Você está na página 1de 2

Análise e comentário ao relatório da Escola Secundária com 3º Ciclo de Vila Nova de Paiva

Seguindo a estrutura do quadro síntese elaborado na 1ª parte da actividade:

CAMPOS DE ANÁLISE – ME/IGE RREFERÊNCIAS À BIBLIOTECA ESCOLAR

Não se refere concretamente a Biblioteca, apenas, de modo geral, que “os espaços
físicos evidenciam alguma degradação e os laboratórios apresentam-se deficientemente
1.2 Dimensão e condições físicas da escola
apetrechados”. Poderia ser mencionado neste ponto se a dimensão e áreas funcionais
da Biblioteca são adequadas.

Foram apontadas como fragilidades, a partir da reflexão interna, o desajustamento da


1.3 Caracterização da população discente oferta educativa e os níveis globais de abandono. Poderia ser considerado a resposta
das Biblioteca às necessidades da população discente.

1.4 Pessoal docente A afectação do pessoal docente e não docente garante um adequado funcionamento dos
serviços. Os critérios para a constituição de equipas, em particular a da Biblioteca,
1.5 Pessoal não docente poderia constituir um ponto de desenvolvimento.

Os recursos próprios, embora diminutos, têm permitido a aquisição de alguns bens


relacionados com o ensino e aprendizagem. É referido que a gestão de recursos
1.6 Recursos financeiros
financeiros tem tido algum impacto na actualização e reforço dos materiais pedagógicos,
especialmente da Biblioteca.

2.1 Prioridades e objectivos [do Projecto Educativo] A escola considerada não possuía projecto educativo nem curricular, não tinha
As prioridades que estão subjacentes ao projecto educativo estabelecido objectivos, metas e prioridades. Mostrava pouca abertura a projectos e
soluções inovadoras, nomeadamente no âmbito das TIC.
2.2 Estratégias e planos de acção A Biblioteca foi referida positivamente como tendo desenvolvido iniciativas de
As áreas que a escola privilegia para o desenvolvimento enriquecimento do currículo e o facto de estar integrada na RBE. A não adesão ao PNL
educativo foi referido como ponto negativo em termos de abertura à inovação.

As lideranças intermédias não promoviam as acções necessárias para assegurar a


3.1 Estruturas de gestão
sequencialidade das aprendizagens.
Caracterização do funcionamento das várias estruturas e órgãos
Poderia constituir uma oportunidade e um aspecto positivo a articulação curricular da BE
da escola e o seu relacionamento
com as Estruturas de Coordenação Educativa e Supervisão Pedagógica e os Docentes.

A escola implementou algumas práticas de auto-avaliação que, no entanto, não


3.3 Procedimentos de auto-avaliação institucional abrangeram todas as áreas. A Biblioteca, seguindo o actual modelo de auto-avaliação,
contribuirá de modo significativo para a auto-avaliação global da escola.
Como acções implementadas para o envolvimento dos pais e encarregados de educação
são referidas: a participação nos órgãos e estruturas educativas e no acompanhamento
4.1 Articulação e participação dos pais e encarregados de
da avaliação. Considerando a actividade da Biblioteca poderia ser integrado neste ponto
educação na vida da escola
a mobilização dos pais/encarregados de educação no domínio da promoção da leitura e
do desenvolvimento de competências das crianças e jovens.
4.2 Articulação e participação das autarquias

4.3 Articulação e participação das instituições locais - empresas,


Foram promovidos alguns projectos e parcerias, em particular com a Câmara Municipal.
instituições sociais e culturais
A acção da Biblioteca pode reforçar a articulação da escola com a comunidade.
Qual o nível de participação das autarquias e instituições locais
na vida da escola? Que áreas de cooperação são mais
frequentes?
5.1 Disciplina e comportamento cívico Apesar dos comportamentos serem adequados, foram desenvolvidas estratégias com
Que importância é atribuída à educação para a cidadania no vista a promover a participação e o desenvolvimento de atitudes cívicas e de hábitos de
projecto educativo? vida saudáveis. A acção da BE poderá adquirir relevância também nesta área.

5.2 Motivação e empenho


Que formas de recepção e acolhimento dos alunos tem a escola
A.2.1 Organização de actividades deformação de utilizadores na escola/agrupamento.
instituídas?
D.3.5 Difusão da informação
De que meios de informação e comunicação dispõe a escola para
a integração e o envolvimento da comunidade escolar?

Comentário final: A actividade da Biblioteca foi pouco referida no relatório da avaliação externa mas, ainda assim, nas pontos em que foi
considerada, constituiu uma mais valia em termos da dinâmica da escola. A matéria sobre a qual incide o actual modelo de auto-avaliação
é muito mais vasta e pode integrar duma forma muito mais consequente a auto-avaliação global da escola (e, consequentemente, da
avaliação externa).

Em 08/12/2009,
João Aparício