Você está na página 1de 76

Unidade I

PESQUISA OPERACIONAL

Profa. Ana Carolina Bueno

Pesquisa operacional

Vamos supor que você tivesse uma confecção que produzisse apenas dois tipos de roupas: camiseta e calça. Você precisa definir o que será produzido diariamente. Vamos imaginar então algumas condições:

  • Se o lucro obtido com as vendas das camisetas fosse R$ 10,00 e, com a venda das calças, fosse R$ 30,00, como você balancearia a sua produção? Por quê?

  • A sua confecção tem apenas uma funcionária. Ela trabalha 8h por dia e, para confeccionar uma calça, ela leva 4h, enquanto para confeccionar uma camiseta ela leva apenas 1h. Como seria a produção agora?

Pesquisa operacional

  • Imagine agora que, para produzir uma calça, a funcionária precisa de 3m de tecido e, para a camiseta, ela precisa de 2m. Sua confecção recebe por dia apenas 6m de tecido. O que você faria agora?

  • Por que você mudou constantemente de opinião?

  • Agora, imagine que você inclua nesse raciocínio informações referentes à área, energia, impostos, horas extras, preferência dos clientes etc. Seria tão fácil definir o balanceamento da produção?

Pesquisa operacional: conceito

“Pesquisa Operacional é um método científico que provê executivos com uma base quantitativa para decisões concernentes às operações sob seu controle.”

MORSE; KIMBALL (1950, p. 1)

Pesquisa Operacional é uma abordagem científica para a solução de problemas no gerenciamento de sistemas complexos.

EURO (Associação das Sociedades de Pesquisa Operacional da Europa)

Pesquisa operacional: conceito

  • Por meio do uso de técnicas como a modelagem matemática para analisar situações complexas, a PO dá aos executivos o poder de tomar decisões mais efetivas e de construir sistemas mais produtivos, baseados em dados mais completos, na consideração de todas as alternativas possíveis, em previsões cuidadosas de resultados e estimativas de risco e nas mais modernas ferramentas e técnicas de decisão.

The Guide to Operational Research, do INFORMS (Institute for Operations Research and the Management Sciences)

Pesquisa operacional: conceito

A Pesquisa Operacional (PO) é uma ciência aplicada voltada para a resolução de problemas reais. Tendo como foco a tomada de decisões, aplica conceitos e métodos de outras áreas científicas para concepção, planejamento ou operação de sistemas para atingir seus objetivos.

SOBRAPO (Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional)

Pesquisa operacional: conceito

  • Ciência aplicada voltada para a resolução de problemas reais.

  • Foco: tomada de decisões, aplicando conceitos e métodos de várias áreas científicas na concepção, planejamento ou operação de sistemas.

Decisão estruturada

  • Uma decisão pode ser classificada em estruturada se envolve uma série de fatores que possam ser quantificados e, logo, equacionados.

  • PO é uma ferramenta de apoio à decisão estruturada.

  • Alguns problemas são surpreendentemente equacionáveis!

Metodologia da PO

  • Formular o problema e fixar o objetivo.

  • Construir o modelo ou modelagem do problema para representar o sistema.

  • Validar o modelo (calcular uma solução através do modelo).

  • Obter a solução (testar o modelo).

  • Avaliar a solução (estabelecer controle sobre a solução).

  • Implantar, acompanhar e manter a solão (colocar a solão em funcionamento).

Decisões

  • Qualitativas: um gerente industrial toma a decisão de aumentar a produção porque supõe ou pressente que o mercado irá melhorar.

  • Quantificativas: uma empresa que tem as fontes de matéria-prima e os clientes dispersos geograficamente pode decidir através de um modelo matemático qual é a melhor localização para suas atividades industriais, tornando os custos logísticos os mínimos possíveis.

Pesquisa operacional:

exemplos de decisão

  • Dois produtos diferentes para lançar no mercado.

  • Cada um desses produtos tem um potencial de vendas, um custo de fabricação, uma margem de lucro, a necessidade de publicidade e competências produtivas.

  • Você dispõe de certa quantia em dinheiro: R$10 milhões.

  • Aplicar toda a quantia no produto A ou no produto B? Parte no A e parte no B? Quanto no A e quanto no B?

Pesquisa operacional:

exemplos de decisão

  • Se tanto a matéria-prima quanto a mão de obra são limitadas, qual a quantidade de produtos que maximiza o lucro da empresa?

  • Se um dado combustível é obtido de uma mistura de produtos de preços variados, qual a composição de menor custo com poder calorífico suficiente?

  • Se existem vários caminhos que ligam duas cidades, qual deles propicia o mínimo de gasto de combustível?

Pesquisa operacional:

exemplos de decisão

  • Se em uma região existem casas que devem ser interconectadas com uma rede de água, qual a que minimiza o gasto com tubulação?

  • Se existem vários ativos financeiros, qual a combinação que melhor reflete o compromisso entre o risco e o retorno?

  • Se o espaço para armazenamento é limitado, de quanto deve ser o pedido de material para atender à demanda de um certo período?

PO:

Acerca da Pesquisa Operacional, verifique quais afirmações abaixo estão corretas:

  • I. É caracterizada pela utilização de modelos matemáticos para orientar os executivos na tomada de decisões.

II. A Pesquisa Operacional busca informações perfeitas para os problemas e trabalha com as partes dos elementos que compõem um sistema.

III. Consideram-se como características da Pesquisa Operacional a aplicação do método científico e o uso de equipes interdisciplinares, com a finalidade de obter soluções que melhor satisfaçam aos objetivos da organização como um todo.

IV. A PO tem por finalidade conciliar os objetivos conflitantes dos diversos órgãos da empresa.

Interatividade

A Alumco fabrica chapas e barras de alumínio. A capacidade

máxima de produção estimada é de 800 chapas ou 600 barras por dia. A demanda máxima diária é de 550 chapas e 580 barras. O lucro por tonelada é de R$ 40 reais por chapa e R$ 35 reais por barra. Qual deve ser a metodologia para a tomada de decisão da empresa sobre a escolha do melhor produto?

  • a) Antes da tomada de decisão, a empresa deve usar modelos matemáticos que devem ser validados para obter a melhor solução para a empresa.

  • b) Antes da tomada de decisão, a empresa deve, através de um modelo matemático, buscar as informações perfeitas para a escolha do produto.

  • c) Antes da tomada de decisão, a empresa deve fazer uma pesquisa com os clientes sobre qual produto é p referível.

  • d) Na tomada de decisão, deve ser escolhido fabricar somente chapas, uma vez que há uma capacidade máxima de produção.

  • e) Na tomada de decisão, deve ser escolhido fabricar somente barras, porque a demanda é maior.

Evolução da PO

  • Século 16: uso das técnicas.

  • Incêndio da frota romana em Siracusa provocada por espelhos solares ajustados por Arquimedes.

Evolução da PO

Surgiram durante a 2ª Guerra Mundial:

  • Problemas de natureza logística, tática e de estratégia militar.

  • A necessidade de alocar os recursos disponíveis fez com que os exércitos americano e britânico convocassem um elevado número de cientistas para lidar com as complexidades dos problemas táticos e estratégicos envolvidos.

  • Terminado o conflito, os grupos de cientistas e a sua nova metodologia de abordagem dos problemas se transferiram para as empresas.

Evolução da PO

  • Agosto de 1940, o chefe do comando antiaéreo daquele país solicitou a colaboração do professor P.M.S. Blackett para estudar a coordenação dos equipamentos de radares com um novo aparelho que indicava a elevação e o rumo dos canhões, tendo por objetivo abater aviões nazistas que bombardeavam Londres.

  • “O Circo de Blackett”: três fisiólogos, dois físico-matemáticos, um astrofísico, um oficial militar, um topógrafo, um físico geral e dois matemáticos.

Evolução da PO

  • Formação de equipes mistas de especialistas nos diversos campos do conhecimento vinculados aos problemas relativos às operações militares, táticas ou estratégicas.

  • Foram resolvidos problemas referentes à detecção de navios e submarinos inimigos através do uso de radar em aeroplanos, determinando a melhor profundidade para explodir as bombas lançadas dos aviões contra os submarinos, entre outros.

Evolução da PO

  • 1947: foi implantado o projeto SCOOP (Scientific Computation of Optimal Programs).

  • Desenvolvimento rápido das técnicas gestadas durante a guerra. George Dantzig desenvolveu o simplex para resolver problemas de programação linear.

  • No final da década de 1950, já estavam bem desenvolvidas as ferramentas padrão da PO, como programação linear, teoria das filas e teoria do inventário.

Evolução da PO

  • A partir da década de 60: aumento da velocidade de processamento e da quantidade de memória dos computadores.

  • Explosão tecnológica no terreno das telecomunicações e da cibernética ocorrida em especial a partir da década de 1980.

  • Milhões de pessoas ao redor do mundo dispõem de computadores pessoais dos mais diversos tipos (desde desktops até tablets) capazes de realizar milhões de operações matemáticas em segundos – conectadas permanentemente aos seus pares pela internet.

Impacto financeiro da PO

  • O desenvolvimento e o uso da PO provocou um impressionante aumento na eficiência das organizações, resultando em contribuição notável para o aumento da produtividade da economia de diversos países.

  • A essas economias de muitos milhões de dólares acrescentam-se benefícios adicionais, não mensuráveis, tão ou mais significativos, tais como melhoria no atendimento aos clientes, maior controle gerencial e outros benefícios intangíveis.

Introdução à pesquisa operacional (Frederick Hillier e Gerald Lieberman)

Organização

Natureza da aplicação

Economia

anual (US$)

Continental

Otimizar a realocação de

40 milhões

Airlines

tripulações quando ocorrem desajustes nos horários de voo.

Samsung

Desenvolver métodos de

200

milhões

Electronics

redução de tempo de fabricação e níveis de estoque.

mais receita

Memorial Sloan-Kettering Cancer Center

Procedimentos de tratamentos radioterápicos.

459

milhões

Welch’s

Otimizar o uso e a movimentação de matéria- prima.

150

mil

Objetivos da PO

  • Solucionar os conflitos de interesse entre as unidades de modo que seja encontrada a melhor solução para a organização como um todo.

  • Os objetivos devem ser consistentes com aqueles de toda a organização. (HILLIER; LIEBERMAN).

Objetivos da PO

  • Conciliar os objetivos conflitantes das diversas funções da organização. Para tanto, usam as atitudes dos departamentos de produção, de vendas, de finanças e de pessoal nas fases de planejamento da linha de produtos e de programação para ilustrar esses conflitos. (ACKOFF; SASIENI).

Objetivos da PO

Aplicação:

  • manufaturas;

  • armazenamento e transporte;

  • planejamento financeiro e de crédito;

  • assistência médica e hospitalar;

  • serviços públicos.

Metodologia da PO

  • Formular o problema e fixar o objetivo.

  • Construir o modelo ou modelagem do problema para representar o sistema.

  • Validar o modelo (calcular uma solução através do modelo).

  • Obter a solução (testar o modelo).

  • Avaliar a solução (estabelecer controle sobre a solução).

  • Implantar, acompanhar e manter a solão (colocar a solão em funcionamento).

Investigar problemas empresariais

  • Uso do método científico na investigação dos problemas empresariais.

  • Processo que se inicia na observação e formulação do problema, inclusive com a coleta de dados relevantes.

  • Montar um modelo científico, tipicamente matemático, que explique e equacione a “alma” do problema.

Investigar problemas empresariais

  • A hipótese deve ser validada através da experimentação prática do modelo verificando-se sua adequação e, eventualmente, introduzindo-se modificações que o tornem mais próximo da realidade e da eficiência desejada.

  • Fornecer conclusões positivas e inteligíveis para o tomador de decisão.

Departamento de produção

  • Produzir a maior quantidade possível de bens ao menor custo possível.

  • Facilitado se produzir continuamente um mesmo produto.

  • No caso de mais um produto, o departamento defenderá a produção do volume total em um único momento, com o maior lote possível, economizando nos tempos de preparação e treinamento, alcançando alta eficiência, mas aumentando os estoques.

  • Prefere uma política de estoques elevados e uma linha de produtos limitada.

Departamento de vendas

  • Deseja estoques elevados para que tenha condições de entregar tudo o que o cliente venha a desejar no momento em que desejar, mas também deseja vender o máximo possível para cada cliente e, assim, deseja uma linha de produtos extensa, com grande variedade de mix.

  • Perceba que os departamentos de vendas e produção entram em conflito no que se refere à extensão do mix de produtos: o primeiro defendendo uma grande variedade, e o departamento de produção insistindo na redução da variedade.

Departamento financeiro

  • Minimizar o capital necessário para as operações da empresa.

  • Reduzir estoques e, consequentemente, o dinheiro empatado.

  • A visão financeira julga também que os estoques devem oscilar proporcionalmente com o volume de vendas.

Departamento de pessoal

  • Se o nível de vendas baixa, o departamento de pessoal e também o de produção não desejam reduzir a produção e demitir colaboradores.

  • O departamento de pessoal deseja manter o nível de produção constante, o que, no momento em que as vendas caem, gera estoques.

  • Os departamentos de finanças e pessoal discordam fortemente em relação à política de estocagem.

Conclusão da empresa

“É responsabilidade do dirigente estabelecer a política de estoques que, segundo algum critério válido, melhor satisfaça aos interesses da empresa como um todo e não aos interesses de qualquer dos departamentos que lhe estejam subordinados. A tarefa de integração exige que todo o sistema seja considerado; isto é a essência do trabalho do dirigente. No que, em muitos casos, pode ser auxiliado pela PO” (Contador).

Interatividade

  • O fim da Segunda Guerra Mundial se caracteriza pelo desenvolvimento de um conjunto de ciências como teoria da informação, cibernética, análise de sistemas, ciências da computação e pesquisa operacional, cujo objetivo principal era a análise de sistemas complexos e buscar soluções matemáticas e quantitativas de problemas. Novas organizações foram criadas para disseminar as técnicas quantitativas desenvolvidas no campo da administração, a fim de unificar o conhecimento científico que contribui para a compreensão da prática da administração.

Sobre a abordagem quantitativa, podemos considerar que:

Interatividade

  • I. As técnicas dessa abordagem têm contribuído concretamente para as atividades de administração, sendo que os modelos criados podem facilitar o processo de tomada de decisão.

II.

As limitações dessa abordagem são a complexidade, a não consideração do fator humano e a distância entre a teoria dos modelos e os problemas reais enfrentados pela administração.

III. O uso das técnicas quantitativas pode ser visto como único instrumento facilitador do processo de tomada de decisão, eliminando a necessidade de análises qualitativas, mas não ignorando questões do lado humano das organizações.

Assinale a alternativa verdadeira:

  • a) Todas as contribuições estão corretas.

  • b) As contribuições I e II estão corretas.

  • c) As contribuições II e III estão corretas.

  • d) As contribuições I e III estão corretas.

  • e) Nenhuma das contribuições está correta.

Modelagem

  • Obter soluções “ótimas”: estabelecer modelos, normalmente matemáticos, que representam a realidade estudada.

  • Modelos são representações da realidade: modelo matemático simplificado.

Modelo matemático

  • A interpretação de um fragmento de um sistema, segundo uma estrutura de conceitos mentais ou experimentais.

  • Um modelo pode ser mais ou menos complexo dependendo da realidade que representa. (Heloísio Caetano Mendes).

Modelo matemático

  • Ser simples de entender, resolver e aplicar.

  • Fornecer uma representação completa e realista do problema real, incorporando apenas os elementos necessários para caracterizar sua essência. (Contador, 1998).

Modelos icônicos

  • Referem-se a mudanças de escala. Tais modelos geralmente se parecem com o objeto que eles representam, exceto no tamanho.

  • Exemplos: desenhos, mapas, fotografias, maquetes, modelos de aeroplanos, navios, usinas piloto etc.

  • Modelos icônicos são também modelos de uma molécula, modelos do átomo de Bohr e modelos do sistema solar.

Modelos icônicos: placa de circuito impresso

Modelos icônicos: placa de circuito impresso F on t e: JUNG, Carlos F ernan d o.
Modelos icônicos: placa de circuito impresso F on t e: JUNG, Carlos F ernan d o.

Fonte: JUNG, Carlos Fernando. Apostila de Metodologia Científica, 3ª ed., 2003

Modelos analógicos

  • Usam um conjunto de propriedades para representar outro conjunto de propriedades.

  • Exemplos: desenho das linhas do metrô ou então o diagrama unifilar de uma instalação hidráulica; curvas de nível em um mapa como analógico da elevação, sistema hidráulico como analógico de um sistema elétrico, de tráfego ou econômico etc.

Modelos simbólicos

  • Usam letras, número e outros símbolos para representar as variáveis e suas relações funcionais.

  • Redundam, portanto, em expressões matemáticas, geralmente equações e inequações.

  • Modelos simbólicos são os preferidos na Pesquisa Operacional.

  • Exemplo: a fórmula do movimento de um corpo em queda livre.

Modelo simbólico: exemplo

  • Sueli faz bonecas artesanais de pano. Cada uma das bonecas custa, para ser feita, considerando materiais e mão de obra, R$ 18,00 e ela as vende por R$ 30,00. Além disso, ela tem um custo fixo de R$ 96,00 por mês. Qual o modelo matemático que representa o lucro dessa operação?

Modelo simbólico: exemplo

Considerando x o número de bonecas vendidas ao longo de um mês, o modelo matemático seria o seguinte:

  • L (30 18) x 96

Questões a partir do modelo:

a) Caso Sueli venda 15 bonecas, qual será o lucro mensal dela?

  • L (30 18) 15 96 R $84,00

Modelo simbólico: exemplo

b) Quantas bonecas, no mínimo, Sueli deverá vender por mês para não ter prejuízo?

Não ter prejuízo significa um lucro maior ou igual a zero, portanto:

(30

18)

x

96

0

 

12

x

96

12

x

96

 

x

96

12

x 8

bonecas

Formulação dos modelos

Três características devem ser observadas, segundo a seguinte ordem:

  • Identificar as variáveis de decisão: são as incógnitas a serem determinadas pela solução do modelo.

  • Identificar a função objetivo: é uma função matemática que define a qualidade da solução em função das variáveis de decisão.

  • Identificar o conjunto de restrições: de modo a levar em conta as limitações físicas do sistema, o modelo deve incluir restrições que limitam as variáveis de decisão a seus valores possíveis ou viáveis (PUCCINI, 1989, p. 50-51).

Exemplo

  • Certa empresa fabrica 2 produtos P1 e P2. O lucro por unidade de P1 é de 100 u.m. e o lucro unitário de P2 é de 150 u.m. A empresa necessita de 2 horas para fabricar uma unidade de P1 e 3 horas para fabricar uma unidade de P2. O tempo mensal disponível para essas atividades é de 120 horas. As demandas esperadas para os 2 produtos levaram a empresa a decidir que os montantes produzidos de P1 e P2 não devem ultrapassar 40 unidades de P1 e 30 unidades de P2 por mês. Construa o modelo do sistema de produção mensal com o objetivo de maximizar o lucro da empresa.

Solução

A empresa produz 2 produtos (P1 e P2). Com relação a P1:

  • Lucro: 100 u.m.

  • Tempo para produzir: 2 horas.

  • Produção máxima: 40 uni/mês. Com relação a P2:

    • Lucro: 150 u.m.

    • Tempo para produzir: 3 horas.

    • Prodão máxima: 30 uni/mês.

Solução

  • Tempo mensal disponível para produção das duas unidades: 120 horas.

  • Definição das variáveis

  • Variável a ser otimizada

    • x. lucro: lucro máximo a ser atingido por mês.

  • Variáveis básicas

    • X1: quantidade ótima de produção/mês de P1.

    • X2: quantidade ótima de produção/mês de P2.

Solução

  • Função objetivo Máx. lucro = 100 x 1 + 150 x 2

  • Conjunto de restrições 2 x 1 + 3 x 2 120

  • x 1 40 restrições técnicas

  • x 2 30

  • x 1 0 ; x 2 0 restrição de não negatividade

Campos de aplicação

  • PO: serve para resolver problemas. Problema:

  • Deseja algo (objetivo).

  • Dispõe de alternativas para alcançá-lo, com diferentes probabilidades.

  • Tem dúvidas quanto à linha de ação a escolher.

Campos de aplicação

Denominada “a ciência da administração”, a sua utilização e implementação têm sido estendida a(à):

  • business;

  • economia;

  • indústria;

  • indústria militar;

  • engenharia civil;

  • governos;

  • hospitais etc.

Áreas na administração

  • Análise de investimentos.

  • Programação da produção.

  • Planejamento estratégico.

  • Controle de projetos.

  • Administração de produção: alocação de recursos limitados.

  • Manutenção de equipamentos.

  • Seleção de equipamentos. Logística:

    • custo de transporte;

    • localização de rede de distribuição.

  • Alocação de recursos em marketing.

  • Interatividade

    Uma empresa de comida canina produz dois tipos de rações: Tobi e Rex. Para a manufatura das rações, são utilizados cereais e carne. Sabe-se que:

    • a ração Tobi utiliza 5 kg de cereais e 1 kg de carne, e a ração Rex utiliza 4 kg de carne e 2 kg de cereais;

    • o pacote de ração Tobi custa $ 20 e o pacote de ração Rex custa $ 30;

    • o kg de carne custa $ 4 e o kg de cereais custa $ 1;

    • estão disponíveis por mês 10 000 kg de carne e 30 000 kg de cereais. Deseja-se saber qual a quantidade de cada ração a produzir de modo a maximizar o lucro, isto é, qual é o modelo desejado para maximizar o lucro (Z) a partir da quantidade de ração.

      • a) 9 x 1 + 18 x 2

    Z =

    • b) 20 x 1 + 30 x 2

    Z =

    • c) 11 x 1 + 12 x 2

    Z =

    • d) 4x 1 + 16 x 2

    Z =

    Resposta

    • Neste problema, as variáveis de decisão são as quantidades de ração de cada tipo a serem produzidas.

    • Os parâmetros fornecidos são os preços unitários de compra e venda, além das quantidades de carne e cereais utilizadas em cada tipo de ração.

    • As restrições são os limites de carne e cereais e a função objetivo é uma função matemática que determina o lucro em função das variáveis de decisão e que deve ser maximizada.

    Resposta

     

    Ração Tobi

    Ração Rex

    Custo de Carne

    • 1 kg x R$ 4 = R$ 4

    • 4 kg x R$ 4 = R$ 16

    Custo de Cereal

    • 5 kg x R$ 1 = R$ 5

    • 2 kg x R$ 1 = R$ 2

    Custo Total

    R$ 9

    R$ 18

    Preço

    R$ 20

    R$ 30

    Lucro

    R$ 11

    R$12

    • Modelo: maximizar o lucro (Z) a partir da quantidade de ração Tobi (x 1 ) e de ração Rex (x 2 ).

    • Função objetivo: Z = 11 x 1 + 12 x 2

    Conjunto de restrições

    • 1 x 1 + 4 x 2 10000 (restrição de carne).

    • 5 x 1 + 2 x 2 30000 (restrição de cereais).

    • x 1 , x 2 0 (restrição de não negatividade).

    PO: exemplo de aplicação

    • A Federal Express (FedEx) é a maior empresa de transporte expresso do mundo. Todos os dias, ela entrega 6,5 milhões de documentos, pacotes e outros itens nos Estados Unidos e em mais de 220 países e territórios ao redor do mundo. Em alguns casos, pode-se garantir a entrega dessas remessas até as 10h30 da manhã seguinte.

    PO: exemplo de aplicação

    • As mudanças envolvidas no fornecimento desse serviço são estarrecedoras. Esses milhões de embarques diários devem ser classificados um a um e direcionados para o local geral correto (usualmente por via aérea) e, então, devem ser entregues no destino exato (normalmente utilizando-se veículo motorizado) em um período surpreendentemente curto. Como tudo isso é possível?

    PO: exemplo de aplicação

    • A PO é o motor tecnológico que propulsiona a empresa. Desde sua fundação em 1973, a PO ajudou na tomada de suas principais decisões de negócios, inclusive investimento em equipamentos, estrutura de rotas, cronograma, finanças e localização de suas instalações. Após ter sido literalmente creditada à PO a salvação da empresa durante seus primeiros anos, tornou-se habitual ter a PO representada nas reuniões de diretoria semanais e, de fato, vários dos diretores atuais provêm do destacado grupo de PO da FedEx.

    PO: exemplo de aplicação

    • A FedEx acaba sendo reconhecida como uma empresa de nível mundial. Rotineiramente, ela se encontra no topo da lista anual das “empresas mais admiradas” da Fortune Magazine. Ela também foi a primeira vencedora (em 1991) do prêmio hoje conhecido com INFORMS Prize, que é concedido anualmente para a integração efetiva e repetida da PO na tomada de decisão organizacional de maneira pioneira, variada, inovadora e duradoura.

    Métodos

    • Programação matemática (linear, não linear, inteira, dinâmica, geométrica e estocástica).

    • Teoria das filas (organização do tráfego aéreo; construção de barragens etc.).

    • Teoria dos estoques.

    • Simulação.

    • Teoria dos grafos.

    • Teoria dos jogos.

    • Teoria da decisão.

    • Amostragem.

    • Regressões.

    • Análise discriminante.

    • Séries temporais.

    Exemplos de problemas tratados pela PO

    Problema do caminho mínimo

    • Objetivo: determinar a rota de menor caminho (distância, tempo ou custo) existente entre um ponto de origem (cidade, endereço, computador, objeto etc.) e um ponto de destino.

    Exemplos de problemas tratados pela PO Problema do caminho mínimo  Objetivo: determinar a rota de

    Fonte: Apostila Pesquisa Operacional Profa. Tania

    Exemplos de problemas tratados pela PO

    Problema de localização de facilidades

    • Objetivo: determinar a localização e a capacidade das facilidades (restaurantes, depósitos, antenas de rádio etc.) de forma a suprir a demanda da região toda com um custo mínimo e/ou lucro máximo (considerando um determinado período).

    Fonte: Apostila Pesquisa Operacional Profa. Tania

    Cada facilidade possui, normalmente, um custo fixo de instalação e custos variáveis de operação.

    Exemplos de problemas tratados pela PO

    Escolha das misturas para rações

    • Objetivo: formular uma ração formada a partir da mistura dos grãos de forma que atenda às necessidades mínimas de nutrientes e tenha um custo mínimo.

    Fonte: Apostila Pesquisa Operacional Profa. Tania

    Exemplos de problemas tratados pela PO

    Fornecimento de produtos através de uma rede de transportes

    • Objetivo: determinar a quantidade do produto que cada fornecedor deve enviar para cada depósito, de forma que o custo total do transporte seja mínimo, que cada depósito tenha sua demanda atendida e que nenhum depósito estoure sua capacidade de fornecimento.

    Fonte: Apostila Pesquisa Operacional Profa. Tania

    Exemplo 1: um problema de PO que determina um plano ótimo de produção

    • Uma empresa produz três tipos de portas a partir de um determinado material. Sabendo que, diariamente, a empresa dispõe de 500 kg de material e 600 horas de trabalho, determinar um plano ótimo de produção que corresponda ao maior lucro.

    A tabela seguinte indica a quantidade de material e horas de trabalho necessárias para a produção de uma porta de cada tipo, assim como o lucro unitário de cada uma delas:

    Exemplo 1: um problema de PO que determina um plano ótimo de produção

    • Decisão a ser tomada: qual será a quantidade de portas a serem produzidas para obter o máximo lucro?

    Exemplo 1: um problema de PO que determina um plano ótimo de produção  Decisão a

    Exemplo 2: produção de aço vs. ambiente

    Uma empresa de aço emite para a atmosfera três tipos de contaminantes:

    • partículas;

    • óxido sulfúrico;

    • hidrocarbonetos.

    A produção de aço inclui duas fontes principais de contaminação:

    • os altos-fornos para produzir o ferro- gusa (ferro de primeira fundição ainda o purificado);

    • os fornos abertos para converter o ferro em aço.

    Exemplo 2: produção de aço vs. ambiente

    De acordo com decisões governamentais, a fábrica tem de reduzir anualmente a emissão dos contaminantes como a seguir se indica:

    Contaminante Redução requerida no nível anual de emissão (em milhares de toneladas) A: Partículas 60 B:
    Contaminante
    Redução requerida no nível
    anual de emissão
    (em milhares de toneladas)
    A: Partículas
    60
    B: Óxido sulfúrico
    C:
    150
    125
    Hidrocarbonetos

    Exemplo 2: produção de aço vs. ambiente

    Para reduzir a emissão, os engenheiros propõem as seguintes medidas:

    • aumentar a altura das chaminés;

    • a utilização de filtros nas chaminés;

    • incluir certos aditivos nos combustíveis.

    Cada medida tem associado os seguintes custos anuais na sua implementação em milhares de euros: Método
    Cada medida tem associado os seguintes
    custos anuais na sua implementação em
    milhares de euros:
    Método de redução
    Altos-fornos
    Fornos abertos
    Chaminés mais altas
    Filtros
    Melhores combustíveis
    8
    10
    7
    6
    11
    9

    Exemplo 2: produção de aço vs. ambiente

    Chaminés mais altas Filtros Melhores combustíveis Conta- Altos- Fornos A. f. F.A. A.f. F.A. minante fornos
    Chaminés mais
    altas
    Filtros
    Melhores
    combustíveis
    Conta-
    Altos-
    Fornos
    A. f.
    F.A.
    A.f.
    F.A.
    minante
    fornos
    Abertos
    Partícu-
    12
    9 25
    20
    17
    13
    las
    Óxido
    35
    42
    18
    31
    56
    49
    sulfúrico
    Hidro-
    37
    53
    28
    34
    29
    20
    carbonetos

    Com as medidas propostas, será possível eliminar as quantidades anuais dos contaminantes A, B e C nas seguintes quantidades (em milhares de toneladas):

    Exemplo 2: produção de aço vs. ambiente

    • Por exemplo, se implementar na totalidade a medida 1 (em 100%) conseguir-se-á reduzir a emissão dos contaminantes A, B e C em 12,35 e 37 milhares de toneladas, respectivamente. Caso contrário, se implementar esta

    medida parcialmente Aumento na altura das chaminés nos altos-fornos (só a 50% do previsto), apenas 40
    medida parcialmente
    Aumento na altura das chaminés nos
    altos-fornos
    (só a 50% do
    previsto), apenas
    40
    se reduzirá
    35
    a em ss
    i
    ã
    o
    30
    Redução
    25
    em 6, 17,5
    20
    e 18,5 milhares
    15
    de toneladas.
    10
    Contaminante A
    5
    Contaminante B
    0
    100% de aumento
    50% de aumento
    Contaminante C

    Exemplo 2: produção de aço vs. ambiente

    O problema de PO pode ser formulado como segue:

    • Determinar um plano ótimo que, aplicando as medidas expostas (total ou parcialmente) nos fornos emissores, consiga ao menor custo o índice de maior redução da contaminação.

    Interatividade

    Dados os exemplos abaixo:

    I.

    Você gerencia um minimercado hortigranjeiro do tipo

    II.

    sacolão e seu objetivo é o de minimizar os custos de seus produtos, a fim de se tornar competitivo no mercado. Você vende 3 tipos de legumes e o consumo semanal destes alimentos é de 600 kg. Você deseja adquirir quantidades tais dos três produtos que resultem em 600 kg, mas cada legume tem um custo diferente. Numa agência bancária, os caixas constituem estações de

    III.

    serviço e os clientes que o solicitam podem chegar em intervalos aleatórios no tempo. O prefeito de uma cidade está recebendo denúncias de que o aumento de circulação de veículos esteja comprometendo a qualidade do ar.

    Quais métodos de PO podem ser usados em I, II e III respectivamente?

    • a) Estatística aplicada, teoria das filas e teoria de jogos.

    • b) Amostragem, simulação e programação linear.

    • c) Teoria dos grafos, programação linear e estatística aplicada.

    • d) Programação linear, teoria das filas e estatística aplicada.

    • e) Teoria das filas, teoria dos jogos e programação linear.

    ATÉ A PRÓXIMA!