Você está na página 1de 6

1) Bicarbonato de sódio sólido é usado como fermento químico porque se

decompõe termicamente, formando gás carbônico, de acordo com a reação

representada pela equação química:

2NaHCO 3(s) → Na 2 CO 3(s) + CO 2(g) + H 2 O (g) Escreva a expressão matemática para a constante de equilíbrio expressa em

termos de concentração (Kc) e em termos de pressões parciais (Kp).

2) Atualmente, o processo industrial utilizado para a fabricação de H 2 SO 4 é

chamado "processo de contacto". Nesse processo, o enxofre é queimado

originando SO 2(g) . Este gás, juntamente com O 2(g) , é introduzido num conversor

catalítico, quando ocorre a reação:

2 SO 2(g) + O 2(g)

catalítico, quando ocorre a reação: 2 SO 2(g) + O 2(g) 2 SO 3(g) Supondo que

2 SO 3(g)

Supondo que o espaço livre do conversor seja de 2 litros e nele estejam

confinados 2 mols de SO 2 , 4 mol de O 2 e 8 mols de SO 3 sob dadas condições

de pressão e temperatura, o valor de Kc para a reação acima representada, é:

a)

b) 4,8 x 10 -2

20,8

c) 4,8 x 10 -2

d)

8

e)

10,6

é: a) b) 4,8 x 10 - 2 20,8 c) 4,8 x 10 - 2 d)

3) Sabendo-se que no equilíbrio: H 2(g) + I 2(g)

Hidrogênio é 4 atm, a do Iodo é 6 atm e a do ácido Iodídrico é 2 atm, o valor do

2HI (g) A pressão parcial do

Kp é?

4) A decomposição em fase gasosa, a 250°C, representada pela equação:

PCℓ 3 ( g ) + Cℓ 2 ( g ) , apresenta uma constante de 3 ( g ) + Cℓ 2 ( g ) , apresenta uma constante de 3(g) + Cℓ 2(g) , apresenta uma constante de equilíbrio Kc = 0,04.

A respeito da reação foram levantados os seguintes dados de concentrações

molares no equilíbrio: [PCℓ 5 ] = 1,5 mol/L, [Cℓ 2 ] = 0,3 mol/L. A concentração

molar de PCℓ 3 no equilíbrio é :

a) 125 mol/L

b) 37,2 mol/L

PCℓ 5(g)

c) 1,2 mol/L

d) 0,3 mol/L

e) 0,2 mol/L

5)

São colocados 8,0 mols de amônia num recipiente fechado de 5,0 litros de

capacidade. Acima de 450°C, estabelece-se, após algum tempo, o equilíbrio:

2NH 3(g)

3H 2(g) + N 2(g) 2(g) + N 2(g) 2(g) + N 2(g)

Sabendo que a variação do número de mols dos participantes está registrada

no gráfico, podemos afirmar que, nestas condições, a constante de equilíbrio,

Kc, é igual a:

condições, a constante de equilíbrio, Kc, é igual a: a) b) 27,00 5,40 c) d) 1,08

a)

b)

27,00

5,40

c)

d)

1,08

2,16

6) N 2 O 4 e NO 2 , gases poluentes do ar, encontram-se em equilíbrio, como

indicado:

N

2 O 4

ar, encontram-se em equilíbrio, como indicado: N 2 O 4 2NO2 Em uma experiência, nas condições

ar, encontram-se em equilíbrio, como indicado: N 2 O 4 2NO2 Em uma experiência, nas condições

2NO2

Em uma experiência, nas condições ambientes, introduziu-se 4 mols de N 2 O 4

em um reator de 2,0 litros. Estabelecido o equilíbrio, a concentração de NO 2 foi

de 2 mol/L. Qual o valor da constante Kc, em termos de concentração, desse

equilíbrio?

a)

b)

2,4

4,8

c)

d)

5,0

5,2

e) 4

Deslocamento

01. (PUC) O equilíbrio químico representado pela

equação:

N 2 (g) + O 2 (g) 2 NO (g) H = +21,6 Kcal, apresentará rendimento máximo em NO (g) :

a) em temperatura e pressões elevadas;

b) em temperaturas e pressões baixas;

c) em temperaturas elevadas e pressões

baixas;

d) em temperaturas elevadas

independentemente da pressão;

e) em pressões altas independentemente da

temperatura.

02. (UnB) Um dos processos de fabricação de H 2

consiste em passar uma mistura de monóxido de carbono e vapor d’água sobre um catalisador adequado, à temperatura de 50°C. A reação é a

seguinte: CO + H 2 O CO 2 + H 2 . O procedimento CORRETO para a obtenção de um rendimento de hidrogênio, é:

a) diminuir a concentração de monóxido de

carbono;

b) injetar gás carbônico em excesso;

c) injetar vapor d’água em excesso;

d) nenhuma dessas.

03. (OSEC) Na reação: N 2(g) + 3 H 2(g) 2 NH 3(g) H

= -22,0 Kcal, a quantidade máxima de NH 3(g) se formará, quando:

a) A temperatura e a pressão aumentarem

simultaneamente.

b) A temperatura e a pressão diminuírem

simultaneamente.

c) A temperatura diminuir e a pressão

aumentar.

d) A temperatura aumentar e a pressão

diminuir.

e) A concentração de nitrogênio diminuir

04. (CESGRANRIO) A equação química abaixo

representa um sistema gasoso em equilíbrio:

(2)

2 SO 2(g) + O 2(g) 2 SO 3 (g)

(1)

H < 0

Em relação ao mesmo sistema, são feitas as seguintes afirmações:

I. Se a concentração do SO 2(g) for

aumentada, o equilíbrio se desloca no sentido (1).

II. Se a pressão parcial de SO 3(g) é reduzida,

o equilíbrio se desloca no sentido (1).

III. Se a temperatura do sistema é reduzida, o

equilíbrio se desloca no sentido (2).

IV. Se a pressão total do sistema é reduzida, o

equilíbrio se desloca no sentido (1).

V. Se um catalisador é introduzido no sistema,

o equilíbrio não se altera.

Estão corretas somente:

a) I, III e IV

b) III, IV e V

c) e) II, IV e V
d)

I, II e III

I, II e V

05. (FATEC) A equação representada um sistema

em equilíbrio: H 2(g) + C l 2(g) 2 HCl (g) H = -22,0 Kcal/mol A concentração de equilíbrio do HC l poderá ser aumentada se houver:

a) aumento da temperatura;

b) aumento da pressão;

c) diminuição da pressão;

d) adição de um catalisador;

e) aumento de concentração de H 2 .

06. (UFGO) A seguir são apresentados cinco

equilíbrios químicos. Assinale aquele que não sofre

deslocamento com aumento de pressão:

a) SO 2 C l 2(g) SO 2(g) + C l 2(g)

b) SbC l 5(g) SbC l 3(g) + C l 2(g)

c) C (s) + CO 2(g)

2 CO (g)

d) 2 HI (g) H 2(g) + I 2(g)

e) 2 H 2 S (g) 2 H 2(g) + S 2(g)

07. (PUCC) Assinale o equilíbrio que não se altera

pela mudança de pressão, sob temperatura constante:

a) 2 NOC l (g) 2 NO (g) + C l 2(g)

b) 2 NH 3(g) N 2(g) + 3 H 2(g)

c) PC l 5(g) PC l 3(g) + C l 2(g)

d) N 2 O 4(g) 2 NO 2(g)

Equilíbrio Ionico

1)

2)

Equilíbrio Ionico 1) 2)
Equilíbrio Ionico 1) 2)
Equilíbrio Ionico 1) 2)
Equilíbrio Ionico 1) 2)
Equilíbrio Ionico 1) 2)
Equilíbrio Ionico 1) 2)