Você está na página 1de 1

3.

Os Seres Superiores da Umbanda


A Umbanda admite uma longa hierarquia de Seres Superiores, que comandam a existência dos
homens. São eles:
I) A tríade superior, que consta de "Obatalá" (o Deus Supremo), "Oxalá" (Jesus Cristo) e "Ifá" (o
Espírito Santo). Não têm corpo como o dos homens, mas sim um corpo fluídico. Vivem no Astral
Superior;
2) no Médio Astral estão os "Orixás";
3) Abaixo, estão a ordem dos "Pretos-Velhos", a dos "Caboclos", a das "Crianças" e o elemento
ligado terra-a-terra ou o "Exu".
Obatalá, Oxalá e Ifá constituem a Corte Suprema ou Divina, da qual não participam os Orixás. São
bons; jamais cometem o mal.
Os Orixás (que correspondem aos santos do catolicismo), constituem o segundo escalão ou a
Segunda Corte Celestial. Participam da bem-aventurança divina, mas não condividem a natureza
divina.
No terceiro plano temos, além dos desencarnados ("Eguns"), os Exus ou espíritos maus, dos quais a
Umbanda conhece grande variedade:
"Exu-Rei ou Maioral" - Identificado com Lúcifer; exige dos homens o tratamento de "Majestade";
"Exu-Rei das Sete Encruzilhadas" - Senhor absoluto de todas as estradas e caminhos; seus
despachos são, por isso, colocados nas encruzilhadas;
"Exu Tranca Ruas ou Eliô" - Também manda nas ruas; possui grande falange de auxiliares;
"Exu Veludo" - Tem o poder de proteger ou castigar os inimigos daqueles que recorrem aos seus
incalculáveis benefícios;
"Exu Tiriri" - Companheiro de Tranca Ruas;
"Exu Quebra-Galho" - Manda principalmente nas matas; evocado para obter a separação de
casais ou para a união ilícita de homem e mulher;
"Exu Pomba Gira" - É a maldade em forma de mulher; encarrega-se das vinganças e defende
principalmente as mulheres;
"Exu das Sete Cruzes" - Encarregado da entrada dos cemitérios;
"Exu Tronqueira" - Encarregado das tronqueiras ou entradas de portas. A esta entidade é preciso
saudar no início de qualquer sessão de Umbanda;
"Exu das Sete Portas ou das Sete Chaves" - Faz desaparecer objetos ou ajuda a descobrir objetos
escondidos. Seus despachos devem ser colocados em lugares onde haja formigueiros, pois gosta de
formigas;
"Exu das Sete Poeiras" - Vive a perseguir aqueles que trafegam pelos caminhos onde o bafejo do
progresso ainda não conseguiu fazer ruas calçadas.
"Exu Morcego" - Trabalha principalmente depois da meia-noite; tem o poder de transmitir toda e
qualquer espécie de moléstia. É a ele que se fazem as rezas no gado atacado de bicheiras e vermes;
"Exu Tranca Tudo" - Ajuda em tudo. Seu despacho deve conter galo preto, farinha misturada com
azeite de dendê, ovos cozidos e marafo, que sejam colocados de preferência nas encruzilhadas;
"Exu da Pedra Negra" - Muito poderoso. Evocado para se descobrir tesouros e realizar grandes
negócios comerciais. Gosta de vinho tinto misturado com mel de abelha;
"Exu de Capa Preta" - É o fiscal dos demais Exus;
"Exu Caveira " - A serviço de Omulum, rei dos cemitérios. Os despachos devem ser feitos após a
meia-noite;
"Exu da Meia-Noite" - Ensina a falar imediatamente qualquer língua e tem o poder de decifrar
qualquer enigma;
"Exu Pagão" - Dissemina o ódio, a incompreensão e tudo o que resulta em separação de casais que
vivem harmoniosamente;
"Exu Ganga" - Tanto cura como mata qualquer indivíduo;
"Exu Quirimbó" - Leva as jovens ao caminho da prostituição;
"Exu Brasa" - Provocador de incêndios. Tem o poder de conceder aos praticantes da magia negra o
caminhar entre chamas sem se queimar.
Não é necessário realçar o quanto essas concepções são alheias ao cristianismo.