Você está na página 1de 2

Por que não se deve tocar em obras de arte?

Foto do Circuito Internacional - público apreciando as obras. Minha obra entre as de outros brasileiros.
Foto do Circuito Internacional - público apreciando as obras.
Minha obra entre as de outros brasileiros.

Muitas pessoas não sabem e pode até parecer bobagem, mas quando se visita um museu ou salões de arte, não se deve tocar nas obras. E às vezes os artistas ficam chateados pois o toque torna-se um ato desrespeitoso. A não ser quando a obra foi

realmente feita

para

ser

tocada

(com

prévia autorização).

Aviso que essas informações foram retiradas do blog da artista plástica Juliana Martini.

Então por que não podemos pôr as mãos nas obras de arte? Aqui estão 4 tópicos essenciais:

1°) Deterioração: as

nossas

mãos

podem

conter

sujeiras,

oleosidade

ou partículas de suor que em contato com uma obra podem alterar a cor, a textura

e

o

material;

2°) Alteração da forma: um trabalho de arte envolve diversos tipos de materiais

e um simples toque com a mão pode mudar a forma da obra além de deixar marcas

de

digitais;

3°) Obra Visual: uma obra de artes plásticas, independente de sua categoria (pintura, desenho, escultura, gravura, etc.) é uma obra visual, ou seja, é feita para apreciação e comunicação visual exceto quando o artista tem a intenção de que o espectador participe de sua obra, como no caso de algumas instalações onde é

informado ao espectador de forma objetiva ou não de que ele tem a permissão para tocar numa obra para que ele obtenha além de uma sensação visual o tato, cheiro,

som,

etc.

Este tipo de contato geralmente não é possível

em obras feitas com

técnicas de pintura, fotografia, gravuras, pois geralmente essas são danificadas em

contato

com

a

manipulação.

4°) Apreciação: muitas pessoas não compreendem o porquê de olhar uma obra de arte com uma certa distância. Existem alguns fatores que justificam esse processo:

alguns tipos de pinturas e técnicas exigem um distanciamento da visão do espectador para que o tipo de traço ou pincelada se una em uma única imagem dando a forma correta como no caso das pinturas impressionistas e pontilhistas. Outro fator importante é que nossa visão precisa de uma certa distância para poder

apreciar o objeto como um todo e em contraposição a um detalhe. Alguns tipos de obras só podem ser compreendidas se vistas à distância como no caso de uma obra de grande formato.

Bom, pessoal, esse é o comportamento adequado em locais de exposições de arte.

Há também muitos museus em que não se é permitido fotografar, pelo menos a

maioria. Mas essa

regra

nem

sempre

é

aderida

em

salões e centros.

Espero ter ajudado a todos. Sei que muitas pessoas não o fazem por desrespeito ao

artista

e

sim

por falta

de informação. Por

isso só toque se for autorizado.

Interesses relacionados