Você está na página 1de 11

Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009

2 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009
3
Expediente Rafinha Bastos
Um humor
A mulher nas lentes da
propaganda e da imprensa
Jornal Laboratório da Agência

inteligente
Experimental de Comunicação
AGECOM | FEEVALE

J
Presidente da Aspeur ornalista, comediante e apresentador do
Professora Saraí Schmidt participa do debate independente da veiculação, ou não,
Argemi Machado de Oliveira programa CQC da Rede Bandeirantes, o “Fala Feminina” na Semana da Comunicação da imagem da mulher. A jornalista
gaúcho Rafinha Bastos esteve na Sociedade da ARP Cláudia Giudice, da Editora Abril,
Ginástica de Novo Hamburgo para apresentar apresentou dados de uma ampla
Reitor Texto PÂMELA STOCKER (Acadêmica de Jornalismo)
o seu espetáculo de humor “A Arte do Insulto”. O pesquisa de mercado feita com o
Ramon Fernando da Cunha

Q
Diagramação RAQUEL RECKZIEGEL Foto GLAUCO ARNT
gaúcho apresentou um humor crítico abordando
público feminino no Brasil. Segundo


Após sua apresentação na Sociedade Gi-

P
religiões, emissoras de televisão, noticiários e
nástica, Rafinha Bastos concedeu entrevista ensar uma comu- uem é a mulher representada ela, a revista é a mídia preferida das
Pró-reitor de Planejamento histórias de vida. Rafinha concedeu entrevista exclusiva a Leonardo de Oliveira Se a publicidade é
nicação fora do nos anúncios publicitários mulheres. “Existem diferentes falas
e Administração exclusiva para a redação do TRI, confira:
boa, nem percebem-
centro. Foi com essa e nas páginas das revistas? femininas, que variam de acordo
Alexandre Zeni
Leonardo de Oliveira - O que é mais difícil pra você, da, muita coisa já esta acontecendo proposta que a Asso-
Como a comunicação ajuda a cons- com o momento atual da mulher e se os estereótipos,
apresentar um stand up, ou apresentar o CQC? pelo mundo. ciação Riograndense
truir certas verdades sobre o ser ho- sua classe social”, opinou. porque o que impor-
Pró-reitora de Ensino de Propaganda con- ta não é com quem
Rafinha Bastos - Eu tenho a oportunidade de ser eu mes-
cebeu a programação mem e ser mulher? Perguntas como A atriz Marisa Orth fomentou o

Inajara Vargas Ramos
mo, tanto no palco quanto no CQC, difícil pra mim é ser o Leonardo - E se fosse apresentado essas foram trazidas à tona pela jor- debate, dizendo que a publicidade se está falando e sim
da “Semana ARP da
que eu não sou. Os dois dão trabalho, mas eu não encon- todos os dias um noticiário bem humo- Comunicação”. A nalista e professora da Feevale Saraí reflete os movimentos da sociedade: a mensagem que se
Pró-reitor de Pesquisa e Inovação quer passar”
tro nenhuma dificuldade no que faço. rado como é o programa? abertura oficial do Schmidt, na abertura do painel Fala “Vejo a mulher como uma cafetina de
Cleber Cristiano Prodanov
RB - O CQC tem uma maneira critica evento, no dia 09 de
Feminina. Após apresentar diversas si mesma. Ela ainda é objeto, mas o
Leonardo - Já pensou em trabalhar em alguma outra área de tratar alguns acontecimentos da novembro, no Shera-
propagandas que circularam na mí- dinheiro é seu”. Em seguida, a jorna- Tetê Pacheco
Pró-reitora de Extensão e Assuntos Co- ton Hotel, em Porto Publicitária
na televisão, como novela ou seriado? semana, acho que é importante ter dia impressa brasileira, a professora lista Claudia Laitano, de Zero Hora,
munitários Alegre, contou com o
RB - Não até por que quando é preciso interpretar algum diferentes tipos de humor na televisão. seminário Fala Femi- mostrou anúncios que retratavam a mediou a discussão, que foi aberta
Angelita Renck Gerhardt
personagem é mais complicado, por que como eu disse, O programa é uma vertente nova, o nina, uma discussão a mulher desde a infância, passando para a participação do público.
não vou ser eu mesmo. Um stand up se torna mais fácil se valor jornalístico é importante, a gente respeito das diferen- pela adolescência e a fase adulta: A semana ARP da comunicação
Diretor do Instituto de
bem trabalhado, pois você é o foco e não precisa de en- atinge certo público que gosta do tes formas como o
Além das propagandas, a professora seguiu até o dia 14 de novembro
Ciências Sociais Aplicadas feminino é tratado
saios. Eu gosto deste trabalho e pretendo continuar assim nosso trabalho. Fazer isso na televisão trouxe algumas chamadas de capa e contou com uma programação
Juarez Buriol nas peças publicitá-
por muito tempo. é difícil, não para o apresentador, mas de nove revistas brasileiras segmen- recheada
rias e na imprensa. A
pela produção, e pra gente seria inviá- professora do curso tas para o público jovem, mostrando de debates,
Coordenador do Curso de
Leonardo - Você acha que se tivessem mais programas vel no momento. de Comunicação So- o quanto a mídia impressa ainda é workshops,
Comunicação Social
jornalísticos produzidos desta forma, as pessoas estariam cial da Feevale, Saraí conservadora e continua veiculando palestras e
Cristiano Max Pinheiro
bem mais informadas quanto a tudo que acontece no país? Leonardo - Então não teria como o Schmidt, foi uma das
os mesmos assuntos associados ao premiações
RB - Eu não sei, o CQC é uma maneira diferente de fazer CQC ser apresentado todos os dias? convidadas para o
universo feminino. “Ninguém está em espaços do
Orientação debate, que contou
noticias, as pessoas que assistem o programa não saem RB - Nós contamos com mais de 50 dizendo que a mídia é uma vilã, mas bairro Moinhos
Professora Donesca Calligaro com participação da
tão informadas do que esta acontecendo, pois as maté- pessoas pra fazer um programa desse atriz da Rede Globo, as formas como a mulher é retratada de Vento, em
rias são só da semana, e não envolve um conteúdo gran- tempo por semana, então não teria Marisa Orth, da pu- são uma construção social, foram Porto Alegre.
Direção do Projeto Gráfico
de sobre economia, tempo, esporte. A gente seleciona a condições estruturais de fazer um blicitária da agência inventadas. Quem disse que não A programação
Professora Rosana Vaz Silveira
matéria e vai atrás, e até ela chegar para ser apresenta- trabalho assim todos os dias. Centoeseis (SP) Tetê
pode ser de outra maneira? Temos incluiu ainda
Pacheco e da jorna-
que considerar o teor formativo ou o 35º Salão da
Projeto Gráfico lista da Editora Abril
Núcleo de Jornalismo - AGECOM Carta ao leitor Cláudia Giudice. A educativo da mídia”, provocou ela.
jornalista Cláudia Lai- Dando seqüência às explanações,
Propaganda, que
premiou as me-
tano, do jornal Zero a publicitária Tetê Pacheco trouxe lhores agências,
Capa Mais um ano que está terminando e, quando chega Qual a bebida que representa as festas de virada de Hora, foi a mediadora algumas propagandas televisivas es- peças e profissio-
Glauco Beltrame essa época, como não lembrar do Natal, das férias e ano? Isso mesmo: Champagne! Produzimos um tex- A professora Saraí Schmidt participou da abertu-
do debate. trangeiras que considera positivas, nais do ano. ra da Semana de Comunicação promovida pela
da praia? Foi pensando nisso que a redação do TRI to para você saber como é a fabricação dessa bebi- Associação Rio-Grandense de Propaganda
Reportagem
Gustavo Henemann, Kátia Heller,
produziu matérias relacionadas a estes momentos.
Em uma delas você irá encontrar dicas do que fazer
ba clássica, além de acompanhar, passo a passo, a
nossa visita à Vinícola Peterlongo, na Serra Gaúcha.
Retrospectiva 2009
Por Márcia Andrade
Leonardo de Oliveira, Maiara nas férias, com destaque para uma experiência úni- Apesar de ainda não estarmos em 2010, nesta úl-
Sparrenberger, Márcia Andrade, ca que é o trabalho em cruzeiros marítimos. E para tima edição do ano do TRI você perceberá algu- 1º de janeiro 9 de janeiro 20 de janeiro

Mariana Paz e Raquel Reckziegel já entrar no clima natalino, irá se emocionar com as mas mudanças no visual do jornal. Até o próximo
China torna-se a 3ª maior Tarcísio Zimmer- Entra em vigor o Acordo Orto- A empresa de Barack Obama assume a
histórias de um Papai Noel muito especial. ano, teremos nosso novo projeto gráfico definido.
Contato economia do mundo, fican- mann é eleito o gráfico no Brasil, com intuito de telefonia Oi presidência dos Estados Uni-
Verão? Praia? Torrar no Sol? Nada disso. Inspirados no Aguarde!
E-mail: tri@feevale.br do atrás somente do Japão novo prefeito de unificar a ortografia da Língua compra a Brasil dos, se tornando o primeiro
clima quente, desenvolvemos uma matéria para alertar A Redação do TRI deseja a todos um feliz natal, um
(51) 3586-8800 Ramal: 8775 e dos Estados Unidos. Novo Hamburgo. Portuguesa com outros países. Telecom. presidente negro do país.
nossos leitores sobre os malefícios dos raios solares... próspero Ano Novo e ótimas festas! Até ano que vem.
4 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009
5
Feevale prevê 4% de Oportunidade para todos
reajuste na mensalidade Acadêmicos desfrutam dos benefícios ofereci-
dos pelo Programa Universidade para Todos
Texto KÁTIA HELLER
sem prosseguir com os estudos e que
sem ele, hoje, não estariam estudando,
pois não poderiam pagar os valores
Proposta orçamentária para 2010 já foi aprovada exigidos pelo curso. Dionatan crê que

O
Diagramação RAQUEL RECKZIEGEL
pela ASPEUR e pelo Conselho Superior a cultura do ENEM está mudando a
Programa Universidade para Todos (ProUni) tem cabeça dos jovens, pois fazem o exame

A
Texto e diagramação RAQUEL RECKZIEGEL Foto LEONARDO DA ROSA como finalidade a concessão de bolsas de estudo in- buscando um objetivo. Já Juliana disse
cadêmicos, preparem os bol- Segundo Alexandre Zeni, a maior tegrais e parciais em cursos de graduação e seqüen- que, se não tivesse obtido a bolsa, ela


sos. Para o ano que vem, está parte do gasto se dará em tecnologia ciais de formação específica, em estudaria até conseguir
previsto um aumento de 4% e laboratórios. 900 novos computa- instituições privadas de Educação Fiquei muito feliz, entrar em alguma univer-
no valor do crédito. De acordo com o dores serão comprados. Para o ano Superior. Criado pelo Governo Fede- quando o resultado sidade, porque nunca é
Pró-Reitor de Planejamento e Admi- que vem, existirá um laboratório para ral em 2004 e institucionalizado em [do ENEM] saiu, pra- tarde para tentar.
nistração da Feevale, Alexandre Zeni, pesquisa e investimentos em todas as janeiro de 2005, o ProUni já aten- ticamente não acredi- “
O acadêmico de Publici-
o reajuste se dá como conseqüência áreas e a criação, não somente de es- deu, desde sua criação até o proces- tei. Com certeza essa dade e Propaganda da
das necessidades institucionais, como paços abertos de lazer, mas também so seletivo do primeiro semestre de oportunidade está Feevale, Douglas Mateus
investimento em materiais, pagamen- de espaços fechados para os acadêmi- 2009, cerca de 540 mil estudantes, mudando minha vida. Reis, fez o ENEM duas
to de funcionários e marketing. “Esse cos. “Continuar com uma boa quali- sendo 70% com bolsas integrais. vezes e também possui a
contexto está atrelado à questão dade de ensino, esse é nosso objetivo
Acadêmicos devem preparar os bolsos
Dois dos contemplados são Diona- Douglas Mateus Reis bolsa integral do ProUni.
para o aumento de 4% no valor do crédito, Estudante de Publicidade
de que a receita deve se equilibrar. final”, assegurou. a partir do ano que vem tan Heineck Koch e Juliana Duque Como Douglas dependia
Entre o valor que entra e o valor que Paes, acadêmicos do curso de Administração e de Relações do benefício para cursar o Ensino Supe-
sai, deve sobrar um valor para inves- A voz dos alunos Segundo o presidente do DCE, a manifestação, este ano, Públicas da Feevale, respectivamente. Segundo Dionatan, rior, comentou que se não a tivesse ob-
timento em prédios, laboratórios, e O Diretório Central e Estudantes foi diferente das já realizadas. “Foi mais de conscientiza- por se tratar de algo oferecido pelo governo, não levou fé no tido, hoje estaria somente trabalhando.
tentamos equilibrar as duas coisas”, (DCE) realizou, no dia 28 de outubro, ção mesmo, para que o aluno avalie onde a Feevale está início, mas depois que viu colegas ganhando os benefícios “Fiquei muito feliz, quando o resultado
explicou o pró-reitor. “A instituição um manifesto contra o aumento da investindo, se esse reajuste realmente valeu”. Maicon passou a acreditar e, assim, fez sua inscrição para o Exame saiu, eu praticamente não acreditei.
vem aplicando em grandes investi- mensalidade. Munidos de faixas, api- ainda acrescentou que os alunos devem procurar essas Nacional do Ensino Médio (ENEM). Ambos os estudantes Com certeza essa oportunidade está
mentos. Pedimos 4%. A princípio, não tos, adesivos, panfletos e um mural informações e sempre ressaltaram que dependiam do benefício para que pudes- mudando minha vida”, finalizou.
seria suficiente, mas as pessoas que para os alunos colocarem suas opi- dar a sua opinião. “Va- Grupo Valor
estudam têm um limite de quanto
gastar com a educação”.
niões sobre o reajuste, os membros
do DCE montaram uma bancada, na
mos colher assinaturas,
pedir opinião da galera, ADM 5.860.634, 00
Um ano de ouro lho A Reinvenção da Sexualidade;
- O 3º Madrugadão Feevale rece-
Os 4% também estão ligados à ques- frente da biblioteca do Campus II e saber onde eles querem ICET 3.461.560,89 Curso de Comunicação teve reconhecimento beu, na categoria de Relações Públi-
tão inflacionária e às instalações ali ficaram até as 22h. que esses 4% sejam ICHLA 110.539,00 elevado durante o ano cas, o Troféu Coletiva 10 anos;
que a Feevale oferece. “O preço tem Conforme o presidente da gestão ante- investidos. Acho que ICS 1.017.704,73 - Mateus Trindade, Caroline Pil-
Texto RAQUEL RECKZIEGEL
de ser condizente com a estrutura”, rior do Diretório Central de Estudantes o povo têm de opinar, ICSA 803.825,40 ger, Juliano Martins e Iara Aver-
afirmou Zeni. O planejamento da
proposta orçamentária teve início
Maicon Rafael da Silva, a intenção do
DCE é divulgar o valor do reajuste e a
têm de fiscalizar. É uma
grana que está saindo
PROACOM
PROGRAD
101.774,95
606.740,00
2009 foi um ano de muitas premiações para o
curso de Comunicação. O Guia do Estudan-
beck venceram o 22º Set Universi-
tário, nas categorias Programa de
em abril, quando foram definidos justificativa dada pela Feevale. “A posi- do teu bolso mês a mês, PROTEC 136.323,00 te, uma publicação da Editora Abril, deu às três habili- Rádio – Radiorevista, Publicação Im-
cronogramas, demandas e planeja- ção do DCE sempre é a mesma: o não tu tens que ter um cui- REITORIA 415.709,00 tações (Relações Públicas, Publicidade e Propaganda e pressa, Publicação Impressa – Projeto
mento de aulas. “Fazemos um plano ao aumento das mensalidades. Ten- dado com esse dinhei- TOTAL 12.514.810,97 Jornalismo) 4 das 5 estrelas classificatórias oferecidas. Experimental e Artigo;
de baixo para cima. Eles apontam tamos negociar, mas não temos como ro”, ressaltou. Confira os prêmios que nossos comunicadores arrebata- - Alan Santos Bittencourt foi desta-
suas necessidades e partimos daí”, reduzir os 4%”, afirmou Maicon, mais ram neste ano: que na XVII Feira de Iniciação Cientí-
contou o pró-reitor. Depois, o plane- conhecido como Nescau. “A nossa po-
Valor do crédito em 2010 - Pâmela Stocker classificou a redação Até vontade de fica da UFRGS;
jamento é repassado para a contro- sição é justamente essa, fazer com que Para quem entrou antes de 2002 = De R$ 267 para R$ 278,34 chorar criança tem entre as dez melhores do país no - O projeto de extensão Outros
ladoria e para Diretórios Acadêmi- os alunos saibam que esses 4% estão Quiropraxia = De R$ 309,31 para R$ 321,68 concurso universitário Asas para Imaginar; Olhares levou o ouro na categoria
cos, Diretório Central de Estudantes sendo aumentados e qual a justificativa Demais cursos = De R$ 291,51 para R$ 303,17 - Emerson Martinez e Clarissa Henning venceram o Desenvolvimento Cultural, em um
e alunos. que a Feevale está dando”. prêmio Unirádio na categoria Reportagem, com o traba- prêmio promovido pelo SINEPE.

27 de janeiro 9 de fevereiro 13 de fevereiro 2 de março 7 de março 17 de março 24 de março Abril de 2009 2 de abril 8 de abril

O Shopping de Novo Hambur- É oficializada a inauguração São inauguradas as A portabilidade numérica (possibilita o Campus I da Feevale Morre de morte Feevale recebe o prêmio Epidemia da gripe A G-20 se reúne em Londres e anun- É descoberto petró-
go começa a ser reestruturado do Centro Popular de Com- obras de extensão do usuário mudar de operadora, móvel ou inaugura sua rádio, com cerebral o deputa- Campeãs da Inovação, desti- tem início no México, cia a injeção de US$ 1 trilhão na leo em uma camada
em conseqüência da parceria pras (Camelódromo) em metrô, que chegará até fixa sem precisar trocar seu número intuito de descontrair o do federal Clodovil nado às 30 organizações mais e logo após se alastra economia mundial para combater a de pré-sal na Bacia
com o Zaffari/Bourbon. Porto Alegre. Novo Hamburgo. telefônico) é implantada no Brasil. intervalo dos alunos. Hernandes. inovadoras da Região Sul. em todo o mundo. crise financeira global. de Santos.
6 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009
7
Quanto você gasta em livros?
Da leitura para o
teresse dele, claro que, não deixando Nara Grivot Cabral, professora de Psi- dencia a importância de se ler para a
de lado a leitura que instrua na for- cologia da Feevale, crê que a leitura carreira deste profissional. A chefe de Segundo uma pesquisa do
mação do aluno. Segundo o professor, é mais do que ler um livro, pois está reportagem do jornal Correio do Povo,

MUNDO
Instituto Brasileiro de Geografia

Foto GUSTAVO HENEMANN


“A leitura é uma atividade acadêmica presente em todas as atividades da Rosane Frigeri, afirma que “um bom e Estatística (IBGE), divulga-
muito importante justamente porque nossa vida. “Os livros nos dão pressu- profissional se forma no dia a dia, mas da no final de 2007, a família


ela possibilita a criatividade, instiga postos teóricos há duas coisas que garan- brasileira gasta, em média, R$
a imaginação e permite, também, o para conseguir- Eu não vejo possibi- tem o sucesso na carreira 11,00 por ano em livros.
Ler é um exercício que aumenta o conhecimento e a qualidade de qualquer
um, idependente da área profissional em que atue
exercício de atividades intelectuais. mos iluminar e lidade alguma das de jornalista: a vontade Além disso, apenas 40,7%

C
Eu não vejo possibilidade alguma das compreender pessoas criarem ou de vencer e a leitura”. No
“ das famílias brasileiras ad-
omo já dizia o poeta Mário pessoas criarem ou inovarem sem as leituras que
Texto e diagramação GUSTAVO HENEMANN e MAIARA SPARRENBERGER
inovarem sem ter a entanto, segundo Rosane, quirem algum tipo de material
Fotos DIVULGAÇÃO Quintana: “O verdadeiro analfa- a prática da leitura”. Outra questão realizamos. Para este segundo item tem
prática da leitura. de leitura. Entre estes, os
beto é aquele que sabe ler, mas abordada por Everton foi a respeito da um profissional sido deixado de lado, o que mais fazem sucesso são
não lê”. Hoje em dia, o conhecimento falta de incentivo à leitura e de polí- da área huma- que compromete a quali- os jornais e as revistas, que
diversificado é o melhor caminho para ticas que reduzam o preço dos livros na é necessário Everton Rodrigo dade dos profissionais. somam 52,3% de todo o gasto
quem procura uma vaga de emprego. que, atualmente, são acessíveis a só ter um embasa- Santos A chefe de reportagem destinado à leitura no Brasil.
Faz tempo que ter o diploma em mãos uma parte da população. Um exem- mento teórico Professor de Sociologia apontou a substituição
não é garantia de trabalho, por isso, plo de estímulo à leitura, citado pelo para que haja da Feevale completa dos livros pela
cada vez mais, o profissional precisa sociólogo, foi a Feira do Livro de Porto uma percepção internet como um aspecto
apresentar um diferencial em rela- Alegre. “A Feira do livro está ligada a do mundo e da mente das pessoas”. negativo, que atrapalha o trabalho do
ção aos seus concorrentes. Diante da um público de leitores, entre crianças, Nara comentou que as mídias eletrô- jornalista. “Há profissionais, principal-
realidade brasileira, este “ponto extra” jovens e adultos, que precisam e de- nicas passaram a ocupar o espaço mente os mais jovens, que ignoram os
pode ser o simples hábito da leitura, vem fazer uso da leitura”, explicou. que antes era reservado aos livros. livros e outros métodos de pesquisa
que ainda não é costume entre a popu- O coordenador do Curso de Enge- “Hoje em dia, além dos jornais eletrô- e se preocupam apenas em recorrer
lação. nharia Industrial da Feevale, Ramon nicos, existem os e-books, blogs, twit- à Internet”. Além disso, a jornalista uma das melhores formas de entretenimento, pois se lê e
Independente da profissão que se es- Fernando Hans, explicou que a maio- ter, considerados diferentes recursos acredita que esta falta de leitura com- aprende ao mesmo tempo. A falta desta atividade, inde-
colha seguir, é preciso ter competência ria dos alunos ainda acredita que para de comunicação, que acabam sendo promete o poder de argumentação dos pendente da área profissional, dificulta a compreensão do
de saber se comunicar, entendendo estar em um curso da área de exatas uma alternativa de diálogo e leitura”, recém formados, que passam a depen- mundo, dos acontecimentos e diminui o estímulo a pensa-
e interpretando o que for transmiti- não é preciso ter o hábito da leitura. finalizou a professora. der de argumentos já formulados e mentos criativos. Além de ser muito importante para as
do. Esta capacidade, no entanto, vem Ramon, no entanto, afirma que essa Leitura. Informação. Conhecimento. divulgados pela mídia. habilidades profissionais, a prática da leitura estabelece,
diminuindo cada vez mais, o que com- idéia não passa de um mito, pois os Comunicação. A própria área da qual A leitura é uma fonte inesgotável de de maneira mais fácil, a compreensão da realidade e o seu
promete a qualidade do profissional acadêmicos precisam do português o curso de Jornalismo faz parte já evi- pesquisa, além de ser considerada posicionamento frente às situações do dia-a-dia.
e do trabalho realizado por ele. Uma para entender a matemática. “Muitos
das principais causas dessa “falha” é acadêmicos de engenharia imaginam
a falta de leitura, pois é através dela que vão trabalhar só com cálculos,
que desenvolvemos e adquirimos novos com desenho, com desenvolvimento
conhecimentos e descobrimos novos de produtos. Porém, para que con-
mundos, que servirão de base para a sigam fazer um cálculo eles devem
construção de uma carreira sólida. entender o que está sendo solicitado e
a pergunta não é feita em números, é
A voz dos profissionais realizada em palavras, frases”, escla-
Engenharia, Comunicação e Relações receu o professor.
Humanas: o que essas três áreas têm Ramon falou que percebe grande
em comum? A Redação do TRI conver- dificuldade dos alunos em interpretar
sou com um profissional de cada curso a questão. “Muitos problemas ocor-
relacionado a essas áreas. rem na Engenharia por interpretação
Everton Rodrigo Santos, professor de errada do que se quer e do que se faz.
Sociologia da Feevale, acredita que o Aliás, esse é um dos maiores proble-
acadêmico deve ler aquilo que é do in- mas”, acrescentou.

19 de abril 21 de abril Maio de 2009 11 de maio 19 de maio 28 de maio 2 de junho 17 de junho

O Sport Club Inter- Cantor Roberto Car- Paulo Autuori acer- Acadêmicos de quiropraxia são premia- 173 municípios no Rio O Rio Grande As empresas Grupo RBS O voo AF 447 da Air France que O Supremo Tribunal Federal (STF)
nacional derrota o los comemora seus ta com o Grêmio e dos pela Fundação para Educação e Grande do Sul ficam do Sul registra o Sadia e Perdigão lança cam- levava 228 pessoas com destino decide suspender a obrigatoriedade
Caxias e conquista o 50 anos de carreira é o novo técnico do Pesquisa em Quiropraxia durante o 10º em estado de emergên- primeiro caso de se unem e criam a panha Crack, a Paris, cai e seus destroços são do diploma de nível superior para o
Campeonato Gaúcho. com série de shows. time gaúcho. Congresso Mundial, no Canadá. cia pela falta de chuvas. Gripe A. Brasil Foods S.A. nem pensar. encontrados no Oceano Atlântico. exercício da profissão de jornalista.
8/9 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro/dezembro 2009

Missão NOEL
pausa, como se a imagem de cada criança O verdadeiro Papai Noel não abandona o espírito natali-
Texto e diagramação MAIARA SPARRENBERGER
viesse na sua mente. No entanto, compara no durante o ano. A generosidade e o envolvimento com
Fotos ACERVO PESSOAL e DIVULGAÇÃO
o seu papel com o de um professor, o ven- cada história que lhe é contada são características que,
dedor diz que é praticamente impossível segundo Natalino, não surgem em dezembro e depois
Saiba o que está por trás das botas pretas, da roupa vermelha e da barba branca lembrar-se do nome e da carinha de cada vão embora. “Não é só em dezembro que me sinto um

O
uma das crianças, no entanto, afirma que bom velhinho, pois, mesmo quando não é Natal, conti-
que seria do Na- dado àqueles que nascem no dia 24 época do Natal, meu pai pegava o trator, en- jamais esquecerá o brilho no nuo me sensibilizando com as crianças e suas histórias”.
tal sem o bom ou em 25 de dezembro, não tem essa caixava a carreta atrás e, enquanto ele diri- olhar que vê em cada encontro O vendedor de Campo Bom explica que a compaixão não
velhinho? O Papai explicação padrão para o caso de Na- gia, eu ia distribuindo balas para as crianças especial. “Um dos momentos é algo que só existe durante um mês e, tampouco, um
Lista de
Noel é símbolo desta data talino Fagundes da Silva. Ele explica da nossa vizinhança. Não era nada grandio- mais emocionantes foi quando valor que você pode incorporar na sua personalidade Pedidos
comemorativa há séculos que considera o nome uma espécie so, mas era o que tinha ao meu alcance”, uma garotinha, de uns 5 anos, por um determinado período e depois esquecê-lo. “Se Enquete LEONARDO DE OLIVEIRA
e, acredite ou não, este de afirmação para sua missão de lembra, emocionado. Natalino explica que se pediu que eu trouxes- fizer isso, você não é um bom Papai Noel e, muito me- Fotos ACERVO PESSOAL

personagem foi inspi- Papai Noel. “Nasci no dia 6 de junho, vestir de Papai Noel vai muito além do sim- se o pai dela de volta. nos, um bom cidadão. A compaixão e a generosidade são Alguns acadêmicos da Feevale já sabem o
rado em uma pessoa ou seja, o nome nada tem a ver com ples ato de colocar a roupa e os acessórios, Infelizmente, neste valores contínuos, se não forem assim não são verdadei- que pedir para o Papai Noel. Confira abaixo
verdadeira: São a data. Acho que foi uma espécie de pois há toda uma preparação de entrar no caso, ninguém pode- ros”, garante Natalino. o que eles querem ganhar.
Nicolau, arcebispo missão que minha mãe viu em mim. espírito, incorporar o personagem e sentir ria trazê-lo de volta. O Papai Noel existe porque as crianças acreditam em
do século IV. Reza Ela deve ter olhado em meus olhos toda a alegria dele. “Enfim, tem que ‘vestir a Antes de falar com a toda magia que o envolve, caso contrário, de que adianta-
a lenda que Nicolau e pensado: esse guri vai ser um bom camisa’, como caracteriza o bom velhinho. menina, a mãe dela ria? Apesar de não poder atender a todos os pedidos que
- Um PlayStation 3
costumava ajudar, Papai Noel”, explica. Sorrisos, abraços apertados e cartas com pe- me avisou que o pai recebe, ele está ali, escutando e, às vezes, é só isso que


- Uma viagem
anonimamente, E, de fato, dona Geisa, mãe de Natali- didos: é isso havia morrido em um elas precisam: a compreensão. Enquanto houver crianças - Uma televisão nova
quem estives- no, não estava errada. que Natalino Um dos momentos acidente há pouco tem- para se entregar à magia do Papai Noel, existirão histó-
se passando por se dispõe a mais emocionantes po”, conta emocionado. rias para “gente grande”, como Natalino, se emocionar.
dificuldades finan- receber du- foi quando uma garo-
tinha, de uns 5 anos, Maico Zorzella Buzzetto
ceiras, colocando rante o mês
um saco com moedas de dezembro. pediu que eu trouxes-
se o pai dela de volta.
Remetente: bom velhinho Acadêmico do curso de Publicidade
de ouro na chaminé Ele explica

“O
das casas. Após realizar que falar com Infelizmente, neste Texto KÁTIA HELLER Foto DIVULGAÇÃO - CORREIOS

muitos atos de bondade, crianças é algo caso, ninguém pode- Projeto Papai Noel dos colaborou com o projeto - Sapatos
- Bolsas
uma pessoa o reconheceu muito especial. ria trazê-lo de volta Correios surgiu há muitos em 2007 e disse que parti- - Roupas
e revelou sua identidade. “Você vê aque- anos, quando os carteiros cipou apenas uma vez, mas - Objetos de decoração
São Nicolau sempre foi la pureza e Natalino Fagundes não sabiam o que fazer com as com certeza participaria
relacionado às crianças, para ingenuidade... Papai Noel centenas de cartas endereçadas novamente. A jovem con-
quem deixava presentes, vesti- Passando um dia sentado na cadeira de Pa- ao bom velhinho. Sensibilizados sidera muito importante e
Nathalia Názer Grohs
do de bispo e montado em um burro. pai Noel, me deparo com as mais diferentes com o conteúdo de muitas delas, emocionante o projeto, pois
Acadêmica do curso de Biomedicina
Posteriormente, a Igreja propôs que histórias. Não tem como não se emocionar”. alguns empregados procuravam é incrível ver as palavras
ele passasse a entregar os presentes O brilho nos olhos do Papai Noel não negam atender aos pedidos por meio de descritas em cada carta.
Natalino comove-se com - Uma prancha
no dia 25 de dezembro, como fazia o pedidos das crianças o prazer em executar sua tarefa, pois como ação solidária entre colegas; ou- “Achamos que é besteira de surf
menino Jesus, segundo a tradição da- ele mesmo relata, não considera isso um tros envolviam também a comuni- as crianças pedirem bola Voluntários ajudam na - Jóias (toda mulher gosta
queles tempos. Aos 52 anos, ele já reserva, há 15 trabalho, mas sim uma missão que cumpre dade. Em 1997, a iniciativa trans- de futebol ou um carrinho, distribuição dos presentes de jóias)
Já estamos no século XXI e o Papai anos, o mês de dezembro para vestir com orgulho e amor. O vendedor fala um formou-se em projeto corporativo, mas até casa para o Papai - Sapatos... Sou fanática
Noel está longe de ser esquecido. um traje especial: cinto e botas pre- pouco sobre as histórias que costuma ouvir. passando a ser desenvolvida em Noel elas pedem”, afirma vulgado em cada cidade participante. por sapatos, sandálias
- Notebook: extremamen-
Mas será que a generosidade ainda é tas, roupa vermelha e barba branca. “Tem aquelas crianças que pedem presen- todas as 28 diretorias regionais Francielle. Ela acredita que Seja um Papai Noel você também!
te necessário nos dias
a principal motivação de trabalho do Natalino Fagundes, que quando não tes absurdos: um avião, um dinossauro. Há da empresa. O projeto tem o o projeto deveria ter uma As cartinhas podem ser adotadas de de hoje
bom velhinho? A redação do TRI con- é Papai Noel trabalha como vendedor aquelas que pedem que o pai consiga um objetivo de resgatar o espírito divulgação maior envolven- 23 de novembro a 19 de dezembro na - Acessórios para o verão: biquíni, canga, ca-
versou com uma pessoa especial, que em uma loja de eletrodomésticos de emprego. Outras, simplesmente, entregam natalino, buscar solidariedade, do a população, para que a Casinha do Papai Noel, localizada no deira... Qualquer coisa relacionada ao verão
falou um pouco sobre essa missão de Campo Bom, conta que desde peque- a sua chupeta e escutam alguns dos meus compaixão e respeito ao próximo. maioria das cartas fossem Espaço Cultural Correios, em Porto me alegra!!!
Thaís Jardim
alegrar as crianças ao longo dos anos. no gostava de ajudar os demais. contos de Natal”. Francielle Behrend, moradora adotadas. Alegre, ou em qualquer Agência do Acadêmica do curso de Turismo
Natalino: um nome que, a princípio, é “Quando tinha uns 17 anos, durante a Entre uma história e outra, Natalino faz uma da cidade de Novo Hamburgo, Atualmente, o projeto é di- Correio. Participe!

21 de junho 25 de junho 28 de junho 2 de julho 23 de julho 26 de julho 29 de julho 31 de julho 1º de agosto 2 de agosto

É realizado o Cantor Michael Jackson Golpe Militar em Feevale realiza Prof. Ramon O projeto de lei do programa Felipe Massa sofre Luiz Inácio Lula da Silva O valor do auxílio O nadador César Cielo A nova lei antifumo bane o
vestibular de morre aos 50 anos Honduras é iniciado festa para co- Fernando da Cunha Vale-cultura é lançado pelo acidente nos treinos sanciona lei que regulamenta Bolsa-Família é rea- entra para a história, uso de cigarro e derivados de
Inverno da após sofrer uma parada quando o presidente memorar seus é reconduzido a Ministério da Cultura, a fim de classificatórios em Hun- as profissões de motoboy, justado e passa de R$ após ganhar em Roma a tabaco em ambientes de uso
Feevale. cardíaca. Manuel Zelaya é preso. 40 anos Reitor da Feevale. incentivar atividades culturais. garoring, na Hungria. mototaxista e motovigia. 62,00 para R$ 68,00. prova de 50 metros livre. coletivo (públicos e privados).
10 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009
11
Trabalho em Alto-Mar: Cruzeiros Marítimos Turismo regional Chegou o verão, todo mundo na praia e você
aqui pela região? Sem estresse. Confira algu-

para as férias
Cruzeiros Marítimos são procurados não somente Como trabalhar em um Cruzeiro?
para turismo, mas como forma de trabalho Camila Baum, formada em Hotelaria pela mas sugestões de lugares pelos quais vale a
Universidade de Caxias do Sul – UCS, pena dar uma passada e aproveitar o clima

Q
Texto e diagramação GUSTAVO HENEMANN Foto DIVULGAÇÃO
passou 5 anos trabalhando em cruzeiros
uando pensa- Gustavo acredita que marítimos nacionais e internacionais. Texto e diagramação GUSTAVO HENEMANN Foto DIVULGAÇÃO
Agora, é agente da empresa de Cruzeiros
mos em viajar experiência do tempo
Marítimos OpenSeas, representante das
pelos ocea- que ficou no Canadá empresas Disney Cruise Line, e navios da
nos, a imagem que possa ajudá-lo. Expe- Costa Cruzeiros. Camping do Behne, Ivoti – RS. No camping você Fazenda Quinta da Estância, Viamão –RS. Tem a
nos vem a mente é riência internacional pode optar por banhos de piscina, fazer trilhas ecológi- maior infra-estrutura de lazer rural do Estado. São
daqueles navios estilo conta muito para a Redação Tri – Qual é o perfil da pessoa cas, escaladas e passeios a cavalo. Lá você encontra muitas atividades para se fazer na fazenda, entre
“Titanic”, os conheci- seleção, diz a Agente que as empresas buscam para traba- também, cascatas, galpão para festas, praça infantil, trilhas ecológicas, passeios a cavalo, esportes radi-
lhar nos cruzeiros?
dos transatlânticos de da empresa Open- tudo para a diversão de quem durante as férias fica cais, olho de boi (areia movediça), banho de piscina
Camila Baum – A idade mínima é a partir
luxo, que antigamen- Seas, Camila Baum. dos 18 anos, para a Costa, empresa italiana. E 21 para a Disney Cruise Line. no vale dos sinos e região. Mais informações no site: e açude. Mais informações no site, www.quinta-da-
te faziam o transpor- Além disso, Gustavo E a idade máxima é de até 40 anos para ambas as empresas. Bom seria se os www.campingbehne.com.br, ou pelo telefone para estancia.com.br, ou entre em contato pelos telefones:
te de imigrantes em fala inglês, espanhol candidatos às vagas já tivessem experiências nas áreas de bar ou restaurante, contato: (51) 98347676. (51) 34442655, 34851276 e 34851740.
navios cargueiros. e francês. Camila e turismo. O perfil dos candidatos difere de empresa para empresa.
Nesses locais as pes- Baum salienta que
RT – Que etapas um candidato passa até ser selecionado? E que critérios
soas eram divididas saber falar em outros
são avaliados?
por classes: as com maior poder aqui- idiomas também é essencial para que o CB – Todo candidato é avaliado por mim. Eles enviam o currículo, e eu os avalio. Brasil Raft, Três Coroas – RS. Uma aventura na
sitivo tinham preferência na escolha de tripulante possa se comunicar com os Nova Petrópolis (01/01/2010 a 15/03/2010) –
Faço uma entrevista em inglês, dependendo do número de pessoas, realizo água num percurso de 8km, no Rio Paranhana. Além
quartos, serviços, e até mesmo de espaço hóspedes do navio. uma dinâmica de grupo, depois se a pessoa passou pela dinâmica de grupo é Verão no Jardim da Serra – com muitas atrações,
do rafting, há outras opções como rapel, tirolesa,
físico dentro do navio. Ao mesmo tempo em que trabalha, o que faço entrevista um a um. Os principais critérios avaliados são: a língua ingle- envolvendo shows, esportes radicais, além do
paintball e escalada. Uma diversão que vale a pena
Atualmente, os antigos cargueiros, se tripulante está desfrutando de uma lon- sa, dependendo da função. Depois, experiência na área. E claro, um espírito de comércio de produtos coloniais e malhas da serra.
conferir nas férias e no verão. Mais informações você
aventura, de querer viajar, ter foco no trabalho e comprometimento, já que são 8 Para mais informações acesse: www.novapetro-
transformaram em navios de viagem, ga viagem pelos mares do planeta. Se- encontra no site. www.brasilraft.com.br. Ou entre em
meses em alto-mar. polis.rs.gov.br ou pelo fone: (54) 3281.8400.
famosos por fazer cruzeiros marítimos, gundo Gustavo, o que mais lhe chamou contato através do fone: (51 3546-1066.
que se adaptam de acordo com a ne- a atenção no anúncio de seleção foi que RT – Quais as funções que vocês estão procurando para o cruzeiro?
cessidade e desejos dos hóspedes. Mui- a empresa pagava em Euro. Já Dieci- CB – Estamos procurando toda base operacional de hotelaria. Na Costa, bar e
tos vão à procura de diversão, descanso ca, que também tem conhecimento da restaurante, também camareiros, cozinheiros. Os cozinheiros não precisam ter o
e lazer. No ambiente existe diversidade língua inglesa, comenta que se interes- inglês fluente. Na Disney, a parte de entretenimento é um foco, como assistente
de palco, de iluminação e som, também DJ’s e a parte de recreação, seja infantil Sítio Recanto do Vovô em Lomba Grande, Novo Ham- Vôo Livre no Morro Ferrabraz, Sapiranga – RS. A
de serviços, de alimentação, entreteni- sou pelo cruzeiro porque é uma ótima
ou adulta. burgo – RS. Aberto de segunda a sábado, para grupos capital do vôo livre oferece aos visitantes uma vista
mento, acomodações e atrações para oportunidade de conhecer vários países
de, no mínimo, 20 pessoas. Domingos e feriados de toda cidade e de municípios vizinhos. O local é
atender as diversas pessoas de diferen- e ainda ganhar um bom dinheiro. RT – E o salário e gratificações vale à pena trabalhar durante 8 meses em
aberto ao público em geral de setembro a maio. Além freqüentado por pilotos de asa-delta e paraglider
tes nacionalidades e culturas. Uma experiência que pode ser magnífi- um cruzeiro?
CB – Vale muito à pena sim. Principalmente para quem trabalha na parte de bar, de trilhas ecológicas, são 4 piscinas e um açude dispo- de todo Brasil e do exterior. Acesse o site: www.
No entanto, nem todos procuram um ca, que pode fazer com que você nunca
restaurante e cozinha. Se você for trabalhar servindo “drinks”, você não vai re- níveis para diversão da família e amigos. O site é www. aventuranoar.com.br, ou entre em contato pelos
cruzeiro marítimo para fazer turismo mais queira voltar a trabalhar em terra
ceber menos de 2 mil dólares por mês, tanto na “Costa” como na “Disney”. Você sitiorecantodovovo.com.br e o telefone: (51) 9989.1917. fones: (51) 8436.2092 ou 8124.3404.
pelo mundo, mas sim para trabalhar firme. Só que para isso os interessados
mora dentro do navio, não tem despesas. As companhias pagam o teu desloca-
e faturar uma boa grana. Os estudan- devem ter alguns requisitos. Isso você mento até onde o navio está. Por exemplo, alguns dos tripulantes selecionados
tes de Publicidade e Propaganda da confere no bate-papo com a Agencia- no mês passado desembarcaram em Veneza, foram para lá sem pagar nada.
Feevale, Gustavo Saldanha Monteiro dora da empresa OpenSeas, Camila Claro, que alguns ainda podem fazer cruzeiros na temporada aqui no Brasil.
Planeta Atlântida Santa Catarina – Data: 15/01 e
e Diecica Ferreira, estão pré-seleciona- Baum, no box ao lado. Ela esteve aqui 11º Porto Verão Alegre – Uma alternativa para quem
16/01/2010 - Parque Atlântida, próximo ao acesso
dos para trabalhar durante os próximos em Novo Hamburgo realizando entre- RT – Todos os anos essas vagas estão abertas? fica na capital e região metropolitana. O objetivo do
CB – Sim, só não há recrutamento na baixa temporada, que vai de dezembro a para a Praia dos Ingleses.
8 meses nos cruzeiros marítimos da vistas com candidatos a vagas de em- evento é proporcionar maior diversão e lazer, com
março. Por isso, no resto do ano é preciso ficar atento a abertura de vagas para Planeta Atlântida Rio Grande do Sul - Data: 05/02 e
empresa italiana Costa Cruzeiros, que prego para os cruzeiros marítimos, que quem quiser trabalhar no cruzeiro. Sempre colocamos anúncios nos jornais, teatros, cinema, artes e muito mais.
06/02/2010 – Na SABA Sede Campestre, em Atlântida.
vai passar por 25 países. vão ser realizados na Europa e América principalmente na parte de classificados.
Como ponto positivo para a seleção, Latina a partir de 2010.

8 de agosto 13 de agosto 17 de agosto 26 de agosto 5 de setembro 7 de setembro 10 de setembro 14 de setembro 29 de setembro 30 de setembro

Avião e helicóp- A Coordenação de Aperfeiço- Começam as aulas Acontece na Feevale o II Congresso Seleção Brasileira de Começa a Festa É encaminhado o pedido de Aos 57 anos, Onze trabalhos de comunicação, cultura, Começa na Feevale o Ciclo de Palestras
tero se chocam amento de Pessoal de Nível na Feevale, tendo Internacional de Bioanálises, o V Con- futebol vence a argentina Nacional do Cal- impeachment para Yeda Cru- morre o ator Patrick direitos humanos, educação, meio ambiente, da Comunicação (CIPCOM), com a pre-
no céu de Nova Superior (CAPES) aprova o sido adiadas por gresso Sul Brasileiro de Biomedicina e a em Rosário e se classifi- çado, promovida sius, pelo Fórum dos Servido- Swayze, vítima de saúde, tecnologia e trabalho são premiados sença de palestrantes trazendo informa-
York. primeiro doutorado da Feevale. conta da Gripe A. IX Semana Gaúcha de Biomedicina. ca para a Copa de 2010. pela FENAC. res Públicos Estaduais. câncer no pâncreas. durante o V Salão da Extensão da Feevale. ções sobre as três áreas da Comunicação.
12 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009
13
Saúde de cher, uma alimentação ruim durante
a juventude expõe o organismo a
Uma dica? Além de uma boa hidrata-
ção, alimentação saudável é alimenta-

dentro para fora


malefícios. “Em primeiro lugar temos ção colorida. “As pessoas comem pão
que pensar: como essa célula interna branco, sem alimento integral, muito
do organismo jovem responde diante café preto. Frutas e verduras devem
dessa agressão externa sem proteção ser agregadas à alimentação – e tam-
Alimentos e vitaminas auxiliam na proteção contra nenhuma? Essas pessoas estão mais bém não adianta só uma vez. No míni-
os danos dermatológicos trazidos pelos raios solares


expostas a danos celulares, ao enve- mo três vezes ao dia as pessoas têm de
lhecimento mais precoce”, afirmou a ter acesso a essa alimentação”, indicou A gente ob-
Texto e diagramação RAQUEL RECKZIEGEL professora de Nutrição da Feevale. Gilberti. Os anti-oxidantes e vitaminas serva que as

V
Segundo ela, a preocupação com a têm uma vida útil de, aproximadamen- pessoas estão
erão chegando... outra substância importante para o estética é, também, importante, mas te, duas horas dentro do organismo, tendo qua-
É temporada de praia, combate contra os danos solares é o é com o lado interno que devemos nos o que significa que ingeri-las somente dros de saúde
de churrasco, cerveja, betacaroteno, uma pró-vitamina cuja preocupar. “Temos que ter o conheci- no café da manhã ou durante o jantar ruins em uma
refrigerante e crepe todos os ação é protetora. “Todos os alimentos mento de que os vasos envelhecem, não fará com que as pessoas estejam fase muito
dias. Para não mencionar aquele de cores verdes, amarelas, alaranjadas as artérias e o coração envelhecem protegidas contra agressões externas. mais precoce

Atenção para o câncer de pele!


pote de sorvete montado no buffet.
Certo?
Errado! Uma alimentação assim preju-
e avermelhadas são fontes de carote-
nóides.”, explicou Gilberti.
Vitaminas como B, B9, B12 e o ácido
mais precocemente. O que aparece é
a conseqüência externa. Hoje, a gente
observa que as pessoas estão tendo
“Hoje, as pessoas ainda vivem o con-
ceito errôneo de que devem procurar
uma nutricionista para emagrecer e
do que em
gerações an-

teriores.
dica não somente o metabolismo, mas fólico, encontrados em alimentos de quadros de saúde ruins em uma fase não é essa a lógica”, alertou. “Acho
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a incidên-
também a pele, que fica em contato di- origem animal, lácteos, ovos, arroz, muito mais precoce do que em gera- que esse processo deveria ocorrer mui- Gilberti
cia de melanoma e não-melanoma têm aumentado durante
reto com os raios solares todos os dias. cereais, verduras e legumes, também ções anteriores”. to antes, mais cedo, e a pessoa devia Hubscher
as últimas décadas. Atualmente, cerca de 2 a 3 milhões de tu-
De acordo com dados levantados pelo contribuem para a proteção da pele. As doenças vêm como reflexo do estilo se cuidar ao longo da vida. As doenças Professora
mores do tipo não-melanoma e 132 mil melanomas ocorrem,
Instituto Nacional do Câncer (INCA), Entretanto, os cuidados com a alimen- de vida que, sem sombra de dúvida, aparecem, vivemos uma vida muito de Nutrição
mundialmente, todos os anos. Estima-se que 10% de redução
esse tipo de câncer corresponde a tação não devem ser tomados apenas está relacionado à má alimentação. As estressada, um estilo de vida diferente.
da camada de ozônio causará em mais 300 mil casos de não-
aproximadamente 25% de todos os no verão. Gilberti advertiu que, embo- pessoas normalmente tomam consci- Nosso solo está mais pobre, a tendên-
melanoma e 4.500 melanomas. Por isso, procure expor-se ao
tumores malignos registrados no Bra- ra a resposta nesta estação seja mais ência de que estão se alimentando de cia é o alimento ser mais pobre como
sol antes das 10h e depois das 16h, quando os raios já não são
sil. Em 2008, o INCA registrou 59.670 externa, o importante é a ação intra- forma incorreta quando as conseqüên- um todo. Então, cada vez mais, deve-
tão nocivos. E não deixe para usar filtro solar apenas na praia
novos casos em homens e 62.090 nas celular durante a vida. “Ao longo do cias aparecem, ao invés de tomarem mos nos cuidar e nos antenarmos para
ou na piscina: ao sair na rua para trabalhar ou apenas ir a pé
mulheres. Segundo a Organização ano precisamos usar esses protetores ações preventivas. isso”, finalizou a nutricionista.
até o mercado mais próximo, use, no mínimo, fator 15.
Mundial de Saúde (OMS), a cada três intra-celulares, não só no verão. Deve- Receitas saudáveis para o verão
diagnósticos de câncer, um é de cân- mos ter um equilíbrio alimentar desses
Fatores de risco para câncer de pele: SALADA DE MELANCIA SUCO MARAVILHA
cer de pele. nutrientes”, ressaltou a professora de
- Pele clara Ingredientes: Ingredientes:
Por isso, não basta apenas utilizar Nutrição. “Essas substâncias têm de
- Olhos azuis, verdes ou castanhos-claro ¼ de melancia 1 beterraba crua (cerca de 75g)
filtro solar: a alimentação também ser ingeridas ao longo do dia, dos me-
- Cabelos claros ½ de maço de rúcula 1 cenoura crua (cerca de 95g)
tem um papel importantíssimo para ses, para um sistema de vida melhor”,
- Tendência a ficar vermelho ao invés de pegar bronzeado ¼ de maço de hortelã 2 1/2 copos de suco de laranja
a saúde da pele. De acordo com a completou.
- Histórico de queimaduras solares graves ½ de xícara (chá) de azeite extra-virgem (500ml)
professora de Nutrição da Feevale
- Pintas e sardas 2 colheres (sopa) de geléia de menta Açúcar a gosto
Gilberti Helena Hubscher, durante o Jovens e porcarias
- Histórico familiar de câncer de pele Sal e pimenta a gosto e moída na hora
verão, deve-se melhorar a resposta Com o verão, vem também a praia, o
imunológica do corpo. “Na proteção calor e centenas de ofertas de alimen- Modo de preparo:
Melanoma: tumores de pele considerados malignos e cuja taxa Modo de preparo: Lave e pique a beterraba e a ce-
ao sol, uma das primeiras coisas que tos nada saudáveis quando ingeridos
de mortalidade é maior, embora correspondam a apenas 2% 1. Bata com no liqüidificador a geléia com o azeite, o sal e a pimenta. Reserve. noura
a gente tem que priorizar é a vitamina em excesso – principalmente pelos jo-
dos cânceres de pele. 2. Faça bolinhas de melancia com um boleador. Reserve. Bata no liquidificador junto com o
D. Ela pode ser encontrada em peixes vens. São comuns as bebedeiras, sorve-
Não-melanoma: tumores de pele não considerados malignos. 3. Lave e higienize a rúcula e o hortelã, utilizando somente as folhas. suco de laranja e açúcar
de água salgada, óleo de fígado de te todos os dias e o excesso de lanches
bacalhau, em peixes mais gordos”, como cachorros-quentes ou xis. 4. Misture a melancia e a rúcula e temperar com o molho de geléia de menta. Coe e sirva
Fonte: World Health Organization (WHO) - www.who.int
afirmou a professora. Segundo ela, De acordo com Gilberti Helena Hubs-

1º de outubro 2 de outubro 5 de outubro 20 de outubro 22 de outubro 23 de outubro 29 de outubro 3 de novembro

O Ministério da Educação(MEC) Rio de Janeiro é escolhido para Prefeitura de Campo Bom Aconteceu, na Feevale, o 3º Madru- Pela primeira vez na Dez propaganda Feevale lança cinco novos cursos para o Mais de 239 mil eleitores de Avião da Força Aérea Alunos da Escola de Aplicação Gui-
cancela a prova do Exame Na- sediar as Olimpíadas de 2016, se tor- anuncia o uso gratuito gadão, reunindo equipes de 10 uni- história o Brasil empresta apresenta a nova vestibular de verão. São eles: Engenharia Canoas serão cadastrados no Brasileira desaparece lherme Finotti e Mariana Moelecke
cional do Ensino Médio(ENEM) nando a primeira cidade da América da rede wireless para os versidades do Rio Grande do Sul para dinheiro ao FMI, passan- campanha do vesti- Mecânica, Engenharia Química, Gastrono- sistema de impressão digital na manhã do dia 29 de Ribeiro são premiados no Salão
por conta de fraude. do Sul a sediar os jogos olímpicos. moradores da cidade. criarem uma campanha publicitária. do de devedor a credor. bular Feevale. mia, Gestão Ambiental e Gestão Hospitalar. no processo eleitoral de 2010. outubro na Amazônia. Jovem da UFRGS .
14 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009
15
Agende-se para o verão
1915 - Peterlongo: Álcool x direção:
mortal
mos quatro tipos da bebida: Moscatel, Mosca- Com cuidado e responsabilidade, dá para aprovei-
tel Presenci Branco, Brüt e Rosé. tar o verão numa boa. Confira algumas dicas de

O primeiro champanhe do Brasil


É hora de voltar! Agradecemos o convite e
ficamos com o mesmo pensamento: será que
vamos ganhar alguma garrafa de presente?
uma mistura eventos que valem a pena anotar na agenda:
Porto Alegre – 05/12/2009 até 04/01/2010 – Show
da Banda Papas da Língua no dia 5 de dezembro.
Fatores como velocidade excessiva,
as garrafas de champanhe ficam, de cabeça Infelizmente não rolou, mas o passeio valeu No dia 25/12, dia de Natal, são Os Fagundes que
Texto, diagramação e fotos LEONARDO DE OLIVEIRA dirigir alcoolizado e uso de drogas cau-
para baixo, durante muito tempo até que as e muito, pois a vinícola tem uma história fan- comandam o palco de shows na Usina do Gasô-
sam 90% dos acidentes de trânsito
Uma das bebidas mais apreciadas pelos brasileiros impurezas da uva cheguem ao bico para tástica. Quando você estiver tomando aquele metro. E no encerramento, dia 4 de janeiro, o show
nas festas de final de ano foi descoberta por acaso, fica por conta do MC Jean Paul.
serem removidas mais tarde. Richeli explicou delicioso champanhe, naquela taça de cristal, Texto MARIANA PAZ

A
Diagramação RAQUEL RECKZIEGEL
e só chegou ao Brasil em 1915. Em uma visita até a que “durante o tempo que as garrafas ficam pare e pense: qual peito foi usado de molde Gramado – 12/11/2009 a 17/01/2010 – O Natal
aqui elas são todas giradas, uma por uma, para fazer essa “preciosidade”? Luz terá atrações como Arca de Noel, com teatros
cidade de Garibaldi, descobrimos um pouco dessa cidentes de trânsito causados
de marionetes. O tema deste ano é a Fantástica
Boas Festas a todos!
história que é cheia de misticismo e magia em um ângulo de 180, 270 e 360 graus.” E pela ingestão de bebida alco-
Fábrica de Natal. E vai ter também o Nativitaten,
tem gente que ainda reclama do trabalho que ólica tiram a vida de dezenas um show piromusical que emociona visitantes des-
tem (risos)!
Rumo à serra gaúcha... de jovens todos os anos. Nessa épo- Amigos de Rafael Zoti, vítima de um acidente
de 2001.
Bom, depois dessa etapa chegamos até a Uma descoberta por acaso ca de festividades de final de ano,
de trânsito, ainda deixam recados no Orkut
do garoto, expressando sua saudade Canela – 14/11/2009 a 06/01/2010 – A Casa do
No dia 12 de novembro, eu e a Raquel saímos da Feevale rumo à porta de um túnel muito misterioso, construí- a preocupação tende a aumentar. A
Tudo começou por volta de 1700, Papai Noel é uma das principais atrações da cida-
cidade de Garibaldi para conhecer a vinícola Peterlongo. Fomos do por Armando Peterlongo, há muito tempo. Lei Seca, em vigor, resultou em uma diminuição de cer- saudades... Era um filho muito bom, de, que neste ano conta também com o espetáculo
quando em uma região da França de-
recebidos por quatro mulheres que, de cara, já nos ofereceram um O local onde ficam as garrafas foi projetado ca de 8% nas mortes nas rodovias federais do Estado, tranqüilo, sereno, alegre, não deu Natal na Cidade dos Sonhos.
nominada “Champagne”, um abade
suco de uva maravilhoso. Não podíamos negar, né? Bebemos tudo para manter o ambiente com temperatura em relação ao mesmo período do ano anterior. “Cada desgosto pra nós. Sempre ouvia nos-
chamado Dom Perignon descobriu a Três Coroas – 03/12 até 23/12/2009 – As princi-
e fomos em direção aos setores da vinícola para conhecer um pouco amena. Segundo a nossa guia, “dizem que posto de fiscalização da PRF possui um etilômetro (apa- sos conselhos, tinha muitos planos pais atrações do Natal Encantado são: teatro Natal
bebida por acaso. Segundo Arman-
da história e de como é feito o champanhe gaúcho. Quem nos acom- quem passar por esse túnel rejuvenesce 10 relho utilizado para medir a quantidade de álcool no para o futuro. Tinha muitas amiza- na Colônia, e os shows com Délcio Tavares e Os
do Peterlongo Lorenzini Menegotto,
panhou foi a simpática Richeli Noronha, consultora de turismo. anos na vida”. Certo que eu e a Raquel pas- sangue). Nas regiões com cidades populacionalmente des e era muito querido por todos. Fagundes.
empresário do ramo de bebidas e
Entramos em uma sala escura, onde vimos pipas (containers) samos por ali. maiores, há também um aparelho nas rodovias de ron- Como todo o jovem, se divertiu mui- Campo Bom – 01/12 até 25/12/2009 – Você vai
enófilo, “naquela época os abades
gigantes, de mais ou menos 6 metros de altura. Ali são guar- Depois de qua- da”, afirma o policial rodoviário federal Jorge Nunes. to. Dançou no CTG Campo dos Bu- poder conferir a Casa do Papai Noel, presépios,
e os padres faziam seus próprios vi-
dados os vinhos que, mais tarde, se 40 minutos Na madrugada de 14 de dezembro de 2008, Rafael Zoti gres desde a mirim, fez uma trajetó- artesanato e a Fábrica de Brinquedos além de
nhos e guardavam em suas casas,
serão aproveitados na fabricação de caminhada, e mais três amigos saíram de uma festa por volta das ria muito linda lá. Marcou muito na shows com banda NX Zero e com Paula Toller,
em um lugar com temperatura baixa.”
do champanhe. Haviam mais de 20 conhecimento seis horas da manhã. Todos estavam embriagados. O invernada adulta, encantava quando do Kid Abelha.
pipas e um detalhe curioso é que e muita risada, motorista, Samuel Gattelli de 21 anos, perdeu o con- subia no palco. Nós tínhamos muito Novo Hamburgo – 28/11/2009 até 06/01/2010 –
Armando conta que Perignon achou
todas foram construídas por um só chegamos à trole do carro, bateu num poste e capotou. Rafael, de orgulho de ver ele dançando. Ele O Natal em Novo Hamburgo vai contar com festas
estranho que, com o passar do tem-
homem. Haja braço e vontade para melhor parte: Degustação: EEBAA! apenas 17 anos, morreu no local. Ele se formaria no En- errou sim, como todos nós um dia religiosas e diversas apresentações artísticas. Os
po, as garrafas estouravam. Então
Fotografia do varejo tanto trabalho, hein? A degusta- sino Médio no final de semana seguinte ao acidente e, erramos, ninguém é perfeito. Temos Fagundes fazem um grande show: o Natal Gaúcho
resolveu reforçar os vidros e colocar
da vinícola Depois chegamos a um lugar escuro ção. Sentamos em uma das mesinhas para na semana anterior, havia conquistado o primeiro lugar mais dois filhos: Eduardo de 6 anos em Família, que acontece na Praça do Imigrante
lacre para fechá-las. Depois, abrindo
e cheio de quadros com fotos em pre- apreciar o delicioso champanhe da Peterlon- no Rodeio de Lomba Grande – ele integrava a invernada e Kariane de 12 anos. São os que no dia 19/12.
uma das garrafas, Dom Perignon viu
to e branco. Naquelas fotos estavam registrados momentos impor- go. Oh “propaganda” hein? Eu estava meio adulta do CTG Campo dos Bugres. Os outros passagei- nos dão força para continuar esta Dois Irmãos – Natal dos Anjos de 20/11 até
que uma espuma tinha se formado
tantes para a história da vinícola. Vimos até uma foto da rainha da tímido com a situação. Na verdade não quis ros sofreram apenas pequenos ferimentos. “Sair sem caminhada. Tivemos muito apoio dos 20/12/2009 – As atrações são a casa do Papai
e que o líquido continha gás. Exami-
Inglaterra visitando o senhor Armando aceitar a bebida, mas como a Raquel insistiu, ele é uma coisa muito difícil, ensaiar sem ele é quase amigos e parentes e muita fé. A vida Noel, além de dança e teatro. No dia 13 de dezem-
nando o material, viu que a bebida bro tem a festa da Rádio 88.7 FM, com shows de
Peterlongo (primeiro a produzir cham- eu resolvi provar (risos). impossível. Mas o pior de tudo será no ENART, quando continua, mas nada mais será como
havia sofrido uma segunda fermenta- Balanço do Tchê e Papas da Língua.
panhe no Brasil) e provando uma de Mas antes a nossa querida guia nos fez uma formos entrar no palco para dançar”, diz Marcio Ol- antes, sempre vai faltar alguém. Per-
ção. Foi então, que sem querer, Dom
suas bebidas. Além de outra com demonstração de como abrir uma garrafa tramari da Silva, 22 anos, amigo de Rafael e também de um pouco o sentido de algumas Cais do Porto (Imbé) – A festa da virada de ano
Perignon descobriu o champanhe. vai ficar por conta do grupo de pagode universitário
taças de champanhe, que segundo com uma espada. A palavra correta para esta integrante do CTG. coisas e é difícil fazer planos para o
a Richeli, foram feitas por um cara ação é, segundo Richeli, “sabrar o cham- futuro. Se pudesse voltar no tempo, Vibração e Projeto Pin Up’s, com os DJ’s Karine
A mãe de Rafael, Ildamar Zoti, faz um apelo, para que
Em 1915 foi produzido o primeiro Larre e Nicole Baldwin. Vai ter também DJ Edinho
apaixonado que se inspirou nos seios panhe”. Mas lembre-se: nunca faça isso a situação e o sofrimento pelo qual passou não aconte- faria tudo de novo, com muito amor
Exposição de prêmios champanhe no Brasil, na vinícola Magalhães, DJ Danni Martin, DJ Mozart Riggi,
de sua amada para fazer a boca da vencidos pela Peterlongo em casa, pois as chances de você viciar e çam com outra família: e carinho porque valeu à pena ter
Peterlongo, que fica na cidade de além dos DJ’s da casa. Para mais informações
taça. Isso que é amor, ou ele era começar a abrir qualquer coisa com espada “Faz onze meses que não temos mais nosso filho. Nós o este anjo em nosso lar.
Garibaldi, Rio Grande do Sul, a pri- acesse: www.caisdoporto.com.br.
muito pervertido mesmo, pois garanto que ele não tomou só cham- são grandes. amávamos muito. O tempo passa, mas a dor e a sauda- JOVENS AMEM MAIS SEUS PAIS,
meira a fabricar a bebida na América. Sociedade Ginástica (Novo Hamburgo) – Festa
panhe naquela taça de vidro! (risos). Caminhando, caminhando e Enfim provamos o champanhe! Compensou de ainda são muito fortes. É muito triste, é difícil acor- ESCUTEM MAIS ELES! BEBIDA E
do Grupo RBS no dia 19/12/2009.
caminhando seguimos no nosso percurso e chegamos ao local onde a visita e fez a gente querer mais. Degusta- dar, entrar e sair de casa e não ver mais ele, muitas VOLANTE NÃO COMBINAM!”.

4 de novembro 8 de novembro 10 de novembro 10 de novembro 13 de novembro 20 de novembro Dezembro de 2009...

Madrugadão Feevale recebe Realização das Provas Joseph Cada se torna o Uma falha na Usina de Câmara aprova a proposta de Morre a atriz Mara Manzan, com Nasa anuncia des- Morre o produtor de cinema Herbert
Richards, conhecido pela frase “ver-
A continuação des-
o prêmio do Coletiva.net, do Exame Nacional mais novo milionário do Itaipu, em São Paulo, emenda à Constituição que torna 57 anos. A artista estava em tra- coberta de água em
com destaque na categoria de Desempenho de torneio de poker, faturando deixa mais de 10 esta- obrigatório curso superior de jor- tamento há um ano e oito meses cratera na Lua, perto são brasileira Herbert Richers”, dita sa história ainda
Relações Públicas. Estudantes (Enade). R$ 14,5 milhões de reais. dos sem luz. nalismo para exercer a profissão. contra um câncer pulmonar. do solo sul lunar. nos filmes dublados da televisão. está por vir...
InteRPúblicos
Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009

Jornal TRI - Novembro/dezembro 2009

Editorial
40 anos do Curso
de RP na Feevale

E m 2010 o
Curso de
Comunicação
Social – Habili-
tação Relações
Públicas da Fe-
evale completa
40 anos. Ele
foi criado com
o nome de Escola de Relações Públi-
cas e sua primeira turma se formou

História da Agecom em 23 de março de 1973.


A proposta desta habilitação, até hoje,

resgatada
está na formação profissional com
competências e habilidades que per-
mitam o indivíduo atuar como estrate-
gista da comunicação organizacional,

D
com consciência crítica e capacidade
esde o início do semestre, o Núcleo de Relações Comunicação Social, que está fazendo de adequar-se à complexidade e às
Públicas da Agência Experimental de Comuni- 10 anos em 2009”, conclui. transformações contemporâneas, de
cação (Agecom) está pesquisando a história da Além de Cundari, que na época era forma a atender a demanda do mer-
agência que, muitas vezes, é o espaço da primeira experi- coordenadora do Curso de Comunica- cado regional.
ência dos alunos de Comunicação com situações reais de ção Social, outros professores parti- Nesta comemoração, não se pode ex-
trabalho nas áreas de Relações Públicas, Publicidade de ciparam da concepção da Agecom. cluir nenhum membro que ajudou (e
Propaganda e Jornalismo. Dentre outros, a professora Maria ajuda) a constituir a “Família RP Fee-
O projeto está a cargo da aluna de RP Daiana Lüdke, que Berenice da Costa Machado, que vale”: dirigentes, alunos, professores,
integra o Núcleo de RP da Agecom, especificamente para atualmente é professora da UFRGS, e funcionários, comunidade e empre-
desenvolvê-lo. A idéia partiu da constatação de que a his- atual reitor, professor Ramon Fernan- sários. A todos, um especial “muito
tória da agência experimental estava apenas na mente das do da Cunha, que na época era diretor obrigado” por serem determinados e
pessoas, sem constar em documentos. O trabalho começou do Instituto de Ciências Sociais Apli- lutarem por um ideal, pois hoje somos
com uma série de entrevistas – dentre elas, com as profes- cadas – ICSA. o resultado da tenacidade e dedica-
soras Paula Casari Cundari, Vera Dones e Maria Berenice O espaço térreo do prédio amarelo ção de pessoas
da Costa Machado – e deve terminar ainda neste semestre. foi estruturado para ser usado pela que não deixaram (e não deixam) de
Até 1997, só havia a habilitação em Relações Públicas do agência experimental. Os trabalhos crer que a educação com qualidade
curso de Comunicação Social. Assim, existia somente o iniciaram na sala 104. Na mesma é o caminho para o desenvolvimento
Núcleo de Relações Públicas. Com o início das atividades época da criação da Agecom, também dos seres humanos e de uma socie-
das habilitações em Publicidade e Propaganda e Jornalis- foram inaugurados os Laboratórios de dade mais justa e igualitária. Que este
mo, começou a se formar o que hoje é a Agecom. “Já havia Fotografia e de Rádio. espírito perdure através dos tempos...
duas habilitações, Relações Públicas, que irá fazer 40 Atualmente, a Agecom conta com três
anos, e Publicidade e Propaganda, que começou em 1998. Núcleos: Relações Públicas, Publici- Profa. Dra. Cíntia Carvalho
O Jornalismo começou em 1999 e está fazendo 10 anos dade e Propaganda e Jornalismo. A Representante do Curso de Comu-
agora. Com as três habilitações clássicas do curso de Co- agência funciona na sala 103 do pré- nicação Social: Habilitação em Rela-
municação, nós precisávamos ter os laboratórios”, explica dio amarelo e conta com toda a infra- ções Públicas
a professora Paula Casari Cundari. “Então, em agosto de estrutura necessária ao aprendizado
1999, foi inaugurada a agência experimental do curso de dos alunos das três habilitações.
InteRPúblicos Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro/dezembro 2009

“ É nesse novo cenário que surge a figu-


ra do novo profissional de Relações
Públicas, capaz de criar mediações
que agreguem valor às estratégias da
organização através das novas ferra- “ Relações Públicas ou
Comunicação Organizacional?

O
mentas de comunicação da nova web.
Ministério da Educação - MEC – propõe al-
Géssica Fernandes gumas mudanças na área de Comunicação
Relações Públicas Social. Uma delas é quanto à denomina-
ção do curso de Relações Públicas. A proposta de
mudança começou a ser discutida no INTERCOM
2009, em Curitiba. Até o dia 16 de outubro esteve
mentas de comunicação colaborativa x agreguem valor às estratégias da
aberta uma enquete, no site do MEC, para profis-
reputação organizacional na era digital.” organização através das novas
sionais, estudantes e pesquisadores da área expo-
Géssica Fernandes recomenda que o RP ferramentas de comunicação da
esteja atento ao cenário organizacional rem suas opiniões.
proporcionado pela web colaborativa O que mais você gostaria de fazer nova web.
Discussões a respeito do tema e enquetes seme-
como profissional? Você tem algum
lhantes foram feitas por diversos sites da área de

Uma relações
departamento de marketing de uma empre- projeto “dos sonhos” que ainda não O que vem pela frente? Qual
Relações Públicas para que as pessoas opinassem
sa. Tive outras oportunidades e na metade colocou em prática? Ou poderia dizer é o futuro das Relações Públi-
sobre qual seria a melhor opção para denominar o
da graduação já estava contratada e atuando que já realizou seu sonho profissio- cas?
curso. As propostas para o nome do curso foram:
na minha área. nal? O futuro será justamente do RP
Comunicação Organizacional, Comunicação Orga-

públicas
Ainda tenho muito a realizar. Estou sem- 2.0. Este novo profissional de
nizacional e Relações Públicas e Relações Públicas.
Como é seu trabalho hoje? Que ativida- pre em busca de novos desafios para Relações Públicas que se utiliza
Apesar de já ter sido feito o fechamento da enque-
des fazem parte do seu dia a dia? minha carreira. Meu projeto para o pró- das ferramentas de comunicação
te, o MEC ainda não divulgou o resultado.

2.0
Atuo como analista de marketing na GVDASA ximo ano é cursar a pós-graduação em colaborativa da web 2.0 para
O que os acadêmicos de RP da Feevale Pensam
Sistemas, no Pólo de Informática de São Le- Comunicação Digital da Feevale. Mas, estrear o relacionamento entre
sobre o assunto?
opoldo. Minhas atividades são as seguintes: meu maior objetivo é fazer o mestrado da a organização e seus públicos,
planejamento de campanhas de marketing, UFRGS em Comunicação e Informação e, buscando construir uma imagem “Acredito que Relações Públicas é o
relacionamento com a imprensa, produção se tudo der certo, pretendo ser professo- organizacional positiva, através nome mais adequado ao curso, pois
de conteúdo web (site e blog corporativo); ra da área de comunicação digital. de uma comunicação aberta e este nome permite abranger uma varie-
planejamento e organização de feiras e even- transparente. dade maior de campos a se seguir”.
tos; desenvolvimento de material de apoio Como deve ser o profissional de Rela- Rebeca Schneider – 2º Semestre
a vendas e relacionamento com parceiros e ções Públicas de hoje? Como você acha que os 40
aliados estratégicos. O Relações Públicas de hoje deve estar anos da habilitação em Re- “Relações Públicas está crescendo cada
atento ao novo cenário organizacional lações Públicas da Feevale vez mais. A relação entre o curso e a

G
As expectativas/impressões que você ti- imposto pela web 2.0. Essa web cola- deve ser comemorado? prática está sendo vista com mais fre-
éssica Fernandes, relações públicas Vim no meio do curso com bolsa do Prou- nha quando era aluna se concretizaram? borativa transformou os consumidores Fui convidada a fazer parte do qüência e, com isso, o nome Relações
formada pela Feevale, é analista de ni e me encontrei aqui. Me formei em Posso afirmar, com toda certeza, que mi- passivos em verdadeiros “prosumido- Comitê Organizador de Honra da Públicas é mais fácil de associar com as
marketing na GVDASA Sistemas, de 2008/02. Fiz grandes amigos e conheci nhas expectativas em relação ao curso foram res”. O novo consumidor não quer ape- programação em comemoração atividades da profissão”.
São Leopoldo. Para ela, os profissionais de excelentes profissionais. Tenho grande superadas. Apesar de ter quase 40 anos, a nas consumir, quer produzir, participar, aos 40 anos de Relações Públicas Camila Bizachi – 2º Semestre
RP devem utilizar ferramentas de comunica- carinho pela Feevale. habilitação em RP da Feevale tem uma abor- opinar, passando a utilizar cada vez mais da Feevale. É uma enorme satis-
“Um dos prós de o nome continuar
ção colaborativa da web 2.0 para promover dagem moderna, atual. Graças a isso me a internet para buscar e gerar informa- fação fazer parte de um momen-
Relações Públicas: já é uma pro-
o relacionamento entre a organização e seus Como é a vida de uma RP depois de apaixonei pelas mídias sociais. Atualmente, ções sobre empresa, produtos e serviços, to tão importante para história
fissão regulamentada [...] e todo mundo
públicos. Géssica também é uma das convi- formada? Como você começou sua sou pesquisadora do tema e tenho participa- deixando as organizações muito vulnerá- do curso. Não há dúvidas de que
sabe como o Relações Públicas age.
dadas para fazer parte do Comitê Organiza- carreira de RP? do de eventos importantes sobre o assunto. veis. É nesse novo cenário que surge a será um grande momento para
Por outro lado, o nome Comunicação
dor de Honra das comemorações relativas A vida continua no mesmo ritmo corrido. Recentemente apresentei no Seminário de figura do novo profissional de Relações reviver os 40 anos da trajetória
Organizacional daria uma noção ampla
aos 40 anos da habilitação de RP da Feeva- Estou concluindo um MBA em Negócios Blogs, da Feevale, o artigo “RP 2.0: ferra- Públicas, capaz de criar mediações que do curso.
de que o Relações Públicas pode trabalhar dentro de uma em-
le. Ela conversou com o InteRPúblicos no Internacionais e não pretendo parar por
presa organizando a comunicação dessa empresa [...].Eu acredi-
dia 10 de novembro. aí. Hoje em dia a graduação não é dife-
Feevale recebe Intercom Sul em maio de 2010 to que, se nós continuássemos como nome Relações Públicas e
rencial, é um requisito básico. É preciso
fizéssemos um trabalho e conscientização para que as pessoas
Em que época você estudou na Feevale? buscar sempre novos conhecimentos. O O Intercom Sul de 2010 acontecerá na Feevale entre de graduação em Comunicação Social do Paraná, eventos que fazem parte do Intercom Sul soubessem que o Relações Públicas não é só um organizador de
Como era o Curso? Que lembranças você estágio é uma ótima oportunidade para os dias 17 e 19 de maio. O evento, que terá o tema Co- Santa Catarina e Rio Grande do Sul, reunindo pro- e que premia trabalhos práticos de alunos, festas, mas sim uma pessoa que pode trabalhar a mediação en-
traz do seu tempo de estudante da Fee- iniciar a atuação profissional na área municação, Cultura e Juventude, é considerado um dos fessores, estudantes, pesquisadores e profissionais será divulgado no dia 25 de novembro, na tre um meio de comunicação e uma empresa, um público externo
vale? escolhida. No segundo semestre da facul- mais importantes do calendário acadêmico dos cursos da área. O regulamento do Expocom, que é um dos página do Intercom (www.intercom.org.br). e um interno, seria a forma mais adequada de trabalhar isso”.
Entrei na Feevale em 2006 mas já tinha dade fiz meu primeiro estágio, atuando
Daiana de Leonço - 7º semestre
feito parte do curso em outra universidade. como assistente de relacionamento no
Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009 Jornal TRI - Novembro / Dezembro 2009

InteRPúblicos Curs Rocha


o :
Nom
e:João
O qu J or
Jornal TRI - Novembro/dezembro 2009
cipar e ach nalismo e RP
ou
do D da gest de part
muito
AC? ão 2 i-
bacan Foi uma ex 009
coloc a periên
ar em , na qual c

Madrugadão premiado na o cia


seios p rática nseguim
! Part os nosso os
nenhu icipa
m tipo r do DA nã s an-
porém d o
nos p e retorno fi nos dá
categoria Relações Públicas repre
der, d
senta
ropor
r noss
ciona na nce
orgulh iro,
o em

O
en os amig
expec tro de nos os, at
en
tativa s
Madrugadão Feevale foi o vencedor da cate- s da g a realidade -
alera. , as
goria Relações Públicas do Troféu Coletiva.
Bona
net 10 Anos. O julgamento foi baseado nos
M a r cos de
:
critérios inovação, criatividade, contribuição ao setor Nome : Publicidade par- Nome: Ra
n oela M
achad
o

e empreendedorismo. O prêmio foi entregue no dia 04


o
Curs achou dtão e Curso: J quel Reckziegel : M a
Nome : Jornalismo par-
e
O quar da ges ? Cres- O que a ornalismo o e
de novembro, em Porto Alegre. Na mesma noite, foram
p c
ticipar d hou de par- Curs e achou d ão
tic i AC O qu r da gest? Ótimo
ainda premiadas pessoas e entidades nas categorias
0 9 do D profissional, n- 2009 doa gestão
Comunicação, Jornalismo, Mar-keting e Propaganda. 20 le ssoa recime ticipa AC
t o p e a m a d u DAC? Ap do D difícil. Ser
cimen ade e res- demos a
pensar nãren- 20 0 9 po so
Os eleitos das categorias restantes foram o Grupo RBS, p o n sabilid fortes e que que gosta o somente esmo
tem omis
compr os de-
r e s as imos no e ao m m
a Agência Radioweb, Fronteiras do Pensamento e o o palavr . C onstru mas em to
ríamos, pe
ssoalmen nte e t
e r u
de com
to s ã es t ã o utras: te, estuda esponsabilia ada
Festival Mundial de Publicidade. a m n ossa g t o d a s as o de todas a
dos os ac
adêmicos a r r s o n ão é n
salt m o iris- eu m de cu riência
A eleição foi feita pelos presidentes de seis entidades f a m ília, co , companhe imensos a
s habilitaç
ões. Foram olegas a expe sar.
um a ão
edicaç -estima e ga
rra. prendizad mais c a é u m as
representativas do segmento da comunicação, como a s , d te profissio o s não som as est riam p
brig auto ta e a nais e aca en- fácil. M todos deve e e res
-
ação, as a lu pessoais. dêmicos, ual turida d
ARI (Associação Riograndense de Imprensa) e ARP (As- Coordenador Cristiano Max recebeu o mo, do ún ic o , m
i. Levarei a mas pela q d e m a
oso e m aqu experiênc prova esmo.
sociação Riograndense de Propaganda). prêmio Coletiva.net representando o Expediente Prazer não acaba
de
para toda
a vida, co
m certeza
ia É uma
bilidad
e p a r a si m
curso de Comunicação da Feevale amiza . ponsa

Alunos de RP mostram o “Nem todas [as


questões] foram Nome:
que sabem no último Enade Coordenador do Curso de
Adeus, ano velho!

N
pertinentes. Especi- Débora Fritzen
ficamente quanto às Comunicação Social
o último dia oito de novembro ocorreu o Exa- Curso: Publicidade Durante este ano, promove
[questões] de Re- Cristiano Max Pinheiro mos uma Semana Acadêm
O que achou de par- ravilhosa, realizamos o Are ica ma-
me Nacional de Desempenho de Estudantes na ICSA, evento esportivo
lações Públicas, eu ticipar da gestão conseguimos um espaço no do DAC;
(Enade). A prova tem o objetivo de avaliar o achei que deveriam Orientação jornal TRI; alimentamos os
2009 do DAC? É uma nossos
rendimento dos alunos dos cursos de graduação em ter perguntado outras coisas, mais diretas Professora Adriana Stürmer (Conrerp RS experiência muito intensa e muito
representantes no Madruga
dão; sorteamos ingressos
relação aos conteúdos programáticos, suas habilida- ças de teatro com o “Seriu para pe-
para o curso”. 2881) e Professora Donesca Calligaro rica. A gente entra com vontade de s Combat”; organizamos o
des e competências, a fim de verificar a qualidade do Leila Mara de Freitas – 8° semestre fazer muita coisa, mas logo percebe e elaboramos e aprovamos no sso QG
junto à Assembléia o novo
ensino da Instituição. Direção do Projeto Gráfico que vontade não é tudo. São muitas do D.A. Foram inúmeras reu estatuto
niões, contatos com pales
Há uma grande diferença entre o Enade deste ano e “Quanto ao curso de
Professora Rosana Vaz Silveira adversidades que nos fazem ama- discussões, erros e acertos trantes,
dos anteriores. Neste ano, as perguntas da prova fo- Relações Públicas, durecer e entender que um DA só . Entretanto, foram, acima
th de tudo,
uma ou duas ques- funciona se todos estiverem unidos Nome: Eduardo War aprendizados.
· Redução de dois para um
ram elaboradas a partir de conhecimentos específicos
tões foram bem foca-
Colaboradora
e dispostos a fazer acontecer. Curso: Publicidadee par- Deixamos 2009 com a sens ano de gestão;
ação de dever cumprido, de
de cada curso e não de maneira geral como anterior- d · Modificação no pro
das; as demais achei Professora Cíntia da Silva Carvalho O que achou tão bem feito, e com a certeza ces so de eleição; trabalho
mente. Além das questões gerais, os alunos de Rela- ticipar da g e s · Reconhecimento de que 2010 será ainda melho
r.
muito direcionadas ? Foi uma Agradecemos a colaboraçãdas entidades de representação est
ções Públicas responderam a questões sobre temas da Núcleo de Relações Públicas 2009 do DAC dantil em níveis superioores dos alunos, funcionários, pro u-
ao marketing. Sobre o nte
boa. É difere sores e a coordenação do (ex: fes-
área: marketing político, funções de Relações Públi- Amanda Ebert Zirbes, Camila Borniger, experiência muito · curso, quDC e
E)
co ntr ibu íra m pa
conteúdo em geral, eu achei bacana porque e ser membro Org
nossa gestão deixasseani zaç ão dos livros do diretório (at ra qu ea
cas, públicos das organizações, assessoria de comu- eles usaram temas bem atuais e isto facilitou Daiana Lüdke, Tais Capeletto ser um acadêmico a casa em ordem. as de reuniões e
ras, noites e À todosassembléias, livros fiscais
nicação, código de ética profissional e estratégias de o entendimento das questões”. de um DA. São ho , o nosso muito obrigad, o! contábeis e demais obriga
tórios);
investidas seja ·
comunicação, dentre outros. Os alunos que fizeram o finais de semana Boas festas! Po lític a de identidade visual mais
Cléber Rocha Pereira – 8° semestre Projeto Gráfico ando em no- clara e completa;
exame dão sua opinião: em reuniões, pens · Novos regimentos para con
Raquel Reckziegel criando ideias. vocação de Assembléias
vas atividades ou
com essa
Comprometimento
Junte-se à trupe da AGECOM! Contato
E-mail: tri@feevale.br
responsabilidade
que é o Diretório
municação.
Um grande abraço,
Envie um e-mail para adrianasturmer@feevale.br e faça parte do núcleo de Relações Públicas! Acadêmico de Co Equipe DAC
(51) 3586-8800 Ramal: 8775
PARTICIPE! Site: http://refugiodafoca.blogspot.com