Você está na página 1de 5

ATIV_2.

6_Execução_da_atividade_planejada

A professora em sala de aula propôs o assunto. Ouve um diálogo sobre o mesmo


e a forma de como conduzir as atividades no laboratório. Foi fácil a compreensão do
assunto. No laboratório de informática os alunos ficaram de duplas e também de trios.
Com ajuda da professora iniciaram as pesquisas na internet. Foi interessante porque os
alunos estão no inicio da alfabetização e eles ficaram bastante empolgados com as
leituras diferenciadas, no mesmo instante viam figuras formas de letras diferentes etc.
Os que sabiam ler mais já ajudavam os outros, foi uma experiência fantástica.
Mas só estava a professora de sala de aula acompanhando os alunos e os
mesmos são tão rápidos que já clicavam em vários lugares isso num piscar de olhos.
Porque a professora dava atenção individualizada por computador. Tudo estava indo
bem, quando três computadores deram problemas. Pois o laboratório esta em péssimo
estado, computadores muito velhos. Mas o objetivo foi alcançado, que era a pesquisa
sobre a árvore e suas partes.
Como a proposta foi imprimir os textos para lerem coletivamente em sala de
aula, não foi possível, pois não tinha como imprimir na escola.

A proposta do trabalho foi bem aceito pelos alunos, pois eles já vêm fazendo
outro trabalho dessa maneira. Foi gratificante esse trabalho porque os alunos puderam
ler o assunto proposto de maneira diferente, não só em livros ou textos escritos em
papel e sim agora numa tela. Essa proposta de trabalho pode ser realizada em todas as
série e também em todas as disciplinas é só professor fazer um planejamento do que
quer alcançar.
Esse é o resumo do resultado do trabalho elaborado pelos alunos:

Árvore
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nota: Para outros significados de Árvore, ver Árvore (desambiguação).

Árvores formando um bosque.

Árvore é uma planta permanentemente lenhosa de grande porte. Por grande porte,
embora não exista uma definição consensual, costuma-se entender uma altura mínima
de seis metros na maturidade. As árvores têm ramos secundários, o que as distingue das
palmeiras, portanto apenas as gimnospermas e angiospermas dicotiledôneas lenhosas
são chamadas árvores. As palmeiras são angiospermas monocotiledôneas.

Entre outros atributos, as árvores se caracterizam por ter raiz pivotante, caule lenhoso
do tipo tronco, que forma ramos bem acima do nível do solo. Os arbustos, além do
menor porte, podem exibir ramos desde junto ao solo.

http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81rvore

Caule

Chama-se de caule o órgão condutor de seivas (tanto seiva bruta como seiva elaborada)
e sustenta a copa das árvores.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Caule
FOLHAS
Todos nós ficamos maravilhados com a diversidade de formas, de dimensões e
de cores das folhas das plantas. Na Primavera admiramos o nascimento de muitas
folhas com várias tonalidades de verde. No Verão apreciamos a frescura das sombras
das árvores. No Outono deslumbramo-nos com as inúmeras tonalidades de castanho,
amarelo e vermelho que muitas folhas adquirem.
As folhas desempenham um papel extremamente importante nos ecossistemas
terrestres. São elas que captam a energia luminosa do sol e o dióxido de carbono da
atmosfera necessários para a realização da fotossíntese. Através deste processo, as
plantas produzem o seu próprio alimento e libertam o oxigénio necessário à sua
respiração dos seres vivos. Na página inferior da folha existem poros muito pequenos,
chamados estomas, que se abrem e fecham para permitirem estas trocas gasosas e a
evaporação da água. Normalmente, a página superior é brilhante por estar revestida
por uma substância (parecida com cera) que evita a perda excessiva de água. As
nervuras, tal como as veias que podemos observar nas nossas mãos, transportam a
água até às células da folha e recolhem os açucares produzidos pela fotossíntese.
As folhas constituem a base da alimentação de muitos animais herbívoros
(insectos como o bicho-da-seda e o gafanhoto; mamíferos como o elefante e o gorila)
e proporcionam abrigo a uma grande variedade de seres vivos (por exemplo, aves,
insectos, mamíferos).
O Homem também utiliza frequentemente as folhas na alimentação (louro,
salsa, hortelã, oregãos, chá, couve, alface), na produção de medicamentos, na
obtenção de corantes naturais, na produção de produtos de cosmética (champôs,
cremes), no fabrico de cigarros e charutos e na decoração.
As folhas existem apenas em plantas terrestres (árvores, arbustos, ervas); as
algas não têm folhas. Algumas árvores têm folhas durante todo o ano (árvores de folha
persistente ou perene); outras perdem-nas durante a época mais fria e de menor

luminosidade (árvores de folha caduca).

http://www.cienciaviva.pt/projectos/scienceduc/folhas.pdf

A folha é um órgão laminar, provido de clorofila e especializado na realização da fotossíntese.


Nesse sentido, se torna um dos mais importantes órgãos vegetais, pois é a folha que realiza os
processos vitais para as plantas, como fotossíntese, respiração, transpiração e gutação. As folhas
possuem um mecanismo de parar de crescer em certo momento, pois quando atingem tal
dimensão, seus meristemas se transformam em tecidos adultos. As únicas folhas que não possuem
esse mecanismo e crescem continuadamente são as samambaias.
http://www.mundoeducacao.com.br/biologia/folha.htm
Fruto
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ir para: navegação, pesquisa

Fruto de Camellia sinensis.

Em termos botânicos, o fruto é uma estrutura presente em todas as Angiospermas onde


as sementes são protegidas enquanto amadurecem. De forma prática, os frutos são
quaisquer estruturas das Angiospermas que contém sementes.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Fruto

FLOR

As flores brancas de cinco sépalas (que só esperaríamos encontrar no fim do


Verão) agrupam-se em umbelas de pedúnculo longo e exibem numerosos
estames amarelinhos.

http://dias-com-arvores.blogspot.com/2006/01/laranjeira-mexicana.html
Raiz:
Uma vez que a maioria das raízes são subterrâneas e portanto não facilmente visíveis, nossa
tendência é ignorá-las e desmerecê-las. A primeira raiz do vegetal vem do embrião, chamada de
raiz primaria, ou raiz principal. Ela pode ser pivotante (cresce principalmente para baixo) ou
tabular (cresce principalmente lateralmente).
A raiz possui órgãos especializados para sustentação, absorção, armazenamento e condução da
seiva, e é responsável pela retirada de água e nutrientes do solo.
A água e nutrientes absorvidos compõem a seiva bruta. Essa seiva bruta é transportada, da raiz
para as folhas pelo xilema (conjunto de vasos encontrados no caule da planta).

http://www.arvoresbrasil.com.br/?pg=arvore_definicao

Primavera
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Para outros significados de Primavera, ver Primavera (desambiguação).

A Primavera está frequentente associada ao desabrochar das flores.


Quadro de Carl Larsson

A Primavera é a estação do ano que se segue ao Inverno e precede o Verão. É


tipicamente associada ao reflorescimento da flora e da fauna terrestres.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Primavera

Interesses relacionados