Você está na página 1de 6

TEXTO INFORMATIVO

Lê o texto seguinte:

O cabelo é formado por queratina, uma proteína secundária, composta por


diversos aminoácidos. A parte viva do cabelo é a sua raiz, onde as células
se reproduzem, morrem e endurecem, formando um cilindro que é
continuamente empurrado para o exterior através da epiderme. O
crescimento do cabelo passa por três fases: a fase de crescimento
propriamente dita, que dura três anos nos homens e aproximadamente
seis nas mulheres, em que as células se vão multiplicando de forma
contínua e regular (o cabelo cresce em média cerca de um centímetro por
mês); depois desse período o cabelo pára de crescer e morre, é a fase de
transição; por último, ao fim de três ou quatro meses, o cabelo solta-se da
raiz e cai. O ciclo volta a começar e o cabelo que caiu é substituído por
outro. É por isso que normalmente nos caem algumas dezenas de cabelos
por dia. O cabelo cresce mais depressa nos homens do que nas mulheres,
mas são eles que são mais atingidos pela queda de cabelo. O crescimento
mais rápido dá-se entre os 15 e os 30 anos, quando as alterações
hormonais da adolescência estabilizam. A partir dos 50 o crescimento
capilar torna-se significativamente mais lento. (...) A ideia comum de que o
cabelo cresce mais depressa se o cortarmos mais vezes não tem
fundamento.

revista “Xis”, in Público, 1 de Abril de 2006


1. Organiza as sequências informativas de acordo com a ordem do texto:
a) Cortar o cabelo muitas vezes não tem qualquer influência na velocidade
do seu crescimento.
b) A velocidade de crescimento do cabelo é superior nos homens.
c) As mulheres são menos atingidas pela queda de cabelo.
d) O ciclo vital do cabelo é constituído por três fases.
e) O crescimento capilar acelera entre os 15 e os 30 anos e abranda a
partir dos 50.
f) As células reproduzem-se, morrem e endurecem na raiz, a parte viva do
cabelo.
g) A proteína secundária que forma o cabelo é a queratina.
h) A partir da raiz, o cabelo é empurrado através da epiderme para o
exterior.

2. Completa o quadro com os termos ou expressões presentes no texto


que remetam para a área da biologia:

Nomes Adjectivos Verbos


queratina secundária reproduzem
3. Completa o texto com as preposições e locuções prepositivas
apresentadas.
(Não te esqueças que poderás ter de fazer contracções!)

Preposições e locuções prepositivas


entre; por (2 vezes); junto de; de; de fora; sobre; em (4 vezes); por entre;
para (2 vezes)
Mestre Finezas puxava um banquinho para o meio ______________ a loja e
enrolava-me numa enorme toalha. Só me ficava a cabeça ______________.
Como o tempo corria devagar!
A tesoura tinia e cortava ______________ as minhas orelhas. Eu não podia
mexer-me, não podia bocejar sequer. – “Está quieto, menino” – repetia
mestre Finezas segurando-me a cabeça ______________ as pontas duras
dos dedos: – “Assim, quieto!” – Os pedacitos de cabelo espalhados
______________ o pescoço, ______________ a cara, faziam comichão e não me
era permitido coçar. ______________ as madeixas caídas ______________ os
olhos via-lhe, ______________ o espelho, as pernas esguias, o carão severo
de magro, o corpo alto curvado. Via--lhe os braços compridos, arqueados
como duas garras ______________ a minha cabeça. Lembrava uma aranha.
E eu – sumido ______________ a toalha, tolhido ______________ uma posição
tão incómoda que todo o corpo me doía ______________ – era
______________ ali uma pobre criatura indefesa ______________ as mãos de
Mestre Ilídio Finezas.

Manuel da Fonseca, Aldeia Nova, Portugália Ed. (adaptado)


4. Reescreve as frases substituindo as formas sublinhadas pela forma
pronominal correspondente:
a) Mestre Finezas enrolava o menino numa toalha.
b) A tesoura tinia e cortava-lhe o cabelo.
c) Um dia, ele fez o corte de modo muito elaborado.
d) Eu via cair os pedaços de cabelo e imaginava-me numa sala de tortura.
e) Ficava sempre triste quando, em pequeno, me cortavam os caracóis.
f) Visitámos ontem a mostra de cabeleiras postiças.
g) A Joana ofereceu uma peruca à irmã.

5. Reescreve as frases colocando as formas verbais destacadas no futuro


do indicativo e no condicional:
a) A mãe escovava-lhe o cabelo suavemente.
Futuro do indicativo
Condicional
b) Os caracóis perdem-se logo na primeira tesourada.
Futuro do indicativo
Condicional
c) Nesse tempo tinha-lhe medo.
Futuro do indicativo
Condicional
SOLUÇÕES

1.
a) 8; b) 5; c) 6; d) 4; e) 7; f) 2; g) 1; h) 3.

2.
Nomes: proteína; aminoácidos; células; epiderme; crescimento; transição;
ciclo; alterações.
Adjectivos: composta; viva; contínua; regular; rápido; hormonais; capilar;
lento.
Verbos: reproduzem; morrem; endurecem; multiplicando; cresce; solta-
se; cai; estabilizam.

3.
da; de fora; junto das; entre; pelo; pela; por entre; para; no; sobre; na;
numa; para;
nas.

4.
a) Mestre Finezas enrolava-o numa toalha.
b) A tesoura tinia e cortava-lho.
c) Um dia, ele fê-lo de modo muito elaborado.
d) Eu via-os cair e imaginava-me numa sala de tortura.
e) Ficava sempre triste quando, em pequeno, mos cortavam.
f) Visitámo-la ontem.
g) A Joana ofereceu-lha.

5.
a) A mãe escovar-lhe-á o cabelo suavemente.
A mãe escovar-lhe-ia o cabelo suavemente.
b)Os caracóis perder-se-ão logo na primeira tesourada.
Os caracóis perder-se-iam logo na primeira tesourada.
c) Nesse tempo ter-lhe-á medo.
Nesse tempo ter-lhe-ia medo.

Interesses relacionados