Você está na página 1de 67
Workshop TAXBRA Ana Elisabeth Ventriglia

Workshop TAXBRA

Ana Elisabeth Ventriglia

Workshop TAXBRA Ana Elisabeth Ventriglia
Agenda  Classica vs. CBT  Vantagens e Desvantagens  J1BTAX e as novas funcionalidades

Agenda

Classica vs. CBT

Vantagens e Desvantagens

J1BTAX e as novas funcionalidades

Manutenção: Migração e Consistência

Como ativar o CBT

Notas Importantes

Nova Solução MP135

Como ativar

Documentação

Detalhes

Perguntas Frequentes

Diferenças na Documentação.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 2

 Perguntas Frequentes  Diferenças na Documentação.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name
Diferenças entre a versão Clássica e a CBT Versão Clássica  O cálculo dos impostos

Diferenças entre a versão Clássica e a CBT

Versão Clássica

O cálculo dos impostos brasileiros é feito utilizando uma

interface externa de impostos

O esquema de cálculo TAXBRJ não utiliza módulos de PRICING

Algumas situações especiais não estão cobertas

As tabelas são lidas diretamente da J_1BCALCULATE_TAXES

A geração da NF era conduzido pelo módulo de função

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 3

Calculo de Imposto e NF

era conduzido pelo módulo de função  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name /
Diferenças entre a versão Clássica e a CBT Versão CBT  O cálculo dos impostos

Diferenças entre a versão Clássica e a CBT

Versão CBT

O cálculo dos impostos brasileiros é feito com o uso de uma

interface externa de impostos, porém mais simplificado. Não há

acesso as tabelas de localização.

Solução baseada em Técnica de Condições

As alíquotas são armazenadas em condition records

 As alíquotas são armazenadas em condition records  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 4

CBT ou Clássica ? Vantagens: CBT:  TAXBRA e RVABRA: são esquemas de cálculo baseados

CBT ou Clássica ?

Vantagens:

CBT:

TAXBRA e RVABRA: são esquemas de cálculo baseados em condition technique, portanto muito mais flexíveis

RVABRA: esquema de cálculo pode ser utilizado direto em CRM

Clássica:

TAXBRJ e RVXBRA: existem muitos consultores com experiência

Desvantagens:

CBT:

TAXBRA e RVABRA:

existem poucos consultores com experiência projeto de implementação é mais longo

se usar TAXBRA é obrigatório o uso da RVABRA em SD para todos os

processos

Clássica:

TAXBRJ e RVXBRA: não existe tanta flexibilidade

RVXBRA: não suportado em CRM

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 5

existe tanta flexibilidade  RVXBRA: não suportado em CRM  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Vatagens do CBT  Alterações legais serão entregues primeiro para TAXBRA e RVABRA  Esquema

Vatagens do CBT

Alterações legais serão entregues primeiro para TAXBRA e

RVABRA

Esquema de cálculo único para SD e CRM. Fórmulas em Java

foram disponibilizadas

Alta flexibilidade com relação às necessidade de clientes

Rápida análise das configurações consideradas durante a

criaçõa do pedido de compras/ordem de vendas

Localização de Varejo atendida (Retail)

Todas as configurações de impostos em uma única transação

J1BTAX

Mapeamento das condições para as colunas de NF

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 6

– J1BTAX  Mapeamento das condições para as colunas de NF  SAP AG 2002, Title

 J1BTAX  Tax Manager Workplace – J1BTAX  Contém a maioria das informações relevantes para

J1BTAX

Tax Manager Workplace J1BTAX

Contém a maioria das informações relevantes para a configuração de impostos Brasil

das informações relevantes para a configuração de impostos Brasil SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 7

Grupos de Impostos  Intervalo de 10 a 89 dos grupos podem ser utilizados pelos

Grupos de Impostos

Intervalo de 10 a 89 dos grupos podem ser utilizados pelos

clientes

Os grupos entre 0 e 9 e 91 e 99 são reservados a SAP, e não

devem ser deletados

OBS: Os novos grupos criados precisam ser migrados para as

sequências de acesso

criados precisam ser migrados para as sequências de acesso  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 8

criados precisam ser migrados para as sequências de acesso  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Novas Funcionalidades (cont.) Ordem de prioridade na Determinação de Impostos: 1. Exceção por material -

Novas Funcionalidades (cont.)

Ordem de prioridade na Determinação de Impostos:

1. Exceção por material - (J_1BTX**2)

2. Tabelas Dinâmicas - (J_1BTX**3)

3. Alíquotas Normais - (J_1BTX**1)

4. Valores Propostos - (J_1BTXDEF)

Esta sequência de acesso corresponde aos grupos de

impostos determinados nas condições

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 9

corresponde aos grupos de impostos determinados nas condições  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Tabelas Dinâmicas Tabela J_1BTXGRUOP Até 3 chaves combinadas (ex.: Material, Cliente e IVA)  SAP

Tabelas Dinâmicas

Tabela J_1BTXGRUOP

Até 3 chaves combinadas (ex.: Material, Cliente e IVA)

Até 3 chaves combinadas (ex.: Material, Cliente e IVA)  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Até 3 chaves combinadas (ex.: Material, Cliente e IVA)  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Até 3 chaves combinadas (ex.: Material, Cliente e IVA)  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 10

Até 3 chaves combinadas (ex.: Material, Cliente e IVA)  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Novas Funcionalidades  Determinação da lei fiscal de SD  Foi criada uma tabela J_1BTXLAWSEQ,

Novas Funcionalidades

Determinação da lei fiscal de SD

Foi criada uma tabela J_1BTXLAWSEQ, através da qual é possível definir a sequência de acesso às várias fontes de dados já existentes.

de acesso às várias fontes de dados já existentes.  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 11

de acesso às várias fontes de dados já existentes.  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Novas Funcionalidades (cont.)  Determinação do Código de imposto de SD  Foi criada a

Novas Funcionalidades (cont.)

Determinação do Código de imposto de SD

Foi criada a tabela J_1BTXCODESEQ, através da qual é possível definir a sequência de acesso às várias fontes de dados já existentes para determinação do código de imposto de SD.

As opções existentes são:

do código de imposto de SD.  As opções existentes são:  SAP AG 2002, Title

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 12

do código de imposto de SD.  As opções existentes são:  SAP AG 2002, Title
Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 13

Novas Funcionalidades (cont.)

Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 13

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 13

Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 13
Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 14

Novas Funcionalidades (cont.)

Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 14

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 14

Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 14
Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 15

Novas Funcionalidades (cont.)

Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 15

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 15

Novas Funcionalidades (cont.)  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 15
Manutenção dos Tax Codes MM A manutenção dos IVAs de MM serão feitas pela J1BTAX,

Manutenção dos Tax Codes MM

A manutenção dos IVAs de MM serão feitas pela J1BTAX, através do menu Tax Calculation -> Tax Codes MM ou do botão

do menu Tax Calculation -> Tax Codes MM ou do botão na tela principal da J1BTAX.

na tela principal da J1BTAX.

ATENÇÃO

A transação FTXP não pode mais ser utilizada porque o esquema de cálculo TAXBRA não é compatível com a funcionalidade da

transação.

Na FTXP os registros de condição são gerados somente para tipo de condição não estatística e que tenha chave de conta associada a ela no esquema de cálculo. Na TAXBRA, existem

linhas estatísticas que tem um tax code.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 16

Na TAXBRA, existem linhas estatísticas que tem um tax code.  SAP AG 2002, Title of
Estrutura do Esquema de Cálculo CBT TAXBRA (MM) / RVABRA (SD e CRM) Os esquemas

Estrutura do Esquema de Cálculo CBT

TAXBRA (MM) / RVABRA (SD e CRM)

Os esquemas de cálculo CBT São estruturados da seguinte forma:

Recuperação de Dados transacionais

Recuperação de dados de customização

Cálculo dos impostos

Resultado do cálculo dos impostos

Condições de Impostos do IVA

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 17

do cálculo dos impostos  Condições de Impostos do IVA  SAP AG 2002, Title of
Estrutura da TAXBRA Nesta etapa, todos os dados de customização são exibidos – alíquota, base,

Estrutura da TAXBRA

Estrutura da TAXBRA Nesta etapa, todos os dados de customização são exibidos – alíquota, base, lei

Nesta etapa, todos

os dados de customização são exibidos alíquota,

base, lei fiscal, outra base, etc

exibidos – alíquota, base, lei fiscal, outra base, etc  SAP AG 2002, Title of Presentation,
exibidos – alíquota, base, lei fiscal, outra base, etc  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 18

exibidos – alíquota, base, lei fiscal, outra base, etc  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Estrutura da TAXBRA Após os dados terem sido lido, é necessário calcular os impostos. O

Estrutura da TAXBRA

Após os dados terem sido lido, é necessário calcular os impostos. O início do cálculo é realizado pela condição associada a fórmula 320.

é realizado pela condição associada a fórmula 320. Nesta seção, os resultados são devolvidos para as

Nesta seção, os resultados são devolvidos para as condições.

seção, os resultados são devolvidos para as condições. A última seção exibe as condições de imposto

A última seção exibe as condições de imposto que serão ativadas/desativadas no IVA.

condições de imposto que serão ativadas/desativadas no IVA.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 19

condições de imposto que serão ativadas/desativadas no IVA.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Exemplo de MM – Pedido de Compra - Impostos  SAP AG 2002, Title of

Exemplo de MM Pedido de Compra - Impostos

Exemplo de MM – Pedido de Compra - Impostos  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 20

Exemplo de MM – Pedido de Compra - Impostos  SAP AG 2002, Title of Presentation,
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 21

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 21

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 21
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 22
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 22

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 22

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 22
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 23
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 23
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 23

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 23

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 24

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 24

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 24

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 25
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 25

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 25

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 26

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 26

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 26
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 27
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 27

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 27

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 27

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 28
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 28

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 28

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 29
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 29

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 29

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 29
Esquema de Cálculo em SD: RVABRA  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name

Esquema de Cálculo em SD: RVABRA

Esquema de Cálculo em SD: RVABRA  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name /

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 30

Esquema de Cálculo em SD: RVABRA  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name /
Calculation Procedure for CBT Os esquemas de cálculo TAXBRA e RVABRA devem ser ativados como

Calculation Procedure for CBT

Os esquemas de cálculo TAXBRA e RVABRA devem ser ativados

como CBT no IMG -> Financial Accounting -> Financial Accounting Global Settings - > Tax on Sales/Purchase -> Basic Settings -> BR -> CBT -> Specify Calc. Procedure for Condition- Based Tax Calculation

Specify Calc. Procedure for Condition- Based Tax Calculation Pode-se atualizar direto a tabela pela transação SM30
Specify Calc. Procedure for Condition- Based Tax Calculation Pode-se atualizar direto a tabela pela transação SM30

Pode-se atualizar direto a tabela pela transação SM30 tabela

J_1BCBTAXPROCV

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 31

a tabela pela transação SM30 – tabela J_1BCBTAXPROCV  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Ativação da Geração de registro de Condição Para utilizar o CBT, a geração automática dos

Ativação da Geração de registro de Condição

Para utilizar o CBT, a geração automática dos registros de condição na manutenção das alíquotas, deve ser ativada para o respectivo país.

das alíquotas, deve ser ativada para o respectivo país.  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 32

das alíquotas, deve ser ativada para o respectivo país.  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Novos Grupos de Impostos É importante definir com atenção a ordem de prioridade dos grupos

Novos Grupos de Impostos

É importante definir com atenção a ordem de prioridade dos grupos de

impostos para as tabelas dinâmicas do cliente. A numeração do grupo de imposto se refere ao nível da sequência de acesso da condição.

se refere ao nível da sequência de acesso da condição. É esta ordem que determina a

É esta ordem que determina a busca do valor do imposto durante a

ordem de venda e o pedido de compra.

Atenção: Nunca atualizar as sequências de acesso com um novo tax group manualmente.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 33

as sequências de acesso com um novo tax group manualmente.  SAP AG 2002, Title of
Grupos de Impostos Standard O nível 5 é necessário como modelo para atualizar automaticamente as

Grupos de Impostos Standard

O nível 5 é necessário como modelo para atualizar automaticamente as sequencias de acesso quando da criação de novos grupos.

as sequencias de acesso quando da criação de novos grupos. O nível 5 representa o acesso

O nível 5 representa o acesso às tabelas dinâmicas por material

(***2), o 97 o acesso as tabelas de NCM para o IPI, o 98 a tabela de

standard de ICMS (origem/destino) e o 99 o de valores defaults.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 34

standard de ICMS (origem/destino) e o 99 o de valores defaults.  SAP AG 2002, Title
Grupos de Impostos Sempre que um novo grupo é criado e definido para qual tipo

Grupos de Impostos

Sempre que um novo grupo é criado e definido para qual tipo de imposto ele será aplicado (flags),

para qual tipo de imposto ele será aplicado (flags), é preciso atribuí-lo às tabelas de impostos

é preciso atribuí-lo às tabelas de impostos em Condition Setup ->

Condition Mapping -> Map tax rate tables to cond. tables

Condition Mapping -> Map tax rate tables to cond. tables  SAP AG 2002, Title of

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 35

Condition Mapping -> Map tax rate tables to cond. tables  SAP AG 2002, Title of
Grupos de Impostos Além disso, é necessário atualizar as sequências de acesso das condições. Isto

Grupos de Impostos

Além disso, é necessário atualizar as sequências de acesso das condições. Isto deve ser feito através da J1BTAX - > Condition

Setup -> Migration -> Tax Groups em Access Sequences

Setup -> Migration -> Tax Groups em Access Sequences  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 36

Setup -> Migration -> Tax Groups em Access Sequences  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Outra Vantagem na TAXBRA e RVABRA Mapeamento das condições para os campos da Nota Fiscal

Outra Vantagem na TAXBRA e RVABRA

Mapeamento das condições para os campos da Nota Fiscal Permitindo uma maior flexibilidade em atender cenários específicos de compra e venda.

em atender cenários específicos de compra e venda.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 37

em atender cenários específicos de compra e venda.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Lógica do Cálculo de Imposto Fórmula 320 extendida para CBT, é utilizada tanto para chamar

Lógica do Cálculo de Imposto

Fórmula 320 extendida para CBT, é utilizada tanto para chamar o cálculo de imposto quanto para devolver o resultado.

Pela atribuição de códigos internos associados a estes tipos de

condição, dependendo do código interno, ou um cálculo é

iniciado ou um resultado é devolvido.

Se o esquemas de cálculos estiver definidos na tabela J_1BCBTAXPROCV , o módulo de função J_1B_CBT é chamado.

J_1BCBTAXPROCV , o módulo de função J_1B_CBT é chamado.  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 38

J_1BCBTAXPROCV , o módulo de função J_1B_CBT é chamado.  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Migração de Dados de Imposto em Condition Rec. Ás vezes é necessário executar uma verificação

Migração de Dados de Imposto em Condition Rec.

Ás vezes é necessário executar uma verificação da migração nas tabelas de impostos. Isto pode ser feito através do menu na

J1BTAX -> Condition Setup -> Migration -> tax Table to conditions

Através deste report ALV pode-se verificar se os registros de condição foram gerados para cada entrada na tabela de imposto.

condição foram gerados para cada entrada na tabela de imposto.  SAP AG 2002, Title of

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 39

Migração de Dados (cont)  Numa carga inicial ou quando há uma alteração de imposto

Migração de Dados (cont)

Numa carga inicial ou quando há uma alteração de imposto em massa, pode-se utilizar o programa para migração coletiva das tabelas - J_1B_GEN_TAX_COND_BACK .

A nota 634981 descreve em detalhes sua utilzação.

Este programa também pode ser executado em background.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 40

 Este programa também pode ser executado em background.  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Verificação de Consistência  Quando a geração automática de registro de impostos no Customizing está

Verificação de Consistência

Quando a geração automática de registro de impostos no Customizing está ativa, a mesma informação é armazenada em dois lugares:

Tabelas de impostos (J_1BTX )

Banco de dados de condições

Normalmente esta relação é de 1:1, consequentemente, podemos ter dois tipos de inconsistências:

1. Uma entrada na tabela de imposto não ter um registro de condição

2. Existir um registro de condição para uma entrada em tabela que já

não existe mais

O primeiro tipo de inconsistência é detectado na execução da ferramenta de migração da J1btax (slide anterior).

Para o segundo tipo de inconsistência existe um programa de verificação standard J_1B_CBT_CONSIST que traz a lista de tabela de condições . Dando um duplo-clique em uma tabela, todos os seus registros de condições é exibido.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 41

uma tabela, todos os seus registros de condições é exibido.  SAP AG 2002, Title of
Verificação de Consistência As cores do sinal indicam o status do registro de condição: 

Verificação de Consistência

As cores do sinal indicam o status do registro de condição:

cores do sinal indicam o status do registro de condição:  impostos; Vermelho : Não existe

impostos;

Vermelho : Não existe registro correspondente na tabela de

Vermelho : Não existe registro correspondente na tabela de  Amarelo : Um registro existe na

Amarelo : Um registro existe na tabela de imposto mas um dos

dados diferem;

existe na tabela de imposto mas um dos dados diferem;  Verde : Existe uma entrada

Verde : Existe uma entrada correspondente na tabela.

Selecione todos os registros amarelos e vermelhos e delete-os.

Repita este procedimento para cada tabela.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 42

e delete-os. Repita este procedimento para cada tabela.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Condições relevantes para NF em PO Uma nova funcionalidade foi adicionada ao CBT para atender

Condições relevantes para NF em PO

Uma nova funcionalidade foi adicionada ao CBT para atender as necessidades de MM.

Condições de desconto, frete, ou outras que influenciem na base

do imposto, podem ser mapeadas numa nova transação:

J1BTAX -> Nota Fiscal -> Invoice Verification -> NF relevant PO conditions

Para o esquema de cálculo de compras utilizado, entre com as condições

de cálculo de compras utilizado, entre com as condições  SAP AG 2002, Title of Presentation,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 43

de cálculo de compras utilizado, entre com as condições  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Como Ativar o CBT no ECC  O BC Set CSC_BR_TAX só pode ser utilizado

Como Ativar o CBT no ECC

O BC Set CSC_BR_TAX só pode ser utilizado na versão 4.7.

Na versão ECC5.0 e 6.0, as customizações de código já vêm

implementadas, no entanto é preciso seguir o documento anexo a nota 664855 (DOCU_CBT_XXX.ZIP) para garantir que toda a parametrização está de acordo. Evite pular qualquer tópico pois todos são de suma importância para o funcionamento do CBT.

Atenção: Este documento é constantemente atualizado,

portanto verifiquem de vez em quando se uma nova versão não

está disponível.

Caso haja algum problema com tabelas vazias, as

customizações standard da SAP estão disponíveis no client 000,

é necessário fazer um “ajuste” das tabelas para importar para o

client de configuração.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 44

das tabelas para importar para o client de configuração.  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Notas Importantes 664855 – Brazil: New Condition-Based Tax Calculation 747607 – MP135  No último

Notas Importantes

664855

Brazil: New Condition-Based Tax Calculation

747607

MP135

No último release da nota 664855 já vem os passos no guia de

customização para a MP135

Verificar as seguintes notas relacionadas:

727475 - Overview about changes for ISS, PIS, COFINS; CSSL

852302 - Implementation Overview ISS 2004 - Legal Change

MP135/LC116

815720 - Brazil : Withholding Tax Accumulation

Vem anexado um guia de customização

Verificar as seguintes notas relacionadas: 916003, 889553

888805 CBT:Stock transfer with stock transport order

Sempre existem mais notas, procurar sempre na OSS!

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 45

order Sempre existem mais notas, procurar sempre na OSS!  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Nova Solução MP135 Algumas características da nova solução:  Alíquota diferenciada por tipo de imposto

Nova Solução MP135

Algumas características da nova solução:

Alíquota diferenciada por tipo de imposto retido

(PIS/COFINS/CSLL/IR)

Determinação dos tipos de impostos inclusos ou não no preço

Cálculo do crédito de PIS e COFINS com geração de Notas

Fiscais

Solução para ISS

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 46

e COFINS com geração de Notas Fiscais  Solução para ISS  SAP AG 2002, Title
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 47

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 47

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 47
MP135 – Como ativar? Pré-requisito – todas as notas com mudança de código e de

MP135 Como ativar?

Pré-requisito todas as notas com mudança de código e de DDIC já estarem implementadas ou manualmente ou via support package. Para maiores detalhes veja a nota 727475 e as notas relacionadas nela.

Na ECC6.0 estas alterações já se encontram implementadas.

Existem passos manuais que devem ser executados mesmo após as alterações de código já terem sido realizadas.

Seguir os passos descritos no guia de customização anexo a

nota 747607 Basic Customizing for MP135 and ISS Legal change Brazil. Existem dois arquivos .ZIP, um para o CBT outro para a Clássica.

É possível que alguns passos descritos no guia já se encontre

realizado no sistema. De qualquer forma, verifique se isto é válido

para todas as entradas antes de pular um passo.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 48

isto é válido para todas as entradas antes de pular um passo.  SAP AG 2002,
Documentação - Dificuldades Existem algumas divergências entra o guia de customização e o que deve

Documentação - Dificuldades

Existem algumas divergências entra o guia de customização e o que deve ser implementado.

Está para sair uma nova versão atualizada, enquanto isso,

podemos pesquisar as correções em chamados de clientes.

Criação da tabela 601

Primeiro é preciso incluir os campos LOC_PR e LOC_SE no catálogo de campos de MM e SD. Isto pode ser feito direto na view da tabela,

conforme descrito no guia.

Na ECC6.0 estes campos já vem incluídos na tabela.

Em seguida criar a tabela na transação SE11 com os campos descritos no guia de customização.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 49

SE11 com os campos descritos no guia de customização.  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Extensão dos Grupos de Impostos  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name /

Extensão dos Grupos de Impostos

Extensão dos Grupos de Impostos  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 50

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 50

Extensão dos Grupos de Impostos  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 50
Extensão do Código de Imposto SD Com estes flags, o cálculo de PIS, COFINS e

Extensão do Código de Imposto SD

Extensão do Código de Imposto SD Com estes flags, o cálculo de PIS, COFINS e WHT

Com estes flags, o cálculo de

PIS, COFINS e

WHT é definido em SD.

flags, o cálculo de PIS, COFINS e WHT é definido em SD.  SAP AG 2002,

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 51

flags, o cálculo de PIS, COFINS e WHT é definido em SD.  SAP AG 2002,
MP135 – Withholding Taxes Novas atividades no IMG As novas tabelas de imposto usam a

MP135 Withholding Taxes

Novas atividades no IMG

MP135 – Withholding Taxes Novas atividades no IMG As novas tabelas de imposto usam a tecnologia

As novas tabelas de

imposto usam a tecnologia de tabelas de exceção dinâmicas,

exclusivamente.

Para cada tipo de acesso, um grupo de imposto da exceção dinâmica tem que existir.

um grupo de imposto da exceção dinâmica tem que existir.  SAP AG 2002, Title of

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 52

um grupo de imposto da exceção dinâmica tem que existir.  SAP AG 2002, Title of
Nova tabela – Código Oficial de Cobrança  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker

Nova tabela Código Oficial de Cobrança

Nova tabela – Código Oficial de Cobrança  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 53

Nova tabela – Código Oficial de Cobrança  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name
Nova tabela de Impostos No caso do imposto retido acumulado, este flag tem que estar

Nova tabela de Impostos

No caso do imposto retido acumulado, este flag tem que estar atualizado.
No caso do
imposto retido
acumulado, este
flag tem que
estar atualizado.
retido acumulado, este flag tem que estar atualizado. Ou utiliza uma alíquota de retenção genérica para

Ou utiliza uma

alíquota de retenção genérica para PIS, COFINS, CSLL e IR, com um código oficial

para PIS, COFINS, CSLL e IR, com um código oficial Ou utiliza um para cada tipo

Ou utiliza um para cada tipo de imposto.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 54

com um código oficial Ou utiliza um para cada tipo de imposto.  SAP AG 2002,

 Detalhe do registro de ISS No caso de ISS retido, é preciso flegar este campo.

Detalhe do registro de ISS

No caso de ISS retido, é preciso flegar este campo.
No caso de ISS
retido,
é preciso flegar
este campo.
de ISS No caso de ISS retido, é preciso flegar este campo. SAP AG 2002, Title

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 55

Preço incluindo impostos A nova solução CBT suporta preços com os seguintes impostos incluídos: PIS,

Preço incluindo impostos

A nova solução CBT suporta preços com os seguintes impostos incluídos: PIS, COFINS e ISS.

Para que o sistema considere corretamente quais impostos estão

embutidos no preço e quais não estão, é necessário criar novas

condições de preço e adaptar as pricings.

criar novas condições de preço e adaptar as pricings. As views J_1BKON1MMVV e J_1BKON1SDVV , definem
criar novas condições de preço e adaptar as pricings. As views J_1BKON1MMVV e J_1BKON1SDVV , definem

As views J_1BKON1MMVV e J_1BKON1SDVV , definem quais impostos estão incluídos nas condições de preço de MM/SD

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 56

impostos estão incluídos nas condições de preço de MM/SD  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Lógica de acesso para o Domicílio Fiscal Um novo módulo de função J_1B_DETERMINE_JURISDICTION_NEW está definido

Lógica de acesso para o Domicílio Fiscal

Um novo módulo de função J_1B_DETERMINE_JURISDICTION_NEW está definido no customizing em cálculo externo de impostos para determinar os domicílios fiscais.

1.

Com a região e o código postal, acesse a nova tabela definida Assign Ranges of postal codes to tax Jusrisdiction codes

(J_1BTREG_CITY).

2.

Se não houver registro, atribua o domicílio fiscal a antiga tabela

(J_1BTREGX)

O domicílio fical extendido é utilizado somente para a

determinação do registro de ISS.

Os demais impostos (ICMS, IPI, etc

região fiscal para determinação (3 primeiros caracteres).

)

somente utiliza a

CONSEQUÊNCIA: Os tres primeiros caracteres do domcílio

fiscal extendido deve ser igual a tabela de região fiscal.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 57

fiscal extendido deve ser igual a tabela de região fiscal.  SAP AG 2002, Title of
Cálculo do ISS normal e WHT O ISS é sempre não – dedutível , por

Cálculo do ISS normal e WHT

O ISS é sempre nãodedutível, por isso somente um IVA para ISS é necessário.

No cálculo do imposto, o sistema determina se o ISS deve ser

retido ou não (flag no registro da tabela de exceção).

Se for, o sistema preenche a condição de ISS WHT, caso contrário, a condição de ISS normal é preenchida.

Além disso, o sistema verifica se o ISS no fornecedor e/ou no local do serviço está incluído no preço.

Se estiver, o sistema calcula o valor do ISS e a sua contrapartida com sinal negativo (efito nulo).

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 58

do ISS e a sua contrapartida com sinal negativo (efito nulo).  SAP AG 2002, Title
Exemplo de NF com os novos impostos WHT  SAP AG 2002, Title of Presentation,

Exemplo de NF com os novos impostos WHT

Exemplo de NF com os novos impostos WHT  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 59

Exemplo de NF com os novos impostos WHT  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Dificuldades Encontradas Principal dificuldade são as divergências na documentação.  SAP AG está para soltar

Dificuldades Encontradas

Principal dificuldade são as divergências na documentação.

SAP AG está para soltar uma nova versão.

Como analisar a nova pricing de impostos e suas condições.

Como se relaciona a pricing de compras com a de impostos.

Qual a relação da RVABRA com as pricings Z customizadas.

Como tratar as exceções que não conseguem ser atendidas somente pelas tabelas dinâmicas.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 60

não conseguem ser atendidas somente pelas tabelas dinâmicas.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Perguntas Frequentes Estamos implementando a Taxbra e quando faço uma ordem de venda recebo a

Perguntas Frequentes

Estamos implementando a Taxbra e quando faço uma ordem de venda recebo a mensagem de que a condição ICMO não esta incluída na fórmula de cálculo

Deletar a ICMO da tabela de J_1BAJ (tipos de Impostos).

Como faço para migrar os meus grupos de exceção antigos para

o novo intervalo de tax goups liberado pela SAP?

Utilizar a Nota 612931 que tem um report para isto.

Tento criar um IVA novo e recebo uma mensagem de erro (VK065)de que o IVA já existe e osistema sai da transação.

aplicar nota 655827

Fiz uma cópia da RVABRA e quando vou fazer minha ordem de venda recebo uma mensagem de que o código de imposto não é

válido e não esta na fórmula de cálculo

atualizar a tabela J_1BCBTAXPROCV com o novo esquema de cálculo

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 61

a tabela J_1BCBTAXPROCV com o novo esquema de cálculo  SAP AG 2002, Title of Presentation,
Perguntas Frequentes Cadastramos uma exceção na tabela para um grupo de imposto específico de SD

Perguntas Frequentes

Cadastramos uma exceção na tabela para um grupo de imposto específico de SD mas o sistema não o esta considerando

Analisar as condições do esquema de cálculo para saber qual o grupo esta sendo lido, pode estar faltando algum parâmetro.

Migramos para TAXBRA e os IVAS de MM não aparecem na

J1btax, o que devo fazer?

Seguir o guia de customização para criá-los manualmente.

Estamos utilizando a Taxbra e no processo de transferência de estoque, a alíquota de icms que aparece na remessa é diferente da que sai na Nota fiscal

O processo de transferência de estoque por SD utiliza um esquema de cálculo na remessa somente como informação. Os cálculos são realizados todos por MM.

Atentar para a criação de exceção específica por SD, pois na

remessa ele pode pegar uma alíquota diferente do que na criação da NF.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 62

pode pegar uma alíquota diferente do que na criação da NF.  SAP AG 2002, Title
Perguntas Frequentes Como tratar a solução de INSS para venda de serviços?  Não existe

Perguntas Frequentes

Como tratar a solução de INSS para venda de serviços?

Não existe uma solução desenhada, a recomendação é seguir os passos da MP135 para criação do ISS wht e copiar para o INSS.

Também observar as recomendações da nota 178824.

O que é configuração de MM e de SD na configuração entre

plantas para CBT?

Os documentos de SD (remessa, categoria de item, etc

)

e esquema

de cálculo são configurados por SD. Os IVAs e movimentos por MM.

Como identificar quais as condições são manuais e quais as que

são carregadas de forma automática pela J1BTAX?

O guia de customização do CBT e da MP135 já fala quais devem ser inicializadas manulamente para TX (transação FV11) e para V (VK11).

Quando transportamos os IVAs de um client para outro ele perde o flag das condições ativas.

É necessário ativar em cada ambiente.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 63

ativas.  É necessário ativar em cada ambiente.  SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker
Perguntas Frequentes Estamos utilizazando a TAXBRA e recebo a mensagem de erro FF718.  A

Perguntas Frequentes

Estamos utilizazando a TAXBRA e recebo a mensagem de erro

FF718.

A configuração da BI00 esta errada na Taxbra, tem que ter o flag de manual.

Verificar se ó registro de condição BIC6 esta criado com 100%.

O cálculo do ICMS complementar não funciona.

Falta o registro de condição da BCI1.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 64

não funciona.  Falta o registro de condição da BCI1.  SAP AG 2002, Title of
Diferenças do Manual da MP135 No manual da MP135 falta a configuração das seguintes condições:

Diferenças do Manual da MP135

No manual da MP135 falta a configuração das seguintes condições:

da MP135 falta a configuração das seguintes condições: Atualizar a seguinte configuração para as condições

Atualizar a seguinte configuração para as condições offset WHT BCOZ, BGEZ,…

Colocar como cond. Category: D

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 65

offset WHT BCOZ, BGEZ,…  Colocar como cond. Category: D  SAP AG 2002, Title of
Diferenças do Manual de Imp Retido Acumulado Condições BXWT e BXWA da aplicação V está

Diferenças do Manual de Imp Retido Acumulado

Condições BXWT e BXWA da aplicação V está com configuração diferente. Colocar como:

Seq. Acesso: DIBR

Classe condição: D

Reg de calculo: A

Ref Condition : DWHT

É necessário atribuir contas contábeis distintas a todos as

chaves de contas conforme definido nos manuais da MP135 e no

WHT Acc.

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 66

de contas conforme definido nos manuais da MP135 e no WHT Acc.  SAP AG 2002,
 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 67

SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 67

 SAP AG 2002, Title of Presentation, Speaker Name / 67