Você está na página 1de 4

APOIO CONCURSEIROS

1-
Primeiro você atualiza os 20mil por 1 mês:
M=C(1+i)^n
20000=C(1+0.04)^1
C=19230,76923

Depois você soma com os 10mil:


C=19230,76923+10000=29230,76923

O novo prazo para pagamento é de 3,5 meses:

Pela convenção linear:


M=C(1+i)^ni.(1+i.nq)

M=29230,76923.(1+0,04)^3.(1+0,04.0,5)
M=29230,76923.1,124864.1,02
M=33538,25

Letra C

ni= parte inteira do prazo


nq= parte fracionária do prazo

2-

A questão não fala em juros exatos. Portanto, faça a seguinte modificação:

Citação:
Postado Originalmente por Erick Bosso
ESAF ACE 98) Um capital de R$ 1.000,00 é aplicado à taxa de 3% ao mês, juros compostos, do
dia 10 de
fevereiro ao dia 30 de maio. Obtenha os juros da aplicação, usando a convenção linear.
a) R$ 110,00
b) R$ 113,48
c) R$ 114,47
d) R$ 114,58
e) R$ 115,00

O gabarito é D. Porém só consegui chegar à letra B, seguindo o raciocínio abaixo:

R: Pela convenção linear os períodos inteiros são capitalizados a juros compostos e os não
inteiros a juros simples

Total de Dias = 109 dias = 3 meses e 19 dias

M= C x (1+i)^n x (1 + i x n)

M= 1.000 x (1+0,03)^3 x (1+0,03 x 20/30)


M= R$ 1.114,58

J=M-C
J = 114,58

03-
Eu peguei a prova para resolver e treinar, eu fiz assim:

M = 200(1,02)^2 + 250(1,02)^1 + 300

M = 200.1,0404 + 250.1,02 + 300

M = 208,08 + 255,00 + 300,00

M = 763,08 LETRA C

Nessa prova existem algumas questões que são casca de banana, essa é uma delas. Observe o texto
da questão. Lá diz claramente: ...qual foi o valor de juros compostos imediatamente após o terceiro
depósito. Ora, se pede o valor após o 3 depósito, então esse 3 depósito não sofrerá correção. Quanto
as demais informações tá bem clara a forma de depósito, ou seja, ele começou com 200 e foi
acrescentando 50 a cada depósito, então temos: 200, 250 e 300.

4-
I) Valor Atual = 100.0,9 = 90

II) Valor Atual = 95 em 30 dias = 95/1,04 = 94,8

III) Valor Atual = 50.a(2;4%) = 50.1,886 = 94,3

IV) Valor Atual = 40 + 30.a(2;4%) = 96,58

Letra E

Repare que a malandragem nos itens III e IV eh usar as parcelas (q ele xama de iguais) como
simples divisões do preço do livro.

No item III: O livro vale 100, logo as duas parcelas seriam de 50 cada
No item IV: O livro vale 100, porém com a entrada de 40 restam 60, logo duas parcelas de 30 cada

5-
Atual = Nominal - Desconto - Retenções - Impostos

4.620 = N - N.0,015.(8/3) - 0,07.N - 0,01.N

4.620 = 0,88.N

N = 5.250

OBS:
i = 18% ao ano = 1,5% ao mês ---> i = 0,015
t = 2 meses e 20 dias = 2 meses + 2/3 mês = (2 + 2/3) meses = 8/3 meses

Desconto = N.i.t = N.0,015.(8/3)

6-
Citação:
)Uma loja financia um eletrodomestico, no valor a vista de R$2240,00, em 5 prestaçoes mensais
e iguais, devendo a primeira delas ser paga na entrada, a uma taxa de 5% ao mes.
O valor de cada prestaçao na compra desse produto será de:
a)R$ 448,00
b)R$ 492,74
c)R$ 517,38
d)R$ 537,60
e)R$ 560,00
certa letra "b"
2240 - P = P.a(4;5%) ---> olhar na tabela!!!

2240 = 4,5459.P

P = 2240/4,5459 = 492,75

Uma pessoa deseja compra um conjunto de estofados no valor a vista de R$ 3500,00.Para


financia lo em 4 prestaçoes iguais se entrada,cada prestaçao irá lhe custa R$ 930,36.Se,
entretanto, uma delas for dada como entrada, o valor das demais prestaçoes reduzir-se-a para R$
907,67.
A taxa mensal de juros compostos utilizada nesse financiamento é de:
a) 0,50%
b) 1,00%
c) 1,50%
d) 2,00%
e) 2,50%
certa letra "e"
3500 = 930,36.a(4;i) ---> a(4;i) = 3,7619 ---olhando na tabela---> i = 3% (aproximado)

Soh pra confirmar:

3500 - 930,36 = 907,67.a(3;i) ---> a(3;i) = 2,8310 ---> i = 3% (aproximado)

Por essas aproximações eu marcaria 2,5%...mas a kestão eh estranha (pelo menos pra
mim!!!).

8
Cosidere, na tabela abaixo, a inflaçao medida pelo indice geral de preços - Disponibilidade
interna(IGP-DI), publicada pela revista Cunjuntura Economica, da Fundaçao Getulio Vargas.

Periodo.........IGP-DI
1998 .........146,330
1999 .........162,894
2000 .........185,327

Conforme a tabela, a inflaçao ocorrida no ano de 1999 foi de:


a) 11,32%
b) 13,77%
c) 16,56%
d) 146,33%
e) 162,89%
certa letra "a"
Fator Inflacionário de 1998 = 162,894/146,33 = 1,1132 ---> i = 11,32%

Fator inflacionário de 1999 = 185,327/162,894 = 1,1377 ---> i = 13,77%


9-
Manzano, vc está calculando o montante pelo método da Convenção Linear, mas isso naum foi
pedido expressamente na kestão!!!

M = C.(1,02)^18 = 1,4282.C ---> basta olhar na tabela!!!

13-
F(anual) = F(trimestral)^4 ---> pois temos 4 trimestres em um ano.

(1 + 0,3605) = (1 + i)^4 ---> Aki vc pode usar calculadora ou uma tabela (fornecida).

(1 + i) = 1,08

i = 0,08 ---> i = 8% ao trimestre

14
transformar a Taxa Efetiva Anual em Mensal vc encontra 21/12 = 1,75% ao mês. Mas vc naum teria
como fazer a conta, pois precisaria de tabela para (1,0175)^18. Como naum foi dada tabela vc
PRECISA trabalhar com a Taxa Efetiva Anual msm. Vamos às contas:

J = C.[(1 + i)^t - 1] ---> i = 21% aa

J = 10000.[(1,21)^1,5 - 1] ---> repare q (1,21)^1,5 = [(1,1)2]^3/2 = (1,1)^3 = 1,331

J = 10000.(1,331 - 1)

J = 3.310

Interesses relacionados