Você está na página 1de 3

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO GRANDENSES

ANÁLISE MATEMÁTICA/ PROF ALZIR

SOMAS TELESCÓPICAS, SOMAS DE SEQUÊNCIAS ARITMÉTICAS E


SOMAS DE SEQUÊNCIAS GEOMÉTRICAS.
Determine a soma:
20
a) ∑( 2
n =1
n
− 2 n +1 )
100
b) ∑
n =1
2n
20
c) ∑
n =1
2n

−1 n −1
d) ∑(
n =1 2
)

VERIFICAÇÃO SE UMA SÉRIE CONVERGE OU DIVERGE USANDO O


TEOREMA:

a k ≠ 0 , então a série
Se lim
n →∞
∑a
n =1
k é divergente.
Verificar se a série converge ou diverge:

n 2 +1
a) ∑ 2
n =1 n

n
b) ∑
n =1 n +1

2n + 1
c) ∑
n =1 3n + 2

SÉRIES GEOMÉTRICAS.
As séries geométricas têm as parcelas formando uma seqüência geométrica. Se q <1 ,
a série converge. Se q >1 , a série diverge. Se convergir o valor de convergência é
a1
Sn = .
1 −q
1- Verifique se a série converge ou diverge, justificando a resposta. Se convergir
encontre o valor de convergência.

1
a) ∑ n
n =1 2

1
b) ∑2. n .
n =1 3

3
c) ∑ n −1 .
n =1 4

d) ∑2.3
n =1
n
.

1
e) ∑(−1)
n =1
n +1

3n
.


O USO DO TESTE DA INTEGRAL EM ∑a
k =1
k .

Ao escrevermos a k como função f(x), devemos verificar se é decrescente, contínua e


positiva.

Este teste consiste em fazer a integral imprópria. ∫ f ( x) dx . Se a integral divergir, a


1
série diverge; se a integral convergir, a série converge.


1
1- Verifique, usando o teste da integral, se ∑n
n =1
diverge ou converge.

1
2- Verifique, usando o teste da integral, se ∑
n =1 n 3
diverge ou converge.

1
3- Verifique, usando o teste da integral, se ∑ 3 diverge ou converge.
n =1 n

2n
4- Verifique, usando o teste da integral, se ∑ 2 diverge ou converge.
n =1 n + 1

3n 2 +1
5- Verifique, usando o teste da integral, se ∑ 3 . diverge ou converge.
n =1 n + n

5- Verifique, usando o teste da integral, se ∑n.e
n =1
n
diverge ou converge.

O USO DO TESTE DA COMPARAÇÃO.



Este teste consiste em usarmos uma série conhecida ∑b
k =1
k que sabemos ser

convergente ou divergente e compararmos com a série dada no exercício ∑a
k =1
k .
∞ ∞
Se ∑bk for convergente e ak ≤ bk, a série
k =1
∑a k =1
k será convergente. ( você pode ver

isso numa representação feita em sala).


∞ ∞
Se ∑bk for divergente e ak ≤ bk, não podemos afirmar nada sobre a série
k =1
∑a
k =1
k .
( você pode ver isso numa representação feita em sala).

∞ ∞
Se ∑bk for divergente, e ak ≥ bk, a série ∑a k será divergente. ( você pode ver isso
k =1 k =1
numa representação feita em sala).
∞ ∞
Se ∑bk for divergente, e ak ≤ bk, não podemos afirmar nada sobre a série ∑a k .
k =1 k =1
( você pode ver isso numa representação feita em sala).


1
1- Verifique, usando o teste da comparação, se ∑
n =1
2
n


5
2- Verifique, usando o teste da comparação, se ∑2
n =1 +2
. n


1
3- Verifique, usando o teste da comparação, se ∑ n .
n =1 n3


1
4- Verifique, usando o teste da comparação, se ∑n
n =1
n .

VERIFICAÇÃO DE CONVERGÊNCIA OU DIVERGÊNCIA USANDO


PROPRIEDADES ( PROPRIEDADES DADAS EM SALA).

Verifique se a série converge ou diverge, usando propriedades. Justifique a resposta.



1
a) ∑
n =1 4 n

1 1
b) ∑ ( n + n )
n =1 3 2

c) ∑( 2
−n
+ 3 −n )
n =1


2 2
d) ∑3 . n
n =1
2

COMO PODEMOS APRESENTAR PARA OS ALUNOS DO ENSINO MÉDIO


O ASSUNTO DE SEQUÊNCIA GEOMÉTRICA: QUAL A SOMA
1 1 1 1
− + − + ... ?
3 9 27 81
Sugestão: Fazer a soma dos termos positivos e dos termos negativos e depois subtrair os
valores encontrados. A seguir mostrar o resultado usando a fórmula da soma. Comparar
os resultados.

EXPRESSAR A DECIMAL EM SÉRIE E VERIFICAR SE CONVERGE OU


DIVERGE. SE CONVERGIR, DETERMINAR O VALOR DE
CONVERGÊNCIA.
FAZER ISSO PARA AS DECIMAIS:
a) 0, 333 . . .
b) 0, 555 . . .

Você também pode gostar