Você está na página 1de 3

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL UNIFICADA CAMPOGRANDENSE

FACULDADES INTEGRADAS CAMPO-GRANDENSES

PROGRAMA DE DISCIPLINA DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

DISCIPLINA: GEOMETRIA ESPACIAL


NÚMERO DE HORAS-AULA SEMANAIS: 4 horas
NÚMERO TOTAL DE HORAS-AULA PRESENCIAL: 80 h
NÚMERO TOTAL DE HORAS-AULA SEMIPRESENCIAL REDE DE LEITURA:
NÚMERO TOTAL DE HORAS-AULA: 80 horas

1 – OBJETIVOS DA DISCIPLINA
• Trabalhar os fundamentos da geometria espacial.
• Desenvolver a visão espacial bem como o cálculo de volumes.
• Fixar definições, formas e propriedades das principais figuras
geométricas espaciais.
• Aplicar conceitos em situações que envolvam interdisciplinaridade e
contextualização.

2 – EMENTA
Geometria Espacial de posição e Métrica. Diedros, Triedros, Poliedros. Construção
dos sólidos Geométricos. Princípio de Cavalieri. Estudo dos sólidos geométricos:
Prismas, Pirâmides e Troncos, Cilindros e Troncos, Cones e Troncos, Esfera.
Construir a Geometria Espacial com práticas no Laboratório de Matemática

1
3- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I: GEOMETRIA ESPACIAL DE POSIÇÃO


I.1 – Ponto, reta e planos no espaço.
I.2 – Posições relativas.

UNIDADE II: POLIEDROS


II-1 – Definição, poliedros convexos e não convexos.
II.2 – Poliedros de Platão e poliedros regulares.
II.3 – Relação de Euler, soma dos ângulos das faces.

UNIDADE III: PRISMAS


III.1 – Definição, calssificação, elementos.
III.2– Paralelepípedos e cubos.
III.3– Áreas e volume.
III.4– Princípio de Cavalieri.

UNIDADE IV: PIRÂMIDES


IV.1 – Definição, classificação, elementos.
IV.2– Áreas e volume.
IV.3– Tetraedro regular.
IV.5– Problemas de aplicação.

UNIDADE V: CILINDROS
V.1 – Definição, classificação, elementos.
V.2–. Áreas e volume.
V.3– Problemas de aplicação.

UNIDADE VI: CONES


VI.1 – Definição, classificação, elementos.
VI.2– Áreas e volume.
VI.3– Problemas de aplicação.

UNIDADE VII: ESFERAS


VII.1 – Definição, classificação, elementos.
VII.2– Áreas e volume.
VII.3– Problemas de aplicação.

3 – METODOLOGIA DE ENSINO

Aulas expositivas, aulas no laboratório de informática (com internet e softwares


educacionais), aulas no laboratório de matemática (material concreto).

2
4- RECURSOS DIDÁTICOS
Listas de exercícios, lousa, quadro de giz, projetor multimídia, laboratório de
informática com o uso dos Softwares Cabri- Geometre e Polly, laboratório de
matemática (com materiais alternativos).

5 – SISTEMA DE AVALIAÇÃO E CONDIÇÕES PARA APROVAÇÃO


• Primeira avaliação: avaliação individual e com consulta.
• Segunda avaliação: avaliação individual e sem consulta.
• Prova Final: avaliação individual e sem consulta.

Condições para aprovação:


• Freqüência mínima de 75% do total das aulas;
• A Média aritmética igual ou superior a 6,0 (Seis), na primeira e segunda
avaliações resulta na aprovação.
• Média aritmética entre a primeira e segunda avaliações inferior a 4 resulta na
reprovação.
• Média aritmética na primeira e segunda avaliações igual a 4 e inferior a seis
resulta na prova final.
• Será aprovado, na prova final, pela obtenção de média cinco ou mais entre a
prova final e média da primeira e segunda avaliações.

5- BIBLIOGRAFIA BÁSICA
DOLCE, Osvaldo. Fundamentos de Matemática Elementar. vol. 10. SP: Atual, 2005.

6- BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

CARVALHO, Paulo Cezar Pinto. Introdução à Geometria Espacial. Rj: SBM, 2007.
MACHADO, Antônio dos Santos. Matemática: Temas e Metas: Vol.4. São Paulo:
Atual, 2003

7 – BIBLIOGRAFIA REDE DE LEITURA