Você está na página 1de 9

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas

1
de Castro Daire

O MODELO DE AUTO-AVALIAÇÃO DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES:


Metodologias de Operacionalização (Parte II)

FORÚM 1 – Tabela D.1.

A Formanda: Ana Paula Sião Martins


Data: 27-11-09 (5ª Sessão)

D. GESTÃO DA BE

Página 1
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
2
de Castro Daire

D.1. Articulação da BE com a Escola/Agrupamento. Acesso e serviços prestados pela BE


Evidências extraídas dos
Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de instrumentos a integrar no
recolha de evidências relatório de auto-avaliação
sugeridos
• A BE formulou os objectivos • A BE está referenciada o A professora bibliotecária
estratégicos para o seu Plano de nos documentos trabalhou com o órgão de
Acção, tendo sido pedida a orientadores da escola gestão na identificação de
colaboração do órgão de gestão. objectivos operacionais que
• Recolha de sugestões e evidenciassem o papel e
• O coordenador da BE é elemento propostas missão da BE.
constituinte do CP.
D.1.1. o Os documentos
• Registos de projectos e estruturantes da escola/
• O Regulamento Interno da Escola articulações agrupamento referem a
Integração/ contempla os seguintes aspectos: importância da BE para a
 Missão e objectivos da BE; • Actas das reuniões da consecução das suas metas
acção da Organização funcional do equipa da BE e finalidades.
espaço; o A PB apresentou ao CP o
BE na Organização e gestão dos • Participação em Plano Anual de Actividades;
recursos reuniões de diferentes o A PB apresentou ao CP o
Escola/ de informação; estruturas: Plano de Acção, para os
Gestão dos recursos humanos - Departamento de próximos quatro anos
Agrupamen afectos Línguas; lectivos, de acordo com os
à BE; - coordenadores de Dir. documentos orientadores;
to Serviços prestados à de o A equipa da BE actuou com
comunidade Turma PES e PTE. os diferentes
escolar no âmbito do Proj. (actas) Departamentos no sentido
Educativo; de desenvolver um
Regimento do funcionamento • Participação nas trabalho articulado.

Página 2
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
3
de Castro Daire

da BE. reuniões de C.
Pedagógico (actas)
• O plano de desenvolvimento da BE
acompanha, em termos de acção
estratégica o Projecto Educativo
da escola/agrupamento.

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Evidências extraídas dos


recolha de evidências instrumentos a integrar no
sugeridos relatório de auto-avaliação

o A BE divulgou, junto da
comunidade escolar, o seu
Regulamento/regimento.
• Contactos informais
• O plano anual de actividades da com a direcção, o A BE constitui um recurso
biblioteca escolar relaciona-se em docentes dos vários importante para a
D.1.1. termos de objectivos operacionais departamentos e concretização dos PCTs das
com o plano anual de actividades representante da turmas, ao desenvolver as
Integração/ da escola, colocando a BE ao seu associação de pais para actividades que
serviço. articulação de acções contribuíram para a
acção da conjuntas. aprendizagem dos alunos.
• A BE adequa os seus objectivos,
BE na recursos e actividades ao currículo o A PB do agrupamento
nacional, ao projecto curricular de realizou reuniões formais e
Escola/ escola e aos projectos curriculares encontros informais, para
das turmas. articular procedimentos e

Página 3
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
4
de Castro Daire

Agrupamen actividades.

to o Constata-se que a PB da BE
teve uma participação
activa no Conselho
Pedagógico, tendo
apresentado, ao longo do
ano várias propostas de
trabalho.

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Evidências extraídas dos


recolha de evidências instrumentos a integrar no
sugeridos relatório de auto-avaliação

o Apesar de compreender a
• O Órgão de Gestão apoia a BE e • Documentos de gestão necessidade de pôr em
envolve-se na procura de soluções da escola. prática uma política de
promotoras do seu funcionamento. afectação de recursos
D.1.2. • Excertos de actas de humanos adequada às
apresentação de necessidades de
• O Órgão de Gestão põe em prática projectos/CP funcionamento da BE, o
Valorização uma política de afectação de determinações/recome órgão de gestão tem
recursos humanos, adequada às ndações do CP. dificuldade na constituição
da BE necessidades de funcionamento de uma equipa
da BE. • Relatórios de Avaliação multidisciplinar, com
pelos da BE formação especializada e
com um número de horas
órgãos de • Os órgãos de gestão estabelecem • Excertos do Relatório de significativo.

Página 4
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
5
de Castro Daire

direcção, estratégias visando a articulação Auto-Avaliação Anual


entre a BE, os vários da Escola o A BE está atenta para a
administraç departamentos e os órgãos de necessidade de se
planificação. estabelecerem estratégias
ão e gestão • Regulamento Interno da visando a articulação entre
Escola as várias estruturas da
da escola • A BE está contemplada nos escola.
projectos e actividades educativas • Regulamento/Regiment
agrupamen e curriculares da o Interno da BE o A BE não só está
escola/agrupamento. contemplada nos projectos
to e actividades educativas e
curriculares do
Agrupamento como é, em
muitos casos, a grande
impulsionadora dos
mesmos.

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Evidências extraídas dos


recolha de evidências instrumentos a integrar no
sugeridos relatório de auto-avaliação

o Na maioria das planificações, a


• A BE é encarada como recurso • Registos de Projectos de BE apenas é referida em
fundamental no desenvolvimento articulação no âmbito situações pontuais, não
estando estas enquadradas
D.1.2. do gosto pela leitura, na aquisição das planificações dos
em estratégias de uma
das literacias fundamentais, na Departamentos
actuação sustentada. No
progressão nas aprendizagens e Curriculares/Coordenaç entanto, na PA da BE são
Valorização no sucesso escolar. ão de Directores de especificadas as actividades
Turma, envolvendo onde se pretende que os

Página 5
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
6
de Castro Daire

da BE trabalho na /com a BE departamentos participem.


• Os docentes do departamento de
o A BE está contemplada nas
pelos línguas valorizam o papel da BE e
planificações dos Projectos
integram-nas nas suas práticas de • Registo de Projectos e
“Educação e Promoção para a
órgãos de ensino e de aprendizagem. actividades educativas
Saúde” (PES) e “Educação
e curriculares da para a Cidadania” (Formação
direcção, Escola/Agrupamento Cívica)
• Os órgãos de administração e
administraç gestão atribuem uma verba anual, o O órgão de gestão contemplou
para renovação de equipamentos, • Orçamento da meio bloco de LP do 5º ano
ão e gestão para actualização da colecção e Escola/Relatórios de para articular com a BE e as
funcionamento da BE. Avaliação da actividades do PNL.
da escola BE/Propostas de
aquisição o Não está contemplada a
atribuição de uma verba anual
agrupamen para a BE. No entanto, a BE
apresentou propostas de
to aquisições ao longo do ano, de
acordo com as necessidades e
interesses dos utilizadores, as
quais a direcção respondeu de
forma adequada.

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Evidências extraídas dos


recolha de evidências instrumentos a integrar no
sugeridos relatório de auto-avaliação

• A BE funciona num horário contínuo • Horário da BE. o Horário contínuo e alargado,


e alargado que possibilita o acesso • Escala de distribuição dos das 8h30 às 18h.
dos utilizadores no horário lectivo professores com horário

Página 6
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
7
de Castro Daire

e acompanha as necessidades de afecto à BE. o Os alunos frequentam com


ocupação em horário extra lectivo. • Guia de utilizadores da regularidade a BE ocupando
BE.
D.1.3. •
o seu tempo livre. A equipa
• Os recursos e serviços da BE Planta com indicação de da BE apoiou directamente
respondem às metas e estratégias zonas funcionais da BE. os alunos na pesquisa e
definidas no Projecto Educativo e • Tratamento e divulgação tratamento de informação,
Resposta curricular da escola/ agrup. dos dados de utilização nas actividades de leitura
da BE. recreativa e no seu trabalho
da BE às • A BE cria condições e é usada como • A BE funciona como autónomo.
recurso pedagógico.
recurso e como local de lazer e de
necessidad trabalho pelos utilizadores.
• A comunidade escolar o A BE direccionou acções
utiliza a BE como espaço
formativas no domínio da
es da • A BE apoia os utilizadores no acesso
de trabalho.
Literacia da Informação
• Realização da Feira do
aos equipamentos. dirigidas aos utilizadores,
escola/ Livro.
no espaço da BE.
• Realização de encontros
• A BE apoia localmente a leitura, a .
/ com escritores.
o A PB reuniu com a equipa,
investigação e a pesquisa/ uso da • Realização de Serões
informação. Culturais. para proceder a alterações
agrupamen ao Regulamento e
• Participação em
• A BE assume-se como pólo de actividades promovidas Regimento Interno e para a
to pelo PNL. elaboração dos respectivos
fomento e de difusão cultural na
escola/ agrupamento. • Realização de actividades planos de actividade e
na Semana da Leitura. plano de acção.
• Acções de Formação para
a promoção da leitura e
da literacia.

Página 7
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
8
de Castro Daire

Indicadores Factores críticos de sucesso Instrumentos de Evidências extraídas dos


recolha de evidências instrumentos a integrar no
sugeridos relatório de auto-avaliação

• A BE implementa um sistema de
avaliação contínuo. o A BE elabora anualmente o
Relatório de Actividades a
apresentar ao CP e a enviar à
• Os órgãos da direcção são • Recolha de informação RBE e DREC, em conformidade
envolvidos no processo de auto- com recurso ao sistema com a legislação em vigor;
D.1.4. avaliação da BE automatizado de actualmente, encontra-se em
gestão bibliográfica. fase de implementação do
Modelo de Auto-avaliação
• São criados instrumentos de recolha proposto pela RBE.
de informação, que são
Avaliação implementados de forma • Registos de observação, o A BE cria instrumentos de recolha
sistemática. questionários, de informação, que são
da BE na entrevistas ou outros implementados de forma
realizados no âmbito da sistemática tais como: ficha de
escola/ • A informação recolhida é analisada,
registo de utilização de
originando acções ao nível da avaliação interna da
audiovisuais; ficha de registo de
gestão e do funcionamento da BE. BE.
/ acesso aos computadores;
requisição domiciliária feita no
• Os resultados da avaliação são Bibliobase e ficha de requisição
agrupamen para sala de aula.
divulgados junto do órgão de
gestão, junto dos órgãos de • Excertos de
to documentação e
o Integrar nas práticas de gestão
decisão pedagógica e da restante da BE a auto-avaliação.
comunidade, com o objectivo de relatórios relativos ao
promover e valorizar as mais funcionamento da BE o Recolher informações sobre as
valias da BE e de alertar para os práticas da BE.
pontos fracos do seu o Alterar as práticas de acordo com

Página 8
Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas
9
de Castro Daire

funcionamento. as informações obtidas.

o Integrar a auto-avaliação da
• A auto-avaliação da escola integra biblioteca na avaliação da escola.
os resultados da BE.

Referências Bibliográficas:

Texto da Sessão, disponibilizado na Plataforma

RBE, Bibliotecas Escolares: Modelo de Relatório de Auto-Avaliação,

disponibilizado na Plataforma

RBE, Bibliotecas Escolares: Modelo de Auto-Avaliação (Novembro de 2009)

RBE, Bibliotecas Escolares: Modelo de Auto-Avaliação (Instrumentos de

recolha de dados)

Página 9