Você está na página 1de 34

MINISTÉRIO DA DEFESA

EXÉRCITO BRASILEIRO
CMNE - 7ª RM / 7ª DE
HOSPITAL GERAL DO RECIFE
(HOSPITAL MILITAR DE PERNAMBUCO / 1817)

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 645830000552009-01 – H Ge Recife

PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS N° 06/2009

Registro de preços para aquisições futuras de material de consumo diverso (material de escritório, informática e
limpeza/higienização)

Cadastramento de Propostas:

Início: 15 de dezembro de 2009

Encerramento: às 09:00h do dia 20 de janeiro de 2010.

Julgamento das Propostas e Início dos lances:

A partir das 09:00 horas de 20 de janeiro de 2010

Local de Execução

Portal de Compras do Governo Federal (www.comprasnet.gov.br)

A União, representada pelo Comando do Exército, por intermédio do Hospital Geral do Recife, CNPJ N°
09.577.422/0001-07, mediante o pregoeiro nomeado pelo Diretor do Hospital Geral do Recife, torna público que fará
HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

realizar uma licitação sob a modalidade PREGÃO na forma ELETRÔNICA para Registro de Preços, tipo menor preço
por item para os produtos não loteados e menor preço global para os lotes 1 e 2, conforme descrito neste Edital e seus
anexos.

O procedimento licitatório que dele resultar obedecerá, integralmente, a Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002,
Decreto n° 3.693, de 20 de dezembro de 2000, Decreto nº 3.784, de 06 de abril de 2001, Decreto nº 3.931, de 19 de
setembro de 2001, Decreto nº 4.342, de 23 de agosto de 2002 e Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005, Lei
Complementar nº 123 de 14/12/06 e, subsidiariamente, a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e suas alterações, bem
como pelas normas e condições estabelecidas no presente Edital.

CAPÍTULO I

DO OBJETO

Art 1 - O presente pregão tem por objeto o registro de preços para aquisições futuras de material para consumo
diverso (material de escritório, informática, limpeza/higienização, travesseiro hospitalar, colchão e lençol), conforme
Anexo A – Termo de Referência, deste Edital.

CAPÍTULO II

DOS ATOS PÚBLICOS E LOCAIS DOS COMUNICADOS

Art 2 – O aviso de licitação referente a este pregão está publicado resumidamente no Diário Oficial da União/Seção 3,
no Jornal Folha de Pernambuco e no Portal de Compras do Governo Federal (www.comprasnet.gov.br) do dia 15 de
dezembro de 2009.

I – Este Pregão se realizará a partir das 09:00 horas do dia 20 de janeiro de 2010, no sítio www.comprasnet.gov.br, e
se iniciará com a abertura da sessão para julgamento das propostas, obedecendo as condições especificadas no
Capitulo VI, deste instrumento.

§ 1° - As sessões públicas deverão ser acompanhadas por todos os proponentes, sob pena de perda de negócios,
sem que isso acarrete direitos ao proponente.

§ 2° - No Capítulo VII, estarão detalhados os procedimentos inerentes a sessão pública.

§ 3º - Os horários estabelecidos neste edital se referem ao horário oficial de Brasília.

Art 3 – A sessão pública deste pregão poderá ser adiada, caso seja necessário realizar adequação e/ou retificação do
edital.

§ 1° – havendo alterações significativas que atinjam diretamente a elaboração das propostas, serão reabertos os
prazos e um novo edital será publicado nos mesmos meios de comunicação que o anterior.

§ 2° - Os fornecedores que retirarem a cópia deste instrumento convocatório diretamente do portal de compras citados
no Art 2, utilizando o acesso seguro, será notificado de alterações feitas no edital, através do endereço de correio
eletrônico.

CAPÍTULO III

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NO CERTAME

Art 4 - Somente poderão participar desta Licitação as empresas:

I - Do ramo pertinente ao objeto, estabelecidas no País e que satisfaçam as condições e disposições contidas neste
Edital e Anexo.
II - Que estejam Cadastradas no SICAF e/ou Credenciadas no Portal de Compras do Governo Federal
(www.comprasnet.gov.br).
III – Que não esteja em processo de falência, recuperação judicial e extrajudicial, sob concurso de credores, em
dissolução ou em liquidação.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 2/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

IV – Que não estejam com o direito de licitar e contratar com a Administração Pública suspenso, ou que não tenham
sido declaradas inidôneas por órgão ou entidade da Administração Pública direta ou indireta, Federal, Estadual,
Municipal ou do Distrito Federal, na forma da legislação vigente.
V - Que não estejam reunidas em consórcios, coligadas ou subsidiárias entre si, ou ainda, qualquer que seja sua
forma de constituição.
VI – Estrangeiras legalmente estabelecidas no País.
VII - Que na data da licitação, esteja capacitada jurídica, técnica e economicamente.

§1º – As empresa que não estiverem cadastradas no Sistema Unificado de Cadastramento de Fornecedores (SICAF)
devem, obrigatoriamente, apresentarem os documentos referenciados no Capítulo VIII deste instrumento.

§2° - Para a habilitação regulamentada no Decreto N° 4.485, de 25/11/02 (comprovação da regularidade fiscal, da
qualificação econômico-financeira e da habilitação jurídica), o interessado deverá atender às condições exigidas para
cadastramento no SICAF, até o terceiro dia útil anterior à data prevista para recebimento das propostas.

CAPÍTULO IV

DAS CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO DO OBJETO

Art 5 - O Hospital Geral do Recife será o órgão responsável pelos atos de controle e administração da Ata de Registro de
Preços decorrentes desta licitação.

Art 6 - O Pedido de Compra será formalizado por intermédio de Nota de Empenho, quando a entrega for de uma só vez
e não houver obrigações futuras.

Art 7 - O fornecedor ficará obrigado a atender todos os pedidos efetuados durante a vigência da Ata, mesmo que a
entrega esteja prevista para data posterior à do seu vencimento.

Art 8 - O material objeto deste pregão deverá ser entregue na farmácia hospitalar acompanhado da correspondente
nota fiscal, que deverá trazer no seu corpo a descrição dos produtos conforme os dados constantes na Nota de
Empenho;

Parágrafo Único – No ato do recebimento dos produtos será confrontado a nota fiscal com a nota de empenho e o
produto, ocorrendo divergências deverão ser adotadas as providencias cabíveis e/ou administração.

Art 9 - A contratada que, por motivo não justificado, conforme a legislação, deixar de cumprir o previsto no Edital,
estará sujeita às sanções previstas no Art 87 e 88 da Lei 8.666/93.

Art 10 - As condições para a entrega dos materiais contratados serão indicadas no Anexo A acrescida da
determinação do Art 11 deste edital correndo por conta da firma o ônus com transporte, seguro e demais despesas.

Art 11 - A rejeição de artigo(s) adquirido(s) não justificará atrasos no prazo de entrega fixado nas condições deste
Edital.

CAPITULO V

DO CREDENCIAMENTO E DA REPRESENTAÇÃO

Art 12 - Serão previamente credenciados perante o provedor do sistema eletrônico a autoridade competente do órgão
promotor da licitação, o pregoeiro, os membros da equipe de apoio, os operadores do sistema e os licitantes que
participam do pregão eletrônico.

Parágrafo Único - Os licitantes ou seus representantes legais deverão estar previamente credenciados junto ao órgão
provedor, no prazo mínimo de três dias úteis antes da data de realização do pregão.

Art 13 - O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chave de identificação e de senha pessoal e intransferível, para
acesso ao sistema eletrônico.

Art 14 - O credenciamento do licitante, bem assim a sua manutenção, dependerá de registro cadastral atualizado no
Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores – SICAF, que também será requisito obrigatório para fins de
habilitação.
Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 3/34
HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Art 15 - O credenciamento junto ao provedor do sistema implica a responsabilidade legal do licitante ou seu
representante legal e a presunção de sua capacidade técnica para realização das transações inerentes ao pregão
eletrônico.

Art 16 - O uso da senha de acesso pelo licitante é de sua responsabilidade exclusiva, incluindo qualquer transação
efetuada diretamente ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou ao órgão promotor do
certame responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido da senha, ainda que por terceiros.

Art 17 - O licitante será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico,
assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances.

Parágrafo Único - Incumbirá ainda ao licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão
pública do pregão, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de
quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão.

CAPITULO VI

DAS PROPOSTAS DE PREÇOS

Art 18 - Após digitação da senha privativa do licitante, o mesmo deverá encaminhar a proposta de preço, em data e
horário previstos no Edital, exclusivamente por meio eletrônico.

Parágrafo Único - Como requisito para a participação no pregão, o licitante deverá manifestar, em campo próprio do
sistema eletrônico, o pleno conhecimento e atendimento às exigências de habilitação previstas no edital. O
descumprimento deste parágrafo poderá ensejar a aplicação das sanções estabelecidas na Lei n° 8.666/93 e neste
edital.

Art 19 - A partir do horário previsto no edital, terá inicio a sessão pública do Pregão, com a divulgação das propostas
de preços recebidas e em perfeita consonância com as especificações e condições de fornecimento detalhadas pelo
edital.

Art 20 - A Proposta de Preços deverá permanecer válida pelo período mínimo de 90 (noventa) dias corridos, contados
a partir da abertura das propostas. Proposta com período de validade inferior será rejeitada. Na ausência de indicação
expressa do prazo de validade, considerar-se-á o prazo de 90 (noventa) dias conforme previsto em lei.

§ 1º A Proposta de Preços, em moeda nacional, deverá registrar o preço unitário e não poderá haver preços
irrisórios, simbólicos ou de valor zero, ou ainda, incompatíveis com os valores de mercado, acrescidos dos respectivos
encargos, incluindo todas as despesas que incidem sobre o fornecimento, tais como: embalagem, frete, carreto,
seguro e os impostos em geral, A moeda corrente será o Real, até duas casas decimais (centavos), já onerados dos
impostos e deduzidos quaisquer tipos de descontos ou vantagens.

§ 2º A Proposta deverá indicar os preços em reais, com menção discriminada da tributação plena para a entrega do
objeto desta licitação, na sede do HOSPITAL GERAL DO RECIFE considerando que não possuímos inscrição
estadual e municipal, sendo considerado consumidor final. A licitante será responsável por quaisquer acréscimos que
ocorrerem pela não observância desta particularidade.

§ 3º Considerar-se-á que os preços fixados pelo licitante são completos e suficientes para assegurar a justa
remuneração de todas as etapas de entrega dos produtos.

Art 21 - As propostas de preços deverão ser cadastradas exclusivamente através do serviço on line do sítio
www.comprasnet.gov.br entre 08:00 horas do dia 15 de dezembro de 2009 e 09:00 horas do dia 20 de janeiro de 2010
(horário de Brasília).

Parágrafo Único – Dentro do período estabelecido neste artigo, as propostas poderão ser retificadas, consultadas ou
excluídas a qualquer momento. Após este prazo, o fornecedor não poderá efetuar qualquer alteração em suas
propostas.

SESSÃO I

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 4/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

JULGAMENTO E CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS

Art 22 - No local, dia e hora definidos no Capítulo II deste Edital, o Pregoeiro, em sessão pública, emitirá o julgamento
das propostas conforme a legislação vigente, observando o seguinte:

I – conformidade da proposta de preços apresentada com as especificações e exigências constantes deste Edital;
II – ordenamento das propostas pelo critério de menor preço por item dentre aqueles considerados exequíveis;

Art 23 - Serão classificadas para a sessão de lances todas as propostas julgadas satisfatória pelo pregoeiro e equipe
técnica.

Art 24 – O pregoeiro poderá relevar erros ou omissões formais, dos quais não resultem prejuízos para o entendimento da
proposta ou para o Serviço Público.

Art 25 - Não se considerará qualquer oferta de vantagem não prevista neste Edital, nem vantagem baseada nas ofertas
dos demais licitantes.

Art 26 - Será desclassificada a proposta que:

I - as propostas que não atendam às exigências do ato convocatório da licitação;

II - propostas com valor global superior ao limite estabelecido ou com preços manifestamente inexeqüíveis, assim
considerados aqueles que não venham a ter demonstrada sua viabilidade através de documentação que comprove
que os custos dos insumos são coerentes com os de mercado e que os coeficientes de produtividade são compatíveis
com a execução do objeto do contrato, condições estas necessariamente especificadas no ato convocatório da
licitação.

§1º Quando todos os licitantes forem inabilitados ou todas as propostas forem desclassificadas, a Administração
poderá fixar aos licitantes o prazo de três dias para a apresentação de nova documentação escoimada das causas
referidas neste artigo.

§2º Não se admitirá proposta que apresente preços unitários simbólicos, irrisórios ou de valor zero, incompatíveis com
os preços dos insumos e salários de mercado, acrescidos dos respectivos encargos.

Art 27 - A proposta julgada inexeqüível, como forma de decisão quanto à desclassificação, o pregoeiro promoverá
diligência mediante verificação da compatibilidade do preço máximo aceitável para contratação com o proposto, e intimará
o proponente para que justifique suas Planilhas de Custos e Formação de Preços no prazo de 24 (vinte e quatro) horas,
contados do dia seguinte a formalização da desclassificação.

Art 28 - Quando todas as propostas forem desclassificadas, o pregoeiro poderá fixar o prazo de 08 (oito) dias úteis aos
licitantes para apresentarem novas propostas escoimadas das causas que as desclassificaram.

CAPÍTULO VII

DA SESSÃO PÚBLICA ELETRÔNICA

SESSÃO - I

ABERTURA DA SESSÃO

Art 29 - No local, dia e hora definidos no preâmbulo e no Art 2º deste Edital o Pregoeiro abrirá a sessão pública da
licitação procedendo a abertura das propostas e julgando-as conforme os critérios estabelecidos no Capítulo VI.

Art 30 - A sessão de lances será aberta depois de concluído o julgamento de todas as propostas apresentadas.

Art 31 - A previsão inicial para a abertura da sessão de lances é dia 20 de janeiro de 2010, às 09:00h, horário de
Brasília.

Parágrafo Único - A abertura da sessão poderá ser adiada por mensagem instantânea (chat), no caso da não
conclusão do julgamento das propostas até a data da sessão de lances estabelecida neste artigo.
Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 5/34
HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Art 32 – Encerrada a fase de julgamento das propostas, as empresas poderão apresentar contestação a
desclassificação no prazo de 20 (vinte) minutos.

§ 1° – Decairá o direito de recorrer da decisão de desclassificação da proposta a empresa que não apresentar a
contestação antes da abertura da sessão de lances do item recorrido, pois o sistema eletrônico não permite o
cancelamento da desclassificação para o item que se encontra na fase de lances.

§ 2º - Os proponentes que tiverem proposta desclassificada e desejarem apresentar contestações, deverão enviar por
meio do fax (81) 3221-1581 ou correio eletrônico (salc@hger.com.br), devendo identificar o número do item e o valor
unitário para que o pregoeiro identifique a proposta a ser analisada. A legislação em vigor, durante as fases de
julgamento da proposta e lances, veda a identificação do fornecedor, portanto, sem as informações citadas neste
parágrafo torna-se impossível localizar a proposta, considerando que se houver mais de uma com o mesmo valor, o
problema aumenta.

Art 33 - Serão desclassificadas as propostas que estejam em desacordo com as instruções previstas no presente
edital, bem como aquelas que por omissão ou excesso, apresentem elementos ou critérios subjetivos que possam
elidir o princípio de igualdade entre os licitantes.

Parágrafo Único - Não serão levadas em consideração quaisquer ofertas que não se enquadrem nas especificações
exigidas, nem vantagem baseada nas ofertas dos demais licitantes.

SESSÃO II

DA SESSÃO DE LANCES

Art 34 – Concluído o julgamento das propostas eletrônicas, o pregoeiro abrirá a etapa competitiva, onde os
proponentes classificados poderão encaminhar lances exclusivamente por meio eletrônico, sendo o licitante
imediatamente informado do seu recebimento e respectivo horário de registro e valor;
I – os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observando o horário fixado e as regras de aceitação dos
mesmos, desde que obrigatoriamente seja inferior ao seu último;
II – conforme estabelece o parágrafo 3º do Art 24, do decreto nº 5.450/2005, "o licitante somente poderá oferecer lance
inferior ao último por ele ofertado e registrado pelo sistema".
III – não serão aceitos dois ou mais lances de mesmo valor, prevalecendo aquele que for recebido e registrado em
primeiro lugar;
IV – durante o transcurso da sessão pública, os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance
registrado que tenha sido apresentado pelos demais licitantes, vedada a identificação do detentor do lance;
V – o encerramento de recepção dos lances se dará imediatamente após transcorrido o prazo de fechamento aleatório
(fechamento automático efetuado pelo sistema eletrônico, podendo variar entre 01 e 30 minutos após o fechamento
iminente).
VI – o sistema eletrônico informará ao licitante vencedor imediatamente após o encerramento da etapa de lances da
sessão pública ou, quando for o caso, após negociação e decisão pelo pregoeiro acerca da aceitação do lance
vencedor;
VII - a desistência em apresentar lance, quando convocado, implicará a exclusão do licitante da etapa de lances e na
manutenção do último preço apresentado pelo licitante, para efeito de ordenação das propostas;
VIII – na fase de aceitação do lance, o pregoeiro poderá encaminhar pelo sistema eletrônico, através de mensagens
instantâneas, contraproposta diretamente ao licitante que tenha apresentado o lance de menor valor, para que seja
obtido preço melhor, bem assim decidir sobre sua aceitação; o fornecedor deverá responder, no prazo estabelecido,
pelo mesmo sistema sob pena de ter seu lance recusado;
IX – Em caso de empate entre duas ou mais propostas iniciais, não havendo disputas por lances e depois de
obedecido ao disposto no § 2º do Art 3º da Lei nº 8.666/93, a classificação se fará, obrigatoriamente, por sorteio,
realizado pelo pregoeiro, equipe de apoio, testemunhas e fornecedores em data e horário estabelecido pelo pregoeiro,
vedado qualquer outro processo, conforme estabelece o §2º, Art 45 da Lei nº 8.666/93. Os licitantes serão convocados
à sessão de sorteio por meio do sistema de mensagens instantâneas.
X - Caso não se realize lance, será verificada a conformidade entre a proposta de menor preço e o valor estimado para
a contração;
XI - Se a licitante possuidora do melhor lance NÃO for microempresa ou empresa de pequeno porte, o pregoeiro
verificará se alguma ME ou EPP ofertou preço não superior a 5% (cinco por cento) sobre o menor preço apurado na
etapa de lances.
XII - Constatada a existência da mesma, o sistema eletrônico deve conferir 5 (cinco) minutos, na forma do § 3° do Art
45 da LC nº 123/06, para que a ME ou a EPP melhor classificada exerça o direito de preferência, propondo preço que
Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 6/34
HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

seja inferior ao menor preço apurado na etapa de lances, não se admitindo negociar condições diferentes daquelas
previstas no edital.
XIII - Se a primeira ME ou EPP mais bem classificada, não exercer o direito de preferência, o sistema eletrônico dará
oportunidade a outras microempresas ou empresas de pequeno porte cujos preços também não sejam superiores a
5% (cinco por cento) sobre o menor preço apurado na etapa de lances, para também exercerem o direito de
preferência, de acordo com a ordem de classificação.
XIV – O pregoeiro poderá excluir um lance a pedido do ofertante ou o julgue inexeqüível. A exclusão só poderá ser
efetuada enquanto o item estiver aberto para recepção de lances.

Art 35 – Encerrado os lances, não poderá haver desistência dos ofertados, sujeitando-se o proponente que desistir, às
penalidades constantes do Capítulo XV, deste edital.

Art 36 - Após definição da melhor proposta ou lance, será encerrada a etapa competitiva e as ofertas serão ordenadas
exclusivamente pelo critério de menor preço por item.

Art 37 – Concluída a sessão de lances, o pregoeiro convocará automaticamente à sessão de desempate de


Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.

SEÇÃO III

DA ACEITAÇÃO

Art 38 - Encerrada a etapa de lances as propostas serão classificadas exclusivamente pelo critério de menor preço por
item.

Art 39 - A aceitação das propostas obedecerá aos seguintes critérios:


I - Será analisada a proposta que apresentou o menor valor para o item ou lote, conforme o caso.
II - Será considerada vencedora a proposta que apresentar o menor valor compatível com os de mercado.
III - Sendo necessário o pregoeiro ou a autoridade competente poderá fazer diligências, inclusive exigir amostras de
material, a fim de dirimir quaisquer dúvidas relativas ao material em análise.
IV - Havendo necessidade de apresentação de amostras, essas deverão atender aos critérios estabelecidos no
Capítulo VIII.

Art 40 - Caso a melhor proposta esteja acima do estimado pela Administração, o pregoeiro, por meio do sistema
eletrônico, convocará o representante da empresa para uma negociação bilateral, na mesma sessão do pregão,
objetivando a redução do preço até que o mesmo atenda ao interesse público e possa viabilizar a contratação.

Parágrafo Único – O pregoeiro poderá cancelar o item diante da ausência de negociação ou da não da justificação
dos preços praticados.

Art 41 - Encerrada a etapa competitiva ou a negociação bilateral, constatada a aceitabilidade da proposta pelo critério
de menor preço, o licitante que apresentou a melhor proposta deverá estar atento quanto ao atendimento das
condições de habilitação exigidas no presente edital e seus anexos.

Art 42 - Constatado o atendimento pleno das exigências editalícias será declarado o proponente vencedor.

Art 43 - Se a oferta não for aceitável ou se o proponente não atender às exigências do edital, o pregoeiro examinará
as ofertas subseqüentes e qualificação dos licitantes na ordem de classificação, e assim sucessivamente até a
apuração de uma proposta aceitável, sendo o respectivo proponente declarado vencedor.

Art 44 - Caso apenas uma empresa atenda à convocação deste pregão, a sua proposta de preços inicial servirá de
referência para uma negociação bilateral ou até mesmo a contratação, desde que os preços praticados atendam ao
interesse da Administração Pública.

Art 45 - Verificando-se, no curso da análise processual, o descumprimento de requisitos estabelecidos neste Edital e
seus anexos, a proposta será desclassificada.

Art 46 - Não se considerará qualquer oferta de vantagem não prevista neste edital e seus anexos para fins de
aceitação dos lances.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 7/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Art 47 - Para todos os efeitos legais, a aceitabilidade dos preços se dará depois de cumpridas todas as formalidades e
os critérios previamente estabelecidos neste Pregão e cujo valor seja compatível com os obtidos através de pesquisa
de mercado, a qual será realizada por Comissão designada pelo Sr. Diretor do HGeR.

CAPÍTULO VIII

DAS AMOSTRAS

Art 48 - Somente será exigida amostra para dos itens que suscitarem alguma dúvida.

Art 49 - Somente serão recebidas as amostras dos materiais das empresas licitantes vencedoras com vistas à análise
e aprovação, no prazo máximo de 48 (quarenta e oito) horas, após a solicitação de envio de amostras, encaminhada
ao Pregoeiro.

Art 50 - As amostras dos materiais, deverão ser apresentadas lacradas em seus invólucros originais, com etiqueta de
identificação contendo:
- Nº da Licitação, Item Cotado e Data de Entrega
- Descrição do Item, Nome de Fornecedor, Representante e Telefone

Art 51 - As empresas licitantes que tiverem as amostras de materiais reprovadas pela Equipe Técnica serão
desclassificadas, devendo serem convocadas para apresentação de amostras, as empresas classificadas em segundo
lugar e assim sucessivamente.

Art 52 - As amostras entregues e aprovadas, ficarão sob a guarda do Almoxarifado Geral do Hospital, para aferições
com os produtos recebidos, não sendo devolvidas aos fornecedores após as aferições.

CAPÍTULO IX

DA DOCUMENTAÇÃO DE HABILITAÇÃO

Art 53 - Encerrada a fase de aceitação dos lances, o licitante detentor da melhor oferta deverá comprovar, a situação
de regularidade na forma do Art 57 com o encaminhamento dos documentos em original ou cópia autenticada.

Art 54 - Não será recebido documento de habilitação enviado por fac-símile ou qualquer outro meio eletrônico não
previsto em lei, salvo as declarações solicitadas pelo Portal de Compras do Governo Federal no ato de cadastramento
das propostas.

Art 55 – O prazo para encaminhamento dos documentos de habilitação fica limitado a 03 (três) dias úteis iniciando a
contagem no dia útil seguinte a abertura do referido prazo.

Parágrafo Único - Os proponentes com produtos já aceitos poderão enviar os referidos documentos antes da abertura
dos prazos.

Art 56 - Para fins de definição da data de atendimento das exigências será considerada pelo pregoeiro a data da
postagem da correspondência no prazo estabelecido no Art 42, deste edital. O proponente poderá enviar para o
correio eletrônico salc@hger.com.br o número do protocolo para rastreamento da correspondência, para fins de
comprovação do cumprimento do prazo.

Art 57 - A documentação de habilitação consistirá em:


I – Declaração, manifestada em campo próprio do sistema eletrônico no momento do envio da sua proposta, dando
pleno conhecimento e atendimento às exigências de habilitação previstas no edital. O descumprimento deste
parágrafo impedirá o cadastramento da proposta no sistema eletrônico e, conseqüentemente, sua participação no
certame. Declaração falsa poderá ser motivo de aplicação das penalidades estabelecidas na Lei nº 8.666/93 e
regulada neste edital.
II – Declaração de inexistência de fato superveniente impeditivo da habilitação: o licitante deverá declarar, por ocasião
do envio da proposta no Portal de Compras do Governo Federal.
III – Declaração de trabalho de menor de 18 (dezoito) anos: o licitante deverá declarar, por ocasião do envio da
proposta no Portal de Compras do Governo Federal.
IV – Cópia do registro ou notificação dos produtos domissanitários no Ministério da Saúde/ANVISA.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 8/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

V – Cópia autenticada do Alvará de Funcionamento, emitido pela Agência Estadual ou Municipal de Vigilância
Sanitária.
VI – Será exigido das empresas vencedoras de quaisquer dos itens de limpeza sobre controle da ANVISA, a cópia da
Autorização de Funcionamento de Empresas emitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
VII - A habilitação das licitantes quanto à comprovação da regularidade fiscal, da qualificação econômico-financeira e
da habilitação jurídica fica condicionada à verificação dos seus respectivos registros, bem como da validade dos
Documentos Cadastrais e Habilitação Parcial, por meio de consulta “on-line” ao SICAF, a ser realizado durante a
sessão licitatória, cujo resultado será impresso sob forma de “Declaração de Situação”, que instruirá o processo, nos
termos dos artigos 27 à 31 da Lei nº 8.666/93 e Instrução Normativa MARE nº 5, de 21 de julho de 1995, republicada
no Diário Oficial da União de 19 de abril de 1996 e será assinada pelo pregoeiro e equipe de apoio.

§ 1° - Será aceito documentos emitidos pela rede mundial de computadores (internet) através de sítio oficiais, desde
que o sítio ofereça o serviço de confirmação de veracidade da informação.

§ 2º - As empresas credenciadas no comprasnet, mas não cadastradas no SICAF deverão apresentar a seguinte
documentação, além das estabelecidas acima:

a) Quanto à habilitação jurídica:


1) cópia autenticada do documento de identidade de todos os sócios;
2) cópia autenticada do contrato social e suas alterações, ou equivalente (estatuto, registro de firma individual, etc),
devidamente registrado na Junta Comercial da sede da empresa;
3) No caso de sociedade anônima, inscrição do ato constitutivo acompanhado de prova da diretoria em exercício;

b) Quanto à regularidade fiscal:


1) prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ);
2) Prova de inscrição no Cadastro de Pessoa de Física (CPF) para todos os sócios;
3) comprovante de inscrição no cadastro de contribuinte estadual ou municipal, relativo ao domicílio ou sede do
licitante, compatível com o objeto contratual;
4) prova de regularidade para com a Fazenda Federal, Estadual e Municipal do domicílio da licitante. Este
comprovante consiste na Certidão Conjunta de Débitos Relativos a Tributos Federais e à Dívida Ativa da União,
Certidão de Regularidade Fiscal do Estado e Certidão Negativa de Débitos Municipais.
5) prova de regularidade relativa à Seguridade Social (INSS).
6) prova de regularidade relativa ao Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

c) Quanto à Qualificação Econômico-Financeira:


1) Cópia autenticada do balanço patrimonial e demonstrações contábeis do exercício social 2008 apresentados na
forma da lei e registrado na Junta Comercial da sede da licitante;
2) Cópia autenticada da certidão negativa de falência expedida pelo distribuidor da sede da pessoa jurídica;

§ 3° Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal referente as empresas em gozo dos benefícios
estabelecidos na LC 123/06 (ME/EPP), será assegurado o prazo de 2 (dois) dias úteis, cujo termo inicial
corresponderá ao momento em que o proponente for declarado o vencedor do certame (fase de aceitação),
prorrogáveis por igual período, a critério da Administração Pública, para a regularização da documentação, pagamento
ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa.
o
§ 4º A não-regularização da documentação, no prazo previsto no § 3 deste artigo, implicará decadência do direito à
o
contratação, sem prejuízo das sanções previstas nos arts 86 e 87 da Lei n 8.666, de 21 de junho de 1993, sendo
facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura da ata
de registro de registro de preços, ou revogar a licitação.

§ 5º A comprovação da boa situação econômico-financeira da licitante será demonstrada com base nos seguintes
parâmetros:

I - Índice de Liquidez Geral (LG), com valor superior a 1, onde:

Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo


LG = ----------------------------------------------------------------------
Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo

II - Índice de Solvência Geral (SG), com valor superior a 1, onde:

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 9/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Ativo Total
SG = ----------------------------------------------------------------------
Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo

III - Índice de Liquidez Corrente (LC), com valor superior a 1, onde:

Ativo Circulante
LC = -----------------------------------------------------------------------
Passivo Circulante

§ 6º O licitante que apresentar, em seu balanço, resultado igual ou inferior a 1,00 (um vírgula zero), em um ou mais
dos índices referidos no § 1º deste Art, fica obrigada a comprovar, junto aos documentos de habilitação, Patrimônio
Líquido mínimo equivalente a 10% (dez por cento) do valor estimado para contratação.

§ 7º A documentação de habilitação deverá ser enviada ao seguinte endereço: Hospital Geral do Recife – Seção de
Aquisição, Licitação e Contratos, Rua do Hospício, nº 563, Boa Vista, CEP 50.050-050, Recife, Pernambuco.

§ 8° Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado às microempresas e


empresas de pequeno porte, o prazo de dois dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o
proponente for declarado vencedor do certame, prorrogável por igual período, para a regularização da documentação,
pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão
negativa.

Art 58 - Não será habilitada a empresa que estiver enquadrada em uma ou mais situações ou condições estabelecidas
abaixo:

I – suspensa, nos termos da legislação vigente, do direito de licitar e de contratar com o Hospital Geral do Recife.
II - ter sido declarada inidônea por qualquer órgão da Administração Pública Federal, Estadual, Municipal e/ou Distrital;
III – estiver em estado falimentar, concordatário, recuperação judicial e extrajudicial, sob concurso de credores,
dissolução ou liquidação;
IV – deixar de atender as demais indicações especificas ou peculiares desta licitação;
V – Deixar de apresentar qualquer documento exigido dentro dos prazos estipulados;
VI – Apresentar documentos em desacordo com as normas de licitação vigentes.

CAPITULO X

DA IMPUGNAÇÃO DO ATO CONVOCATÓRIO

Art 59 - Até 02 (dois) dias úteis antes da data fixada para a abertura da sessão pública, qualquer pessoa poderá
impugnar o ato convocatório deste Pregão (Art 18, Decreto n º 5.450, de 31 de maio de 2005).

Art 60 - Caberá ao Pregoeiro decidir sobre a petição no prazo de 24 (vinte e quatro) horas.

Art 61 - Acolhida a petição recursal contra o ato convocatório, poderá designada nova data para a realização do
certame.

CAPITULO XI

DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS

Art 62 - Os procedimentos para interposição de recurso, compreendida a manifestação prévia do licitante, durante a
sessão pública, o encaminhamento de memorial e de eventuais impugnações pelos demais licitantes, serão realizados
exclusivamente no âmbito do sistema eletrônico, em formulários próprios, na forma da lei.

§ 1° A manifestação de intenção em apresentar recursos deverá ser efetivado exclusivamente através do sistema
eletrônico, durante a sessão pública, o que ocorrerá após a fase de habilitação.

§ 2° A falta de manifestação imediata e motivada, até o fechamento da sessão, pelo licitante, importará a decadência
do direito de recurso.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 10/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Art 63 - Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá, durante a sessão pública, de forma imediata e motivada, em
campo próprio do sistema, manifestar sua intenção de recorrer.

§ 1° Fica estabelecido o prazo máximo de 72 (setenta e duas) horas úteis, podendo ser prorrogado por igual período,
para o pregoeiro divulgar o resultado do julgamento da intenção de recursos.

§ 2° Sendo aceito a intenção de recurso será concedido ao recorrente o prazo para apresentar as razões de recurso,
ficando os demais licitantes, desde logo, intimados para apresentarem contra-razões em igual prazo, que começará a
contar do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos elementos indispensáveis à
defesa dos seus interesses.

§ 3° Os prazos de recurso são os seguintes:


I - Intenção de recurso: o prazo para apresentação iniciará imediatamente após a aceitação do item e fechará no
mínimo 20 (vinte) minutos após a aceitação do último.
II - Prazo de Recurso: 03 (três) dias úteis;
III - Prazo de Contra-razão: 03 (três) dias úteis a contar do dia útil seguinte ao encerramento do prazo de recurso;
IV - Prazo para julgamento dos recursos: 05 (cinco) dias úteis a contar do dia útil seguinte ao encerramento do prazo
de contra-razão.

§ 4° A intenção de recurso, os recursos, contra-razões e decisões deverão ser enviadas, exclusivamente, por meio
eletrônico, em campo próprio, disponibilizado através do sítio www.comprasnet.gov.br > acesso seguro.

§ 5º A falta de manifestação da intenção de recorrer até o fechamento da sessão pelo licitante, importará a decadência
do direito de recurso.

Art 64 - O recurso contra decisão do Pregoeiro não terá efeito suspensivo.

Art 65 - O acolhimento do recurso importará a invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento.

Art 66 - Os autos do processo permanecerão com vista franqueada aos interessados na Seção de Aquisição, Licitação
e Contratos do HGeR, no prédio da Administração, a Rua Do Hospício, 563, Boa Vista, Recife/PE, no horário de 08:00
às 11:00 h e das 13:00 às 15:00 h de segunda à quinta-feira.

Parágrafo Único – Os licitantes poderão solicitar, por escrito e com antecedência mínima de 48 (quarenta e oito)
horas úteis, cópia dos autos mediante recolhimento, através de GRU (Guia de Recolhimento da União) a ser
providenciada pela Equipe de Apoio, ao custo de R$ 0,10 (dez centavos) por folha/face copiada.

CAPITULO XII

DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO

Art 67 - Inexistindo manifestação recursal, caberá ao Pregoeiro a adjudicação do objeto da licitação ao licitante
vencedor, com a posterior homologação do resultado pelo Ordenador de Despesas do HGeR.

Art 68 - Ocorrendo interposição de recursos, resolvidos os mesmos, caberá ao Ordenador de Despesas a adjudicação
do objeto da licitação ao licitante vencedor, seguindo-se a competente homologação do resultado.

CAPITULO XIII

DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

Art 69 - O registro de preços será formalizado por intermédio de ATA DE REGISTRO DE PREÇOS e nas condições
previstas neste Edital.

Art 70 - A Ata de Registro de Preços resultante deste certame terá vigência de 12 (doze) meses não podendo ser
prorrogada.

Art 71 - Homologada a licitação, será assinada a Ata de Registro de Preços, documento vinculativo obrigacional, com
características de compromisso para a futura contratação, com o fornecedor primeiro classificado de cada item e, se
for o caso, com os 2º e 3º classificados que aceitarem fornecer pelo preço do vencedor, obedecida a ordem de
classificação do Pregão.
Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 11/34
HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Art 72 - Até a assinatura da Ata de Registro de Preços, a proposta da contratada poderá ser desclassificada se o
Hospital Geral do Recife tiver conhecimento de fato desabonador à sua habilitação, conhecido após o julgamento.

Art 73 - A Ata de Registro de Preços poderá ser cancelada a qualquer tempo, independentemente de notificações ou
interpelações judiciais ou extrajudiciais, com base nos motivos previstos no Art 13, incisos I, II, III e IV, do Decreto nº
3.931, de 19 de setembro de 2001.

Art 74 - A associação da contratada com outrem, a cessão ou transferência, total ou parcial, bem como a fusão, cisão
ou incorporação só serão admitidas quando apresentada a documentação comprobatória que justifique quaisquer das
ocorrências, e com o consentimento prévio e por escrito do Hospital Geral do Recife e desde que não afetem a boa
execução do fornecimento.

Art 75 - A Administração poderá contratar quantitativos superiores àqueles registrados na Ata de Registro de Preços
observado o que prescreve o §1º do Art 65 da Lei nº 8.666/93.

Art 76 - Poderá utilizar-se da Ata de Registro de Preços qualquer órgão ou entidade da Administração Pública Federal
que não tenha participado deste certame, mediante prévia consulta ao órgão gerenciador (H Ge R), desde que
devidamente comprovada a vantagem e, respeitadas, no que couber, as condições e as regras estabelecidas na Lei nº
8.666/93, no Decreto nº 3.931/01, alterado pelo Decreto nº 4.342/02, na IN-MARE nº 08/98 e IN-SEAP nº 04/99,
relativas à utilização do Sistema de Registro de Preços.

Parágrafo Único - Caberá ao fornecedor beneficiário da Ata de Registro de Preços, observadas as condições nela
estabelecidas, optar pela aceitação ou não do fornecimento, a órgão ou entidade que não tenha participado do certame
licitatório, desde que este fornecimento não prejudique as obrigações anteriormente assumidas.

SESSÃO I

DOS USUÁRIOS DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

Art 77 - Poderá utilizar-se da Ata de Registro de Preços qualquer órgão ou entidade da Administração Pública Federal
que não tenha participado deste certame, mediante prévia consulta ao órgão gerenciador (H Ge R), desde que
devidamente comprovada a vantagem e, respeitadas, no que couber, as condições e as regras estabelecidas na Lei nº
8.666/93, no Decreto nº 3.931/01, no Decreto nº 4.342/02, na IN-MARE nº 08/98 e IN-SEAP nº 04/99, relativas à
utilização do Sistema de Registro de Preços.

Art 78 - Caberá ao fornecedor beneficiário da Ata de Registro de Preços, observadas as condições nela estabelecidas,
optar pela aceitação ou não do fornecimento, a órgão ou entidade que não tenha participado do certame licitatório, desde
que este fornecimento não prejudique as obrigações anteriormente assumidas.

Art 79 – O HOSPITAL GERAL DO RECIFE não será obrigado a comprar os materiais registrados dos fornecedores
constantes desta Ata de Registro de Preços, facultando-se a realização de licitação específica para a aquisição
pretendida, sendo assegurada ao beneficiário do registro a preferência de fornecimento em igualdade de condições.

SESSÃO II

DO CONTROLE E ALTERAÇÕES DE PREÇOS

Art 80 - Durante a vigência da Ata de Registro de Preços, os preços registrados serão fixos e irreajustáveis, exceto nas
hipóteses, devidamente comprovadas, de ocorrência de situações previstas na alínea “d” do inciso II do Art 65 da Lei nº
8.666/93 ou de redução dos preços praticados no mercado.

Parágrafo Único - Mesmo comprovada a ocorrência de situação prevista na alínea “d” do inciso II do Art 65 da Lei nº
8.666/93, a Administração, se julgar conveniente, poderá optar por cancelar a Ata e iniciar outro processo licitatório.

Art 81 - Os preços registrados poderão ser revistos em decorrência de eventual redução daqueles praticados no mercado
ou de fato que eleve o custo dos materiais registrados, cabendo ao HOSPITAL GERAL DO RECIFE promover as
necessárias negociações junto aos fornecedores.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 12/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

SESSÃO III

DO CANCELAMENTO DO REGISTRO DE PREÇOS DO FORNECEDOR

Art 82 - O fornecedor terá seu registro na Ata cancelado, por intermédio de processo administrativo específico,
assegurado o contraditório e ampla defesa:

§ 1º A pedido, quando:

I - Comprovar estar impossibilitado de cumprir as exigências da Ata, por ocorrência de casos fortuitos ou de força
maior.

II - O seu preço registrado se tornar, comprovadamente, inexeqüível em função da elevação dos preços de mercado
dos insumos que compõem o custo do material.

§ 2º Por iniciativa do HOSPITAL GERAL DO RECIFE, quando:

I - O fornecedor registrado não aceitar reduzir o preço registrado, na hipótese deste se tornar superior àqueles
praticados no mercado.

II - O fornecedor registrado perder qualquer condição de habilitação exigida no processo licitatório.

III - Por razões de interesse público devidamente motivado e justificado pela Administração.

IV - venha a ser atingida por protesto de título, execução fiscal ou outros fatos que comprometam a sua capacidade
econômico-financeira;

V - for envolvida em escândalo público e notório;

VI - quebrar o sigilo profissional;

VII - utilizar, em benefício próprio ou de terceiros, informações não divulgadas ao público e as quais tenha acesso por
força de suas atribuições e que contrariem as condições estabelecidas pelo HOSPITAL GERAL DO RECIFE; e

VIII - na hipótese de ser anulada a adjudicação em virtude de qualquer dispositivo legal que a autorize.

§ 3º A licitante registrada der causa a rescisão do contrato.

§ 4º Em qualquer das hipóteses de inexecução total ou parcial do contrato.

§ 5º Os preços registrados se apresentarem superiores aos praticados no mercado, mediante processo administrativo.

Art 83 - A comunicação do cancelamento do preço registrado, nos casos previstos no Art 82 será feita por
correspondência com aviso de recebimento, juntando-se o comprovante aos autos que deram origem ao registro de
preços.

Art 84 - No caso de ser ignorado, incerto ou inacessível o endereço da contratada, a comunicação será feita por
publicação no Diário Oficial da União, considerando-se cancelado o preço registrado a partir de sua publicação.

Art 85 - A solicitação das licitantes vencedoras para cancelamento dos preços registrados deverá ser formulada com a
antecedência mínima de 72 (setenta e duas) horas, facultada à Administração a aplicação das penalidades previstas
no Capítulo XV deste Edital, caso não aceitas as razões do pedido.

CAPITULO XIV

DA FISCALIZAÇÃO

Art 86 - O HOSPITAL GERAL DO RECIFE nomeará um Gestor titular e um substituto, para executar a fiscalização da
Ata de Registro de Preços, que registrará todas as ocorrências e as deficiências verificadas em relatório, cuja cópia
será encaminhada à(s) licitante(s) vencedora(s), objetivando a imediata correção das irregularidades apontadas.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 13/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Art 87 - A exigência e a atuação da fiscalização pelo HOSPITAL GERAL DO RECIFE em nada restringem a
responsabilidade, única, integral e exclusiva da(s) licitante(s) vencedora(s) no que concerne a execução do objeto
contratado em Ata de Registro de Preços.

CAPITULO XVI

DAS RESPONSABILIDADES E OBRIGAÇÕES DAS PARTES

Art 88 - Caberá à(s) licitante(s) vencedora(s):

§ 1º Entregar os materiais conforme com o estabelecido no Anexo A deste edital.

§ 2º Responsabilizar-se pelos ônus resultantes de quaisquer ações, demandas, custos e despesas decorrentes de
danos, ocorridos por culpa sua ou de qualquer de seus empregados e prepostos, obrigando-se outrossim por
quaisquer responsabilidades decorrentes de ações judiciais movidas por terceiros, que lhe venham a ser exigidas por
força da Lei, ligadas ao cumprimento do presente Edital e da Ata de Registro de Preços que vier a ser assinada.

§ 3º Prestar todas as informações, orientações e esclarecimentos ao paciente.

§ 4º Em nenhuma hipótese veicular publicidade ou qualquer outra informação acerca das atividades objeto desta
licitação, sem prévia autorização deste Hospital.

§ 5º Manter durante toda a vigência da Ata de Registro de Preços as condições de habilitação e qualificação exigidas
nesta licitação.

§ 6º Prestar esclarecimentos à Administração sobre eventuais atos ou fatos desabonadores noticiados que a
envolvam, independentemente de solicitação.

§ 7º Os licitantes registrados na Ata de Registro de Preços estarão obrigados a fornecer quantitativos superiores
àqueles registrados em função do direito de acréscimo de até 25% de que trata o § 1º do Art 65 da Lei nº 8.666/93.

§ 8º Poderá o fornecedor, optar pela aceitação ou não do fornecimento do material a órgão não-participante desta Ata,
desde que não prejudique as obrigações anteriormente assumidas, conforme estabelece o § 3º do Art 8º do Decreto nº
3.931/01, acrescido pelo § 3º do Art 1º de Decreto nº 4.342/02, que trata das aquisições adicionais, limitadas a 100%
(cem por cento) dos quantitativos registrados na Ata.

§ 9º Cumprir todos os encargos estabelecidos neste Edital.

Art 89 - Caberá ao HOSPITAL GERAL DO RECIFE:

§ 1º Efetuar as requisições em conformidade com o previsto neste Edital.

§ 2º Proporcionar todas as facilidades necessárias ao recebimento do material requisitado.

§ 3º Prestar as informações e os esclarecimentos que venham a ser solicitados pela contratada com relação ao objeto
desta licitação.

§ 4º Efetuar os devidos pagamentos nas condições pactuadas.

CAPITULO XVII

DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS

Art 90 - O descumprimento total ou parcial das obrigações assumidas pela contratada, sem justificativa aceita por esta
Administração, resguardados os procedimentos legais pertinentes, poderá acarretar as seguintes sanções:

I – advertência por escrito, quando do não cumprimento de quaisquer das obrigações contratuais.
II - Multa de mora no percentual correspondente a 0,5% (meio por cento), calculada sobre o valor total da Nota de
Empenho, por dia de inadimplência, até o limite de 10 (dez) dias de atraso, na entrega do material, caracterizando
inexecução parcial;

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 14/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

III - Multa compensatória no percentual de 10% (dez por cento), calculada sobre o valor total da respectiva Nota de
Empenho dos itens não entregues a partir do 11° (décimo primeiro) dia, caracterizando o descumprimento total do
contrato, o que ensejará a rescisão contratual, sem prejuízo das demais penalidades previstas na Lei nº 8.666/93;
IV – Suspensão temporária de participação em licitação, impedimento de contratar com a Administração Pública, no
prazo não superior a 02 (dois) anos;
V - Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os motivos
determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante o HGeR, que será concedida sempre que
o contratado ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo da sanção aplicada com
base no inciso anterior.

Art 91- A aplicação das sanções previstas neste Edital não exclui a possibilidade de aplicação de outras, previstas na
Lei nº 8.666/93, inclusive, responsabilização das beneficiárias da Ata por eventuais perdas e danos causados à
Administração.

Art 92 - A multa deverá ser recolhida ao Setor Financeiro no prazo máximo de 10 (dez) dias corridos, a contar da data
do recebimento da comunicação enviada pelo HOSPITAL GERAL DO RECIFE.

Art 93 - O valor da multa será descontado da Nota Fiscal ou crédito existente no HOSPITAL GERAL DO RECIFE, em
favor da contratada, sendo que, caso o valor da multa seja superior ao crédito existente, a diferença será cobrada na
forma da lei.

Art 94 - As multas e outras sanções aplicadas só poderão ser relevadas, motivadamente e por conveniência
Administrativa, mediante ato do Diretor do HOSPITAL GERAL DO RECIFE, devidamente justificado.

Art 95 - O licitante que convocado, não celebrar o contrato (Ata de Registro de Preços), deixar de entregar ou
apresentar documentação falsa exigida para o certame, ensejar o retardamento da execução do objeto desta licitação,
não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo inidôneo ou cometer
fraude fiscal, ficará impedido de licitar e contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e, será
descredenciado no SICAF, ou nos sistemas de cadastramento de fornecedores a que se refere o inciso XIV do Art 4º
da Lei nº 10.520/2002, pelo prazo de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das multas previstas neste edital, no contrato e
das demais cominações legais.

Art 96 As sanções aqui previstas são independentes entre si, podendo ser aplicadas isoladas ou cumulativamente,
sem prejuízo de outras medidas cabíveis.

Art 97 - Em qualquer hipótese de aplicação de sanções será assegurado à contratada o contraditório e a ampla
defesa.

CAPITULO XVII

DO PAGAMENTO

Art 98 - O pagamento das importâncias correspondentes ao material adquirido será efetuado pelo Hospital Geral do
Recife em prazo não superior a 30 (trinta) dias, contados a partir da data final de adimplemento de cada parcela,
mediante saque contra a Conta Única do Tesouro, para crédito na conta da firma credora, no estabelecimento indicado
por ela.

Art 99 - O pagamento somente será autorizado após a entrega ao Ordenador de Despesas da nota fiscal,
devidamente liquidada pelo responsável pelo recebimento do material.

Art 100 - As notas fiscais deverão ser emitidas em nome do HOSPITAL GERAL DO RECIFE, sem rasuras ou erros, e
conter, além do local de entrega, a data de emissão da nota fiscal, o nº do Pregão, da nota de empenho e da conta
corrente atualizada, o número e o nome da agência e do banco da respectiva firma.

§ 1º Caso a contratada seja optante pelo Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das
Microempresas e Empresas de Pequeno Porte – SIMPLES, deverá apresentar, juntamente com a Nota Fiscal, a
devida comprovação, a fim de evitar a retenção na fonte dos tributos e contribuições, conforme legislação em vigor.

§ 2º A Nota Fiscal correspondente deverá ser entregue pela contratada diretamente ao Setor de Farmácia deste
Hospital que somente atestará o fornecimento e liberará a referida Nota Fiscal para pagamento quando cumpridas,
pela contratada, todas as condições pactuadas.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 15/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Art 101 - Havendo erro na Nota Fiscal ou circunstância que impeça a liquidação da despesa, aquela será devolvida à
contratada e o pagamento ficará pendente até que a mesma providencie as medidas saneadoras. Nesta hipótese, o
prazo para pagamento iniciar-se-á após a regularização da situação ou reapresentação do documento fiscal não
acarretando qualquer ônus para esta Administração.

Art 102 - Os empenhos serão emitidos após a comprovação de regularidade da contratada junto ao Sistema de
Cadastramento Unificado de Fornecedores – SICAF, por meio de consulta “on-line” feita por esta Administração.

CAPITULO XVIII

DO FORO

Art 103 - As partes elegem o Foro competente da Justiça Federal da cidade do Recife/PE, para dirimir quaisquer
dúvidas ou questão relacionada a este processo licitatório, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que
seja.

CAPITULO XIX

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS

Art 104 - Na ata da sessão de realização do pregão deverá constar, sem prejuízo de outros, o registro das licitantes
participantes, dos lances apresentados, na ordem de classificação, quando for o caso, o manifesto desejo de exercer o
direito de recurso com a síntese das razões, bem como o de exercer o direito de apresentar as contra-razões ao
recurso.

Art 105 - A licitante deverá examinar detalhadamente as disposições contidas neste edital e seus anexos,
principalmente quanto a sua Habilitação Parcial, junto ao SICAF, pois, a simples apresentação da proposta de preço
inicial submete a licitante à aceitação incondicional de seus termos, bem como representa o conhecimento integral do
objeto em licitação, não sendo aceita a alegação de desconhecimento de qualquer pormenor.

Art 106 - O desatendimento de exigências formais não essenciais não importará no afastamento da licitante, desde
que seja possível a aferição de sua qualificação e a exata compreensão da sua proposta, durante a realização da
sessão pública do pregão.

Parágrafo Único – As normas que disciplinam este pregão serão sempre interpretadas a favor da ampliação da
disputa entre os interessados.

Art 107 - A presente licitação poderá ser revogada por razões de interesse público decorrente de fato superveniente
devidamente comprovado pertinente e suficiente para justificar tal conduta ou anulada por ilegalidade de oficio ou por
provocação de terceiros, mediante parecer escrito devidamente fundamentado.

Art 108 - Os pedidos de esclarecimentos referentes ao processo licitatório deverão ser enviados ao pregoeiro, até três
dias úteis anteriores a data fixada para abertura da sessão pública, por qualquer meio de comunicação, exceto
telefone.

I - Os pedidos de impugnações, esclarecimentos, bem como as respectivas respostas serão divulgadas pelo pregoeiro
no Comprasnet, no Link: Acesso Livre > Pregões > Agendados, no prazo de vinte e quatro horas.
II - Avisos de interesse dos licitantes serão divulgados pelo pregoeiro no Comprasnet, no Link: Acesso Livre > Pregões
> Agendados.

Art 109 - No caso de desconexão com o pregoeiro, no decorrer da etapa competitiva do pregão, o sistema eletrônico
poderá permanecer acessível aos licitantes para recepção dos lances, retomando o pregoeiro, quando possível, sua
atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados.

Parágrafo Único – Quando a desconexão persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sessão do pregão será
suspensa e terá reinicio somente após comunicação expressa aos participantes.

Art 110 - O HOSPITAL GERAL DO RECIFE poderá, por despacho fundamentado do seu Diretor e até a assinatura da
Ata de Registro de Preços, excluir qualquer licitante, sem prejuízo de outras sanções cabíveis, sem que a esta assista

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 16/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

o direito de reclamar indenização ou ressarcimento, se chegar ao seu conhecimento, em qualquer fase do processo
licitatório, fato ou circunstância que desabone a idoneidade da licitante.

Art 111 - A apresentação da proposta implica para a licitante a observância dos preceitos legais e regulamentares em
vigor, bem como, a integral e incondicional aceitação de todos os termos e condições deste Edital e das cláusulas da
Ata de Registro de Preços, sendo responsável pela fidelidade e legitimidade das informações e dos documentos
apresentados em qualquer fase da licitação.

Art 112 - Havendo indícios de conluio entre as licitantes ou de qualquer outro ato de má-fé, o HOSPITAL GERAL DO
RECIFE comunicará os fatos verificados à Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça e ao Ministério
Público Federal, para as providências devidas.

Art 113 - É facultado ao pregoeiro ou à autoridade superior, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência
destinada a esclarecer ou complementar a instrução do processo, vedada a inclusão posterior de documento ou
informação que deveria constar no ato da sessão pública.

Art 114 - Na contagem dos prazos estabelecidos neste edital, e seus anexos, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á
o do vencimento, vencendo-se os prazos dentro do horário de expediente do HGeR (das 07:00h às 11:30h e das
13:00h às 16:00h de 2ª a 5ª feira e das 07:00h às 11:30h às 6ª feiras).

Art 115 - Integram este Edital os seguintes Anexos:


I - Anexo A – Termo de Referência
II - Anexo B – Minuta da Ata de Registro de Preços

Art 116 - O edital e seus anexos serão fornecidos, gratuitamente, na Seção de Aquisição, Licitação e Contratos deste
Hospital no seguinte endereço: Rua do Hospício, 563, Boa Vista, Recife/PE, por meio eletrônico (disquete, cd/dvd rom,
pen driver ou correio eletrônico) ou retirado diretamente do sítio www.comprasnet.gov.br.

Art 117 - Quaisquer informações complementares sobre o presente edital e seus anexos poderão ser obtidas na
SALC/HGeR. Rua Do Hospício, 563, Boa Vista, Recife/PE, Telefone (81) 2123-4841, Fax (81) 3221-1581 ou correio
eletrônico: salc@hger.com.br .

Art 118 - A homologação do resultado desta licitação não implicará direito à contratação.

Art 119 - Os casos omissos serão dirimidos pelo Pregoeiro, com observância da legislação regedora, em especial a
Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002, Decreto Nº 5.450, de 31 de maio de 2006 e, subsidiariamente, a Lei nº 8.666/93
e suas alterações.

Recife/PE, 10 de setembro de 2009.

_______________________________________________
FRANCISCO JOSÉ MADEIRO MONTEIRO – CEL MED
ORDENADOR DE DESPESAS

_________________________________________________
JOSÉ CARLOS CORDEIRO DO NASCIMENTO – 2° SGT
PREGOEIRO

ANEXO “A”

TERMO DE REFERÊNCIA

1. OBJETO
Registro de preços para aquisições futuras de material de consumo diverso (material de escritório, informática,
limpeza/higienização e lavanderia hospitalar)

2. JUSTIFICATIVA

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 17/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Com base nos fundamentos da Lei nº 8.666/93 alterada pelas Leis nº 8.883/94 e 9.648/98, este Termo visa fornecer
elementos e subsídios para apresentação de propostas, dentro de uma viabilidade econômica técnica, com vista à
aquisição do material licitado, conforme relação abaixo, a ser executada em conformidade com a legislação em vigor.

3. ESPECIFICAÇÕES, QUANTIDADES E PREÇO ESTIMADO.

3.1. Material de Expediente

Valor
Item Descrição Apresentação Quant
Médio
1 ABRAÇADEIRA EM NYLON (FIXADOR) 12,7MM X 508MM PCT 100 UN 10 42,24
2 ABRAÇADEIRA PLÁSTICA (FIXADOR) 5MM X 150MM PCT 100 UN 20 5,31
3 ALFINETE CABEÇA COLORIDA, CORES VARIADAS CX C/ 100 360 6,65

4 ALMOFADA PARA CARIMBO AZUL, TAMANHO MÉDIO, ENTINTADA. UNIDADE 50 3,06

5 ALMOFADA PARA CARIMBO PRETA, TAMANHO MÉDIO, ENTINTADA UNIDADE 50 3,06

6 ALMOFADA PARA CARIMBO VERMELHA, TAMANHO MÉDIO, ENTINTADE UNIDADE 20 3,06

7 BOBINA ACETINADA PARA FAX 30X216MM UNIDADE 600 5,43


8 BOBINA TERMOSENSÍVEL 01 VIA 76MM X 52M UNIDADE 1.500 1,35
9 BOBINA TERMOSENSÍVEL 01 VIA 80MM X 30M UNIDADE 1.500 1,55
10 BOBINA TERMOSENSÍVEL 01 VIA 80MM X 40M UNIDADE 1.500 1,85
11 BOBINA TERMOSENSÍVEL 02 VIAS 76MM X 22M UNIDADE 1.500 2,75

12 BORRACHA APAGADORA PARA TINTA CORES VERMELHA E AZUL UNIDADE 240 0,93

13 BORRACHA LÁPIS CORES VERDE E BRANCA UNIDADE 360 0,95


CAIXA PARA ARQUIVO MORTO, MATERIAL PLÁSTICO POLIONDA COR
14 UNIDADE 1.000 3,75
AZUL, TIPO ARQUIVO FÁCIL, TAMANHO A 4
CAIXA PARA ARQUIVO MORTO, MATERIAL PLÁSTICO POLIONDA COR
15 UNIDADE 1.000 3,50
AZUL, TIPO ARQUIVO FÁCIL, TAMANHO OFICIO
CALCULADORA DE MESA COM 12 DIGITOS, FUNÇÕES: 4 OPERAÇÕES
BÁSICAS;- PORCENTAGEM;- RAIZ QUADRADA; - MEMÓRIA;- INVERSÃO
16 DE SINAIS;- GT; - MU;- CORREÇÃO TOTAL E PARCIAL;- DESLIGAMENTO UNIDADE 100 31,00
AUTOMÁTICO OU TECLA OFF;VISOR: CRISTAL LÍQUIDO, ALIMENTACAO
SOLAR/BATERIA.
CANETA ESFEROGRÁFICA, TIPO CRISTAL, TINTA DE COR AZUL,
FABRICAÇAO NACIONAL. MARCAS DE REFERÊNCIA: BIC, FABER
17 UNIDADE 5.000 0,67
CASTELL, PILOT OU DE QUALIDADE COMPROVADAMENTE IGUAL OU
SUPERIOR.
CANETA ESFEROGRÁFICA, TIPO CRISTAL, TINTA DE COR PRETA,
FABRICAÇAO NACIONAL. MARCAS DE REFERÊNCIA: BIC, FABER
18 UNIDADE 5.000 0,67
CASTELL, PILOT OU DE QUALIDADE COMPROVADAMENTE IGUAL OU
SUPERIOR.
CANETA ESFEROGRÁFICA, TIPO CRISTAL, TINTA DE COR VERMELHA,
FABRICAÇAO NACIONAL. MARCAS DE REFERÊNCIA: BIC, FABER
19 UNIDADE 1.500 0,67
CASTELL, PILOT OU DE QUALIDADE COMPROVADAMENTE IGUAL OU
SUPERIOR.

20 CANETA MARCA TEXTO, CORES VARIADAS, FABRICAÇAO NACIONAL UNIDADE 360 1,02

CANETA PARA QUADRO BRANCO COM TINTA AZUL, NÃO PERMANENTE


21 UNIDADE 600 2,75
, PONTA EM POLIESTER, FABRICAÇAO NACIONAL
CANETA PARA QUADRO BRANCO COM TINTA PRETA, NÃO
22 UNIDADE 600 2,75
PERMANENTE, PONTA EM POLIESTER, FABRICAÇAO NACIONAL
CANETA PARA QUADRO BRANCO COM TINTA VERMELHA NÃO
23 UNIDADE 600 2,75
PERMANENTE, PONTA EM POLIESTER, FABRICAÇAO NACIONAL

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 18/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

24 CANETA PARA RETROPROJETOR AZUL, FABRICAÇAO NACIONAL UNIDADE 360 2,16

25 CANETA PARA RETROPROJETOR PRETA, FABRICAÇAO NACIONAL UNIDADE 360 2,16

26 CANETA PARA RETROPROJETOR VERMELHA, FABRICAÇAO NACIONAL UNIDADE 360 2,16

27 CANETA TIPO PINCEL ATOMICO PERMANENTE COR AZUL UNIDADE 300 1,90
28 CANETA TIPO PINCEL ATOMICO PERMANENTE COR PRETA UNIDADE 300 1,90
29 CANETA TIPO PINCEL ATOMICO PERMANENTE COR VERMELHO UNIDADE 300 1,90
CAPA PARA ALVARÁ, FRENTE EM ACETATO TRANSPARENTE E FUNDO
30 UNIDADE 600 3,00
PRETO, HORIZONTAL, TAMANHO OFICIO
CAPA PARA ALVARÁ, FRENTE EM ACETATO TRANSPARENTE E FUNDO
31 UNIDADE 300 3,00
PRETO, VERTICAL
32 CARTOLINA AMARELA CATERPILLA, 180G/M2, DIMENSÃO 73X55 CM FOLHA 120 1,05

33 CARTOLINA AZUL, 180G/M2, DIMENSÃO 73X55 CM FOLHA 120 1,05


34 CARTOLINA BRANCA, 180G/M2, DIMENSÃO 73X55 CM FOLHA 120 1,05
35 CARTOLINA VERDE MUSGO, 180G/M2, DIMENSÃO 73X55 CM FOLHA 120 1,30
36 CLIPES Nº 2/0, NIQUELADO, FORMATO PARALELO CX 100 UN 1.000 1,35
37 CLIPES Nº 3/0, NIQUELADO, FORMATO PARALELO CX 100 UN 1.000 1,24
38 CLIPES Nº 6/0, NIQUELADO, FORMATO PARALELO CX 100 UN 1.000 2,71
COLA BRANCA PARA PAPEL, TIPO BASTÃO DE 08 A 10 G. MARCAS DE
39 REFERÊNCIA: PRITT HENKEL, SCOTCH, BIC OU DE QUALIDADE UNIDADE 120 1,25
COMPROVADAMENTE IGUAL OU SUPERIOR.
40 COLA BRANCA, TUBO 90 G. TUBO 600 0,90
41 CORRETIVO LÍQUIDO A BASE DE ÁGUA, 18 ML, ATÓXICO TUBO 360 0,95
CX PARA CORRESPONDÊNCIA C/ 2 COMPARTIMENTOS, POLIETILENO,
42 UNIDADE 200 32,33
COR FUME.
43 ENVELOPE OFÍCIO 114X229MM, 90G/M2, PARDO UNIDADE 3.000 0,40
44 ENVELOPE OFÍCIO 162X229MM, 90G/M2, PARDO UNIDADE 3.000 0,45
45 ENVELOPE OFÍCIO 185X248MM, 90G/M2, PARDO UNIDADE 4.000 0,55
46 ENVELOPE OFÍCIO 240X340MM, 90G/M2, PARDO UNIDADE 5.000 0,65
47 ENVELOPE OFÍCIO 310X410, 90G/M2, PARDO UNIDADE 3.000 0,80
ETIQUETA AUTO-ADESIVA, MEDINDO 25,4 X 101,6MM, 20 ETIQUETAS CAIXA C/ 100
48 50 40,00
POR FOLHA FOLHAS
ETIQUETA AUTO-ADESIVA, MEDINDO 33,9 X 101,6MM, 14 ETIQUETAS CAIXA C/ 100
49 50 40,00
POR FOLHA FOLHAS
ETIQUETA AUTO-ADESIVA, MEDINDO 50,8 X 101,6MM, 10 ETIQUETAS CAIXA C/ 100
50 50 40,00
POR FOLHA FOLHAS
51 EXTRATOR DE GRAMPO, TIPO ESPÁTULA UNIDADE 50 1,27
52 FITA ADESIVA PARA EMPACOTAMENTO 50M X 48MM ROLO C/50M 300 3,95
53 FITA DE SINALIZAÇÃO, TIPO ZEBRADA 70MM X 20M ROLO 20M 30 11,50
54 FITA TIPO CREPE 19MM X 50M ROLO C/ 50M 50 2,65
55 FITA TIPO DUPLA-FACE ACRÍLICA 12MM X 02M ROLO C/ 02M 50 11,00
56 FITA TIPO DUREX 45MM X 50M ROLO C/50M 300 4,97
57 FORMULÁRIO CONTÍNUO 80 COLUNAS 240X280 01 VIA, 75 G/M2 CX 3000 FL 150 80,33
58 FORMULÁRIO CONTÍNUO 80 COLUNAS 240X280 02 VIAS, 75 G/M2 CX 1500 FL 50 140,34
59 FORMULÁRIO CONTÍNUO 80 COLUNAS 240X280 03 VIAS, 75G/M2 CX 1000 FLS 200 147,21

60 GRAMPEADOR GRANDE, PARA 100 FOLHAS, GRAMPO 26/6, PRETO UNIDADE 40 105,00

61 GRAMPEADOR TIPO DE MESA, PARA 20 FOLHAS, GRAMPO 26/6, PRETO UNIDADE 150 33,33

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 19/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

GRAMPO PARA GRAMPEADOR GALVANIZADO 26/6, CAIXA COM 5.000


62 CAIXA 600 5,91
UNIDADES.

63 GRAMPO TRILHO ENCADERNADOR 80MM PARA PASTA CARTOLINA CX C/ 50 UN 1.000 8,57

64 LÁPIS GRAFITE Nº 2 B UNIDADE 1.440 0,33

65 LIVRO ATA COM 100 FOLHAS, CAPA DURA DE COR PRETA, 220 X 320MM UNIDADE 200 10,86

66 LIVRO ATA COM 200 FOLHAS, CAPA DURA DE COR PRETA, 220 X 320MM UNIDADE 150 16,26

67 LIVRO PROTOCOLO DE CORRESPONDÊNCIA COM 100 FOLHAS UNIDADE 300 6,92


ORGANIZADOR DE FIOS E CABOS, TIPO ESPIRAL, COR PRETA, PCT C/ 05
68 50 0,80
DIÂMETRO 16MM METROS
69 PAPEL A4 297X210MM, APERGAMINHADO, BRANCO ALCALINO, 75 G/M2 RESMA 2.500 13,93

PAPEL ESPECIAL PARA CONVITES, A4 210 X 297 MM, TIPO VERGÊ, COR PCT C/ 50
70 100 33,00
BEGE, 180 G/M2 FOLHAS
PAPEL ESPECIAL PARA CONVITES, A4 210 X 297 MM, TIPO VERGÊ, COR PCT C/ 50
71 100 33,00
BRANCO, 180 G/M2 FOLHAS
PAPEL ESPECIAL PARA CONVITES, A4 210 X 297 MM, TIPO VERGÊ, COR PCT C/ 50
72 100 33,00
CINZA, 180 G/M2 FOLHAS
PASTA “L” COMPOSTA DE POLIPROPILENO COM 0,18MM DE
73 ESPESSURA, INCOLOR, MEDINDO: 0,22X0,33 CM, PARA ORGANIZAR UNIDADE 1.000 2,45
DOCUMENTOS E AFINS.
PASTA ARQUIVO, MATERIAL PLÁSTICO, CORRUGADO FLEXÍVEL,
74 LARGURA 240MM, ALTURA 350MM, LOMBADA 40MM, CORES VARIADAS UNIDADE 1.000 1,85
COM ABAS E ELÁSTICO.
PASTA AZ LOMBO ESTREITO COR PRETA COM FERRAGEM, 350 X 280 X
75 UNIDADE 1.000 5,50
50 MM
76 PASTA AZ MEMORANDO, COM FERRAGEM, 280 X 190 X 80 MM UNIDADE 50 5,70
PASTA CATÁLOGO OFÍCIO, COM 50 FOLHAS, 04 PARAFUSOS, MEDINDO
77 UNIDADE 1.000 15,50
255 X 350MM, COR PRETA
PASTA CLASSIFICADORA CARTÃO DUPLO COM FERRAGEM, CORES
78 UNIDADE 1.000 2,00
VARIADAS
PASTA COMPOSTA DE POLIPROPILENO COM 0,18MM DE ESPESSURA ,
79 INCOLOR, MEDINDO: 0,22X0,33 CM, PARA ORGANIZAR DOCUMENTOS E UNIDADE 10.000 3,00
AFINS, COM ABERTURA LATERAL
PASTA MATERIAL PLÁSTICO TIPO POLIONDA, LOMBO DE 4,0 CM, COM
80 UNIDADE 200 2,98
ELÁSTICO, CORES VARIADAS
PASTA SANFONADA COM 07 DIVISÓRIAS EM PLÁSTICO RESISTENTE
81 UNIDADE 600 22,50
CRISTAL, TIPO POLIBRAS
PASTA SANFONADA COM 12 DIVISÓRIAS EM PLÁSTICO RESISTENTE
82 UNIDADE 300 29,50
CRISTAL, TIPO POLIBRAS
83 PASTA SUSPENSA COM FERRAGEM UNIDADE 1.000 1,57
CAIXA C/ 100
84 PERCEVEJO, GALVANIZADO, 10 MM 10 3,00
UNIDADES
85 PERFURADOR DE PAPEL GRANDE 60 FOLHAS UNIDADE 50 87,50
86 PERFURADOR DE PAPEL MÉDIO, 30 FOLHAS, COM MARGINADOR UNIDADE 50 48,00
87 PLÁSTICO AUTO ADESIVO, 45CM X 25M TIPO VINIL AUTOADESIVO ROLO 25M 30 80,00
PRANCHETA, MATERIAL ACRÍLICO, TAMANHO OFÍCIO,COR FUMÊ, COM
88 UNIDADE 100 17,50
PRENDEDOR METÁLICO
89 RÉGUA PLÁSTICA DE 30CM, INCOLOR UNIDADE 100 0,83
90 RÉGUA PLÁSTICA DE 50CM, INCOLOR UNIDADE 50 2,37
91 TINTA PARA CARIMBO, AZUL, 40 ML TUBO 120 2,19
92 TINTA PARA CARIMBO, PRETA, 40 ML TUBO 60 2,19
93 TINTA PARA CARIMBO, VERMELHA, 40 ML TUBO 36 2,19

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 20/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

3.2. Material de Informática

Apresentaçã
Item Descrição Quant Valor Médio
o
HD IDE 320 GB INTERFACE: SATA 2, VELOCIDADE DE ROTAÇÃO:
94 7200 RPM. MEMÓRIA BUFFER: 16 MB, TAXA DE TRANSFERÊNCIA: UNIDADE 30 158,07
300 MBPS, TEMPO MÉDIO DE ACESSO: 8,9MS
HD IDE 160 GB INTERFACE: IDE, VELOCIDADE DE ROTAÇÃO: 7200
95 RPM TAMANHO DO BUFFER: 2 MB, TAXA DE TRANSFERÊNCIA: UNIDADE 100 146,22
100 MBPS, TEMPO MÉDIO DE ACESSO:12MS
MODULO DE MEMORIA , CAPACIDADE DE 1 GB, PADRAO DDR 2,
96 UNIDADE 200 55,63
PADRAO PC 4200, FREQUENCIA CLOCK 533 MHZ
MODULO DE MEMORIA , CAPACIDADE DE 1 GB, PADRAO DDR,
97 UNIDADE 150 116,33
BARRAMENTO 400 MHZ
MODULO DE MEMORIA , CAPACIDADE DE 512 MB, PADRAO DDR
98 UNIDADE 200 31,90
2, PADRAO PC 4200, FREQUENCIA CLOCK 533 MHZ
MODULO DE MEMORIA , CAPACIDADE DE 512 MB, PADRAO DDR,
99 UNIDADE 150 59,50
BARRAMENTO 400 MHZ
MOUSE OPTICO USB. ESPECIFICAÇÕES:- CONTROLE
CONFORTÁVEL E CONFIÁVEL;- SCROLL COM LUZ NEON
AZUL/VERMELHO ; ALTA SENSIBILIDADE DE 800 A 1600. DPI;-
100 UNIDADE 100 30,16
AVANÇADA TECNOLOGIA ÓPTICA;- FUNÇÃO AUTO SCROLLING E
ZOOM ON-LINE; - INSTALAÇÃO PLUG IN PLAY;- PADRÃO DE
CONEXÃO USB;
PLACA CAPTURA DE VIDEO PADRAO VGA, PCI EXPRESS,
CAPACIDADE DE MEMORIA DE 256 MB, VELOCIDADE DA
101 MEMÓRIA: 580 MHZ, VELOCIDADE RAMDAC: 400 MHZ, UNIDADE 50 128,29
TECNOLOGIA DE MEMÓRIA: DDR/ SDRAM, RESOLUÇÃO MÁXIMA:
1024 X 768, ENTRADA S VIDEO.
TECLADO MULTIMIDIA USB, COMPATIVEL COM USB 2.0/1.1,
102 UNIDADE 100 25,18
COMPATIVEL COM WINDOWS 98/ME/XP/VISTA, MAC: 8.6/9.0/10
ROTEADOR WIRELESS - ESPECIFICAÇÕES MÍNIMAS: LEDS:
POWER, WIRED, WIRELESS, MODEM, INTERNET; TAXA
103 TRANSMISSÃO: ATÉ 108 MBPS. SEGURANÇA: WPA, WPA2- UNIDADE 1 183,67
PERSONAL, 64-BIT/128-BIT ENCRYPTION; ESPECIFICAÇÕES
PADRÃO: IEEE 802.11B , IEEE 802.11G , IEEE 802.11N
PLACA PCMCIA WIRELESS VELOCIDADE DE TRANSFERÊNCIA DE
104 UNIDADE 5 120,16
ATÉ 108 MPBS
PLACA PCI WIRELESS VELOCIDADE DE TRANSFERÊNCIA DE ATÉ
105 UNIDADE 11 100,90
108 MPBS.

3.3. Material Elétrico

Item Descrição Apresentação Quant Valor Médio

106 REATOR PARA LÂMPADA DICRÓICA 220 V - 50 W UNIDADE 20 30,00


107 REATOR PARA LÂMPADA DICRÓICA 220 V - 100W UNIDADE 20 30,00
108 REATOR PARA LÂMPADA DICRÓICA 220 V - 150W UNIDADE 20 30,00
109 REATOR PARA LÂMPADA DICRÓICA 220 V - 200W UNIDADE 20 30,00
110 REATOR PARA LÂMPADA DICRÓICA 220 V - 300W UNIDADE 20 30,00
111 LÂMPADA DICRÓICA, 220 V, 1,5 W, 18 LEDS, LUZ BRANCA UNIDADE 50 40,00
112 LÂMPADA DICRÓICA, 12 V, 50 W, BRILHANTE UNIDADE 50 40,00
LÂMPADA INCANDESCENTE, TENSÃO NOMINAL 26 V, POTENCIA
113 NOMINAL 150 W, PARA UTILIZAÇÃO EM FOCO CIRÚRGICO REF. JCD, UNIDADE 50 80,00
5H/G1, BAUMER
114 LÂMPADA PARA FOCO CIRÚRGICO 12 V – 50 W FOCUS SIM UNDIDADE 50 120,00

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 21/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

115 PILHA ALCALINA TIPO AAA, 1,5 V, CARTELA COM 02 UNIDADES CARTELA 250 8,70
116 PILHA ALCALINA TIPO AA, 1,5 V, CARTELA COM 02 UNIDADES CARTELA 250 6,60
117 PILHA TIPO “C” MÉDIA, 1,5 V UNIDADE 500 5,50
118 PILHA TIPO “D” GRANDE, 1,5 V UNIDADE 300 6,00
PILHA TIPO BATERIA ALCALINA, CARGA “9V” NOMINAL, CARTELA
119 UNIDADE 100 28,00
CONTENDO UMA UNIDADE.
LANTERNA DE ALTO DESEMPENHO, CORPO EM POLIMERO DE XENOY E
RESINA DE POLICARBONATO. RESISTENTE A IMPACTOS E CORROSÃO,
LENTES COM PELICULA RESISTENTES A ALTAS TEMPERATURAS, FOCO
120 CONVERGENTE E COM OTIMA PENETRAÇÃO EM NEBLINAS E UNIDADE 100 70,00
AMBIENTES COM FUMAÇA, A PROVA D’AGUA, ILUMINAÇÃO A BASE DE
LEDS COM VIDA UTIL DE 10.000 HORAS, ALIMENTAÇÃO: 3 PILHAS TIPO
“C”.

3.4. Material para Embalagem

Item Descrição Apresentação Quant Valor Médio

BOBINA DE SACO PLÁSTICO PICOTADO P/ CURATIVO 60X45, BOBINA C/ 2


121 250 98,33
TRANSPARENTE KG
PAPEL FILME DE PVC. ESTICAVEL, PARA ARMAZENAR E EMBALAR
122 ALIMENTOS, TAMANHO 38 X 10X 1000 M. APRESENTAR LICENÇA DE ROLO 300 120,00
FUNCIONAMENTO DA ANVISA DO FABRICANTE + FICHA TECNICA
SACO PLÁSTICO 13X25 TRANSPARENTE, NÃO RECICLADO, USO
123 MILHEIRO 100 43,73
DIVERSOS, ESPESSURA 0,06MM
SACO PLÁSTICO 18X34 TRANSPARENTE, NÃO RECICLADO, USO
124 MILHEIRO 30 132,77
DIVERSOS, ESPESSURA 0,06MM
SACO PLÁSTICO 20X35 TRANSPARENTE, ESPESSURA 0,6MM. NÃO
125 MILHEIRO 30 138,33
RECICLADO, USO DIVERSOS.
SACO PLÁSTICO 25X35 TRANSPARENTE, ESPESSURA 0,6MM, NÃO
126 MILHEIRO 100 147,00
RECICLADO, USO DIVERSOS
SACO PLÁSTICO 36X47,5 LEITOSO, ESPESSURA 0,6MM . USO DIVERSOS,
127 MILHEIRO 100 176,33
NÃO RECICLADO

SACO PARA EMBALAGEM MATERIAL PLÁSTICO TRANSPARENTE,


128 TAMANHO 7,0CM X 30CM, APRESENTAR A AUTORIZAÇÃO DE MILHEIRO 100 155,13
FUNCIONAMENTO DA ANVISA ;
SACO PARA EMBALAGEM, MATERIAL PLÁSTICO TRANSPARENTE,
129 TAMANHO 17CM X 17CM, APRESENTAR A AUTORIZAÇÃO DE MILHEIRO 100 138,00
FUNCIONAMENTO DA ANVISA ;

3.5 . Material de Copa e Cozinha

Valor
Item Descrição Apresentação Quant
Médio

COLHER TIPO MEXER CAFÉ, ATÓXICO, CRISTAL, SEM COR E CHEIRO . O CAIXA C/
130 PRODUTO DEVERA SATISFAZER AS EXIGENCIAS DA RESOLUÇÃO 105/99 DA 15000 20 67,50
ANVISA E A NBR.14.865 . UNIDADES
COPO DESCARTÁVEL 200 ML USO DIVERSOS, , BRANCO, PACOTE COM 100 PACOTE. C/
131 UNIDADES . O PRODUTO DEVERA SATISFAZER AS EXIGENCIAS DA 100 20000 3,60
RESOLUÇÃO 105/99 DA ANVISA E A NBR.14.865 . UNIDADES
COPO DESCARTÁVEL 50 ML PARA CAFÉ, , BRANCO, PACOTE COM 100 PACOTE. C/
132 UNIDADES . O PRODUTO DEVERA SATISFAZER AS EXIGENCIAS DA 100 10000 1,70
RESOLUÇÃO 105/99 DA ANVISA E A NBR.14.865 . UNIDADES
COPO DESCARTÁVEL 500 ML C/ TAMPA ; BRANCO, PACOTE COM 100 CONJ. 50
133 UNIDADES . O PRODUTO DEVERA SATISFAZER AS EXIGENCIAS DA COPOS E 50 10000 300,00
RESOLUÇÃO 105/99 DA ANVISA E A NBR.14.865 . TAMPAS

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 22/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

EMBALAGEM EM ALUMÍNIO C/ TAMPA TIPO CARTÃO PLASTIFICADO Nº. 08 CAIXA C/ 100


134 1000 33,00
(QUENTINHA). UNIDADES
GUARDANAPO DE PAPEL, COR BRANCA, FOLHA SIMPLES, TAMANHO 23 CM
CAIXA C/ 48
135 X 22 CM. APRESENTAÇÃO: CAIXA CONTENDO 48 PACOTES C/ 50 UNIDADES 500 31,00
PCT
EM CADA PACOTE.

KIT PARA REFEIÇÃO COMPOSTO DE : GARFO COM 18 CM, PESO 5 G, E


FACA COM 17 CM E PESO DE 5 G, PLASTICO RESISTENTE, NA COR CAIXA COM
136 5000 10,00
BRANCA, ACOMPANHADO DE GUARDANAPO, TUDO ACONDICIONADO EM 500 KITS.
EMBALAGEM PLASTICA TRANSPARENTE COM FECHAMENTO TIPO SLIP.

PACOTE C/
137 LUVA PLÁSTICA PARA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS, TAMANHO ÚNICO 10000 23,50
100UN
REFIL DESCARTÁVEL LANCHEIRA TÉRMICO, POLIESTIRENO EXPANDIDO,
COM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS: PEÇA ÚNICA CONTENDO TAMPA E
138 RECIPIENTE DE ACONDICIONAMENTO DE ALIMENTOS, SEM DIVISÕES, CAIXA C/ 400 1000 600,00
MEDINDO ALTURA: 7,6 CM, FRENTE: 14,7 CM, LATERAL: 14,6 CM, NA COR
BRANCA.

REFIL DESCARTÁVEL PRATO TÉRMICO, POLIESTIRENO EXPANDIDO, COM


AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS: PEÇA CONTENDO TAMPA E
139 RECIPIENTE DE ACONDICIONAMENTO DE ALIMENTOS, COM TRÊS CAIXA C/ 100 2500 600,00
DIVISÕES, MEDINDO ALTURA: 5,2 CM, FRENTE: 27,5 CM, LATERAL: 21,5 CM,
CAPACIDADE 1200 ML, NA COR BRANCA.

REFIL DESCARTÁVEL SOPEIRA TÉRMICO, POLIESTIRENO EXPANDIDO,COM


AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS: PEÇA ÚNICA CONTENDO TAMPA E
140 RECIPIENTE DE ACONDICIONAMENTO DE ALIMENTOS, SEM DIVISÕES, CAIXA C/ 200 1000 600,00
MEDINDO ALTURA: 6,7 CM, DIÂMETRO: 14,00 CM, CAPACIDADE: 500ML, NA
COR BRANCA.

TALHER TIPO COLHER DESCARTAVEL PLASTICO DE ALTA


CAIXA COM
141 RESISTENCIAPARA REFEIÇÃO, MEDINDO 15 CM DE COMPRIMENTO, PESO 500 60,10
1000 UNID.
DE 5 G, NA COR BRANCA,
TALHER TIPO FACA DESCARTAVEL PLASTICO DE ALTA RESISTENCIA PARA
CAIXA COM
142 REFEIÇAÕ, MEDINDO 17 CM DE COMPRIMENTO,PESO DE 5 G, NA COR 500 72,10
1000 UNID
BRANCA.
TALHER TIPO GARFO DESCARTAVEL PLASTICO DE ALTA RESISTENCIA
CAIXA COM
143 PARA REFEIÇÃO, MEDINDO 18 CM DE COMPRIMENTO, PESO DE 5 G NA 500 60,10
1000 UNID
COR BRANCA

3.6. Material de Limpeza e Higienização

Valor
Item Descrição Apresentação Quant
Médio

ÁCIDO CLORÍDRICO (MURIATICO) – MULTILIMPEZA / EMBALAGEM COM


1000ML, COM A SEGUINTE COMPOSIÇÃO: DENSIDADE 1,14 – 1,17 ,
144 LITRO 600 3,75
CONCENTRAÇÃO HCL 25 – 30 % , TEOR DE FERRO 3PPM , TENSOATIVO 0,2
A 0,25 .
ALCOOL GEL GLICERINADO, CONCENTRAÇÃO ALCOOL 70%,
145 CONCENTRAÇÃO GLICERINA 5%, QSP 25%, APRESENTAÇÃO SACHE 600 SACHÊ 600 ML 4000 27,00
ML, APLICAÇÃO ASSEPSIA DAS MÃOS.
ANTI-FERRUGEM, DESENGRIPANTE,LUBRIFICANTE,APRESENTAÇÃO EM
146 UNIDADE 100 10,50
SPRAY C/ 300 ML .

BALDE PLÁSTICO COM TAMPA CAPACIDADE 60 LITROS, LITROS


147 PRODUZIDO EM POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE RESISTÊNCIA LISO UNIDADE 100 29,33
INTERNAMENTE E EXTERNAMENTE COM TAMPA ALÇA NAS LATERAIS.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 23/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

BALDE PLÁSTICO COM TAMPA E PEDAL CAPACIDADE 100 LITROS,


148 PRODUZIDO EM POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE VIRGEM RESISTÊNCIA UNIDADE 150 47,67
LISO INTERNAMENTE E EXTERNAMENTE COM TAMPA ALÇA NAS LATERAIS.

BALDE PLÁSTICO SEM TAMPA. CAPACIDADE 20 LITROS, PRODUZIDO EM


149 POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE VIRGEM RESISTÊNCIA LISO UNIDADE 720 7,91
INTERNAMENTE E EXTERNAMENTE COM TAMPA ALÇA NAS LATERAIS.

CABO EM ALUMÍNIO PARA MOP ÚMIDO, PRENDEDOR COMPLETO, MEDINDO


150 UNIDADE 20
1,20 M
CARRO MULTIFUNCIONAL, COM BALDE PRINCIPAL, CAPACIDADE MINIMA
DE 25 LITROS, ESPREMEDOR VERTICAL,COM 02 BALDES DE 04 LITROS,
151 UNIDADE 10 350,00
PORTA SACO E SUPORTE FUNCIONAL. MEDIDAS: 79X52X112 CM
APROXIMADAMENTE.

CERA LÍQUIDA INCOLOR, A BASE DE POLÍMEROS ACRÍLICOS, RESINAS


152 ACRILICAS, ETERES DE GLICOIS,AGENTES PLASTIFICANTES. APRESENTAR LITRO 840 5,15
REGISTRO OU NOTIFICAÇÃO NA ANVISA/MS.

CLORO A 5,0% PARA DESINFECÇÃO DE PISOS EM GERAL. APRESENTAR


153 BOMBONA 5 L 1500 9,49
FICHA TECNICA E REGISTRO NA ANVISA. EMBALAGEM COM 5 LITROS

CONTENTOR DE LIXO CAPACIDADE 240 LITROS,MEDINDO: ALTURA – 109


CM, DIAMETRO 58 CM, PROFUNDIDADE – 71 CM, COM TAMPA, RODAS EM
154 BORRACHA MACIÇA, EIXO EM AÇO GALVANIZADO, FABRICADOS SEGUNDO UNIDADE 50 550,00
A NORMA DIN 30700 / EN 840, MATERIAL RESISTENTE UV, FRIO, CALOR E
PRODUTOS QUIMICOS. CORES VARIADAS.

CONTENTOR DE LIXO CAPACIDADE 360 LITROS,MEDINDO: ALTURA – 110


CM, DIAMETRO 60 CM, PROFUNDIDADE – 80 CM, COM TAMPA, RODAS EM
155 BORRACHA MACIÇA, EIXO EM AÇO GALVANIZADO, FABRICADOS SEGUNDO UNIDADE 30 990,00
A NORMA DIN 30700 / EN 840, MATERIAL RESISTENTE UV, FRIO, CALOR E
PRODUTOS QUIMICOS. CORES VARIADAS.

156 DESENTUPIDOR DE PIA, CABO EM MADEIRA, COMPRIMENTO 10 CM UNIDADE 50 5,47


157 DESENTUPIDOR DE VASO SANITÁRIO, CABO EM MADEIRA DE 50CM UNIDADE 20 7,15
DESINFETANTE PARA DESINFECÇÃO E ODORIZAÇÃO, PAREDES E PISOS.
158 TENSOATIVO NÃO IÔNICO,AGENTES BACTERICIDAS QUATERNÁRIO DE BOMBONA 5 L 400 28,27
AMÔNIO/FORMALDEÍDO, FRAGANCIAS, PRONTO USO .
DESODORANTE/AROMATIZANTE DE AMBIENTE, TIPO AEROSOL, AROMA
159 UNIDADE 360 35,30
LAVANDA, LATA DE 400 ML.

DETERGENTE CLORADO PARA DESINFECÇÃO DE PISOS, LÍQUIDO


CONCENTRADO. CONTENDO AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS:
160 BOMBONA 5 L 300 42,87
HIPOCLORITO DE SÓDIO NO MINIMO DE 5% DE CLORO ATIVO, PRONTO
USO.

DETERGENTE DESINCRUSTRANTE ALCALINO, CONCENTRADO,PRONTO


161 USO. CONTENDO AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS: HIDROXIDO BOMBONA 5 L 240 135,00
DE SÓDIO, PH ALCALINO , TENSOATIVO NÃO IONICO.

DETERGENTE NEUTRO CONCENTRADO PRONTO USO PARA LAVAGEM


MANUAL DE UTENSÍLIOS DE COZINHA.CONTENDO AS SEGUINTES
162 CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS: BOMBONA 5 L 240 143,20
ALCALINIZANTES,DETERGENTES,ESPUMANTES,SEQUESTRANTES, PH 6,5
– 7,5. EMBALAGEM COM 5 LITROS.

163 DETERGENTE NEUTRO MULTIUSO, GALÃO C/ 05 L , PRONTO USO. BOMBONA 5 L 500 62,00

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 24/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

DETERGENTE PARA MÁQUINA DE LAVAGEM AUTOMÁTICA DE LOUÇAS.


CONTENDO AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS MÍNIMAS: ALCALINIZANTE
164 BOMBONA 5 L 100 62,00
HIDROXIDO DE SODIO, PH 10,5 – 11,3 , VISCOSIDADE (COPOFORD 4/25OC)
10-15.TENSOATIVO ANFOTÉRICO E SEQUESTRANTE EDTA.

DETERGENTE TIPO AUXILIAR DE SECAGEM PARA MÁQUINA DE LAVAGEM


AUTOMÁTICA DE LOUÇAS. CONTENDO AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS
165 BOMBONA 5 L 100 62,00
MÍNIMAS: PH 6 – 7 , TENSOATIVO , MATERIA ATIVA NÃO IONICA,AGENTE
SECANTE . EMBALAGEM COM 5 LITROS.

DISPENSER PARA PAPEL HIGIENICO 300M , INJETADO EM


166 POLICARBONATO,COR BRANCO,BASE DE FIXAÇÃO E COM CHAVE DE UNIDADE 300 77,50
SEGURANÇA.
DISPENSER PARA PAPEL TOALHA, INJETADO EM POLICARBONATO,COR
167 BRANCO,BASE DE FIXAÇÃO, COM CAPACIDADE DE ATÉ 600 FOLHAS E COM UNIDADE 450 70,00
CHAVE DE SEGURANÇA.
DISPENSER PARA SABONETE LIQUIDO,INJETADO EM
POLICARBONATO,COR BRANCO,BASE DE FIXAÇÃO, COM RESERVATORIO
168 UNIDADE 450 55,00
DE 800 ML FECHADO E COM TAMPA, COM CHAVE DE SEGURANÇA DO
DISPENSER.

ESPONJA DE LÃ DE AÇO, ABRASIVIDADE MÉDIA PACOTE C/ 08 UND ,


PACOTE C/ 08
169 ESPONJA TIPO LA DE AÇO,FORMATO ANATOMICO, PESO MINIMO DO 2800 2,03
UNIDADES
PACOTE 60 GRAMAS

ESPONJA DE LIMPEZA PRATOS E USO GERAL, DUPLA FACE EM FIBRA


170 SINTETICA, ABRASIVIDADE MÉDIA, BACTERICIDA PARA UTENSÍLIOS DE UNIDADE 5000 0,65
COZINHA, MEDINDO 100 X 70 X 20MM .

FIBRA DE LIMPEZA PARA USO EM GERAL, COR VERDE MEDIDO PACOTE COM
171 400 40,00
102X260X20MM SINTÉTICA. 10 UNIDADES

FIBRA PARA LIMPEZA PESADA, COMPOSTA DE FIBRA SINTETICA, MEDINDO


172 UNIDADE 3000 26,66
102X260X20MM. PARA REMOÇAO DE ALTAS SUJIDADES.

LIMPA VIDRO E ACRÍLICO FRASCO C/ 500 ML, COMPOSIÇÃO LAURIL FRASCO C/


173 1200 2,57
ETER,SULFATO DE SODIO. 500 ML

LIXEIRA COM TAMPA BASCULANTE CAPACIDADE 60 LITROS, MEDINDO


174 UNIDADE 200 90,00
41X31X74 , COR BEGE,MATERIAL VIRGEM COM ALÇA LATERAIS.

LIXEIRA DE ESCRITORIO EM POLIPROPILENO TAMANHO 24 X 24 , COR


175 UNIDADE 100 23,00
PRETO, CAPACIDADE 12 LITROS ;

LIXEIRA EM PLÁSTICO COM TAMPA E PEDAL CAPACIDADE 20 LITROS,


176 PRODUZIDO EM POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE VIRGEM RESISTÊNCIA UNIDADE 250 45,00
LISO INTERNAMENTE E EXTERNAMENTE COM TAMPA ALÇA NAS LATERAIS.

LIXEIRA EM PLÁSTICO COM TAMPA E PEDAL CAPACIDADE 50 LITROS,


177 PRODUZIDO EM POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE VIRGEM RESISTÊNCIA UNIDADE 200 6,00
LISO INTERNAMENTE E EXTERNAMENTE COM TAMPA ALÇA NAS LATERAIS.

FRASCO C/
178 LUSTRA MÓVEIS, AROMA LAVANDA, FRASCO COM 500 ML . 1000
500 ML

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 25/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

LUVA PRODUZIDA EM LÁTEX NITRÍLICO, COM FORMATO ANATÔMICO E


SUPORTE TÊXTIL ANTI-ALÉRGICO EM MALHA 100% ALGODÃO. POSSUIR
COMO CARACTERÍSTICA MARCANTE EXCELENTE FLEXIBILIDADE E TATO,
RESISTENTE A CORTES E ABRASÃO, ÓLEOS, GRAXAS, TINTAS, RESÍDUOS
179 PAR 150 14,34
DE DIVERSOS PRODUTOS QUÍMICOS, USO EM: CARGA E DESCARGA DE
TRANSPORTE DE MATERIAIS, PINTURA, MANUTENÇÃO INDUSTRIAL,
MANUSEIO DE PEÇAS E CHAPAS OLEADAS, COLETA DE RESÍDUOS.
COMPRIMENTO: 28 CM, TAMANHO 9,5 A 10,5 CM DE CANO.
LUVA REFIL APLICADOR DE CERA É FABRICADO COM 100% POLIÉSTER
180 QUE PROPORCIONA A APLICAÇÃO DOS PRODUTOS DE MANEIRA UNIDADE 100 28,00
UNIFORME. MEDIDAS MINIMAS DE 35 CM.

LUVAS FABRICADAS COM COMPOSTO ESPECIAL DE CLORETO DE


POLIVINILO, COM SUPORTE TÊXTIL EM MALHA 100 ALGODÃO.
IMPERMEÁVEL COM PALMA ÁSPERA, RESISTENTE A CORTE E ABRASÃO E
A PRODUTOS QUÍMICOS EM GERAL. USO: MANUSEIO DE PRODUTOS
181 QUÍMICOS, PEÇAS MATERIAIS OLEADOS, COLETA DE RESÍDUOS, LIMPEZA PAR 150 5,00
DE AMBIENTES E DEMAIS ATIVIDADES QUE EXIJAM IMPERMEABILIDADE E
RESISTÊNCIA MECÂNICA E QUÍMICA. APLICAÇÃO: SERVIÇO DE LIMPEZA E
CONSERVAÇÃO, LABORATÓRIOS QUÍMICOS E OUTROS. TAMANHO:
9,5X26CM

MOP TIPO CONJUNTO COMPLETO PARA MOP PÓ: FORNECIDO COM CABO
DE ALUMÍNIO 1,50M X 24MM DE DIÂMETRO, ARMAÇÃO PLUS INJETADA EM
182 UNIDADE 100 350,00
POLIPROPILENO, LUVA COMPOSTA POR FIOS 100% ACRILICO, ALTO
PODER DE ABRASIVIDADE E RETENÇÃO NA LIMPEZA COM 40 CM.
MOP TIPO CONJUNTO COMPLETO PARA MOP PÓ: FORNECIDO COM CABO
DE ALUMÍNIO 1,50M X 24MM DE DIÂMETRO, ARMAÇÃO PLUS INJETADA EM
183 UNIDADE 100 350,00
POLIPROPILENO , LUVA COMPOSTA POR FIOS 100% ACRILICO, ALTO
PODER DE ABRASIVIDADE E RETENÇÃO NA LIMPEZA COM 60 CM

184 MULTINSETICIDA EM AEROSOL 300 ML , BASE DE AGUA, SEM CHEIRO UNIDADE 200 7,60

PÁ COLETORA DE LIXO, COLETOR POLIESTIRENO, CABO EM ALUMÍNIO,


COMPRIMENTO CABO 80 CM, COMPRIMENTO COLETOR 28 CM, LARGURA
185 UND 90 67,50
28 CM, ALTURA 81 CM, APLICAÇÃO LIMPEZA, COR AZUL, MODELO COM
TAMPA.
186 PALHA DE AÇO Nº. 01, PACOTE COM 20 UNIDADES. PACOTE 400 4,00

187 PANO DE CHÃO ALVEJADO 100% ALGODÃO, 70 X 40 CM. UNIDADE 1000 1,93
2
PANO PARA LIMPEZA LEVE, COR AZUL. GRAMATURA 45 G/M CONSTITUÍDO
100% DE FIBRAS DE VISCOSE RESISTÊNCIA LONGITUDINAL ACIMA DE
ROLO C/ 300
188 5000GF/50MM. RESISTÊNCIA TRANSVERSAL DE 950GF/50MM. AGENTE 40 220,67
METROS
BACTERIOSTÁTICO À BASE DE TRICLOSAN E RESINA ACRÍLICA. ROLO COM
300M X 33 CM.
2
PANO PARA LIMPEZA LEVE, COR LARANJA. GRAMATURA 50 G/M
ROLO C/ 300
189 ESPESSURA 0,26MM. CONSTITUÍDO 100% DE FIBRAS DE VISCOSE. AGENTE 25 220,67
METROS
BACTERIOSTÁTICO À BASE DE TRICLOSAN. BOBINA DE 300M X 33CM;

2
PANO PARA LIMPEZA PESADA, COR VERDE. GRAMATURA 80 G/M
ROLO C/ 300
190 ESPESSURA 0,41MM. CONSTITUÍDO 100% DE FIBRAS DE VISCOSE. AGENTE 36 240,67
METROS
BACTERIOSTÁTICO À BASE DE TRICLOSAN., BOBINA DE 300M X 33CM.

PAPEL HIGIÊNICO, APRESENTANDO FOLHA SIMPLES, CREPADO, SEM


PICOTE, NA COR BRANCA, NEUTRO, MEDINDO 10 CM X 30 M, COMPOSTO ROLO C/ 30
191 30.000 0,85
DE 100% DE CELULOSE VIRGEM, TUBETE MEDINDO NO MÍNIMO 4,0 CM DE METROS
DIÂMETRO, EM EMBALAGEM TRANSPARENTE.
PAPEL HIGIÊNICO,APRESENTANDO FOLHA SIMPLES, CREPADO, SEM
PICOTE, NA COR BRANCA, NEUTRO, MEDINDO 10 CM X 300 M, COMPOSTO BOBINA
192 1600 5,50
DE 100% DE CELULOSE, TUBETE MEDINDO NO MÍNIMO 4,0 CM DE 300M
DIÂMETRO, EM EMBALAGEM TRANSPARENTE.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 26/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

PAPEL TOALHA INTERFOLHADA - CREPADO, INTERFOLHADO FOLHA


SIMPLES COM 2 DOBRAS, 100% FIBRAS NATURAIS, NO TAMANHO (23 CM
193 COMPRIMENTO MÍNIMO X 20,5 CM LARGURA) MÁXIMA), FARDO COM 1.000 MILHEIRO 25000 7,60
FOLHAS,COM EXCELENTE ALVURA E MACIEZ. NÃO CAUSAR IRRITAÇÕES
DÉRMICAS, NA COR BRANCA.
FRASCO C/
194 PASTA P/ LIMPEZA, TIPO SAPONÁCEO CREMOSO 480 7,00
500 ML

PLACA SINALIZADORA EM POLIPROPILENO INJETADA, COR AMARELA,COM


195 UNIDADE 15 80,00
MENSAGEM: EM MANUTENÇÃO, PISO MOLHADO, TIPO CAVALETE.

FRASCO C/
196 POLIDOR DE METAIS PARA BRONZE, PRATARIAS E ETC, FRASCO 200 ML. 200 20,50
500 ML
FRASCO C/
197 POLIDOR DE METAIS PARA LOUÇAS E UTENSÍLIOS DE ALUMÍNIO 480 9,00
500 ML

POLIDOR LIMPADOR DE INOX, CONTENDO 420 GRAMAS , COMPOSIÇÃO:


FRASCO C/
198 AGUA, OLEO MINERAL,MONO-OLEATO DE SORBITOL,ETANOLAMINA E 100 12,50
500 ML
PROPELENTE.

PULVERIZADOR CAPACIDADE DE 500 ML, COM GATILHO, APLICAÇÃO DE


199 UNIDADE 300 19,12
PRODUTOS DE MODO GERAL.
REFIL MOP PÓ 40 CM, COMPOSTA POR FIOS 100% ACRILICO COM ALTO
200 PODER DE RETENÇÃO DE ABRASIVIDADE NA LIMPEZA. PARTE SUPERIOR UNIDADE 100 104,00
CONFECCIONADA EM TECIDO SINTÉTICO LAVÁVEL E DE FÁCIL SECAGEM.
REFIL MOP PÓ 60 CM, COMPOSTA POR FIOS 100% ACRILICO COM ALTO
201 PODER DE RETENÇÃO DE ABRASIVIDADE NA LIMPEZA. PARTE SUPERIOR UNIDADE 100 138,50
CONFECCIONADA EM TECIDO SINTÉTICO LAVÁVEL E DE FÁCIL SECAGEM.
202 REFIL MOP ÚMIDO 340G, FIO DE ALGODÃO PONTA DOBRADA, COR AZUL UNIDADES 300 200,00
RODO 60 CM COM CABO DE ALUMÍNIO ROSQUEADO MEDINDO 1,20
203 UNIDADE 240 30,00
M,BORRACHA DUPLA
RODO MINIMO DE 40 CM COM CABO DE ALUMÍNIO ROSQUEADO MEDINDO
204 UNIDADE 240 20,00
1,20 M,BORRACHA DUPLA . APRESENTAR FICHA TECNICA ;
205 RODO REFIL 60 CM, SEM CABO,BORRACHA DUPLA UNIDADE 240 4,67

RODO REFIL LIMPA VIDRO PROFISSIONAL, MEDINDO 28 CM EM PVA


206 UNIDADE 40 4,50
POLIVINILICO.

RODO TIPO LIMPA VIDRO PROFISSIONAL, MEDINDO 28 CM, COMPLETO


COM CABO TELESCOPICO MEDINDO 300 CM EM ALUMINIO OU AÇO INOX.
CABO DESTÁCAVEL INTEIRO BASE EM FIBRA DE CARBONO REFORÇADO
207 COM UNIDADE 40 72,50
PUXADOR DE TORÇÃO EM FIBRA DE CARBONO ANATÔMICO COM
DUPLO ROLETES PARA ESPREMER O REFIL. REFIL COMPOSTO DE PVA
POLIVINILICO.

BARRA DE
208 SABÃO AMARELO NEUTRO 600 1,23
200G
BARRA DE 200
209 SABÃO DE COCO 600 1,91
G
PACOTE DE
210 SABÃO EM PÓ 2400 2,44
500G

SABONETE GEL ANTI-SEPTICO PEROLADO, PARA LAVAGEM DE MÃOS,


211 BOMBONA 5 L 300 41,68
PRINCIPIO ATIVO: SORBITOL , ALCOOL

SABONETE LÍQUIDO BACTERICIDA PARA AS MÃOS. CONTENDO AS SACHÊ COM


212 5000 19,50
CARACTERISITCAS: PRINCIPIO ATIVO TRICLOSAN 0,5% 800 ML

SACO P/ LIXO DOMICILIAR, CAPACIDADE 100 L, ESPESSURA 0,6MM, COR


213 MILHEIRO 500 190,33
PRETA.
SACO P/ LIXO DOMICILIAR, CAPACIDADE 150 L, ESPESSURA 0,6MM, COR
214 MILHEIRO 500 393,33
PRETA.
Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 27/34
HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

SACO P/ LIXO DOMICILIAR, CAPACIDADE 200 L, ESPESSURA 0,6MM, COR


215 MILHEIRO 500 423,33
PRETA.
SACO P/ LIXO DOMICILIAR, CAPACIDADE 40 L, ESPESSURA 0,6MM, COR
216 MILHEIRO 500 96,67
PRETA.
SACO PLÁSTICO 120 LITROS, COR VERDE, CONFECCIONADO DE ACORDO
217 MILHEIRO 200 234,00
COM AS NORMAS DA ABNT N° 9191 E 7500 .
SACO PLÁSTICO PARA LIXO HOSPITALAR, CAPACIDADE 100L, COR
218 BRANCA, CONFECCIONADO DE ACORDO COM AS NORMAS DA ABNT N° MILHEIRO 600 250,00
9191 E 7500 .

219 CANCELADO

SACO PLÁSTICO PARA LIXO HOSPITALAR, CAPACIDADE 50L, COR BRANCA,


220 MILHEIRO 300 179,50
CONFECCIONADO DE ACORDO COM AS NORMAS DA ABNT N° 9191 E 7500;

221 TELA ODORIZANTE SEM PEDRA, ODOR LIMÃO; UND 600 17,50

VASSOURA COM CERDAS DE PÊLO ARTIFICIAL, 60 CM, CABO EM ALUMINIO


222 UNIDADE 300 18,00
.
VASSOURA TIPO REFIL COM CERDAS DE PÊLO ARTIFICIAL, 60 CM, SEM
223 UNIDADE 300 13,50
CABO
224 VASSOURA PIAÇAVA TIPO LEQUE, Nº. 02, CABO EM MADEIRA. UNIDADE 600 4,19

VASSOURINHA PARA BANHEIRO, MATERIAL CERDA PLASTICA, MATERIAL


225 UNIDADE 150 9,75
CABO PLÁSTICO RESISTENTE, FORMATO CORPO CILÍNDRICO.

3.7. Material Químico (Lavanderia Hospitalar e Piscina)

Lote 1 – Material Químico para Piscina

Valor
Item Descrição Apresentação Quant
Médio

CLORO GRANULADO PARA LIMPEZA DE PISCINAS, INGREDIENTE ATIVO: BALDE C/ 10


226 30 174,17
HIPOCLORITO DE CÁLCIO A BASE DE 65% KG

ALGICIDA, COMPOSIÇAO: SULFATO CUPRICO PENTAHIDRATADO 7%,


227 VEICULO 92%, ASPECTO FISICO: LIQUIDO, PARA TRATAMENTO EM AGUA LITRO 150 35,00
DE PISCINA

ALGICIDA, COMPOSIÇAO: SULFATO CUPRICO PENTAHIDRATADO 17%,


228 VEICULO 80,5%, ASPECTO FISICO: LIQUIDO, PARA MANUTENÇAO DE LITRO 100 35,00
PISCINA TIPO CHOQUE

CLARIFICANTE, COMPOSIÇAO: POLICLORETO BASICO DE ALUMINIO 31%,


229 UNIDADE 100 26,50
AGUA 69%,
230 ELIMINADOR DE OLEOSIDADE PARA PISCINAS LITRO 20 24,00

231 BARRILHA LEVE PARA TRATAMENTO DE AGUA EM PISCINA QUILOGRAMA 80 11,50

FITA TESTE PARA REALIZAÇAO DE LEITURAS E TESTES EM PISCINAS. EMBALAGEM


232 25 40,00
(TESTES A SEREM REALIZADOS: ALCALINIDADE TOTAL - PH - CLORO LIVRE, C/50 FITAS

REDUTOR DE PH: COMPOSIÇAO – HIDROGENOSULFATO DE SODIO,


233 GRANULADO, APLICAÇAO: CORRIGIR A ACIDEZ E A ALCALINIDADE DA LITRO 50 28,00
ÁGUA DA PISCINA E A EFICÁCIA SANITIZANTE DO CLORO.

LIMPA BORDAS. COMPOSIÇAO: SURFACTANTES ANIONICOS E NÃO


234 LITRO 50 21,25
ANIONICOS 3%, QUATERNARIO.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 28/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Lote 2 – Material Químico para Lavanderia Hospitalar

Valor
Item Descrição Apresentação Quant
Médio

AMACIANTE CONCENTRADO A BASE DE QUATERNARIO DE AMONIO


PARA TODOS OS TIPOS DE TECIDOS, AROMA FLORAL,
BOMBONA
BIODEGRADAVEL, PERFUMADO, SOLUVEL EM AGUA EM QUALQUER
235 COM 50 50 129,00
PROPOÇÃO, CAPAZ DE FACILITAR A CENTRIFUGAÇÃO E
LITROS
CALANDRAGEM E TAMBEM CONSERVAR A TONALIDADE DAS CORES E A
VIDA UTIL DAS ROUPAS.
ATIVADOR ALCALINO LIQUIDO PARA DESAGREGAÇAO, LAVAGEM E PRE-
LAVAGEM DE ROUPA HOSPITALAR EM SISTEMA POR DOSAGEM BOMBONA C/
236 70 900,00
ELETRONICA, COMPOSTO DE : AGENTE ALCALINIZANTE, 50 LITROS
COMPLEXANTE, E ESTABILIZANTE.

DESINFETANTE LIQUIDO A BASE DE HIPOCLORITO DE SODIO


ESTABILIZADO PARA DESINFECÇÃO DE E ALVEJAMENTO DE ROUPA
HOSPITALAR, COMPOSTO DE: VEICULO AQUOSO, COM TEOR 08 A 12%
P.V DE CLORO ATIVO, COMPATIVEL COM LAVAGEM DE ROUPA BOMBONA C/
237 100 542,50
HOSPITALAR EM SISTEMA COM DOSAGEM ELETRONICA, COM 50 LITROS
REGISTRO NA ANVISA PARA CLASSIFICAÇÃO DE RISCO II E EM
CONFORMIDADE COM NORMA ANVISA Nº. 184 DE 22 DE OUTUBRO DE
2001.

DETERGENTE LIQUIDO, CONCENTRADO BIODEGRADAVEL PARA


DESAGREGAÇAO, PRE-LAVAGEM, E UMECTANTE DE ROUPA
HOSPITALAR EM MAQUINAS LAVADORAS E DOSAGEM EM SISTEMA BOMBONA
238 75 515,00
ELETRONICO, COMPOSTO DE: TENSOATIVOS ANIONICOS E NÃO C/50 LITROS
ANIONICOS, AGENTES SEQUESTRANTES, SUSPENSIVOS E
BRANQUEADORES OPTICOS.

NEUTRALIZADOR ACIDULANTE LIQUIDO DE RESIDUOS. ELIMINAR


BOMBONA
RESIDUOS PRESENTES NAS FIBRAS DO TECIDO, ( ALVEJANTES
239 COM 50 36 890,00
QUIMICOS E AGENTES ALCALINOS), QUE EVITE O AMARELAMENTO DA
LITROS
ROUPA, ODORES DESAGRADAVEIS E MANIFESTAÇÕES ALERGICAS.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

a. MATERIAIS - AS EMBALAGENS DEVERÃO GARANTIR A INTEGRIDADE DO PRODUTO DESDE O


TRANSPORTE ATÉ O MOMENTO DO USO, OFERECER SEGURANÇA AOS OPERADORES, BEM COMO VIR
ACOMPANHADO DO RESPECTIVO SISTEMA ELETRONICO DE DOSAGEM, DEVENDO TRAZER NOS ROTULOS
DOS PRODUTOS OS SEGUINTES DADOS: NOME COMERCIAL, CONTEUDO QUANTITATIVO E QUALITATIVO,
DATA DE FABRICAÇÃO/VALIDADE, Nº. DO LOTE, Nº. DO REGISTRO DO PRODUTO NO MINISTERIO DA SAUDE,
RISCO A QUE ESTA REGISTRADO NA ANVISA E TAMBÉM A FRASE ‘ VENDA PROIBIDA PELO COMERCIO’ DE
FORMA DESTACADA E INDELEVEL.

b. FORNECEDOR – ATENDER TODAS AS EXIGÊNCIAS EDITALÍCIAS.

c. ASSISTENCIA TECNICA - A ASSISTENCIA TECNICA DEVERA SER DADA PELO FORNECEDOR DOS
PRODUTOS E EQUIPAMENTOS, COM CERTIFICAÇÃO DE SEDE NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE,
DISPONDO DE ESTOQUE DE PEÇAS DE REPOSIÇÃO COM VISTA AOS SERVIÇOS DE REPARO E
MANUTENÇÃO QUE SE FIZEREM NECESSÁRIOS. PARA FINS DE COMPROVAÇÃO DEVERA O FORNECEDOR
APRESENTAR COPIA AUTENTICADA DO CONTRATO DE TRABALHO E COMPROVANTE DE RESIDENCIA DOS
TECNICOS RESPONSAVEIS PELA MANUTENÇÃO. A ASSISTENCIA TECNICA CORRETIVA BEM COMO A
REPOSIÇÃO DE PEÇAS SEMPRE QUE SE FIZER NECESSARIO, DEVERA OCORRER SEM ONUS PARA O HGeR
BEM COMO O TREINAMENTO DE PESSOAL QUE SE FIZER NECESSARIO. A ASSISTENCIA TECNICA
CORRETIVA DEVERÁ OCORRER DENTRO DE UM PRAZO NÃO SUPERIOR A 12 (DOZE) HORAS, INCLUSIVE
SABADOS, DOMINGOS E FERIADOS. QUANDO A ASSISTENCIA TECNICA NÃO SOLUCIONAR O PROBLEMA NO
EQUIPAMENTO DEFEITUOSO, ESTE DEVERA SER SUBSTITUIDO EM UM PRAZO NÃO SUPERIOR A 48
(QUARENTA E OITO) HORAS.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 29/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

A VISITA TÉCNICA TEM COMO OBJETIVO FAZER COM QUER AS EMPRESAS INTERESSADAS TOMEM
CONHECIMENTO DE TODOS OS DETALHES QUE ENVOLVEM A INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DOS
DOSADORES ELETRÔNICOS.

3.8. Material de hotelaria hospitalar

Valor
Item Descrição Apresentação Quant
Médio
LENÇOL PARA USO HOSPITALAR NA COR AZUL, SENDO O TECIDO 100%
ALGODÃO, 250 FIOS SEM ELÁSTICO, COM AS SEGUINTES MEDIDAS:
COMPRIMENTO, 250CM; LARGURA, 160CM. CARACTERÍSTICAS
ADICIONAIS: O REFERIDO LENÇOL DEVERÁ SER FORNECIDO COM A
240 UNIDADE 3200 17,41
LOGOMARCA DO HOSPITAL FEITA EM SILK SCREEN NO CENTRO DO
MESMO E COSTURADO NO LENÇOL A ETIQUETA DO FABRICANTE
ALERTANDO SOBRE OS MEIOS CORRETOS DE LAVAGEM E
CONSERVAÇÃO.
TRAVESSEIRO PARA USO HOSPITALAR COM CAPA EM NAPA DE PVC
RESISTENTE, REFORÇADO INTERNAMENTE EM MALHA DE POLIÉSTER
241 UNIDADE 300 29,90
COM ZÍPER PARA FECHAMENTO. MEDIDAS: 40CM X 60CM X 08CM,
ESPUMA COM DENSIDADE “D-20”.
COLCHÃO PARA USO HOSPITALAR FABRICADO EM ESPUMA COM
DENSIDADE D-45, COMPRIMENTO DE 188CM, ALTURA BASE 15CM,
242 LARGURA DE 88CM, FORRADO EM NAPA DE PVC RESISTENTE, UNIDADE 180 302,10
LAVÁVEL, FORRO REVESTIDO INTERNAMENTE EM MALHA DE
POLIÉSTER, SELADO HERMETICAMENTE.

4. PERÍODO DE CONSUMO
O período estimado é de 12 (doze) meses.

5. DO LOCAL E PRAZO DE ENTREGA

5.1. Os produtos deverão ser entregues de acordo com as especificações deste edital diretamente no almoxarifado de
Hospital seguindo as orientações constantes no Cap IV do presente edital.

5.2. Os produtos deverão ser entregues no prazo máximo de 10 (dez) dias a contar da data de recebimento da Nota de
Empenho.

6. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA:

6.1. Atender plenamente os serviços contratados, nas datas previstas.

6.2. A Contratada é obrigada a pagar todos os tributos, contribuições fiscais, parafiscais, direitos trabalhistas e seguro,
que incidam ou venha incidir, direta ou indiretamente, sobre a comercialização dos produtos.

6.3. A empresa vencedora do lote n° 02 (itens 235 a 239) deverá instalar em regime de comodato o equipamento
dosador eletrônico, sendo de sua inteira responsabilidade a manutenção preventiva e corretiva, assim como, caso
necessário, a sua substituição no prazo de 24 horas após receber a comunicação do hospital.

7. OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE:

7.1. Realizar os pagamentos correspondentes aos produtos adquiridos, após adimplemento de cada parcela ou o todo
empenhado, mediante saque contra a Conta Única-Tesouro, para crédito na conta corrente da empresa credora, no
estabelecimento bancário por ela indicada.

7.2. Promover o recebimento e quitação das notas fiscais do material objeto deste pregão.

7.3. Cumprir e fazer cumprir todas as exigências constantes neste edital.

Aprovo:
FRANCISCO JOSÉ MADEIRO MONTEIRO – CEL MED

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 30/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

ORDENADOR DE DESPESAS

Por Delegação:

IZABELA BENETTI – 2º TEN


ALMOXARIFE

ANEXO “B”

MINUTA DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

MINISTÉRIO DA DEFESA
EXÉRCITO BRASILEIRO
C M NE – 7ª RM/7ª DE
HOSPITAL GERAL DO RECIFE
(Hospital Militar de Pernambuco/1817)

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 645830000552009-01-HGeR - PREGÃO PARA SRP Nº 06/2009

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 06/2009-HGeR

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 31/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

Aos ___ dias do mês de ______ de 2009, no HOSPITAL GERAL DO RECIFE, Rua do Hospício, 563,
Boa Vista, Recife/PE, o Pregoeiro, nos termos da Lei nº 10.520, de 17 de julho de 2002, Decreto nº 3.693, de 20 de
dezembro de 2000, Decreto nº 3.784, de 06 de abril de 2001, Decreto nº 3.931, de 19 de setembro de 2001, Decreto nº
4.342, de 23 de agosto de 2002 e o Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005, a IN MARE Nº 08, de 04 de dezembro
de 1998, a IN SEAP nº 04, de 08 de abril de 1999, e, subsidiariamente, a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e suas
alterações, bem como pelas normas e condições estabelecidas, e em face da classificação das propostas
apresentadas no Pregão para Registro de Preços Nº 06/2009, publicado no Diário Oficial da União e homologado pelo
Diretor do HOSPITAL GERAL DO RECIFE, RESOLVE: registrar os preços para o fornecimento do material conforme
consta da presente Ata, tendo sido, os referidos preços oferecidos pelas empresas cuja proposta foi classificada em
1º lugar.

CLÁUSULA PRIMEIRA – Do Objeto

1.1 - Registro de preços para aquisições futuras de material de consumo diverso (material de escritório, informática,
limpeza/higienização), em quantidades estimadas para 12 (doze) meses, conforme especificações constantes da
Cláusula Terceira desta Ata, nas unidades e nas quantidades solicitadas em cada pedido de compra.

CLÁUSULA SEGUNDA – Da Validade dos Preços

2.1 - A presente Ata de Registro de Preços, documento vinculativo obrigacional, com característica de compromisso
para futura contratação, terá vigência, de 12 (doze) meses, não podendo ser prorrogada. Vigência: ____ de _____ de
2009 a ___ de _____ de 2010.

2.2 - Durante o prazo de validade desta Ata de Registro de Preços, o HOSPITAL GERAL DO RECIFE não será
obrigado a adquirir o material referido na Cláusula Primeira exclusivamente pelo Sistema de Registro de Preços,
podendo fazê-lo por meio de outra licitação quando julgar conveniente, sem que caiba recurso ou indenização de
qualquer espécie ao licitante vencedor, sendo, entretanto, assegurada aos beneficiários do registro, a preferência de
fornecimento em igualdade de condições. O HOSPITAL GERAL DO RECIFE poderá ainda, cancelar a Ata, na
ocorrência de alguma das hipóteses legalmente previstas, garantidos ao licitante vencedor, neste caso, o contraditório
e a ampla defesa.

CLÁUSULA TERCEIRA – Do Local e Prazo de Entrega

3.1 - Os materiais deverão ser entregues de acordo com as especificações deste Edital no almoxarifado deste
Hospital.

3.2 - Os materiais deverão ser entregues no prazo máximo de 10 (dez) dias a contar da data de recebimento da Nota
de Empenho.

CLÁUSULA QUARTA - Das Sanções

4.1 O descumprimento total ou parcial das obrigações assumidas pela contratada sem justificativa aceita por esta
Administração, resguardados os procedimentos legais pertinentes, poderá acarretar as seguintes sanções:

4.1.1 - advertência por escrito, quando do não cumprimento de quaisquer das obrigações contratuais.

4.1.2 - Multa de mora no percentual correspondente a 0,5% (meio por cento), calculada sobre o valor total estimado da
aquisição, por dia de inadimplência, até o limite de 10 (dez) dias de atraso, na entrega do material, caracterizando
inexecução parcial;

4.1.3 - Multa compensatória no percentual de 10% (dez por cento), calculada sobre o valor total estimado dos itens
não entregues a partir do 11° (décimo primeiro) dia, caracterizando o descumprimento total do contrato, o que ensejará
a rescisão contratual, sem prejuízo das demais penalidades previstas na Lei nº 8.666/93;

4.1.4 - Suspensão temporária de participação em licitação, impedimento de contratar com a Administração Pública, no
prazo não superior a 02 (dois) anos;

4.1.5 - Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública enquanto perdurarem os
motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante o HGeR, que será concedida
sempre que o contratado ressarcir a Administração pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo da sanção
aplicada com base no subitem 3) anterior.

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 32/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

4.2 - A aplicação das sanções previstas neste Edital não exclui a possibilidade de aplicação de outras, previstas na Lei
nº 8.666/93; inclusive responsabilização das beneficiárias da Ata por eventuais perdas e danos causados à
Administração.

4.3 - A multa deverá ser recolhida ao Setor Financeiro no prazo máximo de 10 (dez) dias corridos, a contar da data do
recebimento da comunicação enviada pelo HOSPITAL GERAL DO RECIFE.

4.4 - O valor da multa será descontado da Nota Fiscal ou crédito existente no HOSPITAL GERAL DO RECIFE, em
favor da contratada, sendo que, caso o valor da multa seja superior ao crédito existente, a diferença será cobrada na
forma da lei.

4.5 - As multas e outras sanções aplicadas só poderão ser relevadas, motivadamente e por conveniência
administrativa, mediante ato do Diretor do HOSPITAL GERAL DO RECIFE, devidamente justificado.

4.6 - O licitante que convocado no prazo de validade da sua proposta, não celebrar o contrato, deixar de entregar ou
apresentar documentação falsa exigida para o certame, ensejar o retardamento da execução do objeto desta licitação,
não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo inidôneo ou cometer
fraude fiscal, ficará impedido de licitar e contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e, será
descredenciado no SICAF, ou nos sistemas de cadastramento de fornecedores a que se refere o inciso XIV do Art 4º
da Lei nº 10.520/2002, pelo prazo de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das multas previstas neste edital, no contrato e
das demais cominações legais.

4.7 - As sanções aqui previstas são independentes entre si, podendo ser aplicadas isoladas ou cumulativamente, sem
prejuízo de outras medidas cabíveis.

4.8 - Em qualquer hipótese de aplicação de sanções será assegurado à contratada o contraditório e ampla defesa.

CLÁUSULA QUINTA – Das Empresas Registradas

5.1 - Em decorrência das propostas apresentadas e homologadas no certame licitatório de que trata o Edital de
PREGÃO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 06/2009, ficam registrados, para aquisição do material descrito no
objeto, no período de 12 (doze) meses, a contar da publicação da Ata no Diário Oficial da União – DOU, os preços
unitários e respectivas licitantes classificadas:

Razão Social __________________________________________________ – CNPJ/MF Nº 00.000.000/0000-00

UNI QUAN VALO


ITEM ESPECIFICAÇÃO
D T R
Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
1. Xx 00 0,00
xxxxxx

Recife/PE, ___de _________ de 2009.

_______________________________________________
FRANCISCO JOSÉ MADEIRO MONTEIRO – CEL MED
ORDENADOR DE DESPESAS

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 33/34


HOSPITAL GERAL DO RECIFE – Hospital Militar de Pernambuco/1817

___________________________________
Razão Social
CNPJ:00.000.000/000-00

Testemunhas:

_______________________________ ____________________________________
(nome completo – posto) (nome completo – posto)
CPF: 000.000.000/00 CPF: 000.000.000/00

Pregão SRP Nº 06/2009.................................................................................................................Fl 34/34