Você está na página 1de 130

EPO I – Aula 01 – ELETRÔNICA DE POTÊNCIA

EPO I – Aula 01 – ELETRÔNICA DE POTÊNCIA

UNIVERSIDADEUNIVERSIDADE DODO ESTADESTADOO DEDE SANTASANTA CATARINACATARINA CENTROCENTRO DEDE CIÊNCIASCIÊNCIAS TECNOLÓGICASTECNOLÓGICAS DEPARTAMENTODEPARTAMENTO DEDE ENGENHARIAENGENHARIA ELÉTRICAELÉTRICA CURSOCURSO DEDE ENGENHARIAENGENHARIA ELÉTRICAELÉTRICA

CURSO DE DE ENGENHARIA ENGENHARIA ELÉTRICA ELÉTRICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA DE DE POTÊNCIA POTÊNCIA I I
CURSO DE DE ENGENHARIA ENGENHARIA ELÉTRICA ELÉTRICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA DE DE POTÊNCIA POTÊNCIA I I

ELETRÔNICAELETRÔNICA DEDE POTÊNCIAPOTÊNCIA II AulaAula 0101 -- IntroduçãoIntrodução àà EletrônicaEletrônica dede PotênciaPotência

à à Eletrônica Eletrônica de de Potência Potência Prof. Prof. Leandro Leandro Michels, Michels, Dr. Dr.
à à Eletrônica Eletrônica de de Potência Potência Prof. Prof. Leandro Leandro Michels, Michels, Dr. Dr.

Prof.Prof. LeandroLeandro Michels,Michels, Dr.Dr. Eng.Eng. leandromichels@gmail.comleandromichels@gmail.com

1

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EletrônicaEletrônica dede potênciapotência

Eletrônica Eletrônica de de potência potência Eletrônica Eletrônica de de potência potência é é a a
Eletrônica Eletrônica de de potência potência Eletrônica Eletrônica de de potência potência é é a a

EletrônicaEletrônica dede potênciapotência éé aa tecnologiatecnologia associadaassociada aoao eficienteeficiente processamentoprocessamento ee controlecontrole dada energiaenergia porpor meiosmeios estáticosestáticos aa partirpartir dada suasua formaforma disponíveldisponível dede entradaentrada ee formaforma desejadadesejada emem suasua saídasaída

SuaSua faixafaixa dede potênciapotência vaivai dede mWmW (telefone(telefone celular)celular) aa centenascentenas dede MWMW (sistemas(sistemas dede energia)energia)

ÁreaÁrea multidisciplinarmultidisciplinar

Prof. Leandro Michels

2

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EletrônicaEletrônica dede potênciapotência

Eletrônica Eletrônica de de potência potência Áreas Áreas de de conhecimento conhecimento associadas:
Eletrônica Eletrônica de de potência potência Áreas Áreas de de conhecimento conhecimento associadas:

ÁreasÁreas dede conhecimentoconhecimento associadas:associadas:

ConversãoConversão dede energiaenergia CircuitosCircuitos elétricoselétricos EletrônicaEletrônica ControleControle InstrumentaçãoInstrumentação SistemasSistemas dede energiaenergia MáquinasMáquinas elétricaselétricas CompatibilidadeCompatibilidade eletromagnéticaeletromagnética

Prof. Leandro Michels

3

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EletrônicaEletrônica dede potênciapotência

Eletrônica Eletrônica de de potência potência Métodos Métodos de de processamento processamento da da energia:
Eletrônica Eletrônica de de potência potência Métodos Métodos de de processamento processamento da da energia:

MétodosMétodos dede processamentoprocessamento dada energia:energia:

LinearLinear conversãoconversão atravatravééss dede transistorestransistores operandooperando comocomo resistoresresistores varivariááveisveis elevadaselevadas perdasperdas eletrônicaeletrônica analanalóógicagica convencionalconvencional (ex.:(ex.: amplificadoramplificador dede somsom dede rráádio)dio)

ComutadaComutada conversãoconversão atravatravééss dede dispositivosdispositivos eletrônicoseletrônicos operandooperando comocomo interruptoresinterruptores operaçãooperação emem etapasetapas (ex.:(ex.: sistemasistema dede partidapartida suavesuave dede motoresmotores softstarterssoftstarters))

Prof. Leandro Michels

4

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores estáticosestáticos

Conversores Conversores estáticos estáticos Classificação Classificação quanto quanto à à forma forma de de
Conversores Conversores estáticos estáticos Classificação Classificação quanto quanto à à forma forma de de

ClassificaçãoClassificação quantoquanto àà formaforma dede conversãoconversão::

quanto à à forma forma de de conversão conversão : : CC CC - - CC

CCCC--CCCC ((pulsadorpulsador))

CACA--CCCC (retificador)(retificador)

CCCC--CACA (inversor)(inversor)

CACA--CACA ((gradadorgradador// cicloconversorcicloconversor))

Prof. Leandro Michels

E

Conversor

direto CC

E

2

Prof. Leandro Michels E Conversor direto CC E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor

v Prof. Leandro Michels E Conversor direto CC E 2 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto

Leandro Michels E Conversor direto CC E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto

1 ,f 1

1
1

Retificador

Conversor direto CC E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto
Conversor indireto CA
Conversor
indireto CA
Conversor indireto CC
Conversor
indireto CC
E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto CC Inversor Conversor

Inversor

Conversor

direto CA

E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto CC Inversor Conversor
E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto CC Inversor Conversor

v

2 ,f 2

5

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores estáticosestáticos

Conversores Conversores estáticos estáticos Classificação Classificação quanto quanto ao ao fluxo fluxo de de
Conversores Conversores estáticos estáticos Classificação Classificação quanto quanto ao ao fluxo fluxo de de

ClassificaçãoClassificação quantoquanto aoao fluxofluxo dede energia:energia:

quanto quanto ao ao fluxo fluxo de de energia: energia: 1. 1. Unidirecional Unidirecional em em

1.1. UnidirecionalUnidirecional emem tensãotensão ee correntecorrente (1(1 quadquad))

2.2. BidirecionalBidirecional emem tensãotensão ee unidirecionalunidirecional emem correntecorrente (2(2 quadquad))

3.3. BidirecionalBidirecional emem correntecorrente ee unidirecionalunidirecional emem tensãotensão (2(2 quadquad))

4.4. BidirecionalBidirecional emem tensãotensão ee correntecorrente (4(4 quadquad))

Prof. Leandro Michels

i

corrente (4 (4 quad quad ) ) Prof. Leandro Michels i k 2 o quad. 1

k

2 o quad.

1 o quad.

corrente (4 (4 quad quad ) ) Prof. Leandro Michels i k 2 o quad. 1

v

k

3 o quad.

4 o quad.

6

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores estáticosestáticos

Conversores Conversores estáticos estáticos Classificação Classificação quanto quanto ao ao modo modo de de
Conversores Conversores estáticos estáticos Classificação Classificação quanto quanto ao ao modo modo de de

ClassificaçãoClassificação quantoquanto aoao modomodo dede operaçãooperação::

quanto ao ao modo modo de de operação operação : : Conversores Conversores comutados comutados pela

ConversoresConversores comutadoscomutados pelapela linhalinha (EPO1)(EPO1) NecessitamNecessitam dede umauma tensãotensão CACA externaexterna parapara operaremoperarem adequadamenteadequadamente EmpregamEmpregam interruptoresinterruptores nãonão--controladoscontrolados (diodos)(diodos) ee semisemi--controladoscontrolados (tiristores)(tiristores)

ConversoresConversores completamentecompletamente controlcontrolááveisveis (EPO2)(EPO2) NãoNão necessitamnecessitam dede tensãotensão CACA externaexterna EmpregamEmpregam interruptoresinterruptores nãonão--controladoscontrolados (diodos)(diodos) ee completamentecompletamente controladoscontrolados (transistores)(transistores)

Prof. Leandro Michels

7

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

Aplicações:Aplicações: conversoresconversores estáticosestáticos

Aplicações: Aplicações: conversores conversores estáticos estáticos Prof. Leandro Michels 8
Aplicações: Aplicações: conversores conversores estáticos estáticos Prof. Leandro Michels 8
Aplicações: Aplicações: conversores conversores estáticos estáticos Prof. Leandro Michels 8

Prof. Leandro Michels

8

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores comutadoscomutados pelapela linhalinha

Conversores comutados comutados pela pela linha linha Dispositivos Dispositivos de de processamento
Conversores comutados comutados pela pela linha linha Dispositivos Dispositivos de de processamento

DispositivosDispositivos dede processamentoprocessamento dede energiaenergia

de de processamento processamento de de energia energia D i o d o D i o

DiodoDiodo

de de energia energia D i o d o D i o d o Tiristor Tiristor

TiristorTiristor

energia D i o d o D i o d o Tiristor Tiristor Indutor Indutor (reator)

IndutorIndutor (reator)(reator)

o d o Tiristor Tiristor Indutor Indutor (reator) (reator) Transformador Transformador Capacitor Capacitor metalizado

TransformadorTransformador

Indutor (reator) (reator) Transformador Transformador Capacitor Capacitor metalizado metalizado (CA) (CA)

CapacitorCapacitor metalizadometalizado (CA)(CA)

Capacitor Capacitor metalizado metalizado (CA) (CA) Capacitor Capacitor eletrolítico eletrolítico (CC) (CC)

CapacitorCapacitor eletrolíticoeletrolítico (CC)(CC)

Prof. Leandro Michels

9

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores comutadoscomutados pelapela linhalinha

Conversores comutados comutados pela pela linha linha ResistorResistor Snubber Snubber Dispositivos Dispositivos
Conversores comutados comutados pela pela linha linha ResistorResistor Snubber Snubber Dispositivos Dispositivos
ResistorResistor
ResistorResistor

SnubberSnubber

DispositivosDispositivos dede proteçãoproteção ee dissipaçãodissipação

de de proteção proteção e e dissipação dissipação Ventilador Ventilador Dissipador Dissipador de de calor

VentiladorVentilador

e e dissipação dissipação Ventilador Ventilador Dissipador Dissipador de de calor calor Resistor Resistor

DissipadorDissipador dede calorcalor

Ventilador Dissipador Dissipador de de calor calor Resistor Resistor NTC NTC Prof. Leandro Michels V a
Ventilador Dissipador Dissipador de de calor calor Resistor Resistor NTC NTC Prof. Leandro Michels V a

ResistorResistor NTCNTC

Prof. Leandro Michels

VaristorVaristor

FusívelFusível parapara semicondutorsemicondutor

10

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores comutadoscomutados pelapela linhalinha

Conversores comutados comutados pela pela linha linha Dispositivos Dispositivos de de instrumentação
Conversores comutados comutados pela pela linha linha Dispositivos Dispositivos de de instrumentação

DispositivosDispositivos dede instrumentaçãoinstrumentação

Dispositivos de de instrumentação instrumentação Sensor Sensor de de corrente corrente hall hall Sensor

SensorSensor dede correntecorrente hallhall

Sensor Sensor de de corrente corrente hall hall Sensor Sensor de de corrente corrente shunt shunt

SensorSensor dede correntecorrente shuntshunt

hall Sensor Sensor de de corrente corrente shunt shunt Sensor Sensor de de temperatura temperatura Prof.

SensorSensor dede temperaturatemperatura

Prof. Leandro Michels

Sensor de de temperatura temperatura Prof. Leandro Michels Sensor Sensor de de tensão tensão trafo trafo

SensorSensor dede tensãotensão trafotrafo

SensorSensor dede tensãotensão hallhall 11
SensorSensor dede
tensãotensão hallhall
11

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores comutadoscomutados pelapela linhalinha

Conversores comutados comutados pela pela linha linha Dispositivos Dispositivos de de comando comando e e
Conversores comutados comutados pela pela linha linha Dispositivos Dispositivos de de comando comando e e

DispositivosDispositivos dede comandocomando ee controlecontrole

Dispositivos de de comando comando e e controle controle Transformador Transformador de de pulso pulso Placa

TransformadorTransformador dede pulsopulso

controle Transformador Transformador de de pulso pulso Placa Placa de de aquisição aquisição e e controle

PlacaPlaca dede aquisiçãoaquisição ee controlecontrole

de de aquisição aquisição e e controle controle Driver Driver isolado isolado Fonte Fonte CC CC

DriverDriver isoladoisolado

aquisição aquisição e e controle controle Driver Driver isolado isolado Fonte Fonte CC CC 12 Prof.

FonteFonte CCCC

12

Prof. Leandro Michels

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

AplicaçõesAplicações dosdos conversoresconversores estáticosestáticos

dos dos conversores conversores estáticos estáticos 1. 1. Conversores Conversores comutados comutados pela
dos dos conversores conversores estáticos estáticos 1. 1. Conversores Conversores comutados comutados pela

1.1. ConversoresConversores comutadoscomutados pelapela linhalinha

AplicaçõesAplicações altasaltas potênciaspotências

SãoSão muitomuito empregadosempregados emem aplicaçõesaplicações industriaisindustriais

SãoSão muitomuito confiáveisconfiáveis

EmpregamEmpregam freqüênciasfreqüências dede comutaçãocomutação baixasbaixas ee elementoselementos reativosreativos grandesgrandes

Prof. Leandro Michels

13

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores nãonão--controladoscontrolados cargacarga RLRL

- - controlados controlados – – carga carga RL RL Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico
- - controlados controlados – – carga carga RL RL Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

MonofásicoMonofásico dede meiameia ondaonda

E

v

Monofásico Monofásico de de meia meia onda onda E v 1 Retificador Monofásico Monofásico de de
Monofásico Monofásico de de meia meia onda onda E v 1 Retificador Monofásico Monofásico de de
1
1

Retificador

Monofásico de de meia meia onda onda E v 1 Retificador Monofásico Monofásico de de onda

MonofásicoMonofásico dede ondaonda completacompleta comcom pontoponto médiomédio

RetificadorRetificador monofásicomonofásico dede ondaonda completacompleta emem ponteponte

RetificadorRetificador trifásicotrifásico comcom pontoponto médiomédio

RetificadorRetificador trifásicotrifásico dede ondaonda completacompleta

trifásico trifásico de de onda onda completa completa EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos 14 Prof. Leandro
trifásico trifásico de de onda onda completa completa EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos 14 Prof. Leandro
EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos
EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos

14

Prof. Leandro Michels

1 ,f 1

EPO I – Aula 01 – Informações gerais RetificadoresRetificadores nãonão--controladoscontrolados –– cargacarga
EPO I – Aula 01 – Informações gerais
RetificadoresRetificadores nãonão--controladoscontrolados –– cargacarga RLRL
AplicaçõesAplicações
AlternadorAlternador
MineraçãoMineração -- bauxitabauxita
15
Prof. Leandro Michels

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores nãonão--controladoscontrolados cargacarga RCRC

- - controlados controlados – – carga carga RC RC Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico
- - controlados controlados – – carga carga RC RC Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

MonofásicoMonofásico emem ondaonda completacompleta

MonofásicoMonofásico comocomo dobradordobrador dede tensãotensão

TrifásicoTrifásico

E

v

dobrador de de tensão tensão Trifásico Trifásico E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas
dobrador de de tensão tensão Trifásico Trifásico E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas
1
1

Retificador

de tensão tensão Trifásico Trifásico E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos Prof.
de tensão tensão Trifásico Trifásico E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos Prof.
de tensão tensão Trifásico Trifásico E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos Prof.

1 ,f 1

EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos
EmpregamEmpregam apenasapenas diodosdiodos

Prof. Leandro Michels

16

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores nãonão--controladoscontrolados cargacarga RCRC

- - controlados controlados – – carga carga RC RC Aplicações Aplicações Estágio Estágio de de
- - controlados controlados – – carga carga RC RC Aplicações Aplicações Estágio Estágio de de

AplicaçõesAplicações

– – carga carga RC RC Aplicações Aplicações Estágio Estágio de de entrada entrada de de

EstágioEstágio dede entradaentrada dede fontesfontes parapara computadorcomputador

Prof. Leandro Michels

para para computador computador Prof. Leandro Michels Fontes Fontes p/ p/ equipamentos equipamentos

FontesFontes p/p/ equipamentosequipamentos eletrônicoseletrônicos

17

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores diretosdiretos CCCC lineareslineares

Conversores diretos diretos CC CC lineares lineares Principais Principais tipos: tipos: Regulador Regulador de
Conversores diretos diretos CC CC lineares lineares Principais Principais tipos: tipos: Regulador Regulador de

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

ReguladorRegulador dede tensãotensão aa diododiodo zenerzener

ReguladorRegulador dede tensãotensão aa transistortransistor

ReguladorRegulador dede tensãotensão aa CICI

E

v

Regulador Regulador de de tensão tensão a a CI CI E v 1 Retificador 1 ,f
Regulador Regulador de de tensão tensão a a CI CI E v 1 Retificador 1 ,f
1
1

Retificador

de de tensão tensão a a CI CI E v 1 Retificador 1 ,f 1 CircuitoCircuito
de de tensão tensão a a CI CI E v 1 Retificador 1 ,f 1 CircuitoCircuito
de de tensão tensão a a CI CI E v 1 Retificador 1 ,f 1 CircuitoCircuito

1 ,f

1

CircuitoCircuito semsem comutaçãocomutação
CircuitoCircuito semsem comutaçãocomutação

Prof. Leandro Michels

18

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores diretosdiretos CCCC lineareslineares

Conversores diretos diretos CC CC lineares lineares Aplicações Aplicações Estágio Estágio de de saída
Conversores diretos diretos CC CC lineares lineares Aplicações Aplicações Estágio Estágio de de saída

AplicaçõesAplicações

diretos CC CC lineares lineares Aplicações Aplicações Estágio Estágio de de saída saída de de fontes

EstágioEstágio dede saídasaída dede fontesfontes p/p/ equipamentosequipamentos eletrônicoseletrônicos

Prof. Leandro Michels

eletrônicos eletrônicos Prof. Leandro Michels Estágio Estágio de de saída saída de de fontes

EstágioEstágio dede saídasaída dede fontesfontes p/p/ equipamentosequipamentos eletrônicoseletrônicos

19

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores controladoscontrolados cargacarga RLRL

controlados controlados – – carga carga RL RL Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico
controlados controlados – – carga carga RL RL Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

MonofásicoMonofásico dede meiameia ondaonda

MonofásicoMonofásico dede ondaonda completacompleta

RetificadorRetificador trifásicotrifásico comcom pontoponto médiomédio

RetificadorRetificador trifásicotrifásico dede ondaonda completacompleta

E

v

trifásico de de onda onda completa completa E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam diodosdiodos
trifásico de de onda onda completa completa E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam diodosdiodos
1
1

Retificador

de de onda onda completa completa E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam diodosdiodos ee
de de onda onda completa completa E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam diodosdiodos ee
de de onda onda completa completa E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam diodosdiodos ee

1 ,f 1

EmpregamEmpregam diodosdiodos ee tiristorestiristores
EmpregamEmpregam diodosdiodos ee tiristorestiristores

Prof. Leandro Michels

20

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores controladoscontrolados cargacarga RLRL

controlados controlados – – carga carga RL RL Aplicações Aplicações Solda Solda e e corte corte
controlados controlados – – carga carga RL RL Aplicações Aplicações Solda Solda e e corte corte

AplicaçõesAplicações

– – carga carga RL RL Aplicações Aplicações Solda Solda e e corte corte Prof. Leandro

SoldaSolda ee cortecorte

Prof. Leandro Michels

RL Aplicações Aplicações Solda Solda e e corte corte Prof. Leandro Michels Fornos Fornos a a

FornosFornos aa arcoarco CCCC

21

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores controladoscontrolados cargacarga RLRL

controlados controlados – – carga carga RL RL Aplicações Aplicações Galvanização Galvanização
controlados controlados – – carga carga RL RL Aplicações Aplicações Galvanização Galvanização

AplicaçõesAplicações

– – carga carga RL RL Aplicações Aplicações Galvanização Galvanização eletrolítica eletrolítica

GalvanizaçãoGalvanização eletrolíticaeletrolítica

Prof. Leandro Michels

eletrolítica eletrolítica Prof. Leandro Michels E l e t r o l i s a ç

EletrolisaçãoEletrolisação

22

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores controladoscontrolados cargacarga RLRL

controlados controlados – – carga carga RL RL Aplicações Aplicações HVDC HVDC (Transmissão
controlados controlados – – carga carga RL RL Aplicações Aplicações HVDC HVDC (Transmissão

AplicaçõesAplicações

– – carga carga RL RL Aplicações Aplicações HVDC HVDC (Transmissão (Transmissão de de energia
– – carga carga RL RL Aplicações Aplicações HVDC HVDC (Transmissão (Transmissão de de energia

HVDCHVDC (Transmissão(Transmissão dede energiaenergia emem correntecorrente contínua)contínua)

Prof. Leandro Michels

23

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores controladoscontrolados cargacarga RLERLE

controlados controlados – – carga carga RLE RLE Aplicações Aplicações Excitatriz Excitatriz estática
controlados controlados – – carga carga RLE RLE Aplicações Aplicações Excitatriz Excitatriz estática

AplicaçõesAplicações

– – carga carga RLE RLE Aplicações Aplicações Excitatriz Excitatriz estática estática (geração

ExcitatrizExcitatriz estáticaestática (geração(geração dodo campo)campo) parapara motormotor CCCC ee geradorgerador síncronosíncrono

Prof. Leandro Michels

gerador gerador síncrono síncrono Prof. Leandro Michels Motor Motor CC CC → → giro giro unidirecional

MotorMotor CCCC girogiro unidirecionalunidirecional

24

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores duaisduais

Conversores Conversores duais duais Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico com com ponto ponto
Conversores Conversores duais duais Principais Principais tipos: tipos: Monofásico Monofásico com com ponto ponto

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

MonofásicoMonofásico comcom pontoponto médiomédio MonofásicoMonofásico emem ponteponte TrifásicoTrifásico comcom 33 pulsospulsos TrifásicoTrifásico comcom 66 pulsospulsos

E

v

Trifásico Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam
Trifásico Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam
1
1
Trifásico Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam
Trifásico Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam

Retificador

Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas
Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas
Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas
Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas
Trifásico com com 6 6 pulsos pulsos E v 1 Retificador 1 ,f 1 EmpregamEmpregam apenasapenas

1 ,f 1

EmpregamEmpregam apenasapenas tiristorestiristores
EmpregamEmpregam apenasapenas tiristorestiristores

Prof. Leandro Michels

25

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores duaisduais

Conversores Conversores duais duais Aplicações Aplicações Motor Motor CC CC → → giro giro bidirecional
Conversores Conversores duais duais Aplicações Aplicações Motor Motor CC CC → → giro giro bidirecional

AplicaçõesAplicações

Conversores duais duais Aplicações Aplicações Motor Motor CC CC → → giro giro bidirecional
Conversores duais duais Aplicações Aplicações Motor Motor CC CC → → giro giro bidirecional

MotorMotor CCCC girogiro bidirecionalbidirecional IndústriaIndústria dede laminação,laminação, papapel,pel, cimento,cimento, mineraçãomineração

Prof. Leandro Michels

26

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

GradadoresGradadores

Gradadores Gradadores Principais Principais tipos: tipos: Gradadores Gradadores monofásicos monofásicos Gradadores
Gradadores Gradadores Principais Principais tipos: tipos: Gradadores Gradadores monofásicos monofásicos Gradadores

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

GradadoresGradadores monofásicosmonofásicos GradadoresGradadores trifásicostrifásicos ControleControle porpor ciclosciclos inteirosinteiros

v Controle Controle por por ciclos ciclos inteiros inteiros 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2

Controle por por ciclos ciclos inteiros inteiros v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2

1 ,f 1

por por ciclos ciclos inteiros inteiros v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f
por por ciclos ciclos inteiros inteiros v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f
por por ciclos ciclos inteiros inteiros v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f
por por ciclos ciclos inteiros inteiros v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f
por por ciclos ciclos inteiros inteiros v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f

Conversor

direto CA

ciclos inteiros inteiros v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f 2 EmpregamEmpregam apenasapenas

v

2 ,f 2

EmpregamEmpregam apenasapenas tiristorestiristores
EmpregamEmpregam apenasapenas tiristorestiristores

Prof. Leandro Michels

27

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

GradadoresGradadores cargacarga RR

Gradadores Gradadores – – carga carga R R Aplicações Aplicações Controle Controle de de temperatura
Gradadores Gradadores – – carga carga R R Aplicações Aplicações Controle Controle de de temperatura

AplicaçõesAplicações

– – carga carga R R Aplicações Aplicações Controle Controle de de temperatura temperatura Ducha

ControleControle dede temperaturatemperatura DuchaDucha eletrônicaeletrônica

Prof. Leandro Michels

temperatura Ducha Ducha eletrônica eletrônica Prof. Leandro Michels Fornos Fornos industriais industriais 28

FornosFornos industriaisindustriais

28

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

GradadoresGradadores cargascargas genéricasgenéricas

Gradadores – – cargas cargas genéricas genéricas Aplicações Aplicações Estabilizadores Estabilizadores
Gradadores – – cargas cargas genéricas genéricas Aplicações Aplicações Estabilizadores Estabilizadores

AplicaçõesAplicações

cargas genéricas genéricas Aplicações Aplicações Estabilizadores Estabilizadores eletrônicos eletrônicos

EstabilizadoresEstabilizadores eletrônicoseletrônicos dede tensãotensão

Prof. Leandro Michels

eletrônicos de de tensão tensão Prof. Leandro Michels Chaves Chaves de de transferência transferência

ChavesChaves dede transferênciatransferência estáticaestática

29

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

GradadoresGradadores cargacarga LL

Gradadores Gradadores – – carga carga L L Aplicações Aplicações Compensadores Compensadores estáticos
Gradadores Gradadores – – carga carga L L Aplicações Aplicações Compensadores Compensadores estáticos

AplicaçõesAplicações

– – carga carga L L Aplicações Aplicações Compensadores Compensadores estáticos estáticos de de

CompensadoresCompensadores estáticosestáticos dede potênciapotência reativareativa (FACTS(FACTS transmissãotransmissão dede energia)energia)

Prof. Leandro Michels

30

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

GradadoresGradadores cargacarga RLERLE

Gradadores Gradadores – – carga carga RLE RLE Aplicações Aplicações Sistema Sistema de de partida partida
Gradadores Gradadores – – carga carga RLE RLE Aplicações Aplicações Sistema Sistema de de partida partida

AplicaçõesAplicações

– – carga carga RLE RLE Aplicações Aplicações Sistema Sistema de de partida partida suave suave

SistemaSistema dede partidapartida suavesuave parapara motoresmotores ((softsoft--startersstarters))

Prof. Leandro Michels

31

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

CicloconversoresCicloconversores

Cicloconversores Cicloconversores Principais Principais tipos: tipos: Trifásicos Trifásicos 3 3 pulsos pulsos com
Cicloconversores Cicloconversores Principais Principais tipos: tipos: Trifásicos Trifásicos 3 3 pulsos pulsos com

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

TrifásicosTrifásicos 33 pulsospulsos comcom pontoponto médiomédio

TrifásicoTrifásico 66 pulsos,pulsos, emem ponte,ponte, parapara cargascargas isoladasisoladas

TrifásicosTrifásicos 66 pulsos,pulsos, emem ponte,ponte, parapara cargascargas nãonão isoladasisoladas

v para para cargas cargas não não isoladas isoladas 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2

para para cargas cargas não não isoladas isoladas v 1 ,f 1 Conversor direto CA v

1 ,f 1

cargas cargas não não isoladas isoladas v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f
cargas cargas não não isoladas isoladas v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f

Conversor

direto CA

não isoladas isoladas v 1 ,f 1 Conversor direto CA v 2 ,f 2 EmpregamEmpregam apenasapenas

v

2 ,f 2

EmpregamEmpregam apenasapenas tiristorestiristores
EmpregamEmpregam apenasapenas tiristorestiristores

Prof. Leandro Michels

32

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

CicloconversoresCicloconversores

Cicloconversores Cicloconversores Aplicações Aplicações Controle Controle de de motores motores CA CA de de
Cicloconversores Cicloconversores Aplicações Aplicações Controle Controle de de motores motores CA CA de de

AplicaçõesAplicações

Cicloconversores Cicloconversores Aplicações Aplicações Controle Controle de de motores motores CA CA de de

ControleControle dede motoresmotores CACA dede propulsãopropulsão dede altaalta potênciapotência (trens,(trens, navios,navios, guindastes)guindastes)

Prof. Leandro Michels

33

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

InversoresInversores

Inversores Inversores Principais Principais tipos: tipos: Monofásicos Monofásicos Trifásicos Trifásicos 3 3
Inversores Inversores Principais Principais tipos: tipos: Monofásicos Monofásicos Trifásicos Trifásicos 3 3

PrincipaisPrincipais tipos:tipos:

MonofásicosMonofásicos TrifásicosTrifásicos 33 braçosbraços TrifásicosTrifásicos 44 braçosbraços

braços Trifásicos Trifásicos 4 4 braços braços v Inversor E 2 2 ,f 2 EmpregamEmpregam
braços Trifásicos Trifásicos 4 4 braços braços v Inversor E 2 2 ,f 2 EmpregamEmpregam
braços Trifásicos Trifásicos 4 4 braços braços v Inversor E 2 2 ,f 2 EmpregamEmpregam

vbraços Trifásicos Trifásicos 4 4 braços braços Inversor E 2 2 ,f 2 EmpregamEmpregam

braços Trifásicos Trifásicos 4 4 braços braços v Inversor E 2 2 ,f 2 EmpregamEmpregam
Inversor
Inversor
Trifásicos Trifásicos 4 4 braços braços v Inversor E 2 2 ,f 2 EmpregamEmpregam tiristorestiristores ee

E 2

2 ,f 2

EmpregamEmpregam tiristorestiristores ee diodosdiodos
EmpregamEmpregam tiristorestiristores ee diodosdiodos

Prof. Leandro Michels

34

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

InversoresInversores

Inversores Inversores Aplicações Aplicações Forno Forno de de indução indução Prof. Leandro Michels 35
Inversores Inversores Aplicações Aplicações Forno Forno de de indução indução Prof. Leandro Michels 35

AplicaçõesAplicações

Inversores Inversores Aplicações Aplicações Forno Forno de de indução indução Prof. Leandro Michels 35
Inversores Inversores Aplicações Aplicações Forno Forno de de indução indução Prof. Leandro Michels 35

FornoForno dede induçãoindução

Prof. Leandro Michels

35

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

AplicaçõesAplicações dosdos conversoresconversores estáticosestáticos

dos dos conversores conversores estáticos estáticos 2. 2. Conversores Conversores completamente completamente
dos dos conversores conversores estáticos estáticos 2. 2. Conversores Conversores completamente completamente

2.2. ConversoresConversores completamentecompletamente controláveiscontroláveis

AplicaçõesAplicações potênciaspotências pequenaspequenas aa médiasmédias

SãoSão muitomuito empregadosempregados emem sistemassistemas comerciaiscomerciais ee resitênciasresitências

PossuemPossuem elevadaelevada densidadedensidade dede potênciapotência

EmpregamEmpregam freqüênciasfreqüências dede comutaçãocomutação elevadaselevadas ee elementoselementos reativosreativos pequenospequenos

Prof. Leandro Michels

36

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores comutadoscomutados emem altaalta freqüênciafreqüência

comutados em em alta alta freqüência freqüência Classificação Classificação dos dos conversores
comutados em em alta alta freqüência freqüência Classificação Classificação dos dos conversores

ClassificaçãoClassificação dosdos conversoresconversores estáticos:estáticos:

CCCC--CCCC ((pulsadorpulsador))

CACA--CCCC (retificador)(retificador)

CCCC--CACA (inversor)(inversor)

CACA--CACA ((gradadorgradador// cicloconversorcicloconversor))

Prof. Leandro Michels

E

Conversor

direto CC

E

2

Prof. Leandro Michels E Conversor direto CC E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor

v Prof. Leandro Michels E Conversor direto CC E 2 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto

Leandro Michels E Conversor direto CC E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto

1 ,f 1

1
1

Retificador

Conversor direto CC E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto
Conversor indireto CA
Conversor
indireto CA
Conversor indireto CC
Conversor
indireto CC
E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto CC Inversor Conversor

Inversor

Conversor

direto CA

E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto CC Inversor Conversor
E 2 v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto CC Inversor Conversor

v

2 ,f 2

37

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversorConversor CCCC--CCCC altaalta freqüênciafreqüência

CC - - CC CC – – alta alta freqüência freqüência Aplicações Aplicações Fontes Fontes de
CC - - CC CC – – alta alta freqüência freqüência Aplicações Aplicações Fontes Fontes de

AplicaçõesAplicações

alta freqüência freqüência Aplicações Aplicações Fontes Fontes de de computadores computadores (VRM) (VRM)

FontesFontes dede computadorescomputadores (VRM)(VRM)

Prof. Leandro Michels

computadores computadores (VRM) (VRM) Prof. Leandro Michels Fontes Fontes CC CC - - CC CC para

FontesFontes CCCC--CCCC parapara equipamentosequipamentos eletrônicoseletrônicos

38

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

RetificadoresRetificadores altaalta--freqüênciafreqüência

– – alta alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Retificadores Retificadores para
– – alta alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Retificadores Retificadores para

AplicaçõesAplicações

alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Retificadores Retificadores para para aplicações
alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Retificadores Retificadores para para aplicações

RetificadoresRetificadores parapara aplicaçõesaplicações emem telecomunicaçõestelecomunicações

Prof. Leandro Michels

telecomunicações telecomunicações Prof. Leandro Michels Carregadores Carregadores compactos compactos para para

CarregadoresCarregadores compactoscompactos parapara equipamentosequipamentos eletrônicoseletrônicos

39

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

InversoresInversores altaalta--freqüênciafreqüência

Inversores – – alta alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações A m p l i
Inversores – – alta alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações A m p l i

AplicaçõesAplicações

alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações A m p l i f i c a

AmplificadoresAmplificadores dede somsom

Prof. Leandro Michels

e s d e d e s o m s o m Prof. Leandro Michels Estágio

EstágioEstágio dede saídasaída dede inversoresinversores dede freqüênciafreqüência

40

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores CACA--CACA altaalta--freqüênciafreqüência

- - CA CA – – alta alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Acionamento Acionamento
- - CA CA – – alta alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Acionamento Acionamento

AplicaçõesAplicações

alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Acionamento Acionamento de de motores motores Prof.
alta - - freqüência freqüência Aplicações Aplicações Acionamento Acionamento de de motores motores Prof.

AcionamentoAcionamento dede motoresmotores

Prof. Leandro Michels

41

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversoresConversores indiretosindiretos (em(em cascata)cascata)

Conversores indiretos indiretos (em (em cascata) cascata) PodemPodem utilizarutilizar conversorconversor dede
Conversores indiretos indiretos (em (em cascata) cascata) PodemPodem utilizarutilizar conversorconversor dede
PodemPodem utilizarutilizar conversorconversor dede baixabaixa freqüênciafreqüência (BF)(BF) emem conjuntoconjunto
PodemPodem utilizarutilizar
conversorconversor dede baixabaixa
freqüênciafreqüência (BF)(BF) emem
conjuntoconjunto comcom
outrooutro dede altaalta
freqüênciafreqüência (AF)(AF)

Prof. Leandro Michels

E

v freqüênciafreqüência (AF)(AF) Prof. Leandro Michels E 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor

freqüênciafreqüência (AF)(AF) Prof. Leandro Michels E v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor

1 ,f 1

1

Retificador

(AF)(AF) Prof. Leandro Michels E v 1 ,f 1 1 Retificador Conversor indireto CA Conversor indireto
Conversor indireto CA
Conversor
indireto CA
Conversor indireto CC Inversor
Conversor
indireto CC
Inversor

Conversor

Conversor

direto CA

direto CC

Conversor indireto CA Conversor indireto CC Inversor Conversor Conversor direto CA direto CC v E 2

v

E 2

2 ,f 2

42

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

ConversorConversor indiretosindiretos (em(em cascata)cascata)

Conversor indiretos indiretos (em (em cascata) cascata) Aplicações Aplicações Fonte Fonte para para telecom
Conversor indiretos indiretos (em (em cascata) cascata) Aplicações Aplicações Fonte Fonte para para telecom

AplicaçõesAplicações

(em (em cascata) cascata) Aplicações Aplicações Fonte Fonte para para telecom telecom Retificador
(em (em cascata) cascata) Aplicações Aplicações Fonte Fonte para para telecom telecom Retificador
(em (em cascata) cascata) Aplicações Aplicações Fonte Fonte para para telecom telecom Retificador

FonteFonte parapara telecomtelecom RetificadorRetificador (AF)(AF) CCCC--CCCC (AF)(AF)

Prof. Leandro Michels

(AF) (AF) CC CC - - CC CC (AF) (AF) Prof. Leandro Michels No No -

NoNo--breaksbreaks RetificadorRetificador (BF/AF)(BF/AF) InversorInversor (AF)(AF)

Retificador (BF/AF) (BF/AF) Inversor Inversor (AF) (AF) Inversor Inversor de de freq freq Retificador Retificador

InversorInversor dede

freqfreq

RetificadorRetificador (BF)(BF) InversorInversor (AF)(AF)

43

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

CaseCase realreal

Case Case real real A A Schulz Schulz S/A S/A adquiriu adquiriu dois dois transformadores transformadores
Case Case real real A A Schulz Schulz S/A S/A adquiriu adquiriu dois dois transformadores transformadores

AA SchulzSchulz S/AS/A adquiriuadquiriu doisdois transformadorestransformadores dede 6,6256,625 MVAMVA dede potênciapotência ee 13,813,8 kVkV comcom umum retificadorretificador dede saídasaída dede 1212 pulsospulsos (cada)(cada) parapara alimentaralimentar umum fornoforno dede induçãoindução dede 9MVA.9MVA. CadaCada transformadortransformador possuipossui 1212 pulsospulsos defasadosdefasados dede 30º30º entreentre sisi ee deslocadosdeslocados 7,5º7,5º emem relaçãorelação aoao ânguloângulo dede origemorigem (um(um transformadortransformador positivopositivo ee outrooutro negativo),negativo), oo retificadorretificador éé alimentadoalimentado pelospelos 22 transformadorestransformadores simultaneamente,simultaneamente, resultando,resultando, assim,assim, umum sistemasistema comcom umauma defasagemdefasagem dede 15°15° entreentre osos pulsos.pulsos.

Prof. Leandro Michels

44

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

EPO I – Aula 01 – Informações gerais

CaseCase realreal

Case Case real real Perguntas: Perguntas: 1. 1. Porque Porque decidiu decidiu - - se se
Case Case real real Perguntas: Perguntas: 1. 1. Porque Porque decidiu decidiu - - se se

Perguntas:Perguntas:

1.1. PorquePorque decidiudecidiu--sese usarusar umum retificadorretificador dede 2424

pulsos?pulsos?

2.2. PorquePorque osos transformadorestransformadores (juntos)(juntos) temtem potênciapotência

dede 13,25MVA13,25MVA sese aa potênciapotência dada cargacarga éé dede 9MVA?9MVA?

3.3. ComoComo foramforam dimensionadosdimensionados osos diodos/tiristoresdiodos/tiristores

parapara esteeste sistema?sistema?

TalvezTalvez vocêsvocês nuncanunca precisarãoprecisarão projetarprojetar umum dosdos sistemassistemas
TalvezTalvez vocêsvocês nuncanunca precisarãoprecisarão projetarprojetar umum dosdos
sistemassistemas estudadosestudados emem EPO1,EPO1, masmas éé bembem possívelpossível
queque precisemprecisem conhecerconhecer estesestes sistemassistemas emem umauma
decisãodecisão dede compracompra ouou parapara manutençãomanutenção

Prof. Leandro Michels

45

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

UNIVERSIDADEUNIVERSIDADE DODO ESTADESTADOO DEDE SANTASANTA CATARINACATARINA CENTROCENTRO DEDE CIÊNCIASCIÊNCIAS TECNOLÓGICASTECNOLÓGICAS DEPARTAMENTODEPARTAMENTO DEDE ENGENHARIAENGENHARIA ELÉTRICAELÉTRICA CURSOCURSO DEDE ENGENHARIAENGENHARIA ELÉTRICAELÉTRICA

CURSO DE DE ENGENHARIA ENGENHARIA ELÉTRICA ELÉTRICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA DE DE POTÊNCIA POTÊNCIA I I
CURSO DE DE ENGENHARIA ENGENHARIA ELÉTRICA ELÉTRICA ELETRÔNICA ELETRÔNICA DE DE POTÊNCIA POTÊNCIA I I

ELETRÔNICAELETRÔNICA DEDE POTÊNCIAPOTÊNCIA II AulaAula 0202 TeoriaTeoria básicabásica dosdos conversoresconversores estáticosestáticos

dos dos conversores conversores estáticos estáticos Prof. Prof. Leandro Leandro Michels, Michels, Dr. Dr.
dos dos conversores conversores estáticos estáticos Prof. Prof. Leandro Leandro Michels, Michels, Dr. Dr.

Prof.Prof. LeandroLeandro Michels,Michels, Dr.Dr. Eng.Eng. leandromichels@gmail.comleandromichels@gmail.com

1

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

TeoriaTeoria básicabásica dosdos conversoresconversores estáticosestáticos

dos dos conversores conversores estáticos estáticos Um Um sistema sistema de de conversão conversão
dos dos conversores conversores estáticos estáticos Um Um sistema sistema de de conversão conversão

UmUm sistemasistema dede conversãoconversão estáticaestática dede energiaenergia éé constituídoconstituído dosdos seguintesseguintes elementos:elementos:

dos dos seguintes seguintes elementos: elementos: Fontes Fontes energia energia energia energia Conversor

FontesFontes

seguintes seguintes elementos: elementos: Fontes Fontes energia energia energia energia Conversor Conversor

energiaenergia

elementos: elementos: Fontes Fontes energia energia energia energia Conversor Conversor estático estático
elementos: elementos: Fontes Fontes energia energia energia energia Conversor Conversor estático estático

energiaenergia

ConversorConversor estáticoestático

energia energia Conversor Conversor estático estático Cargas Cargas EmboraEmbora a(s)a(s) fonte(s)fonte(s) ee

CargasCargas

EmboraEmbora a(s)a(s) fonte(s)fonte(s) ee a(s)a(s) carga(s)carga(s) nãonão componhamcomponham osos
EmboraEmbora a(s)a(s) fonte(s)fonte(s) ee a(s)a(s) carga(s)carga(s) nãonão componhamcomponham
osos conversores,conversores, elaselas sãosão fundamentaisfundamentais parapara oo
funcionamentofuncionamento dodo sistemasistema dede conversãoconversão dede energiaenergia

Prof. Leandro Michels

2

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

TeoriaTeoria básicabásica dosdos conversoresconversores estáticosestáticos

dos dos conversores conversores estáticos estáticos Os Os conversores conversores estáticos estáticos são
dos dos conversores conversores estáticos estáticos Os Os conversores conversores estáticos estáticos são

OsOs conversoresconversores estáticosestáticos sãosão formadosformados pelospelos seguintesseguintes gruposgrupos dede elementos:elementos:

NãoNão--lineareslineares dispositivosdispositivos semicondutoressemicondutores (diodos,(diodos, tiristores,tiristores, etc.)etc.)

LinearesLineares reativosreativos indutores,indutores, capacitorescapacitores ee transformadorestransformadores

LinearesLineares dissipativosdissipativos resistoresresistores (não(não existenteexistente emem conversoresconversores ideais)ideais)

Prof. Leandro Michels

resistores (não (não existente existente em em conversores conversores ideais) ideais) Prof. Leandro Michels 3
resistores (não (não existente existente em em conversores conversores ideais) ideais) Prof. Leandro Michels 3
resistores (não (não existente existente em em conversores conversores ideais) ideais) Prof. Leandro Michels 3
resistores (não (não existente existente em em conversores conversores ideais) ideais) Prof. Leandro Michels 3
resistores (não (não existente existente em em conversores conversores ideais) ideais) Prof. Leandro Michels 3

3

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

TeoriaTeoria básicabásica dosdos conversoresconversores estáticosestáticos

dos dos conversores conversores estáticos estáticos Função Função de de cada cada grupo grupo de de
dos dos conversores conversores estáticos estáticos Função Função de de cada cada grupo grupo de de

FunçãoFunção dede cadacada grupogrupo dede elementos:elementos:

NãoNão--lineareslineares operamoperam comocomo interruptoresinterruptores parapara fazerfazer aa conversãoconversão dede correntescorrentes ouou tensõestensões dede CACACCCC ee CCCCCACA

LinearesLineares reativosreativos operamoperam comocomo armazenadoresarmazenadores intermediintermediááriorio dada energia;energia; efetuamefetuam alteraalteraççõesões nana magnitudemagnitude dede correntescorrentes ee tensões,tensões, isolaisolaççãoão galvânicagalvânica (transformadores)(transformadores) ee filtragemfiltragem dede tensõestensões e/oue/ou correntescorrentes (OBS:(OBS: oo mesmomesmo elementoelemento podepode terter maismais dede umauma funfunçção)ão)

LinearesLineares dissipativosdissipativos operamoperam comocomo consumidoresconsumidores dede energia;energia; empregadosempregados parapara oo amortecimentoamortecimento dede oscilaoscilaççõesões ee proteproteççãoão dede dispositivosdispositivos

4

Prof. Leandro Michels

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

EPO I – Aula 02 – Teoria básica dos conversores

ElementosElementos nãonão--lineareslineares (semicondutores)(semicondutores)

- - lineares lineares (semicondutores) (semicondutores) Característica Característica fundamental: fundamental:
- - lineares lineares (semicondutores) (semicondutores) Característica Característica fundamental: fundamental:

CaracterísticaCaracterística fundamental:fundamental:

DispositivoDispositivo dede doisdois terminaisterminais (excluindo(excluindo osos terminaisterminais dede controle)controle)

OperaçãoOperação comocomo interruptorinterruptor

ModosModos dede operaçãooperação (comportamento(comportamento ideal):ideal):

InterruptorInterruptor abertoaberto aa correntecorrente