Você está na página 1de 3

Observação Clínica

Observação Clínica Tratamento das Palpitações por Acupunctura Hu Jinsheng 胡金生 Institute of Acupuncture and

Tratamento das Palpitações por Acupunctura

Hu Jinsheng 胡金生 Institute of Acupuncture and Moxibustion, China Academy of Chinese Medical Sciences, Beijing 100700, China

Traduzido por Isabel Fernandes

História clínica

paciente do sexo feminino, tradutora de uma empresa de

Beijing, com a idade de 33 anos, veio à primeira consulta em

10 de Março de 2006, apresentando como queixa principal

palpitações há 3 dias. A doente declarou que 3 dias antes

fora sujeita a uma curetagem do útero em consequência de

um aborto induzido, o que lhe causou tensão nervosa. Depois

da intervenção sentiu tonturas, palpitações e desconforto pre-

cordial, tendo-lhe sido diagnosticada taquicardia paroxística.

Foi tratada de imediato com massagem do seio carotídeo e

do globo ocular sem resultado, pelo que nos procurou para

tratamento. A paciente tinha uma fraca constituição física e

era muito sensível. Acontecimentos súbitos provocavam-lhe

palpitações que desapareciam rapidamente quando se acal-

mava, a qualidade do sono variava entre bom e mau, o apeti-

te

era bom e as fezes e urina normais.

O

exame físico revelou que a paciente tinha uma constituição

física ligeiramente magra, um bom estado mental e bons re-

flexos. A pressão sanguínea era de 96/60 mmHg e a pulsação

de 128 batimentos/min. O ritmo era normal, a palpação pre-

cordial e a auscultação não revelaram anomalias. O exame

de MTC demonstrou que a paciente apresentava bom estado

mental mas a tez pálida, a língua pálida com capa branca fina

e o pulso filiforme e rápido.

Discussão

Prof. Hu: Podem apresentar por favor os vossos diagnósticos

de MTC baseados nas manifestações clínicas da paciente?

Dr. Zhang: Penso tratar-se de um caso de palpitações. De

acordo com a localização, os órgãos zang-fu, principalmente

o Coração estará afectado. Com base na análise da patoge-

nia verificamos que a constituição física fraca da paciente de-

monstra uma deficiência de Qi e Sangue do Coração, condu-

zindo a uma falha na nutrição daquele órgão. Assim, quando

sujeita a situações súbitas de medo e pavor, o Coração não é

suportado e a mente perde o domínio, de que resulta agitação

mental e as palpitações. A manifestação frequente de sinais

de deficiência tais como palpitações, qualidade de sono ins-

tável, língua pálida e pulso rápido permite a diferenciação de

uma síndrome por deficiência.

Dr. Wang: Concordo com a análise do Dr. Zhang. A partir do

conhecimento das teorias básicas da MTC, aprendemos que

as palpitações correspondem a um sinal característico de al-

terações patológicas do Coração, que pode ser encontrado

nos vários tipos de patologias daquele órgão. Em clínica, as

síndromes de deficiência do Coração que surgem com mais

frequência incluem deficiência do Yin, insuficiência do Yang,

insuficiência do Qi e deficiência do Sangue. As manifestações

apresentadas pela paciente não correspondem a uma defi-

ciência de Yin nem insuficiência de Yang, o que nos leva a

pensar que estamos perante um caso de insuficiência do Qi

do Coração e deficiência do Sangue do Coração. Para além

das palpitações, sintoma típico de alteração do Coração, a

paciente apresentava sinais de insuficiência de Qi, como

constituição física fraca, tez e língua pálidas; as tonturas, tez

pálida, língua pálida, qualidade do sono instável e pulso filifor-

me são sinais característicos de deficiência de Sangue. Deste

modo podemos considerar que, neste caso, as palpitações se

devem a deficiência conjunta de Qi e Sangue.

Dr. Li: Estou de acordo com a análise diferencial dos dois

colegas. Este caso é bastante simples, mas ainda tenho algu-

mas questões sobre a aplicação da diferenciação clínica. Foi

referido que as palpitações são um sinal típico das alterações

patológicas do Coração, encontradas nos diversos tipos de

doenças. Então todos os pacientes com palpitações têm al-

terações patológicas? Quais são os principais sintomas das

patologias do Coração?

Prof. Hu: Gostaria de dizer que a diferenciação da síndrome

foi muito bem feita. Este caso é relativamente fácil de diag-

nosticar e o Dr. Li levantou questões muito pertinentes que

correspondem a problemas geralmente enfrentados no estu-

do da MTC.

Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 7 . Nº 23 . 2009

31

Observação Clínica O diagnóstico e tratamento baseados na análise global dos sintomas e sinais são

Observação Clínica

O diagnóstico e tratamento baseados na análise global dos

sintomas e sinais são o mais importante no tratamento em

MTC. O propósito do tratamento diferencial é distinguir entre

o estado físico normal do organismo e as alterações patoló-

gicas, isto é, a profundidade da invasão de factores patogé-

nicos, o tipo e natureza dos factores causais e o aumento ou declínio da luta entre a energia vital e os factores patogénicos, de modo a estabelecer os princípios de tratamento correctos

e adoptar as medidas terapêuticas eficazes. A diferenciação

de síndromes é o treino básico para avaliação do nível clíni-

co em MTC, que pode influenciar directamente os resultados

terapêuticos.

Em MTC há muitos métodos de diferenciação de síndro- mes, nomeadamente diferenciação de acordo com os Oito

Princípios, com as características dos factores patogénicos, com a teoria dos Meridianos e Colaterais, com o estado do Qi

e do Sangue, com a teoria dos órgãos internos zang-fu, com

Wei, Qi, Ying e Sangue e com os três Jiao. A teoria dos ór- gãos zang-fu é o método básico aplicado no tratamento dife-

rencial em MTC, utilizado para a análise clínica dos sintomas,

já que toma como orientações principais as mudanças pato-

lógicas dos órgãos zang-fu, com ampla aplicação nos vários campos clínicos. Em geral todos os métodos de diferenciação deveriam estar centrados na teoria dos órgãos internos zang- fu. O conhecimento profundo das características específicas de cada doença é de grande importância para aplicação no diagnóstico diferencial.

Em primeiro lugar devemos estar familiarizados com as ca- racterísticas manifestadas nas patologias zang-fu., especial- mente em relação aos cinco órgãos zang apresentadas a seguir.

Características das patologias do Coração: palpitações e insónia, com pulso nodoso-intermitente.

Características das patologias do Pulmão: tosse e asma, com fleuma.

Características das patologias do Baço: falta de apetite, distensão abdominal, com fezes soltas.

Características das patologias do Fígado: alterações emo- cionais, dor em distensão no hipocôndrio, alterações da vi- são, com pulso tenso.

Características das patologias do Rim: fraqueza e dor nas articulações da zona lombar e joelhos, micção nocturna fre- quente, emissão seminal e impotência.

O conhecimento profundo das características das patologias

dos órgãos internos zang-fu pode ajudar a conduzir à apli- cação do tratamento diferencial. O princípio de tratamento baseia-se na diferenciação de síndromes que deverá ser rigorosa para ser possível estabelecer um bom princípio de tratamento.

Tomemos como exemplo as palpitações. Quando nos depa- ramos com um caso de palpitações devemos considerar em primeiro lugar a existência de um problema do Coração. A cir- culação sanguínea é controlada pelo Coração mas verifica-se que, sempre que o Qi é insuficiente, a força propulsora dimi- nui e podem surgir as palpitações. O Qi controla a circulação sanguínea mas o Coração tem que ser nutrido para poder desempenhar esta função. O controlo do Qi está estreitamen-

te relacionado com a função de armazenamento do sangue.

Assim, no caso de alterações patológicas do Qi, Sangue, Yin, e Yang do Coração as palpitações são o sintoma principal, o que não se verifica quando surgem na sequência de patolo- gias em outros órgãos zang-fu que podem também afectar o

Coração.

Quanto a outros sintomas principais de patologias do Coração, os mais frequentes são insónia e pulso nodoso-intermitente.

A insónia indica usualmente a afecção do Yin e do Sangue

do Coração, enquanto que o pulso nodoso-intermitente re- vela principalmente a afecção do Qi e do Yang. Deste modo, uma vez que surjam os três sintomas principais do meridiano do Coração, palpitações, insónia e pulso nodoso, devemos considerar a existência de alterações patológicas naquele Meridiano.

Se não há mais questões, vamos discutir o princípio de trata- mento e a selecção dos pontos.

Dr. Li: Depois de ouvir a explicação do Prof. Hu compreendo melhor o assunto em estudo. Quanto ao princípio de trata- mento mais importante, penso que deverá ser tranquilizar o Coração e acalmar a mente.

Pontos prescritos: Daling (7MC-PC7), Shenmen (7C-HT7), Neiguan (6MC-PC6), Shanzhong (17VC-Ren17), Juque (14VC-Ren14), Qihai (6VC-Ren6), e Zusanli (36E-ST36).

32

Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 7 . Nº 23 . 2009

Observação Clínica

Observação Clínica Análise: Os pontos Daling (7MC-PC7) e Shenmen (7C- ceram e foi atingido um bom

Análise: Os pontos Daling (7MC-PC7) e Shenmen (7C-

ceram e foi atingido um bom estado mental. Além disso pediu-

HT7) são seleccionados para nutrir o Coração e tranquilizar

se à paciente para relaxar mentalmente, fazer exercício físico

a

mente. Daling (7MC-PC7) pode reduzir o fogo do Coração

e pressionar o ponto Neiguan (6MC-PC6), uma vez por dia,

e

Shenmen (7C-HT7) é o ponto Yuan (fonte) do Meridiano

bilateralmente, 5 minutos em cada lado. Durante o acompa-

do Coração. Neiguan (6MC-PC6) é utilizado para reforçar o

nhamento de vigilância que se prolongou por 6 meses não se

efeito de tranquilizar a mente. Shanzhong (17VC-Ren17),

verificou qualquer recidiva.

o ponto Hui da energia, é seleccionado principalmente para fortalecer o Qi do Coração e do Pulmão. O ponto Mu do Meridiano do Coração, Juque (14VC-Ren14), é utilizado no

tratamento de alterações patológicas do Coração. Os pontos Qihai (6VC-Ren6) e Zusanli (36E-ST36) podem restabelecer

o Qi e produzir sangue.

Dr. Wang: Concordo com a proposta do Dr. Li, mas penso que deveriam ser acrescentados pontos Shu do dorso, tais como Xinshu (15V-BL15), Feishu (13V-BL13) e Pishu (20V- BL20), para regularizar as funções do Coração, Pulmão e Baço, já que o Coração controla o Sangue, enquanto que o Pulmão domina o Qi e a relação entre Coração e Pulmão é a relação entre Sangue e Qi, mantendo estes uma inter-relação de propulsão e nutrição; o Baço é a fonte para a formação do Qi e do Sangue. A regulação dos órgãos zang-fu referidos pode ajudar ao normal funcionamento do Coração.

Dr. Zhang: Sugiro que se acrescente auriculopunctura. Podem ser seleccionados os pontos auriculares Shenmen (55PA), Subcórtex, Simpático (51PA), Coração (100PA) e Baço (98PA). O método de colocação de sementes em pon- tos auriculares pode ser utilizado para efeitos terapêuticos.

Prof. Hu: Estabeleceram um princípio de tratamento muito

correcto e efectuaram uma boa selecção de pontos. Proponho

a adição de Baihui (20VG-Du20), Shenting (24VG-Du24) e

Yintang (3PC-1HM-EX-HN3) para incrementar o efeito de tranquilizar a mente, com resultados eficazes na ansiedade, agitação, irritabilidade e insónia.

Tratamento e resultados

O método referido anteriormente foi adoptado no tratamento.

Verificou-se que 3 minutos depois da colocação das agulhas os sintomas desapareceram, restabelecendo-se uma pulsa- ção de 82 batimentos/min. Mais tarde foram efectuados 5 tra- tamentos reguladores em que foram puncturados os pontos Shu do dorso e implantadas sementes nos pontos auricula-

res. Depois destes tratamentos todos os sintomas desapare-

res. Depois destes tratamentos todos os sintomas desapare - Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano

Journal of Traditional Chinese Medicine . Ano 7 . Nº 23 . 2009

33