Você está na página 1de 14

ºA divisão da Maçonaria Simbólica em três graus é um

Landmark que, mais do que nenhum, tem sido preservado de
alterações, apesar dos esforços feitos pelo daninho espírito
inovador. Certa falta de uniformidade sobre o ensinamento
final de Ordem, no grau de Mestre, foi motivada por não ser
o terceiro grau considerado como finalidade; daí o Real Arco
e os Altos Graus variarem no modo de conduzirem o neófito
à grande finalidade da Maçonaria Simbólica. Em 1813, a GLUI
reivindicou este antigo Landmark, decretando que a Antiga
Instituição Maçônica consistia nos três primeiros graus de
Aprendiz, Companheiro e Mestre, incluindo o Santo Arco
Real. Apesar de reconhecido por sua antiguidade, como um
verdadeiro Landmark ele continua a ser violado."
2º Landmark
1717: Fundação da Primeira Grande Loja (ºModernos")
1751: Fundação da Grande Loja da ºAnLlga lnsLlLulção" (ºAnLlgos")
1765: Fundação do Excelente Grande e Real Capítulo – ºExcellent Grand and
Royal Chapter" dos Modernos
1771: Fundação do Capítulo do Real Arco dos Antigos
1813: As duas Grandes Lojas se unem, formando a Grande Loja Unida da
Inglaterra (United Grand Lodge of England)
1817: Criado o Supremo Grande Capítulo com a união dos Capítulos dos Antigos
e dos Modernos

ºLsLá declarado e pronunciado que a pura Maçonaria Antiga consiste de três
graus e nenhum mais, isto é, os de Aprendiz Registrado, Companheiro de Ofício
e Mestre Maçom, incluindo a Suprema Ordem do Sagrado Arco Real. Porém,
este artigo não visa impedir qualquer Loja ou Capítulo de reunir-se em qualquer
dos Graus das Ordens de Cavalaria, de acordo com as Constituições das citadas
Ordens."
1732: Fundação da primeira Loja nos Estados Unidos
1753: Surgimento do Real Arco praticado nos Estados Unidos
1761: Criação da Grande Loja da Pennsylvania
1776: Revolução Americana
1797: Compilação do Ritual do Real Arco Americano
1798: Criação do Grande Capítulo do Real Arco

O Nosso Lado da Escada – João Guilherme Ribeiro
Cada Coisa tem seu Nome – João Guilherme Ribeiro
Real Arco: Reminiscências e Atualidade – João Guilherme Ribeiro, Paulo Roberto Curi, Constantino João
Neto, Cláudio da Cunha e Silva, Rui Ferreira da Silva
Understanding the Royal Arch – Richard Sandbach

• Conhecido como Maçonaria Capitular
• Não está ligado às Lojas Simbólicas
• Sequência cronológica nos Graus
Capitulares
• Extensão lateral do Grau de Mestre,
do qual é complemento
• Está ligado a uma Loja Simbólica

• Membros do Arco Real não se tratam por ºlrmãos", mas
sim, por ºCompanhelros";
• Originalmente se referia aos soldados que repartiam e
compartilhavam seu pão, os convivas. Além da divisão
do alimento, os companheiros defendiam um a vida do
outro no campo de batalha. Nessa época, ser um
Companheiro significava muito mais do que ser um
Irmão;
• O membro do Arco Real é um herdeiro do antigo título
de Companheiro.

Três Principais, a saber:
• Zorobabel: Príncipe do Povo
• Ageu: O Profeta
• Josué: Filho de Josedeque


ºL os profetas Ageu e Zacarias, filho de
Ido, profetizaram aos judeus que
estavam em Judá, e em Jerusalém; em
nome do Deus de Israel lhes
profetizaram.
Então se levantaram Zorobabel, filho de
Salatiel, e Josué, filho de Josedeque, e
começaram a edificar a casa de Deus,
que está em Jerusalém; e com eles os
profetas de Deus, que os ajudavam."



Esdras 5:1-2
• Escriba Esdras
• Escriba Neemias
• Tesoureiro
• Diretor de Cerimônias
• Principal Forasteiro e
Assistentes
• Guardião


Avental e Faixa do Arco Real
Inglês
Avental do Real Arco
Americano
A continuidade do
Grau de Mestre
As 12 Tribos de Israel A reconstrução do Templo
Cativeiro da Babilônia Zorobabel, Josué, Ageu
• O homem possui um aspecto espiritual intrínseco à sua natureza. Sem
invadir os limites religiosos de cada Irmão, o Arco Real leva o candidato
para uma experiência espiritual e completa, permitindo que ele sinta com
mais intensidade sua relação com o Ser Superior/Princípio Criador,
independente de crenças;

• O Arco Real dá continuidade aos ensinamentos dos Graus Anteriores,
detalhando o entendimento dos fatos que o precederam;

• A Maçonaria do Arco Real ou Irmãos do REAA/Adonhiramita integrantes
dos Corpos Filosóficos conseguem aprofundar os conceitos históricos
abordados em cada Grau, traçando paralelos que enriquecem seu
conhecimento e reforçam cada vez mais a teoria de que não há Graus ou
Ritos excludentes.

• Plenitude do Mestre Maçom;


Why Join the Royal Arch? - Provincial Grand Chapter of Northamptonshire and Huntingdonshire
Capítulo Brasília de Maçons do Arco Real nº 50 –
Fundado em 1974
Supremo Grande Capítulo de Maçons do Arco Real

Capítulo Grande Campinas nº 37 de Maçons do Real
Arco – Fundado em 2007
Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil

Capítulo Templários do IIIº Milênio nº 17 de Maçons
do Santo Arco Real de Jerusalém – Fundado em 2011
Supremo Grande Capítulo dos Maçons da Ordem
do Santo Arco Real de Jerusalém do Estado de São Paulo

• Real Arco: Reminiscências e Atualidade – 2004 - João Guilherme Ribeiro, Paulo Roberto Curi,
Constantino João Neto, Cláudio da Cunha e Silva, Rui Ferreira da Silva
• Understanding the Royal Arch – 1992 – Richard Sandbach
• Ritual Domático das Cerimônias do Sagrado Arco Real – 2005 – Supremo Grande Capítulo
dos Maçons do Arco Real do Grande Oriente do Brasil
• Some Royal Arch Terms Explained – 1978 – Roy A. Wells
• Landmarks – 1980 – Augusta e Respeitável Loja Simbólica de São João ºvlgárlo Bartolomeu
lagundes"
• Ritual do Sagrado Arco Real, como ensinado no Aldersgate Chapter of Improvement nº 1657
– 1974 – Traduzido e adaptado por Jarbas George Marinho – Capítulo Brasília
• Why Join the Royal Arch? - Provincial Grand Chapter of Northamptonshire and
Huntingdonshire
• Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil - http://www.realarco.org.br/
• Bíblia Online - http://www.bibliaonline.com.br/
• General Grand Chapter - http://www.ramint.org/
• Supreme Grand Chapter - http://www.supremegrandchapter.org.uk/
• El Arco Real y su significado oculto – 1979 - George H. Steinmetz
• Entre outras...