Você está na página 1de 8

Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora

BE/CREs das EB1/JI

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Aspectos críticos
que a Literatura Desafios. Acções
Domínio Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
identifica a implementar

Os bibliotecários Formação/conhe- Desconhecimento Trabalhar com Não conseguirem Os bibliotecários


Competências do escolares devem cimento de modo de alguns uma variedade de acompanhar o escolares devem
professor bibliotecário ser geradores de a articular vários procedimentos/ pessoas, tanto ritmo crescente de ser bons
mudança nos saberes dentro do organização/ adultos como informação de comunicadores,
métodos de universo distinto operacionalização crianças. modo a de forma a serem
ensino e na dos seus no agrupamento, Manterem-se seleccionar a capazes de
utilização da utilizadores. (primeiro ano actualizados com mesma e garantir trabalhar com
informação na como professora a “cultura-jovem” que as suas uma variedade de
escola, de modo a bibliotecária), e serem capazes atitudes perante pessoas, tanto
incluir destreza mas, com quatro de comunicar as expectativas adultos como
que suporte as anos de com os jovens e que se criaram crianças. As bases
novas quantidades experiência. mostrar interesse relativamento a para uma boa
de informação Dificuldade em pelo seu mundo. sua funçáo fique orientação e
disponíveis para desenvolver um áquem do promoção da
cada indivíduo. trabalho contínuo esperado. biblioteca escolar
Os bibliotecários com todos os Falta de tempo residem na
escolares devem intervenientes. para avaliar as confiança e na
ser reconhecidos Formação tarefas propostas qualidade dos
como incipiente em e realizadas. serviços
especialistas de gestão de fundo Falta de tempo prestados.
informação e documental, para todas as
assim eles terão catalogação, tarefas inerentes à

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010
Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora
BE/CREs das EB1/JI

Conhecimento na área Biblioteca escolar

um papel classificação e sua função.


crescente e indexação.
constantemente
mais importante a
desempenhar
dentro do sistema
de educação.
Em suma serão
reconhecidos
como
especialistas nos
dois principais
papeis da
biblioteca escolar:
no fornecimento e
organização da
informação com o
intuito de
aumentar o
conhecimento de
cada aluno em
particular, e a
integração de
utilização de
perícia
de informação no
curriculum.

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010
Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora
BE/CREs das EB1/JI

Conhecimento na área Biblioteca escolar

Também
necessitam de
possuir
capacidade de
gestão suficiente
para pôr a
biblioteca escolar
a funcionar.
Os bibliotecários Os bibliotecários Falta de Visibilidade do Ausência de Maximizar os
escolares devem escolares devem conhecimento e trabalho do “equipa”. benefícios
ser capazes de obter informação de instruções/ professor Falta de tempo que a escola pode
planear, qualitativa de prática de como bibliotecário para todas as ganhar a partir de
organizar, dirigir todos os estabelecer relativamente à tarefas inerentes a recursos
e avaliar a utilizadores da políticas de organização e este item. disponíveis.
biblioteca de biblioteca escolar gestão/avaliação gestão dos
modo a obterem para assegurarem do papel recursos da
os melhores um processo da biblioteca no biblioteca perante
Organização e Gestão da
benifícios para a constante de contexto escola e os seus pares
BE
comunidade avaliação, de de como ela aquando da
escolar como um modo a que beneficia a requisição dos
todo. O seu papel possam ser feitas mesma. materiais para as
é o de maximizar modificações e suas actividades
os benefícios alterações quando com os alunos.
que a escola pode for necessário.
ganhar a partir de
recursos
disponíveis.

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010
Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora
BE/CREs das EB1/JI

Conhecimento na área Biblioteca escolar

A selecção de Os bibliotecários Ausência de Oferta de recursos Desactualização Fazer a


Gestão da Colecção fontes educativas escolares devem orçamento regular adequados aos do fundo divulgação do
para uma estar atentos às para uma seus utilizadores. documental e fundo documental
biblioteca escolar necessidades dos planificação das dispersão do e dos recursos
requer seus utilizadores e aquisições a mesmo por várias existentes no
conhecimento do procurar articular curto, médio e a bibliotecas agrupamento de
comportamento as aquisições com longo prazo de criando modo a que o
do leitor, gostos e os professores de modo a fazer-se dificuldades de mesmo esteja ao
necessidades das modo a oferecer uma gestão da gestão. dipor de todos de
crianças e da uma colecção colecção com uma forma eficaz.
juventude, assim actual e geradora antecedência e
como de um público criteriosa.
conhecimento do cada vez mais
curriculum de critico e exigente.
cada escola em
particular, de
modo a condizer a
colecção com os
utilizadores.
O
desenvolvimento
da colecção
também requer
iniciativa,
imaginação e
habilidade para
seleccionar fontes

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010
Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora
BE/CREs das EB1/JI

Conhecimento na área Biblioteca escolar

e procurar
material útil, bem
como perícia,
prática e técnica
para produzir
materiais que vão
de encontro a
necessidades
específicas.
A BE como espaço de Os bibliotecários Oferecer um A biblioteca
conhecimento e escolares devem programa flexível escolar serve
aprendizagem. Trabalho participar no na biblioteca como uma ponte
colaborativo e articulado desenvolvimento escolar e entre a escola e a
com Departamentos e do curriculum reconhecer as sociedade e
docentes. geral e ajudar, diferenças de consequentemen-
sistematicamente, interesses te deve oferecer
os professores a individuais e fontes de
integrarem a estilos de informação e
bilioteca e os seus aprendizagem dos entretenimento
recursos nas seus utilizadores. que reflitam a
unidades de Capacidade de sociedade na qual
ensino. ajudar os ela funciona. A
Apenas através da estudantes a biblioteca
participação desenvolver escolar deve ter
efectiva em todos atitudes, materiais e
os planeamentos comentários e oferecer serviços
curriculares pode habilidades que que conduzam os

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010
Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora
BE/CREs das EB1/JI

Conhecimento na área Biblioteca escolar

motivem,
estimulem e
jovens a apreciar
melhorem a sua
as actividades
a biblioteca selecção dos
culturais, e uma
tornar-se uma recursos de
utilização do
parte integrante aprendizagem e
tempo de lazer
do programa cooperar com os
cheia de
educacional para professores sobre
sentido, através
o qual é a adequação de
de livros e de
destinada. materiais/fontes
outras fontes.
para fins
particulares de
ensino.
Capaciade de Orientar os Ajudar os
Relacionar
esboçar e oferecer estudantes na estudantes a
recursos de ensino
actividades leitura, audição e desenvolver
particulares, tais
relevantes para as visionamento e atitudes,
como a literatura
aspirações, de os ajudar a comentários e
para crianças e
Formação para a leitura e necessidades, desenvolver as habilidades que
jovens adultos,
para as literacias interesses, estilos suas atitudes e motivem,
com aspectos do
individuais de comentários. estimulem e
curriculum da
aprendizagem dos melhorem a sua
Escola.
estudantes e selecção dos
estádios de recursos de
desenvolvimento. aprendizagem.

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010
Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora
BE/CREs das EB1/JI

Conhecimento na área Biblioteca escolar

BE e os novos ambientes A biblioteca Potenciar as Limitar o campo Disponibilização Abandono dos Incentivar os
digitais. escolar é um capaciades e a exploratório de de meios tradicionais utilizadores para a
ambiente de motivação dos outros suportes informação/conhe de comunicação e capacidade de
aprendizagem que alunos para o disponibilizados cimento de forma obtenção de relacionar a
é baseado em desenvolvimento pela biblioteca rápida e universal. informação/conhe biblioteca escolar
recursos e que de actividades por parte dos cimento. e os seus recursos
encoraja a potenciadoras de alunos pelo facto às redes
interacção entre adquirirem mais de existir uma de biblioteca-
uma variedade de competências em maior dificuldade informação e
pessoas e recursos áreas que lhes são acrescida em comunicação que
para fins menos apelativas. obter informação permitem a
especificamente rápida. partilha de
planeados. recursos
Deve ajudar os e o acesso a uma
estudantes a gama de fontes
desenvolver exteriores à
atitudes, escola.
comentários e
habilidades que
motivem,
estimulem e
melhorem a sua
selecção dos
recursos de
aprendizagem
utilizando todos
os que estão ao

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010
Agrupamento de Escolas nº 4 de Évora
BE/CREs das EB1/JI

Conhecimento na área Biblioteca escolar

seu dispor.
Gestão da mudança
SÍNTESE Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias

Tornar a comunidade Insuficiencia de dados. Insuficiencia na formação de Utilizar e desenvolver aspectos


consciente do papel que competências para o desempenho da efectivos da comunicação inter-
todos os especialistas da função Professor Bibliotecário nas pessoal, com professores, alunos,
informação, incluindo suas vários vertentes. direcção executiva, funcionários das
bibliotecários escolares, Falta de conhecimento da comunidade escolas, pais e eventualmente com
desempenham na educativa do agrupamento de modo a toda a comunidade.
preservação facilitando o saber “aproveitar” as suas Vontade em cooperar com outros,
acesso aos recursos de competencias nas várias actividades tendo em vista a realização de metas
informação do país e à que a biblioteca pode e deve investir. de educação comuns.
herança intelectual e
cultural.

Sandra Maria Silva André


Ano lectivo 2009/2010