Você está na página 1de 3

Exu

dia da semana
segunda-feira

cores
preto e vermelho

símbolos
tridente, bastão (agô)

elemento
fogo

plantas
pimenta, capim tiririca, urtiga. Arruda, salsa, hortelã.

animais
cachorro

metal
bronze, ferro bruto (minério), terra.

comidas
farofa de dendê, bife acebolado, picadinho de miúdos, omolocum. Limão.

bebidas
cachaça e batida de mel para Exu; anis e champanha para Pomba-gira.

sincretismo
Santo Antonio (13.6) e São Benedito (5.10).

domínio
passagens : encruzilhadas e portas.

o que faz
vigia as passagens, abre e fecha os caminhos.Por isso ajuda a resolver problemas da vida
fora de casa e a encontrar caminhos para progredir,além de proteger contra perigos e
inimigos.

quem é
mensageiro dos mortais para os Orixás, senhor da vitalidade.

características
apaixonado, esperto, criativo, persistente, impulsivo, brincalhão.

quizília
comidas brancas e sal.

saudação
Laroiê!

onde recebe oferendas


no canto das encruzilhadas.
riscos de saúde
dores de cabeça relacionadas a problemas de fígado.

presentes prediletos
dinheiro, velas, suas comidas e bebidas preferidas, charutos (Exu) ou cigarros (Pomba-
gira).

observação
Pomba-gira (de Bombogira, nome de Exu em Angola) é o nome dado aos Exus femininos.
Na Umbanda, existem muitos Exus e Pombas-giras que governam lugares diferentes e
auxiliam os vários Orixás.

lendas:

(1)
Exu foi o primeiro filho de Iemanjá e Oxalá. Ele era muito levado e gostava de fazer
brincadeiras com todo mundo.Tantas fez que foi expulso de casa. Saiu vagando pelo
mundo, e então o país ficou na miséria, assolado por secas e epidemias. O povo consultou
Ifá, que respondeu que Exu estava zangado porque ninguém se lembrava dele nas festas;
e ensinou que,para qualquer ritual dar certo, seria preciso oferecer primeiro um agrado a
Exu. Desde então, Exu recebe oferendas antes de todos, mas tem que obedecer aos
outros Orixás, para não voltar a fazer tolices.

(2)
Certa vez, dois vizinhos muito amigos esqueceram de fazer as oferendas devidas a Exu
antes de começar a semana de trabaho. Zangado, Exu resolveu se vingar. Pôs na cabeça
um gorro que era vermelho de um lado e branco do outro.Em seguida, passou
calmamente pelo caminho que dividia as terras dos dois vizinhos, cumprimentando-os
amavelmente. Quando ele se afastou, um dos vizinhos perguntou ao outro: "- Quem será
este senhor de gorro branco?"E o outro falou: "- Não, o gorro era vermelho!"E ficaram
discutindo se o gorro era vermelho ou branco, até que se pegaram e brigaram até se
matar.

(3)
Um homem rico tinha uma grande criação de galinhas. Certa vez, chamou um pintinho
muito travêsso de Exu, acrescentando vários xingamentos. Para se vingar, Exu fez com
que o pinto se tornasse muito violento. Depois que se tornou galo, ele não deixava
nenhum outro macho sossegado no galinheiro: feria e matava todos os que o senhor
comprava. Com o tempo, o senhor foi perdendo a criação e ficou pobre. Então, perguntou
a um babalaô o que estava acontecendo. O sacerdote explicou que era uma vingança de
Exu e que ele precisaria fazer um ebó pedindo perdão ao Orixá. Amedrontado, o senhor
fez a oferenda necessária e o galo se tornou calmo, permitindo que ele recuperasse a
produção.
catalogo | lançamentos | orixás | links | contato | como comprar | a Pallas