Você está na página 1de 14

Modelo de Auto – Avaliação

da Biblioteca Escolar

Workshop

Maria Teresa Rodrigues


“ O Programa Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) desenvolveu um modelo de
avaliação para as Bibliotecas Escolares que pretende proporcionar às escolas
/ bibliotecas um instrumento que, por um lado, identifique as áreas de sucesso e,
por outro lado, permita assinalar resultados menos conseguidos que requeiram
maior investimento, ou até uma mudança das práticas instituídas.”
( Modelo de Auto - Avaliação das Bibliotecas Escolares – RBE)
Conhecer o Modelo. Porquê?

• Sensibilizar professores para a importância da avaliação do trabalho da BE

• Proporcionar a aquisição de conceitos necessários à aplicação do modelo de


Auto-Avaliação da BE

• Criar condições para as equipas da BE aplicarem com eficácia o modelo

• Reflectir sobre as potencialidades e fragilidades do modelo proposto

Bibliotecas Escolares:

Modelo de Auto - Avaliação


Objectivos
• Criar um instrumento pedagógico :
- Identificar/ avaliar o trabalho da BE.

- Identificar áreas de sucesso e resultados menos


conseguidos

- Analisar e reflectir sobre o valor e o impacto da BE na


escola e na aprendizagem dos alunos

Mudanças de práticas
Estrutura do Modelo

A- Apoio ao Desenvolvimento Curricular


• Articulação curricular ( BE/ Estruturas Pedagógicas /Docentes)

B- Leitura e Literacia
• Desenvolvimento da Leitura e das literacias.
C – Projectos Parcerias e Actividades Livres e de Abertura à
Comunidade
• Apoio a actividades livres, extra – curriculares e de enriquecimento
curricular

D – Gestão da Biblioteca Escolar


• Condições humanas e materiais para a prestação de serviços .
Perfis de Desempenho
Caracterizam o que se espera da BE, face ao domínio analisado

Nível 4 - A BE é bastante forte neste domínio.


- O trabalho desenvolvido é de grande qualidade
- Com impacto bastante positivo.

Nível 3 - A BE desenvolve um trabalho de qualidade neste


domínio.
- É possível melhorar alguns aspectos

Nível 2 - A BE começou a desenvolver trabalho neste domínio.


- É necessário melhorar o desempenho para que o seu
impacto seja mais efectivo

Nível 1 - A BE desenvolve pouco ou nenhum trabalho neste


domínio.
- O seu impacto é bastante reduzido. É necessário
intervir com urgência.
Pertinência da Existência de um Modelo de Avaliação
da BE

• Entendido como um instrumento de trabalho


propiciador de uma melhoria continua

• Avaliar o impacto que tem a BE na escola e no


sucesso educativo dos alunos

• Definir as áreas prioritárias do trabalho da BE

• Reorientar processos e acções com vista à melhoria


Etapas do Processo
Avaliação decorrerá ao longo de 4 anos lectivos, sendo avaliado um domínio em
cada ano.
- Recolha de evidências
( Registos de utilização, estatísticas, inquéritos…)

- Definição dos intervenientes e composição das amostras a utilizar


( aplicação de questionários a 20% de Professores e a 10% de alunos)

- Calendarização

- Recolha e análise dos dado

- Posicionamento num perfil de desempenho


(Identificação de pontos fortes e fracos)

- Interpretação e descrição dos resultados e definição de acções de melhoria.

- Comunicação dos resultados da avaliação e medidas de melhoria a empreender ( Conselho


Pedagógico) e inclusão no Relatório de Avaliação Interna do Agrupamento

- Envio do Relatório de Auto Avaliação para a RBE


Intervenientes no Processo

Professores Bibliotecários

Equipa da Biblioteca

Professores e alunos

Órgãos de gestão: Direcção Executiva


Conselho Pedagógico
Constrangimentos
na Implementação do Processo
• Fazer o tratamento de toda a informação recolhida

• Associar as evidências recolhidas e os respectivos


indicadores

• Grande dispêndio de tempo na aplicação do


processo em detrimento doutras actividades da
equipa da BE
Destinatários do Workshop

• Conselho Pedagógico
• Conselho de Docentes
• Assembleia de Delegados de Turma
Metodologia

Duração Descrição
30 m Apresentação em Powerpoint da estrutura
Grupo do modelo de Avaliação e a importância da
sua aplicação
O trabalho prático será realizado em grupo
Trabalho Prático 1h de acordo com as orientações num guião
(grupos de trabalho) de trabalho.

30m - No debate final, cada grupo apresentará


Reflexão final o produto final elaborado, seguindo-se de
uma fase de discussão entre todos os
intervenientes
Guião de trabalho

- Instrumentos : Questionário QP2 / grelha de observação

Metodologia:
- Formação de grupos

- Análise do inquérito e sugestões de alteração


(adaptar à realidade de cada escola)
-Análise da grelha de observação e fazer corresponder
as competências assinaladas com os indicadores
- Formular novas competências a inserir na grelha de
observação
Bibliografia

• Modelo de Auto Avaliação da BE – RBE


• Texto da Sessão