Você está na página 1de 3
Introdução ao Estudo do Direito enycantanhede@bol.com.br
Introdução ao Estudo do
Direito
enycantanhede@bol.com.br
Definições reais Material necessário: Ordem e firmeza de conhecimento. Técnica: escolha de um método adequado
Definições reais
Material necessário:
Ordem e firmeza de conhecimento.
Técnica: escolha de um método adequado que
deverá apontar: Gênero próximo da definição e a
Diferença específica.
Direito: gênero próximo da definição é o núcleo
comum aos diferentes Instrumentos de controle
social:
a. Direito
b. Moral
c. Regras de Trato Social
d. Religião
3 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Elementos: norma e conduta social a. Normas: Definem procedimentos; Disciplinam o convívio social Estabelecem limites
Elementos: norma e conduta social
a. Normas:
Definem procedimentos;
Disciplinam o convívio social
Estabelecem limites de liberdade para o homem em
sociedade;
Impõem obrigações do ponto de vista social.
Impõem proibições, traçando linhas divisórias entre
o lícito e o ilícito.
Organizam o Estado.
b. Conduta:
É a “adesão” aos comandos jurídicos .(normas)
5 Profa.Esp.Eny Cantanhede

16/03/2014

DIREITO: definições X conceitos Etimológicas Nominais Semânticas Definições Reais ou Lógicas 2 Profa.Esp.Eny
DIREITO: definições X conceitos
Etimológicas
Nominais
Semânticas
Definições
Reais ou Lógicas
2 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Direito: visão objetiva • Direito é um conjunto de normas de conduta social, imposto coercitivamente
Direito: visão objetiva
• Direito
é
um
conjunto
de
normas
de
conduta
social,
imposto
coercitivamente
pelo Estado, para a realização da
segurança, segundo os critérios de justiça.
4 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Coercitividade a cargo do Estado • É uma reserva de forças que exerce intimidação sobre
Coercitividade a cargo do Estado
• É uma reserva de forças que exerce intimidação
sobre os destinatários das normas jurídicas.
Legislativo, Executivo e Judiciário.
Ex.: Art. 5º da Constituição Federal
IV- é livre a manifestação de pensamento, sendo
vedado o anonimato.
VIII- ninguém será privado de direitos por motivo de
crença religiosa ou de convicção filosófica, ou
política, salvo se as invocar para eximir-se de
obrigação legal a todos imposta e recusar-se a
cumprir prestação alternativa, fixada em lei.
6 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Segurança segundo os critérios de justiça A justiça pressupõe organização, ordem jurídica bem definida e
Segurança segundo os critérios de
justiça
A justiça pressupõe organização, ordem jurídica
bem definida e a garantia de respeito ao
patrimônio jurídico dos cidadãos.
7 Profa.Esp.Eny Cantanhede
O Direito como Ciência • Para haver ciência é necessário: Conhecimentos adquiridos metodicamente. Conhecimentos
O Direito como Ciência
• Para haver ciência é necessário:
Conhecimentos adquiridos metodicamente.
Conhecimentos
que
tenha
sido
objeto
de
observação sistemática.
Conhecimentos que tenham validez universal, pela
certeza de seus dados e resultados
9 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Acepções da Palavra Direito • Direito Objetivo: É a norma de organização social (jus norma
Acepções da Palavra Direito
• Direito Objetivo:
É a norma de organização social
(jus norma agendi)
• Direito Subjetivo:
Corresponde às possibilidades ou poderes de agir,
que a ordem jurídica garante a alguém.
• Direito no sentido de justiça:
Refere-se ao que é justo em atos e atitudes.
11 Profa.Esp.Eny Cantanhede

16/03/2014

Acepções da Palavra Direito a. sentido lato sensu • Ciência do Direito b. sentido stricto
Acepções da Palavra Direito
a. sentido lato sensu
• Ciência do Direito
b. sentido stricto sensu
a. Setor do conhecimento humano que investiga e
sistematiza os conhecimentos jurídicos.
b. É a particularização do saber jurídico, que toma
por objeto de estudo o teor normativo de um
determinado sistema jurídico
Ex.: Jurisprudência Técnica.
8 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Acepções da Palavra Direito • Direito Natural: Origina-se da própria natureza social do homem. Ex.:
Acepções da Palavra Direito
• Direito Natural:
Origina-se da própria natureza social do homem.
Ex.: direito à vida, à liberdade.
Direito Positivo:
É o direito institucionalizado pelo Estado.
Ex.: Leis, Normas Costumeiras.
“É o conjunto de normas jurídicas vigentes em
determinada sociedade”.
(Pires de Lima)
10 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Ordem Jurídica • É o sistema de legalidade do Estado que se forma a partir
Ordem Jurídica
É o sistema de legalidade do Estado que se forma
a partir da Constituição Federal.
(Leis, Decretos, costumes)
É obra de beneficiamento a cargo dos juristas e
são definidas em Tratados e em acórdãos dos
Tribunais.
Ex: Art. 5º,XXXV, da Constituição Federal – a lei
não excluirá da apreciação do Poder Judiciário
lesão ou ameaça a direito.
12 Profa.Esp.Eny Cantanhede
Funções e Finalidades do Direito • Solucionar conflitos; • Regulamentar e orientar a vida em
Funções e Finalidades do Direito
• Solucionar conflitos;
• Regulamentar e orientar a vida em sociedade;
• Legitimar o Poder Político e Jurídico;
Meta:
A realização da justiça e o respeito aos direitos
humanos.
• Art. 5º, da C.F.
Todos são iguais perante a lei
13 Profa.Esp.Eny Cantanhede

16/03/2014

DIVERSOS SIGNIFICADOS DO VOCÁBULO DIREITO • A palavra direito tem origem no Latim directus que
DIVERSOS
SIGNIFICADOS
DO
VOCÁBULO DIREITO
• A palavra direito tem origem no Latim directus
que significa reto ou colocado em linha reta.
• No latim clássico, ius era o termo usado para
designar o direito objetivo.
o conjunto de normas (que evoluiu para direito).
• O termo ius (jus) originou a criação de palavras
como justo, justiça, jurisprudência.
14 Profa.Esp.Eny Cantanhede