Você está na página 1de 5

Escola EB 2,3/S de Mora

Ano Lectivo 2009/2010 Biologia – 12º ano


TESTE DE AVALIAÇÃO Nº2
Nome __________________________________________ n.º ____ Turma A 26 de Novembro de 2009

Leia com atenção cada uma das questões que se seguem e responda de forma clara e sucinta na
sua folha de teste. Os critérios de correcção são os mesmos aplicados em situação de exame.

Apesar de a regulação hormonal do corpo feminino ser mais ou menos constante desde a puberdade até à
menopausa, quando o corpo se prepara para uma gravidez as alterações são muito grandes e os próprios
mecanismos de regulação hormonal sofrem alterações profundas.

1. Quando ocorre fecundação, as células externas do blastocisto (estádio em que o embrião humano se fixa à parede
uterina) funcionam como glândulas endócrinas, secretando a hormona hCG.
1.1. Seleccione a alternativa que permite preencher os espaços e obter uma afirmação correcta.

Elevados teores de hCG _____ a produção de hormonas ováricas, acabando por exercer uma
retroacção _____ sobre o complexo hipotálamo-hipófise.
(A) estimulam […] negativa
(B) estimulam […] positiva
(C) inibem […] negativa
(D) inibem […] positiva

1.2. Após a 12ª semana de gestação, a concentração de hCG diminui drasticamente devido à
regressão ________, e a integridade do endométrio é mantida graças à acção __________ que passa a
produzir _______.
(A) do corpo amarelo […] do trofoblasto […] oxitocina.
(B) do blastocisto […] da placenta […] oxitocina.
(C) do blastocisto […] do trofoblasto […] estrogénios e progesterona.
(D) do corpo amarelo […] da placenta […] estrogénios e progesterona.

1.3. Explique de que modo se faz a regulação hormonal do processo de produção e secreção de leite
materno quando ocorre a gravidez.

2. A distrofia muscular Duchenne é ligada ao cromossoma X. A doença manifesta-se na infância e as vítimas


enfraquecem progressivamente morrendo antes da adolescência.

2.1. Qual é a probabilidade de uma mulher, a Maria, cujo irmão sofre de Duchenne, ter um descendente do
sexo masculino afectado? Justifique.

2.2. Supondo que o tio materno (irmão da mãe) de uma mulher teve Duchenne, qual é a probabilidade de a
mulher ter recebido o alelo?

2.3. Relativamente à árvore genealógica desta doença, transmissão desta doença, é correcto afirmar que:
(A) nenhum dos seus pais manifestava a doença
(B) apenas os homens são portadores do gene
(C) apenas as mulheres são portadoras do gene
(D) os filhos do sexo masculino de uma mulher doente não manifestam a doença

Teste de Avaliação 2 – Biologia 12º Ano Página 1


3. A árvore genealógica da figura 1 apresenta um caso de transmissão hereditária de uma característica humana.

3.1. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações, relativas à
interpretação da árvore genealógica da figura 2.

A – A característica é determinada por um alelo dominante.


B – O casal II-4 e II-5 pode transmitir a característica à descendência.
C – A característica é determinada por um alelo localizado num autossoma.
D – O indivíduo III-2 herdou a característica de ambos os progenitores.
E – O indivíduo I-2 é heterozigótico para essa característica.
F – A probabilidade de o casal II-1 e II-2 ter descendentes afectados é de 25%.
G – Se o indivíduo III-2 se cruzar com uma mulher afectada, 50% dos descendentes podem ser afectados.
H – A ocorrência de descendentes do casal II-4 e II-5 afectados pode ser explicada por mutação.

4 – Numa determinada espécie de peixes tropicais, as barbatanas podem ser franjadas (caracter dominante) ou lisas
(caracter recessivo) e a cor do corpo pode ser violeta, amarela ou violeta às listas amarelas. Do cruzamento de
uma fêmea violeta de barbatanas franjadas com um macho amarelo de barbatanas lisas nasceram duzentos
peixinhos violetas às listas amarelas, dos quais cento e cinco com barbatanas lisas e noventa e cinco de
barbatanas franjadas, tal como está representado na figura 2.

4.1 – Indique, justificando, o tipo de dominância subjacente à transmissão do caracter cor do corpo.

4.2 – Indique o genótipo de cada um dos progenitores e dos descendentes.

4.3. – Indique, justificando, se a primeira Lei de Mendel se verifica neste cruzamento.

4.4 – Suponha que um piscicultor pretende obter peixes amarelos de barbatanas lisas.

4.4.1 – Indique, de entre todos os peixes da árvore genealógica, que cruzamento o piscicultor deve efectuar.

4.4.2 – Justifique a sua resposta, apresentando os gâmetas produzidos pelos indivíduos que escolheu, o
xadrez mendeliano do cruzamento que indicou e a probabilidade de obter o tipo de peixe
pretendido nesse cruzamento.

Página 2 Teste de Avaliação 2 – Biologia 12º Ano


5. Na figura 3 está esquematizada uma experiência efectuada por Morgan, bem como os resultados obtidos quando
cruzou Drosophila melanogaster de corpo cinzento e asas longas (tipo selvagem) com Drosophila melanogaster de
corpo negro e asas reduzidas (tipo vestigial).

5.1. Identifique os alelos dominantes e os alelos recessivos.

5.2. Qual é o genótipo dos indivíduos da geração F1?

5.3. Relativamente à geração F2, refira os possíveis genótipos das Drosophila melanogaster.

5.4. As proporções fenotípicas obtidas em F2 correspondem a um exemplo de diibridismo? Justifique.

5.5. Explique, sinteticamente, os resultados fenotípicos obtidos em F2.

5.6. Apesar destes resultados, em alguns cruzamentos Morgan obteve em F2 alguns indivíduos (muito
poucos) com fenótipos de corpo cinzento e asas vestigiais e outros de corpo negro e asas longas.
5.6.1. Como se explica o aparecimento destes fenótipos?

6 – Classifique cada conjunto de afirmações com as letras da chave:

Chave:
A – Ambas as afirmações são verdadeiras
B – Ambas as afirmações são falsas
C – A primeira afirmação é falsa e a segunda afirmação é verdadeira.
D – A primeira afirmação é verdadeira e a segunda afirmação é falsa.

Afirmações:

I – Alelos múltiplos são vários genes que são alelos entre si, dois a dois.
1
II – As pessoas que têm aglutinogénio B e aglutinina anti A pertencem ao grupo sanguíneo B.

I – As pessoas que possuem aglutinogénio A e B e nenhuma aglutinina pertencem ao grupo sanguíneo A


2
II – As pessoas que apresentam aglutininas anti A e anti B e nenhum aglutinogénio pertencem ao grupo
sanguíneo O.

I – Os indivíduos de sangue AB podem dar sangue somente a indivíduos de sangue AB.


3 II – As pessoas que têm aglutinogénio A e aglutininas anti A e anti B pertencem ao grupo sanguíneo AB.

Teste de Avaliação 2 – Biologia 12º Ano Página 3


7 – A árvore genealógica da figura 4 ilustra a transmissão hereditária dos grupos sanguíneos, segundo os sistemas
ABO e Rh, numa determinada família.

7.1 – Indique os genótipos de todos os indivíduos.

7.2 – Suponha que o casal 7 e 8 teve um filho. Indique, justificando, qual a opção incorrecta.
-
(A) O seu fenótipo pode ser ORh .
+ -
(B) O seu genótipo pode ser AORh Rh .
- -
(C) O seu genótipo pode ser BORh Rh .
+
(D) O seu fenótipo pode ser ARh .
- -
(E) O seu genótipo pode ser AORh Rh .

7.3 – Imagine que o indivíduo 6 necessita de uma transfusão sanguínea. Indique, justificando, qual dos
elementos da família poderia ser dador de sangue.

8 – A doença hemolítica fetal do recém-nascido é um problema que pode levar à morte de um bebé devido a uma
incompatibilidade com o sangue da mãe, sobretudo durante a segunda gravidez da mulher nas mesmas condições.

8.1 – Indique em qual dos seguintes casais pode ocorrer a doença hemolítica fetal do recém-nascido.

+ - + + + -
Rh Rh Rh Rh Rh Rh

- - +
Rh Rh Rh
A B C

8.2 – Justifique a sua resposta.

8.3 – Explique de que forma este problema é evitado hoje em dia.

9 – Analise os documentos 1 e 2.

Documento 1

No Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), foi desenvolvida uma nova técnica de manipulação genética que
tira partido de um sistema de defesa de Escherichia coli contra antibióticos. Quando a bactéria é confrontada com
tetraciclina, activa um sistema genético – o operão da tetraciclina (operão tet – documento 2) – que leva à produção
de proteínas que provocam a saída do antibiótico da célula, garantindo, desse modo, a sua sobrevivência.

Investigadores do IGC inseriram componentes do operão da tetraciclina no genoma de ratinho, de modo a


controlarem a expressão de genes do animal. Assim, para estudar a função de um gene do ratinho que esteja
inactivo desde a fertilização, basta administrar tetraciclina à mãe, ou ao ratinho depois de nascer, para o gene ser
«ligado» e se tornar activo; se o investigador quiser voltar a «desligar» o gene, basta suspender a administração de
tetraciclina. O processo é, portanto, reversível. Vários processos biológicos complexos, como o cancro, têm sido
estudados e compreendidos desta forma.

Página 4 Teste de Avaliação 2 – Biologia 12º Ano


Documento 2

Representação esquemática do processo de regulação do operão da tetraciclina em Escherichia coli

9.1. Faça corresponder a cada um dos números de 1 a 5 do documento 2 um dos números (de I a VIII)
da chave, que se referem a intervenientes na expressão dos genes do operão da tetraciclina.
Chave
I – aminoácido V – repressor inactivo
II – operador VI – ribossoma
III – mRNA VII – tetraciclina
IV – repressor activo VIII – DNA

9.2. Seleccione a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma afirmação correcta.

9.2.1. Na _____ de tetraciclina, o repressor fica inactivo, e _____ transcrição do gene estrutural.
(A) ausência […] ocorre
(B) presença […] não ocorre
(C) presença […] ocorre
(D) ausência […] não ocorre

9.2.2. O operão tet é do tipo _____ pois _____.


(A) repressivo […] o regulador codifica a produção de um repressor que está activo
(B) repressivo […] o regulador codifica a produção de um operador que está inactivo
(C) indutivo […] o regulador codifica a produção de um repressor que está activo
(D) indutivo […] o regulador codifica a produção de um operador que está activo

9.2.2. Uma mutação que inactiva o gene regulador do operão tet terá como consequência:
(A) A transcrição ininterrupta dos genes estruturais
(B) A impossibilidade de transcrição dos genes estruturais
(C) A cessaão da produção da RNA polimerase
(D) A inactivação permanente do operador

9.2.3. A mutação responsável pela alteração do regulador do operão tet, caso ocorresse em
mamíferos seria:
(A) somática, e afectaria todo o organismo
(B) gamética, e afectaria todo o organismo
(C) génica e envolveria a alteração do número de cromossomas do indivíduo
(D) cromossómica e afectaria apenas algumas células do organismo

9.3. Explique porque é que nem todas as mutações se expressam no fenótipo dos indivíduos.

A professora
Bom Trabalho Ana Rita Rainho
Teste de Avaliação 2 – Biologia 12º Ano Página 5