz que você pode ganhar
muito dinheiro sim, e ser bem-sucedido em
sua carreira profissional, mas ela diz que você
deve aplicar o máximo que puder no reino de
Deus, na salvação de vidas preciosas por quem
o Senhor Jesus morreu. A Bíblia diz que você
deve investir tempo na leitura da Palavra de
Deus e na oração. Rm 8.5-8
Pr Laerte – batistapioneira@yahoo.com.
br – (51) 3711-3835
Um sacrifício que agrada a Deus!
Quando aplicar passes e demais métodos da
terapêutica espiritual, fugir à indagação sobre
resultados e jamais temer a exaustão das forças
magnéticas. O bem ajuda sem perguntar.
Lembrar-se de que na aplicação de passes
não se faz precisa a gesticulação violenta, a
respiração ofegante ou bocejo de contínuo, e
de que nem sempre há necessidade de toque
direto no paciente. A transmissão do passe
dispensa qualquer recurso espetacular.
Esclarecer os companheiros quanto à incon-
veniência da petição de passes todos os dias,
sem necessidade real, para que esse gênero de
auxílio não se transforme em mania. É falta de
caridade abusar da bondade alheia.
Proibir ruídos quaisquer, baforadas de fumo,
vapores alcoólicos, tanto quanto ajuntamento
de gente ou a presença de pessoas irreverentes
e sarcásticas nos recintos para assistência e
tratamento espiritual. De ambiente poluído,
nada de bom se pode esperar.
Interromper as manifestações mediúnicas no
horário de transmissões do passe curativo. Dis-
ciplina é alma da eficiência. Interditar, sempre
que necessário, a presença de enfermos porta-
dores de moléstias contagiosas nas sessões de
assistência em grupo, situando-os em regime
de separação para o socorro previsto.
A fé não exclui a previdência. Quando opor-
tuno, adicionar o sopro curativo aos serviços do
passe magnético, bem como o uso da água flui-
dificada, do autopasse, ou da emissão de força
socorrista, a distância, através da oração.
O Bem Eterno é bênção de Deus à disposição
de todos. “E rogava-lhe muito, dizendo: — Mi-
nha filha está moribunda; rogo-te que venhas
e lhe imponhas as mãos para que sare, e viva.”
(Marcos, 5:23.)
Conduta espírita perante o passe
“Estejam sempre alegres, orem sempre e se-
jam agradecidos a Deus em todas as ocasiões.”
I Tessalonicenses 5.16-18
Louvar e agradecer a Deus é uma atitude
que não é das mais difíceis de se cumprir. Um
“obrigado” ao Senhor depois de um dia feliz,
depois da superação de um perigo ou ao ver os
filhos sorrirem novamente após uma doença,
não é pedir demais. A coisa fica complicada
quando o agradecimento nos é exigido em
momentos que a vida vai de mal a pior.
O que você acha? Quando a dor, a tristeza,
a miséria e a morte nos atingem de cheio, não
há mais razão para agradecer a Deus, não é
mesmo? Quem pensa assim ainda não com-
preendeu a grandeza da misericórdia do nosso
Deus. Se há momentos na vida em que não
precisamos agradecer ao Criador, o que fazer
com as palavras do Apóstolo Paulo, que diz:
“Estejam sempre alegres, orem sempre e sejam
agradecidos a Deus em todas as ocasiões. Isso
é o que Deus quer de vocês, por estarem unidos
com Cristo Jesus.” A fé cristã implica justamente
em permanecer confiando nas promessas divi-
nas em qualquer situação da vida. Promessas
de que a dor e o sofrimento tem um tempo
marcado e vão passar. Promessas divinas de
uma Nova Vida onde a injustiça, o pecado e a
morte não existirão, pois tudo foi vencido pelo
Cristo morto e ressuscitado.
Mesmo que aparentemente nada nos mo-
tive a dizer “obrigado”, ainda somos movidos
a dizer “graças te damos, ó Senhor, por Jesus
Cristo, o nosso Salvador”. Estar agradecido
a Deus sempre, em todas as situações, é o
desafio colocado diante de nós através dessa
meditação. De coração sincero e aberto, pense
no que o Profeta Habacuque se dispôs a fazer:
“Ainda que as figueiras não produzam frutas,
e as parreiras não deem uvas; ainda que não
haja azeitonas para apanhar nem trigo para
colher; ainda que não haja mais ovelhas nos
campos nem gado nos currais, mesmo assim
eu darei graças ao Deus Eterno e louvarei
a Deus, o meu Salvador. O Senhor, o Deus
Eterno, é a minha força.” Habacuque 3.17-19
Que o Espírito Santo nos ajude a fazer dessas
palavras a nossa confissão de fé.
Que o bondoso Deus nos ensine a ver, em
todas as coisas, a sua bondade e nos ajude a
reconhecer que nada nesse mundo é motivo
para deixarmos de confiar nEle e sempre
agradecer. Um abraço.
Pastor Darci André Roehrs
Cultos: Sáb 31 18h30 Esmeralda
Dom 01.06 9 horas São José da Reserva e
Cohab; 10h Centro e 19 horas Culto da Sema-
na de Oração pela Unidade dos Cristãos, na
Igreja Evangélica de Confissão Luterana, Rua
Venâncio Aires.
Agradecendo
NOTÍCIAS
UNIDADE – Nos dias 1º a 8 de junho comemoramos a Se-
mana de Oração pela Unidade dos Cristãos. Várias cele-
brações estão programadas na região. Em Santa Cruz do
Sul, a abertura acontecerá no dia 1º, às 19 horas, na IECLB
centro; no dia 5 haverá celebração na IELB e no dia 8 na
catedral. Outras celebrações acontecem em Sinimbu, Rio
Pardo e Monte Alverne.
FORMAÇÃO POLÍTICA – Na próxima quarta-feira, no Se-
minário São João Batista, acontece uma reunião das co-
ordenações de pastoral das Dioceses de Santa Cruz do
Sul, Cachoeira do Sul e Santa Maria para projetar a Esco-
la Cristã de Educação Política no ano de 2015. O objetivo
é qualificar pessoas que possam atuar nos partidos polí-
ticos, sindicatos, associações de moradores e conselhos
municipais, movidos pelos princípios da fé cristã.
AGENDA – Hoje, 8h30, reunião, no mosteiro, com a co-
ordenação do programa do Cuidado com a Vida; 19h30
novena do E. Santo em Encruzilhada do Sul. Amanhã, na
parte da manhã, Dom Canísio marca presença no encon-
tro de formação dos diáconos em Santa Cruz e da EJR em
Rio Pardo; 18 horas crismas em Mato Leitão. Domingo,
8h30, crismas em Palanque. Dia 3, 8h30, reunião do Colé-
gio de Consultores. Dia 4, reunião com os bispos e supe-
riores provinciais do RS em São Leopoldo.
CATEDRAL – Amanhã, 13h30, reunião dos coroinhas; 16
horas missa na capela Santa Helena; 17 horas missa na
catedral. Domingo, missa na catedral às 7, 9, 10h30 e 19
horas; 9 horas missa na comunidade Nossa Senhora do
Carmo; 10h15 missa na comunidade Sagrado Coração de
Jesus; 18 horas adoração e bênção do santíssimo na ca-
tedral.
RESSURREIÇÃO – Amanhã, 16h30, missa na matriz com
coroação de Nossa Senhora. Todos são convidados a le-
var um quilo de alimento não perecível. Domingo, 8 horas
missa na matriz. Dia 2, 19h30, reunião dos ministros. Dia
3, 19h30, celebração da Palavra na comunidade Navegan-
tes. Dia 5, 17h30, ensaio de canto na Ressurreição.
SANTO ANTONIO – Hoje, 20 horas, preparação ao batis-
mo na matriz. Amanhã, 18 horas, peregrinação de Santo
Antonio na Aparecida. Domingo, 8h30, missa com batiza-
do na matriz; 10 horas peregrinação de Santo Antonio na
comunidade N. S. de Fátima.
CONCEIÇÃO – Hoje, 15h30 e 19 horas reza do terço das
rosas na matriz. Amanhã, 17 horas, missa na matriz e 19
horas missa na Aparecida. Domingo, 8 horas, missa na
matriz. Dia 3, 19 horas, reunião do conselho administra-
tivo na matriz.
ESPÍRITO SANTO – Durante esta semana acontece a No-
vena do Espírito Santo na paróquia, com celebrações diá-
rias na matriz. As celebrações acontecem às 19h30, sendo
que a festa será nos dias 6 a 8 de junho.
LINHA SANTA CRUZ – Hoje, 19h30, reunião das diretorias
na matriz; 19h30 missa no Loteamento Glesse (casa de
Marlene do Nascimento). Amanhã, 14 horas, missa no Nú-
cleo Sagrada Família; 18 horas missa com jubileu de ouro
de Alfonso e Erica Saath em Linha Nova. Domingo, 8h30
missa na matriz; 10 horas missa com quermesse em Boa
Vista. Dia 5, reunião da comarca em Monte Alverne.
SÃO JOSÉ – Missa amanhã às 18h30 e no domingo às
9horas.
SANTO INÁCIO – Amanhã, 18 horas, missa de encerra-
mento do mês de maio. Todas as famílias são convida-
das a levar um quilo de alimento não perecível. Domingo,
missa às 9h30.
17
Gazeta do Sul Gazeta do Sul
POLÍTICA
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Indicadores econômicos
INCC-M
585,207
Variação
1,37%
UPM
R$ 237,11
UPF/RS
R$ 14,5479
Mercado agrícola
Fonte: EMATER/RS-ASCAR
Preços médios conforme levantamento
da Emater/RS Ascar no Estado
Mel: R$ 10,00 (Quilo) Fumo BO1: R$ 9,22 (Quilo) Fumo TO2: R$ 7,41 (Quilo)
Produto un. R$ mín. R$ max.
Arroz saco 50 kg 33,00 37, 50
Feijão saco 60 kg 90,00 180,00
Milho saco 60 kg 23,00 28,50
Soja saco 60 kg 61,00 66,00
Sorgo saco 60kg 19,20 21,30
Trigo saco 60 kg 33,00 36,30
Boi gordo kg vivo 4,00 4,30
Produto un. R$ mín. R$ max.
Vaca gorda kg vivo 3,50 3,90
Suíno kg vivo 2,85 3,00
Cordeiro kg vivo 3,50 4,50
Leite litro 0,78 1,07
Salário mínimo
regional
1 – R$ 868,00
2 – R$ 887,98
3 – R$ 908,12
4 – R$ 943,98
Dólar* Euro*
Comercial Paralelo Turismo
2,224 2,38 3,0279
*valores na venda
Poupança (Depósitos até 3/5/2012)
30/05 – 0,5800% 31/05 – 0,5800% 1º/06 – 0,5607%
Poupança Nova (Depósitos a partir de 4/5/2012)
30/05 – 0,5800% 31/05 – 0,5800% 1º/06 – 0,5607%
TR – 06/08 – 0,6137% IGP-M (maio) -0,13% CDI – 10,80%
Salário mínimo
nacional
R$ 724,00
5– R$ 1.100,00
Brasília – Relator do maior pro-
cesso criminal já julgado pelo Su-
premo Tribunal Federal e o mais
polêmico presidente da história re-
cente da corte, o ministro Joaquim
Barbosa, 59, anunciou nessa quin-
ta-feira que se aposentará e deixa-
rá o tribunal no final de junho. Pri-
meiro negro a presidir o STF, Bar-
bosa ganhou fama como o rela-
tor que conduziu o julgamento do
mensalão, que terminou com a an-
tiga cúpula do PT, incluindo o todo
poderoso ex-ministro José Dirceu,
condenada à prisão.
O resultado do julgamento tor-
nou Barbosa popular a ponto de re-
ceber aplausos na rua e alimentou
especulações sobre suas ambições
políticas. Sem filiação a nenhum
partido, ele não pode se candida-
tar a nada nas eleições de outubro,
mas seu apoio é cobiçado pelos ri-
vais da presidente Dilma Rousseff
na corrida eleitoral deste ano.
Barbosa anunciou sua decisão
no início da sessão dessa quinta no
STF. “Requererei meu afastamen-
to do serviço público após quase
41 anos”, disse. “Tive a felicida-
de, a satisfação e a alegria de com-
por essa corte no que é talvez seu
momento mais fecundo, de maior
criatividade e de importância no
cenário político-institucional do
nosso país.” Barbosa deixa o cargo
após 11 anos no tribunal e antes de
completar o mandato de dois anos
como presidente, que iria até no-
vembro. Ele poderia continuar mi-
nistro até a aposentadoria compul-
sória, prevista para 2024, quando
completará 70 anos de idade.
Indicado para o STF pelo ex-
presidente Luiz Inácio Lula da
Silva, Barbosa colecionou dispu-
tas com colegas, atacou jornalis-
tas, acusou advogados de conluio
com juízes e associações de magis-
trados, de corporativismo.
Antes de informar seus cole-
Brasília – O Congresso in-
gressou ontem com duas ações
no STF (Supremo Tribunal Fe-
deral) para tentar derrubar deci-
são do Tribunal Superior Eleito-
ral que determina nova divisão
dos tamanhos das bancadas dos
deputados federais, estaduais e
distritais.
As ações pedem que o Supre-
mo conceda liminar para sustar
os efeitos da resolução do tribu-
nal, mantendo a atual divisão das
bancadas nas eleições de outu-
bro. Pelo modelo aprovado pelo
tribunal eleitoral, oito Estados
(AL, ES, PE, PR, RJ, RS, PB e
PI) perdem representatividade na
Câmara dos Deputados, enquan-
to cinco (AM, CE, MG, SC e PA)
ganham. A medida tem impacto
na divisão das cadeiras das As-
sembleias Legislativas e da Câ-
mara Legislativa do DF.
O Senado ingressou com uma
ação declaratória de constitucio-
nalidade em que pede que uma
liminar suspenda a decisão do
TSE, além de que o Supremo de-
clare constitucional decreto le-
gislativo aprovado no ano pas-
sado pelo Congresso que man-
tém a divisão das bancadas que
está em vigor.
“O decreto legislativo é o ins-
trumento adequado e idôneo para
controlar a delegação legislati-
va. Ao ignorar esse controle le-
gítimo do ato de delegação pelo
Congresso Nacional, sem decla-
ração formal de inconstitucio-
nalidade do decreto legislativo,
o TSE violentou a competência
constitucional do parlamento”,
diz a ação.
Os advogados do Senado tam-
bém afirmam que a decisão do
TSE “viola o preceito fundamen-
tal da separação entre os Pode-
res” e vai criar um “gravíssimo
quadro de insegurança jurídica”
nas eleições deste ano.
A Câmara também ingres-
sou com uma Adin (Ação Dire-
ta de Inconstitucionalidade) no
STF para questionar a decisão do
TSE. A Casa argumenta que a lei
complementar que serviu de guia
para a decisão do tribunal apenas
delegou ao TSE a competência
de informar aos TREs (Tribunais
Regionais Eleitorais) e aos parti-
dos políticos o número de vagas
a serem disputadas. ■
Brasília – Após uma reunião
sem resultados concretos com o
ministro da Justiça, José Eduardo
Cardozo, os índios que faziam um
protesto em Brasília nessa quinta-
feira declararam “guerra” ao mi-
nistro e morte aos fazendeiros que
disputam terras com eles.
A principal reivindicação foi
por agilidade na demarcação de
terras, mas eles queriam também
punição aos assassinatos de lide-
ranças indígenas e a libertação de
índios presos.
O cacique Uilton Tuxá, da
Bahia, um dos 18 integrantes da
comissão que esteve com o mi-
nistro, afirmou que foi a “pior”
reunião com o governo federal
da qual eles já participaram. “Ele
[Cardozo] disse que não vai assi-
nar nada. Que vai insistir na tenta-
tiva de construir mesas de diálo-
go”, relatou Tuxá.
Frustrados, os índios que esta-
vam acorrentados em um mastro
com a bandeira do Brasil foram
soltos e pintaram parte da bandei-
ra com tinta vermelha, declarando
“guerra” ao ministro. “Por culpa
dele, muitos fazendeiros vão mor-
rer”, disse um dos indígenas.
O protesto começou por volta
das 8 horas, quando cerca de 300
índios, segundo estimativa da Polí-
cia Civil, ocuparam a parte externa
do Ministério da Justiça e impedi-
ram o acesso dos funcionários.
Depois de uma negociação, li-
beraram o acesso e foram recebi-
dos pelo ministro Cardozo por vol-
ta das 16h30. Pouco antes disso,
cinco índios se acorrentaram ao
mastro, como protesto pela demo-
ra em serem recebidos.
Os índios estão em Brasília des-
de segunda-feira para uma semana
de mobilização e entraram em con-
fronto com policiais na terça-feira.
(Folhapress) ■
JUDICIÁRIO
■■
O mais polêmico presidente da história recente do Supremo
Tribunal Federal e relator do processo do mensalão vai deixar o tribunal em junho
Joaquim Barbosa antecipa
aposentadoria e deixa STF
■■Barbosa: “Sai da minha vida a ação penal 470 (mensalão)”
NÚMERO DE DEPUTADOS
Congresso entra com ações
para manter as bancadas
PROTESTO
Após reunião, índios declaram
“guerra” a ministro da Justiça
Indicado para o STF
pelo ex-presidente Lula,
Barbosa colecionou
disputas com colegas
gas sobre sua aposentadoria, este-
ve com Dilma e os presidentes do
Senado, Renan Calheiros (PMDB-
AL), e da Câmara, Henrique Edu-
ardo Alves (PMDB-RN).
Barbosa dava sinais há algum
tempo de que não exerceria seu
mandato até o fim. No auge do
julgamento do mensalão, alguns
de seus colegas achavam que ele
poderia sair em abril para se can-
didatar a um cargo eletivo, mas ele
não se filiou a nenhum partido no
prazo legal. Depois de encerrada
a primeira fase do mensalão, em
2012, quando conseguiu a conde-
nação da maioria dos réus, Barbo-
sa sofreu um revés com a entrada
de Teori Zavascki e Luís Roberto
Barroso na composição da corte.
A maioria que seguira sua inter-
pretação do caso se desfez, e Bar-
bosa viu a condenação dos réus
pelo crime de formação de quadri-
lha cair no julgamento de recursos.
(Folhapress) ■
F
e
l
i
p
e

S
a
m
p
a
i
o
/
S
T
F
Em sua primeira entrevista após anunciar que vai pedir sua
aposentadoria, Joaquim Barbosa, disse que o mensalão é assunto
“superado” e que sai da sua vida. “Esse assunto está completa-
mente superado. Sai da minha vida a ação penal 470 [mensalão]
e espero que saia da vida de vocês. Chega desse assunto”, disse,
ao ser questionado se pretende lavar ao plenário os últimos recur-
sos dos presos do mensalão antes de se aposentar.
Barbosa foi o relator da maior ação penal analisada pelo tribu-
nal, que resultou na condenação de 25 pessoas, entre elas a cúpu-
la do PT no governo Lula. No período em que esteve à frente do
caso, se envolveu em discussões com ministros e advogados.
Em entrevista após a sessão de ontem, ele afirmou que deixa
o tribunal por “livre arbítrio”, defendeu mandato de 12 anos para
ministros do Supremo e não descartou dar palestras. Questiona-
do sobre seus planos no curto prazo, respondeu: ver a Copa do
Mundo e descansar. “Eu preciso de descanso inicialmente. Essa
decisão, [tomei] naqueles 22 dias que eu tirei em janeiro, eu es-
tive na Grã-Bretanha e na França. Aquilo foi decisivo para mi-
nha decisão”, afirmou. Barbosa afirmou que não guarda nenhu-
ma decepção no período à frente do tribunal. Após dizer que re-
solveu sair por “livre arbítrio”, ele defendeu que o Supremo pre-
cisa de renovação. “Desde a minha sabatina, eu deixei muito cla-
ro que não tinha intenção de ficar a vida toda aqui no Supremo.”
(Folhapress)
A primeira entrevista
18
Gazeta do Sul
ECONOMIA
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO PARDO
EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 061/2014
CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 005/2014
O PREFEITO MUNICIPAL DE RIO PARDO/RS, no uso de suas atribuições, torna
público, ao conhecimento dos interessados o certame, cujo objeto é a alienação
de imóvel rural, área de terra localizada na Volta Grande, distrito de Passo do
Adão, dar-se-á dia 16 do mês de julho de 2014, às 9 (nove) horas, na Prefeitura
Municipal, localizada na Rua Andrade Neves, nº 324 – Centro, Cep 96.640-000,
Rio Pardo/RS.
Rio Pardo/RS, 29 de maio de 2014.
FERNANDO HENRIQUE SCHWANKE - Prefeito Municipal
Comarca: SANTA CRUZ DO SUL - RS OFICIAL: PAULO HEINRICH
EDITAL DE NOTIFICAÇÃO
RETIFICAÇÃO DE ÁREA
PAULO HEINRICH, Oficial do Registro de Imóveis desta Circunscrição de
Santa Cruz do Sul - RS nos termos do §3° do art. 213, da Lei 6.015/1973
(incluído pela Lei nº 10.931/2004) no Procedimento Administrativo de
Retificação do imóvel transcrito sob nº 27.414, fls. 168, LO3-AS, requerido
pelo Espólio de WALTER FREDERICHS, no ato representado pela viúva Erna
Frederichs e todos os herdeiros, pelo presente Edital notifica o confrontante
abaixo relacionado não encontrado quando de outras alternativas de
notificação previstas na Lei:
GEFERSON PAULO TOLOTTI, Avenida Independência, nº 860 - CEP 96815-
326 - Santa Cruz do Sul-RS, para se manifestar, no prazo de 15 (quinze) dias,
nos termos do §2° da mesma Lei, estando a documentação à disposição no
Ofício de Registro de Imóveis sito à rua Tenente Coronel Brito nº 1.075, sala
101, nesta cidade, presumindo-se a anuência do confrontante que deixar de
apresentar impugnação no prazo legal.
Dado e passado em 26 de maio de 2014.

Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul
EXTRATO DE TERMOS ADITIVOS
Contratada: Funerária Machado (1º) Objeto: prorrogado o prazo inicial. Fundamentação:
Cláusula Quarta do Termo de Convênio nº 023/PGM/2013. Processo 011/SMIDSH/2013.
Data: 24/04/2014.
Contratada: Treviplam Engenharia Ltda (1º). Objeto: prorrogado o prazo inicial.
Fundamentação: Cláusula Terceira, letra “b”, do Termo de Contrato nº 058/PGM/2014.
Processo 018/2014/FAZ. Concorrência 01/2014. Data: 14/05/2014.
Contratada: Treviplam Engenharia Ltda (2º). Objeto: acréscimo ao valor inicial.
Fundamentação: Alínea “h” da Cláusula Sexta do Termo de Contrato nº 058/PGM/2014.
Processo 018/2014/FAZ. Concorrência 01/2014. Data: 14/05/2014.
Contratada: Treviplam Engenharia Ltda (3º). Objeto: prorrogada a garantia prestada.
Fundamentação: Parágrafo Terceiro da Cláusula Oitava do Termo de Contrato nº 058/
PGM/2014. Processo 018/2014/FAZ. Concorrência 01/2014. Data: 22/05/2014.
Contratada: Treviplam Engenharia Ltda (1º). Objeto: suprimido o valor inicial.
Fundamentação: Cláusula Sexta, alínea “o”, do Termo de Contrato nº 018/PGM/2012.
Processo 160/2013/FAZ. Tomada de Preços 018/2013. Data: 22/04/2014.
Contratada: Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo - CISVALE
(2º). Objeto: prorrogado o prazo inicial. Fundamentação: Cláusula Quinta do Termo de
Convênio 077/PGM/2011. Processo 233/COMPRAS/2011. Data: 05/12/2013.
Contratada: LDM Comércio de Equipamentos Ltda. (1º). Objeto: modificada a marca do
lote 77. Pregão 019/2013. Processo 002/2013/FAZ. Data: 08/05/2014.
Contratada: Jop Comunicação Virtual Ltda (2º). Objeto: prorrogado o prazo inicial.
Fundamentação: Cláusula Terceira, letras “a” e “b”, do Termo de Contrato nº 034/
PGM/2014. Processo 150/2013/FAZ. Pregão 114/2013. Data: 17/04/2014.
EXTRATO DE TERMOS DE CONTRATO
Contrato: 116/PGM/2014. Contratada: Conzatti Engenharia Eirelli. Objeto: prestar
serviços com fornecimento de materiais para a execução da construção da Unidade
Básica de Saúde Porte I emLinha Rio Pardinho. Tomada de Preços 02/2014. Processo:
014/2014/FAZ. Data: 23/05/2014.
Contrato: 094/PGM/2014. Contratada: E. Tamussimo & Cia Ltda. Objeto: fornecer um
monoxímetro, medidor de concentração de monóxido de carbono expirado. Fundamentação:
Art. 24, II da Lei 8666/96. Processo: 070/COMPRAS/2014. Data: 14/04/2014.
EXTRATO DE TERMO DE CONVÊNIO
Convênio: 030/PGM/2014. Conveniada: Ordem Auxiliadora de Senhoras da
Comunidade Evangélica Centro – IECLB em Santa Cruz do Sul. Objeto: Custear
despesas do projeto “A Música e a Dança”. Fundamentação: Lei Municipal 7012/2014.
Processo 006/SMIDSH/2014. Data: 09/05/2014.
EXTRATO DE TERMO DE PERMISSÃO DE SERVIÇO DE TÁXI
Permissionário: Linos Ruhoff. Objeto: permissão de transporte de passageiro em
automóvel de aluguel – táxi. Processo: 011/SMTSP/2014. Data: 01/04/2014.
Aviso de Liberação de Recursos:
A Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul-RS comunica, para efeito do art. 2º da Lei
9.452/1997, aos partidos políticos, sindicatos de trabalhadores e entidades empresariais
comsede neste Município, a liberação dos seguintes recursos:
Urbanização e Regularização de Assentamentos Precários - Pro-Moradia - PAC - Contrato
nº 294.351-40 (28/05/2014)........................................................................R$ 1.142.374,77
No caderno Cl assi ficados
na edição de ontem,
29/5/2014, saiu
erradamente a
dat a da pr omoção.
O correto é:
Pr eços vál i dos par a
os di as 29/5 a 2/6 ou
enquant o dur ar
o est oque.
PREFEI TURA MUNI CI PAL DE CACHOEI RA DO SUL
AVISO DE LICITAÇÃO
O Município de Cachoeira do Sul-RS torna público que realizará a seguinte
licitação: PREGÃO ELETRÔNICO 124/2014-PROCESSO 8155/2014, referente
à aquisição de peças e serviço para conserto de veículo Micro-Ônibus Volare V8,
ano 2008. Início da sessão: 11/6/2014, às 8h30. O edital está disponível nos sites
www.cidadecompras.com.br e www.cachoeiradosul.rs.gov.br e na Secretaria Mu-
nicipal de Administração, Departamento de Compras, Rua Moron nº 1.013, fone:
0 (xx) 51 3724 6052, em horário de expediente.
Cachoeira do Sul, 29 de maio de 2014.
CRISTINA DA GAMA MÓR - Secretária Municipal de Administração
Publicações Legais
Brasília – Com o ritmo da
economia em desaceleração, o
governo federal teve que recor-
rer às estatais para cumprir sua
meta fiscal para o quadrimestre.
O saldo das contas do Tesouro
Nacional – a diferença entre as
receitas e os gastos – no período
foi de R$ 29,6 bilhões. A meta
de superavit primário era de R$
28 bilhões.
Nos primeiros quatro meses
do ano, o Tesouro extraiu R$ 8,2
bilhões em dividendos – parcela
dos lucros das
estatais –, ante
R$ 1 bilhão no
mesmo período
do ano passado,
um aumento de
716%. De ja-
neiro a abril do
ano passado, o
resultado primário do governo
foi de R$ 27,3 bilhões.
De acordo com Arno Augus-
tin, secretário do Tesouro Nacio-
nal, a programação de dividendos
de 2014 está normal, e até o fim
do ano serão extraídos R$ 23 bi-
lhões dessa fonte. No ano pas-
sado, foram R$ 17 bilhões. “Di-
videndo é uma receita recorren-
te. A partir do momento em que
as nossas empresas estatais pas-
saram a ter resultados positivos,
isso vem acontecendo recorren-
temente”, afirmou.
As despesas federais com pes-
soal, programas sociais, custeio
administrativo e investimentos
tiveram alta de 10 % nos quatro
primeiros meses, somando R$
314,7 bilhões. As receitas, por
sua vez, apresentaram um cres-
cimento de 10,7%, somando R$
418 bilhões. Para Augustin, as
receitas estão “em linha” com as
metas do governo.
Sobre o fraco ritmo de cres-
cimento da economia, os efeitos
da Copa do Mundo na produção
e as desonera-
ções que o go-
verno vai pere-
nizar, Augustin
afirmou que a
previsão de re-
ceitas do gover-
no é “conser-
vadora”, e em
“qualquer cenário tem facilida-
de de cumprimento”.
Não fossem os dividendos in-
cluídos na conta, as despesas te-
riam crescido a uma taxa maior do
que as receitas, comprometendo a
poupança feita pelo governo para
honrar com o pagamento dos juros
da dívida pública. De acordo com
a meta do governo, o Tesouro Na-
cional deverá fazer uma poupança
de R$ 80,8 bilhões até o final do
ano. Estados e municípios ficarão
responsáveis por poupar R$ 18,2
bilhões. (Folhapress) ■
São Paulo – Itens como ovos,
aves e batata ficaram mais bara-
tos em maio e ajudaram a levar o
índice que reajusta os aluguéis, o
IGP-M, a uma queda de 0,13% no
mês. Em abril, a alta havia sido de
0,78%. O resultado do mês, divul-
gado ontem pela Fundação Getú-
lio Vargas (FGV), ficou abaixo
das previsões do mercado, que es-
perava um recuo de 0,02%.
Também ajudou a reduzir o
acumulado em 12 meses de 7,98%
para 7,84%. Os preços agropecu-
ários caíram de 2% para -0,68% e
foram os principais responsáveis
pela perda de ritmo no atacado. O
IPA, que mede as variações nesse
estágio, teve variação de -0,65%
depois de uma alta de 0,78% no
mês anterior. O subitem tem peso
de 60% sobre o IGP-M total.
A batata-inglesa foi o destaque
entre os recuos, caindo 11,6% de-
pois de ter subido cerca de 36% no
mês anterior. Em seguida, veio a
mandioca, que ficou 7,32% mais
barata.
No varejo, também houve de-
saceleração no ritmo de alta.
O IPC, que mede as variações
na ponta de consumo, avançou
0,68% em maio, ante variação de
0,82% em abril.
Assim como no atacado, os ali-
mentos foram destaque. O grupo
registrou variação de 0,81%, me-
tade do registrado no mês anterior.
(Folhapress) ■
MERCADO ■ ■ Atravessando um
período de ajuste ao forte ganho
dos últimos meses, o Ibovespa –
principal índice da Bolsa brasileira
– fechou ontem no vermelho, pres-
sionado por ações do setor finan-
ceiro e da Petrobras. “Os indicado-
res econômicos não ajudaram, co-
mo o fraco desempenho da eco-
nomia americana. É natural que o
setor bancário sofra mais em um
ajuste da Bolsa, já que foi um dos
que mais subiram desde o início do
ano”, diz Pedro Galdi, analista-chefe
da SLW Corretora. O Ibovespa caiu
0,76%, para 52.239 pontos. O vo-
lume financeiro movimentado no
dia foi de R$ 4,5 bilhões, abaixo da
média diária do mês, de R$ 5,9 bi-
lhões. No câmbio, o dia foi de for-
talecimento do real em relação ao
dólar. O dólar à vista, referência no
mercado financeiro, caiu 0,81% so-
bre o real, para R$ 2,219 na venda.
Já o dólar comercial, usado no co-
mércio exterior, cedeu 0,49%, para
R$ 2,224. (Folhapress) ■
CONTAS PÚBLICAS
Governo recorre às estatais
para cumprir a meta fiscal
O saldo das contas
do Tesouro Nacional
no período foi de
R$ 29,6 bilhões
INFLAÇÃO
IGP-M tem queda
de 0,13% em maio
19
Gazeta do Sul
PAÍS
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Convi t e par a Mi ssa de 4º Ano de Fal ec i ment o
† 30/5/2010
Gui do Er nani Kuhn
convidam para a missa de 4º ano de falecimento
a ser realizada hoje, 30/5/2014, às 18h15, na
Catedral São João Batista.
Deus tira de nós o que mais amamos,
quando menos esperamos e sem nenhum
aviso.
Mas o tempo é remédio e nele conquistamos
o consolo, com ele pensamos nos maravilhosos
momentos ao seu lado. E, no fim, apenas a
saudade e uma certeza: não importa onde
esteja, estará sempre conosco.
Esposa Lurdes Müller Kuhn e familiares de
Homenagem de Ani ver sár i o
Adai r César Weber
Querido filho, hoje, 30 de maio, estarias com-
pletando 40 anos. Um dia tão especial, mas
não podemos te abraçar e te beijar como gos-
taríamos. De cantar o Parabéns a Você e dizer
o quanto te amamos. Pois a tua vida foi tirada
de nós, sem nos ter dado o adeus. Essa foi
a vontade de Deus. Não é fácil superar essa
perda, sentimos a tua falta por não estar mais
ao nosso lado, com a tua alegria que conta-
giava a todos nós. A dor e a tristeza ainda
nos machucam muito, mas, com certeza, onde
tu estiveres estás ao lado de Deus, e os anjos
te digam em uma só voz: Feliz Aniversário. E
nós aqui, Adair, com muitas saudades,também
te desejamos Feliz Aniversário.
Obrigado por ter sido o nosso filho!
E agora só nos resta esperar o dia do reencontro.
Dos pais Ari e Delci Weber e demais familiares.
Homenagem e Convi t e par a Mi ssa de
7º Di a e e Cul t o em Memór i a de
Pat r íc i a de Fr ei t as Sant os
Princesa amada:
Hoje olhamos suas fotografias e as lágrimas
molham nossos rostos.
Não conseguimos aceitar que você partiu, não
acreditamos que você foi para junto de Deus
sem dizer um último adeus.
Não era para ser assim.
Sabe qual é o nome da dor que sentimos hoje?
Saudade!
Saudade é não saber: o que fazer com os dias
que ficam mais compridos, como encontrar
tarefas que lhe cessem o pensamento, como
frear as lágrimas diante de uma música e como
vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
“Para quem tem fé, a vida nunca tem fim.”
Te Amamos!
Pais Celso e Joseana, irmã Eduarda e
demais familiares convidam para a missa
de 7º dia, na Catedral São João Batista, dia
30/5/2014, às 18h15, e para o culto em me-
mória na Igreja Evangélica Quadrangular
(Rua Antônio Kipper 340) no dia 1º/6/2014,
às 19 horas.
Par t i c i paç ão de Fal ec i ment o e
Convi t e par a Cul t o em Memór i a
El vi r a Leonor a
Pfi ngst ag
participam o seu falecimento ocorrido no dia
29/5/2014, aos 92 anos, e convidam para o
culto em memória a ser realizado domingo,
dia 8/6/2014, às 9h30, na Igreja Evangélica
– Centro.
Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e
a vida. Aquele que crê em Mim, ainda que
morto, viverá. E todo aquele que vive e crê
em mim, jamais morrerá.” João 11: 25-25
Filhas Irani Walter e família, Dulce dos Santos e família, Marly Dreher
e família, e demais parentes da sempre lembrada mãe, sogra, avó, bisavó,
cunhada e tia
Homenagem de Ani ver sár i o
Ai r t on Gust avo Gaer t ner
Pai! E eu pensei que nunca ia te perder, mas tudo que vejo faz lembrar
você, espero outro dia pra te ver aqui…
De um jeito carente, sorriso transpa-
rente se agarrando em mim…
E nada é mais difícil que viver
sem ti. Sofrendo pela espera de te
ver voltar.
O frio do meu corpo pergunta por
ti e não sei onde está…
Se não tivesse ido, eu era tão feliz.
Pai, você sempre foi e sempre será
o melhor pai do mundo.
Feliz Aniversário!
Julio Gaertner e noiva Karla Fisch-
born, Guilherme Gaertner, Gustavo
Gaertner e esposa Najara e netos
Breno e Nuvi.
* 30/5/1959
Homenagem de Ani ver sár i o
e Convi t e par a Mi ssa de
Ai r t on Gust avo Gaer t ner
Familiares convidam para a missa a ser
realizada dia 30/5/2014, às 18h15, na Catedral
São João Batista.
Hoje é dia de festa no céu! Deus quis que os
teus 55 anos fossem comemorados ao lado Dele
e não do nosso.
A dor da tua ausência é muito grande, mas
permanecem as lembranças da pessoa maravi-
lhosa que sempre foste e o exemplo de ser humano
digno, correto e honesto.
O dia do teu aniversário, que sempre foi
de muita festa e alegria, hoje é de lágrimas e
saudades.
A vontade de te abraçar e parabenizar é muito
grande, mas o que nos conforta é saber que estás
ao lado de Deus.
Saudades é o amor que fica…
“Nego, sempre vou te amar! Leda.”
Anúncios Fúnebres
Brasília – Em parecer enviado
ao STF (Supremo Tribunal Fede-
ral), o procurador-geral da Repú-
blica, Rodrigo Janot, afirmou on-
tem que o programa Mais Médi-
cos, do governo federal, é legal.
Vitrine eleitoral da presidente
Dilma Rousseff (PT), o Mais Mé-
dicos tem o objetivo de aumen-
tar a presença desses profissio-
nais no interior do país e nas pe-
riferias das grandes cidades, em
postos de atenção básica. Para
isso permite a atuação de médi-
cos sem diploma revalidado em
território nacional. Atualmente,
cerca de 1.400 médicos estão se-
lecionados para atuar no país.
A validade do programa foi
questionada no Supremo pela
AMB (Associação Médica Bra-
sileira) e pelo Conselho Federal
de Medicina.
Segundo Janot, não há viola-
ção do direito à saúde por falta
de revalidação do diploma, pois
não há obrigatoriedade constitu-
cional dessa providência.
Além disso, o Programa Mais
Médicos não viola direitos so-
ciais dos trabalhadores, não fere
os princípios do concurso público
e da legalidade nem a obrigato-
riedade de licitação, por tratar-se
de contratação temporária.
Também segundo o parecer,
não há lesão à autonomia univer-
sitária e ao regime jurídico dos
servidores públicos, nem ocor-
re exercício ilegal da medicina.
(Folhapress) ■
Brasília – O Senado aprovou
ontem projeto de lei que obriga
todos os hospitais e maternida-
des no país a realizarem o chama-
do “teste da linguinha” em bebês
recém-nascidos. O projeto segue
para sanção da presidente Dilma
Rousseff.
O teste detecta uma alteração
na membrana que conecta a lín-
gua ao assoalho da boca (cha-
mada de frênulo). Ele permite
identificar casos de língua presa
e eventuais problemas que po-
dem prejudicar a amamentação,
que provocam o desmame pre-
coce ou o baixo ganho de peso
do bebê.
Originalmente, a proposta es-
tabelecia que, além do teste, teria
que ser realizada cirurgia correti-
va caso se constatasse que o bebê
tivesse língua presa. Os congres-
sistas, porém, retiraram esse ar-
tigo. Apenas o teste passa a ser
obrigatório.
Se não houver veto da presi-
dente Dilma Rousseff ao projeto,
os hospitais e maternidades terão
prazo de 180 dias para se adequa-
rem à medida – prazo fixado na
proposta. (Folhapress) ■
Brasília – O Ministério da Saú-
de revogou ontem portaria que mo-
dificava a forma de registrar os ca-
sos de abortos legais feitos na rede
pública e elevava o valor pago pelo
procedimento. A pasta justificou
que houve falhas técnicas nessa e
em outras três portarias publica-
das pela Secretaria de Atenção à
Saúde. Grupos feministas dizem
que tais falhas são raras e temem
que a revogação tenha a ver com
o medo do impacto da medida no
eleitorado evangélico.
Parlamentares religiosos come-
moravam o “recuo”. “A vida ven-
ceu. Nós, o PSC (Partido Social
Cristão) e a sociedade consegui-
mos impor um recuo ao governo
na tentativa de oficializar o aborto
no país”, afirmou o presidente da
sigla, Pastor Everaldo. O partido
pretendia ingressar com uma ação
de inconstitucionalidade no STF
(Supremo Tribunal Federal).
A norma revogada aumentava
de cerca de R$ 170 para R$ 483 o
valor a ser pago pelo procedimen-
to de aborto no SUS. O governo
afirmou que o cálculo do reajuste
continha erros. A portaria não al-
terava as condições estabelecidas
por lei e pela Justiça para a reali-
zação de aborto na rede pública –
estupro, risco à vida da mãe e fetos
anencéfalos. (Folhapress) ■
SAÚDE MAIS MÉDICOS
Ministério revoga portaria sobre aborto Procurador diz que
programa é legal
PROJETO
Senado aprova
“teste da linguinha”
ocorrido ontem no Hospital Santa Cruz, aos 83 anos. O corpo está
sendo velado na capela da Funerária Martin anexa à Igreja Ressur-
reição, com o sepultamento ocorrendo hoje, às 16 horas, no Cemi-
tério Municipal.
Funerária Martin
Par t i ci pação de Fal eci ment o
e Convi t e par a Ent er r o
Esposo Dionízio Camargo, filhos René Camar-
go (in memoriam) e família, Eneida Maria Thier e
família, Jair Antônio Camargo e família, Ana Ca-
margo e família, amigos e demais parentes comu-
nicam com profundo pesar o falecimento da sem-
pre lembrada esposa, mãe, sogra, avó, bisavó,
irmã, cunhada e tia
Rosa Pet r oni l a da Si l va Camar go
Por causa das suspensões, o
Avenida terá mudanças para o
primeiro jogo da finalíssima da
Série A2 do Campeonato Gaú-
cho contra o Ypiranga neste do-
mingo, às 15h30, no Estádio
dos Eucaliptos, em Santa Cruz
do Sul. Durante o treino realiza-
do em campo reduzido ontem à
tarde, o técnico Tonho Gil esbo-
çou a equipe que enfrenta o ven-
cedor do primeiro turno da Divi-
são de Acesso.
Assim como nas fases ante-
riores, haverá saldo qualifica-
do para desempate. Com isso, o
objetivo é conquistar uma vitó-
ria sem sofrer gols. A pedido da
emissora de TV detentora dos
direitos de transmissão da Série
A2, a Federação Gaúcha de Fu-
tebol mudou a data e o horário do
duelo de volta pela terceira vez.
A partida será em 7 de junho, às
15 horas, em
Erechim.
Tonho não
poderá contar
com três joga-
dores neste do-
mingo: os za-
gueiros Altair
e Sérgio Rafa-
el e o centroa-
vante Dinei estão suspensos. Ele
deve utilizar Evair e Fininho na
zaga, com Márcio Tinga na la-
teral-direita. No meio-campo,
o volante Carlos Alberto sentiu
dores no pé direito e não parti-
cipou da atividade, mas deve es-
tar em campo. Com o camisa 5
poupado, Bocha entrou em seu
lugar no treino.
O ataque também sofre al-
terações. Sem Dinei, Tonho
adiantou Alexandre para jogar
com Gilian, utilizando Ricardo
Dzioba ao lado
de Wellington
e Miro Bahia.
Nas demais po-
sições, o time é
o mesmo que
se sagrou cam-
peão do segun-
do t urno no
empate em 1
a 1 com o União Frederiquense,
em Frederico Westphalen.
Para o jogão de domingo, a
direção do Periquito manteve a
promoção de ingresso único a R$
10,00 até amanhã, ao meio-dia.
Eles estão à venda na Vanusa Es-
portes, Show dos Esportes, Ulfer
e secretaria do clube. No dia do
jogo, o valor será R$ 20,00 para a
torcida em geral e R$ 10,00 para
idosos e estudantes com carteiri-
nha atualizada.
O Ypiranga não atua desde o
dia 11 deste mês, quando foi eli-
minado nas quartas de final do
returno pelo União Frederiquen-
se. Como não tinha compromis-
sos, o Canarinho concedeu uma
semana de folga para o elenco.
A última vitória do time de Ere-
chim na Divisão de Acesso foi
sobre o Santa Cruz, por 2 a 1, em
27 de abril, nos Plátanos. Des-
de então, havia disputado qua-
tro partidas, com três empates
e uma derrota. Sob o comando
de Leocir D’Allastra, o Ypiran-
ga retornou aos treinamentos no
último dia 19. A arbitragem do
primeiro confronto será de Eleno
Gonzalez Todeschini, auxiliado
por Paulo Ricardo Conceição e
Marcelo Oliveira e Silva.
Gazeta do Sul
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
20
Tonho esboça a equipe
Avenida recebe a visita
do Ypiranga no primeiro
confronto da finalíssima da
Série A2 neste domingo, às
15h30, nos Eucaliptos
9ª rodada
HOJE
19h30 – Oeste x Paraná – Itápolis
19h30 – América-RN x Luverdense –Goianinha
(RN)
19h30 – Avaí x ABC – Florianópolis
21h50 – Santa Cruz x Joinville – Recife
AMANHÃ
16h20 – América-MG x Náutico – Muriaé (MG)
16h20 – Ponte Preta x Boa Esporte –Campinas
16h20 – Sampaio Corrêa x Vasco – São Luís
16h20 – Vasco x Portuguesa – Volta Redonda
21h – Vila Nova x Bragantino – Goiânia
21h – Icasa x Atlético-GO – Juazeiro do Norte
P: pontos; J: jogos; V: vitórias; E: empates; D: derrotas; GP: gols
próprios; GC: gols contra; S: saldo de gols
Classificação
Times P J V E D GP GC S
1 América-MG 17 8 5 2 1 15 7 8
2 Ceará 17 8 5 2 1 14 9 5
3 Joinville 17 8 5 2 1 11 6 5
4 Luverdense 15 8 4 3 1 11 6 5
5 ABC 13 8 4 1 3 9 6 3
6 Ponte Preta 13 8 3 4 1 13 11 2
7 Sampaio 11 7 3 2 2 11 7 4
8 América-RN 10 8 3 1 4 12 12 0
9 Santa Cruz 10 8 1 7 0 8 6 2
10Vasco 10 7 2 4 1 9 5 4
11Atlético-GO 10 8 2 4 2 11 11 0
12Santa Cruz 10 8 1 7 0 8 6 2
13Bragantino 9 8 2 3 3 10 13 -3
14Oeste 9 8 2 3 3 7 11 -4
15Paraná 8 8 2 2 4 10 10 0
16Náutico 8 7 2 2 3 8 9 -1
17Boa Esporte 8 8 2 2 4 8 12 -4
18Icasa 8 8 2 2 4 7 11 -4
19Portuguesa 5 8 1 2 5 9 16 -7
20Vila Nova 1 8 0 1 7 1 14 -13
Série C Série A
BRASILEIRO B
facebook.com/esportesgazeta
esporte@gazetadosul.com.br
twitter.com/GS_Esportes
@
Roberto Patta
roberto@gazetadosul.com.br
■■Sem Altair e Sérgio Rafael, ambos suspensos, Tonho Gil escala Evair e Fininho na zaga, deslocando Márcio Tinga para a lateral-direita
B
r
u
n
o

P
e
d
r
y
Definido o árbitro
do confronto entre
União e Brasil-FAR
A Federação Gaúcha de Fu-
tebol divulgou ontem a arbitra-
gem para o primeiro duelo en-
tre União Frederiquense e Bra-
sil de Farroupilha, que será nes-
te domingo, às 15h30, no Ver-
melhão da Colina, em Frederi-
co Westphalen. As equipes co-
meçam a disputar a terceira vaga
para o Gauchão de 2015. Daniel
Nobre Bins apitará o confronto,
auxiliado por João Lúcio Montei-
ro de Souza Junio e Charles Lo-
renzetti. O jogo de volta será na
quarta-feira que vem, às 20 ho-
ras, nas Castanheiras. ■
Após três partidas, o Interna-
cional voltou a vencer no Bra-
sileirão na última quarta-feira,
quando bateu a Chapecoense por
2 a 0, em Caxias do Sul. O téc-
nico Abel Braga exaltou o re-
sultado, mas admitiu que o time
tem enfrenta-
do uma queda
de rendimento
por causa dos
desfalques. Fo-
ram sete diante
da equipe ca-
tarinense. Para
o duelo con-
tra o Fluminen-
se neste domingo, às 18h30, em
Macaé, o meia Alan Patrick vol-
ta a ficar à disposição. Na cida-
de do litoral carioca, o Colora-
do espera obter a primeira vitó-
ria fora de casa e, com ela, alcan-
çar o primeiro ou o segundo pos-
to da classificação.
Logo depois do jogo em Ca-
xias do Sul, Abelão exaltou o
fato de o time ter assimilado a
sua ideia para o jogo, mesmo não
tendo feito uma boa apresentação
técnica. “Foi um resultado mui-
to bom. Jogamos de uma manei-
ra diferente, com apenas um trei-
no de 15 minutos. O time mos-
trou uma cultura tática muito boa.
Mas é claro que não dá para que-
rer a mesma qualidade coletiva
do outro time (com todos os titu-
lares)”, declarou o treinador, que
ainda não terá à disposição o za-
gueiro Paulão,
o lateral-direi-
to Gilberto, os
meias Charles
Aránguiz, Alex
e Otávio, e o
atacante Rafael
Moura no due-
lo em Macaé.
Em meio à
comemoração pelo resultado
da última quarta-feira, o meia
D’Alessandro lembrou que a
equipe colorada ainda não ven-
ceu fora de casa e pediu que esse
tabu seja encerrado neste domin-
go, diante do Fluminense, na úl-
tima rodada do Brasileirão antes
do recesso para a Copa do Mun-
do. “Confiamos no nosso traba-
lho. Agora vamos procurar mar-
car mais pontos fora de casa”,
projetou o capitão do time. Em
três jogos fora do Rio Grande do
Sul, o Inter empatou com Botafo-
go, Criciúma e Coritiba.
O grande destaque da parti-
da do meio da semana foi o ata-
cante Wellington Paulista, autor
dos dois gols da vitória colora-
da. Substituto do lesionado Ra-
fael Moura, o jogador celebrou
mais uma oportunidade com a
camisa do Inter. “Estou muito fe-
liz em ter aproveitado mais esta
oportunidade”, festejou o WP9,
que, neste fim de semana, terá o
quarto compromisso consecuti-
vo como titular do comando de
ataque. ■
Agora é vencer uma fora
renato.marsiglia@tvglobo.com.br
Renato Marsiglia
Grêmio: empate e pouco futebol
No papel, o time do Grêmio é bem superior à qualidade do futebol
que apresenta. Contra o Sport-PE, piorou até mesmo em relação à
derrota para o São Paulo. Novamente dependeu de Marcelo Grohe a
fim de não perder para um time medíocre. Se melhorar um pouco, vai
brigar na ponta de cima, pois hoje não há ninguém sobrando no fu-
tebol brasileiro. Já a partir do retorno após a Copa, tudo pode mudar.
Para o bem ou para o mal, dependendo da janela de transferências.
Inter: vitória sem brilho
Depois de três rodadas sem vencer, o que deixou o ambiente pe-
sado, a vitória contra o Chapecoense não passou de uma obrigação.
O futebol deixou a desejar, mas as derrotas dos líderes ajudaram e
está tudo embolado entre os candidatos ao título. O próprio Abel de-
clarou que o resultado foi melhor que o futebol. Domingo, contra o
Fluminense, é jogo contra um adversário direto, em que um empate
não é mau resultado e uma vitória seria excelente para a retomada
do Brasileirão em ótima situação.
Brasileirão: tabela engana
Neste início de campeonato, não me preocupo com a tabela de
classificação em si, e sim muito mais com o percentual de aproveita-
mento do clubes. Para se ter uma ideia, o Inter pulou de oitavo para
quarto lugar e o Grêmio, com um empate, foi do quarto para o séti-
mo e está a apenas dois pontos do líder. Acontece que uma vitória
ou derrota catapulta ou derruba um time na tabela. Tudo em função
do pequeno número de rodadas disputadas.
Por falar nisso. . .
Também na ponta de baixo, as mudanças são radicais a cada rodada,
exceção feita ao Figueirense, que segue na lanterna desde o começo
do campeonato, e do Coritiba de Celso Roth, que não sai do lugar. O
Flamengo, que era o primeiro clube na zona de rebaixamento antes do
jogo de ontem, estava só a dois pontos do 12º colocado, o Botafogo.
Ou seja, quem está no meio da tabela, em uma ou duas rodadas, pode
entrar no G-4 ou cair para o Z-4. Resumo: tudo indefinido.
Movimento “não vai ter Copa”
Gostaria que alguém me traduzisse a afirmação que segue, do re-
presentante do Grupo Território Livre, sobre o fracasso de uma mani-
festação contra a Copa semana passada em São Paulo: “A conjuntura
ha duas semanas era completamente diferente. A luta contra a Copa
mudou de qualidade quando a sociedade organizada iniciou um movi-
mento em que todos os segmentos participativos passaram a exercer
sua vocação histórica de contraposição”. Gênio. Um dia conseguirei
absorver tanta sabedoria.
Gazeta do Sul
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
21
Classificação
Times P J V E D GP GC S
1 Cruzeiro 16 8 5 1 2 15 10 5
2 Fluminense 15 8 5 0 3 13 7 6
3 Corinthians 15 8 4 3 1 10 4 6
4 Internacional 15 8 4 3 1 11 8 3
5 Goiás 15 8 4 3 1 7 4 3
6 Atlético-MG 14 8 4 2 2 10 7 3
7 Grêmio 14 8 4 2 2 7 5 2
8 São Paulo 13 8 3 4 1 14 11 3
9 Palmeiras 12 8 4 0 4 8 10 -2
10 Criciúma 11 8 3 2 3 4 9 -5
11 Atlético-PR 10 8 2 4 2 12 11 1
12 Botafogo 8 8 2 2 4 12 11 1
13 Bahia 8 6 2 2 2 6 5 1
14 Sport Recife 8 7 2 2 3 6 10 -4
15 Santos 8 7 1 5 1 6 5 1
16 Vitória 7 8 1 4 3 8 10 -2
17Flamengo 7 8 1 4 3 6 10 -4
18 Chapecoense 5 8 1 2 5 5 9 -4
19 Coritiba 4 8 0 4 4 5 10 -5
20 Figueirense 4 8 1 1 6 2 11 -9
P: pontos; J: jogos; V: vitórias; E: empates; D: derrotas; GP: gols
próprios; GC: gols contra; S: saldo de gols
9ª rodada
AMANHÃ
18h30 – Coritiba x Goiás – Curitiba
18h30 – São Paulo x Atlético-MG – São Paulo
21h – Vitória x Sport Recife –Feira de Santana
DOMINGO
16h – Chapecoense x Bahia – Chapecó
16h – Grêmio x Palmeiras – Caxias do Sul
16h – Cruzeiro x Flamengo – Uberlândia
16h – Corinthians x Botafogo – São Paulo
16h – Figueirense x Atlético-PR –Florianópolis
18h30 – Santos x Criciúma – São Bernardo
do Campo
18h30 – Fluminense x Internacional – Macaé
(RJ)
8ª rodada
QUARTA-FEIRA
Sport Recife 0 a 0 Grêmio – Recife
Criciúma 1 a 0 Coritiba – Criciúma
Palmeiras 0 a 2 Botafogo –Presidente Prudente
Goiás 0 a 0 Vitória – Goiânia
Internacional 2 a 0 Chapecoense –Caxias do Sul
Atlético-MG 2 a 0 Fluminense – Ipatinga
Corinthians 1 a 0 Cruzeiro – São Paulo
Atlético-PR 2 a 2 São Paulo – Uberlândia
ONTEM
Flamengo 1 a 1 Figueirense – São Paulo
Em andamento no fechamento desta edição:
Bahia x Santos – Feira de Santana
Libertadores Série B
BRASILEIRÃO
ASSAF
GRÊMIO
Direção quer a torcida contra Teutônia
Clube apresenta Matías Rodríguez hoje
Com a terceira melhor cam-
panha na Série Ouro do Campe-
onato Gaúcho de Futsal, a Assaf
encaminha bem sua vaga para a
próxima fase da competição. Po-
rém, o objetivo é ficar entre os
quatro melhores, o que dá o di-
reito de disputar a segunda par-
tida das quartas de final em casa.
O Tricolor soma 30 pontos, atrás
de Atlântico e ACBF, mas com
um jogo a mais. O apoio do torce-
dor na reta final do segundo tur-
no é fundamental. Por isso, a di-
reção colocou, mais uma vez, in-
gressos antecipados para o clás-
sico regional contra o Teutô-
nia, que será amanhã, às 20 ho-
ras, no Ginásio Poliesportivo do
Parque da Oktoberfest, em San-
ta Cruz do Sul.
As entradas custam R$ 5,00
e estão à venda nas lojas MD
Pneus, Sulauto, Vanusa Espor-
tes, Show dos Esportes e Planeta
Esportes, no Ki Lanches do Ar-
roio Grande e na Escola Estadu-
al de Ensino Médio Santa Cruz.
Na hora, o valor será de R$ 10,00
para a torcida em geral e R$ 5,00
a idosos, estudantes e mulheres.
Durante o intervalo, haverá sor-
teio de brindes e de um vale-ran-
cho de R$ 100,00. Quem for con-
templado deve apresentar uma
nota fiscal atualizada do Mil-
ler Supermercados. Antes, às 17
horas, haverá a preliminar pelo
Estadual Sub-13 entre Assaf e
Teutônia.
O Tricolor vem de um im-
portante empate por 2 a 2 com a
ACBF na última quarta-feira, em
Carlos Barbosa. A equipe che-
gou a estar perdendo por 2 a 0,
mas buscou a igualdade na etapa
complementar. O treinador Pau-
lo Rocha contará com o retorno
do pivô Thiago Cruz, que cum-
priu suspensão. ■
O novo reforço para a lateral-
direita do Grêmio desembarcou
ontem à tarde no Aeroporto Sal-
gado Filho, em Porto Alegre. Aos
28 anos, Matías Rodríguez che-
ga para disputar a posição com
Pará, que tem sido muito criti-
cado pela torcida. O jogador per-
tence à Sampdoria, da Itália. Ele
realiza exames médicos pela ma-
nhã e, se for aprovado, assinará
contrato de empréstimo até o fi-
nal do ano. A apresentação deve
ocorrer à tarde.
O lateral tem passagens ainda
por Boca Juniors, Aucas (Equa-
dor), Lask Linz (Áustria), Nacio-
nal do Uruguai e Universidad de
Chile. Rodríguez terá condições
de atuar somente a partir de 14 de
julho, na abertura da janela inter-
nacional de transferências. A di-
reção tricolor solicitou a sua vin-
da antes da parada à Copa para
se adaptar ao clube na intertem-
porada. O Grêmio só oficializa
o negócio depois da assinatura
do contrato.
Neste domingo, às 16 horas,
o time de Enderson Moreira vai
enfrentar o Palmeiras no Está-
dio Alfredo Jaconi, em Caxias do
Sul, pela nona rodada do Brasi-
leirão. É o último compromisso
antes da parada para o Mundial.
O zagueiro Bressan, que sentiu
uma lesão no músculo posterior
da coxa direita no empate com o
Sport na Ilha do Retiro, na última
quarta-feira, está fora. Rhodol-
fo pode retornar à equipe ou, se
preferir, Enderson pode manter
Saimon, que entrou no lugar de
Bressan ao lado de Werley. ■
Internacional ainda não
tem vitória longe do Rio
Grande do Sul na atual
edição do Brasileirão e
quer encontrá-la domingo
■■Wellington Paulista vai para
o quarto jogo consecutivo como
centroavante titular do Inter
E
d
u

A
n
d
r
a
d
e
/
F
a
t
o
p
r
e
s
s
/
F
o
l
h
a
p
r
e
s
s
No Brasil, nunca mais
A caminho do Mundial
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
Gazeta do Sul
22
O ex-atacante Ronaldo Nazá-
rio revelou ontem que, de acor-
do com suas avaliações, a edição
deste ano será a última de uma
Copa do Mundo no Brasil. Inte-
grante do Comitê Organizador
Local (COL)
do torneio, o
F e n ô me n o ,
maior artilhei-
ro da história
dos Mundiais,
com 15 gols,
entende que os
comandantes
da Federação Internacional de
Futebol têm e levarão péssimas
impressões sobre como as autori-
dades e entidades nacionais pre-
param a estrutura da competição
que iniciará no próximo dia 12
de junho.
“Ninguém aqui vai ver outra
Copa no Brasil. Não vai ter. Até
porque a Fifa vai ficar muito trau-
matizada (com os problemas na
preparação)”, opinou Ronaldo
nessa quinta-feira, em sabatina
promovida pela Folha de S. Pau-
lo, em São Paulo. O ex-atacan-
te disse que, quando manifestou
vergonha pelo País recentemen-
te, suas críticas se referiam ao
atraso de obras de infraestrutura
para o Mundial. “Minha vergo-
nha é pela população, que espe-
rava grandes investimentos, esse
grande legado, para eles mes-
mos, a reforma dos aeroportos,
a mobilidade urbana, tudo o que
foi prometido
e não foi entre-
gue”, afirmou.
“Os estádios aí
estão. Mal ou
bem, vão estar
prontos.”
El e negou
que exista re-
lação entre suas reclamações so-
bre a preparação do País e sua
declaração de apoio à candida-
tura de Aécio Neves (PSDB)
para presidente da República,
em oposição a Dilma Rousse-
ff (PT). “Não tenho ligação ne-
nhuma com nenhum partido, é
só minha opinião sincera”, ale-
gou. “Não faço crítica ao gover-
no (federal), não tenho que fa-
zer crítica a ninguém”, emendou
Ronaldo, que participa do conse-
lho administrativo do COL des-
de 2011. “Entrei no comitê por-
que (a Copa) era uma grande
oportunidade para o Brasil. Es-
tamos deixando de aproveitá-
la. Foi prometido fazer uma sé-
rie de investimentos para a po-
pulação. Minha vergonha e in-
dignação é porque só 30% (das
obras) vão ser entregues”, la-
mentou o ex-craque.
Ronaldo também se quei-
xou das manifestações contra o
Mundial. “Parece que antes (das
obras) da Copa, nosso País era
maravilhoso, que a saúde pública
era perfeita, que não faltava nada,
que a segurança era maravilho-
sa”, ironizou. “A Copa do Mundo
é uma grande vítima disso tudo.
A Copa não ia chegar aqui e re-
solver a educação e a segurança
do País. É um momento de festa
para os brasileiros, mas isso tudo
se tornou um grande problema”,
assinalou.
O Fenômeno mostrou expec-
tativa positiva em relação ao tor-
neio de seleções. “A gente vai se-
diar uma grande Copa do Mun-
do. Vai ser uma brilhante Copa,
maravilhosa. Mostraremos para
o mundo que somos capazes de
organizá-la. O nível (do futebol)
será altíssimo e o brasileiro vai
estar com a seleção. A Copa vai
ser um sucesso, vai atrair turis-
tas estrangeiros, vai movimen-
tar a economia”, apostou o ex-
atacante.
Integrante do Comitê Local
da Copa, Ronaldo Nazário
diz que Fifa vai sair com
trauma do Brasil e jamais
trará o Mundial de volta
■ ■ Ex-atacante Ronaldo está no Comitê
Organizador Local da Copa desde 2011
C
a
r
l
a

C
a
r
n
i
e
l
/
F
r
a
m
e
/
F
o
l
h
a
p
r
e
s
s
Zagueiros titulares de Felipão vão ser poupados de amistoso
A seleção brasileira vai viajar
desfalcada para o primeiro amis-
toso pré-Copa do Mundo. Ao me-
nos três jogadores deverão per-
manecer na Granja Comary e não
embarcarão para Goiânia, segun-
do afirmou o técnico Luiz Felipe
Scolari em entrevista à TV Ban-
deirantes ontem. Na próxima ter-
ça-feira, o time enfrentará o Pa-
namá no Serra Dourada.
A Agência Folha apurou que
os zagueiros Thiago Silva e Da-
vid Luiz e o lateral Maxwell são
os mais cotados para ficar em Te-
resópolis. Os três reclamam de
cansaço e já foram poupados do
treino de quarta-feira no centro
de treinamento. O lateral Maicon
e o meia Oscar também preocu-
pam os médicos da seleção para
o jogo. O médico José Luiz Run-
co recomendou atenção com os
cinco atletas.
Amanhã, Felipão se reuni-
rá com médicos e preparadores
para definir a delegação que se-
guirá para Goiás – o elenco em-
barcará no domingo. O treina-
dor justificou a decisão de pou-
par alguns atletas da viagem para
“não correr risco na Copa”. Pela
programação definida na quar-
ta, a intenção é viajar com a de-
legação completa apenas para o
segundo e último amistoso antes
da estreia na Copa. O ensaio fi-
nal será contra a Sérvia, na sex-
ta-feira da semana que vem, no
Morumbi, em São Paulo.
Thiago Silva e Maicon foram
poupados no final do treino da
manhã de ontem na Granja Co-
mary. Felipão esboçou pela pri-
meira vez um time titular. Ele es-
calou justamente a mesma forma-
ção que conquistou a Copa das
Confederações no ano passado.
Apesar das precauções da comis-
são técnica, os jogadores não ali-
viaram no treino tático.
“Não tem como simular num
treino ou não dividir uma bola.
Se acontecer alguma coisa erra-
da (lesão) é normal. Isso aconte-
ce nos clubes também. Eles têm
de se empenhar e estão fazendo
isso”, disse Felipão, que perdeu
o volante e capitão Emerson no
último treino antes da estreia na
Copa do Mundo de 2002, dis-
putada no Japão e na Coreia do
Sul. Ele sofreu uma contusão no
ombro quando jogava de golei-
ro. Emerson era capitão da sele-
ção até então. ■
O inglês Lewis Hamilton e o
alemão Nico Rosberg dominaram
o primeiro terço da atual tempo-
rada da Fórmula 1. O piloto ger-
mânico venceu a primeira etapa,
na Austrália, e a sexta e mais re-
cente, em Mônaco, no fim de se-
mana passado, voltando a lide-
rar o Mundial,
agora com 122
pontos. O bri-
tânico triunfou
quatro vezes
seguidas – Ma-
lásia, Bahrein,
China e Espa-
nha –, sendo
vice-líder, com 118 pontos. Po-
rém, além do excelente desem-
penho, os holofotes estão sobre
a dupla em função da relação
ruim que se formou entre eles
em 2014.
No último final de semana, a
má relação entre os dois pilotos
da Mercedes foi exposta quando
Hamilton acusou o companheiro
de ter cometido um erro propo-
sital durante o treino de classifi-
cação para ficar com a pole posi-
tion em Mônaco, o que, no caso
do principado, é quase garantia
de sucesso na corrida. O inglês
chegou inclusive a dizer que se
inspiraria no brasileiro Ayrton
Senna – seu ídolo e que travou
grande rivalidade com o francês
Alain Prost nos anos 1980 e 90
– para lidar com a situação. No
domingo, Rosberg venceu a pro-
va e Hamilton chegou em segun-
do. No pódio, eles não se fala-
ram e, mais tar-
de, na entrevis-
ta coletiva, tro-
caram alfine-
tadas em suas
respostas.
Terça-feira
passada, sem
citar o compa-
nheiro, Nico Rosberg admitiu o
clima de tensão dentro da escu-
deria alemã. “Está um pouco di-
fícil internamente neste momen-
to, mas isso já aconteceu no pas-
sado no nosso esporte”, declarou
o alemão, em uma visita à sele-
ção de futebol do seu país, no
norte da Itália. Fã da modalidade,
Rosberg é torcedor do Bayern, de
Munique, e aceitou convite para
conversar com o grupo de joga-
dores neste início de preparação
do time para a Copa do Mundo
do Brasil. “Nós discutimos nos-
sas questões (internas da Mer-
cedes) e já o fizemos. Tudo fica-
rá melhor e logo esqueceremos
isso”, minimizou o piloto.
Para Toto Wolff, chefe da
Mercedes, a recém-deflagrada ri-
validade entre Lewis Hamilton e
Nico Rosberg é bem diferente da
famosa relação entre Ayrton Sen-
na e Alain Prost em seus tempos
de McLaren. “Eles têm um rela-
ção intensa, mas normal. Muita
gente tem comparado eles a Sen-
na e Prost, o que é um grande elo-
gio a Lewis e Nico, mas a situa-
ção na nossa equipe é muito di-
ferente”, afirmou o dirigente aus-
tríaco na página oficial da Mer-
cedes na internet. “A filosofia da
Mercedes é deixar que nossos pi-
lotos lutem entre si. Deixamos os
meninos se divertirem com seus
brinquedos (carros), contanto
que eles não os quebrem. Pode
ser uma situação bastante tensa
quando eles estão correndo, mas
sabem que não vamos tolerar ne-
nhum acidente”, frisou Wolff,
explicando ainda que o piloto que
se dá melhor no treino de classi-
ficação para o grid tem priorida-
de de escolher a estratégia para
a corrida. “Estamos em constan-
te questionamento para melhorar,
mas no momento não vamos mu-
dar nada”, definiu. ■
Mercedes sob tensão
Rosberg admite que clima
na escuderia alemã está
difícil, mas dirigente vê a
relação entre o alemão e
Hamilton como normal
Ee]e replHc He eecclHe. Wce ecnce replHce He eHbrege
A EIo encurta a distância entre quem deseja enviar
ou receber cargas e encomendas entre as cidades
da região e a grande São PauIo. Com experiência
e tradição de mais de 25 anos, com Iogística integrada,
com a agiIidade e a segurança que sua carga merece
tem toda a estrutura para assegurar que sua carga
chegue ao destino certo na hora programada.
Matriz: Santa Cruz do SuI - RS - Av. Presid. CasteIo Branco, 274 - Bairro Arroio Grande
Fone: (51) 3713-1988 ou 3711-1612 - e-maiI:eIoexpress@eIoexpress.com.br
FiIiais: Porto AIegre - RS - Rua Dona Sebastiana, 222 - Bairro São João
Fone: (51) 3343-1911 ou 3343-9156 - e-maiI:portoaIegre@eIoexpress.com.br
São PauIo - SP - Rua CoroneI Emídio Piedade, 966 - Bairro Pari
Fone: (11) 2291-1776 ou 2291-1566 - e-maiI:saopauIo@eIoexpress.com.br
Empresa 100% santa-cruzense
Atendimento personalizado
Mudanças com carinho para todo o Brasil
Cargas completas para todo o território nacional

joseferreira@gazetadosul.com.br Bandeirada
José Carlos Ferreira
Copa SMR
O Santa Cruz Moto Racing promoverá neste domingo a primeira
etapa da Copa SMR de Arrancada para Motos no Circuito Oswaldinho
de Oliveira. Os treinos livres iniciarão às 8 horas e as provas serão a
partir das 13h30. As inscrições poderão ser feitas no local. Segundo
a organização, a expectativa é reunir cerca de 200 pilotos do Rio
Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Argentina e Uruguai. Ao
todo, serão 13 categorias, desde motonetas de 125 cilindradas até a
super força livre. Haverá premiação em dinheiro até o terceiro lugar
e troféus até o quinto em cada classe. O ingresso para o público em
geral será de R$ 5,00 e o acesso aos boxes custará R$ 10,00. Uma
boa pedida para quem gosta de assistir a rachas (com segurança) no
Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. Em caso de chuva, o
evento será cancelado.
Para saber tudo sobre a Stock Car
O jornalista Milton Alves revirou e se debruçou, durante alguns
anos, sobre papéis – uns amarelados, outros nem tanto – atrás de
todos os dados oficiais da Stock Car Brasil, desde a sua criação, em
1979, até o final da temporada passada. Dessa procura implacável,
surgiu um volume de informações capaz de lotar um daqueles cami-
nhões que as equipes utilizam para transportar os seus equipamen-
tos aos autódromos. Ou melhor, até dois deles.
Pois esse volumoso conteú-
do reunido pelo Miltão agora vai
chegar às mãos de quem aprecia a
principal categoria de carros de tu-
rismo do País. A AutoMotor Editora
e a Raízen se uniram com o obje-
tivo de viabilizar o projeto do jor-
nalista paulistano, hoje radicado
em Santos, em forma de obra, no
ano em que a Stock Car completa
35 anos de vida. Com fotos, resul-
tados, perfil de todos os pilotos e tantas outras curiosidades, o Guia
Shell Stock Car vai ser apresentado ao público na próxima segunda-
feira, às 18h30, em São Paulo. Fica a dica para quem estiver pela ca-
pital paulista. Será no Bar e Restaurante Nossa Senhora, na Rua Dom
Armando Lombardi, 784, Bairro do Morumbi. A partir do seu lança-
mento, o Guia, cuja produção teve a coordenação de Reginaldo Leme,
terá atualização anual.
Gaúcho de Regularidade em Santa Cruz
A etapa de abertura do Campeonato Gaúcho de Rally 4x4
Regularidade será amanhã em Santa Cruz do Sul, nas categorias gra-
duados e turismo. O percurso a ser percorrido, de aproximadamente
160 quilômetros, partirá do alto do Parque de Cruz às 11h01, passan-
do por Passo do Sobrado – o chamado ponto neutro – e retornando a
Santa Cruz, com encerramento no Shopping Santa Cruz por volta das
15h30, seguido de confraternização e premiação. O Rally 4x4 é uma
realização da América Sul Off-Road e da Prefeitura de Santa Cruz, com
organização do Rally Clube do Rio Grande do Sul, com homologação
e supervisão da Federação Gaúcha de Automobilismo.
Gazeta do Sul
SEXTA-FEIRA
30 de maio de 2014
23
J é C l F i
GG
SE
30
NA TV
HOJE
6h – Tênis: Torneio de Roland Garros –
BandSports e BandSports 2
9h – Ciclismo: Tour da Bélgica (3ª rodada) –
Sportv2; 10h30 – Giro D’Italia (19ª rodada)
– ESPN+ e RAI
12h – Torneio de Toulon: Inglaterra x
Colômbia – ESPN; 14h15 – Brasil x Catar –
ESPN
14h45 – Liga Mundial: Brasil x Polônia – RBS
TV; 15h – Sérvia x Rússia – Sportv2
15h30 – Golfe: The Memorial Tournament (2ª
rodada) – ESPN+
16h – Amistosos: Inglaterra x Peru – ESPN
Brasil; 17h – Espanha x Bolívia – Esporte
Interativo e Sportv
18h30 – Nascar Camping World Series: etapa
de Dover – Fox Sports 2
19h30 – Brasileiro Série B: Avaí x ABC –
Sportv; 19h30 – Oeste x Paraná e América-
RN x Luverdense – PFC
21h – MMA: Super Heroes 4 (São Paulo) –
Esporte Interativo
21h – Beisebol – MLB: Saint Louis Cardinals x
San Francisco Giants – ESPN+
21h30 – Amistoso: Chile x Egito – Sportv2
21h30 – NBA: Miami Heat x Indiana Pacers
(final do Leste – jogo 6) – ESPN
21h50 – Brasileiro Série B: Santa Cruz x
Joinville – Sportv
23h05 – Beisebol – MLB: Pittsburgh Pirates x
Los Angeles Dodgers – Fox Sports 2
*Programação fornecida pelas emissoras e
sujeita a alterações
M
a
r
k

T
h
o
m
p
s
o
n
/
G
e
t
t
y

I
m
a
g
e
s
■■Nico Rosberg, líder, e Lewis
Hamilton, vice, dominam a atual
temporada da Fórmula 1
SANTA CRUZ DO SUL I ANO 70 I Nº 106 I
SEXTA-FEIRA, 30 DE MAIO DE 2014
Gazeta do Sul
■■ESQUENTA HOJE – O sol aparece em Santa Cruz e no
Rio Grande do Sul hoje, mas no decorrer do dia aumenta a
nebulosidade no Estado, com nuvens altas na maioria das regiões.
Frente fria traz chuva para a Metade Oeste, especialmente da tarde
para a noite. No final do período, a instabilidade alcança o Extremo
Sul. No Vale do Rio Pardo, a chuva chega neste sábado, que terá
o predomínio do tempo instável. Ar mais quente ingressa e as
mínimas se elevam hoje, mas ainda faz frio ao amanhecer. A tarde é
mais quente em Santa Cruz. Outra vez haverá nevoeiro no começo
do dia, porém mais localizado no Vale do Rio Pardo.
METEOROLOGIA Estael Sias
■■GELADO – O Rio Grande do Sul teve ontem o quarto dia de
2014 com temperatura abaixo de zero. A mínima foi em São José
dos Ausentes, com -0,7. Cidades dos vales, da Grande Porto Alegre
e da maior parte da Serra e dos Aparados tiveram a madrugada
mais gelada da semana. Na área metropolitana, a temperatura caiu
a 3 graus. Houve registro de geada moderada a forte nos Campos
de Cima da Serra. As mínimas foram muito baixas ainda em Santa
Catarina. Os termômetros acusaram marcas abaixo de zero em
Urupema (-2,9), Bom Jardim da Serra (-2,3) e São Joaquim (-1,1).
Nova massa de ar frio ingressa entre o domingo e a segunda. Não
será forte, porém trará nova sequência de madrugadas frias para o
Estado na próxima semana, sobretudo na segunda, terça e quarta.
Tonho Gil vai
mudar a zaga
para domingo
Clube renova
a promoção
de ingressos
Página 20
Página 21
AVENIDA
ASSAF
Loterias
Ninguém acertou a Quina e a estimativa de
prêmio para o sorteio de hoje é de
R$ 1.100.000,00
Quina
concurso 3.501 (29/05)
23 26 36 43 65
Não houve acertador das sete dezenas e o
prêmio estimado para o próximo sorteio é
de R$ 11.500.000,00
Time do coração: Paysandu/PA
Timemania
concurso 581 (29/05)
05 24 25 56 57 58 64
FALE COM A GAZETA
Chefia de Redação
Maurício Goulart: (51) 3715 7936
mauricio@gazetadosul.com.br
Chefia de Reportagem
Ricardo Düren: (51) 3715 7946
ricardo@gazetadosul.com.br
Editoria de Esportes
José Carlos Ferreira: (51) 3715 7943
joseferreira@gazetadosul.com.br
Editoria de Opinião
Angela Rocha: (51) 3715 7949
angela@gazetadosul.com.br
Editoria de Regional
Otto Tesche: (51) 3715 7937
otto@gazetadosul.com.br
Editoria de Variedades
Mauro Ulrich: (51) 3715 7938
mauro@gazetadosul.com.br
Editoria Social
Manuela Kappel Weigel: (51) 3715 7968
manuela@gazetadosul.com.br
Redação (51) 3715 7931
redacao@gazetadosul.com.br
Cadernos
Dejair Machado: (51) 3715 7939
dejair@gazetadosul.com.br
Simoni Gollmann: (51) 3715 7951
simoni@gazetadosul.com.br
Rua Ramiro Barcelos, 1206
Caixa Postal 118 - CEP 96.810-900
Gazeta do Sul S.A.
Gerência Comercial
Lau Ferreira: (51) 3715 7907
lau@gazetadosul.com.br
Anúncios (51) 3715 7800
anuncios@gazetadosul.com.br
Assinaturas (51) 0800-9797899
assinaturas@gazetadosul.com.br
Gráfica (51) 3715 7887
grafica@gazetadosul.com.br
FÓRMULA 1
Nico Rosberg
admite clima
difícil dentro
da Mercedes
Piloto alemão, líder do Mundial depois de seis
etapas, das quais venceu duas, assume que o seu
relacionamento com o inglês Lewis Hamilton,
companheiro de equipe, não é dos melhores. O
britânico triunfou em quatro provas e no último
GP fez acusações contra o colega. Página 23
■■Pilotos da escuderia alemã dominaram o primeiro terço de provas da temporada
H
o
c
h

Z
w
e
i
POENTE
7h16min
MetSul Meteorologia
Coordenador:
meteorologista Eugênio
Hackbart (CREA RS 42.376)
www.metsul.com
NASCENTE
17h39min
PREVISÃO PARA 4 DIAS
HOJE NO ESTADO
SÁBADO DOMINGO SEGUNDA TERÇA
13
O
16
O
Caxias do Sul 6º 19º
Passo Fundo 8º 20º
Porto Alegre 9º 23º
Pelotas 11º 21º
Santa Maria 8º 23º
Uruguaiana 12º 18º
11
O
17
O
7
O
19
O
6
O
21
O
9
O
24
O
M
Í
N
I
M
A
M
Á
X
I
M
A
8
o
22
o
9
o
22
o
9
o
24
o
8
o
22
o
9
o
24
o
8
o
23
o
7
o
22
o
9
o
20
o
Mato
Leitão
Boqueirão
do Leão
Gramado
Xavier
Herveiras
Sinimbu
Vera
Cruz
Vale do
Sol
Santa Cruz
do Sul
Candelária
Rio Pardo
Pantano Grande
Encruzilhada do Sul
Passo
do
Sobrado
Vale Verde
Venâncio Aires
SANTA CRUZ
SEXTA/REGIÃO
Medido na jusante
da Barragem
do Anel de
Dom Marco
8,18m
Nível
normal
0m
7m
14m
NÍVEL
DO JACUÍ
Nova
28/05
Cheia
13/06
Crescente
05/06
Minguante
19/06
Chuvas e
trovoadas
Chuvoso
Pancadas
esparsas
Sol, chuva
e trovoadas
Encoberto
Parcialmente
nublado Ensolarado
A quarta edição
do evento Diálogos
Culturais está em
pleno transcurso e
hoje se estabelece
em Santa Cruz
Para falar de cultura
Kafka é uma
das opções de
teatro para o
fim de semana
C: 30 M:100 Y:100 K:20
Gazeta do Sul
cênicas 03
Sexta-feira, 30 de maio de 2014
tv cinema visuais música literatura teatro lazer
Edição: Mauro Ulrich mauro@gazetadosul.com.br 3715 7938 - Diagramação: Derli A. Gonçalves
www.facebook.com/cadernomix
O
presidente do Conse-
lho Estadual da Cultu-
ra, o ator e diretor Neid-
mar Roger, estará hoje em Santa
Cruz do Sul para duas atividades
distintas – ambas no Centro de
Cultura Jornalista Francisco Jo-
sé Frantz (prédio da antiga Esta-
ção Férrea) – mas que, na verda-
de, acabam se complementando.
A partir das 13h30, a convite do
Conselho Municipal de Cultura
(CMC), ele vai falar sobre o fun-
cionamento do Fundo de Cultu-
ra, e mais tarde, a partir das 14
horas, participará da quarta edi-
ção do Diálogos Culturais. Ambos
os eventos têm entrada franca e
são abertos a toda a comunida-
de. Neidmar disse ontem ao Mix
que conversou com a assessoria
do secretário de Estado da Cul-
tura, Luiz Antônio de Assis Bra-
sil, e obteve que “é praticamen-
te certa” a vinda também dele
ao evento.
O Diálogos ocorre até o dia 1º
de julho e é uma promoção da
Secretaria de Estado da Cultu-
ra (Sedac-RS), do Conselho Es-
tadual de Cultura, do Conselho
dos Dirigentes Culturais (Codic/
Famurs) e do Sindicato dos Ar-
tistas e Técnicos (Sated-RS). Des-
te último, Roger já foi delegado
regional em Santa Cruz do Sul.
As rodadas de discussão sobre
os rumos das políticas culturais
no Estado vão passar por 13 ci-
dades que representam as re-
giões funcionais do Rio Grande
do Sul e reunirão gestores pú-
blicos, produtores, artistas, pes-
quisadores e ativistas culturais.
Nesta sexta-feira será a vez de
Santa Cruz, com o suporte técni-
co do Departamento de Cultura
da Secretaria Municipal de Edu-
cação e Cultura (Smec). Já passou
por Passo Fundo e Santa Rosa.
Daqui vai seguir para Santa Ma-
ria, Jaguarão, Pelotas, Novo Ham-
burgo, Bom Jesus, Caxias, Osório,
Montenegro, Alegrete e Porto Ale-
gre. Nos encontros, serão realiza-
das prestações de contas das po-
líticas culturais em cada região e
debatidas as perspectivas da cul-
tura no Estado.
O objetivo é o de simplesmen-
te elencar e discutir as diretrizes
para uma política cultural no Rio
Grande do Sul. Já foram promovi-
das cerca de 25 reuniões em to-
das as regiões, desde 2011. Para
além da visão da cultura como um
elemento isolado, eventual e es-
tanque, a Secretaria de Estado da
Cultura leva adiante um proces-
so primordial para o desenvolvi-
mento estético, econômico e cida-
dão. Com o Diálogos Culturais, essa
articulação pode chegar cada vez
mais à população gaúcha.
Em 2013, o eixo principal do
Diálogos foi a formulação do Pla-
no Estadual de Cultura, que hoje
tramita na Assembleia Legislativa
do Rio Grande do Sul. “A secreta-
ria atualiza e faz uso de nossa tra-
dição de população ativa em sis-
temas de participação e contro-
le social, instituindo também 11
colegiados e conformando parti-
cipativamente políticas de Estado
para a Cultura, com o nosso Plano
e nosso Sistema Estadual de Cul-
tura. Assim, ficam garantidos ins-
trumentos institucionais de Es-
tado, não apenas de governo”, co-
mentou Roger, que teve destaca-
da atuação inclusive para a cria-
ção do CMC, hoje presidido pelo
conselheiro Antelmo Stoelbenn.
“Temos um Fundo Municipal de
Cultura, mas precisamos instru-
mentalizar nossos conselhei-
ros para uma captação correta e
precisa. Por isso, vamos aprovei-
tar a vinda do Neidmar para que
ele possa nos passar alguns es-
clarecimentos”, disse Stoelbenn.
B
a
n
c
o

d
e

I
m
a
g
e
n
s
/
G
S
Mundo afora
mixnatv
02
Gazeta do Sul Sexta-feira, 30 de maio de 2014
Na nova temporada
do Lugar Incomum,
no Multishow, Didi
Wagner explora as
peculiaridades
de Tóquio
novelas
tv aberta
CAPOEIRA – Em formato de documentário, o programa Nação, às 22 horas na
TV Brasil, gira em torno da temática africana e apresenta histórias, costumes e
curiosidades do continente. Hoje a equipe fala sobre a capoeira, considerada
expressão cultural brasileira, mas que foi criada na África. A apresentadora Fer-
nanda Carvalho desvenda quem são os grandes mestres do esporte e quais são
os ensinamentos necessários para futuros adeptos da modalidade.
filme do dia
Amigos Por Acaso
tv fechada
SBT, 23 horas
FRIAS – A temática central de Esposas Assassinas, às 21h30 no A&E, aborda ca-
sos de mulheres que matam seus maridos sem dó nem piedade. Hoje a perso-
nagem principal é Ann, uma jovem de 30 anos que parece ter a família dos so-
nhos. Contudo, com a morte misteriosa de seu parceiro, a polícia começa as in-
vestigações e ela é a principal suspeita.
(All About the Benjamins),
EUA, 2002. Direção de Kevin Bray.
Com Ice Cube, Mike Epps,
Eva Mendes e Tommy Flanagan.
Bucum é um caçador de recompensas
que tem como nova missão capturar
Reed, um bem-humorado criminoso
que havia violado sua condicional.
Enquanto Reed é perseguido por
Bucum, os dois acabam diante
de uma quadrilha que roubara
diamantes raros. Agora o acaso os
une num perigoso jogo, mas que poderá lhes trazer muita sorte.
MEU PEDACINHO DE CHÃO
(Globo, 18h15) – Epaminondas sugere que Renato inaugure o pronto-so-
corro, como oportunidade para Ferdinando fazer seu discurso como candi-
dato a prefeito. Ferdinando explica a Pedro Falcão e a Gina que quer fazer
uma campanha limpa, sem ofensas ao atual prefeito. Serelepe dá a primeira
aula para Zelão e diz que irá ensiná-lo a escrever a palavra “amor”.
GERAÇÃO BRASIL
(Globo, 19h15) – Jonas se desentende com Gláucia e suspende sua me-
sada. Shin consegue convites para a festa da Coreia, e Tomás fica radian-
te. Jonas conta a Pamela que Gláucia falou mal dele para Jack. Lara con-
ta para Iracema sobre o pai de Tomás. Evangelina pede para dormir com
Brian. Brian teme que Maria fale sobre ele com os jornalistas. Cidão convi-
da Dante para participar de um show na Pedra Lascada.
EM FAMÍLIA
(Globo, 21 horas) – Alice começa a fazer aulas de defesa pessoal. Nando e
Juliana organizam uma agenda de visitação para Iolanda ver Bia. Chica e
Ricardo planejam viajar para os Estados Unidos. Cadu diz a Clara que quer
voltar a trabalhar no bistrô, mas ela não deixa. Flavinha conta para Mari-
na e Vanessa que terminou o relacionamento que tinha com uma mulher.
Virgílio descobre que Helena não se desfez de sua caixa de recordações.
Felipe tenta conquistar Silvia, mas ela não lhe dá esperanças.
Luana Borges/TV Press
D
idi Wagner ama o próprio
trabalho. Desde 2006 à
frente do Lugar Incomum,
exibido pelo Multishow às sextas-
feiras, às 21 horas, a apresentado-
ra já conheceu Londres, Barcelona,
Roma, Milão, Istambul, Capadócia
e Berlim, entre outras cidades. O
projeto, desenvolvido em parceria
entre ela e o canal, começou sen-
do gravado em Nova York com al-
guns episódios intercalados em
São Paulo. Até que, em 2010, de-
pois de um período estabele-
cido apenas na Big Apple,
tornou-se itinerante.
“Eu tenho um tra-
balho bem di-
vertido, me
sinto mui-
to privile-
giada mes-
mo de fazer
o que adoro,
que é viajar”, reco-
nhece. Na atual tem-
porada do programa, ela
desvenda as particularida-
des de Tóquio, capital do Japão.
Mas a vida de Didi não é es-
se glamour todo. Sempre que
chega em uma cidade no-
va, ela precisa correr con-
tra o tempo para dar con-
ta de gravar as cerca de
40 matérias exibidas a
cada temporada. Des-
rges/TV Press
Wagner ama o próprio r
balho. Desde 2006 à
nte do Lugar Incomum,
elo Multishow às sextas-
21 horas, a apresentado-
eceu Londres, Barcelona,
lão, Istambul, Capadócia
entre outras cidades. O
esenvolvido em parceria
e o canal, começou sen-
do em Nova York com al-
sóódios intercalados em
. Até que, em 2010, de-
m período estabele-
as na Big Apple,
itinerante.
um tra-
m di-
me
i-
-
s-
zer
doro,
jar”, reco-
a atual tem-
o programa, ela
a as particularida-
óquio, capital do Japão.
vida de Didi não é es-
ur todo. Sempre que r
m uma cidade no-
recisa correr con-
po para dar con-
var as cerca de
rias exibidas a
mporada. Des-
ta vez, ela teve 16 dias, gravan-
do, em cada um deles, durante 12
horas. Uma das pautas em espe-
cial chamou sua atenção: a ida ao
Robot Restaurant, uma espécie
de casa de shows e performan-
ces para lá de excêntricas. Dian-
te de uma pequena plateia dividi-
da em dois lados, mulheres tocam
tambores vestindo apenas biquí-
nis e heróis no estilo Power Ran-
gers circulam de moto pelo palco,
entre outros momentos, no míni-
mo, inusitados.
Como em qualquer viagem,
imprevistos acontecem. Mas eles
sempre são minimizados com o
auxílio de uma produção local.
Antes de embarcar para o desti-
no do programa, Didi e sua equipe
sabem exatamente que lugares da
cidade irão percorrer, e as maté-
rias já estão previamente agenda-
das. A escolha das cidades costu-
ma ser feita através de conversas
entre ela e o Multishow. “Mas o
canal leva em consideração várias
questões pertinentes à progra-
mação da emissora”, acrescenta.
O destino da próxima tempora-
da ainda não foi definido. Mas não
deve demorar muito para que o
martelo seja batido. Afinal, as gra-
vações estão previstas para agos-
to. Depois de ir às principais capi-
tais da Europa com o programa,
Didi torce para que a es-
colha seja Portugal, que
ainda não conhece. E
também tem vontade
de viajar para a Es-
candinávia. “Mas
t enho medo
de talvez ser
muito civili-
zado e per-
feito demais.
No programa,
a gente preci-
sa de uma coisa
um pouco mais im-
perfeita. Fica mais in-
teressante, dá mais tem-
pero”, acredita ela, que tem
o costume de caminhar sem ru-
mo nos lugares em que chega pa-
ra observar de perto a população
e sua cultura. “Também preservo
o hábito de comprar os catálo-
gos das exposições de arte
que visito em toda viagem.”
28 de Setembro, 553
Santa Cruz do SuI/RS
(51) 2106-6600
www.ideaI24h.com.br
6sfo no horo de se
7
oposenfor
l
(51) 2107-4275
(51) 9952-9770
RUA CEL. OSCAR JOST, 2513 / SANTA CRUZ DO SUL
2009
PRATA
COMPLETO
IOZ 9351
GOL 1.0 TREND 4P.
R$ 25.800,00 R$ 23.800,00
2007
BRANCO
COMPLETO/4P
AOA 3744
CLIO 1.6 HI-FLEX
00
FLEX GOL 1.0
R$
2004
BRANCA
4P/BÁSICO
ALD 2160
CELTA 1.0 VHC
R$ 15.900,00 R$ 16.900,00
2005
AZUL
AQ/LDT/4P
IMD 3163
CORSA 1.0 JOY
00
OY CE
R$
1984
BEGE
ENG. REBOQUE
IDF 4475
FUSCA 1600
R$ 4.900,00 R$ 11.500,00
2001
BRANCA
AQ/LDT
IJY 9049
UNO MILLE 4P.
,00
4P. PP
2001
BRANCA
AQ/TRAVA/RLL
IJY 0892
CORSA SEDAN 4P
R$ 14.900,00 R$ 15.800,00
2002
PRATA
COMPLETO-AR
IKL 9338
KA GL 1.0 IMAGE
00
MAGE CORS
R$
Confira mais veículos em nossa loja
Gazeta do Sul Sexta-feira, 30 de maio de 2014
Para todas as idades
03
Tem teatro para toda a
família amanhã e domingo
no Espaço Camarim com
um grupo local e outro
do Rio de Janeiro
sábado, 20h
o quê: Da Carta ao Pai ou
Tudo Aquilo que Eu Queria te
Dizer, de Alessandra Gelio
onde: Teatro Espaço
Camarim, na Marechal
Floriano, 332
quanto: R$ 5,00 para
comerciários e dependentes
com Cartão Sesc/Senac;
R$ 10,00 para empresários;
R$ 8,00 para idosos e
estudantes e R$ 16,00
para o público geral
promoção: Arte Sesc –
Cultura por toda parte
mixcultural
Mais um filme entra em cartaz no Cine Santa Cruz.
E, a partir deste sábado, no Cine Max Shopping. Con-
fira salas e horários no boxe da página cinco deste
Como será o amanhã?
suplemento. Em No Limite do Amanhã, Tom Cruise
tem a missão de evitar a extinção humana. Só isso.
Ele é William Cage, um oficial do Exército que tem
essa chance de ouro nas mãos ao ser convocado para
a linha de frente em uma guerra contra alienígenas.
Dirigido por Doug Liman (o mesmo de Identidade
Bourne e Sr. e Sra. Smith), o longa é uma ficção cien-
tífica ambientada no futuro. Na trama, os miméticos
– seres extraterrestres gigantes – estão prestes a
dominar a Terra em um contra-ataque surpresa às
tropas humanas, que avançam na Europa.
Sem preparo, Cage é obrigado a se juntar aos
soldados nessa batalha e morre, logo no iní-
cio do filme. Os inimigos venceriam a guer-
ra, não fosse por um detalhe: por razões
a serem explicadas, Cage adquire o po-
der de voltar à mesma manhã sempre que
é morto. Assim, tem a chance de mudar os
rumos da história. A implacável guerrei-
ra Rita Vrataski (Emily Blunt), apelida-
da de “Megera de Ferro”, será sua aliada.
Heroína por ter vencido outra batalha
contra os mesmos inimigos, a comandante
treinará Cage para que, a cada dia reno-
vado, ambos se aproximem da vitória. Tu-
do amparado em cenas de ação, efeitos
especiais e figurinos tecnológicos.
O
final de semana será dedicado ao
teatro em Santa Cruz do Sul, com
uma programação que contemplará
crianças e adultos. E sempre no Teatro Es-
paço Camarim, na Marechal Floriano, 332,
o palco dos grandes acontecimentos cul-
turais da região.
Amanhã, a partir das 20 horas, Da Carta
ao Pai ou Tudo Aquilo que Eu Queria te Dizer,
de Alessandra Gelio, livremente inspirada
na obra do escritor tcheco Franz Kafka, so-
be ao palco, com ingressos a R$ 5,00 pa-
ra comerciários e dependentes com Cartão
Sesc/Senac; R$ 10,00 para empresários; R$
8,00 para idosos e estudantes e R$ 16,00
ao público geral. A promoção é do projeto
Arte Sesc – Cultura por toda parte e no elen-
co estão Jean Machado e Rodrigo Turazzi.
O grupo é do Rio de Janeiro.
De acordo com a sinopse fornecida pe-
la produção, a peça trata da convivência
entre pai e filho. “Que particularidades po-
dem tecer essa que é uma das primeiras e
das mais delicadas relações humanas? Que
pormenores podem existir no encontro en-
tre um pai e um filho?”, questiona Alessan-
domingo, 16h
o quê:
O Mundo de
Pitanga, pelo
grupo
(Ins)Pirados
onde: Teatro Espaço Camarim,
na Marechal Floriano, 332
quanto: entrada franca
promoção: AGA Produções
Artísticas, com o apoio do
Departamento de Cultura da Smec
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
dra Gelio. Enquanto escreve uma carta, um
autor – no caso, Kafka – olha para a sua re-
lação com seu pai. Através da sua perspec-
tiva, da sua criação e personagens, ele re-
cria a sua história, e outra também possível.
PITANGUINHA – Os (Ins)Pirados estão
completando o seu sétimo aniversário. E pa-
ra comemorar apresentam domingo, a par-
tir das 16 horas, a peça O Mundo de Pitanga,
que já passou por várias cidades. O espetá-
culo tem uma conotação infantil, o que não
impede que seja visto pela família inteira. A
produção é uma realização da AGA Produ-
ções Artísticas, com o apoio do Departamen-
to de Cultura da Smec, com entrada franca.
O enredo gira em torno da palhacinha
Pitanga (interpretada pela atriz Vanessa
Schuh), que enfrenta sério preconceito no
seu mundo – O Mundo dos Palhaços – por
ter apenas a metade do rosto pintado. No
decorrer da história, Pitanga descobre que é
a única solução para salvar o seu mundo de
uma terrível epidemia. Com a ajuda de per-
sonagens mágicos e engraçados, ela decide
partir em uma jornada pelo Mundo da Lite-
ratura Encantada para enfrentar o vilão Co-
ringa (Joe Nunes) e salvar a terra onde vive.
Com duração de 50 minutos, o roteiro
foi desenvolvido em uma parceria da Vanes-
sa com a Sofia Moraes. Vanessa também as-
sina a direção. A trilha sonora foi compos-
ta por Lói Guedes, Rafael Koehler, Gabriela
Kopp e Diego Dorneles.
agenda
fotomix
docelar
Gazeta do Sul Sexta-feira, 30 de maio de 2014
mixbazar
0
4
Louzada
E
l
i
o

S
e
v
e
r
o
L
comix
“As grandes mudanças dominam o mundo e, se não
avançarmos com elas, nos tornaremos suas vítimas.”
John Kennedy
Ajude-nos a fazer o
mixbazar. Mande uma
piada e/ou uma foto divertida,
curiosa ou diferente para
mauro@gazetadosul.com.br
ÁRIES
(21/3 a 20/4)
A partir de agora Mercúrio transi-
ta por seu signo de concepção, Câncer, onde
volta ainda mais sua atenção para antigas
vivências. Porém, é importante que você
não se deixe levar pelo saudosismo a pon-
to de se descuidar do momento presente.
DICA: o período promete ser bastante pro-
dutivo, portanto se concentre no trabalho!
TOURO
(21/4 a 20/5)
O planeta da inteligência, Mercú-
rio, lhe transmite uma dose extra de curio-
sidade e faz com que, durante as próximas
semanas, seu desejo de aprender esteja em
alta. Você tende a se mostrar uma pessoa
dinâmica e confiante, e pode agir com de-
terminação. DICA: sua afetividade está em
alta, e os momentos a dois serão incríveis.
GÊMEOS
(21/5 a 20/6)
Seu regente Mercúrio transita
agora por sua casa da matéria, onde acen-
tua seu lado realizador e capaz de atuar
com praticidade. Graças a esse trânsito, vo-
cê está com ótima cabeça para incrementar
seus rendimentos. DICA: o fato de Mercúrio
estar em Câncer também faz com que as
horas íntimas sejam reparadoras.
CÂNCER
(21/6 a 21/7)
De agora em diante, Mercúrio
transita por seu signo e anuncia uma fa-
se em que sua mente está especialmente
lúcida e receptiva. Ler, estudar e se atua-
lizar será muito produtivo. Aproveite tam-
bém para reavaliar suas ideias e repensar
o passado. DICA: Mercúrio acentua sua ca-
pacidade de adaptação.
LEÃO
(22/7 a 22/8)
O planeta da razão, Mercú-
rio, agora está no signo anterior ao seu e
anuncia um ótimo período para você fixar
a mente naquilo que deseja ver realizado
para si e a toda a coletividade. DICA: sua
fé anda especialmente viva e poderosa, por
esse motivo é essencial que você pense
sempre de forma positiva e otimista.
VIRGEM
(23/8 a 22/9)
Seu planeta Mercúrio acaba de
entrar em Câncer, de onde vibra de for-
ma harmoniosa para seu signo. Isso faci-
lita os assuntos particulares e vitaliza vo-
cê sob todos os pontos de vista. Aproveite
a fase para fazer planos e estabelecer no-
vas metas. DICA: Mercúrio também facili-
ta seus contatos com os jovens.
LIBRA
(23/9 a 22/10)
O planeta Mercúrio ingressa em
seu setor do sucesso, por isso favorece seus
empreendimentos e faz com que, nas pró-
ximas semanas, suas iniciativas no terreno
profissional sejam coroadas de êxito. DICA:
você está em condições de persistir em su-
as metas e de se reestruturar de modo a
chegar exatamente onde deseja.
ESCORPIÃO
(23/10 a 21/11)
Abrir novos caminhos e se ex-
pandir em todas as suas áreas de atuação
será mais fácil a partir de agora, que Mer-
cúrio vibra harmoniosamente para seu sig-
no. Esse astro faz com que você ingresse
em um período de maior crescimento pes-
soal. DICA: viajar para conhecer lugares e
pessoas diferentes será estimulante.
SAGITÁRIO
(22/11 a 21/12)
Agora Mercúrio está em seu se-
tor das transformações, onde favorece os
processos de reciclagem, que você já está
vivendo intensamente, e faz com que seja
mais fácil se renovar. DICA: Mercúrio dá a
maior força aos processos de autoanálise,
além de tornar você mais consciente de si
e de suas reais necessidades.
CAPRICÓRNIO
(22/12 a 20/1)
Mercúrio transita pelo signo que
complementa o seu, por isso você pode
entender ainda melhor os outros e aceitar
mais facilmente o ponto de vista alheio. DI-
CA: aproveite a fase para dialogar franca-
mente com as pessoas a sua volta e escla-
reça quaisquer pendências ou mal-enten-
didos que existam em relação a elas.
AQUÁRIO
(21/1 a 20/2)
Como Mercúrio acentua seu espí-
rito prático, aproveite as próximas semanas
para se concentrar no serviço e em tudo o
que exija eficiência e objetividade. Você
tende a executar seus afazeres com espe-
cial capricho e boa vontade. DICA: as dietas
desintoxicantes darão excelentes resulta-
dos, portanto, procure aderir a elas.
PEIXES
(21/2 a 20/3)
O fato de Mercúrio entrar em seu
setor da criatividade permite que você re-
vele suas melhores potencialidades e saia-
se bem em todos as áreas nas quais atua.
Você anda mais vital, inteligente e capaz
de se afirmar. DICA: os amores vão de vento
em popa, e você pode verbalizar claramen-
te tudo aquilo que pensa e sente.
horóscopo Claudia Hollander
Doideira!
■■Em tempo de bola rolando
sobre os gramados, um fusca
roda sob o gramado.
Crótons ■■Corte as fatias de pão
em pedaços pequenos. Frite em
óleo quente e depois acrescen-
te salsinha picada. Acompanham
sopas e saladas.
Ferrugem da frigideira ■ ■ Colo-
que na frigideira um pouco de vi-
nagre e leve-a ao fogo para uma
ligeira fervura. Além de deixá-la
limpa, isso também faz desapare-
cer completamente o cheiro.
Cano entupido ■ ■ Para desentu-
pir canos, jogue no ralo uma xíca-
ra de sal e uma xícara de bicarbo-
nato de sódio. Em seguida, jogue
bastante água fervente.
Bom de mira
Três samurais estão
treinando em um monte.
Quando param para descansar,
começam a discutir qual deles
é mais hábil com a espada.
Um deles, ao ver uma
borboleta voando por perto, dá
um salto e a corta ao meio.
O segundo, antes que os outros
tenham tempo de olhar, corta
duas moscas em pleno ar.
O terceiro vê um pernilongo,
dá um salto e parte o bicho
com a espada. No entanto, o
pernilongo continua voando.
Os outros dois samurais
começam a olhar para ele.
Um deles não aguenta e diz:
— O pernilongo continua voando.
Ele responde:
— Voando continua, mas
nunca mais terá filhos.
Bom de mira
rês samurais estão
D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
■■SHOW
A Legend Music e Bar, na Borges
de Medeiros, 246, sedia hoje, a
partir das 23 horas, mais uma edi-
ção do Hoo Ha Rock, que está com-
pletando seis anos de existência.
Como bandas convidadas, presen-
ças de Vespertinos, de Santa Maria,
e Beto Bala, de Santa Cruz do Sul.
Na discotecagem, Davi Lopez e Ri-
chard Kolberg mais os seus convi-
dados, Guillermo Calvin e Nathalia
Schultz. Ingressos antecipados a R$
10,00 na PizzaYou e Brasil Urbano.
■■TEATRO I
Neste sábado, dia 31, dentro da
programação do projeto Rio Gran-
de no Palco, o Sesc traz a Santa Cruz
do Sul a peça Da Carta ao Pai ou
Tudo Aquilo que eu Queria te Dizer,
livremente inspirada na obra do
escritor Franz Kafka. A apresenta-
ção acontece no Teatro Espaço Ca-
marim, a partir das 20 horas, com
ingressos que variam de R$ 5,00
a 16. Mais detalhes na página três
deste suplemento.
■■TEATRO II
A peça O Mundo de Pitanga, do grupo
de teatro (Ins)pirados, de Santa Cruz
do Sul, será apresentada domingo,
a partir das 16 horas, no Teatro Es-
paço Camarim (Marechal Floriano,
332), com entrada franca. Realiza-
ção AGA Produções Artísticas com
o apoio do Departamento de Cul-
tura da Smec. No elenco estão Joe
Nunes e Vanessa Schuh. Ela tam-
bém assina o roteiro. Mais detalhes
na página três deste suplemento.
D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
Mensagem de Nossa Senhora à Mirjana Dragicevic Soldo em 02 de maio de 2014:
“Queridos filhos! Eu, sua mãe, estou com vocês para sua felicidade, por causa de suas necessidades e para o seu conheci-
mento pessoal. O Pai Celestial deu-lhes a liberdade para decidirem sobre vocês mesmos e para tornarem-se conscientes de
si mesmos. Eu desejo ajudá-los. Desejo ser uma mãe para vocês, uma mestra da verdade - para que na simplicidade de um
coração aberto, vocês possam se tornar conscientes da pureza imensurável e da luz que vem dele e que destrói as trevas,
a luz que traz esperança. Eu, meus filhos, compreendo a sua dor e sofrimento. Quem poderia compreendê-los melhor do
que uma mãe? E vocês, meus filhos? Pequeno é o número daqueles que compreendem e me seguem. Grande é o número
daqueles que estão perdidos - daqueles que ainda não se tornaram conscientes da verdade em meu Filho. Portanto, meus
apóstolos, rezem e ajam. Tragam a luz e não percam a esperança. Eu estou com vocês. De maneira especial, eu estou com
os seus pastores. Com um coração maternal eu os amo e os protejo, porque eles vos conduzem para o Céu, que foi pro-
metido a vocês pelo meu Filho. Obrigada.”
“Abram seus corações à graça que Deus está lhes dando através de mim”. Em junho completam-se 33 anos em que o
Céu está aberto, derramando imensas graças sobre a humanidade. N. Sra. nos pede para vivermos as suas mensagens,
em especial as cinco pedrinhas: Missa, se possível diariamente - Leitura diária da Bíblia - Reza diária dos 20 mistérios
do Rosário - Confissão mensal - Jejum a pão e água às quartas e sextas-feiras.
No dia 02 de cada mês, Nossa Senhora vem para rezar com Mirjana, pelos que ainda não conhecem o Amor
de Deus e também nos deixa a sua Mensagem.
Fonte: www.queridosfilhos.org.br Peça o Informativo mensal gratuito da Associação Queridos Filhos – Caixa Postal 12.100 – CEP 88075-970 - Florianópolis – SC.
Mediugórie
@

E
d
i
o
u
r
o

P
u
b
l
i
c
a
ç
õ
e
s

S
/
A

2
0
1
4
Gazeta do Sul Sexta-feira, 30 de maio de 2014
mixlazer
05
palavrascruzadas
cine Santa Cruz (Fone: 3715 9514)
cine Max Shopping (Fone: 2106 2700)
Filmes projeção 3D: R$ 22,00 e R$ 11,00 (meia). Filmes projeção 35mm/2D: R$ 12,00 e R$ 6,00 (meia). Quartas-feiras, ingresso promocional: meia, nas duas salas.
Sextas, sábados, domingos e feriados: R$ 14,00 inteira –R$ 7,00 meia Quartas: R$ 6,00 Segundas, terças e quintas: R$ 13,00 inteira –R$ 6,50 meia
cinemaprogramação
Solução
BANCO 26
R C
F I
G
O E
G
O I A B A
M A T A V I R G E M
B E O A T G U
F I R M A S D E F
O A R E D E L
P R E M U M I A
O A
R
M A A D
C R E M A T O R I O
C L L O R C A
H E M O G R A M A
A M C R E R R
E T E L A O T
C
A E
N E S A F R A
M O
T
I V O
S
M A S
A floresta
ainda não
explorada
Aveia,
em inglês
Estabele-
cer os limi-
tes de (uma
região)
Formato
do esqua-
dro do
pedreiro
Feira de
Utilidades
Domésticas
(sigla)
Infarto
Agudo do
Miocárdio
(sigla)
García (?),
poeta es-
panhol as-
sassinado
(?) de risco:
são impró-
prias para
moradia
Encher a
(?): beber
(pop.)
Informação
no rótulo
do vinho
Repetir
Era a capi-
tal portu-
guesa da
Índia (Hist.)
Pairar
Dois es-
tados mais populo-
sos do Centro-Oeste
Cor ama-
relo-acastanhada,
comum em lingeries
Disfarçado como o camaleão
na pedra
"Três", em
"triângulo"
Definido
(abrev.)
São reco-
nhecidas
no cartório
Oswaldo
Aranha,
diplomata
brasileiro
Leito do
sertanejo
Consis-
tiam em
Punhal
ou rifle
"O Quinto
(?)", filme
Porção
do solo
aplanada
Funestas
Acreditar
(?) suntu-
ária: reduz
gastos
Apelido de
"Caetano"
Aposento
sanitário
Humorista carioca do canal
Porta dos Fundos e do filme
"Meu Passado me Condena",
de 2013
Frutas de
tradicio-
nais even-
tos em Va-
linhos (SP)
Exame
que mede
a quanti-
dade de
glóbulos
vermelhos
(Med.)
Substância
usada
para tra-
tar água
(símbolo)
(?) de demissão por
justa causa: improbi-
dade e
abandono
das
funções
"(?) Me Quitte Pas":
foi gravada por Maysa
Ocupa o
sarcófago
Cabana
indígena O "P" de
TPM
Alternati-
va ao
cemitério
B
E
G
E
2 / n e . 3 / g o a — m á s — o a t . 8 / e l e m e n t o .
Filme: Malévola
de Robert Stromberg.
Sinopse: baseado no conto de
A Bela Adormecida, o filme conta a
história de Malévola, uma mulher movida
pelo sentimento de vingança e pelo
desejo de se manter no poder. Com
Angelina Jolie, Elle Fanning.
Gênero: ação.
Censura: 10 anos.
Cine Santa Cruz, Sala 1: 15, 17, 19 e 21 horas.
Cine Max Shopping, Sala 2 (3D): 16h30
(dublado), 18h30 (dublado) e 20h30.
Filme: X-Men – Dias de um Futuro Esquecido
de Bryan Singer, dublado.
Sinopse: no futuro, os mutantes são
caçados pelos Sentinelas. Os poucos
sobreviventes precisam viver escondidos.
Wolverine viaja no tempo, rumo aos anos
1970, para encontrar uma solução.
Gênero: ação.
Censura: 14 anos.
Cine Santa Cruz, Sala 2: 16h50. - 14h30 e
16h50. (SSDQ)
Cine Max Shopping, Sala 1 (3D): 17, 19h15
e 21h30 (legendado).
Filme: No Limite do Amanhã
de Doug Liman.
Sinopse: quando a Terra é tomada
por alienígenas, Bill Cage é
obrigado a juntar-se às Forças
Armadas e ir para a linha de
frente no dia do confronto final.
Inexplicavelmente ele acaba preso
no tempo, condenado a reviver
esta data repetidamente. A cada morte e
renascimento, adquire mais conhecimento
e, antecipando os acontecimentos, tem
a chance de mudar o curso da batalha.
Com Tom Cruise, Emily Blunt.
Gênero: ficção.
Censura: 14 anos.
Cine Santa Cruz, Sala 2: 19h10 e 21h20.
Filme: 12 Anos de Escravidão
de Steve McQueen.
Sinopse: homem negro é raptado
e vendido como escravo nos EUA
em 1841. Com Chiwetel Ejiofor,
Michael Fassbender, Brad Pitt.
Gênero: drama
Censura: 14 anos.
Cine Santa Cruz, Sala 3: 14 e 16h30.
Filme: Getúlio
de João Jardim.
Sinopse: os momentos finais da
crise que levou à morte do então
presidente Getúlio Vargas, em 24 de agosto
de 1954. Com Tony Ramos, Alexandre
Borges, Drica Moraes.
Gênero: drama.
Censura: 14 anos.
Cine Santa Cruz, Sala 3: 19 e 21 horas.
Gazeta do Sul Sexta-feira, 30 de maio de 2014
Acontecendo – I
mixsocial jornal do ike
06 e 07
zona franca
ike@gazetadosul.com.br www.jornaldoike.com.br
■ ■ As 20 candidatas a rainha e
princesas da 30ª Oktoberfest
também estiveram na Bierhaus
na noite da quarta-feira passada,
quando foram anunciados os sho-
ws da Festa da Alegria.
■■Inicia-se hoje mais uma ginca-
na municipal de Vera Cruz. Como
de costume, as equipes e seus co-
laboradores estão na maior em-
polgação.
■ ■ Rosemara e Marcelino Hoppe
estiveram na sexta-feira passada
em Vera Cruz, nos salões da Aceo,
no jantar-baile de apresentação
do traje oficial da rainha e prin-
cesas do município.
■ ■ Marilene e Luiz Carlos Pit-
zer estiveram sábado passado
no almoço do Círculo Bella Itá-
lia de Santa Cruz do Sul, ocorrido
nos salões da Comunidade San-
to Inácio.
■■Muitos casais e grupos conhe-
cidos já reservaram a data de 7
de junho para dançar e se diver-
tir em mais uma Boate Anos 80
da Aliança Santa Cruz.
■ ■ Primeiro musical de sapatea-
do da Broadway a ser montado
no Brasil, com versão de Miguel
Falabella e direção de José Possi
Neto, em que Cláudia Raia e Jar-
bas Homem de Mello vivem par
romântico, Crazy For You fica em
cartaz de 3 a 5 de julho no Tea-
tro do Sesi.
■■Alguém disse: A primeira con-
dição para ser alguma coisa é não
querer ser tudo ao mesmo tempo.
Tristão de Ataíde
C
om a presença maci-
ça da sociedade san-
ta-cruzense, a Oa-
se-Centro realizou sema-
na passada seu primeiro
jantar da temporada. Co-
mo de costume, uma sabo-
rosa galinhada foi o des-
taque do menu e depois
as sobremesas oferecidas
pelas patronesses.
F
o
t
o
s
:

F
r
a
n
c
i
s
c
o

F
r
a
n
t
z
Dulce Müller e Marlene Fuerstenau Elemar e Nougathe Sonia Bencke Elfy Roedel e Giselda Richter
Renata Waechter, Marliese Knak, Marliese Schneider e
Marli Fiegenbaum Janete Filter, Marguit Stapenhorst e Margit Altermann
Lory
Keller,
Gudron
Jandrey e
Dulce dos
Santos
Carmen
Klein, Suzana
Schuh,
Solange
Herberts,
Leonir Backes,
Neusa Schuh
e Marinice
Schuh
Casa de Festas em Santa Cruz do Sul
Unidade I - RS 130 - Km73 - Lajeado/RS
(51) 3709.1960 | (51) 9903.8102
Unidade II - Rua Gaspar Silveira Martins, 1254 - Centro - SCS
(51) 3711.5664 | (51) 8585.9403
Casa de Festas em Santa Cruz do Sul
www.brinqmania-rs.com.br
Com600m de diversão, ambiente climatizado, estacionamento, conforto e segurança
para os convidados, acompanhado pelo melhor bufê de salgados e doces,
além de muitas atrações e brinquedos de última geração que esperam por você!
Adicione a
BrinqMania
2
com.b
Agende
um
a visita!
Bom dia!
Uma ótima sexta-feira – dia do
geólogo e do decorador – para
os aniversariantes Silvia Lúcia
Brum, Graciela Bernardy, Luana
Beatriz Breuning, José Gaspar
Hermes, Jorge Luiz de Mattos,
Édson Sehn, o Índio, e Igor
Augusto Steffens Camara.
Quem casa
Carolina Petry e Carlos Henrique
Swarowsky receberão a bênção
nupcial no início da noite de
hoje, na Catedral São João
Batista. Na entrada dos noivos,
o pai dela, Paulo Roberto Petry,
e o mano Pedro Petry farão uma
homenagem cantando uma
música do Eagles. A recepção
aos familiares será na noite de
amanhã, no Hotel Águas Claras
Higienópolis.
Na carreata
Sergio Cunha, Guido Helfer,
Claudete Morsch e Milena
Garcia de Oliveira, entre outros
torcedores, participaram quarta-
feira da carreata do Avenida,
em comemoração ao título do
segundo turno da Segunda
Divisão do Gauchão 2014.
Desafio
No Dia do Desafio, as alunas de
pós-graduação em Metodologia
do Trabalho com Famílias
participaram de forma bem
simples: executando exercícios
através de uma dança celta de
energização atmosférica. As
atividades foram coordenadas
pela professora Elisabeth Garcia
Costa, ministrante da disciplina
Família e Proteção dos Direitos.
Titãs
O ex-Titã Nando Reis cantará na 30ª Oktoberfest.
Outro ex-Titã virá antes a Santa Cruz do Sul. Arnaldo Antunes, no dia 15 de junho,
no auditório da Unisc, apresentará o espetáculo do projeto Dois Violões.
Selecionadas
■■Carmo José Gregory festejará
seu 70º níver na noite de hoje
na sede central da Aliança Santa
Cruz.
■■A rainha da 29ª Oktoberfest,
Gabriela Rossa, esteve na noite
da quarta-feira passada na
Bierhaus. Vanessa Müller foi
outra rainha da Festa da Alegria
a prestigiar o acontecimento.
Via expressa
■■Carlos Linck e seu filho André
Linck estão em Palmeira das
Missões para assistir ao Carijó
da Canção Gaúcha, um dos
principais festivais de música
nativista do RS.
■■As glamour girls Carolina
Oliveira, Juliana Steffens e
Eduarda Tomilin estiveram no
chá das domadoras do Lions
Clube Santa Cruz do Sul-Aliança.
Lance-livre
■■As professoras Marlise Martin,
Odeti Ertel e Sabrina Fuerstenau
acompanham hoje os alunos
das oitavas séries do Colégio
Mauá numa viagem de estudos
à região das Missões.
■■O Clube do Policial Civil
promoveu na tarde do sábado
passado o chá em homenagem
às mães, com desfile de moda do
Armazém Kids e Dropps, sorteio
de brindes e apresentação de
Milena Stepanienco.
Radar
■■Ido Dupont, Ênio Ernesto
Wermuth e Clóvis Darci
Haeser estiveram na Bierhaus
assistindo ao anúncio dos
grandes shows da 30ª
Oktoberfest.
■■Seguem os preparativos do
Dia do Ex-aluno do Colégio
Mauá, que comemorará os 144
anos do educandário em 17 de
agosto.
Linha direta
Dorvalino Antônio Alves dos
Santos, o Dorva, jogador do
Periquito na década de 60,
escreve revelando que está
muito feliz e parabeniza o clube
pela conquista da vaga na elite
do Campeonato Gaúcho.
Acontecendo – II
A Associa-
ção Lar de Au-
xílio Espiritu-
al Lírios de Luz
r euni u seus
colaboradores
e amigos para
um jantar be-
neficente nos
salões do CTG
Lanceiros de
Santa Cruz.
Renata, Ademir, Beatriz e Priscila Rodrigues
Fernanda Hagemann Laryssa Lourenço
Vandeca Duarte, Suzan Duarte e
Hedi Kothe
Antônio Grizut, Ana Luisa Dias e
Cinara Kanitz
Nelson
e Tereza
dos Santos,
Jardel dos
Santos,
Mariele Fiel
Omar Dors, Minéia e Leandro
Borges
Shana Soares Wiesel Müller, Nelsi
Müller e Janaína Venzon
Marlene
Bettin,
Carolina
Bittencourt,
Katia
Feja, Mara
Rodrigues
e Leandro
Frantz
De 04 a 12 de junho, dê um beijo
apaixonado em frente ao cinema e
mostre que seu amor merece estar
nas telonas.
Comprando um par de
ingressos, o beijo dá
direito a 01 kit com
pipoca e pirulitos para
adoçar seu romance e
aquecer seu coração.
Válido de 04 a 12 de junho ou enquanto durarem
os estoques.
www.maxshoppingcenter.com.br
www.facebook.com/maxshoppingcenter
Rua Sete de Setembro, 36
Santa Cruz do Sul
Confira a programação em:
pi
ad
aq
Válido de 04 a 12 de j
p
*imagens meramente ilustrativas
Venha saborear os melhores pratos.
Junto ao Imec Supermercados.
Gazeta do Sul Sexta-feira, 30 de maio de 2014
0
8
luana@gaz.com.br | 3715 7927 Edição: Luana Rodrigues
S
e
x
t
a
-
f
e
i
r
a



3
0
/
5
Gincana de Vera Cruz – Evento inicia nesta sexta-feira,
às 19 horas, com a abertura oficial na Praça José Bonifácio.
Talk Show com Thiago Lacerda – Cinema,
teatro e televisão serão os temas abordados
pelo ator Thiago Lacerda, que estará
acompanhado pelo produtor Diego Müller
e pelo diretor e produtor Pablo Müller.
A atividade acontece no Centro Cultural
Univates, é gratuita e começa às 19h30.
Choperia da Brahma – Pagode com o grupo
Fissura, a partir das 22 horas.
Legend – Hoo Ha Rock com Vespertinos e Beto Bala, às 23 horas
West – Show com Dodô e Fábio Lemos + Grupo
Sambora, às 23h30
■■PROMOÇÃO GABRIEL FARIAS
Quer ter tal a TV Oficial da Copa na
sua casa? O cantor Gabriel Farias faz
a mão! Curta agora facebook.com/ga-
zeta101fm e cadastre-se no app Pro-
moções. Sorteio acontece no sábado,
7 de junho, no Bailão 101. Boa sorte!
■■MICHEL TELÓ
Vale demais conferir o vídeo divul-
gado por Michel Teló, parceria com
Prince Royce. Juntos, os cantores in-
terpretam Te Dar um Beijo, com ro-
teiro de Fernando Hiro e direção do
Hiro e do Jacques Jr. Top demais!
■■JADS & JADSON
Quem também lançou vídeo foi
a dupla Jads & Jadson. O clipe de
Ressentimento, atual música de tra-
balho, difere de boa parte do que a
gente está acostumado e, por um
certo tom jocoso que a música tem,
talvez muitos esperassem um clipe
bem animado. Não é o caso! A dire-
ção é de Daniel Ferro com codireção
e roteiro de Fernando Hiro.
■■SHOWS DA OKTOBERFEST
Foram divulgados os shows nacio-
nais da Oktoberfest. Prepare-se para
curtir atrações do pop rock, sertane-
jo e pagode: dia 10, Nando Reis; dia
11, Cristiano Araújo; dia 17, Thiagui-
nho; e dia 18, Lucas Lucco.
■■AGENDA BEERSIDE
Neste sábado, show com Dodô &
Fábio Lemos.
Siga no Twitter: @maiquelthessing
Curta no Face: facebook.com/bailao101
maiquel@gazeta.fm.br
Maiquel
Thessing T
mixeventos
Música ao vivo
sextas e sábados
Música ao vivo
sextas e sábados
Segunda-feira com
rodada dupla de chopp
Kaiser até a meia-noite
Terça-feira rodada dupla
chopp Kaiser garotinho
até a meia-noite
N
o
v
o
úúúúúúúúúú
Sob nova direção
D
o
m
i
n
g
o



1
º
/
6
Gincana de Vera Cruz – Tradicional desfile temático na
Rua Cláudio Manoel, a partir das 14 horas.
Espaço Camarim – A peça O Mundo de Pitanga, do
grupo de teatro (Ins)pirados, de Santa Cruz do Sul, será
apresentada neste domingo, a partir das 16 horas, com
entrada franca. A realização é da AGA Produções Artísticas
com o apoio do Departamento de Cultura da Smec.
Choperia da Brahma – Pagode dos Amigos com grupo
Tudo Nosso + Geison Queiros e convidados, a partir das
19h30.
S
á
b
a
d
o



3
1
/
5
Gincana de Vera Cruz – Tarefas
esportivas começam às 14 horas,
no Clube Cultural e Esportivo
Vera Cruz. Já as tarefas artísticas
acontecem a partir das 19 horas, no Ginásio Poliesportivo.
Espaço Camarim – O Sesc traz para Santa Cruz, dentro
da programação do projeto Rio Grande no Palco, a peça
Da Carta ao Pai ou Tudo Aquilo que eu Queria te Dizer,
livremente inspirada na obra do escritor Franz Kafka. A
apresentação se inicia às 20 horas, com ingressos que
variam de R$ 5,00 a R$ 16,00.
Jantar-Baile do Arroz, em Rio Pardo – Evento se inicia às
20h30, no Clube Literário, com escolha da rainha do arroz.
A animação fica por conta da banda Caravelle.
Beerside – Show com Dodô e Fábio Lemos + DJs
residentes, a partir das 23 horas
Choperia da Brahma – Pop show com Erico Fanfa e
Maurício, a partir das 22 horas.
Legend – Show com a banda Lobos da Estepe, às 22 horas
Sunset – Party Eletronic Day com as DJs Luani Odone e
Bárbara Fabres, às 23h45
Sprits, em Lajeado – Show com Favela Social e Sandro
Coelho, às 23h30
Paroquial em Passo Sobrado – Domingueira Show com
Rainha Musical + Rangel Felipe, a partir das 18 horas
D
u
r
a
n
t
e

a

s
e
m
a
n
a
Quarta-feira, 4/6 – Acontece na próxima quarta-feira,
às 20 horas, no Espaço Camarim, o evento Miss Cultura.
Trata-se de uma espécie de competição literária entre
Fabrício Carpinejar e Mauro Ulrich, com o tema Luxúria.
Quinta-feira, 5/6 – Show com Lulu Santos no Clube
Tiro e Caça, em Lajeado. O evento se inicia às 21 horas, e
os ingressos podem ser adquiridos pela internet no site
www.blueticket.com.br.
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
1
Sexta-feira, 30 de maio de 2014
Gazeta do Sul
Na medida
exata do bem-estar
O projeto de interiores desta cobertura exemplifica como é possível
tirar o máximo de proveito de um imóvel mais compacto,
sem deixar de lado aspectos como beleza, conforto e funcionalidade.
Páginas 16 e 17
71
2
Construção
Decoração
EXPEDIENTE
Edição e textos: Simoni Gollmann
Diagramação: Márcio Oliveira Machado
Tratamento de imagens: Simone Wiesner
TALENTO
exposto
nnnTrabalhos de arquitetos locais
ganham destaque. Páginas 6 e 7
TRABALHO
em foco
nnnRemodelação da parte
administrativa de uma tradicional
empresa beneficia o dia a dia no
ambiente. Página 26
BEM-ESTAR
na clínica médica
nnnAmbientação privilegia a beleza e
o perfeito funcionamento da rotina nessa
clínica. Páginas 22 e 23
INSPIRAÇÃO
comemorativa
nnnDez anos de atividade profissional
norteiam traços do novo escritório de
uma arquiteta de Vera Cruz. Página 28
Espaço Atual
Galvão Costa, 152
(51) 3715-4496
NOVIDADE
Que tal uma boa leitura ou um momento de relaxa-
mento neste divã? Essa peça e mais dezenas de outras
fazem parte da linha oferecida na Estofados Classe A,
inaugurada recentemente em Santa Cruz do Sul. Com
mais de dez anos no mercado, a empresa disponibiliza,
além de produtos prontos, estofados sob medida. Mais
uma opção de beleza, conforto e qualidade em Santa
Cruz do Sul.
Conforto
e design
F
o
t
o
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
3 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
C
M
Y
CM
MY
CY
CMY
K
26144_art_anun_royal_country_cad_construcao_predilar.pdf 1 26/05/14 16:15
Espaço Atual
Galvão Costa, 152
(51) 3715-4496
4
Construção
Decoração
A linha de produtos licenciados
da Mattel, que já despertava a aten-
ção da criançada, ganhou novos lan-
çamentos no início do ano, trazendo
itens modernos e arrojados. Os pro-
dutos também auxiliam os pais, já
que se tornam objetos práticos para
organizar os mais variados ambientes
infantis.
O lançamento da Prat-K apre-
senta cabideiro, cabideiro prateleira,
estante com caixa de tecido, estante
com revisteiro e caixa de tecido, kit
banheiro 5 peças – potes e lixeiras,
tapete para box, cortina para box e
lixeira metálica.
Os personagens são alguns dos
mais lembrados entre a criança-
da: Barbie, Monster High e Hot
Wheels, figuras que mexem com a
imaginação dos pequenos e deixam
o ambiente ainda mais divertido.
Segundo o gerente de Pesquisa e De-
senvolvimento de produtos da Prat-K,
Ricardo Wingert, o desenvolvimento
da linha foi focado na usabilidade dos
produtos, segurança das crianças, fa-
cilidade de montagem e conserva-
ção, para que o consumidor te-
QUARTO INFANTIL
Organização divertida
Para os pequenos que são
fãs de personagens como a
Barbie, Monster High e Hot
Wheels, a Prati-k tem uma
linha ideal para manter o
quarto mais arrumado, bem
ao gosto da criançada
nha soluções completas para suas
necessidades. “Além disso,
nessa linha Mattel, apos-
tamos em pequenos
detalhes como di-
ferencial, como
trabalhar as
bordas dos
p r o d u t o s
com dese-
nhos, dei-
xando o item
com design ain-
da mais atrativo.”
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
5 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
6
Construção
Decoração
Depois de ver essa proposta, que
hoje é ocorre por todo o mundo, pela
primeira vez por volta de 1996, em
Buenos Aires, o profissional retornou
da Argentina com o pôster das portas
da capital do país, decidido a incluir
Santa Cruz do Sul nessa coletânea.
Para que o trabalho ficasse perfeito, é
claro, ele necessitaria também de uma
pesquisa detalhada e técnica.
Procurou então empresas, órgãos
públicos e a Universidade de Santa
Cruz do Sul (Unisc), dividindo assim
a autoria do projeto e obtendo o apoio
para a primeira versão em 1997.
No dia 15 de maio, o Portas de Santa
Cruz foi apresentado no Salão Vitória,
no Centro de Eventos do Charrua Ho-
EXPOSIÇÃO
Portas de Santa Cruz
Com o objetivo principal
de provocar com o detalhe
arquitetônico um espírito
de patrimônio histórico
cultural, que pudesse até
gerar uma política municipal
de viabilidade econômica
para uma história expressa
nas arquiteturas da cidade,
o arquiteto Mario Dummer
realizou este trabalho
Adriane Gothe Sperb
Decoração de Interiores
Projeto de interiores residenciais e comerciais
Desenvolvimento de mobiliário
Santa Cruz do Sul
51 8429.8491 / 51 3717.1929
adriane.sperb@hotmail.com
tel. Para a escolha das portas, o critério
foi pessoal e simples. Dummer saiu
registrando portas com caráter público
institucional e histórico e acrescentan-
do algumas que pudessem, pela simbo-
logia, ter um efeito visual.
Após 30 imagens básicas, a Unisc
iniciou o delicado trabalho de pedir a
autorização de uso das imagens e dis-
ponibilizou o apoio técnico do fotógra-
fo Renato Seerig, professor na época.
Segundo Dummer, esse projeto ser-
ve como meio para desenvolver uma
relação de cidadania com a cidade.
Como as imagens de lançamento têm
apoio da Copygraph, foram expostas
somente na ocasião, mas a intenção é
tornar a exposição itinerante pela cida-
de e região. A promoção é do Núcleo
de Arte & Cultura (Proext) Unisc.
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
7 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
Há cerca de dois anos e meio, a
profissional Ana Mähler, em visita à
Fundação Iberê Camargo, em Porto
Alegre, fez várias fotos do belíssimo
projeto de Álvaro Siza e, nele, iden-
tificou uma conexão com o trabalho
que já vinha desenvolvendo. Surgiu
então uma série elaborada ao longo
dos últimos dois anos, utilizando fotos
suas, fotos da internet e de livros. Em
EXPOSIÇÃO
Fundação Iberê Camargo
A arquiteta Ana Mähler é mais
uma santa-cruzense que expõe
seu trabalho, fruto de uma
investigação artística em torno
do espaço, do tempo e das
cores, com o uso de nuanças
para gerar efeitos 3D na tela
alguns casos, ela utilizou somente um
fragmento da imagem, da arquitetu-
ra dos exteriores e dos interiores do
edifício.
Em todas as telas aparece a esca-
da, peça importante, segundo Ana,
pois dá escala, sugere outra dimen-
são, outro caminho... ir e vir, subir e
descer.
Foram realizados ao todo 15 tra-
balhos que deram origem à exposição
Um Olhar sobre a Fundação Iberê
Camargo, a primeira individual da
arquiteta, aberta no último sábado.
A visitação pode ser feita até o dia
20 de junho, de segundas a quintas-
feiras, das 11 às 19 horas, e às sextas,
das 11 horas às 17h30, na Galeria
Arte & Fato, Avenida Protásio Alves,
1893, Porto Alegre.
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
8
Construção
Decoração
Há pessoas que apreciam um jar-
dim todo topiado, formas redondas,
chatas e até quadradas, nenhum ramo
fora do controle. A manutenção de um
espaço assim, entretanto, conforme a
paisagista Sandra Kanitz, é constante
e dispendiosa em maquinário e mão
de obra.
Optar por não podar nada com o
pensamento de deixar tudo livre e por
PAISAGISMO
Sempre belo
Mesmo em época de frio, o
jardim precisa de cuidados.
Há plantas mais resistentes
para esse período e a
grama, ao contrário do que
muitos pensam, não deve
ficar sem ser cortada
conta da natureza poderá transformar
seu jardim numa selva intransponível.
Será um berçário de insetos, fungos e
doenças, pois as plantas não terão a
luminosidade e o arejamento necessá-
rio para crescerem e florescerem. O ar
de abandono também será evidente.
A grama segue precisando de cor-
tes. Eles são indicados com menos
frequência, mas precisam continuar
acontecendo. Já para quem gosta de
flores, a sugestão da profissional é pe-
las plantas de inverno, como o amor
-perfeito. Confira imagens de traba-
lhos da paisagista, exuberantes nesta
época.
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
9 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
CRIATIVIDADE
sempre renovada
n n n Quem gosta de trabalhos diferenciados precisa conhecer as
novas peças desenvolvidas pelo artesão Nivaldo Feliciano. Conheci-
do por seu trabalho belíssimo e original no bambu, ele não para de
inovar e agregar novas técnicas, agora utilizando também azulejos e
outros recursos para dar origem aos mais diversos artigos.
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
10
Construção
Decoração
O recurso também é excelente
para tornar o local mais sofisticado,
para apreciação das visitas e para au-
mentar o bem-estar dos moradores.
A paisagista especializada em Feng
Shui e jardinagem orgânica, Marizeth
Estrela, faz algumas recomendações
para quem quer dar forma a essa
ideia e acomodar um pequeno jardim
sob as escadas.
O principal alerta está relacionado
com a escolha das espécies a serem
plantadas. As opções incluem peque-
nos arbustos, folhagens, trepadeiras,
flores; todas, no entanto, que se adap-
tem bem à pouca incidência de luz, se
o ambiente apresentar essa caracterís-
tica. “Deslocar vasos de outras áreas
para esses cantinhos também é possí-
vel. O cuidado está apenas em consi-
derar plantas de acordo com a lumino-
PAISAGISMO
Cantinho transformado
Realçar a área debaixo
da escada com vasos
ou com um pequeno
jardim é uma excelente
opção para quem deseja
valorizar esse espaço
sidade do espaço. A mudança brusca
do tempo de exposição ao sol poderia
causar dano à planta”, afirma.
Entre as espécies que se adaptam
bem à pouca luminosidade estão as
dracenas, o pacova, as bromélias,
zamioculcas, trevo-da-sorte, espada-
cilíndrica, lírios-da-paz, palmeira
Chamaedorea . “Os vasos permitem
brincar com tamanhos, formas e co-
res, trazendo harmonia ao ambiente.
Investir um pouco em iluminação in-
direta também irá diferenciar o am-
biente e trazer conforto visual quando
anoitecer.” Essa alternativa também
permite acabamento com seixos, pe-
driscos brancos e outros materiais
para finalização.
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
11 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
JARDIM
nnn A opção de acomodar um jardim sob a escada, por sua vez, irá
requerer mais atenção. Nesse caso, será preciso construir um canteiro. O
material – granito, mármore, cimento – pode ser escolhido de acordo com
o gosto ou estilo do morador. “Essa opção exige um dreno para escoar a
água da irrigação. Quem puder investir um pouco mais pode planejar um
sistema de irrigação automático com timer. A iluminação pode ser com
lâmpadas de led”, indica Marizeth. Segundo ela, é preciso tomar cuidado
para não colocar lâmpadas que possam queimar as plantas. “As lâmpadas
precisam ser especificas para iluminação de plantas.”
Para o plantio direto no canteiro, é preciso tomar o cuidado de cobrir
completamente as raízes, não deixando-as expostas.
Marizeth dá duas dicas de projetos. Em um deles, a paisagista prioriza o
uso de vasos mais baixos, encobertos por pedriscos, luminárias e um trevo
da sorte. Os vasos, em tom cobre, com pontos dourados na cor ouro, relu-
zem com a incidência de luz. Para o piso branco, é usada uma manta bidin
antes da colocação das pedras.
No outro, a paisagista usa a dinâmica para melhorar o Chi (energia) de
entrada. São utilizadas plantas com folhagens vistosas, muitos cristais e
madeira cajarana. As espécies que compõem o jardim sob as escadas são
as ciclantus, o pacova e os lírios da paz.
A escada simbolizaria uma ligação entre dois níveis – a transição de um
lugar para outro –, por isso um projeto para acomodar um jardim sob as
escadas, segundo Marizeth, precisa levar em conta a energia de influência
dos ambientes da casa. “O espaço requer atenção especial no processo de
harmonização, por conduzir as pessoas a outro nível.” O jardim estabili-
zaria essa energia necessária sob as escadas, transmitindo segurança aos
moradores.
TERRÁRIOS
nnn Outra opção interessante, não só para o espaço sob a escada, mas
a qualquer ambiente, são os terrários. Eles são ecossistemas autossustentá-
veis em miniatura. Com alguns cuidados e a escolha correta das espécies,
mantêm-se bonitos sempre. Estes modelos são do Terrários Santa Cruz.
Classe
A
ESTOFADOS
Design moderno e conforto
Trabalhamos com estofados sob
medida com visita no local
Estofados direto de fábrica
Mais de 10 anos no mercado
Vendemos tapetes e carpetes São Carlos e móveis Rudnick
www.estofadosclassea.com.br | 3902.5510 | 9866.6921 | Rua Senador Pinheiro Machado, 440, fundos hospital
12
Construção
Decoração
O aspecto visual do bambu re-
mete à cultura oriental. Muito usado
na decoração de jardins, varandas e
ambientes destinados à meditação
e ao relaxamento, esse elemento
transmite sensações de aconchego
e tranquilidade. Para facilitar a vida
do consumidor e minimizar a extra-
ção de bambu da natureza, a Suvinil,
marca de tintas imobiliárias da BASF
e líder no segmento Premium, tem
um produto que permite um efeito
muito parecido com o desse recurso
natural.
PINTURA
A naturalidade do
bambu nas paredes
Seguindo as instruções
à risca, é possível
chegar a um efeito que
dá um toque charmoso
a diferentes ambientes
COMO APLICAR
nnn Para preparar a superfície
que irá receber o Efeito Bambu, é ne-
cessário aplicar de duas a três demãos
do produto Suvinil Fosco Completo
na cor branca, usando um rolo de lã
de carneiro e respeitando o intervalo
de secagem indicado no rótulo.
Em seguida, divida a parede com
uma fita em planos de um metro de
largura e cubra toda a superfície com
Suvinil Efeito Mármore, que tam-
bém possibilita a obtenção do Efeito
Bambu, com uma desempenadeira
de aço inoxidável. Com o produto
ainda úmido, faça movimentos cur-
tos, sucessivos e horizontais, partin-
do do canto superior para formar o
desenho dos gomos do bambu.
Após secar por 24 horas, passe
uma lixa d’água nº 320 ou 360 nos
relevos mais altos, deixando as de-
pressões do desenho com um leve
lixamento para dar uma aparência
arredondada. Depois de remover o
pó, basta aplicar cera em pasta inco-
lor em toda a superfície, que deverá
secar por cerca de 15 minutos. Por
fim, é só fazer o polimento manual
com um tecido de algodão.

EFEITOS DECORATIVOS
nnn Com a linha exclusiva de efeitos decorativos da marca, também é possível obter resultados que imitam
os elementos Palha, Lunar, Madeira, Bambu, Jeans, Jeans Lavado, Linho, Pátina, Camurça, Craquelado, Aço
Escovado, Listras e Concreto.
13 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
RESIDENCIAL ECOVILLE
MAIS DO QUE UM LOCAL PARA MORAR
Um empreendimento que não visa apenas à construção de uma edificação como um
produto do mercado imobiliário, mas que incorpora também outros conceitos importantes
e atuais, como a segurança, a habitabilidade e os aspectos ecológicos, fundamentais na
sustentabilidade das cidades, gerando economia, conforto e proporcionando tranquilidade
aos seus moradores. Assim é o Residencial Ecoville, criado em 2006, idealizado pelo
arquiteto Maiquel Hartungs, que, a partir de recursos próprios e da formação de parcerias,
teve suas primeiras casas concluídas ao final de 2009.
Em um bairro calmo, com baixa circulação de pedestres e veículos, ou seja, baixíssima
poluição sonora e queima de combustíveis por veículos automotores, está localizado
o terreno, amplo e com baixa taxa de ocupação e índice construtivo, permitindo boa
ventilação e insolação das residências, que totalizarão 2,8 mil
metros quadrados de construção.
As unidades residenciais possuem 78 metros quadrados de
área privativa, ambientes amplos, um box de estacionamento
na frente de cada casa, pátio murado individual nos fundos,
churrasqueira e muitos outros atrativos.
No fim de 2013, mais uma etapa de construção foi
finalizada, totalizando 20 casas prontas, quase todas
vendidas. Agora, o empreendimento inicia sua última etapa
de construção.
Residencial Ecoville - Travessa Triunfo, 50 - Bairro Castelo Branco - Santa Cruz do Sul
Maiquel Hartungs
Participações e Arquitetura
Marechal Deodoro, 50
Sala 01 – Centro SCS
Fone: 51 3056 2465
MPAR
Empreender Arquitetura
CRECI 23966 J
51 3053 - 1050 | 51 9508-1050
www.imolari.com.br | imolari@imolari.com.br

Rua 28 de Setembro, nº 1011 - Centro
Santa Cruz do Sul, RS - CEP: 86810-174
WWW. RESIDENCIAL-ECOVILLE.BLOGSPOT.COM
Rua Cap. Fernando Tatsch, 576
Rua Ten. Coronel Brito, 8101 - 3715.3039
Rua Cap. Fernando Tatsch, 576
Rua Ten. Coronel Brito, 8101 - 3715.3039
Rua Carlos Trein Filho 127
Santa Cruz do Sul
(51) 3056.2068 / 3711.2068
16
Construção
Decoração
1
2
4
3
A fim de aproveitar da melhor for-
ma possível a área disponível, os am-
bientes foram projetados priorizando
sua funcionalidade, sem descuidar
da beleza e do aconchego que os
proprietários desejavam. Entre os as-
pectos que contribuíram para deixar
harmônica a morada como um todo,
está a padronização dos espaços, com
elementos como o uso de texturas na-
turais da madeira, palha e linho.
PROJETO
Ambiente redimensionado
Sob o predomínio do branco
e com o emprego de vários
painéis de espelhos, o escritório
Moura Falleiro promoveu a
sensação de amplitude neste
apartamento caracterizado por
peças mais enxutas
1 e 2 Estar e jantar foram trabalhados de forma integrada. A iluminação, com possibilidades que vão da
funcional à decorativa, é um dos pontos altos do ambiente, separado das dependências íntimas por uma
porta de correr que desaparece atrás do painel de espelhos, garantindo privacidade nos dormitórios.
3 A confortável sala de estar ganhou alguns metros quadrados, apropriando-se do espaço da sacada.
Para preservar da claridade e do calor ou, ao contrário, permitir a contemplação da belíssima vista
daquele ponto da cidade, cortinas de linho contornam parte do ambiente.
4 A cozinha também se comunica com as salas. Apesar de compacta, é bastante equipada e, com as cores
claras, ganha amplitude visual.
F
o
t
o
s
:

R
o
d
r
i
g
o

A
s
s
m
a
n
n
Rua São José, 1318 - Centro - Santa Cruz do Sul-RS
Fone: 3719-5503 - ideallemoveis@gmail.com
Projeto das
Arquitetas
Lela Falleiro e
Carol Moura
17 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
11
10 9
5
6
7
8
9 O quarto transformado em closet é totalmente prático e funcional.
10 e 11 No lavabo, uma bancada mais extensa sob a cuba da pia possibilita a
acomodação de objetos. Já no banheiro da suíte, cores claras e a iluminação dão a
sensação de aumentar o ambiente.

5 e 6 O pavimento superior da
cobertura privilegia o convívio e os
bons momentos em torno da mesa.
Churrasqueira, fornos e fogão per-
mitem o preparo de deliciosos pra-
tos. Ao lado, uma sala, também
com a sacada integrada, maximi-
za o conforto do ambiente.
7 e 8 Dois dormitórios (um de-
les suíte com closet) resultam da
remodelação dos três quartos
originais. O uso de espelhos (um
inclusive utilizado como painel
para o televisor) foi mais uma vez
fundamental para ampliar os am-
bientes, bem como a iluminação
criteriosamente planejada.
E-mail: vidracariareformarte@gmail.com
Rua Voluntários da Pátria, 1392 - VA
VOCÊ MERECE ESTA MARCA NA SUA CASA
Fones: (51) 3741.6919 | 3793.0569 • 9995.5978
9707.5281
v i d r a ç a r i a
Santa Cruz do Sul | Avenida do Imigrante, 370 | 3715.2900
Sobradinho | Acesso Euclides B. Pereira, 502 | 3742.3607
Lajeado | Duque de Caxias, 1164 | 3710.1033
Rua Ernesto Alves 1017
Fones: 3713.1976 | 3056.4640
(55) 3212.8005 • Av. Medianeira, 348 • Santa Maria/RS
(51) 3902.7000 • Rua Thomaz Flores, 308 • SCS/RS
(51) 3024.3224 • Av. Goethe, 137 • Porto Alegre/RS
conceito conceito conceito
mármores e grani t os
Evandro 519557.5328| 513713.1192
Tudo em acabamento de
mármores e granitos
Tudo em acabamento de
mármores e granitos
e-mail: conceitomarmores@gmail.com
Av. OrlandoOscarBaumhardt, 650LªStaCruz
Av. Senador Alberto Pasqualini, 161
Fone (51) 3902.0246
contato@mourafalleiro.com.br
Arq. Carol Moura | Arq. Lela Falleiro
Rua General Osório, 18
Santa Cruz do Sul
E-mail: nukicortinas@hotmail.com
(51) 3717.1003 | 8114.1714
Vestindo
Ambientes

com Elegância

Cortinas e Persianas
18
Construção
Decoração
1 e 2 Os móveis com lâmina melamínica em
textura amadeirada proporcionam organização
e funcionalidade na loja, que tem lugar certo e
adequado para cada um de seus produtos. Alguns
pontos são valorizados pela iluminação focada.
3 A bancada para o consumo de lanches e be-
bidas no interior da butique foi sugerida pelas
profissionais. O recurso deixou o ambiente ainda
mais convidativo.
4 Para a fachada, foi confeccionada uma placa
em ACM, iluminada por leds, na qual o emprego
do laranja remete à fome e alimentação. Além
disso, ripas de madeira de demolição foram uti-
lizadas, bem como nos pilares do interior da loja,
concedendo um visual singular e muito original.
1
2 4
3
A intervenção deixou o local, que
pode ser contemplado de dois ângu-
los diferentes do lado externo, como
uma ampla vitrine, mais funcional e
charmoso. A madeira dá o clima de
acolhimento, utilizada tanto na fa-
chada quanto nos móveis do interior.
PROJETO
Vitrine repaginada
Esta loja de conveniências
junto de um posto de
combustíveis de Santa
Cruz ganhou status de
butique com a reformulação
idealizada pelo escritório de
arquitetura Téia + Iara
F
o
t
o
s
:

B
r
u
n
o

P
e
d
r
y
L
u
l
a

H
e
l
f
e
r
Materiais de Construção
Tudo Para a Sua Obra
Materiais de Construção
Tudo Para a Sua Obra
Travessa Érico Veríssimo, 58 | Santa Cruz do Sul
(51) 3715.2700 . 3715.2093 (51) 3715.2700 . 3715.2093
facebook.com/hildebrando.materiaisdeconstrucao
Rua Carlos Trein Filho, 97
Fone/fax: (51) 3713-2314
Materiais elétricos
Lustres
Luminárias
Rua Senador Pinheiro Machado, 450
Fone: (51) 3711.1188
/Constinta
www.constinta.com.br
Agora com novo segmento:
Aberturas de PVC
Agora com
novo segmento:
Aberturas de PVC
LANÇAMENTO
Gesso acartonado
Steel frame
REALIZANDO
SEUS PROJETOS
DE VIDA
BR 471 - KM 56 / SCS
(51) 3719-4641/3715-5025
e-mail:mbraga@viavale.com.br
19 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
1
3
PROJETO
Combinação harmoniosa
A mistura equilibrada de
elementos é destaque desta
residência projetada pelo escritório
de arquitetura Téia + Iara
2
1 e 2 Outra característica marcante é a combinação harmonio-
sa de materiais. O revestimento que reproduz madeira em uma das
paredes é o ponto forte do conjunto. A mistura ainda tem madeira
de fato, a telha de concreto plana e a cor fendi nas demais paredes,
todas interagindo com equilíbrio.
3 As chaminés dão um toque diferenciado à construção vista da la-
teral. A Suhma executou e administrou a obra.
F
o
t
o
s
:

B
r
u
n
o

P
e
d
r
y
Embora o terreno não tenha grandes dimensões
frontais, o jogo de volumetrias do telhado foi uma
das apostas das profissionais para deixar a fachada
interessante.
3 7 1 3 - 1 1 3 3
3 0 5 6 - 4 0 2 2
w w w . s u h m a . c o m . b r
ADMINISTRAÇÃO E EXECUÇÃO DA OBRA
Contato
(51) 3718.2673 • (51) 9739.6092
(51) 9703.6533
ERNESTO WILD, 1234 | VERA CRUZ
exclusive_piscinas@hotmail.com
www.exclusivepiscinas.com.br
Fones:
(51) 3713.3600
(51) 3056.3602
Celular:
(51) 9643.1530
Trav. Érico Veríssimo, nº 86
20
Construção
Decoração
A solicitação da família era por
uma casa aconchegante, verdadei-
ramente gostosa de morar. Para isso,
foram priorizados ambientes inte-
grados, que facilitam e aproximam
o convívio. Pensando no futuro e na
longevidade do casal proprietário,
no andar térreo, a biblioteca de hoje
pode se tornar um quarto no futuro,
enquanto o lavabo tem condições de
se transformar num banheiro, caso o
acesso ao segundo pavimento seja di-
ficultado para um dos moradores.
PROJETO
Continuidade assegurada
Ao ser projetada pelo arquiteto
Martim Eidt, esta residência
atendeu às necessidades
imediatas dos proprietários,
deixando, porém, tudo
planejado para uma série de
ampliações futuras
1 e 2 A edificação tem estilo contemporâneo,
conforme o gosto dos proprietários. Amplas es-
quadrias em vidro garantem muita luminosi-
dade natural à residência.
3 Embora o lote onde se encontre, em um con-
domínio fechado de Santa Cruz do Sul, não
seja grande, tem como destaque a mata nos
fundos do terreno. Para aproveitar a natureza,
a fachada da casa voltada ao verde também
conta com várias esquadrias envidraçadas, que
permitem a contemplação de diversos pontos do
interior.
4 A casa foi concebida pelo arquiteto dentro de
um orçamento fechado para a sua execução,
tratado entre proprietários e construtores. Para
respeitá-lo, sem limitar as possibilidades do
imóvel, o projeto prevê diversas ampliações e re-
formulações que poderão ser feitas no futuro. A
laje que cobre a garagem, por exemplo, poderá
ser transformada em mais uma peça.
1
2
Mal. Floriano, 155 - Creci 21.835-J
Fone 715-2942/994-8816
21 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
5 Já para obter mais uma vaga coberta na garagem, um pergolado está previs-
to para dar continuidade à estrutura lateral suspensa.
6 O interior também permite diferentes configurações, tendo a cozinha – aberta
para que ninguém fique isolado dos demais – como ponto entre as salas de estar
e jantar, sala de estar íntimo e garagem que, se aberta, constitui um interessante
ambiente de ligação entre o interior e o exterior.
3
4
5
6
F
o
t
o
s
:

R
o
d
r
i
g
o

A
s
s
m
a
n
n
R u a A n t o n i o E i c k 8 7 - 3 7 1 5 - 8 5 3 4 / 9 9 9 6 - 6 9 0 7 - S a n t a Cr u z d o S u l - e - ma i l : me t a l b e @v i a v a l e . c o m. b r
ETALBE
ESQUADRI AS DE ALUMÍ NI O
Beleza, Qualidade e Durabilidade
Especializada em aberturas de alumínio,
com qualidade, beleza e durabilidade,
buscando a satisfação
e a confiança do cliente.
há 24 anos prestando serviços com
excelência,
Esquadrias emtodas as cores - Opção p/ vidro termoacústico
Box para banheiros - J anelas - Portas - Conserto emgeral
Portas pivotantes
Divisórias
Persianas J anelas de canto
Portas de correr
Peitoril
22
Construção
Decoração
1
2
4
3
PROJETO
A serviço do bem-estar
Instalada em um prédio de
linhas contemporâneas, esta nova
clínica, que conta com quatro
consultórios, exigiu do arquiteto
Ronaldo Wink a concepção de
soluções diferenciadas a fim de
atender adequadamente médicos,
pacientes e funcionários
Sexta-feira, 30 de maio de 2014
Para tornar realidade essa proposta, foram
criaadas novas circulações, tratamento acústico e
espaços aconchegantes. Os ambientes foram pro-
jetados de forma despojada, sem, contudo, abrir
mão da funcionalidade. Foram utilizados móveis
projetados em marcenarias locais, acompanhando
também a adequação da edificação em vários as-
pectos de sua infraestrutura.
F
o
t
o
s
:

R
o
d
r
i
g
o

A
s
s
m
a
n
n
Materiais de Construção
Tudo Para a Sua Obra
Materiais de Construção
Tudo Para a Sua Obra
Travessa Érico Veríssimo, 58 | Santa Cruz do Sul
(51) 3715.2700 . 3715.2093 (51) 3715.2700 . 3715.2093
facebook.com/hildebrando.materiaisdeconstrucao
Rua Carlos Trein Filho, 97
Fone/fax: (51) 3713-2314
Materiais elétricos
Lustres
Luminárias
Rua Senador Pinheiro Machado, 450
Fone: (51) 3711.1188
/Constinta
www.constinta.com.br
Agora com novo segmento:
Aberturas de PVC
Agora com
novo segmento:
Aberturas de PVC
LANÇAMENTO
Gesso acartonado
Steel frame
REALIZANDO
SEUS PROJETOS
DE VIDA
BR 471 - KM 56 / SCS
(51) 3719-4641/3715-5025
e-mail:mbraga@viavale.com.br
23
5
6
7
1 e 2 A necessidade de criação de uma circu-
lação reservada entre os consultórios, lavabos e
copa fez surgir a divisória/estante executada em
melamínica padrão carvalho avelão com nichos
e colunas em fórmica líquida branca. Essa parede
de separação configura espacialmente a própria
sala de espera, na qual foram dispostos 14 lu-
gares, divididos entre poltronas e um sofá de três
lugares, todos em tons acamurçados e em plena
harmonia com o piso de porcelanato marfim. Nos
nichos iluminados, voltados tanto para a espera
quanto à circulação interna, foram dispostos obje-
tos decorativos e o próprio bebedouro. Situada em
um mezanino, a sala de espera tem ainda mesa de
apoio para revistas e aparadores e floreiras junto
ao peitoril de vidro.
3 O balcão de atendimento recebeu, em sua par-
te central, revestimento de placas de mármore
branco de Carrara, mesmo material utilizado na
mesa auxiliar localizada entre as poltronas. Esse
material foi escolhido por contrastar com o lami-
nado de madeira, bem como por sua resistência e
sofisticação.
4 Entre os consultórios, na parte interna da es-
tante divisória, também foram dispostos alguns
nichos. Contudo, a maior parte do espaço tem
caráter utilitário, servindo como roupeiro, arquivo
e espaços para equipamentos técnicos de lógica e
telefonia.
5, 6, 7 e 8 Devido à configuração retangular das salas, os con-
sultórios seguem um lay-out padrão e foram planejados de modo
a proporcionar boa circulação e funcionalidade principalmente
para a mesa de atendimento aos pacientes e às macas destinadas
a exames. A utilização do revestimento melamínico em tons claros
proporcionou maior amplitude aos consultórios, sendo o mobiliário
constituído por bancadas e estantes de apoio, todas com puxadores
contínuos em alumínio. Destaque para o negatoscópio, espécie de
visor para análise das radiografias, e as portas superiores em vidro
branco.
8
(51) 3056-1214
(51) 3713-1029
www.solled.com.br
ENERGIA SOLAR - LUMINÁRIAS - LÂMPADAS DE LED
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
CAU A 29076-9
24
Construção
Decoração
Dentre os clientes que procuram
o arquiteto Mateus Glanzel, muitos
projetos se resumem ao piso térreo,
trazendo mais praticidade e, por não
ter escadas, também maior conforto,
o que beneficia todos os ocupantes,
sejam crianças, adultos ou idosos.
PROJETOS
Formas e estilos
Projetos que se
desenvolvem em um
único pavimento
podem garantir mais
funcionalidade e bem-
estar aos seus usuários
1 e 2 CONFORTO E PRATICIDADE: o maior
desafio, nas casas térreas, é fazer com que a
planta não ocupe todo o lote, reduzindo a área
de pátio, bem como conseguir a boa ventilação
e iluminação em todas as dependências. A cria-
tividade e o conhecimento do profissional são
essenciais para se alcançar o melhor resultado
final.
3 e 4 EFEITOS DE FACHADA – FORMAS E
ELEMENTOS: abrangendo agora todos os tipos
de imóveis, independente do número de pavi-
mento, os proprietários, ao sonharem com a nova
residência, elegem preferências de estilos, formas
e cores, elementos que, com a percepção do pro-
fissional, tornam cada projeto único e exclusivo.
Para isso são utilizados recursos de volumetria,
revestimentos, iluminação, paisagismo, etc., cau-
sando efeitos e sensações tanto ao dia quanto à
noite, bem como em cada estação do ano.
5 e 6 ELEMENTOS INTERNOS – FORMAS
E FUNÇÃO: existem elementos inevitáveis em
uma residência, como a escada, quando se tra-
tar de dois pisos. Aproveitar-se disso para criar
uma forma quase escultural traz requinte e ex-
clusividade ao ambiente, sem perder a função.
Já elementos não essenciais, mas muito presen-
tes, como lareiras, também podem ser utilizados
como divisores de ambientes com formas simples
ou esculturais, conciliadas com sua função.
Além destes, muitos outros elementos podem tra-
zer conforto, praticidade e ainda enriquecer os
ambientes com formas e funções variadas.
1
2 4
5 6
3
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
SPIEGEL E CIA. LTDA
Comércio de areia e brita
Rua Cel. Oscar Jost, 2290 - SCS
Fone: (51) 3713.2720
SPIEGEL E CIA. LTDA
Comércio de areia e brita
Rua Cel. Oscar Jost, 2290 - SCS
Fone: (51) 3713.2720
(51) 3056-1214
(51) 3713-1029
www.solled.com.br
ENERGIA SOLAR - LUMINÁRIAS - LÂMPADAS DE LED
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
LDMóveis Ltda.
Rua Marechal Deodoro, 73 | Centro - Santa Cruz do Sul/RS
E-mail: revestpaper@hotmail.com| Fone:51 3909.8961
www.facebook.com/revestpaper
RepresentanteAncona em Santa Cruz do Sul,
soluções em esquadria de aluminío Alcoa.
E-mail: vidracariareformarte@gmail.com
Rua Voluntários da Pátria, 1392 - VA
VOCÊ MERECE ESTA MARCA NA SUA CASA
Fones: (51) 3741.6919 | 3793.0569 • 9995.5978 | (51) 9707.5281
v i d r a ç a r i a
25 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
1
2 4 3
Tanto no primeiro pavimento da
casa quanto no superior, tons neutros
prevalecem, aparecendo nas paredes,
tapetes e estofados. Ao conjunto é mes-
clada a madeira, que além de ser do
gosto dos proprietários, foi empregada
para aquecer os ambientes. A ilumi-
nação é um dos destaques, explorada
de diferentes formas, originando assim
cenários e efeitos diversos.
PROJETO
Proposta diferenciada
Unir aconchego e elegância
é a premissa do projeto de
interiores desta residência,
assinado pelas arquitetas
Raquel Schwerz e Renata
Tolotti. Porém, alguns pontos
vão além, configurando
espaços únicos e personalizados
1 A ampla sala de estar denota o estilo de vida
dos moradores, que têm o hábito de recepcionar
amigos e convidados. Para isso, conforto é peça
chave. Na parede oposta à estante onde se localiza
o televisor, um aparador com espelho amplia ain-
da mais a área e dá um toque de elegância.
2 A escada recebeu um tratamento especial. A
madeira maciça dos degraus foi trabalhada
para ficar mais parecida com o piso, vinílico. O
guarda-corpo em vidro temperado confere leveza,
enquanto o jogo de formas e relevo iluminado na
parede proporciona um efeito singular.
3 Na suíte do casal estão peças diferenciadas. A so-
licitação era não por um banheiro, mas por um spa.
Para isso, foram criadas cabines individuais para
o chuveiro e o vaso sanitário. O restante do espaço
ganhou um deck de madeira, inclusive com uma
espécie de pérgola lateral e superior, complementa-
dos por uma iluminação cênica e um bambu.
4 Ao lado do spa, o casal ganhou um camarim,
com espaço bem delimitado para ele e para ela,
proporcionando praticidade e a perfeita orga-
nização, conforme as necessidades femininas e
masculinas.
F
o
t
o
s
:

B
r
u
n
o

P
e
d
r
y
(51) 3056-1214
(51) 3713-1029
www.solled.com.br
ENERGIA SOLAR - LUMINÁRIAS - LÂMPADAS DE LED
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
26
Construção
Decoração
1
4
5
3
PROJETO
Espaço renovado
O setor administrativo dessa
empresa de Santa Cruz
do Sul ganhou aparência
mais contemporânea,
maior funcionalidade e
organização com o projeto
do escritório D|Arquitetura
1 e 2 A recepção atende muito bem as necessidades do dia a dia, reformula-
da e com novos móveis projetados, garante praticidade e organização. Como
plano de fundo, um painel com iluminação através de fita de led dá destaque
à logomarca da empresa. As antigas poltronas foram restauradas e utilizadas
em frente a esse painel, criando um espaço de espera.
3 A sala da diretoria ficou ampla e confortável depois das alterações propostas. As
arquitetas criaram um tablado delimitando o setor de trabalho e de reuniões. Foi
feita troca de piso, pintura, novos móveis, iluminação e restauração do móvel exis-
tente que se localiza abaixo da tela de apresentação digital, posicionada na parede
ao fundo da sala, conectando-se com computadores na base da mesa, através de
cabos embutidos sob o piso.
F
o
t
o
s
:

L
u
l
a

H
e
l
f
e
r
A remodelação, criada pelas ar-
quitetas Daiana Lanza, Daiane Gres-
sler e Patrícia Lopes, contemplou o
setor administrativo da empresa que
envolve recepção, sala da diretoria,
sala de reuniões, espaço corporativo
com copa e banheiros. A criação do
novo layout de redistribuição do es-
paço corporativo possibilitou o repo-
sicionamento dos banheiros que an-
tes não tinham ventilação e a criação
de uma copa para atender a equipe.
4 e 5 A exemplo de
todo o setor, foram ex-
ploradas cores claras,
com um verde suave,
para remeter ao verde
vibrante da logomarca
da empresa. Já o verme-
lho, outra cor da marca,
aparece em pequenos to-
ques na decoração e no
mapa mundi estilizado
que foi adesivado na
parede. Uma imponente
mesa de trabalho em la-
mina natural de tauari
destaca-se em meio ao
mobiliário predominan-
temente branco.
2
27 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
PROJETO
Atmosfera
luminosa
1 A recepção e o showroom foram projetados
em tons neutros, nas cores branca, preta e ama-
deirada, a fim de dar destaque aos produtos.
Ilhas formadas por cubos decorativos, nichos
de diferentes tamanhos e grelhas suspensas
possibilitam a exposição de diversos itens co-
mercializados.
2 Na sala de espera, os clientes podem visua-
lizar mais artigos de seu interesse na ilha de
exposição e nos nichos da divisória/prateleira
que separa da área de atendimento. No painel
revestido de porcelanato HD, com iluminação
especial, gerando um efeito diferenciado, está
aplicado o televisor que, junto com o cafezinho,
garante o ambiente acolhedor aos clientes.
3 O escritório do diretor ganhou um piso viní-
lico com textura amadeirada e papel de parede
para dar um ar mais aconchegante. Um pri-
meiro ambiente com estofados possibilita que
se realize reuniões informais. Já a bancada,
ornamentada pelos pendentes, é bem equipada,
oferecendo chá, café e o que mais se desejar, no
próprio espaço. A mesa de trabalho do diretor
é ampla, conta com iluminação focada e está
posicionada em um ponto de onde é possível
visualizar todo o estoque. A sala conta ainda
com lavabo.
4 Para a sala da diretora financeira, a propos-
ta foi dar um toque mais feminino, expresso no
papel de parede, na textura linho das lâminas
de madeira do mobiliário, nos móveis em laca
azul e na luminária empregada no canto. Em-
bora o cuidado com a estética, o espaço não
descuidou do foco na funcionalidade, por isso,
conta com uma mesa ampla, prateleiras poste-
riores para organizar o material do dia a dia e
iluminação especial.
Para o projeto de interiores dessa distribuidora de ma-
teriais elétricos, a arquiteta Renata Porto utilizou-se da luz
natural que banha grande parte do interior do amplo prédio,
além de dar destaque à iluminação, um dos itens de traba-
lho da empresa.
1
2
4 3
F
o
t
o
s
:

L
u
l
a

H
e
l
f
e
r
51 . 37 1 3. 1 801
51 8168.0543 I CAU104098-7
www.studiorenataporto.com.br I studiorenataporto@hotmail.com
R. 28 de Setembro, 36/311 I Gal. Champs Elysées I Santa Cruz do Sul/RS
(51) 3056-1214
(51) 3713-1029
www.solled.com.br
ENERGIA SOLAR - LUMINÁRIAS - LÂMPADAS DE LED
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
(51) 3056-1214
(51) 3713-1029
www.solled.com.br
ENERGIA SOLAR - LUMINÁRIAS - LÂMPADAS DE LED
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
(51) 3056-1214
(51) 3713-1029
www.solled.com.br
ENERGIA SOLAR - LUMINÁRIAS - LÂMPADAS DE LED
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
Rua Ernesto Alves 1017
Fones: 3713.1976 | 3056.4640
28
Construção
Decoração
1 2
4 5 3
Tanto o prédio quanto a área priva-
tiva da profissional foram trabalhados
no estilo contemporâneo. Muito bran-
co e ambientes clean, com amplas
esquadrias de vidro, caracterizam o
conjunto.
PROJETO
Marco comemorativo
Ao completar 10 anos de
carreira, a arquiteta Jandira
Barboza projetou seu novo
escritório e adotou uma nova
identidade visual, marcando
de forma especial a ocasião
1 e 2 Na recepção, destaque para o painel amarelo (que dá vida ao espaço
bastante neutro), onde se encontram a nova logomarca, em alto relevo, e adesivo
com frases inspiradoras. A cor vibrante reaparece na mesa de canto e no conjunto
da poltrona. Já o vidro espelhado, no canto da sala, permite a entrada de lumi-
nosidade para o escritório principal, bem como visibilidade no sentido oposto.
3 Outro adesivo, desta vez com uma imagem, detalhes em papel de parede, es-
pelho na porta do armário e diferentes efeitos de iluminação foram empregados
no escritório da arquiteta.
4 Junto do escritório, uma mesa de reuniões com tela para apresentação de pro-
jetos complementa a estrutura. No local, em meio ao branco, destaque novamen-
te para o toque do amarelo, que dá forma a cadeiras.
5 O escritório conta ainda com mais duas salas,
copa e lavabo. Externamente, a identidade visual
também foi explorada.
Materiais de Construção
Tudo Para a Sua Obra
Materiais de Construção
Tudo Para a Sua Obra
Travessa Érico Veríssimo, 58 | Santa Cruz do Sul
(51) 3715.2700 . 3715.2093 (51) 3715.2700 . 3715.2093
facebook.com/hildebrando.materiaisdeconstrucao
Rua Carlos Trein Filho, 97
Fone/fax: (51) 3713-2314
Materiais elétricos
Lustres
Luminárias
Rua Senador Pinheiro Machado, 450
Fone: (51) 3711.1188
/Constinta
www.constinta.com.br
Agora com novo segmento:
Aberturas de PVC
Agora com
novo segmento:
Aberturas de PVC
LANÇAMENTO
Gesso acartonado
Steel frame
Fone: (51) 3713-3600- (51) 3056-3602
celular: (51) 96431530
Trav. ÉricoVeríssimo, nº86
Materiais de Construção
51 3718.1418
Rua Roberto Gruendling, 359
Vera Cruz - RS
www.weissblumenn.com.br
Telefone: (51) 3715-5214 / 3056-3404
E-mail: comercial@sulmoveis.net.
F
o
t
o
s
:

R
o
d
r
i
g
o

A
s
s
m
a
n
n
29 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
INOVAÇÃO
Um refrigerador formado em
gastronomia com PhD em nutrição
Interativo, o novo
equipamento da Electrolux
chega com a proposta de
revolucionar os hábitos
gastronômicos das mulheres
por meio de um programa
nutricional e mais de 650
receitas para diversas ocasiões
Quem não quer uma mãozinha
para fazer uma alimentação saudável
e personalizada em casa ou adicionar
aquela pitada de chef ao cardápio?
Pensando nesses desejos das consu-
midoras, a Electrolux apresenta ao
mercado o auge de sua inovação: o
novo refrigerador DT52X, que con-
ta com dois aplicativos exclusivos –
Vida Saudável e Livro de Receitas.
Esses dois aplicativos vêm com pro-
grama nutricional completo e mais de
650 opções de receitas gourmet para
diversas ocasiões, que prometem
revolucionar os hábitos das consu-
midoras, ajudando a preparar recei-
tas diversas de uma maneira fácil e
intuitiva. Tudo isso foi criado para
estimular a interação do consumidor
com o produto, com o universo da
culinária saudável e com a criativi-
dade na cozinha.
O produto é fruto de pesquisas
realizadas pela Electrolux com mais
de 8 mil pessoas praticamente to-
dos os dias do ano, cujos resultados
apontaram a tendência das consu-
midoras de levar uma vida saudável.
Desenvolvido e fabricado no Brasil, o
modelo bottom freezer – refrigerador
localizado na parte superior e freezer
na parte inferior – é o primeiro touch
screen do Brasil com programa nutri-
cional e que irá mudar os hábitos das
consumidoras na cozinha.
A preocupação delas em inserir
hábitos saudáveis em suas vidas
está cada dia maior e, prova disso, é
que o Brasil é o segundo maior país
em número de academias e o merca-
do de produtos orgânicos deve fatu-
rar R$ 2 bilhões em 2014, segundo
a International Health &Sportsclub
(IHRSA).
www.tecconengenharia.com.br
• terraços • banheiros • piscinas
• floreiras • lajes de cobertura
• abas e marquises • sacadas
• umidade ascendente
• paredes com infiltrações
• reservatórios • subsolos
• drenagem de terrenos
IMPERMEABILIZAÇÕES:
Empresa com tradição de 28 anos
Responsabilidade Técnica:
Engº Luiz Felipe Etges
Rua Capitão Fernando Tatsch, 1264 • Bairro: Senai • Santa Cruz do Sul
Fone: (51) 3715.3287 •teccon@tecconengenharia.com.br
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
30
Construção
Decoração
INSPIRAÇÃO
Designer dá dicas de como
ambientar um escritório
multifuncional em casa
com decoração versátil
para depois transformá-lo
em um quarto de bebê
Ao comprar um imóvel, geralmente
a procura é por apartamentos com pelo
menos dois quartos. Especialmente
para pessoas solteiras ou casais sem
filhos, a preferência é transformá-lo
Para começar, é importante saber
quais são as preferências dos donos da
casa. Responder a uma série de pergun-
tas para entender melhor o perfil, hob-
bies, o cotidiano dos moradores, gostos
pessoais e, principalmente, o que se
espera com o projeto do segundo quarto.
“Essa etapa, que chamamos de briefing,
é a de maior relevância para que o pro-
fissional identifique as necessidades da
família e como adequá-las ao espaço
de maneira funcional e dentro do custo
estabelecido, levando em conta a reali-
zação do desejo do cliente para materia-
lizar o que ele sonhou e transformá-lo em
realidade”, comenta Luciana.
Home office, quarto ou sala de
TV?
Transformar o segundo cômodo da
casa em um home office tem se tornado
muito comum entre jovens e casais sem
filhos. A indecisão pode surgir no mo-
mento em que é preciso agregar uma
segunda função ao quarto, de como
torná-lo receptivo aos hóspedes e quem
sabe até incluir uma pequena sala de
home theater.
A sugestão da designer é apostar em
móveis versáteis, cores neutras e prever
soluções para o conforto térmico e acús-
tico do ambiente. Situações que muitas
vezes não são levadas em consideração
quando se decora por conta própria.
“Desenvolvemos alguns projetos em
que constam uma bancada com espaço
para o computador ou notebook, gave-
teiros para documentos, um local para a
impressora, nichos para equipamentos
de som, móvel com painel para TV ou
até mesmo um telão que pode ser em-
butido no teto dependendo da necessi-
dade do cliente.”
em um quarto de hóspedes ou até em
um home office, ou ainda reunir três
opções no mesmo ambiente, agregan-
do até um home theater. A dificuldade
aparece na hora de decorá-lo. Afinal,
como apostar em uma decoração versá-
til que depois possa ser aproveitada, por
exemplo, na hora da chegada do bebê?
Ou fugir da combinação óbvia da mesa
de escritório mais cama de solteiro?
Primeiros passos do projeto
Antes de tudo, procure um profissio-
nal da área de design ou arquitetura de
interiores. É uma opção mais vantajosa
e econômica do que realizar o projeto
sozinho. “Contratar um designer ou ar-
quiteto de interiores pode parecer um
valor alto a ser pago quando é para um
projeto pequeno algumas vezes”, expli-
ca a designer de interiores da Embraed
Home, Luciana M. Pereira. “É pre-
ciso levar em consideração que esse
investimento poderá trazer ao cômodo
funcionalidade, uma estética agradável
e priorizar a ergonomia no ambiente,
além de eliminar erros e otimizar o cro-
nograma”, complementa.
Apenas home office?
Rua Marechal Deodoro, 75 • Centro • Santa Cruz do Sul • Fone: 51 3056.1214 • www.solled.com.br
EFICIÊNCIA ENERGÉTICA
Luminárias
Lâmpada de LED
Energia Solar Fotovoltáica
QUARTO do bebê
nnn Mas e quando o casal planeja transformar o home office no quarto
do futuro bebê sem precisar fazer grandes reformas? Luciana explica que nes-
se caso a própria concepção do ambiente deve ser modificada, e já se deve ter
em mente o local do roupeiro, berço, cama de babá se necessário e a poltrona
de amamentação. Muda também a escolha das cores além de evitar o uso de
carpetes e cortinas de tecido para evitar que seja um ambiente favorável a
alergias respiratórias. A iluminação enquanto home office é direcionada na
bancada com lâmpadas halógenas ou luminárias de apoio e na iluminação
geral deve-se apostar em uma iluminação indireta e intimista.
“Nesse caso os móveis devem ser em tons claros, laqueados branco ou
areia, podem ser também amadeirados em tons claros e patinados. Os gave-
teiros podem se transformar em cômodas e a bancada em trocador, apenas
mudando a altura para seguir os padrões ergonômicos. O piso o ideal é que
seja laminado ou de porcelanato e, persianas do tipo rolô e romana, são as
mais indicadas por não acumularem pó”, orienta.
Para ganhar um ar mais infantil é possível optar por uma nova pintura
ou papéis de parede – com inúmeras novidades disponíveis no mercado. Os
mais indicados são os vinílicos por sua fácil manutenção já que podem ser
limpos com um pano úmido.
“A decoração pode ganhar quadros, roupas de cama, objetos e kits de bebê
no tema que a futura mamãe preferir,” indica.
31 Sexta-feira, 30 de maio de 2014
REFORMAS
Novas regras
Desde o dia 18 de abril,
toda reforma de imóvel que
modifique ou comprometa
a segurança da edificação
ou da área em que está
localizada precisa ser
submetida à avaliação técnica
de um profissional, como
um arquiteto ou engenheiro.
As novas regras para
reformas residenciais foram
desenvolvidas pela Associação
Brasileira de Normas Técnicas
(ABNT) e valem para
qualquer tipo de imóvel
A norma esclarece e compila diver-
sos pontos já estabelecidos em leis. O
advogado Rodrigo Karpat, especialis-
ta em Direito Imobiliário, consultor em
condomínios e sócio do escritório Kar-
pat Sociedade de Advogados, explica
quais os procedimentos para realizar
obras nos condomínios. “Qualquer
tipo de reforma precisará de um aval
do síndico, mesmo que seja uma mu-
dança simples. A necessidade já está
na lei, especificamente no Código de
Obras, que prevê que a realização de
obras ou reformas em quaisquer edi-
fícios (casas, prédios, apartamentos,
galpões, viadutos, igrejas) necessitam
de alvará para reforma.”
Quando a obra é realizada em lojas
ou comércios de rua, existe maior ação
das prefeituras. “Porém, no interior de
prédios, apesar de estar suscetível à
mesma fiscalização, a reforma é feita,
muitas vezes, sem a liberação oficial e
a ilegalidade é descoberta normalmen-
te por denúncia. Como a tendência é
a de não se indispor com os vizinhos,
se a obra não incomodar ela passará
despercebida, mesmo que represente
risco à estrutura do edifício”, afirma
Karpat.
Segundo o advogado, o próprio
Código de Obras define que para
pequenos reparos em imóveis não
tombados, desde que não sejam al-
teradas as condições pré-aprovadas,
não existe a necessidade de alvará.
“Como exemplos de modificações
que não precisam de autorização
temos a troca de piso, pintura, pias,
remoção de azulejos, entre outros re-
paros de pequeno porte”, orienta.

Fiscalização redobrada
O especialista esclarece que, in-
dependentemente da nova norma da
ABNT, o síndico já é o responsável
pela edificação e cabe a ele fiscali-
zar qualquer obra. Conforme o artigo
1.348, do Código Civil, compete ao
síndico “II - representar, ativa e pas-
sivamente, o condomínio, praticando,
em juízo ou fora dele, os atos necessá-
rios à defesa dos interesses comuns; V
- diligenciar a conservação e a guarda
das partes comuns e zelar pela pres-
tação dos serviços que interessem aos
possuidores.”
Em relação à defesa dos interesses
comuns, Rodrigo Karpat esclarece
que se pode entender como a atenção
redobrada na realização de obras que
modifiquem a edificação ou seu entor-
no. “Assim, antes do início de qual-
quer obra, o síndico deve solicitar ao
condômino a apresentação de docu-
mentos necessários para comprovar a
regularidade da obra. Se ele for impe-
dido de verificar o local acompanhado
de engenheiro de sua confiança, pode-
rá solicitar a paralisação imediata da
mesma.”
Algumas convenções e regimentos
internos de condomínios exigem que,
antes do início das obras, o condômi-
no deve enviar a planta modificativa e
o alvará para a realização da obra ao
síndico. “Caso o morador inicie uma
obra sem autorização, o síndico deverá
notificá-lo a apresentar o pedido para
a realização da obra, sob pena de to-
mada de medidas legais, tais como a
paralisação ou embargo da obra por
falta de segurança. Assim, se o con-
dômino não apresentar o projeto mo-
dificativo ou não permitir o ingresso
do síndico no interior da unidade, será
necessário o ingresso de medida judi-
cial para comprovar que a realização
da obra não trará riscos à segurança
dos demais moradores”, finaliza.
Apenas home office?
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
32
Construção
Decoração
Mesas, cristaleiras, baús, cadei-
ras... Peças antigas e desgastadas pelo
tempo não precisam ser excluídas da
casa. Bem pelo contrário. Restaurá-las
garante a conservação de memórias de
família e um charme diferenciado aos
seus ambientes.
Segundo Walter Martin Pechmann,
gerente de uma loja de restauração de
móveis, sua empresa personaliza pe-
ças com extrema dedicação, empre-
gando técnicas especializadas, como
a recuperação dos móveis, pátinas,
lacas coloridas e provençal, a fim de
proporcionar uma estética renovada
e, consequentemente, um ambiente
agradável onde a peça for utilizada.
São mais de 2 mil cores disponíveis
para os trabalhos. Confira alguns.
RESTAURAÇÃO
O charme do antigos
Aquele móvel cheio de
histórias pode dar um
toque original à sua
decoração
F
o
t
o
s
:

D
i
v
u
l
g
a
ç
ã
o
/
G
S
Arca
Antiguidades
Fone: 9951.2266 / 9821.7540
Rodovia RST 287 - KM 98
1 km após a Polícia Rodoviária Estadual
Pinheiral - Santa Cruz do Sul

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful