Você está na página 1de 3

Tarefa 1 – Planear um workshop

OBJECTIVOS DO WORKSHOP FORMATIVO DIRIGIDO AOS DOCENTES DA ESCOLA


• definir a missão da BE e o seu papel na escola;
• consciencializar para a necessidade de um modelo de avliação para a BE;
• analisar os objectivos da avaliação da BE e formas da operacionalizar;
• sensibilizar todos para a extrema importância de uma participação alargada na avaliação da BE.

[Segue a azul a referência a instrumentos externos que usaria no workshop]
(instrumento 1 – powerpoint dividido em 4 partes)

Parte I

- Missão da BE (cf Manifesto da BE)


tornar os alunos sujeitos activos do seu conhecimento
promover a leitura
formar para as novas literacias e disponibilizar novos ambientes de aprendizagem
questionar as suas práticas sistematicamente e ajustar estratégias

- Missão central da escola


ensinar os alunos a construir o seu conhecimento e a desenvolver estratégias relevantes para a
resolução de problemas

Logo BE deve trabalhar articuladamente com a escola para o desenvolvimento desta


enquanto comunidade inclusiva, interactiva e dotada de poder de aprendizagem ao
longo da vida (cf Manifesto IFLA/ UNESCO 2000)

Após os problemas identificados pela escola, a BE deve fazer um planeamento estratégico da sua
actividade, privilegiando um de 4 domínios
• Apoio ao desenvolvimento curricular
• Leitura e literacia
• Projectos, parcerias e actividades livres e de abertura à comunidade
• Gestão da BE
Os objectivos da BE centrados sempre nos resultados e no impacto nas aprendizagens dos alunos.

Trabalho de Luísa Pires 1


Tarefa 1 – Planear um workshop

Parte II
Consciencializara para dois pontos:
1. para obter os resultados desejados é necessário aferir as estratégias que estão a ser desenvolvidas;
2. só se pode saber se estamos no bom caminho se avaliarmos o que se está a fazer.

Daqui pertinência de um modelo de avaliação para as BE.

Esta avaliação não é um fim mas um processo.

Pergunta subjacente ao processo:


Como é que a BE e as suas iniciativas influenciam as aprendizagens dos alunos?

Objectivos da avaliação:
• aferir estratégias para as reforçar ou alterar no sentido dos resultados esperados;
• identificar pontos fortes e fracos;
• contribuir para a melhoria qualitativa do impacto da BE.

Parte III

Reflectir acerca da importância de uma prática de recolha de evidências que devem documentar toda a
actividade e impacto da BE (apresentar exemplos de evidências)

Um programa bem sucedido deve estabelecer expectativas claras, objectivos exequíveis, prazos reais e
recolher evidências de forma sistemática de alunos e professores realtivas ao seu impacto nas
aprendizagens.

As evidências têm de ser avaliadas e interpretadas para orientar os caminhos que a BE deve seguir para
atingir o perfil de desempenho desejado em cada domínio.

Trabalho de Luísa Pires 2


Tarefa 1 – Planear um workshop

Parte IV

A BE é de toda a comunidade e para todos; ela partilha os aobjectivos da escola.

Para que a BE tenha o impacto desejado na aprendizagem dos alunos imprescindível o trabalho
colaborativo entre todos (PB+docentes)

Para que a avliação da BE cumpra os seus objectivos imprescindível a colaboração de todos

(instrumento 2 – apresentar exemplos dos questionários/ instrumentos de avaliação sugeridos pela


RBE; abrir à discussão de grupo)

Tarefa final

Apresentar um documento de construção colaborativa – por ex, do google.docs – que cada professor teria
que aceder nos próximos dois dias, colocando nesse documento um compromisso pessoal de uma
actividade de colaboração com a BE/ PB.

Trabalho de Luísa Pires 3