Você está na página 1de 13

Formanda : Dora Crespo (professora Bibliotecária do IDJV – Louriçal)

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos
que a Literatura Desafios. Acções
Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
identifica a implementar

Resistência a PB motivado e Conhecimentos Formação Como diz Todd Para o


Competências do mudança por que gosta do que no âmbito das Ross, não ser desenvolvimento
professor bibliotecário parte do professor faz, com novas tecnologias capaz de fazer profissional será
bibliotecário que formação de informação. Partilha com todo o trabalho importante:
deve deixar de continuada ou outros PB bem que quero fazer Formação
pensar a BE em anos de como com por falta de continuada;
termos de experiência como especialistas em tempo. Prática e
“information responsável pela BE Demasiadas aprendizagem
space, collections, BE. (coordenadores tarefas mais continuada;
positions, PB motivado e concelhios). burocráticas Tempo para
advocacy” para sempre informado (“trabalho de conhecer/ler as
passar a pensar (documentação/lit O fruto/resultado papel”, novidades em
em “knowledge eratura) para do trabalho do PB reuniões…) e destaque;
space, poder usá-lo para não se vê de pouco tempo Ideias novas para
connections, determinar como imediato mas a para: integrar a
actions e fazer o seu médio/longo Conhecer os literatura nos
evidence”. Este, programa da prazo. alunos; impor programas;
segundo Todd biblioteca na sua disciplina e levar Actualizar-se
Ross, é um passo escola ao relativamente as
difícil de ser dado identificando as conhecimento/res novas tecnologias
Conhecimento na área Biblioteca escolar

e é o que impede necessidades para peito das regras; de informação;


o progresso nesta o processo de actividades; Desenvolver
área. Esta ensino averiguar capacidades de
mudança prende- aprendizagem e expectativas dos liderança ( não
se com a apresentar as suas alunos; convencer podemos ficar a
adaptação do PB próprias da importância da espera que
ao novo evidências BE no processo alguém de fora
paradigma digital. de ensino venha resolver os
A mudança do PB aprendizagem; nossos problemas,
deve ser feita o formação temos de pensar
quanto antes para pessoal…. qual o verdadeiro
fazer desaparecer objectivo da nossa
a imagem função e provar o
negative seu poder na
previamente vida/aprendizage
existente (o PB m dos alunos com
não deve ser mais quem lidamos).
o que controla e Essa capacidade
toma conta dos de liderança tem
livros mas alguém de ter em conta
que orienta e “the four ES”:
ajuda). Envisionning
Tem de se ter (enfrentar/encarar
vontade de ); energizing
arriscar e (estimular);
empreender empathizing
(Todd Ross refere (colocar-se no
Conhecimento na área Biblioteca escolar

mesmo que sem lugar do outo) e


discuções, empowering
confrontos, (conceder poder).
exigências, O PB de ser um
perseverança não partner-leader
se consegue nada assumindo uma
para a BE). liderança
Qualificação intencional, uma
deste novo PB liderança
implica Formação estratégica, uma
com ênfase na liderança
relação ensino colaborativa e
aprendizagem e criativa, uma
não somente no liderança
funcionamento da renovável e uma
BE. Implica liderança
desejo de sustentável.
aprender, mudar, Trabalhar no
progredir ao sentido de mostrar
longo da vida. a todos (direcção
Implica também pedagógica,
capacidade de pais…) os que
reflexão e de ainda não
aprender até com percebem em que
os próprios erros. medida a função
Frustração dos PB de PB contribui
pela ausência de para a evolução
Conhecimento na área Biblioteca escolar

reconhecimento
do aluno no seu
das suas
processo de
competências e
ensino/aprendizag
funções.
em.
A mudança no
Falta de formação Em caso de
seio dos
na área da gestão Mais tempo para ausência de Fazer uma
elementos da
e organização das a BE equipa e ou até autoavaliação
equipa ou até do
BEs. Corrigir a partir mesmo de continuada do
próprio PB de uns
Integrar a Criação de uma da avaliação feita funcionário a processo com
anos para os
Organização e Gestão da gestão/organizaçã equipa da e dos erros tempo inteiro a procura de
outros.
BE o da BE no plano biblioteca com detectados na sobrecarga de evidencias de
Um apoio não tão
de actividades da um PB gestão/organizaçã trabalho! sucesso/insucesso
sistemático e
escola e no o “Quem muitos numa perspectiva
continuado
projecto Trabalhar em burros toca, de melhoria
quanto desejado
curricular da equipa algum há-de ficar constante.
por parte dos
escola. para traz!”
“SABE”.
Mais importante Investimento do Ausência de um Entrada na RBE Preços elevados Conclusão do
Gestão da Colecção de que ter a Ministério da catálogo como dos recursos a catálogo
informação é Educação nas informatizado possibilidade de adquirir. automatizado e
preciso criar escolas através da ainda só em fase renovar colecções colocação do
meios para todos RBE e do PNL de construção e de colocar um mesmo online.
acederem a ela. bem como das dificultando o catálogo online. Convencer os
parcerias acesso à órgãos de chefia
estabelecidas com informação. que uma BE deve
entidades externas Inexistência de ter sempre todos
Conhecimento na área Biblioteca escolar

uma política de
desenvolvimento
de colecção e
os seus
escassez de
recursos/meios
recursos para
actualizados tanto
actualização/reno
os tecnológicos
vação da
como os
colecção. Falta de
documentais livro
verba.
ou não livro e o
Uma BE deveria
investimento em
ter sempre todos
a escola. BE não é um
os seus
Investimento da desperdício de
recursos/meios
própria escola. dinheiro dado o
actualizados tanto
papel fulcral da
os tecnológicos
mesma no
como os
processo de
documentais livro
ensino
ou não livro mas
aprendizagem e
o investimento
no projecto
em BE é
curricular da
normalmente
escola.
considerado um
desperdício de
dinheiro!
A BE como espaço de Uma das Trabalho Falta de Falta de tempo Questionar que Fazer da BE um
conhecimento e perguntas cooperativo e reconhecimento para ir ao diferença faz a recurso útil e
aprendizagem. Trabalho levantadas é para sistemático entre por parte dos encontro das BE e o PB para a valioso para o
Conhecimento na área Biblioteca escolar

colaborativo e articulado quê uma BE se os docentes das outros elementos necessidades de aprendizagem do professor e para o
com Departamentos e estamos várias áreas e o da comunidade ensino aluno. Tem de aluno (para
docentes. conectados com o PB. educativa do aprendizagem de fazer e fazer bem! adquirir
mundo? papel Professores e Levar os alunos a conhecimento e
Desvalorização fundamental da alunos. pensar em que é desenvolver a
do papel do PB e BE no processo que a BE faz a aprendizagem)
da função central de ensino diferença e levá- tanto em tempo
da BE no aprendizagem. los a dizer que de aula como fora
processo de querem mais! dele.
ensino-
aprendizagem.

Insistir
sistematicamente
na importância
dum trabalho
cooperativo entre
professores para
levar os outros a
ver que o PB e a
BE podem ser
recursos úteis e
valiosos tanto nas
suas aulas como
na própria
Biblioteca.
E também num
Conhecimento na área Biblioteca escolar

trabalho
cooperativo com
a Própria
Direcção Da
escola para
convencê-la da
importância da
BE no processo
de ensino
aprendizagem
para isso os
objectivos e
programas da BE
devem coincidir
com o projecto
curricular de
escola.

A capacidade de
liderança/persever
ança do PB é
fundamental pois
segundo Todd
Ross o estatuto do
PB pode ser
considerado
inferior a
Conhecimento na área Biblioteca escolar

qualquer outro, a
BE só existe
quando surge
como um
problema e algo
funciona mal pois
havendo Internet
para quê livros e
Bibliotecas, ou
PB?

Formação para a leitura e Problemas ao Entrada na RBE e Falta de tempo RBE Falta de tempo Cooperação e
para as literacias nível da pesquisa adesão ao PNL para conhecer PNL para ir ao comunicação cada
em suporte como meio de obras do PNL e Contratos de encontro das vez mais intensa
informático ou colmatar lacunas poder recomendá- leitura expectativas dos entre a BE e as
livresco. do ponto de vista las com Grupo de trabalho alunos Bibliotecas
Dificuldade na da leitura. segurança. concelhio com relativamente as publicas para
selecção da Trabalho especialistas na suas preferências beneficio da
informação e da cooperativo com área das BEs literárias escola e dos
avaliação crítica docentes da área Parceria com Lentidão dos alunos.
da mesma. de projecto e de bibliotecas computadores das
Demasiada estudo públicas BEs inferiores aos Desenvolvimento
utilização da acompanhado no dos alunos podem cada vez maior de
cópia e do plágio. sentido de levá-los a deixar programas de
colmatar lacunas de frequentar a leitura.
detectadas. BE.
Programas das
Conhecimento na área Biblioteca escolar

BEs cada vez


mais ao encontro
das necessidades
dos alunos e dos
professores.
BE e os novos ambientes Impacto das Facilidade/rapide Desajustes ao Intervenção do Excesso de Cabe ao PB levar
digitais. novas tecnologias z de acesso a nível das novas PB e da BE na informação e falta o aluno a perceber
de informação – informação tecnologias. formação dos de métodos de que existem
muita informação Alunos têm utilizadores selecção. Escolha outros meios de
a disposição do muitas vezes levando-os a da primeira pesquisa que não
aluno mas falta de meios superar falhas e informação que os computadores
métodos de tecnológicos lacunas. aparece para não e a Internet.
pesquisa e de superiores aos da ter o trabalho de Existem outros
selecção dessa BE, programas ler muito! sítios para
informação. mais avançados o Busca continua de pesquisar. A
Muita informação que pode levar ao uma satisfação pesquisa passa
não é sinónima de seu afastamento imediata e com o por outro tipo de
muito da BE para mínimo esforço suporte que não
conhecimento pesquisar. (acarreta falta de só o digital e pelo
útil! Falhas/ não espírito crítico de uso de papel e
actualização dos questionamento caneta e não só
recursos/meios acerca do copiar-colar!
tecnológicos – fidedigno da fonte
investimento na de informação…)
BE desperdício! Ausência cada
Falta de vez maior de
conhecimentos hábitos de leitura.
Conhecimento na área Biblioteca escolar

em relação aos
novos ambientes
digitais.
Inexistência de
catálogos digitais.
Gestão de evidências/ Segundo Todd Procurar sempre Falta de A avaliação é um A falta de Procurar trazer a
avaliação. Ross o PB deve as melhores evidências em elemento evidências luz a diferença
estar sempre evidências alguns domínios fundamental no dificultam a nossa que fazemos na
envolvido numa demonstrando as dado o processo processo de tarefa como PB – escola que
planificação de melhores decisões das BEs ser gestão pois Os Directores da servimos como
evidências das no desempenho recente em permite aferir a escola apoiam PB e mostrar que
suas práticas, caso das funções do Portugal. eficácia dos mais quando essa diferença é
contrário a sua PB que mostrem Tempo necessário serviços prestados verificam que a fundamental.
função está que implementa a recolha dessas – BE está envolvida Fazer entender ao
destinada a meios eficazes evidências. Sucesso/insucesso no processo de poder decisivo
destruir-se. para o processo que condicionam ensino que a BE e o PB
de ensino a eficácia desse aprendizagem e são
aprendizagem. mesmo serviço; quando podem imprescindíveis.
Evidências têm a aferir o impacto verificar o Para isso devemos
função de ajudar nas impacto dessa proceder a
tanto professores atitudes/comporta articulação. partilha de uma
como alunos para mento e O PB também filosofia
um melhor competências dos corre o risco de educacional
desempenho. utilizadores. ser centrada e
Para isso procurar responsabilizado verificar as
sempre todas as em caso de necessidades
oportunidades no insucesso. educativas num
Conhecimento na área Biblioteca escolar

planeamento do clima de
projecto colaboração para
curricular de criar
escola e dar o oportunidades de
contributo a aprendizagem; ter
comunidade uma abordagem
escolar (reuniões, baseada no
assembleias….) sistemático e
explicito
desenvolvimento
das competências
dos alunos de
contactar/utilizar
a informação para
construir o seu
próprio
conhecimento
(participação mais
activa por parte
do aluno na sua
aprendizagem); as
competências do
aluno são mais
evidenciadas
quando factor
activo do
processo;
Conhecimento na área Biblioteca escolar

programas activos
de leitura levam a
um melhor nível
de leitura,
compreensão,
vocabulário e
desenvolvimento
da língua…

Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

Ter características de liderança, não A oposição/resistência dos outros pelo Recolha sistemática e continuada de
ter medo da mudança nem de seu desconhecimento/visão negativa evidências que permitam averiguar o
reconhecer o erro e aprender a partir do papel fundamental da BE e do PB. sucesso/insucesso da nossa acção e
dele. Concepção “démodée” do conceito de levar a uma melhor rentabilização do
Não recear a auto avaliação mas BE! nosso trabalho.
perspectivá-la como um meio para O medo/ a resistência aos modelos de Desenvolver uma visão diferente do
melhorar. autoavaliação das BEs e dos PB. espaço da BE não como lugar passivo
Agir continuamente e não assumir Desconhecimento no âmbito das novas de deposito de informação mas como
atitudes passivas. tecnologias de informação. lugar interactivo onde todos os
Privilegiar a construção do Recursos ultrapassados. intervenientes tem parte activa no
conhecimento e não só a aquisição da Falta de recursos/verbas. processo de ensino aprendizagem e na
informação. aquisição do conhecimento.
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Demonstrar o papel fulcral da BE e do


PB no processo de ensino
aprendizagem.
Pois o conhecimento só é efectivo e só
Fazer formação continuada.
confere poder se utilizado e aplicado
Desenvolver e privilegiar a partilha do
devidamente e em contextos e
conhecimento.
situações diversificadas.
Como diz Ross Todd e muito bem:
“you begin the road by walking it”!