Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

BACHARELADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA
RESISTENCIA DOS MATERIAIS I



Docente: Dr. Ricardo Neves Bedoya




QUESTIONÁRIO: ENSAIO DE TRAÇÃO SAE 1020







Discentes:
Monallisa Cristina Holanda
Paulo Victor de Oliveira Câmara
Kaisser Henrique Fernandes Pimenta
Kairo Medeiros Sales


Caraúbas/RN – 10/08/2014
Questionário
1) Construa uma tabela em Excel, com os seguintes resultados: Carga (N),
Deformação (mm/mm) e Tensão (Mpa). Construa o diagrama tensão x
deformação. Com os dados identifique as propriedades acima citado de (a) até (i).






02) Qual é o tipo de fratura apresentado pelo corpo de prova utilizado no ensaio de
tração? Explique porque o corpo de prova desenvolveu este aspecto de fratura. O
que isso implica na estricção e na ductibilidade do material?
Ocorreu uma fratura dútil, ocorrendo apenas após extensa deformação plástica e se
caracteriza pela propagação lenta de trincas resultantes da nucleação e crescimento de
microcavidades. A extensa deformação plástica se diz a estricção que é a redução
percentual da área da seção transversal do corpo de prova na região aonde vai se
localizar a ruptura. A estricção determina a ductilidade do material. Quanto maior for a
porcentagem de estricção, mais dúctil será o material.

03) Explique o que é deformação: Qual a diferença entre a deformação plástica e
deformação elástica? O que é ductibilidade? O que representa o valor desta
propriedade no corpo de prova de seu grupo?
Deformação é a variação de uma dimensão qualquer de um corpo, quando
submetido a um esforço qualquer, podem ser altamente visíveis ou praticamente
imperceptíveis se não forem utilizados equipamentos que façam medições precisas. De
um modo geral, a deformação de um corpo não será uniforme em todo seu volume, logo
a geometria de cada segmento de reta no interior do corpo pode variar ao longo de seu
comprimento. As deformações podem ser normal ou por cisalhamento. A deformação
normal é o alongamento ou contração de um segmento de reta por unidade de
comprimento. A deformação por cisalhamento é a mudança que ocorre no ângulo entre
dois segmentos de reta que originalmente eram perpendiculares um ao outro.
A plasticidade é a capacidade que o material deve ter de se deformar quando
submetido a um esforço, e de manter essa forma quando o esforço desaparece, e a
elasticidade é a capacidade que o material de retornar a sua forma inicial após
submetido a um esforço. A diferença entre a deformação plástica e a deformação
elástica é que enquanto a deformação elástica retorna a sua forma original, a
deformação plástica não, o material fica permanentemente com a deformação realizada.
A ductibilidade representa uma medida do grau de deformação plástica que o
material suportou antes de sua fratura, ou seja, corresponde à elongação total do
material devido à deformação plástica. E a partir da ductibilidade que pode-se avaliar o
material como resistente ou frágil, no caso do corpo de prova utilizado, o aço 1020 tem
uma propriedade de resistência alta a tração em relação a carga aplicada.
4) Observando o gráfico obtido no ensaio de tração, explique o valor da tenacidade
atingida pelo seu material. Essa propriedade define o comportamento frágil ou
dúctil? Explique.



5) Qual é o módulo de resiliência alcançado pelo material? Compare com um dado
da literatura ou livro texto. Discuta a diferença de valores e explique a diferença.
Discuta porque o teor de carbono influência no aspecto da curva.
SAE 1020 de acordo com o ensaio realizado em laboratório:
* Módulo de Resiliência= 0,220 Mpa
SAE 1050 de acordo com livro texto para comparação:
*Módulo de Resiliência = 0,355 Mpa
Análise: O SAE 1050 é o material de maior resiliência, pois resistiu uma maior carga
em mais tempo e com menos deformação comparado aos dados do SAE 1020 obtidos
em ensaio no laboratório. O teor de carbono ajudou o material a ter maior resistência.