Você está na página 1de 11

DOMINGO III DO ADVENTO

VÉSPERAS II
Domingo III do Advento

Todos se sentam.
Vésperas II
Salmodia

          
ANT. 1                
Eis que vem o Se -nhor e sen-tar-Se - á com os prín - ci - pes
        
         
num tro no, num tro - no de gló - ria.

-
   
  
        
A -le - lu - ia. A - le - lu - ia.

 
Salmo 109

     
Disse o Senhor ao meu Senhor:«Senta_te à mi - nha di - rei - ta,
  
     
até que Eu faça de teus inimigos escabelo de teus pés».

O Senhor estenderá de Sião o ceptro do teu poder *


e tu dominarás no meio dos teus inimigos.

«A ti pertence a realeza desde o dia em que nasceste +


nos esplendores da santidade: *
antes da aurora como orvalho, Eu te gerei».
O Senhor jurou e não Se arrependerá: *
«Tu és sacerdote para sempre, +
segundo a ordem de Melquisedec».

O Senhor, à tua direita, *


esmagará os reis no dia da sua ira.
A caminho, beberá da torrente, *
por isso erguerá a sua fronte.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, *


como era no princípio agora e sempre. Amen.
Domingo III do Advento

     3
         
ANT. 2             
E - xul-tem os mon-tes de a-le - gri - a e asco - li - nas
 3
 
          
 

can - tem a jus - ti - ça, por - que vi -
     3
                
3

rá com gran -de po-der o Se - nhor, Luz do mun - do.


   
3
        
3

      
A - le - lu - -ia. A - le - lu - ia.

     
Salmo 110

      
rei ao Senhor de todo o co - ra - ção,

Lou - va -
 
      
no conselho dos justos e na as - sem - blei - a.
Grandes são as obras do Senhor, *
admiráveis para os que nelas meditam.

A sua obra é esplendor e majestade *


e a sua justiça permanece eternamente.
Instituiu um memorial das suas maravilhas; *
o Senhor é misericordioso e compassivo.

Deu sustento àqueles que O temem *


e jamais Se esquecerá da sua aliança.
Fez ver ao seu povo a força das suas obras *
para lhe dar a herança das nações.

Fiéis e justas são as obras das suas mãos, *


imutáveis todos os seus preceitos,
irrevogáveis pelos séculos dos séculos, *
estabelecidos na rectidão e na verdade.
Vésperas II
Enviou a redenção ao seu povo, +
firmou com ele uma aliança eterna: *
santo e venerável é o seu nome.
O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, +
são prudentes todos os que a praticam. *
O louvor do Senhor permanece eternamente.
    
ANT. 3                

Vi - va-mos na jus - ti - ça e pie - da - de, es - pe - ran - do
         

              
 
ju -bi-lo -sa - men -te a vin -da do Se nhor. A - le - lu - ia.


Cântico Ap 19

         

 
A - le - lu - ia. A salvação, a glória e o poder ao nos-so Deus,

   
 

A - le - lu - ia.  
   
porque são verdadeiros e justos os seus jul - ga - men - tos.
   

     
     

  
A - le - lu - ia. A - le - lu - ia.
Aleluia.
Louvai o Senhor nosso Deus, todos os seus servos, *
Aleluia.
e vós todos os que O temeis, pequenos e grandes.
Aleluia. Aleluia.

Aleluia.
O Senhor Deus omnipotente reina em toda a terra: *
Aleluia.
exultemos de alegria e dêmos glória ao seu nome.
Aleluia. Aleluia.
Domingo III do Advento
Aleluia.
Chegaram as núpcias do Cordeiro, *
Aleluia.
e a sua Esposa está preparada.
Aleluia. Aleluia.

Aleluia.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, *
Aleluia.
como era no princípio agora e sempre. Amen.
Aleluia. Aleluia.
LEITURA BREVE Filip 4, 4-5
Alegrai-vos sempre no Senhor. Novamente vos digo:
Alegrai-vos. Seja de todos conhecida a vossa bondade.
O Senhor está próximo.
Responsório Breve
V. Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia.
R. Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia.
V. E dai-nos a vossa salvação. R.
V.Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R.
Cântico Evangélico
Todos de pé.

  
      
À enunciação do Magnificat todos se benzem. (Cf. Cap. V nº 266 b) - IGLH)

ANT.        
   
És Tu A - que - le que há-de vir, ou te - mos de es-pe rar
  3   
       
3

        
     
Ou - tro? I - de di - zer a Jo - ão o que vis - tes:
           
         
   
Os ce -gos vê - em, os mor - tos res -sus - ci - tam,

os po-bres
  

             
são e - van-ge - li - za - dos. Os po - bres são e - van-ge - li -
     
          
za - dos. A - le - lu - ia. A - le - lu - ia.
Vésperas II
Lc 1, 46-55
 
    

A minha alma glorifica o Se - nhor
    

e o meu espírito se alegra em Deus, meu Sal - va - dor.
Porque pôs os olhos na humildade da sua serva: *
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada todas as gerações.
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: *
Santo é o seu nome.

A sua misericórdia se estende de geração em geração *


sobre aqueles que O temem.
Manifestou o poder do seu braço *
e dispersou os soberbos.

Derrubou os poderosos de seus tronos *


e exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens *
e aos ricos despediu de mãos vazias.

Acolheu a Israel, seu servo, *


lembrado da sua misericórdia,
como tinha prometido a nossos pais, *
a Abraão e à sua descendência para sempre.
PRECES
Oremos a Cristo Jesus, nosso Redentor, que é o caminho,
     
a verdade e a vida, e digamos humildemente:

     
Vin - de, Se - nhor, e fi - cai con - nos - co.
Jesus, Filho de Deus vivo, anunciado pelo anjo Gabriel
à Virgem Maria,
– vinde reinar para sempre sobre o vosso povo.

Jesus, o Santo de Deus, que com a vossa presença fizestes


exultar o Precursor no seio de Isabel, sua mãe,
– vinde trazer ao mundo a alegria da salvação.
Domingo III do Advento

Jesus, Salvador do mundo, cujo nome foi revelado pelo


Anjo a José, o homem justo,
– vinde salvar o vosso povo dos seus pecados.

Jesus, Luz do mundo, esperado ansiosamente por Simeão


e por todos os justos,
– vinde confortar os vossos fiéis.

Jesus, Dia sem ocaso, que nos visitais lá do alto como sol nascente,
– vinde iluminar os que jazem nas sombras da morte.

Pai nosso

ORAÇÃO
Deus de infinita bondade, que vedes o vosso povo esperar fielmente
o Natal do Senhor, fazei-nos chegar às solenidades da nossa salvação
e celebrá-las com renovada alegria. Por Nosso Senhor.

Você também pode gostar