Você está na página 1de 3

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Literatura


Desafios. Acções a
Domínio identifica Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
implementar
 Promover a recolha sistemática
 Sobrecarga
de evidências;  Pouca articulação
burocrática do
 Ter capacidade de decisão;  Existência de entre o professor
corpo docente que
 Definir um plano de acção; Professor Bibliotecário; bibliotecário e os
dificulta o trabalho
 Promover a integração da BE na  Presença no CP departamentos no
colaborativo;
Comunidade Escolar e no  Experiência (10anos) e planeamento  Existência de
 Burocratização da  Divulgar o máximo de
desenvolvimento dos curricula; Formação em BE; curricular. Coordenadora
actividade do informação junto da
 Canalizar os recursos e a  Atitude dinâmica na  Falta de formação Interconcelhia;
Professor comunidade educativa;
Competências do informação para o sucesso promoção da BE; na no domínio das  Apoio da RBE
bibliotecário  Promover formação de
professor educativo dos alunos. promoção de actividades “bibliotecas digitais”;  Apoio da RBEP
 Falta de utilizadores, junto dos
bibliotecário  Promover a actualização e de articulação com os  Horário reduzido  Existência de
conhecimento da professores;
optimização dos recursos e departamentos dos elementos da Parcerias;
serviços da BE; importância do  Divulgação das
curriculares, ACND; na Equipa.  Abertura do
papel da BE e do Actividades da BE
 Promover a cidadania e a promoção da integração  Espaço Órgão Directivo
aprendizagem ao longo da vida; professor
da BE no Agrupamento; desajustado face ao
 Ser parceiro do trabalho bibliotecário por
nas parcerias; nº de alunos;
colaborativo parte da
 Autonomia da Equipa  Pouco apoio
comunidade
informático.
educativa.
 A BE dispõe de  Elaboração do
espaços funcionais; Documento de Política
 Horário alargado ao  Necessidade de Documental da BE;
 Existência de um professor período das férias mais apoio  Produção de
bibliotecário qualificado e de uma lectivas; informático; documentos digitais de
equipa que assegure a gestão,  Existência de 2  Necessidade de apoio ao
que articule e trabalhe com a funcionários ; mais recursos desenvolvimento
comunidade escolar:
 Equipa multidisciplinar; materiais;  Falta de curricular;
Professores, Alunos e
 Tem um Plano de  Poucos recursos disponibilidade  Publicitação do PA à
Encarregados de Educação.
Acção; digitais; (tempo) dos comunidade Educativa;
Organização e  Apoio da RBEP
Gestão da BE  BE no “centro das aprendizagens
 Tem um Plano de  Ausência de prática professores (da  Divulgação dos
e dos parceiros;
desenvolvimento das de recolha de Equipa e todo o corpo ambientes
e da construção do conhecimento “
Literacias; evidências; docente envolto em promotores/geradores
Actions, not position”
 A BE disponibiliza o  Dificuldade em burocracias) de novas situações de
 BE acessível de qualquer lugar e seu catálogo via Net; responder a todas as aprendizagem
sem qualquer mediação;  A BE integra o PEA e solicitações, dada a
(“connections, not collections”) o PAA; multiplicidade de
 A Página da BE tarefas.
divulga os seus docs
orientadores ,guiões
de apoio…
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Literatura


Desafios. Acções a
Domínio identifica Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
implementar
 Execução de um
 Fraca participação planeamento da
 Disponibilização de um conjunto
docente no contributo colecção de acordo
de recursos de informação, em
para uma maior com a inventariação
diferentes ambientes e suportes,
adequação da das necessidades dos
actualizada e em extensão e
colecção às utilizadores;
Gestão da qualidade adequadas às
necessidades  Apoio da RBE e  Ausência de uma  Elaboração do
Colecção necessidades dos utilizadores,  Colecção actualizada
educativas e dos do PNL Política Documental Documento de Política
através de ligações permanentes
utilizadores; Documental da BE.
(presencial, página, e-mails,
 Pouca formação  Formação para
blog,…)
dos funcionários ao Funcionários da BE;
nível da catalogação  Desenvolvimento de
e dasTIC. uma colecção
equilibrada.
 Maior tempo de
 Elaboração de vários  Utilização da BE articulação entre a
 Estabelece redes com alunos,  Aproveitamento
recursos de apoio às para fins que não equipa e os docentes,
Departamentos, Profs, ACND, E.E. dos novos
aprendizagens: guiões, são os seus;  Articulação dos
“Connections, not collections” meios para
A BE como selecção de sites…  Falta de tempo;  Ensino muito objectivos disciplinares
trabalhar em
espaço de  Apoio personalizado  Ainda são poucos centrado na sala de com objectivos
 Desempenha um “papel conjunto”virtual
conhecimento e aos alunos por parte os profs e os aula no manual e documentais e de
preponderante no mente”;
aprendizagem. dos professores da Departamentos a no discurso do informação;
acompanhamento curricular e nas
Trabalho Equipa. valorizarem o professor;  Construção de
aprendizagens dos alunos”  Articulação da
colaborativo e  Articulação/planificaçã espaço e o papel  Falta de recursos materiais e
Equipa BE e
articulado com o com alguns da Biblioteca humanos que desenvolvimento de
 “Contribui de forma colaborativa e PTE;
Departamentos e departamentos/docent respondam às acções de apoio ao
articulada com os outros docentes
docentes. es em actividades e solicitações/necessi currículo e à
para o desenvolvimento de  Existência de
projectos; dades dos aprendizagem;
competências que suportam as novos docentes
 Adequação de utilizadores;  Colaboração em
aprendizagens e a construção do a diversificarem
procedimentos a novas  Falta de tempo para reuniões de
conhecimento”. os meios de
realidades em função reflexão por parte Departamentos e de
aprendizagem.
do papel da BE. da Equipa. Equipas de Apoios
Educativos
 A urgência de
 Actividades de  Falta de  Disponibilização de
 “Desempenha um papel formar cidadãos
promoção da leitura; conhecimento das  Extensão dos serviços que
preponderante na formação para competentes
Formação para a  Guiões de pesquisa; várias literacias e programas promovam a
as diferentes literacias”  PNL
leitura e para as  Animação temática do da sua importância curriculares e literacia da
literacias espaço BE; no processo pouco claros informação;
 Desenvolve competências de
 Existência de fundo educativo; relativamente ao  Ler em Família
Leitura e um programa de
documental  Falta de materiais domínio das  Criação de
Literacia de Informação, integrado
diversificado e de apoio em literacias. Círculos/Comunidad
no desenvolvimento curricular”
actualizado diversos suportes. es de Leitores
Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos que a Literatura


Desafios. Acções a
Domínio identifica Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
implementar
 Disponibilização da
informação em suporte
informático;
 Existência do catálogo
informatizado;
 São escassos os  Incapacidade de  Disponibilizar mais
 Integração de ambientes digitais  Empréstimo
recursos digitais formação recursos digitais.
nas práticas de gestão e difusão Domiciliário ;
BE e os novos organizados para a permanente de
da informação;  Requisição das Zonas
ambientes aprendizagem dos  PTE professores por  Organizar “Favoritos” e
Funcionais;
digitais. alunos; sobrecarga de “Pastas de apoio aos
 Criação de ambientes virtuais de  Consulta do catálogo
 Falta de formação funções/indisponibili curricula” nos
aprendizagem. on-line;
das Equipas. dade de tempo computadores da BE.
 Disponibilização na
Página da BE de sites
geradores de novas
situações de
aprendizagem.
 Aferir a eficácia dos serviços;
 Tratamento estatístico  Falta de Recursos  Criação e aplicação de
de dados relacionados humanos, capazes instrumentos de
 Comprovar o impacto das
com algumas rotinas de não prejudicar o recolha que não
bibliotecas na aprendizagem e no  Implementação
da BE: Top leitores;  Inexistência de uma apoio às dificultem o normal
Gestão de sucesso educativo dos alunos; do novo modelo
leitura domiciliária; prática baseada na aprendizagens ao funcionamento da BE;
evidências/ de auto-
frequência dos recolha de ocupar tempo na
avaliação. avaliação da
espaços; movimento evidências. recolha de  Esclarecer que a
 Desenvolver estratégias de de livros para as
BE.
evidências para a avaliação da BE
gestão baseadas na recolha aulas… aplicação do corresponde à
sistemática de evidências.
 Caixa de Sugestões modelo avaliação da Escola.
(“evidence, not advocacy”)

Gestão da
mudança
Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias
SÍNTESE

 Gerir para o sucesso educativo; para a melhoria das


A BE é colocada
aprendizagens e do trabalho escolar; criar mais-
no Centro das
valias comportamentais, formativas e de  Plano Tecnológico - A organização da
aprendizagens
aprendizagem junto dos nossos alunos. informação digital para estar pronta a
e da construção  Práticas e modelos de trabalho
usar no quadro interactivo, a criação de
do tradicionais
 Gerir no sentido da optimização dos processos que ambientes virtuais de aprendizagem.
conhecimento
produzam resultados e impacto na qualidade da BE
e dos serviços que prestamos.