Você está na página 1de 5

Disciplina Fsica I Data 14/05/2014

Professor Valor Nota


Ricardo Varjo 10,0
Nomes RA Turma
Sofia Baracat Lapenta Janzanti 1583182 C12
Luiz Henrique Carvalho Silveira 1136658 C12
Luis Gustavo Bilches Silva 1582615 C12
Vinicius Drago Romano 1581716 C12
Victor Domingues Ferreira 1583190 C12
Lucas Ricardo de Lima Franco 1582716 C12

1. Ttulo do experimento
Associao de Molas
2. Objetivos
Verificar a lei de Hooke sobre a constante elstica de uma mola
Determinar a constante elstica resultante de uma associao de molas.
3. Fundamentao Terica













4. Equipamentos Utilizados
Suporte universal
Quatro molas diversas
Trena
Acessrio para a associao de molas em paralelo
Balana analgica

Fora Elstica

Associao de Molas
Suporte de massas
Pesos diversos

5. Procedimento Experimental

Para a obteno da constante elstica, utilizamos quatro diferentes molas. Quatro massas diferentes
foram pesadas.
Presa em um suporte universal, cada mola foi colocada junto com quatro diferentes pesos em uma das
extremidades. As massas foram as mesmas para as quatro diferentes molas.
Com a mola presa ao suporte, foi medida a distncia inicial e em seguida, obteve-se a medida final da
mola com o cada peso. Tendo ento a deformao da mola e a fora elstica, foi criado um grfico para cada
experimento para a obteno da constante elstica para cada situao.
Para a associao em srie, foram utilizadas duas molas em srie, e o mesmo procedimento anterior foi
realizado, assim como a criao do grfico para a obteno da constante elstica. J a associao em paralelo
precisou de um acessrio especfico para permitir manter as duas molas em paralelo. E assim como para os
outros experimentos, foi utilizado o mesmo procedimento.

6. Anlise dos Dados

y = 0,2075x - 0,1802
0
0,2
0,4
0,6
0,8
0 1 2 3 4 5
F
o
r

a

E
l

s
t
i
c
a

(
N
)

Deformao (cm)
Constante Elstica - Tabela 1 -
Anexo1
Srie1
Linear (Srie1)
y = 0,0379x
0
0,1
0,2
0,3
0,4
0,5
0,6
0,7
0,8
0 5 10 15 20 25
F
o
r

a

E
l

s
t
i
c
a

(
N
)

Deformao (cm)
Constante Elstica - Tabela 2 - Anexo1
Srie1
Linear (Srie1)

Tabelas para associao em srie:

y = 0,087x + 0,0062
0
0,2
0,4
0,6
0,8
0 2 4 6 8 10
F
o
r

a

E
l

s
t
i
c
a

(
N
)

Deformao (cm)
Constante Elstica - Tabela 3 - Anexo1

Srie1
Linear (Srie1)
Linear (Srie1)
y = 0,0687x - 0,0234
0
0,2
0,4
0,6
0,8
0 5 10 15
F
o
r

a

E
l

s
t
i
c
a

(
N
)

Deformao (cm)
Constante Elstica - Tabela 4 - Anexo1
Srie1
Linear (Srie1)
Linear (Srie1)
y = 0,0316x - 0,0026
0
0,1
0,2
0,3
0,4
0,5
0,6
0,7
0,8
0 5 10 15 20 25
F
o
r

a

e
l

s
t
r
i
c
a

(
N
)

Deformao (cm)
Associao em srie - Tabela 1 - Anexo 1
Srie1
Linear (Srie1)
Linear (Srie1)

Tabelas para associao em paralelo:


0
0,1
0,2
0,3
0,4
0,5
0,6
0,7
0,8
0 10 20 30
F
o
r

a

e
l

s
t
i
c
a

(
N
)

Disperso (cm)
Associao em srie - Tabela 2 - Anexo 1
Srie1
Linear (Srie1)
y = 0,2364x + 0,0086
0
0,1
0,2
0,3
0,4
0,5
0,6
0,7
0,8
0,9
0 1 2 3 4
F
o
r

a

e
l

s
t
i
c
a

(
N
)

Deformao (cm)
Associao em paralelo - Tabela 1 - Anexo 1
Srie1
Linear (Srie1)
Linear (Srie1)
y = 0,1172x + 0,02
0
0,1
0,2
0,3
0,4
0,5
0,6
0,7
0,8
0 2 4 6 8
F
o
r

a

e
l

s
t
i
c
a

(
N
)

Deformao (cm)
Associao em paralelo - Tabela 1 - Anexo 1
Srie1
Linear (Srie1)
Linear (Srie1)
7. Concluso
Atravs dos experimentos realizados em laboratrio, pode-se concluir que h relao entre a associao de
molas e a lei de Hooke no que diz a respeito da constante elstica de molas. Em alguns casos o percentual de erro
foi alto, porm em outros foi o contrrio. O alto ndice de erro pode estar relacionado a medidas durante o
experimento.
8. Referncias
HALLIDAY, D., RESNICK, R., WALKER, J. Fundamentos de Fsica 1 So Paulo: Livros Tcnicos e Cientficos
Editora, 4 Edio, 1996.

Você também pode gostar